Ir em baixo
avatar
Tiago*
Mensagens : 330
Data de inscrição : 29/03/2021
Idade : 16

A Luz - Página 6 Empty Re: A Luz

25/4/2021, 11:29
guerreirodeluz escreveu:Bom Dia, Jovens companheiros de Luta.
Sou o "Guerreiro de Luz" e aqui estou, após quase 1 semana lendo, acompanhando, me emocionando e me sentindo com paz ao conhecer este ambiente, finalmente se tornando mais um membro abrindo o coração.
De antemão quero parabenizar e desejar firmemente toda a força para que a gente não só vença esta guerra para sempre como também sejamos exemplo para ajudar os que também precisarão de ajuda e orientar outros mais que encontraremos em nossa vida a não mergulhar nessa escuridão.

INÍCIO  :
Pois bem, tenho 20 anos completados nesse turbulento ano de 2020, e aqui enfim início meu processo de recuperação abrindo o meu eu.
Tudo se iniciou por volta dos 12 anos (não recordo se ainda iria fazer ou se já tinha feito 12) eu, um garoto sereno, em paz, nunca criou um inimigo, amigo bom de todos, um exemplo a ser seguido, ou como bem já escutei diversas vezes "um santo" (e isso tem um peso que contarei a frente), por ser assim, e tímido, nunca tinha conseguido ter uma namoradinha, dar um selinho ou algo do tipo, e sempre me encantei, apaixonei por muitas meninas pelas escolas que passei, só que neste ano (2012) eu já tinha as minhas "sensações" pelas garotas, algo absolutamente normal no início da pré adolescência, só não sabia que sensação além da paixão era essa e como sanar isso...

Na turma em específico 1 aluno era bem desenvolto, era o "fora da curva" e vira e meche vinha com histórias de cunho erótico, eu escutava apesar de não andar com ele e apenas ria daquilo como vários outros colegas, mas alguns entravam na sua pilha e nas suas histórias, e por já terem conhecimento de algumas "dessas coisas" falavam peripércias parecidas, mas eu apesar de ter curiosidade... querer saber o que é isso... não era afobado por isso, tava preocupado era em não reprovar, jogar meu vídeo game, abraçar meus pais, criar (sou artista digital) e etc, só que um dia em uma dessas conversas bobas estavam falando sobre o "esperma" ... e variações xulas usadas no mundo pornográfico, eu estava por perto e fui 1 dos fisgados a uma pergunta boba, sabendo quem eu era 1 deles perguntou : " aí, fala aí, tu sabe falar que cor tem o .... (n irei citar o termo) eu enrolei em responder e consegui como sempre me desvincilhar daquelas bobeiras, mas eu tinha em mim a curiosidade... principalmente depois de entender o que era aquilo do que eles falavam após estudar sobre nas aulas de ciências, problema que eu segui por perto mas não junto daquela roda esperando minha van e o papo deles seguia, até que aquele aluno, o mais travesso falou como era boa a sensação e me sanou a dúvida que eu tinha, o como eu faria isso ? Ele em meio a palhaçada disse "bater" e simulou o movimento com as mãos, seguido de dizer como aquilo era bom, todos em volta riam na mesma onda dele e eu sentia que era o único que não sabia nem como fazer aquilo ainda, aí pronto, eis o começo : secretamente fui ao banheiro que tinha nos fundos da escola,entrei, mentalizei a menina que eu "sentia aquilo" e daí tive a minha primeira M, daquele dia em diante, 8 anos atrás, NUNCA mais eu consegui largar a M.

QUEDA :
Desde a primeira M e sentir aquela sensação senti que meu organismo estava explodindo querendo aquilo, um garoto que nunca teve contato com esse tipo de coisa estava em êxtase com a descoberta e a sensação que aquilo trouxe, ao ponto de meu pênis ficar rígido sem que eu quisesse só em pensar na sensação que eu acabava de desvendar, queria mais...
Dalí, querendo não só mais imaginar nas meninas, precisava dar outro passo, e fui eu com meus 12 anos e um iPad com tela gigante em mãos, no segredo da madrugada ou do banheiro (assim como fiz na 1 vez) finalmente ir atrás da "Pornografia" e então ali sem que eu soubesse iniciava o mergulho de um garoto inocente num mundo sujo, desprezível e que ceifa vidas (a de quem cai no vício e o de quem está nesta indústria).
Passei a ficar noites vendo aquilo, inicialmente só vendo, depois comecei a M junto aos vídeos, milhões de conteúdos estavam na minha mão, a um clique me dando aquela sensação "boa" e daí logo já estava tendo o PMO, o ciclo que a partir daquele momento passaria com o tempo de ser a minha 1 descoberta sexual para um estágio de compulsão.
Sempre vi o relacionamento Hétero, apenas, e assim foi indo, porém para quem entende como funciona a compulsão ou o vício e a relação da dopamina com isto você passa a querer mais, outras variações, algo novo que desperte aquela explosão novamente, o "mais do mesmo" se torna normal apesar de trazer excitação igualmente, e para um garoto mergulhando nas descobertas, querendo mais e mais, querendo descobrir, sentir isso sem parar, foi gradualmente no decorrer dos anos se permitindo abrir outros tipos de vídeos mesmo sabendo que repudia aquilo ou que jamais faria, seja com violência, mais de uma pessoa, em público, com encenação e por aí vai... fui desbravando... descobrindo, nisto eu já conhecia os termos, os nomes, os jeitos, as formas, os tipos... e com esse poderío já guardado na minha cabeça e no meu consciente de prazer arrisquei pesquisar se existia imagens dispidas de atrizes famosas do cinema de filmes que eu gostava e as achava atraentes, não deu outra, descobri um novo tipo de P, e o ciclo ganhava mais um acréscimo na minha mente, queria ver aquilo de mais e mais atrizes, cantoras, famosas internacionais, nacionais e assim fui indo, estava sem controle na minha vida secreta com a P, apesar de o meu eu com a relação social, familiar, de vida em geral seguisse a mesma, porém eu no meu interior sabia que guardava em mim um grande segredo, porém nada que não fosse parte da adolescência como sempre foi posto e ainda é na cabeça dos jovens.
Enfim, as descobertas foram seguindo e eu acompanhava com o PMO, virando um consumidor cada vez maior em meio a minha vida que seguia "normalmente" para mim, e digo isto por um simples fator... meus pais que eu tanto amo e sempre me encheram de amor estavam se separando, com problemas, discussões, perturbações quase diárias... e a pornografia que eu estava me tornando um "aliado" passou a ser para mim uma saída para a sensação dos problemas, uma explosão de satisfação e alegria interior em mim que supria aquela tristeza e presenciar diariamente os problemas familiares que eu mesmo jovem precisava interferir, isto foi ainda pior contra mim sem que eu Sentisse. mesmo com tudo isso eles continuaram morando juntos comigo nas próximas casas mas os problemas sempre seguiram e eu seguia ali, cada vez mais imerso no momento de privacidade com a minha "Droga" sem que eu me importasse para o malefício, pois a sensação era de satisfação.

PERDIÇÃO :
E então a situação começa a ficar complicada... apesar de tudo isso não estar interferindo naquilo que eu era como pessoa internamente eu sentia estar com novas sensações que eu julgava ser minhas mesmo, um pecado meu, não da pornografia... conforme mais pornografia você vê, consome,experimenta,descobre e arrisca mais você se fere, mais você esconde do teu organismo aquilo que você realmente sentiria ou deveria estar sentindo, e eis uma das perdições... você passa a não ter controle mesmo que seja você e tua mente que passa a te estimular a isso já que você mesmo a contaminou, as mulheres passam a ser corpos a se olhar, a se querer, a se imaginar naquelas situações dos videos P, Só que você perde qualquer tipo de filtro, desde sexualizar em sua mente seja a sua amiga de escola até por exemplo chegar a incluir primas maiores de idade no seu pensamento... ali eu passei a dizer a mim mesmo que estava errado, que eu de fato e a minha essência não sentia aquilo, era um impulso causado pela P e que eu não conseguia controlar, ou seja, 1 dano eu já reconhecia ter, o de desejar na minha mente as meninas que me atraíssem e as imaginando das mais diversas formas, mesmo sendo alguém muito muito próximo (algo gravíssimo)
e nessa droga eu seguia... nessa inércia... hábitos que seguiam... PMO + PMO + PMO na minha privacidade, fora disso vida normal com meus sentimentos sexuais e até excitações que não gostaria de ter me perseguindo internamente...
As descobertas seguiam, e a mente já estava aceitando ver tudo, pois o cérebro prega a peça "você não faria isso aí mesmo, vê que não tem problema, ninguém tá vendo" e você vai mergulhando...mergulhando... até o dia que eu me permiti dar o play em um vídeo homossexual, porém com uma característica específica : homens levemente femininos,sem pelos, e eu aceitei assistir aquilo, querer e fazer o PMO mesmo sabendo no meu eu mais profundo que eu não queria, não gosto e não entendia porque estava fazendo isso, porém é impressionante como o seu organismo desfigurado e sem filtro agora te permite tudo, você é imbatível, veja tudo, sinta isso que você sente em cada coisa nova, incorpore isso no teu gosto ja que você sentirá prazer com isso... mas NÃO eu não quero isso e nem pesquisei, isto foi jogado nas sugestões para mim, e ao ver com este instinto perturbador de querer mais, novo e cada vez mais "surpreendente" me entreguei... e daí comecei a achar que eu poderia ser Gay ou Bi, pois afinal nunca consegui ter 1 namorada mesmo tendo me apaixonado por tantas na infância e inclusive neste período inteiro, o que me machucava ainda mais pois sentia e queria dar todo o amor do mundo a uma menina, mas nunca fui capaz.
Mas você começa a duvidar... se questionar... mas e se... Mas será... E acrescentava em mim mais uma angústia, que ao mesmo tempo não conseguia largar pois vi outras vezes (muitíssimo pouco em comparação ao resto) mas que eu sabia do meu real gosto.
A outra etapa da perdição e explodiu já para períodos mais recentes bem longe dos meus 12 anos, mas já naqueles tempos passei nessas pesquisas em sites vendo fotos de mulheres seja mais velhas ou proximas da minha idade na época (o que não deveria ter na internet mais você encontra abertamente na rede pública) , P de todo tipo aceitando ver tudo pois a dopamina explodia em toda descoberta sem que eu enxergasse ou controlasse, eu esbarrei muitas vezes com imagens que jamais gostaria de ter visto, e que eu ignorava, não via, ia para as proximas mas sabia que ali tinha aquela coisa suja, a erotização de jovens antes da adolescência, traduzindo : menores de idade (mesmo que eu também fosse um) sendo jogado na minha cara sem que eu pesquisasse por aquilo, e por mais de uma vez isso aconteceu, mas pra mim ignorar aquilo era o suficiente... mas não era meu caro eu do passado, vc deveria se indignar ainda mais, se levantar e dizer nunca mais eu pesquiso P... Mas já era tarde, totalmente controlado por aquele desejo, pela P, pelo PMO em toda adrenalina nova. Com o tempo aceitei ver aquelas coisas sujas na tela seja por algum segundo se quer mesmo sendo uma pessoa absurdamente avessa a isso, eu não sentia o que havia, só sinto hoje, onde não mais aguento o mundo da P e da PMO e tudo que já vi e me fez sentir na vida real.

O LIMITE :
Eu já era uma máquina, absolutamente entregue a essa compulsão nas madrugadas ou em momentos no banheiro, sensualizando na mente amigas, professoras, até mesmo a moça que trabalha aqui em casa... garotas e mulheres de todos os tipos que vejo... Até perceber que até as companheiras de amigos eu fantasiava em minha mente, o limite estava sendo ultrapassado, eu achava já ter me perdido só que o pior ainda estava vindo....
Como domino a área da computação passei a fazer eu mesmo montagens de atrizes, pessoas que eu gosto,amigas, professoras e até as companheiras de amigos sem roupa para satisfazer a mim mesmo aquela sensação, porém nesse período de pandemia isso se intensificou, eu com o PMO, as práticas costumeiras e assim indo... indo...passei a brigar comigo mesmo, não bastava só dizer pra si que tava errado, eu tinha que parar !!! Mas não... eu tentava mas sempre voltei ao PMO,a tudo que eu fazia desde sempre... as mesmas sensações, desejos, fantasias... sempre caindo.
Até que cheguei ao fundo do poço, neste ano que fiquei preso em casa e o consumo piorou a outro nível, eu precisava compartilhar isso com alguém, até que em uma corrente de uma rede social usando conta anônima assim como as milhares de pessoas que ali estavam passei a conversar com outras pessoas sobre estas perversões ao nível de troca de imagens... eu tinha me entregue de vez, eu sabia disso e simplesmente ignorei, queria aquilo, e fui assim semanas e semanas... não reconhecia em mim aquela pessoa que trocava mensagens com termos tão sujos,tão repetitivos e nojentos mas que davam aquela sensação...
Fiquei preso a uma pessoa, porém percebi que o limite estava chegando, comecei a tentar perceber o que eu estava fazendo comigo mesmo... e consegui pela primeira vez vencer ! Eu me comprometi comigo a parar, aquilo não era eu e fazia mal não só pra mim como para o próximo, disse a essa menina o mal que aquilo fazia e pedi perdão por tudo o que eu já tinha dito ou mostrado principalmente após ela revelar ser muito mais jovem do que eu atrás do anonimato, ou seja, outra jovem fisgada neste mundo obscuro.

Eu estava me sentindo livre, respirando melhor, me sentindo sendo aquele rapaz de novo, um peso começava a sair das minhas costas logo no 2 dia sem nenhuma daquelas práticas e lutando contra a vontade.
Eu sentia que tinha vencido, mas não... (EIS A IMPORTÂNCIA DESTE FÓRUM E DO SEU COMPROMETIMENTO COM A VITÓRIA)

voltei para aquela rotina, criei outra conta e voltei a ver os conteúdos de P que ali estavam abertamente, sem censura, a meu alcance, porém agora vendo outros comentando vídeos, compartilhando, dizendo gatilhos absurdos, mas... outra vez consegui puxar o meu eu real para fora e dizer PARA CARA. Apenas isso, sem uma nova rotina, sem exercícios, sem buscar ajuda... achava que isso era suficiente e não era.

Dessa vez cai para outra rede social, onde eu podia ver pessoas comentando sobre as atrizes, famosas que mais sentiam T... e foi o pior lugar onde entrei na minha vida, ali eu descobri não só o que a pornografia estava fazendo comigo anulando completamente as minhas reais vontades como também que muitas pessoas estão igualmente imersas nesse problema em meio a outras muitas que possuíam puramente MALDADE. A partir do momento que percebi estar a alguns dos meses desta pandemia frequentando um ambiente em que vi vídeos nojentos, vi pessoas erotizando jovens que eram basicamente crianças e que aceitei estar ali, a ler tudo aquilo, a ver, querer... quando me liguei que eu estava prestes a procurar mais daquela droga ali e estava rendido eu finalmente caí na realidade de que eu tinha me perdido, eu tinha acabado comigo, eu me destruí, o que eu estava fazendo ali ? Porque se eu não sou isso ??? Como alguém que nunca fez mal a ninguém, que ama todo mundo, que dá carinho, da amor, quer o bem de todo mundo, tem tudo em suas mãos,tem amigos únicos, família única, só sente carinho pelos que ama, pelas crianças, pelos mais velhos... como esse cara que vive assim, é exemplo para todos, é tão querido, estava sendo sujeito a TUDO AQUILO e se entregando como mais 1? Porque eu estava ficando ereto com aquilo se eu não queria, se eu nunca fui e não sou aquilo na minha vida???

O FIM
Eu após decidir fechar tudo aquilo, apagar aquela conta, mesmo que nunca tenha baixado nenhum conteúdo pornográfico em todo o meu período e só assistido desde 2012 a 2020, do início até a minha queda, eu passei a entender o que havia comigo quando eu passei a pesquisar sobre, a buscar EXPLICAÇÕES, a buscar AJUDA! encontrei diversos artigos, diversas reportagens, fui clareando minha mente, entendendo o que havia comigo e enfim tendo a sensação que eu tinha um horizonte a seguir, e entre todo esse tempo daquele dia e dos próximos em que troquei a PMO, os sites, os vídeos, todo tipo de gatilho, por pesquisar sobre o que havia comigo...
Junto a esse alívio veio em seguida um Peso... um peso que eu NUNCA TINHA SENTIDO, como se fosse o peso de todo o tempo que eu me martirizei dentro daquele pecado absurdo e  me recusava a acordar... passei a ter um peso de culpa absurdo no meu peito, e com razão.

Não mais por toda a P que vi mas sim por lembrar e ter consciência de tudo que eu, finalmente me reposicionando mentalmente dentro do que eu sou já sem praticar PMO e tampouco buscar por nada relembrar o peso de tudo o que eu já escrevi, vi, me permiti ver, assistir, quis.... o peso no meu peito era ENORME, cheguei a ficar cansado e até a buscar na altura dos meus 20 anos o colo da minha mãe para dormir como se eu fosse aquele menino de 12 anos...
E entre as minhas pesquisas sobre tudo isso veio A LUZ, sabe quem é a Luz? VOCÊS ! TODOS VOCÊS!
este ambiente me fez despertar ainda mais para que eu entendesse, eu cai nesse vício, nessa compulsão, eu não sou um Santo, puro e imune de cair no mal... Eu sou um humano que necessita de ajuda, de acordar e entrar nessa luta junto com vocês e ganhar junto com vocês e o poder da vida que deus nos deu.
Cada relato, cada história, cada fato que aqui li nos últimos dias nutriu meu despertar. A ansiedade em contar a minha história e iniciar esta caminhada junto a guerreiros como vocês é indescritível.

ESTAMOS JUNTOS ! VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO!



Bom dia


Sua história tem uma coisa parecida com a minha: poucos momentos bons a maioria e ruim, como você mesmo relatou você não e a única pessoa que fez ou participou da P, não sinta vergonha porque você se arrependeu e arrependimento por ter feito algo ruim e o perdão que Deus nos dá, então tenha em mente que se tornou uma pessoa que decidiu mudar e ajudar aqueles com os mesmos problemas que o seu.


Passado e passado, viva o presente e planeje um futuro de felicidades e alegrias.


Abraços tamo junto.

guerreirodeluz e Mr. Oveercool gostam desta mensagem

rafa
rafa
Mensagens : 81
Data de inscrição : 22/01/2021

A Luz - Página 6 Empty Re: A Luz

27/4/2021, 01:00
E aí Guerreiro de Luz? Beleza? Eu também tive algumas (várias) recaídas, mas não me deixei ficar por vencido. O fórum foi e está sendo de total importância na minha vida, assim como você quando eu recaia eu ficava sem motivação ou com vergonha de vir aqui falar, acho que faz parte do processo. Mas agora estarei começando novamente e vou voltar a te acompanhar. Estamos juntos! Abraços!

_______________________________________

Tudo me é permitido”, mas nem tudo convém. “Tudo me é permitido”, mas não devo me tornar escravo de nada.

1 Coríntios 6:12

Acompanhe o meu diário

guerreirodeluz, o fulano e Mr. Oveercool gostam desta mensagem

guerreirodeluz
guerreirodeluz
Mensagens : 141
Data de inscrição : 13/12/2020

A Luz - Página 6 Empty Re: A Luz

29/4/2021, 00:58
Tiago* escreveu:
guerreirodeluz escreveu:Bom Dia, Jovens companheiros de Luta.
Sou o "Guerreiro de Luz" e aqui estou, após quase 1 semana lendo, acompanhando, me emocionando e me sentindo com paz ao conhecer este ambiente, finalmente se tornando mais um membro abrindo o coração.
De antemão quero parabenizar e desejar firmemente toda a força para que a gente não só vença esta guerra para sempre como também sejamos exemplo para ajudar os que também precisarão de ajuda e orientar outros mais que encontraremos em nossa vida a não mergulhar nessa escuridão.

INÍCIO  :
Pois bem, tenho 20 anos completados nesse turbulento ano de 2020, e aqui enfim início meu processo de recuperação abrindo o meu eu.
Tudo se iniciou por volta dos 12 anos (não recordo se ainda iria fazer ou se já tinha feito 12) eu, um garoto sereno, em paz, nunca criou um inimigo, amigo bom de todos, um exemplo a ser seguido, ou como bem já escutei diversas vezes "um santo" (e isso tem um peso que contarei a frente), por ser assim, e tímido, nunca tinha conseguido ter uma namoradinha, dar um selinho ou algo do tipo, e sempre me encantei, apaixonei por muitas meninas pelas escolas que passei, só que neste ano (2012) eu já tinha as minhas "sensações" pelas garotas, algo absolutamente normal no início da pré adolescência, só não sabia que sensação além da paixão era essa e como sanar isso...

Na turma em específico 1 aluno era bem desenvolto, era o "fora da curva" e vira e meche vinha com histórias de cunho erótico, eu escutava apesar de não andar com ele e apenas ria daquilo como vários outros colegas, mas alguns entravam na sua pilha e nas suas histórias, e por já terem conhecimento de algumas "dessas coisas" falavam peripércias parecidas, mas eu apesar de ter curiosidade... querer saber o que é isso... não era afobado por isso, tava preocupado era em não reprovar, jogar meu vídeo game, abraçar meus pais, criar (sou artista digital) e etc, só que um dia em uma dessas conversas bobas estavam falando sobre o "esperma" ... e variações xulas usadas no mundo pornográfico, eu estava por perto e fui 1 dos fisgados a uma pergunta boba, sabendo quem eu era 1 deles perguntou : " aí, fala aí, tu sabe falar que cor tem o .... (n irei citar o termo) eu enrolei em responder e consegui como sempre me desvincilhar daquelas bobeiras, mas eu tinha em mim a curiosidade... principalmente depois de entender o que era aquilo do que eles falavam após estudar sobre nas aulas de ciências, problema que eu segui por perto mas não junto daquela roda esperando minha van e o papo deles seguia, até que aquele aluno, o mais travesso falou como era boa a sensação e me sanou a dúvida que eu tinha, o como eu faria isso ? Ele em meio a palhaçada disse "bater" e simulou o movimento com as mãos, seguido de dizer como aquilo era bom, todos em volta riam na mesma onda dele e eu sentia que era o único que não sabia nem como fazer aquilo ainda, aí pronto, eis o começo : secretamente fui ao banheiro que tinha nos fundos da escola,entrei, mentalizei a menina que eu "sentia aquilo" e daí tive a minha primeira M, daquele dia em diante, 8 anos atrás, NUNCA mais eu consegui largar a M.

QUEDA :
Desde a primeira M e sentir aquela sensação senti que meu organismo estava explodindo querendo aquilo, um garoto que nunca teve contato com esse tipo de coisa estava em êxtase com a descoberta e a sensação que aquilo trouxe, ao ponto de meu pênis ficar rígido sem que eu quisesse só em pensar na sensação que eu acabava de desvendar, queria mais...
Dalí, querendo não só mais imaginar nas meninas, precisava dar outro passo, e fui eu com meus 12 anos e um iPad com tela gigante em mãos, no segredo da madrugada ou do banheiro (assim como fiz na 1 vez) finalmente ir atrás da "Pornografia" e então ali sem que eu soubesse iniciava o mergulho de um garoto inocente num mundo sujo, desprezível e que ceifa vidas (a de quem cai no vício e o de quem está nesta indústria).
Passei a ficar noites vendo aquilo, inicialmente só vendo, depois comecei a M junto aos vídeos, milhões de conteúdos estavam na minha mão, a um clique me dando aquela sensação "boa" e daí logo já estava tendo o PMO, o ciclo que a partir daquele momento passaria com o tempo de ser a minha 1 descoberta sexual para um estágio de compulsão.
Sempre vi o relacionamento Hétero, apenas, e assim foi indo, porém para quem entende como funciona a compulsão ou o vício e a relação da dopamina com isto você passa a querer mais, outras variações, algo novo que desperte aquela explosão novamente, o "mais do mesmo" se torna normal apesar de trazer excitação igualmente, e para um garoto mergulhando nas descobertas, querendo mais e mais, querendo descobrir, sentir isso sem parar, foi gradualmente no decorrer dos anos se permitindo abrir outros tipos de vídeos mesmo sabendo que repudia aquilo ou que jamais faria, seja com violência, mais de uma pessoa, em público, com encenação e por aí vai... fui desbravando... descobrindo, nisto eu já conhecia os termos, os nomes, os jeitos, as formas, os tipos... e com esse poderío já guardado na minha cabeça e no meu consciente de prazer arrisquei pesquisar se existia imagens dispidas de atrizes famosas do cinema de filmes que eu gostava e as achava atraentes, não deu outra, descobri um novo tipo de P, e o ciclo ganhava mais um acréscimo na minha mente, queria ver aquilo de mais e mais atrizes, cantoras, famosas internacionais, nacionais e assim fui indo, estava sem controle na minha vida secreta com a P, apesar de o meu eu com a relação social, familiar, de vida em geral seguisse a mesma, porém eu no meu interior sabia que guardava em mim um grande segredo, porém nada que não fosse parte da adolescência como sempre foi posto e ainda é na cabeça dos jovens.
Enfim, as descobertas foram seguindo e eu acompanhava com o PMO, virando um consumidor cada vez maior em meio a minha vida que seguia "normalmente" para mim, e digo isto por um simples fator... meus pais que eu tanto amo e sempre me encheram de amor estavam se separando, com problemas, discussões, perturbações quase diárias... e a pornografia que eu estava me tornando um "aliado" passou a ser para mim uma saída para a sensação dos problemas, uma explosão de satisfação e alegria interior em mim que supria aquela tristeza e presenciar diariamente os problemas familiares que eu mesmo jovem precisava interferir, isto foi ainda pior contra mim sem que eu Sentisse. mesmo com tudo isso eles continuaram morando juntos comigo nas próximas casas mas os problemas sempre seguiram e eu seguia ali, cada vez mais imerso no momento de privacidade com a minha "Droga" sem que eu me importasse para o malefício, pois a sensação era de satisfação.

PERDIÇÃO :
E então a situação começa a ficar complicada... apesar de tudo isso não estar interferindo naquilo que eu era como pessoa internamente eu sentia estar com novas sensações que eu julgava ser minhas mesmo, um pecado meu, não da pornografia... conforme mais pornografia você vê, consome,experimenta,descobre e arrisca mais você se fere, mais você esconde do teu organismo aquilo que você realmente sentiria ou deveria estar sentindo, e eis uma das perdições... você passa a não ter controle mesmo que seja você e tua mente que passa a te estimular a isso já que você mesmo a contaminou, as mulheres passam a ser corpos a se olhar, a se querer, a se imaginar naquelas situações dos videos P, Só que você perde qualquer tipo de filtro, desde sexualizar em sua mente seja a sua amiga de escola até por exemplo chegar a incluir primas maiores de idade no seu pensamento... ali eu passei a dizer a mim mesmo que estava errado, que eu de fato e a minha essência não sentia aquilo, era um impulso causado pela P e que eu não conseguia controlar, ou seja, 1 dano eu já reconhecia ter, o de desejar na minha mente as meninas que me atraíssem e as imaginando das mais diversas formas, mesmo sendo alguém muito muito próximo (algo gravíssimo)
e nessa droga eu seguia... nessa inércia... hábitos que seguiam... PMO + PMO + PMO na minha privacidade, fora disso vida normal com meus sentimentos sexuais e até excitações que não gostaria de ter me perseguindo internamente...
As descobertas seguiam, e a mente já estava aceitando ver tudo, pois o cérebro prega a peça "você não faria isso aí mesmo, vê que não tem problema, ninguém tá vendo" e você vai mergulhando...mergulhando... até o dia que eu me permiti dar o play em um vídeo homossexual, porém com uma característica específica : homens levemente femininos,sem pelos, e eu aceitei assistir aquilo, querer e fazer o PMO mesmo sabendo no meu eu mais profundo que eu não queria, não gosto e não entendia porque estava fazendo isso, porém é impressionante como o seu organismo desfigurado e sem filtro agora te permite tudo, você é imbatível, veja tudo, sinta isso que você sente em cada coisa nova, incorpore isso no teu gosto ja que você sentirá prazer com isso... mas NÃO eu não quero isso e nem pesquisei, isto foi jogado nas sugestões para mim, e ao ver com este instinto perturbador de querer mais, novo e cada vez mais "surpreendente" me entreguei... e daí comecei a achar que eu poderia ser Gay ou Bi, pois afinal nunca consegui ter 1 namorada mesmo tendo me apaixonado por tantas na infância e inclusive neste período inteiro, o que me machucava ainda mais pois sentia e queria dar todo o amor do mundo a uma menina, mas nunca fui capaz.
Mas você começa a duvidar... se questionar... mas e se... Mas será... E acrescentava em mim mais uma angústia, que ao mesmo tempo não conseguia largar pois vi outras vezes (muitíssimo pouco em comparação ao resto) mas que eu sabia do meu real gosto.
A outra etapa da perdição e explodiu já para períodos mais recentes bem longe dos meus 12 anos, mas já naqueles tempos passei nessas pesquisas em sites vendo fotos de mulheres seja mais velhas ou proximas da minha idade na época (o que não deveria ter na internet mais você encontra abertamente na rede pública) , P de todo tipo aceitando ver tudo pois a dopamina explodia em toda descoberta sem que eu enxergasse ou controlasse, eu esbarrei muitas vezes com imagens que jamais gostaria de ter visto, e que eu ignorava, não via, ia para as proximas mas sabia que ali tinha aquela coisa suja, a erotização de jovens antes da adolescência, traduzindo : menores de idade (mesmo que eu também fosse um) sendo jogado na minha cara sem que eu pesquisasse por aquilo, e por mais de uma vez isso aconteceu, mas pra mim ignorar aquilo era o suficiente... mas não era meu caro eu do passado, vc deveria se indignar ainda mais, se levantar e dizer nunca mais eu pesquiso P... Mas já era tarde, totalmente controlado por aquele desejo, pela P, pelo PMO em toda adrenalina nova. Com o tempo aceitei ver aquelas coisas sujas na tela seja por algum segundo se quer mesmo sendo uma pessoa absurdamente avessa a isso, eu não sentia o que havia, só sinto hoje, onde não mais aguento o mundo da P e da PMO e tudo que já vi e me fez sentir na vida real.

O LIMITE :
Eu já era uma máquina, absolutamente entregue a essa compulsão nas madrugadas ou em momentos no banheiro, sensualizando na mente amigas, professoras, até mesmo a moça que trabalha aqui em casa... garotas e mulheres de todos os tipos que vejo... Até perceber que até as companheiras de amigos eu fantasiava em minha mente, o limite estava sendo ultrapassado, eu achava já ter me perdido só que o pior ainda estava vindo....
Como domino a área da computação passei a fazer eu mesmo montagens de atrizes, pessoas que eu gosto,amigas, professoras e até as companheiras de amigos sem roupa para satisfazer a mim mesmo aquela sensação, porém nesse período de pandemia isso se intensificou, eu com o PMO, as práticas costumeiras e assim indo... indo...passei a brigar comigo mesmo, não bastava só dizer pra si que tava errado, eu tinha que parar !!! Mas não... eu tentava mas sempre voltei ao PMO,a tudo que eu fazia desde sempre... as mesmas sensações, desejos, fantasias... sempre caindo.
Até que cheguei ao fundo do poço, neste ano que fiquei preso em casa e o consumo piorou a outro nível, eu precisava compartilhar isso com alguém, até que em uma corrente de uma rede social usando conta anônima assim como as milhares de pessoas que ali estavam passei a conversar com outras pessoas sobre estas perversões ao nível de troca de imagens... eu tinha me entregue de vez, eu sabia disso e simplesmente ignorei, queria aquilo, e fui assim semanas e semanas... não reconhecia em mim aquela pessoa que trocava mensagens com termos tão sujos,tão repetitivos e nojentos mas que davam aquela sensação...
Fiquei preso a uma pessoa, porém percebi que o limite estava chegando, comecei a tentar perceber o que eu estava fazendo comigo mesmo... e consegui pela primeira vez vencer ! Eu me comprometi comigo a parar, aquilo não era eu e fazia mal não só pra mim como para o próximo, disse a essa menina o mal que aquilo fazia e pedi perdão por tudo o que eu já tinha dito ou mostrado principalmente após ela revelar ser muito mais jovem do que eu atrás do anonimato, ou seja, outra jovem fisgada neste mundo obscuro.

Eu estava me sentindo livre, respirando melhor, me sentindo sendo aquele rapaz de novo, um peso começava a sair das minhas costas logo no 2 dia sem nenhuma daquelas práticas e lutando contra a vontade.
Eu sentia que tinha vencido, mas não... (EIS A IMPORTÂNCIA DESTE FÓRUM E DO SEU COMPROMETIMENTO COM A VITÓRIA)

voltei para aquela rotina, criei outra conta e voltei a ver os conteúdos de P que ali estavam abertamente, sem censura, a meu alcance, porém agora vendo outros comentando vídeos, compartilhando, dizendo gatilhos absurdos, mas... outra vez consegui puxar o meu eu real para fora e dizer PARA CARA. Apenas isso, sem uma nova rotina, sem exercícios, sem buscar ajuda... achava que isso era suficiente e não era.

Dessa vez cai para outra rede social, onde eu podia ver pessoas comentando sobre as atrizes, famosas que mais sentiam T... e foi o pior lugar onde entrei na minha vida, ali eu descobri não só o que a pornografia estava fazendo comigo anulando completamente as minhas reais vontades como também que muitas pessoas estão igualmente imersas nesse problema em meio a outras muitas que possuíam puramente MALDADE. A partir do momento que percebi estar a alguns dos meses desta pandemia frequentando um ambiente em que vi vídeos nojentos, vi pessoas erotizando jovens que eram basicamente crianças e que aceitei estar ali, a ler tudo aquilo, a ver, querer... quando me liguei que eu estava prestes a procurar mais daquela droga ali e estava rendido eu finalmente caí na realidade de que eu tinha me perdido, eu tinha acabado comigo, eu me destruí, o que eu estava fazendo ali ? Porque se eu não sou isso ??? Como alguém que nunca fez mal a ninguém, que ama todo mundo, que dá carinho, da amor, quer o bem de todo mundo, tem tudo em suas mãos,tem amigos únicos, família única, só sente carinho pelos que ama, pelas crianças, pelos mais velhos... como esse cara que vive assim, é exemplo para todos, é tão querido, estava sendo sujeito a TUDO AQUILO e se entregando como mais 1? Porque eu estava ficando ereto com aquilo se eu não queria, se eu nunca fui e não sou aquilo na minha vida???

O FIM
Eu após decidir fechar tudo aquilo, apagar aquela conta, mesmo que nunca tenha baixado nenhum conteúdo pornográfico em todo o meu período e só assistido desde 2012 a 2020, do início até a minha queda, eu passei a entender o que havia comigo quando eu passei a pesquisar sobre, a buscar EXPLICAÇÕES, a buscar AJUDA! encontrei diversos artigos, diversas reportagens, fui clareando minha mente, entendendo o que havia comigo e enfim tendo a sensação que eu tinha um horizonte a seguir, e entre todo esse tempo daquele dia e dos próximos em que troquei a PMO, os sites, os vídeos, todo tipo de gatilho, por pesquisar sobre o que havia comigo...
Junto a esse alívio veio em seguida um Peso... um peso que eu NUNCA TINHA SENTIDO, como se fosse o peso de todo o tempo que eu me martirizei dentro daquele pecado absurdo e  me recusava a acordar... passei a ter um peso de culpa absurdo no meu peito, e com razão.

Não mais por toda a P que vi mas sim por lembrar e ter consciência de tudo que eu, finalmente me reposicionando mentalmente dentro do que eu sou já sem praticar PMO e tampouco buscar por nada relembrar o peso de tudo o que eu já escrevi, vi, me permiti ver, assistir, quis.... o peso no meu peito era ENORME, cheguei a ficar cansado e até a buscar na altura dos meus 20 anos o colo da minha mãe para dormir como se eu fosse aquele menino de 12 anos...
E entre as minhas pesquisas sobre tudo isso veio A LUZ, sabe quem é a Luz? VOCÊS ! TODOS VOCÊS!
este ambiente me fez despertar ainda mais para que eu entendesse, eu cai nesse vício, nessa compulsão, eu não sou um Santo, puro e imune de cair no mal... Eu sou um humano que necessita de ajuda, de acordar e entrar nessa luta junto com vocês e ganhar junto com vocês e o poder da vida que deus nos deu.
Cada relato, cada história, cada fato que aqui li nos últimos dias nutriu meu despertar. A ansiedade em contar a minha história e iniciar esta caminhada junto a guerreiros como vocês é indescritível.

ESTAMOS JUNTOS ! VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO!



Bom dia


Sua história tem uma coisa parecida com a minha: poucos momentos bons a maioria e ruim, como você mesmo relatou você não e a única pessoa que fez ou participou da P, não sinta vergonha porque você se arrependeu e arrependimento por ter feito algo ruim e o perdão que Deus nos dá, então tenha em mente que se tornou uma pessoa que decidiu mudar e ajudar aqueles com os mesmos problemas que o seu.


Passado e passado, viva o presente e planeje um futuro de felicidades e alegrias.


Abraços tamo junto.

Pois é Thiagão, obrigado pela sua visita! Isso mesmo

Eu felizmente nesse período de luta felizmente já tenho conseguido sentir um alívio bem maior nessa relação passado X presente, ou seja, a culpa pelo que já fez, consigo pensar mais no amanhã e no hoje.

Exato, planejar o futuro, e até lá será uma boa caminhada, obrigado !!

o fulano, Mr. Oveercool e Tiago* gostam desta mensagem

guerreirodeluz
guerreirodeluz
Mensagens : 141
Data de inscrição : 13/12/2020

A Luz - Página 6 Empty Re: A Luz

29/4/2021, 01:00
rafa escreveu:E aí Guerreiro de Luz? Beleza? Eu também tive algumas (várias) recaídas, mas não me deixei ficar por vencido. O fórum foi e está sendo de total importância na minha vida, assim como você quando eu recaia eu ficava sem motivação ou com vergonha de vir aqui falar, acho que faz parte do processo. Mas agora estarei começando novamente e vou voltar a te acompanhar. Estamos juntos! Abraços!

Rafa, estamos juntos ! Obrigado pela visita
Não iremos jamais se entregar, luta, aprendizado e evolução
Abraço !!

guerreirodeluz, rafa e Mr. Oveercool gostam desta mensagem

Mr. Oveercool
Mr. Oveercool
Mensagens : 155
Data de inscrição : 29/03/2021
Localização : Em uma Jornada!

A Luz - Página 6 Empty Re: A Luz

29/4/2021, 19:28
Olá meu amigo Guerreirodeluz!

Como vai meu guerreiro? Tenho sentido falta dos seus relatos diários. Enfim, espero que esteja tudo bem, se precisar desabafar estamos aqui sempre que precisar. Força meu caro amigo! Estamos juntos!  A Luz - Página 6 1f4aa

A Luz - Página 6 1f609  Abraços do seu amigo “Mr. Oveercool”!

_______________________________________
Like a Star @ heaven  Olá, é um prazer em conhecê-lo! Gostaria de acompanhar minha jornada? Basta clicar aqui!

guerreirodeluz, Mr. Oveercool e Tiago* gostam desta mensagem

avatar
Tiago*
Mensagens : 330
Data de inscrição : 29/03/2021
Idade : 16

A Luz - Página 6 Empty Re: A Luz

30/4/2021, 00:58
Dicas:


1. Se um pensamento exemplo ( uma fantasia ) vier a sua mente e caso você não goste dele não o ignore, observe e diga o que acha sobre ele e ele logo vai sumir.


2. Se bater uma crise gigantesca de ansiedade em você, sente-se ou fique em pé se prefirir e respire e segure o ar pelo tempo que aguentar e depois solte o faça issó até se sentir melhor.


3. Procure fazer algo que deixe seu humor bem corra, faça uma caminhada ou qualquer outra coisa que estimule seu corpo a melhorar o estar.


4. Procure dormir só quando estiver bem cansado para que não tenha fantasias e tenha uma recaída.


5. Interaja com sua família com alguém que você ame tente entrar mais na vida da pessoa ou pessoas deixar ela feliz, fazendo isso também estará feliz porque estará voltando a se socializar.


6. Use bloqueadores de P no seus dispositivos, o que eu recomendo e o do Google se não souber ativar ele pesquise no YouTube como, e tem outra um bloqueador não serve para você ficar testando se ele da certo para bloquear a P ou não, ele serve para que caso você pesquise algo na internet ele bloqueará qualquer conteúdo impróprio na página.


Abraços fique com Deus 🙏

guerreirodeluz, o fulano e Mr. Oveercool gostam desta mensagem

Mr. Oveercool
Mr. Oveercool
Mensagens : 155
Data de inscrição : 29/03/2021
Localização : Em uma Jornada!

A Luz - Página 6 Empty Re: A Luz

4/5/2021, 15:37
Olá meu caro amigo Guerreirodeluz!  A Luz - Página 6 1f44b

Como andam as coisas? Faz um bom tempo que não vejo você por aqui. Espero que esteja tudo bem. Não se esqueça que você é um grande guerreiro e derrotas fazem parte do processo. Não sei o que pode estar acontecendo, mas uma coisa eu sei, você é um guerreiro e sei que vai vencer qualquer situação que esteja vivenciando. Força meu grande guerreiro! Não desista!  A Luz - Página 6 1f4aa

A Luz - Página 6 1f60a  Abraços do seu grande amigo, Mr. Oveercool.

_______________________________________
Like a Star @ heaven  Olá, é um prazer em conhecê-lo! Gostaria de acompanhar minha jornada? Basta clicar aqui!

guerreirodeluz e Mr. Oveercool gostam desta mensagem

rafa
rafa
Mensagens : 81
Data de inscrição : 22/01/2021

A Luz - Página 6 Empty Re: A Luz

10/5/2021, 14:12
E aí Guerreiro de Luz! Beleza? Como está indo o seu reboot? Não deixe de vir aqui relatar como está sendo o seu processo. Abraços!

_______________________________________

Tudo me é permitido”, mas nem tudo convém. “Tudo me é permitido”, mas não devo me tornar escravo de nada.

1 Coríntios 6:12

Acompanhe o meu diário

guerreirodeluz e Mr. Oveercool gostam desta mensagem

guerreirodeluz
guerreirodeluz
Mensagens : 141
Data de inscrição : 13/12/2020

A Luz - Página 6 Empty Re: A Luz

11/5/2021, 06:39
Queridos Mr.Overcool, Rafa,Tiago... obrigado por se manterem na minha intenção mandando forças
Bem, estou a 2 dias sem ver nada, a última recaída foi como as outras últimas, ir com o celular pro banheiro crendo que não vai fazer nada além de ir no yt mas termina digitando o url de um site pornografico ou indo ao Google imagens procurar por imagens específicas, no caso de pessoas ou "hentais" chegando ao O, ou seja, o que eu queria fazer mas não posso, só que ao ver vou junto.
O ciclo tem sido exatamente esse nessas semanas só que algo diferente aconteceu na minha vida e possivelmente irá me abastecer a ter mais forças pra vencer e forças para vir aqui no fórum, algo que eu estava perdendo.
Consegui um trabalho, e isso demanda rotina e responsabilidade, além de me fazer se sentir vivo e em atividade, isso tem me dado responsabilidades a cumprir, faz minha mente ficar em atividade e o meu sono começou a voltar pra normalidade já que agora tenho horário (visto que sempre que eu caia no banheiro era na madrugada)
Acho que tô iniciando uma outra etapa, uma outra tentativa, mas agora com um outro panorama do meu dia a dia e com uma satisfação e energia maior comigo

É outro passo, outra tentativa

Eu vou conseguir, e eu sei disso

Irmãos, obrigado por lembrarem de mim e me fazerem fortes, vocês são guerreiros de luz !

Mr. Oveercool gosta desta mensagem

Mr. Oveercool
Mr. Oveercool
Mensagens : 155
Data de inscrição : 29/03/2021
Localização : Em uma Jornada!

A Luz - Página 6 Empty Re: A Luz

13/5/2021, 15:44
guerreirodeluz escreveu:Queridos Mr.Overcool, Rafa,Tiago... obrigado por se manterem na minha intenção mandando forças
Bem, estou a 2 dias sem ver nada, a última recaída foi como as outras últimas, ir com o celular pro banheiro crendo que não vai fazer nada além de ir no yt mas termina digitando o url de um site pornografico ou indo ao Google imagens procurar por imagens específicas, no caso de pessoas ou "hentais" chegando ao O, ou seja, o que eu queria fazer mas não posso, só que ao ver vou junto.
O ciclo tem sido exatamente esse nessas semanas só que algo diferente aconteceu na minha vida e possivelmente irá me abastecer a ter mais forças pra vencer e forças para vir aqui no fórum, algo que eu estava perdendo.
Consegui um trabalho, e isso demanda rotina e responsabilidade, além de me fazer se sentir vivo e em atividade, isso tem me dado responsabilidades a cumprir, faz minha mente ficar em atividade e o meu sono começou a voltar pra normalidade já que agora tenho horário (visto que sempre que eu caia no banheiro era na madrugada)
Acho que tô iniciando uma outra etapa, uma outra tentativa, mas agora com um outro panorama do meu dia a dia e com uma satisfação e energia maior comigo

É outro passo, outra tentativa

Eu vou conseguir, e eu sei disso

Irmãos, obrigado por lembrarem de mim e me fazerem fortes, vocês são guerreiros de luz !

Olá meu caro amigo Guerreirodeluz!  A Luz - Página 6 1f44b

Fico muito feliz que tenha retornado ao fórum, espero que possa continuar relatando como está o percurso da sua jornada. A Luz - Página 6 1f392

A Luz - Página 6 1f389  Parabéns pela conquista do emprego, com certeza será um auxílio muito grande para o seu processo, afinal, como você bem disse, terá uma ocupação maior para sua mente durante a maior parte do dia. Agora é trabalhar nesta questão da madrugada, se possível, evite ao máximo levar o celular para o banheiro. Caso não consiga, minha recomendação seria adotar um bloqueador para smartphone. Enfim, desejo a você muito sucesso nessa nova fase. E lembre-se, estaremos aqui sempre que precisar. Força meu grande amigo e guerreiro! A Luz - Página 6 1f4aa

A Luz - Página 6 1f60a  Abraços do seu querido amigo Mr. Oveercool!

guerreirodeluz e Mr. Oveercool gostam desta mensagem

o fulano
o fulano
Mensagens : 301
Data de inscrição : 22/03/2021
Idade : 12
Localização : bahia

A Luz - Página 6 Empty Re: A Luz

Ontem à(s) 11:19
cara que bom te ver denovo achei que tinha desistido A Luz - Página 6 1f62a A Luz - Página 6 1f62a mas felizmente estava só ausente um pouco, não desista bro, que tal você inovar, premie-se se passar um dia sem porn, digamos ufa eu venci hoje, vou fazeer uma refeição que gosto muito, entendeu assim você se motiva mais

_______________________________________
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum