Ir para baixo
avatar
bryandavi
Mensagens : 4
Data de inscrição : 10/02/2021

"Eu sou tão digno, merecedor e capaz de... Empty "Eu sou tão digno, merecedor e capaz de...

12/2/2021, 09:14
...alcançar meus objetivos, como qualquer pessoa que se dedica. E a única coisa que me separa daqueles que já estão no topo do sucesso é o meu nível de disciplina."

Este é o início do texto que leio todas as manhãs, quando acordo. Ou, pelo menos deveria. Muitas vezes não desperto no horário que me programei por dormir um pouco mais tarde.

Meu nome é Bryan. Hoje é o meu dia zero no reboot e faltam 107 dias para o meu casamento. Vou estar curado até lá.

Esta é a primeira vez que abro meus dilemas a um público maior. Mas não é a minha primeira tentativa de reboot. Meu recorde sem PMO foi de duas semanas.

Desde os cinco anos de idade tenho contato com conteúdo adulto por meio de algumas revistas. Hoje, tenho 29 anos e, se não fosse essa maldita prática, a minha vida estaria num grau extremamente elevado nas seguintes áreas:

- Mental: maior concentração e raciocínio
- Emocional: maior controle das minhas emoções
- Física: maior disposição para as atividades
- Financeira: maior foco para gerar recursos
- Relacional: maior interação com meus contatos
- Espiritual: maior conexão com a Mente Superior

Raras são as pessoas do meu círculo social que sabem que eu travo uma batalha diária. Minha noiva sabe, mas não sinto que ela tenha uma dimensão da gravidade / dificuldade.

Meus pais.. acredito que saibam, mas são discretos em relação à isso - assim como eu sou discreto em relação a prática do meu pai. Ele tem 63 anos e já traiu minha mãe virtualmente e na vida real, também. O casamento desmoronou quando minha mãe descobriu a amante.. mas eles continuam juntos. É como um copo de vidro quebrado e unido por SuperBonder - não será mais o mesmo. Meu pai é cabeça dura e, mesmo respeitosamente, passar algum conselho a ele é como dar murro em ponta de faca. Ele também é envolto em atividades profissionais que o deixam muito tenso e estressado. Certamente ele recorre à pornografia para relaxar, assim como ao álcool.. outro vício que o acompanha desde a infância.

Eu nunca bebi. Nunca fumei. Já tive aventuras sexuais com namoradas dos 17 anos em diante, muito embora isso seja oculto. Esse segredo me mantém como um líder jovem respeitado na igreja ao qual sou membro. Há pouco mais de uma década eles me têm como uma referência e me elegeram para ser líder em várias congregações, para um nicho específico.

Desde que comecei a namorar, nunca fiquei solteiro por muito tempo. E também nunca forcei ninguém a nada. A verdade é que eu sempre foi retraído pra conquistar mulheres.., mas de alguma forma a timidez as atraía. Ou talvez o interesse delas seja porque eu estou sempre ativo nas programações, coordenando, palestrando ou fazendo parte da equipe de apoio.

Sempre fui considerado inteligente, estudioso, amigo, prudente, paciente, criativo e bom conselheiro.
Se soubessem das minhas batalhas diárias talvez não tivessem tanta admiração, assim.

Estou há cinco meses morando sozinho. Dentro da casa dos meus pais eu me via cercado de gatilhos, e pairava um ar pesado de estresse, além de uma forte descrença no meu sucesso profissional. Eu sou freelancer e meu produto é criatividade em artes gráficas e textuais. Meus pais não conhecem ninguém bem sucedido nessa área e por muitos anos fui desestimulado. Minha mãe disse que:

"(...) o sonho dela me ver bem sucedido antes que ela e meu pai morressem, mas que não acreditava nisso porque eu não seria bem sucedido, pois se ela, meu pai e vovó morrerem, eu seria sustentado por meus dois irmãos. O que sobrar de comida, eles vão me ceder, porquê eu não teria condições de prover pra mim, mesmo"

O trecho do discurso acima foi extraído do meu diário pessoal no dia em que foi proferido. Meu pai repetiu o mesmo discurso (com as palavras dele) algumas semanas depois. Naquela época, a casa estava cheia, além dos meus pais, meus dois irmãos (uma mulher e um homem, 2 e 3 anos mais novos que eu), minha vovó materna (muito querida e amada por todos) e uma amiga da família (a quem recusamos chamar de "empregada").

Pela forma como mencionei meus pais no texto eles parecem não ter sido bons tutores. Por via das dúvidas quero desfazer qualquer equívoco: EU AMO MEUS PAIS e os tenho como referências nas coisas positivas. Muitas vezes eles já deixaram de comer para alimentar aos filhos. Eles se dedicaram ao máximo na nossa criação. Se eu pudesse escolher meus pais, eu os escolheria novamente. O amor deles por mim é tão grande que o discurso forte contra a minha profissão é pra que eu trabalhasse em uma área ao qual eles viam que eu tinha mais potencial: como concursado público - assim como meu irmão mais novo.

Tenho memorizada uma frase de Napoleon Hill, que me inspira sempre que enfrento alguma dificuldade: "Cada adversidade carrega dentro de si a semente de um benefício maior ou equivalente".

O discurso direto dos meus pais foi como se fosse um gancho de direita no meu queixo. Caí na lona. Esse nocaute foi a semente de um benefício maior: em menos de três meses eu tinha saído de casa. Aluguei um apartamento em um condomínio e mobiliei, sozinho, nos dois meses seguintes à mudança. A "vibe" aqui no apartamento é a que eu crio para mim, mesmo, e isso é ótimo! O sucesso só depende deste que vos escreve.

No decorrer dos próximos 107 dias, vou atualizar este tópico contando mais sobre mim, e sobre essa jornada do reboot. Não prometo escrever todos os dias - mas sempre que possível vou registrar aqui os benefícios que percebi do nofap. Espero que, de alguma forma, inspire mais guerreiros a se dedicarem em seus próprios objetivos.

Lembre-se: você é tão digno merecedor e capaz de alcançar seus objetivos e atingir níveis extraordinários de sucesso assim como qualquer pessoa que se dedica.

#Disciplina.
Bryan.

Logos gosta desta mensagem

marcos020221
marcos020221
Mensagens : 91
Data de inscrição : 02/02/2021

"Eu sou tão digno, merecedor e capaz de... Empty Re: "Eu sou tão digno, merecedor e capaz de...

12/2/2021, 09:57
Já tive aventuras sexuais com namoradas dos 17 anos em diante, muito embora isso seja oculto. Esse segredo me mantém como um líder jovem respeitado na igreja ao qual sou membro. Há pouco mais de uma década eles me têm como uma referência e me elegeram para ser líder em várias congregações, para um nicho específico.

Bom dia! Só não entendi essa parte do seu diário. Pecado oculto de PMO, fornicação e prostituição?

_______________________________________
DexterDM
DexterDM
Mensagens : 26
Data de inscrição : 08/02/2021

"Eu sou tão digno, merecedor e capaz de... Empty Re: "Eu sou tão digno, merecedor e capaz de...

12/2/2021, 13:20
Gostei bastante da sua história,me identifiquei em algumas partes(dos pais)... Vou acompanhá-lo a partir de hoje.

Em relação a seus pais só consigo pensar em uma coisa:

Palavras produzem bênçãos, mas também podem produzir maldições. Daí a necessidade de pensarmos antes de proferir palavras a respeito das pessoas, principalmente em se tratando de crianças. Os pais são a principal autoridade na vida de seus filhos, e, portanto, precisam ter muito cuidado com as palavras para não causar destruição na vida deles, tanto física e emocional, quanto espiritual.

Não deixe que aquilo preferido por eles, se transformem em maldição,do fundo do meu coração, não creio que tenham falado isso por maldade. O jeito que falaram está certo? CLARO QUE NÃO! E infelizmente não souberam se expressar de uma forma melhor.

_______________________________________


https://www.comoparar.com/t11521-nao-aguento-mais-essa-vida  

O preço da LIBERDADE,é a ETERNA VIGILÂNCIA! Arrow
Logos
Logos
Mensagens : 177
Data de inscrição : 17/12/2020
Idade : 26

"Eu sou tão digno, merecedor e capaz de... Empty Re: "Eu sou tão digno, merecedor e capaz de...

12/2/2021, 17:23
Meu amigo, se você já não é um vencedor, eu não sei o que você é.  

Você saiu da casa dos seus pais, teve a percepção grandiosa de lutar contra a pornografia, que poucos na atual geração tiveram, e irá constituir uma família daqui alguns meses; fora a considerável inteligência demonstrada na sua escrita.

Acredite nos seus sonhos, capacita-se para entregar o melhor, pouco importando para os elogios ou críticas de alguém.

Sem dúvidas os seus pais te criticaram no sentido de querer algo melhor do que eles julgam ser melhor para você.

Meus pais foram o mesmo comigo, acham que estudar para concurso público é perder tempo.  

Eu sei que eles pensam o melhor para mim e querem o meu bem, mas no final das contas sou eu que determinarei como a minha vida será, pouco importando para a opinião deles.

Quanto ao casamento, estou casado há 1 ano e nunca ejaculei de verdade nas minhas relações sexuais por conta da ejaculação retardada que desenvolvi em virtude da pornografia. Só conseguia ejacular com pornô. Essa coisa destrói a virilidade.  

Casei virgem aos 26 anos, mas viciado em pornografia desde dos 13.

Abomine essa mal da sua vida antes que passe pela mesma situação. E ainda que passe, seja determinado e passe por esse vício.

Eu acredito em uma esperança que vem do alto, acredito que Deus irá me ajudar a reverter todos os problemas de ordem sexual, física e emocional que adquiri com a PMO, e eu acredito em você também!!

Desculpe se adentrei no seu diário com alguns aspectos da minha vida, é porque me identifiquei muito com sua história que é bem parecida com a minha.  

Avante!
🙏💪

_______________________________________
Meu diário https://www.comoparar.com/t11358-diario-do-logos


Maior recorde: 85 dias - 09/03/2021

Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados.
Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos!

2 Coríntios 4:8,9
avatar
bryandavi
Mensagens : 4
Data de inscrição : 10/02/2021

"Eu sou tão digno, merecedor e capaz de... Empty Re: "Eu sou tão digno, merecedor e capaz de...

13/2/2021, 07:12
Gratidão pela mensagem, guerreiro! Sim há empatia pela identificação da história. A nossa percepção da condição é o primeiro pré-requisito para a vitória!

Logos escreveu:Meu amigo, se você já não é um vencedor, eu não sei o que você é.  

Você saiu da casa dos seus pais, teve a percepção grandiosa de lutar contra a pornografia, que poucos na atual geração tiveram, e irá constituir uma família daqui alguns meses; fora a considerável inteligência demonstrada na sua escrita.

Acredite nos seus sonhos, capacita-se para entregar o melhor, pouco importando para os elogios ou críticas de alguém.

Sem dúvidas os seus pais te criticaram no sentido de querer algo melhor do que eles julgam ser melhor para você.

Meus pais foram o mesmo comigo, acham que estudar para concurso público é perder tempo.  

Eu sei que eles pensam o melhor para mim e querem o meu bem, mas no final das contas sou eu que determinarei como a minha vida será, pouco importando para a opinião deles.

Quanto ao casamento, estou casado há 1 ano e nunca ejaculei de verdade nas minhas relações sexuais por conta da ejaculação retardada que desenvolvi em virtude da pornografia. Só conseguia ejacular com pornô. Essa coisa destrói a virilidade.  

Casei virgem aos 26 anos, mas viciado em pornografia desde dos 13.

Abomine essa mal da sua vida antes que passe pela mesma situação. E ainda que passe, seja determinado e passe por esse vício.

Eu acredito em uma esperança que vem do alto, acredito que Deus irá me ajudar a reverter todos os problemas de ordem sexual, física e emocional que adquiri com a PMO, e eu acredito em você também!!

Desculpe se adentrei no seu diário com alguns aspectos da minha vida, é porque me identifiquei muito com sua história que é bem parecida com a minha.  

Avante!
🙏💪
avatar
bryandavi
Mensagens : 4
Data de inscrição : 10/02/2021

"Eu sou tão digno, merecedor e capaz de... Empty Re: "Eu sou tão digno, merecedor e capaz de...

13/2/2021, 07:23
Da nossa língua podem ser proferidas bênçãos e maldições. Concordo contigo! Ciente disso tenho mais ponderação nas palavras, bem como compreensão quanto às palavras que outros proferem.. mais ainda quando se trata de entes queridos.

Acredito que aquilo que falamos sobre outro revela mais sobre nós do quê sobre o outro. Na fala deles foi revelado um certo "desespero" e "apreensão" para que o filho querido deles "acordasse pra vida" e fosse bem sucedido. E eles tinham uma visão do que era ser bem sucedido pra mim. Falaram conforme a ótica deles.

De fato, meus pais não souberam se expressar da melhor forma. Isso não diminui o amor e consideração que tenho por eles. Eles não o fizeram por mal, mas sim por amor. Os compreendi, não discuti. Também não aceitei essa verdade na minha vida. O que acontece na minha vida é minha responsabilidade.

Fico grato pela mensagem, guerreiro!

DexterDM escreveu:Gostei bastante da sua história,me identifiquei em algumas partes(dos pais)... Vou acompanhá-lo a partir de hoje.

Em relação a seus pais só consigo pensar em uma coisa:

Palavras produzem bênçãos, mas também podem produzir maldições. Daí a necessidade de pensarmos antes de proferir palavras a respeito das pessoas, principalmente em se tratando de crianças. Os pais são a principal autoridade na vida de seus filhos, e, portanto, precisam ter muito cuidado com as palavras para não causar destruição na vida deles, tanto física e emocional, quanto espiritual.

Não deixe que aquilo preferido por eles, se transformem em maldição,do fundo do meu coração, não creio que tenham falado isso por maldade. O jeito que falaram está certo? CLARO QUE NÃO! E infelizmente não souberam se expressar de uma forma melhor.

DexterDM gosta desta mensagem

avatar
bryandavi
Mensagens : 4
Data de inscrição : 10/02/2021

"Eu sou tão digno, merecedor e capaz de... Empty Pare de lutar contra a PMO

13/2/2021, 09:15
Ontem dormi por volta das 20h30 e com muita facilidade porque na noite anterior mal tinha dormido. Isso me proporcionou acordar às 4h da manhã, horário que eu quero acordar diariamente.

Há muitos benefícios em acordar cedo. Respeito quem tem um metabolismo diferente - há pessoas que funcionam melhor de madrugada, e tudo bem. No meu caso, dormir antes das 22h e acordar às 4h torna o meu dia extremamente mais produtivo.

Assim que acordei fiz minhas afirmações.. um texto que contém o que eu almejo nesse ano e o que darei em troca para alcançar os objetivos nas mais diversas áreas da vida. Não acredito que existe nada a troco de nada (em outro momento disserto melhor sobre esse meu pensamento).

Moro sozinho e as atividades domésticas são de responsabilidade deste morador, aqui. Uma pilha de louça acumulada dos últimos quatro dias me aguardava.
Eu não sabia por onde começar. Lavar louça não é lá minha atividade predileta, mas é necessária.

Em frente a pia há um armário e no armário, uma tigela. Apoiei meu celular na tigela. O plano é assistir algo interessante enquanto lavava a louça. Abri o Youtube e o primeiro vídeo recomendado foi de um arqueólogo chamado Rodrigo Silva. Eu não procurava um vídeo específico - o critério é que me fosse útil pra edificação de alguma forma.
O vídeo de meia hora intitulado "Ser grato na dor. Porquê?" me chamou a atenção. Sobretudo porque há uma semana atrás, minha vovó faleceu, vítima de complicações decorrentes da covid-19. Ela tinha 92 anos, morava na casa dos meus pais e era muito querida e amada.

Ela era muito forte, com saúde pra viver mais uma década, pelo menos.

A partida da minha vovó materna criou um vazio imenso. A origem do meu sobrenome é dela. A matriarca da família, e o pilar da minha mãe depois da traição do esposo. Há cinco décadas atrás, quando vovó ainda estava grávida da minha mãe (por volta do sexto mês de gestação) meu avô estava trabalhando em uma plantação quando sofreu um infarto fulminante.
Eu nunca conheci meu avô, e minha mãe nunca conheceu o pai dela.

Vovó também era um apoio financeiro na casa dos meus pais, com duas aposentadorias. Em vida, esse fator era pouco relevante, porque ela seria cuidada e amada da melhor forma, independente se ela ajudasse ou não (foi assim que cuidamos da minha vovó paterna na nossa casa há quatro anos atrás que infelizmente se foi, vítima de câncer, e também deixou um vazio).
Contudo na morte da minha vovó materna vai exigir uma reorganização ainda maior em quem já vivia no limite financeiro.

Os dias em que ela passou no hospital de campanha foram de aflição. Ao todo, duas semanas internada. Na sexta e sábado anteriores ao óbito ela apresentou uma melhora significativa a ponto dos médicos estimarem uma alta na segunda-feira seguinte. Mas no dia que seria da alta o oposto aconteceu. O pulmão de vovó foi totalmente comprometido, e ela faleceu no dia seguinte. Se os médicos se comoveram, imagina a família.

Estou eu olhando para o título do vídeo no youtube. Então, porquê ser grato em uma situação como essa?

É difícil pensar em gratidão em meio a um período de luto. Por mais que ela estivesse em idade avançada não consideramos a morte como natural. O natural é a vida e, em sã consciência as pessoas não querem morrer. Mesmo os suicidas, creio que eles não querem acabar com a sua vida, mas com o sofrimento que enfrentam, de modo que tirando sua vida, acabariam com o sofrimento delas.

Assisti ao vídeo, e me surpreendi com a seriedade e clareza com a qual ele abordou o tema - sem desmerecer as tragédias pelas quais passamos. Consciente das coisas ruins que nos acontecem ele disse que a gratidão deve ser um "estilo de vida", e é possível ser grato mesmo com lágrimas nos olhos.

No vídeo seguinte que o Youtube me recomendou (de um outro blogueiro) aprendi uma interpretação do versículo que está em Romanos 7:4, onde é dito que aqueles que estão em Cristo morreram para a lei. Este é um versículo utilizado por muitos para dizer que os dez mandamentos foram abolidos. Mas se Paulo estivesse dizendo isso, entraria em contradição, porque três versículos depois ele ressalta a importância da lei. "De fato, eu não saberia o que é pecado a não ser por meio da lei. Eu não saberia o que é cobiça se a lei não dissesse: 'não cobiçarás'" Romanos 7:7. Mais à frente, o mesmo autor diz que "a lei é santa e o mandamento santo, justo e bom" Romanos 7:12.

Se Paulo não quer dizer que a lei é "irrelevante" quando diz que nós "morremos para a Lei quando estamos em Cristo", então o quê ele quis dizer?

Com base no que o autor mesmo disse, compreendi que a lei serve para reconhecer a minha condição de pecador. A lei só mostra que estou errado. Ela serve de espelho. E a recompensa (ou salário) do pecado é a morte (Romanos 6:23). Em outro versículo, em Ezequiel (não lembro onde) diz que a "a alma que pecar, essa morrerá."

Então, biblicamente falando, a razão pela morte é o pecado. Foi por isso que eu perdi minha vovó. Na certidão de óbito a causa foi insuficiência respiratória provocada por pneumonia e agravada pela covid-19. Contudo, a causa raiz pela qual ela partiu: foi o pecado.

Mas será que é só isso? A bíblia diz que não.

Em Romanos 6:23, Paulo apresenta começa com o problema da morte pelo pecado e logo depois apresenta a solução: "Mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor." . Esse dom gratuito é o que chamamos de "graça". E "graça", nada mais é do que um "favor imerecido".

Aquele que nunca pecou morreu por quem pecou. Agora faz sentido porque a salvação é pela graça oferecida por meio de Cristo. Tudo se encaixa. Somos salvos pela graça, e não pela lei. A lei só serve de espelho para mostrar o quão miserável, pecador e necessitado da graça de Cristo eu sou.

Fui pesquisar o contexto pra entender o porquê Paulo falou que morremos para a lei. Ele estava falando para pessoas que são "legalistas", ou seja, que viam o cumprimento das regras "lei" como estrito estilo de vida. Eles faziam leis para cumprir as leis e ai daquele que se desviasse! Contudo, é muito provável que em mente eles estivessem pecando do mesmo jeito, porque, creio que longe de Cristo, essa é uma consequência normal.

Quando vivemos em Cristo (como sendo Ele o nosso estilo de vida), não há condenação, porque estaríamos livres do pecado - é o que diz em Romanos 8:1.

Isso só é possível porque a vida em Cristo é a vida conforme o Espírito [Santo] deseja. Assim, as justas exigências da lei são plenamente satisfeitas. É o que diz em Romanos 8:4 e 5.

Nesse contexto, eu devo parar de lutar contra a PMO. Quanto mais eu penso nisso, mais eu me aproximo do pecado. É óbvio que devo conhecer os efeitos maléficos dessa prática, bem como os benefícios do nofap, pra motivação. Contudo, quanto mais o meu estilo de vida se aproximar do estilo de vida de Cristo, menos eu estarei lutando para obedecer a lei (ou não cair no PMO).

Este é um diário pessoal e contém minhas opiniões a respeito do tema.
Se você que está lendo não acredita na Bíblia, e nem salvação em Cristo Jesus.. nem mesmo importância da Lei para nos revelar o pecado, então tudo bem. É uma escolha sua.
Nesse caso (se te ajudar) eu sugiro que defina em sua vida os objetivos para este ano.. e coloque isso como foco e pense neles ao anoitecer e ao acordar. Talvez você tenha intenção em comprar um carro, aprender um novo idioma, conquistar independência financeira.. enfim. Se você viver mais direcionado às metas, logo você verá que parou de lutar contra a PMO e está em outra vibe.

Bom, no meu caso, eu escolhi viver...

1. ...em Cristo, de modo que a obediência à lei não me é uma coisa pesada. O estilo de vida que escolhi é o de Cristo, pois ele era guiado pelo Espírito Santo;

2. ...com foco nos meus objetivos. E isso está acima do "eu não posso falhar, hoje". Minha mente está preenchida com os desafios diários para conquistar a independência financeira, e manter a ajuda financeira a meus pais, que vou ampliar depois da morte da minha vovó;

3. ...em gratidão, mesmo nas pequenas coisas. Sim, eu terminei de lavar a pilha de louça, e isso é sinal de fartura. Tem comida aqui em casa. Tenho mãos e pés. Tenho celular e acesso à internet para assistir vídeos que me edificam;

4. ...em gratidão, mesmo nas coisas mais pesadas. Afinal, se não fosse a morte de vovó, talvez eu não tivesse absorvido tão bem todas essas lições. Como acredito na Bíblia tenho esperança de vê-la com vida, em breve.

#Gratidão
Bryan

Ubbe gosta desta mensagem

Ir para o topo
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos