Ir em baixo
Return
Return
Mensagens : 245
Data de inscrição : 13/08/2019
Idade : 23

Salve rapaziada - Página 2 Empty Re: Salve rapaziada

5/2/2021, 11:47
Gokuto escreveu:Bom dia, pessoal. Vou me apresentar aqui: Sou o Carlos, tenho 21 anos e sou viciado em P há quase 10 anos.
Desde a adolescência eu já reparava o quão excessiva era a quantidade que eu me M por dia, chegando a umas 8 por dia às vezes (sempre de madrugada, em que eu virava a noite na internet sem fazer nada de mais). O pior é que às vezes não havia nem o tesão, a vontade de ver, eu simplesmente via P pelo tédio ou por não ter outras coisas pra fazer (provavelmente por ansiedade também).
Com 15 anos comecei a namorar e esse vício ficou menos frequente, com 16 perdi a virgindade com esta namorada e daí por diante fazíamos sexo frequentemente, apesar de eu ainda continuar a ver P. Com uns 18 anos nossas relações sexuais passaram a ser menos frequentes e eu broxava constantemente quando íamos fazer sexo. Apesar de ser bem compreensível, ela passou a se incomodar com isso com o decorrer do tempo, afetando um pouco a nossa relação. No ano de 2019 inteiro fizemos sexo pouquíssimas vezes (por alto, umas 5 vezes - que convenhamos, é bem pouco pra quem namora), e eu acredito que o principal motivo tenha sido o meu vício em P, além do fato que eu estava me desinteressando do relacionamento.
No começo de 2020 o relacionamento já estava bem desgastado, com alguns desentendimentos e com a vida sexual quase que inexistente, então terminamos no comecinho da pandemia (em março). Achei que com isso o meu vício em P iria diminuir, pois acreditava que talvez flertando com outras meninas eu teria uma vida sexual mais ativa, menos monótona, e assim me sentiria menos dependente da P. Porém nada mudou, continuei viciado.
Acontece que eu ainda não enxergava esse vício tanto como um problema na minha vida, a ponto de afetar minha produtividade e minha vida sexual. Só fui perceber quando fui transar pela primeira vez após o término, em julho. Chamei uma menina com quem eu estava flertando para minha casa, na hora de transar acabei broxando. Expliquei para ela que eu tava meio tenso, por ela ser a primeira menina com quem eu faria sexo após um relacionamento de 5 anos, ela compreendeu bem.
Com isso passei a enxergar a P como o maior malefício à minha vida sexual, o que realmente é. E não só à vida sexual, como também à minha produtividade (como trabalho e faculdade, por exemplo). Após isso, tive mais umas 5 ou 6 tentativas de transar (com ela e com outras mulheres também), todas fracassadas pela minha impotência sexual. Nesse tempo venho tentando constantemente parar de me M, mas raramente passo de 3 dias sem.
Nesses últimos dias eu havia meio que desistido de tentar parar, pois consumi uma quantidade exagerada de pornografia. Nessa madrugada do dia 28, após ter me masturbado umas 4 vezes, encontrei esse fórum BEM por acaso (pesquisando sobre a banda Death Grips, cujo nome se refere a uma gíria tratante de disfunções sexuais causadas pela masturbação excessiva kkkkkkkkkkk), e lendo alguns relatos me motivei a fazer o Reboot.
Logo me cadastrei, li o Guia Introdutório e alguns relatos do fórum e resolvi criar o meu diário. E aqui estou!!!
Espero que esse fórum seja um grande motivador pra eu parar com esse vício desgraçado que me atrapalha tanto, tentarei frequentar diariamente e manter esse diário atualizado. Apaguei todo o meu acervo de pornografia (e era grande...) do computador e do celular, bloqueei sites que eu costumava frequentar para me masturbar, pretendo seguir firme nessa jornada. Depois aprenderei como fazer um contador. No momento deve fazer só umas 4 horas que estou sem o PMO, mas espero que seja meu ponto de partida para esses 90 dias.

Me desculpem pelo texto imenso, mas senti a necessidade de relatar um pouco da minha história com o vício, pelo menos pra já criar algum vínculo com esse diário e com vocês aqui do fórum. Agradeço a quem teve a paciência de ler até aqui. Abraço a todos, e espero que consigamos juntos largar isso!!!!

É isso ai amigo... Você fez certo vindo aqui, ainda digo além, não acredito que seja coincídencia você ter encontrado o fórum por meio de uma pesquisa de banda.
Primeira coisa que você deve fazer é mudar o seu MINDSET sobre como você vê a si mesmo na vida, sobre pornografia e masturbação e sobre a sua visão das mulheres. É impossível você vencer o vício só por tentar, antes precisa ser feita toda uma reestruturação mental para poder aguentar o tranco. Lamento sua perda no relacionamento e digo que não foi só você não.. A maioria aqui do fórum passou pela mesma coisa, inclusive eu mesmo. Vamos recobrar todo o tempo e energia que a PMO usurpou de nós, certo?
Fique firme amigo, também vou tentar marcar presença aqui no fórum.

_______________________________________



-------------------------------------------

Salve rapaziada - Página 2 Tenor


PLANO DE AÇÃO: 7 DIAS (X) / 14 DIAS (X) / 30 DIAS (X) / 60 DIAS (X) / 90 DIAS ()  Exclamation  Exclamation  Exclamation  Exclamation
------
RECORD ATUAL: 64 DIAS.[/i]]



Visitem o meu diário: https://www.comoparar.com/t9437-escalando-uma-montanha

[i]Vamos escalar essa montanha juntos!
[/i]

Gokuto gosta desta mensagem

Gokuto
Gokuto
Mensagens : 16
Data de inscrição : 28/01/2021
Idade : 21

Salve rapaziada - Página 2 Empty PRIMEIRA SEMANA DE REBOOT

7/2/2021, 15:41
Fala, galera! Primeiro queria agradecer a todos que vem acompanhando minha pequena jornada até aqui, a todos que mandaram dicas, conselhos e forças pra poder manter o meu Reboot. Vocês são foda.
Hoje acabo de completar 7 dias desde minha última queda, sinceramente estou indo melhor do que eu pensava. Ultimamente tenho pensado mais em sexo, certamente meu corpo tá "pedindo" o prazer sexual. Talvez essa abstenção esteja aumentando meu apetite sexual? Não sei, pode ser coisa da minha cabeça também. Ainda não tive a oportunidade de tentar fazer sexo, acredito que a próxima (caso eu continue com o reboot) seja bem sucedida, não sei. Quero ver se é algo mais psicológico ou mais relacionado ao vício mesmo. Também não sei quantos dias sem me masturbar seriam suficientes para que consiga fazer sexo sem brochar. Confesso que oportunidade não falta para isso, só tive o pequeno empecilho do COVID nessas últimas 2 semanas. Já estou recuperado mas vou seguir alguns dias de quarentena, por precaução. Talvez eu esteja me precipitando com as coisas ou até mesmo falando merda, mas são alguns pensamentos que tem vindo na minha cabeça ultimamente. Abraço a todos!

_______________________________________

jotavr e bikshu gostam desta mensagem

Gokuto
Gokuto
Mensagens : 16
Data de inscrição : 28/01/2021
Idade : 21

Salve rapaziada - Página 2 Empty Re: Salve rapaziada

7/2/2021, 15:44
Galera pelo visto o Reboot tá afetando minhas habilidades matemáticas também. Eu completei foi 6 dias de Reboot, e não 7 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk desconsiderem o ato falho

_______________________________________

jotavr gosta desta mensagem

bikshu
bikshu
Mensagens : 39
Data de inscrição : 08/12/2020

Salve rapaziada - Página 2 Empty Re: Salve rapaziada

7/2/2021, 23:27
salve amigo! me identifiquei muito com sua historia e com seu gosto musical kkkkkkkkkkk eu não sou ngm pra falar, mas cara não pense que anos praticando pmo vão sumir com poucas semanas de reboot, tente não pensar em fazer sexo agora (sei que é quase impossível kkkkkk), tente ver quais são os gatilhos que fazem vc tentar voltar pra esse vicio maldito. força!! vou acompanhar seu diário

_______________________________________
jotavr
jotavr
Mensagens : 206
Data de inscrição : 24/04/2020

Salve rapaziada - Página 2 Empty Re: Salve rapaziada

8/2/2021, 16:55
Gokuto escreveu:Fala, galera! Primeiro queria agradecer a todos que vem acompanhando minha pequena jornada até aqui, a todos que mandaram dicas, conselhos e forças pra poder manter o meu Reboot. Vocês são foda.
Hoje acabo de completar 7 dias desde minha última queda, sinceramente estou indo melhor do que eu pensava. Ultimamente tenho pensado mais em sexo, certamente meu corpo tá "pedindo" o prazer sexual. Talvez essa abstenção esteja aumentando meu apetite sexual? Não sei, pode ser coisa da minha cabeça também. Ainda não tive a oportunidade de tentar fazer sexo, acredito que a próxima (caso eu continue com o reboot) seja bem sucedida, não sei. Quero ver se é algo mais psicológico ou mais relacionado ao vício mesmo. Também não sei quantos dias sem me masturbar seriam suficientes para que consiga fazer sexo sem brochar. Confesso que oportunidade não falta para isso, só tive o pequeno empecilho do COVID nessas últimas 2 semanas. Já estou recuperado mas vou seguir alguns dias de quarentena, por precaução. Talvez eu esteja me precipitando com as coisas ou até mesmo falando merda, mas são alguns pensamentos que tem vindo na minha cabeça ultimamente. Abraço a todos!

Krl empecilho? eu estou há 2 anos, sem empecilho nenhum 🤣🤣. Esses pensamentos na sua cabeça, sobre sexo, são os dois, o vício e ereção, o vício era uma rotina, a ereção uma ação natural do corpo, vai ter que lidar com eles, essa q é a foda.

_______________________________________
Eu ñ uso contador pq quando recaio é horrível ficar trocando, penso, porra, eu tava a isso de dias e agr tô a 0? Tira esses número da minha frente.

Gatilhor

Salve rapaziada - Página 2 Uzumaki-vortex
I will resurface!
I will resurface!
Mensagens : 397
Data de inscrição : 30/08/2018
Idade : 23
Localização : RJ

Salve rapaziada - Página 2 Empty Re: Salve rapaziada

8/2/2021, 20:30
Gokuto escreveu:Fala, galera! Primeiro queria agradecer a todos que vem acompanhando minha pequena jornada até aqui, a todos que mandaram dicas, conselhos e forças pra poder manter o meu Reboot. Vocês são foda.
Hoje acabo de completar 7 dias desde minha última queda, sinceramente estou indo melhor do que eu pensava. Ultimamente tenho pensado mais em sexo, certamente meu corpo tá "pedindo" o prazer sexual. Talvez essa abstenção esteja aumentando meu apetite sexual? Não sei, pode ser coisa da minha cabeça também. Ainda não tive a oportunidade de tentar fazer sexo, acredito que a próxima (caso eu continue com o reboot) seja bem sucedida, não sei. Quero ver se é algo mais psicológico ou mais relacionado ao vício mesmo. Também não sei quantos dias sem me masturbar seriam suficientes para que consiga fazer sexo sem brochar. Confesso que oportunidade não falta para isso, só tive o pequeno empecilho do COVID nessas últimas 2 semanas. Já estou recuperado mas vou seguir alguns dias de quarentena, por precaução. Talvez eu esteja me precipitando com as coisas ou até mesmo falando merda, mas são alguns pensamentos que tem vindo na minha cabeça ultimamente. Abraço a todos!
Para lidar com os pensamentos sobre sexo, recomendo que pratique meditação!
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum