Ir em baixo
Miguell_
Miguell_
Mensagens : 1
Data de inscrição : 25/10/2020

Diário do MIGUELL Empty Diário do MIGUELL

em 25/10/2020, 17:03
Olá. Chamo-me Miguell. Consumo pornografia desde meus 11 anos, sendo que a situação de viciado acompanha-me desde meados dos 13 anos de idade.

Já tentei o reboot outra vez - a qual não durou mais que alguns dias. Fato é que nos últimos anos (hoje tenho quase 18) a masturbação não representa mais o prazer de outrora, pois faço isso como resposta à compulsão. 

Esse comportamento serve a mim como uma válvula de escape para qualquer situação infeliz, seja uma derrota num jogo online ou um término de relacionamento. E por mais que eu tenha em mente os prejuízos que o vício traz a mim e a outros, eu continuo alimentando-o cada vez mais. 


Faz alguns minutos que decidi iniciar o reboot, mesmo assim já há o desejo de me masturbar "pela última vez". Quero sair desse vício antes que ele tome proporções maiores e seja tarde demais. 

Espero poder aprender e compartilhar muitas experiências no fórum. Obrigado!

Vitoriosa e Ivan Karamazov gostam desta mensagem

avatar
Ivan Karamazov
Mensagens : 48
Data de inscrição : 18/06/2020

Diário do MIGUELL Empty Re: Diário do MIGUELL

em 25/10/2020, 17:56
Eai Miguel, me identifiquei muito com seu relato. A questão de não sentir mais prazer ao se M. e por consequência fazer apenas por uma compulsão, um vício mesmo. Não sou um experiente nem nada sobre, tô no reboot também (10 dias
hoje), mas assim como você eu não conseguia passar de alguns dias quando tentava o reboot, até que eu entendi, depois de cair várias vezes que na verdade tudo o que me leva a cair era os gatilhos que eu ainda deixava "pendente", as vezes tinha até ciência mas pensava "mas eu não vou fazer isso não", um exemplo: Youtube, foi um dos últimos apps que bloqueei e era algo que eu sempre deixava passar e que na hora da compulsão eu acabava usando, por que no momento que a vontade vir pode ter certeza que você vai procurar qualquer brecha possível. Por isso acho vital evitar o máximo de gatilhos, Netflix, prime, Instagram e etc. Pode parecer radical e óbvio mas é uma etapa que se eu soubesse desde o inicio não estaria tentando até hoje. E por fim acho que evitar a procura de gatilhos e brechas é algo a se desenvolver também.
Sucesso e forças.

Charuto gosta desta mensagem

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum