Ir em baixo
Noronha
Noronha
Mensagens : 10
Data de inscrição : 04/11/2020
Idade : 22
Localização : Contagem, Minas Gerais

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada.

em 9/11/2020, 17:26
Fala pessoal, meu Nome é Noronha. eu tenho 22 anos e aqui está a minha história.

Eu fui abusado sexualmente a partir dos 6. de lá tive varias experiencias homossexuais até meus 11 ou 12 e isso mexeu com a minha cabeça. Com uns 13 eu tinha um computador e já via putaria na internet todos os dias, desde essa idade até hoje eu me masturbava de 3 a mais vezes por dia não sendo raro ter inchaços, machucados e dores fortes no penis devido ao excesso. Cheguei a namorar com 14 anos e mais tarde com uns 16 eu acho, de qualquer forma me relacionei pouco com mulheres apesar de ser um cara bonito e até que perdi minha virgindade cedo com uns 14. Eu atualmente estou dando aulas de boxe, matemática, quimica e física para me manter porém eu não quero isso, pra falar a verdade não sei o que quero e nunca soube, ando perdido a muito tempo, sofri muitos abusos psicológicos, bullyng na escola tanto que tinha medo de sair de casa até os 14 lá no interior e só fui ter amigos depois disso quando me mudei para capital de mg e então pude ter um ambiente sem abusos psicológicos constantes. porém também tive um padrasto e uma mãe que sempre falaram que eu era um merda e que nunca ia dar em nada, acabou que morei uns 2 anos sozinho, fiquei desempregado na pandemia e voltei pra casa da minha mãe a 2 meses e já escutei bastante coisa. Também não tenho diploma do ensino médio e agora estou estudando python, java e tecnologias relacionadas a programação além de saber inglês fluente por ter tido contato cedo com o idioma através da internet.

EU não tenho amigos, eu sou viciado, já tentei parar diversas vezes e me encontro destruído moralmente, fisicamente (to passando fome na situação atual) e sinceramente, não acredito que serei algo, eu to tentando, esse é o começo da jornada e é assim que estou. Esqueci de falar que tenho um medo de rejeição feminina bizarro que também preciso superar e HOCD. Bom, é isso, me desejem sorte, irei atualizando o diário de dias em dias para contar sobre como as coisas tem ido, é um diário e desabafo ao mesmo tempo, não tenho ninguém pra falar sobre isso então to usando o forúm.

GuerreiroImplacável e Zoboomafoo gostam desta mensagem

Zoboomafoo
Zoboomafoo
Mensagens : 32
Data de inscrição : 01/11/2020
Idade : 21

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty A melhor decisão que você tomou.

em 9/11/2020, 19:12
Eu também já sofri 2 abusos sexuais e a primeira vez que tô falando sobre isso é agora, mas nunca me incomodou .Também sofro por pensar que as meninas me rejeitam, mesmo não rejeitando de fato. Isso com certeza é sintoma da nossa doença. A sorte é que tudo isso vai passar.

Velho, eu também não tenho amigos. Ficar tanto tempo sentindo prazer dentro de casa não deixou com que eu desenvolvesse, como eu posso dizer, uma forme de de comunicar com as pessoas. Sempre sou muito pontual no que falo, não sei como cativar sabe? Tenho somente 2 colegas que foram meus vizinhos, mas dizer que são amigos amigos não são.

Parece que tô passando fome desde criança, sempre fui magro. Mas não estou. Espero que as coisas melhorem pra você nesse sentido.

Mas você tem inglês fluente já está bem melhor que eu. Estou na luta mas ainda escuto as músicas sem entender nada.  Very Happy  Very Happy  Very Happy

Tamo junto cara, vou te acompanhar. Dá uma lida nas histórias de sucesso, você vai ver que tinha gente em um buraco mais fundo do que o nosso. Seja bem vindo.  Smile

_______________________________________

Noronha gosta desta mensagem

Kalopsia
Kalopsia
Mensagens : 26
Data de inscrição : 07/11/2020
Idade : 24

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty " O melhor momento para plantar uma árvore foi há 20 anos atrás, o segundo melhor momento é agora "

em 10/11/2020, 13:03
Fala Noronha, prazer cara.

Passou e vem passando por mt coisa, né bro.

Vc pode com certeza criar uma vida que deseja.
E sair desse vício certamente é um grande passo nessa direção, e que garantidamente colocará os outros aspectos de sua vida nos prumos.

Não deixe dominar-se pelo passado, você vive no presente, caminhando para um futuro.

Sou área de tecnologia tb e desejo toda a sorte pra vc. Qualquer coisa tamo ae,
Bora lá, siga firme!

_______________________________________
- A persistência é o caminho do êxito.

- Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.

Noronha gosta desta mensagem

CavaleiroDaLua
CavaleiroDaLua
Mensagens : 83
Data de inscrição : 16/08/2020

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty Você só é alguem grande, se decidir aceitar que é alguém grande

em 10/11/2020, 17:23
Noronha escreveu:Fala pessoal, meu Nome é Noronha. eu tenho 22 anos e aqui está a minha história.

Eu fui abusado sexualmente a partir dos 6. de lá tive varias experiencias homossexuais até meus 11 ou 12 e isso mexeu com a minha cabeça. Com uns 13 eu tinha um computador e já via putaria na internet todos os dias, desde essa idade até hoje eu me masturbava de 3 a mais vezes por dia não sendo raro ter inchaços, machucados e dores fortes no penis devido ao excesso. Cheguei a namorar com 14 anos e mais tarde com uns 16 eu acho, de qualquer forma me relacionei pouco com mulheres apesar de ser um cara bonito e até que perdi minha virgindade cedo com uns 14. Eu atualmente estou dando aulas de boxe, matemática, quimica e física para me manter porém eu não quero isso, pra falar a verdade não sei o que quero e nunca soube, ando perdido a muito tempo, sofri muitos abusos psicológicos, bullyng na escola tanto que tinha medo de sair de casa até os 14 lá no interior e só fui ter amigos depois disso quando me mudei para capital de mg e então pude ter um ambiente sem abusos psicológicos constantes. porém também tive um padrasto e uma mãe que sempre falaram que eu era um merda e que nunca ia dar em nada, acabou que morei uns 2 anos sozinho, fiquei desempregado na pandemia e voltei pra casa da minha mãe a 2 meses e já escutei bastante coisa. Também não tenho diploma do ensino médio e agora estou estudando python, java e tecnologias relacionadas a programação além de saber inglês fluente por ter tido contato cedo com o idioma através da internet.

EU não tenho amigos, eu sou viciado, já tentei parar diversas vezes e me encontro destruído moralmente, fisicamente (to passando fome na situação atual) e sinceramente, não acredito que serei algo, eu to tentando, esse é o começo da jornada e é assim que estou. Esqueci de falar que tenho um medo de rejeição feminina bizarro que também preciso superar e HOCD. Bom, é isso, me desejem sorte, irei atualizando o diário de dias em dias para contar sobre como as coisas tem ido, é um diário e desabafo ao mesmo tempo, não tenho ninguém pra falar sobre isso então to usando o forúm.

Fala manin, Seja bem vindo ao forum. Primeiro... QUANTO ORGULHO, mais um da area da tecnologia, isso ai \o/ eu sou programador de profissão mesmo e estou estudando inglês para ser fluente mesmo, e também sou das artes marciais (somos quase gemeos). E eu tenho algo a lhe falar que pode te ajudar, VOCÊ SÓ É ALGUEM GRANDE SE ACEITAR QUE É ALGUÉM GRANDE. A tua vida pode ser sido muito dificil, mas a verdade é que não tem ninguém que pode fazer isso mudar se não você mesmo.

Tem uma história bem interessante que eu ouvi de uma amiga minha e gostaria de passar a você, é a história do elefante acorrentado, que foi acorrentado quando criança, e mesmo depois de crescer e podendo sair da corrente, ele resolve não sair, pois está preso ao seu passado. Claramente o elefante pode quebrar suas correntes, mas ele foi treinado a não fazer isso.

https://amenteemaravilhosa.com.br/bela-historia-do-elefante-acorrentado/

Desprenda-se do seu passado primeiro. A felicidade não é só questão de auto-estima, mas deixar as coisas que aconteceram para trás e viver o hoje. Passado é só para aprendizado, não para carga.

Estarei acompanhando o seu diaria, blz manin? Abaixo eu vou entregar uma musica "do passado" e vi que combina muito contigo. Abração cheers cheers cheers

https://www.youtube.com/watch?v=UKyj0kFOndA

Noronha gosta desta mensagem

Noronha
Noronha
Mensagens : 10
Data de inscrição : 04/11/2020
Idade : 22
Localização : Contagem, Minas Gerais

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty Re: Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada.

em 10/11/2020, 19:10
Zoboomafoo escreveu:Eu também já sofri 2 abusos sexuais e a primeira vez que tô falando sobre isso é agora, mas nunca me incomodou .Também sofro por pensar que as meninas me rejeitam, mesmo não rejeitando de fato. Isso com certeza é sintoma da nossa doença. A sorte é que tudo isso vai passar.

Velho, eu também não tenho amigos. Ficar tanto tempo sentindo prazer dentro de casa não deixou com que eu desenvolvesse, como eu posso dizer, uma forme de de comunicar com as pessoas. Sempre sou muito pontual no que falo, não sei como cativar sabe? Tenho somente 2 colegas que foram meus vizinhos, mas dizer que são amigos amigos não são.

Parece que tô passando fome desde criança, sempre fui magro. Mas não estou. Espero que as coisas melhorem pra você nesse sentido.

Mas você tem inglês fluente já está bem melhor que eu. Estou na luta mas ainda escuto as músicas sem entender nada.  Very Happy  Very Happy  Very Happy

Tamo junto cara, vou te acompanhar. Dá uma lida nas histórias de sucesso, você vai ver que tinha gente em um buraco mais fundo do que o nosso. Seja bem vindo.  Smile

Obrigado pelo apoio zubumafoo eu sou seu fã eu te assistia sempre e odiava aqueles 2 branquelos que ficavam roubando cena eu só queria mesmo é ver o zobomafoo kkkkkkkkkkk cara eu assisti muito esse desenho, obrigado pelo apoio, más tu sabe sim meu caro, isso de cativar é habilidade é treinado e tu vai superar isso igual a gente vai superar o porno e quanto ao parecer que ta passando fome eu te dou a dica, faça umas 6 a 9 refeições por dia, bastante carboidrato e proteina sempre más principalmente carboidrato, vai na academia e faça treinos intensos e curtos que durem entre 35min e 1h e isso vai resolver, só ter constância e fome de leão, eu também to na capa do batman e quem sabe esse mês eu consiga comer bem, se der tudo certo até posto foto aqui pra mostrar como eu to, más isso ai é resolvido, fica com Deus.

Zoboomafoo gosta desta mensagem

Noronha
Noronha
Mensagens : 10
Data de inscrição : 04/11/2020
Idade : 22
Localização : Contagem, Minas Gerais

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty Re: Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada.

em 10/11/2020, 19:12
Kalopsia escreveu:Fala Noronha, prazer cara.

Passou e vem passando por mt coisa, né bro.

Vc pode com certeza criar uma vida que deseja.
E sair desse vício certamente é um grande passo nessa direção, e que garantidamente colocará os outros aspectos de sua vida nos prumos.

Não deixe dominar-se pelo passado, você vive no presente, caminhando para um futuro.

Sou área de tecnologia tb e desejo toda a sorte pra vc. Qualquer coisa tamo ae,
Bora lá, siga firme!

Obrigado meu amigo, realmente essa luta contra o passado é uma coisa difícil pra mim, ela me suga muito e me trava as vezes más vamos rumo a vitória.
Obrigado pela boa sorte, to ai estudando python tentando vencer procrastinação e as lutas mentais, as vezes fica dificil estudar bem más ta indo, um jo ken po eu sei fazer já kkkkkkk, tmj e obrigado pelo apoio.
Noronha
Noronha
Mensagens : 10
Data de inscrição : 04/11/2020
Idade : 22
Localização : Contagem, Minas Gerais

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty Re: Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada.

em 10/11/2020, 19:26
CavaleiroDaLua escreveu:
Noronha escreveu:Fala pessoal, meu Nome é Noronha. eu tenho 22 anos e aqui está a minha história.

Eu fui abusado sexualmente a partir dos 6. de lá tive varias experiencias homossexuais até meus 11 ou 12 e isso mexeu com a minha cabeça. Com uns 13 eu tinha um computador e já via putaria na internet todos os dias, desde essa idade até hoje eu me masturbava de 3 a mais vezes por dia não sendo raro ter inchaços, machucados e dores fortes no penis devido ao excesso. Cheguei a namorar com 14 anos e mais tarde com uns 16 eu acho, de qualquer forma me relacionei pouco com mulheres apesar de ser um cara bonito e até que perdi minha virgindade cedo com uns 14. Eu atualmente estou dando aulas de boxe, matemática, quimica e física para me manter porém eu não quero isso, pra falar a verdade não sei o que quero e nunca soube, ando perdido a muito tempo, sofri muitos abusos psicológicos, bullyng na escola tanto que tinha medo de sair de casa até os 14 lá no interior e só fui ter amigos depois disso quando me mudei para capital de mg e então pude ter um ambiente sem abusos psicológicos constantes. porém também tive um padrasto e uma mãe que sempre falaram que eu era um merda e que nunca ia dar em nada, acabou que morei uns 2 anos sozinho, fiquei desempregado na pandemia e voltei pra casa da minha mãe a 2 meses e já escutei bastante coisa. Também não tenho diploma do ensino médio e agora estou estudando python, java e tecnologias relacionadas a programação além de saber inglês fluente por ter tido contato cedo com o idioma através da internet.

EU não tenho amigos, eu sou viciado, já tentei parar diversas vezes e me encontro destruído moralmente, fisicamente (to passando fome na situação atual) e sinceramente, não acredito que serei algo, eu to tentando, esse é o começo da jornada e é assim que estou. Esqueci de falar que tenho um medo de rejeição feminina bizarro que também preciso superar e HOCD. Bom, é isso, me desejem sorte, irei atualizando o diário de dias em dias para contar sobre como as coisas tem ido, é um diário e desabafo ao mesmo tempo, não tenho ninguém pra falar sobre isso então to usando o forúm.

Fala manin, Seja bem vindo ao forum. Primeiro... QUANTO ORGULHO, mais um da area da tecnologia, isso ai \o/ eu sou programador de profissão mesmo e estou estudando inglês para ser fluente mesmo, e também sou das artes marciais (somos quase gemeos). E eu tenho algo a lhe falar que pode te ajudar, VOCÊ SÓ É ALGUEM GRANDE SE ACEITAR QUE É ALGUÉM GRANDE.  A tua vida pode ser sido muito dificil, mas a verdade é que não tem ninguém que pode fazer isso mudar se não você mesmo.

Tem uma história bem interessante que eu ouvi de uma amiga minha e gostaria de passar a você, é a história do elefante acorrentado, que foi acorrentado quando criança, e mesmo depois de crescer e podendo sair da corrente, ele resolve não sair, pois está preso ao seu passado. Claramente o elefante pode quebrar suas correntes, mas ele foi treinado a não fazer isso.


Desprenda-se do seu passado primeiro. A felicidade não é só questão de auto-estima, mas deixar as coisas que aconteceram para trás e viver o hoje. Passado é só para aprendizado, não para carga.

Estarei acompanhando o seu diaria, blz manin? Abaixo eu vou entregar uma musica "do passado" e vi que combina muito contigo. Abração  cheers  cheers  cheers


Fala Cavaleiro, realmente somos gemeos ou parentes distantes pelo jeito kkkkkkk, obrigado pelo apoio meu caro e pela música, isso do alguém grande também me lembra uma frase que as vezes eu repito pra mim mesmo "Não existe um herói para te salvar, você é o seu próprio herói, só você pode salvar".  Digimon e pokemon foi infância, assisti bastante e essa música mexe comigo, não estava muito bem e escutá-la agora foi bom, obrigado meu caro, ainda não sou da área da programação ativamente más to ai tentando entrar, só ta osso as experiências exigidas pelos estágios e eu nem na facul to, más ta bão, isso ai a gente vai trabalhando. Obrigado pelo apoio.
Noronha
Noronha
Mensagens : 10
Data de inscrição : 04/11/2020
Idade : 22
Localização : Contagem, Minas Gerais

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty 10/11/2020

em 10/11/2020, 19:36
Acordei hoje e fui no supermercado. Eu recebi dinheiro das aulas e hoje foi a primeira vez em umas 3 semanas que fiz uma refeição decente e pude comer carne. Foi bom se não fosse por minha mãe falando besteira e palavras de desmotivação quando fui cozinhar meu macarrão, acabou que não almocei e fui dar aula a tarde, não pensei em porno essa tarde más estou com auto estima baixa, vi um adolescente com a namoradinha passando na rua e me senti inferior e fraco, com inveja. Meus gatilhos são os problemas a volta, a pornografia sempre foi uma fuga da realidade e com esse hábito tem sido uma lutar estudar, ainda não estudei hoje más vou ver uma aula de python agora e tentar treinar desenho, eu não sei desenhar más quero aprender e também eu sinto que minha cabeça ta engessada, eu não consigo pensar, criar, não tenho criatividade e força, é como se eu estivesse ficando burro. Um aluno vai voltar a fazer aula e talvez eu ganhe mais uma aluna esse mês, acho que com sabedoria eu consiga me alimentar bem, essa é a minha maior preocupação agora pois sem me alimentar não consigo me exercitar e isso acaba fazendo com que eu fique com a cabeça fora do lugar. Também escutei um pedido de desculpas e um "você vai dar certo" da minha mãe pela primeira vez em muitos anos, já falei te amo pra ela e fui ignorado algumas vezes e mesmo isso tenha sido curto e sutil e seguido de dr foi bom, más foi passageiro e eu sei que ela vai tentar me destruir na primeira oportunidade, ela é muito negativa. Talvez eu vá dar uma aula as 20h más choveu então não sei, por enquanto to em casa mechendo no pc e comendo.

Zoboomafoo e Kalopsia gostam desta mensagem

Noronha
Noronha
Mensagens : 10
Data de inscrição : 04/11/2020
Idade : 22
Localização : Contagem, Minas Gerais

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty 11/11/2020

em 12/11/2020, 00:12
Hoje foi um dia vazio, muitos tem sido, eu ia perder uma aluna de boxe e isso me preocupou um pouco porém ela acabou não desistindo e vai tentar arrumar tempo para fazer as aulas, eu me sinto muito vazio, a pornografia é um escape para uma realidade vazia e esse sentimento é bem perigoso pra mim pois me faz querer me masturbar vendo p ou jogando algum jogo porno. Hoje aliás minha mãe quase me pegou jogando enquanto eu tentava me masturbar porém acho que ela não viu, se viu não falou e eu nunca vou saber, vida segue.

Hoje eu me alimentei muito bem e talvez dê para me manter bem alimentado pelo resto do mês pois surgiu um trampo de pintura para fazer, essa dificuldade financeira e alimentícia que estou passando me estressa muito e me causa um profundo sentimento de fracasso e isso também vira uma tentação pra P pois nela eu desconto minhas frustrações e sinto alguma coisa.

Hoje eu não consegui estudar, apenas procrastinei, agora vou dormir e eu estou lutando contra uma vontade insana de ver porno e me masturbar.

Boa noite e boa sorte, se tem um deus la em cima, que ele me ajude pois sozinho, não sei se consigo.

CavaleiroDaLua gosta desta mensagem

CavaleiroDaLua
CavaleiroDaLua
Mensagens : 83
Data de inscrição : 16/08/2020

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty Grande história

em 12/11/2020, 16:33
Noronha escreveu:Hoje foi um dia vazio, muitos tem sido, eu ia perder uma aluna de boxe e isso me preocupou um pouco porém ela acabou não desistindo e vai tentar arrumar tempo para fazer as aulas, eu me sinto muito vazio, a pornografia é um escape para uma realidade vazia e esse sentimento é bem perigoso pra mim pois me faz querer me masturbar vendo p ou jogando algum jogo porno. Hoje aliás minha mãe quase me pegou jogando enquanto eu tentava me masturbar porém acho que ela não viu, se viu não falou e eu nunca vou saber, vida segue.

Hoje eu me alimentei muito bem e talvez dê para me manter bem alimentado pelo resto do mês pois surgiu um trampo de pintura para fazer, essa dificuldade financeira e alimentícia que estou passando me estressa muito e me causa um profundo sentimento de fracasso e isso também vira uma tentação pra P pois nela eu desconto minhas frustrações e sinto alguma coisa.

Hoje eu não consegui estudar, apenas procrastinei, agora vou dormir e eu estou lutando contra uma vontade insana de ver porno e me masturbar.

Boa noite e boa sorte, se tem um deus la em cima, que ele me ajude pois sozinho, não sei se consigo.

A tua história me inspira manin, serio mesmo. E sabe o porque disso? Porque eu tenho certeza que as pessoas fortes não nascem, mas se tornam. E a forma como tu luta para perder o vício em pornografia me inspira mais ainda. Eu não sou um psicologo nem nada, mas estou colocando a minha fé em ti. Eu vou te passar um video de um filme/livro famoso que me inspira muito.

Veja em 00:42.
https://www.youtube.com/watch?v=m8GXNrGEauo

Segue firme na luta manin, somos parceiros de artes marciais cheers cheers
Noronha
Noronha
Mensagens : 10
Data de inscrição : 04/11/2020
Idade : 22
Localização : Contagem, Minas Gerais

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty 12/11/2020

em 12/11/2020, 23:39
Boa noite, antes, obrigado Cavaleiro da Lua pelo apoio e a todos que estão acompanhando.

Gandalf sempre tem sábias e grandes palavras e essa máxima dele sobre o tempo é uma realidade que abre os olhos, simples e extraordinária ao mesmo tempo, obrigado pela recomendação.

Hoje eu pensei muito em pornografia, pois o dia foi estressante, apesar de eu ter comido bem e estar me sentindo melhor ainda me sinto cansado e exaurido mentalmente pois dormi pouco, tenho acordado mais cedo entre 7 e 9 horas e também me alimentado bem nos últimos 4 dias., no domingo volto a me exercitar com calistenia pois não tenho grana para academia.

Hoje a tarde discuti com a minha mãe, ela vai pegar uma obra na qual vai acompanhar 10 dias como engenheira e ela precisava de pintores e tal, já tínhamos tido atrito mais cedo e nos últimos dias e eu acabei falando que não ia mais, então ela disse que eu não daria conta mesmo. É algo simples, porém eu escutei isso a minha vida inteira, mesmo tendo um senso de grandeza, força e uma raiva que se traduz em sagacidade que pulsam loucamente dentro de mim minha família e as pessoas ao meu redor só tem me puxado para mediocridade com palavras maldosas e esse não vai dar conta me enfureceu, discutimos alto e eu a mandei ir tomar no cu, mandei ela calar a boca e falei que ela deveria ser castrada pois é um crime gente igual a ela ter filhos. Merda cara....Eu não queria ter uma família assim, eu estou cansado dessa mediocridade a muito tempo e quanto mais tento sair mais parece que as pessoas querem me puxar para dentro dela. Minha família de sangue só sabe criticar, não escuto um parabéns pelas minha vitórias a anos, sou meu único apoiador e acho que no final das contas é isso mesmo. Não reclamo dessa realidade, tenho que ser homem e forte, é natural, porém ela é fodida demais, más que seja, pelos portões do inferno eu construo meu caminho ao céu.

Hoje eu consegui estudar, fiz uma aula de python sobre estrutura condicional, o assunto é fácil e no python é gostoso de programar pois a linguagem é de alto nível, fiz só um exercício, coisa pequena más foi uma vitória.

Na minha vida nos meus momentos mais difíceis sempre aparecia uma ou outra pessoa que eu deveria ajudar e escutar, seja minha mãe criança que me colocava pressão como se eu fosse uma espécie de marido e homem dela na adolescência, um amigo deprimido, alguma pessoa pensando besteira ou com problemas pessoais. Muitas vezes em que eu precisava de cuidado fui chamado a cuidar, acho que as vezes o grande homem que existe dentro de mim quer sair e as pessoas devem ver algum reflexo disso, ou talvez eu finja muito bem que tá tudo bem. Tem uma mulher no meu condomínio e ela tem um filho de 20 anos, dois anos mais novo que eu. Eles eram muito ricos porém o pai dele morreu e perderam tudo, ele cresceu mimado, fraco e por causa de uma menina que namorou a 5 anos atrás e a morte do pai e ele ter que se virar agora ele quer ser matar, o garoto está imaturo e hoje eu fui trocar ideia com a mãe dele pois ela vai recomendar meu currículo em algum Lugar.

Foi engraçado, eu falei para ela a seguinte coisa "O mundo é vasto demais, seu filho está vivendo em um mundo medíocre por causa dessa menina e ele precisa amadurecer e entender que o mundo é vasto, o homem já foi na lua, existem milhares de culturas, países tanta coisa pra ver, você tem que fazer seu filho entender que o mundo é muito mais do que ele pensa e que ele ainda pode fazer muita coisa, tira ele dessa mediocridade, sai com ele, 1 dia que ele sair é uma vitória, ele já não saia mesmo, más não deixe ele se internar pois isso vai ser a derrota dele, isso é a fuga que ele quer, fica calma, vai dar certo, ele precisa enfrentar esses momentos difíceis e amadurecer." Ele queria se internar para ficar dopado de remédio e virar um vegetal. Eu fui contra e falei isso...Não sei se penso "Como sou hipócrita" ou "Onde foi que me perdi", pensando bem eu sei onde.

Eu era esse cara, o cara que motivava independente da desgraça que acontecia, mesmo destruído incentivava os outros e hoje foi assim, eu nem desabafei com ela nem nada, fui lá consolar e prometi voltar depois que desse minhas aulas e voltei, fui lá as 21h da noite e bati duas vezes, ninguém atendeu, espero que ele não tenha se matado e sim que eles tenham ido dar um rolê, mandei um zap pra ela porém ele não olha whatsapp então talvez nem responda, más tudo bem. Esse foi o meu dia, agora vou comer meio kg de macarrão e frango para completar a sexta refeição do dia, vai entrar mais uma grana ai de um serviço insano que eu fiz que talvez eu conte depois, então to com esperança de recuperar meus 10kg e ainda conseguir mais, amanhã também vou deixar currículo em 4 supermercados.

Flw, Noronha direto do inferno rumo ao céu, por enquanto to rastejando, porém um dia voarei e rasgarei os caminhos do destino, dobrando os a minha vontade.

O que eu disse pra ela
o2Lázaro
o2Lázaro
Mensagens : 10
Data de inscrição : 01/11/2020

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty Re: Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada.

em 13/11/2020, 00:36
Noronha escreveu:Fala pessoal, meu Nome é Noronha. eu tenho 22 anos e aqui está a minha história.

Eu fui abusado sexualmente a partir dos 6. de lá tive varias experiencias homossexuais até meus 11 ou 12 e isso mexeu com a minha cabeça. Com uns 13 eu tinha um computador e já via putaria na internet todos os dias, desde essa idade até hoje eu me masturbava de 3 a mais vezes por dia não sendo raro ter inchaços, machucados e dores fortes no penis devido ao excesso. Cheguei a namorar com 14 anos e mais tarde com uns 16 eu acho, de qualquer forma me relacionei pouco com mulheres apesar de ser um cara bonito e até que perdi minha virgindade cedo com uns 14. Eu atualmente estou dando aulas de boxe, matemática, quimica e física para me manter porém eu não quero isso, pra falar a verdade não sei o que quero e nunca soube, ando perdido a muito tempo, sofri muitos abusos psicológicos, bullyng na escola tanto que tinha medo de sair de casa até os 14 lá no interior e só fui ter amigos depois disso quando me mudei para capital de mg e então pude ter um ambiente sem abusos psicológicos constantes. porém também tive um padrasto e uma mãe que sempre falaram que eu era um merda e que nunca ia dar em nada, acabou que morei uns 2 anos sozinho, fiquei desempregado na pandemia e voltei pra casa da minha mãe a 2 meses e já escutei bastante coisa. Também não tenho diploma do ensino médio e agora estou estudando python, java e tecnologias relacionadas a programação além de saber inglês fluente por ter tido contato cedo com o idioma através da internet.

EU não tenho amigos, eu sou viciado, já tentei parar diversas vezes e me encontro destruído moralmente, fisicamente (to passando fome na situação atual) e sinceramente, não acredito que serei algo, eu to tentando, esse é o começo da jornada e é assim que estou. Esqueci de falar que tenho um medo de rejeição feminina bizarro que também preciso superar e HOCD. Bom, é isso, me desejem sorte, irei atualizando o diário de dias em dias para contar sobre como as coisas tem ido, é um diário e desabafo ao mesmo tempo, não tenho ninguém pra falar sobre isso então to usando o forúm.


Fala Noronha! Espero que essa msg te encontre em bom estado de espírito e de saúde. Putz cara, uma coisa que me chamou atenção em seu relato e que gostaria de destacar é que você parece ser um cara talentoso e inteligente. Tu dá aula de boxe, sabe inglês fluentemente, tem conhecimento de matérias de exatas. Apesar de todos os traumas e abusos psicológicos, você desenvolveu grandes habilidades. Além disso, o vício em PMO impede que consigamos explorar toda nossa capacidade. Tenho certeza que você irá conseguir sair vitorioso dessa jornada, realizar o reboot e solucionar as outras questões que te afligem. Você já fez terapia? Talvez isso pudesse te ajudar, porém sei que a questão financeira pesa nessa hora. Ao se libertar dessas amarras, será capaz de explorar cada vez mais o seu potencial que já deu provas de ser enorme. Me identifico com coisas que você citou, irei acompanhar sua caminhada e estou na torcida. Vamos juntos
Noronha
Noronha
Mensagens : 10
Data de inscrição : 04/11/2020
Idade : 22
Localização : Contagem, Minas Gerais

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty 16/11/2020

em 16/11/2020, 22:14
Eae, antes de tudo obrigado Lazaro pelo apoio e pelas palavras de apoio, eu fiquei feliz com o que li e fiquei mais esperançoso, obrigado a todos que tem fé em mim.

Desde o dia 12 me masturbei loucamente, sendo hoje, segunda feira meu dia oficial para começar meu reboot pra sempre, deletei meus jogos porno e tenho tentado trabalhar meu emocional, me alimentei meio mal por causa do porno esses dias más amanhã já volto a malhar e agora antes de dormir farei uma boa refeição com frango e meio pacote de macarrão, chegará o dia em que eu poderei comer carne vermelha todo dia.

Eu sou um cara que pensa sobre o que pensa, agora a pouco ao chegar da padaria eu fui entrar no condomínio e tinha um casal chegando, eu abri o portão para passar primeiro e no final das contas abri e fechei o portão pra eles, fiquei irritado com duas coisas, a primeira é que eu fui passivo demais e que fechei o portão sendo que eles que deveriam ter fechado já que estavam saindo, a segunda é que eu fiquei com inveja, e essa segunda é o que me gerou mais raiva, minha masculinidade foi atacada pelo vício e eu preciso recuperá-la, hoje eu pelo menos corri com meus alunos e só não malhei pois acordei as 14h por me ter masturbado ate tarde no domingo más tudo bem, de hoje em diante, nunca mais.

Não sei se o senhor existe, más se existe, por favor me ajude, sozinho eu não consigo.

GuerreiroImplacável e CavaleiroDaLua gostam desta mensagem

CavaleiroDaLua
CavaleiroDaLua
Mensagens : 83
Data de inscrição : 16/08/2020

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty Re: Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada.

em 18/11/2020, 13:01
Noronha escreveu:Eae, antes de tudo obrigado Lazaro pelo apoio e pelas palavras de apoio, eu fiquei feliz com o que li e fiquei mais esperançoso, obrigado a todos que tem fé em mim.

Desde o dia 12 me masturbei loucamente, sendo hoje, segunda feira meu dia oficial para começar meu reboot pra sempre, deletei meus jogos porno e tenho tentado trabalhar meu emocional, me alimentei meio mal por causa do porno esses dias más amanhã já volto a malhar e agora antes de dormir farei uma boa refeição com frango e meio pacote de macarrão, chegará o dia em que eu poderei comer carne vermelha todo dia.

Eu sou um cara que pensa sobre o que pensa, agora a pouco ao chegar da padaria eu fui entrar no condomínio e tinha um casal chegando, eu abri o portão para passar primeiro e no final das contas abri e fechei o portão pra eles, fiquei irritado com duas coisas, a primeira é que eu fui passivo demais e que fechei o portão sendo que eles que deveriam ter fechado já que estavam saindo, a segunda é que eu fiquei com inveja, e essa segunda é o que me gerou mais raiva, minha masculinidade foi atacada pelo vício e eu preciso recuperá-la, hoje eu pelo menos corri com meus alunos e só não malhei pois acordei as 14h por me ter masturbado ate tarde no domingo más tudo bem, de hoje em diante, nunca mais.

Não sei se o senhor existe, más se existe, por favor me ajude, sozinho eu não consigo.

Não está sozinho não manin, eu estou contigo blz? Abração
GuerreiroImplacável
GuerreiroImplacável
Mensagens : 539
Data de inscrição : 04/06/2020
Idade : 21

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty Re: Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada.

em 19/11/2020, 19:06
Falae Noronha! Como está?? Acabei lendo seu diário, e cara, o que posso te dizer é: CONTINUE!! Eu imagino o quanto deve ser difícil continuar mesmo quando nada parece que dará certo, mas o fato é que muitas vezes criamos falsas crenças sobre a gente e deixamos de acreditar em nós mesmos para dar força a crenças que só nos prejudica... Eu sei como é... Mas o que posso dizer é que você tem que continuar mesmo assim, pois no fim essas são somente crenças e é possível mudá-las sim!

Atualize seu diário, nos diga o que está passando, conte como está o andamento do reboot, assim poderemos te ajudar Very Happy Eu te garanto que aqui no fórum existem muitos dispostos a ajudar e você terá ótimos conselhos dos membros mais experientes aqui do fórum 💪💪 Te desejo forças e tudo de bom!

_______________________________________
"Você tem de se dedicar diariamente para se tornar um pouco melhor. Quando você se dedica à tarefa de se tornar um pouco melhor todos os dias durante um certo período, você se torna muito melhor."

(Iniciado dia 16/11, às 06:40 e contando)

---------------------------

Acesse meu diário: https://www.comoparar.com/t10648-e-aqui-que-o-vicio-encontra-seu-fim-guerreiroimplacavel

Como eu disse em meu diário:
GuerreiroImplacável escreveu:"Espero poder ler isso aqui no futuro, me lembrar de tudo o que passei e por fim me orgulhar de tudo o que conquistei até então."

Noronha gosta desta mensagem

Noronha
Noronha
Mensagens : 10
Data de inscrição : 04/11/2020
Idade : 22
Localização : Contagem, Minas Gerais

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty 20/11/2020

em 20/11/2020, 16:41
Boa tarde, geralmente escrevo no fim do dia más hoje eu escreverei a tarde, obrigado Guerreiro implacável e a todos pelo apoio.

Eu cai, 3 dias, cai no quarto. Tudo bem, estou me reeerguendo, também não malhei, eu sinto um cansaço ultimamente e eu estou fraco, não consigo parar de dormir demais, estou sem energia, destruído, minha mente a anos se encontra em uma neblina e repleta de confusão como se eu estivesse bêbado mentalmente.
Também não consegui estudar, a luta contra a pmo me exauri a tal nível que nada faço, com ou sem pmo me sinto um escravo da mediocridade e vejo a vida passar diante de mim enquanto eu fico congelado no tempo, fraco fisicamente, mentalmente, escravo de mim mesmo. Nessa semana além de dar minhas aulas de boxe eu também brinquei com meus alunos crianças aqui do condomínio, eu fico indo lá a tarde jogar bola com eles, eles me admiram, tem uma imagem totalmente diferente de mim e eu até que finjo bem pagando de durão, afinal sou professor de boxe, to com fisico de aidético más sou ex atleta e não estou morto, preciso manter alguma aparência.

Essa admiração me corroi e me orgulha ao mesmo tempo, me corrói porque eu sei o lixo que me tornei no meu íntimo e me orgulha porque vejo um vislumbre do que posso alcançar e superar algum dia. minha mente confusa e meus pensamento acelerados e bagunçados além do passado são meus maiores gatilhos, eu não quero escapar da vida, eu quero enfrentá-la, vencê-la e provar para mim mesmo e para todos que duvidaram de mim que eu sou capaz de superar tudo e a todos, más ao mesmo tempo eu quero fugir, me esconder e ficar inerte diante dos desafios diários que me são colocádos.

Meu ex mentor e professor de boxe uma vez me disse, "Deus não dá uma luta que ele sabe que somos capazes de superar". Que merda cara, eu não queria essa luta, ele devia ter me perguntado antes, más também não adianta culpá-lo já que eu mesmo cavo a minha própria cova a muito tempo com decisões ruins.

Tenha um bom dia.

GuerreiroImplacável gosta desta mensagem

GuerreiroImplacável
GuerreiroImplacável
Mensagens : 539
Data de inscrição : 04/06/2020
Idade : 21

Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada. Empty Re: Diário do Noronha, nunca tive uma vida, talvez eu crie uma agora, essa é a minha jornada.

em 20/11/2020, 20:05
Falae Noronha!! Me identifico bastante com seu relato, principalmente nessa parte aqui:

Noronha escreveu:
[...]eu sinto um cansaço ultimamente e eu estou fraco, não consigo parar de dormir demais, estou sem energia, destruído, minha mente a anos se encontra em uma neblina e repleta de confusão como se eu estivesse bêbado mentalmente.
Também não consegui estudar, a luta contra a pmo me exauri a tal nível que nada faço, com ou sem pmo me sinto um escravo da mediocridade e vejo a vida passar diante de mim enquanto eu fico congelado no tempo, fraco fisicamente, mentalmente, escravo de mim mesmo.

Eu sei bem como é... Por vezes me sentia completamente fraco, sem forças para continuar, meu corpo estava exausto e para mim não havia descanso, estava sempre com sono... A procrastinação tomava conta dos meus dias e eu me sentia muito mal por não ter controle sobre mim mesmo.
O que aprendi vivenciando tudo isso é que esses sentimentos são passageiros, e uma vez aprendido a lidar com eles, se reerguer se torna muito mais possível! Não é uma tarefa fácil, é na verdade um caminho árduo, mas com dedicação é possível enfrentar tudo isso o que está passando. Prestar atenção em seus pensamentos e guiá-los da forma correta é essencial para conseguir ter progresso. Sua mente tentará te desmotivar a todo momento, ela fará de tudo ao alcance dela, inclusive mentir para você e te enganar fazendo-o acreditar em falsas afirmações sobre si mesmo. Está aí a importância de aprender a dar força aos pensamentos corretos e focar naquilo o que queremos.

Outra coisa muito importante é o conhecimento! Somente através do aprendizado é possível conhecer o que de fato é o vício, como lidar com ele, quais são suas causas e efeitos, além de aprender como lidar com seu inconsciente, ressignificar crenças limitantes, e por aí vai. Basicamente todas as ferramentas que você precisa para vencer o vício é adquirido através do aprendizado, e esses conhecimentos que você aprenderá é encontrado em livros, vídeos no youtube, e-books (incluindo o do fórum), com psicólogos, etc etc. Falo isso pois não sei o quanto você já pesquisou sobre o vício e sobre como lidar com nossos problemas internos, mas de qualquer forma deixo aqui a recomendação para que você busque aprender cada vez mais sobre esses assuntos pois te ajudarão demais! Comece pelo e-book aqui do fórum se possível, é um material excelente!!

Mals aí o textão hahaha Espero ter ajudado de alguma forma, tmj! Força!! 💪💪

_______________________________________
"Você tem de se dedicar diariamente para se tornar um pouco melhor. Quando você se dedica à tarefa de se tornar um pouco melhor todos os dias durante um certo período, você se torna muito melhor."

(Iniciado dia 16/11, às 06:40 e contando)

---------------------------

Acesse meu diário: https://www.comoparar.com/t10648-e-aqui-que-o-vicio-encontra-seu-fim-guerreiroimplacavel

Como eu disse em meu diário:
GuerreiroImplacável escreveu:"Espero poder ler isso aqui no futuro, me lembrar de tudo o que passei e por fim me orgulhar de tudo o que conquistei até então."
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum