Diário do Gatsby

+11
vierkenes
freedom.ever
Guilherme96
Super Vegeta
chopin
Kety
TheBatman
o2Lázaro
Arturmorgan
Vitoriosa
Jay
15 participantes
Ir para baixo
avatar
Convidado
Convidado

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

11/7/2021, 02:29
Jay escreveu:Depois de quase uma semana, tive outra recaída. As coisas estavam indo bem, não via nenhuma necessidade de PMO, apesar de terem aparecido fantasias e etc. Estive ocupado com meus afazeres e com uma mentalidade de que isso não é necessário para mim. Mas ontem estava de bobeira e por um gatilho através de redes sociais eu caí na madrugada. Hoje durante o dia acabei sendo impulsivo e fazendo a mesma coisa. Frustrante demais. E por um pouco de prazer, algo tão rápido que nem valeu a pena.

Recomeçando amanhã.
Os gatilhos são uma merda no nosso reboot, seja imagem ou sentimentos, esse vicio é mais difícil de vencer do que eu imaginava, estou nesse looping tbm, chego perto de 1 semana a vontade vem absurda e qualquer gatilho me faz recair, uma hora venceremos temos que persistir
Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

13/7/2021, 23:51
GuerreiroDeFé escreveu:
Jay escreveu:Depois de quase uma semana, tive outra recaída. As coisas estavam indo bem, não via nenhuma necessidade de PMO, apesar de terem aparecido fantasias e etc. Estive ocupado com meus afazeres e com uma mentalidade de que isso não é necessário para mim. Mas ontem estava de bobeira e por um gatilho através de redes sociais eu caí na madrugada. Hoje durante o dia acabei sendo impulsivo e fazendo a mesma coisa. Frustrante demais. E por um pouco de prazer, algo tão rápido que nem valeu a pena.

Recomeçando amanhã.
Os gatilhos são uma merda no nosso reboot, seja imagem ou sentimentos, esse vicio é mais difícil de vencer do que eu imaginava, estou nesse looping tbm, chego perto de 1 semana a vontade vem absurda e qualquer gatilho me faz recair, uma hora venceremos temos que persistir

Sim, são mesmo! E muitas vezes é não só pela fantasia que surge na mente, mas pelo estado emocional mesmo, alguma frustração, decepção, tristeza etc. Qualquer coisa do tipo já pode levar a PMO como uma válvula de escape.

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t11644-diario-do-gatsby
Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty T22, dia 3

14/7/2021, 00:09
Meus amigos, hj chego ao dia 3.

Os dois primeiros dias foram extremamente tranquilos. Empurrei para longe pensamentos relativos a esses problemas que enfrentamos e tentei fazer outras atividades. Libido baixa e sem vontade ou saudade de PMO ou substitutos, nem de fazer testes. Hoje, no terceiro dia, ao acordar e ficar mais um tempo na cama, algumas fantasias apareceram brevemente e comecei a ficar um pouco excitado. Isso tmb começou a acontecer pelo fim da tarde e começo da noite, mas nem dei vazão e passei o dia tranquilamente.

Aos poucos tenho voltado a me exercitar durante a semana, mas a dieta não ta lá essas coisas. O trabalho tmb deu uma amenizada. O problema é que ainda não estou sendo muito produtivo. Estou dormindo e acordando muito tarde, e passando muito tempo na internet. Quando vejo, várias horas já se passaram e não consegui fazer aquilo que pensava. Mas quero corrigir isso e fazer mais.

Vamo que vamo.

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t11644-diario-do-gatsby
Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty T22, dia 5

16/7/2021, 00:09
Finalizando mais um dia, e tudo ok. Ontem, dia 4, novamente ao urinar as últimas gotas eram misturadas com esperma, e após isso, fiquei com uma dor, mas passou. Hoje tive umas ereções leves pelo começo da tarde e depois à noite e fiquei com vontade de me testar.

Outra coisa que tenho percebido nesses 5 dias limpo é que tem aumentado um pouco a sensibilidade lá. Acredito que das últimas vezes que recaí exagerei na M, e conforme esses dias passaram ele deu uma recuperada. Até me sinto um pouco melhor em relação a isso. O chato é me ver com libido baixa e querer estimular alguma atividade. Mas é até melhor assim, pelo menos não fico naquela fissura e posso conseguir uma marca melhor.

Até.

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t11644-diario-do-gatsby
Super Vegeta
Super Vegeta
Mensagens : 62
Data de inscrição : 12/07/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

16/7/2021, 11:12
Estou passando pela mesma questão de ver o "amigo sem vida", sei que é tentador, mas não me testei. Inevitavelmente uma coisa vai levar a outra, principalmente porque estímulo acaba dando prazer, aí já viu. É um saco passar por isso, mas acredito que seja o caminho, e ver outras pessoas superando isso dão forças.

_______________________________________
Diário do Gatsby - Página 4 Vegeta10  
Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty T22. dia 7

18/7/2021, 00:00
Meta 1 concluída novamente. 7 dias se passaram. Mas não estive muito animado com essa meta, pq foi meio complicado agora de noite.

Hoje pela manhã entrei no instagram rapidamente. Não uso essa rede social, não gosto e sei que lá posso encontrar gatilhos. Entrei sabendo disso, mas com o objetivo de eliminá-los junto com as brechas, bloqueando conteúdos relacionados e que em alguns momentos já me deixaram meio inseguro comigo mesmo. Precisei sair de tarde para resolver algo. Voltando, tirei um cochilo. E de noite as fantasias apareceram sem parar, e fiquei excitado por um bom tempo até e com vontade de finalizar o serviço. E foi por pouco. Levantei da cama e fui dar uma volta.  Foi difícil não dar vazão. Isso me deu uma impressão de que estou me enganando, mas isso seria auto sabotagem para voltar a PMO.

Em resumo, o que passou na minha cabeça essa semana é que eu consigo fazer isso. Apesar de bater uma saudadezinha de ver algo e me aliviar, devo ter em mente um objetivo maior.

Libido ainda em baixa, mas oscilando dependendo do momento, principalmente quando fico de bobeira. Sem ereções matinais, apesar de que, logo após acordar, começo a ficar meia bomba. Senti tmb um aumento na sensibilidade.

É isso por hoje. Próxima meta: 14 dias.

Diário do Gatsby - Página 4 2705 7 dias
(   ) 14 dias
(   ) 21 dias
(   ) 30 dias
(   ) 45 dias
(   ) 60 dias
(   ) 75 dias
(   ) 90 dias!
(   ) meta em aberto

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t11644-diario-do-gatsby
Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

19/7/2021, 17:51
Mas que b*sta. Nem sei como dizer, mas acabei de falhar novamente. E pq?

Estava indo tudo bem, nem estava na fissura. Hoje acordei meia bomba e fiquei excitado em alguns momentos do dia, mas nada que me deixasse na fissura, tudo normal. Agora de tarde estava em casa só descansando e novamente alguma vida lá embaixo. Até que em certo momento, num impulso (parece que por auto sabotagem), minha mente falou tipo "f*da-se", e foi isso, acabou. Mais dias perdidos por pouca coisa. Claramente não vale a pena, galera. E é nesses momentos que eu me pergunto se um dia vou conseguir vencer as adversidades e conquistar o que quero. Infelizmente aceitar a derrota já passou pela minha cabeça. Mas não posso fazer isso, não aceito me frustrar desse jeito. Continuar assim é aceitar uma migalha de prazer momentâneo e afastar nossas metas.

Vou me preparar melhor e reiniciar.

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t11644-diario-do-gatsby
Guilherme96
Guilherme96
Mensagens : 200
Data de inscrição : 11/10/2016
Idade : 25

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

19/7/2021, 19:32
Fala Jay, então, li um pouco seu diário e pude perceber que você fica um pouco ansioso demais com o estado do amigão lá em baixo kkk, tente não pensar tanto se o reboot está funcionando, porque isso gera ansiedade e dúvidas e por consequência a queda, foque nos meios para se livrar da PMO e com o tempo vai ver os benefícios.
Você já instalou bloqueadores ? São muito importantes para na hora que a fissura vir. Tente pensar dia após dias, não pensa tanto no amanhã, se esforce pra ser produtivo e ocupar a mente hoje, boa sorte no seu reboot.
Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

20/7/2021, 22:53
Guilherme96 escreveu:Fala Jay, então, li um pouco seu diário e pude perceber que você fica um pouco ansioso demais com o estado do amigão lá em baixo kkk, tente não pensar tanto se o reboot está funcionando, porque isso gera ansiedade e dúvidas e por consequência a queda, foque nos meios para se livrar da PMO e com o tempo vai ver os benefícios.
Você já instalou bloqueadores ? São muito importantes para na hora que a fissura vir. Tente pensar dia após dias, não pensa tanto no amanhã, se esforce pra ser produtivo e ocupar a mente hoje, boa sorte no seu reboot.

E aí, Guilherme! Obrigado pelo apoio aqui.

Então, depois de algumas tentativas eu vi que a cada vez que eu deixava de lado os resultados futuros e me cobrava menos os dias fluíam mais. Porém, ultimamente tenho me auto sabotado impulsivamente. As vezes bate uma insegurança e uma ansiedade, e acabo me deixando levar. Isso é o que arrebenta, a ansiedade. As vezes estou sendo forte e levando numa boa, mas passa uma semana e aí já viu. Estou tentando fazer outras atividades, mas ainda não têm sido suficientes.

Vamos um dia de cada vez.

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t11644-diario-do-gatsby
Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty T23, dia 0

21/7/2021, 22:32
Voltando para mais uma tentativa depois de seguir no vício no dia de ontem.

Nesse meio tempo passei por um momento de baixa auto estima e insegurança, e fiquei um pouco reflexivo em alguns momentos. Após uma queda, é natural que alguns aqui fiquem chateados e frustrados, e isso acontece comigo, é uma decepção comigo mesmo. Ontem estava pensando no pq de tantas quedas seguidas e tanto tempo perdido. E são os mais variados fatores que me fizeram chegar até aqui. As vezes pode ser uma baixa libido que me faz querer testar. As vezes pode ser uma ansiedade e depois a fissura. Mas mesmo percebendo isso e acreditando saber o que tenho que fazer para superar isso eu acabo recaindo. Falta algo mais. Talvez mais força de vontade. Ou um baque que me faça cair na realidade.

Em certo momento do dia lembrei de algumas meninas que me relacionei e foram embora. Oportunidades perdidas. Penso que, por ter iniciado a vida sexual um pouco tarde e tido poucas chances de me relacionar, acabei me afundando na PMO e me frustrando ainda mais, criando o cenário que vemos hoje.

Hoje acordei cedo pois precisava resolver algumas coisas. Libido zero e sem ereções matinais. Porém, logo após acordar, fiquei na cama um tempo e fantasias já vieram fortes, pois, na hora de dormir ontem tive muitas fantasias que não me deixaram em paz. Coisas de fetiche que eu nem tinha. O restante do dia foi tranquilo.

A partir daqui, digo com todas as letras que quero retomar o controle e colocar minha vida nos eixos. E apoio será necessário.

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t11644-diario-do-gatsby

Rottweiler gosta desta mensagem

Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty T23, atualizando

23/7/2021, 23:11
Novamente finalizando os dias 1 e 2.

Nesse meio tempo, tive alguns pensamentos de auto sabotagem. Ontem, dia 1, tive fantasias ao acordar e em alguns momentos do dia. Não consegui dormir direito. Tive insônia e, ao invés de fazer o que geralmente faço (assistir a uma série, filme ou ler um livro) para pegar no sono, fiquei a madrugada jogando. Dormi muito pouco e levantei muito tarde.

Nesse momento de insegurança, tive esses pensamentos intrusivos de auto sabotagem me dizendo que eu deveria resetar, desistir e aceitar essa vida medíocre de encontrar prazer sexual com PMO. E até que eles me pareceram convincentes por um momento, pq a impressão que tive é que a vida pra mim é isso mesmo, e consequentemente, isso suga um pouco da minha vida, como se meus objetivos e sonhos já não fizessem tanto sentido, então devia me afundar e quando já não aguentasse mais eu acabaria com tudo. Mas eu não quero isso pra mim, então disse isso pra mim mesmo. Agora de noite, quando tive certos gatilhos, levantei e fui usar essa energia, fazer algumas coisas em casa. As fantasias diminuíram e a vontade de PMO passou. Até tive um aumento na motivação.

Enfim, é isso. Segundo minha experiência até aqui, conforme os dias forem passando, espero ver algumas mudanças na minha confiança e motivação.

Até mais

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t11644-diario-do-gatsby
Guilherme96
Guilherme96
Mensagens : 200
Data de inscrição : 11/10/2016
Idade : 25

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

25/7/2021, 00:41
Fala Jay, uma pena você ter caído, mas o importante é que você já está disposto a se levantar novamente.
Eu me identifiquei muito quando você disse sobre a ansiedade, também sou muito ansioso e muitas vezes me pego vasculhando o passado e vendo o quanto tempo eu perdi e até me comparando com algumas pessoas da minha idade, Mas sabe pra que isso serve ? Pra nada, não podemos mudar nosso passado, mas podemos mudar nosso futuro através do presente. Não dê ouvidos aos seus pensamentos, até porque eu penso que depois que conhecemos bem os malefícios do vício e os benefícios do reboot mesmo que nos entreguemos ao vício sempre vai ficar aquela voz na consciência nos chamando pra tentar mais uma vez.

como diz Raul Seixas: Não pense que a cabeça aguenta se você parar, tente outra vez.

Jay gosta desta mensagem

Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

29/7/2021, 22:32
Guilherme96 escreveu:Fala Jay, uma pena você ter caído, mas o importante é que você já está disposto a se levantar novamente.
Eu me identifiquei muito quando você disse sobre a ansiedade, também sou muito ansioso e muitas vezes me pego vasculhando o passado e vendo o quanto tempo eu perdi e até me comparando com algumas pessoas da minha idade, Mas sabe pra que isso serve ? Pra nada, não podemos mudar nosso passado, mas podemos mudar nosso futuro através do presente. Não dê ouvidos aos seus pensamentos, até porque eu penso que depois que conhecemos bem os malefícios do vício e os benefícios do reboot mesmo que nos entreguemos ao vício sempre vai ficar aquela voz na consciência nos chamando pra tentar mais uma vez.

como diz Raul Seixas: Não pense que a cabeça aguenta se você parar, tente outra vez.


Levantar sempre.

Concordo com vc em tudo o que vc colocou. Essa comparação não nos serve e é injusta. E esses pensamentos são sempre de autossabotagem e às vezes bem pessimistas, sempre me fazendo duvidar das coisas e voltar à zona de conforto. Mas seguimos.

Tamo junto.

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t11644-diario-do-gatsby
Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty T24, d5

29/7/2021, 23:10
Blz galera, chegando ao dia 5, e vamos ao resumo até aqui.

Reiniciei meu contador e domingo foi meu dia 1. Foi um dia bem parado onde passei por uma breve e leve crise depressiva e existencial, onde refleti sobre alguns problemas na minha vida.

No dia 2 acordei um pouco melhor e fiz minhas atividades do dia normalmente. Nada de vontade de PMO.

A partir do dia 3 comecei a me sentir muito melhor e até bem comigo mesmo. Fiquei um pouco mais animado no geral e tive uma sensação de esperança de que as coisas podem sim melhorar e que estou no caminho certo. Passei no médico e ele me aliviou um pouco dizendo que é bem possível que a causa dos meus episódios de DE tenha sido psicológica, por nervosismo. Comecei a ver um aumento da sensibilidade peniana novamente. Ainda sem vontade de PMO. Porém, estou passando por uma flatline terrível. Não sinto nada de libido, acordo sem ereções nem meia bomba e ao longo do dia não tive ereções espontâneas, a não ser por uma vez ou outra que lembrei de uma mulher com quem estive. Por causa disso, no dia 4 tive uns pensamentos de me testar para ver alguma atividade lá. Mas sinto que mesmo assim não adiantaria, a atividade lá é zero. E isso tem sido bastante chato. Mas como já disseram aqui, para quê essa pressão por ficar excitado a todo momento? Eu nem vou usar agora para os fins que quero hahahhah

Hoje, dia 5, tudo seguiu normalmente. Resumindo o trajeto até aqui, estou sem vontade de PMO, nem mesmo aquela vontade de ver o que foi postado ou aquela saudadezinha daquilo que gostava de ver. Nem substitutos de P. Sem ereções matinais, Libido zero. Acho que só tenho que tomar cuidado com esses pensamentos de testes.

Mas vamos seguir. Rumo a 7 dias novamente.

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t11644-diario-do-gatsby
Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

2/8/2021, 12:47
Nos últimos dias passei brevemente por alguns posts do meu diário e percebi como estou sendo repetitivo, seja pelo que escrevo, seja pelas recaídas, O que me faz perceber que o motivo pelas quedas tem sido sempre o mesmo: ansiedade, impaciência, falta de persistência. Sobre os bloqueadores, eu até tenho um, mas preciso desativar às vezes para usar alguns sites, como o próprio fórum. Mas só de ter instalado já é um alerta para mim. É reconhecer que meus impulsos são mais fortes.

Como veem, tive mais uma recaída após 7 dias. Olhando para trás, vejo que é só isso mesmo que tenho conseguido até aqui, uma média de 7 dias e logo depois recaída. Apesar de focar em outras coisas no dia a dia, sempre fico cercado de dúvidas e toco o f*da-se. Foi o que aconteceu da última vez. Não recaí em PMO, somente assisti P por vontade de me testar. Sou um fraco por isso.

Mais tarde volto para compartilhar mais uma atualização.

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t11644-diario-do-gatsby

Rottweiler gosta desta mensagem

avatar
Convidado
Convidado

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

2/8/2021, 12:57
Jay escreveu:Nos últimos dias passei brevemente por alguns posts do meu diário e percebi como estou sendo repetitivo, seja pelo que escrevo, seja pelas recaídas, O que me faz perceber que o motivo pelas quedas tem sido sempre o mesmo: ansiedade, impaciência, falta de persistência. Sobre os bloqueadores, eu até tenho um, mas preciso desativar às vezes para usar alguns sites, como o próprio fórum. Mas só de ter instalado já é um alerta para mim. É reconhecer que meus impulsos são mais fortes.

Como veem, tive mais uma recaída após 7 dias. Olhando para trás, vejo que é só isso mesmo que tenho conseguido até aqui, uma média de 7 dias e logo depois recaída. Apesar de focar em outras coisas no dia a dia, sempre fico cercado de dúvidas e toco o f*da-se. Foi o que aconteceu da última vez. Não recaí em PMO, somente assisti P por vontade de me testar. Sou um fraco por isso.

Mais tarde volto para compartilhar mais uma atualização.
estava igual vc não conseguindo passar de 7 dias e agora estou ha 10 dias de completar 1 mes no hard mode, o que me ajudou foi mudar meus habitos, minhas recaídas eram sempre na madrugada antes de dormir com o celular na mão, agora vou pra cama e mesmo sem sono nao pego o celular, outra ação que tem me ajudado muito é confrontar o pensamento de assistir p.m.o, toda vez que me vem a vontade que é inevitável eu digo a mim mesmo que se eu recair voltarei a estaca zero e nunca vou sair desse looping, que nunca vou me curar, ainda mais que adquiri E.P e o reboot é a peça fundamental pra me curar, crie rotina pra que nao tenha tempo pra cair na armadilha, estou 1 mes na academia e tem me ajudado muito, tbm estou indo um psicologo sexologo que tem sido fundamental, é muito bom poder desabafar com um profissional que sabe o quão malefico é o vicio e te instrui com alternativas pra conseguir quebrar esse ciclo vicioso, muita força jay e nao desista
Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Dia 0

4/8/2021, 01:05
É, meus amigos, os dias não foram legais pra mim.

Após recair, decidi reiniciar logo em seguida no dia 1 de agosto. Seria simbólico recomeçar no primeiro dia de um novo mês. Porém, no segundo dia não sei exatamente o que me deu. Estava eu de noite no quarto antes de dormir usando o computador, até que o impulso de me testar e aproveitar a sensibilidade peniana que tenho sentido conforme reduzi PMO foi maior e cedi. Em seguida, houve uma racionalização do tipo "já caiu mesmo, agora bate uma pela última vez". Quando me dei conta do que estava acontecendo pensei "mas que m**** eu to fazendo da minha vida?". E me vi novamente frustrado. Ontem iria reiniciar novamente no dia 3, porém, continuei na mesma. Portanto, dia 0. Usei para refletir sobre algumas coisas ao longo do dia. Estive vendo alguns vídeos sobre vícios em geral, e de novo, preciso reconhecer que estou viciado e isso tem prejudicado minha vida.

Ao longo desse tempo, aprendi que qualquer excesso na verdade revela a falta de algo. No meu caso, esse excesso de PMO que me levou ao vício foi fruto de carência afetiva e sexual. Por falta de oportunidades nessas áreas, acabei recorrendo a PMO para me proporcionar prazer. Por isso, quando surgem alguns pensamentos de comparação com outros que estão vivendo sua sexualidade livre e facilmente, o que infelizmente acontece, sinto que não aproveitei nada. Ou seja, no fundo, isso reflete uma inveja por não ter aquilo que gostaria. E novamente, essa frustração leva de volta ao vício. Isso é algo que tenho que lidar e já estou refletindo sobre isso.

Se estiver escrevendo demais aqui e se meu diário estiver soando repetitivo, pessimista e decepcionante na visão de vocês, peço que me desculpem, não é minha intenção compartilhar negatividade aqui. Mas essa é a minha realidade no momento.

O jeito é não desistir. O que passou, passou. O passado já foi e o futuro ainda não está dado. Reiniciando mais uma vez para uma mudança de vida. Vamos juntos.

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t11644-diario-do-gatsby

Rottweiler gosta desta mensagem

avatar
Convidado
Convidado

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

4/8/2021, 15:48
Jay escreveu:É, meus amigos, os dias não foram legais pra mim.

Após recair, decidi reiniciar logo em seguida no dia 1 de agosto. Seria simbólico recomeçar no primeiro dia de um novo mês. Porém, no segundo dia não sei exatamente o que me deu. Estava eu de noite no quarto antes de dormir usando o computador, até que o impulso de me testar e aproveitar a sensibilidade peniana que tenho sentido conforme reduzi PMO foi maior e cedi. Em seguida, houve uma racionalização do tipo "já caiu mesmo, agora bate uma pela última vez". Quando me dei conta do que estava acontecendo pensei "mas que m**** eu to fazendo da minha vida?". E me vi novamente frustrado. Ontem iria reiniciar novamente no dia 3, porém, continuei na mesma. Portanto, dia 0. Usei para refletir sobre algumas coisas ao longo do dia. Estive vendo alguns vídeos sobre vícios em geral, e de novo, preciso reconhecer que estou viciado e isso tem prejudicado minha vida.

Ao longo desse tempo, aprendi que qualquer excesso na verdade revela a falta de algo. No meu caso, esse excesso de PMO que me levou ao vício foi fruto de carência afetiva e sexual. Por falta de oportunidades nessas áreas, acabei recorrendo a PMO para me proporcionar prazer. Por isso, quando surgem alguns pensamentos de comparação com outros que estão vivendo sua sexualidade livre e facilmente, o que infelizmente acontece, sinto que não aproveitei nada. Ou seja, no fundo, isso reflete uma inveja por não ter aquilo que gostaria. E novamente, essa frustração leva de volta ao vício. Isso é algo que tenho que lidar e já estou refletindo sobre isso.

Se estiver escrevendo demais aqui e se meu diário estiver soando repetitivo, pessimista e decepcionante na visão de vocês, peço que me desculpem, não é minha intenção compartilhar negatividade aqui. Mas essa é a minha realidade no momento.

O jeito é não desistir. O que passou, passou. O passado já foi e o futuro ainda não está dado. Reiniciando mais uma vez para uma mudança de vida. Vamos juntos.
força jay, acompanhando sua luta e sei que uma hora vc vai conseguir se livrar desse vicio, nós todos iremos, sei exatamente como vc se sente pq tbm tenho inveja da vida sexual dos “normais”, sofro de E.P ocasionada pela p.m.o e demorei demais pra perceber que era viciado, me custou um relacionamento, estou no meu melhor momento de reboot após 1 ano que reconheci que sofria do vicio, estou ha 23 dias sem P e virei a chave de entender que se eu nao vencer esse vicio nunca poderei ter um relacionamento de novo e nem ser normal de novo, isso me custou muita coisa ruim e a unica solução é a abstinencia completa de fantasias pornograficas e a pornografia, não desista e tente botar na balança os minutos de prazer com os dias de frustração, isso que me ajudou a não ceder a vontade q inevitavelmente sempre vem, fique com deus e força
Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

4/8/2021, 23:12
GuerreiroDeFé escreveu:
Jay escreveu:É, meus amigos, os dias não foram legais pra mim.

Após recair, decidi reiniciar logo em seguida no dia 1 de agosto. Seria simbólico recomeçar no primeiro dia de um novo mês. Porém, no segundo dia não sei exatamente o que me deu. Estava eu de noite no quarto antes de dormir usando o computador, até que o impulso de me testar e aproveitar a sensibilidade peniana que tenho sentido conforme reduzi PMO foi maior e cedi. Em seguida, houve uma racionalização do tipo "já caiu mesmo, agora bate uma pela última vez". Quando me dei conta do que estava acontecendo pensei "mas que m**** eu to fazendo da minha vida?". E me vi novamente frustrado. Ontem iria reiniciar novamente no dia 3, porém, continuei na mesma. Portanto, dia 0. Usei para refletir sobre algumas coisas ao longo do dia. Estive vendo alguns vídeos sobre vícios em geral, e de novo, preciso reconhecer que estou viciado e isso tem prejudicado minha vida.

Ao longo desse tempo, aprendi que qualquer excesso na verdade revela a falta de algo. No meu caso, esse excesso de PMO que me levou ao vício foi fruto de carência afetiva e sexual. Por falta de oportunidades nessas áreas, acabei recorrendo a PMO para me proporcionar prazer. Por isso, quando surgem alguns pensamentos de comparação com outros que estão vivendo sua sexualidade livre e facilmente, o que infelizmente acontece, sinto que não aproveitei nada. Ou seja, no fundo, isso reflete uma inveja por não ter aquilo que gostaria. E novamente, essa frustração leva de volta ao vício. Isso é algo que tenho que lidar e já estou refletindo sobre isso.

Se estiver escrevendo demais aqui e se meu diário estiver soando repetitivo, pessimista e decepcionante na visão de vocês, peço que me desculpem, não é minha intenção compartilhar negatividade aqui. Mas essa é a minha realidade no momento.

O jeito é não desistir. O que passou, passou. O passado já foi e o futuro ainda não está dado. Reiniciando mais uma vez para uma mudança de vida. Vamos juntos.
força jay, acompanhando sua luta e sei que uma hora vc vai conseguir se livrar desse vicio, nós todos iremos, sei exatamente como vc se sente pq tbm tenho inveja da vida sexual dos “normais”, sofro de E.P ocasionada pela p.m.o e demorei demais pra perceber que era viciado, me custou um relacionamento, estou no meu melhor momento de reboot após 1 ano que reconheci que sofria do vicio, estou ha 23 dias sem P e virei a chave de entender que se eu nao vencer esse vicio nunca poderei ter um relacionamento de novo e nem ser normal de novo, isso me custou muita coisa ruim e a unica solução é a abstinencia completa de fantasias pornograficas e a pornografia, não desista e tente botar na balança os minutos de prazer com os dias de frustração, isso que me ajudou a não ceder a vontade q inevitavelmente sempre vem, fique com deus e força

Obrigado pela força e parabéns pelos seus dias. Espero que vc sinta as melhoras e depois conte pra gente.

Realmente, ter um vício como esse é extremamente problemático, e a gente só percebe quando tem prejuízos, tipo uma DE, EP, perda de relacionamento etc. Sobre a inveja, a gente precisa aprender a lidar, encontrar meios de evitar as comparações e não ser atingido por elas. Mas a gente tem que focar em superar tudo isso, não dá pra deixar pra depois pq a vida ta passando. Então vamo pra cima.

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t11644-diario-do-gatsby
Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Continuação do desabafo; T26, d1

4/8/2021, 23:51
Meus amigos, estive lendo alguns relatos aqui e certas inseguranças minhas tmb aparecem em outros diários, o que é de se esperar, afinal eu não sou muito diferente dos outros. E é meio desesperador saber que tantas pessoas passam por tantos problemas. Às vezes aparecem algumas neuras do tipo "e se meu problema for permanente?", "se eu estiver brocha mesmo e não conseguir me relacionar mais por isso?", "e se eu ficar refém de viagra?", "o que será da minha vida com uma frustração sexual dessa dimensão?". De outras vezes, essas neuras vieram junto com o pensamento de que se for isso mesmo, então eu devia me entregar e viver frustrado e de maneira medíocre o restante da minha vida. Também me pergunto o pq para algumas pessoas é tão fácil se relacionar e ter uma vida afetiva e sexual prazerosa e satisfatória, e para outros isso é extremamente complicado. No fundo eu só queria ser normal como o restante das pessoas. Me sinto meio dividido em diferentes momentos. As vezes, desesperançado por medo de ser permanente, em outros esperançado e um pouco aliviado com os dizeres médicos de que pode ser psicológico e devo resolver certas questões emocionais. Acredito que se estou passando por isso é por não ter tido muita experiência sexual e me refugiado em PMO, então, isso moldou toda minha representação do que é sexo. Por causa desse problema, acabo ficando nervoso, ansioso, e volto a recair. Mas sei que preciso tentar mais uma vez e fazer aquilo que estiver ao meu alcance, pois sinto medo do fracassado que eu me tornaria caso cedesse e vivesse uma vida de PMO compulsiva, não quero ser aquele estereótipo do cara esquisito, isolado, que se refugia na PMO no quarto. Talvez eu precise mesmo de alguém para ficar e ir me reconectando com as sensações reais, ir me conhecendo, saber do que gosto, pq minhas experiências não foram legais, não senti prazer com oral, por exemplo.

Mas enfim, falando sobre o dia de hoje, reiniciei meu contador e chego novamente ao meu dia 1. Já foram 25 tentativas dentro de 6 meses. 6 meses "perdidos" em que sinto que não vivi, só sobrevivi, mas que posso tentar tirar algum aprendizado. Hoje o dia foi meio lento. Estive desanimado por tantas recaídas e por causa dessas neuras que voltaram a aparecer. Dormi de tarde, fiz algumas coisas em casa. Zero libido. Sem ereções matinais e espontâneas ao longo do dia. Sem vontade de PMO, apesar de pensar em me testar, talvez por influência das sessões de ontem. Isso é só o começo. Vamos para mais um dia.

Rottweiler gosta desta mensagem

Guilherme96
Guilherme96
Mensagens : 200
Data de inscrição : 11/10/2016
Idade : 25

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

5/8/2021, 00:30
Fala Jay, me identifiquei muito no seu último relato, eu também tenho muita carência por minha vida amorosa ser um fiasco e acabo buscando na PMO um refúgio pra essa realidade, e muitas vezes me comparo com amigos até mais novos com uma vida amorosa ativa enquanto eu me vejo paralisado por conta do vício. Mas sabe, não vale a pena ficar nos comparando com outros, a grama do vizinho sempre vai parecer mais verde e cada um tem seu tempo e sua hora. Concentre se no seu desenvolvimento pessoal e procure dificultar mais o acesso a P, bom recomeço.

Jay gosta desta mensagem

Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Dia 2

6/8/2021, 01:01
Bom, vamos lá. Dia 2 finalizado com sucesso.

A madrugada foi um pouco complicada por motivos existenciais, estive me sentindo meio vazio e sem perspectiva pelos motivos que já mencionei, pelo medo de que os problemas sejam permanentes. Percebo que estar passando por isso e tentar reverter o quadro me faz ficar ansioso pelos resultados, e esses são com finalidade de manter as minhas ereções e me relacionar sexualmente. Assim, acabo me cobrando e colocando muita importância em questões sexuais, como se minha vira girasse em torno disso. É importante? Sim, mas é só uma parte. Apesar disso, consegui dormir bem essa noite. Sem ereção matinal, mas até tive uma leve energia lá num momento do dia, um princípio de ereção, mas passou, não me permiti fantasiar para testar uma ereção. Libido zero. Dia pouco produtivo, mas sem vontade nenhuma de PMO. Sinto que colocando meu vício em perspectiva, vejo que ele já me prejudicou muito, o que me faz ter raiva de P e não querer mais isso pra mim.

Aos poucos a autoestima vai voltando junto da coragem de seguir. Comecei a diminuir um pouco essa sensação de fatalismo que minha mente me diz sobre a permanência dos problemas, comecei a ver novamente que as coisas não estão perdidas, posso superar isso, mas é preciso paciência. Então, terminei meu dia 2.

Vlw, até a próxima.

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t11644-diario-do-gatsby

Rottweiler gosta desta mensagem

freedom.ever
freedom.ever
Mensagens : 205
Data de inscrição : 30/07/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

6/8/2021, 08:03
Oi, Jay! Eu tenho uns problemas com ansiedade... Então em vez de pensar nos 90 dias ou ficar contando dia a dia, eu simplesmente estou buscando ficar o dia atual sem PMO. Então falo para mim mesmo: Vou ficar só hoje sem PMO, apenas hoje. E cada dia vou repetindo apenas esse objetivo.
Ainda estou no início, vou completar uma semana hoje, mas esse pensamento tem me ajudado.

Sigamos firmes!

Jay gosta desta mensagem

vierkenes
vierkenes
Mensagens : 792
Data de inscrição : 25/03/2016

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

6/8/2021, 11:42
Meu caro Jay, me identifiquei um pouco com sua situação, e achei que poderia te falar algo de útil. Só li a primeira e a última página de seu diário. Eu nem sei exatamente por onde começar, pois poderia te falar muitas coisas...mas vamos lá.

Começo dizendo que tenho uma história parecida com a sua nesse sentido sexual. Eu digo isso até pra te confortar. Você está LONGE de ser o único cara que não tem uma vida sexual ativa, prazerosa, natural e saudável. Longe mesmo! Uma coisa interessante é que há muitos homens que gostam de contar vantagens (conheço vários assim). Muitas vezes mentem mesmo, veja que coisa. Enquanto por outro lado, quem tem problemas nessa área não costuma partilhar com os amigos. De qualquer modo, perceba que os problemas nessa área são GERAIS, pois temos UMA QUANTIDADE GRANDE DE PESSOAS VICIADAS EM PORNOGRAFIA. E aqui não conta se a pessoa é casada, namora, ou o que for. Veja, ter sexo com frequência pode não significar NADA. A pessoa pode transar mil vezes, e ser uma bosta em 99% das vezes. E muito disso por conta do vício em porn, não se engane! E as pessoas casadas? Pare pra pensar o quanto isso é triste. As vezes pode bater uma inveja, como você disse, de um cara que namora, é casado, etc. Mas e se esse cara for viciado em porn? Sabe, ele pode até ter uma parceira muito bonita, pode transar as vezes, mas tenha a certeza meu amigo, de que esse é outro desafio muito grande. Talvez seja até pior, porque envolve diretamente uma outra pessoa. Imagine como não deve ser, você namorando, viciado em porn, ai vai e falha com a mulher que diz que ama. É pesado, amigo!

Meu caro, preste atenção nisso. Cada um é um. Você não tem como saber os problemas que cada um passa. Você não deve se comparar com os outros, pois CADA PERCUSSO É ÚNICO. Você nunca vai saber com detalhes a vida dos outros. As vezes a pessoa parece feliz, porque tem um excelente emprego, porque tem uma família, um relacionamento estável, mas o que se passa por trás, nunca sabemos. Até mesmo porque o vício em pornografia se dá nas sombras. Aqui no fórum falamos sobre isso, mas sabemos que é um vício "secreto", e que dificilmente as pessoas falam sobre isso abertamente.

Bom, eu te digo que tenho 32 anos, perdi minha virgindade com 28, e depois de ter um relacionamento de 6 meses, passei 4 anos até tocar uma mulher de novo.

Eu te digo: continue se esforçando ao máximo pra acabar com o vício em porn. É o melhor conselho que posso te dar.

O caminho é fácil? Não! Vai ser rápido? Não! Vai resolver todos os seus problemas? Não! É preciso ser realista!

Estou querendo te desmotivar ao falar isso? JAMAIS! Ao contrário. As coisas boas levam tempo. Dedicação. Cultivo. Treino. Isso é assim com tudo na vida. As coisas levam tempo pra crescer, meu amigo! Nós mesmos estamos crescendo, mesmo depois de 20 ou 30 anos após nosso nascimento.

Acho que o grande problema é que por causa do vício, acostumamos nossos cérebros ao esforço zero. A ter tudo na hora que ele quer. Como uma criança pequena, sabe? Mas a vida real não funciona assim. Não existe isso de "quero gozar, agora". A não ser que você pague uma prostituta - definitivamente, não recomendo essa prática. Falo da prostituição por também ser algo imediatista. Enfim, somos adultos! Vão acontecer várias coisas que não gostaríamos que acontecesse. Até mesmo nesse campo afetivo/sexual. Mas para nosso bem e nosso crescimento, convém se afastar dessa lógica de esforço zero. De "quero gozar agora". De certo modo, é um lado infantil e imaturo nosso, que ainda resiste a lógica do esforço, da perseverança, do trabalho. Isso é normal, hein. Não se sinta culpado, de jeito nenhum. Ao contrário, se livre da culpa. E não se julgue em excesso!

Amigo, não confie em resultados rápidos para problemas complexos que vem de muito tempo. Não existe isso!

Contudo, não fique desmotivado pelo tamanho do percurso!

Quanto tempo você passou viciado em porn? Muitos e muitos anos, certo? É justo e natural levar alguns anos pra recuperar totalmente a saúde.

Na verdade, você pode conseguir até em menos tempo, mas isso depende diretamente do seu esforço e força de vontade. Está em suas mãos, apenas!

Assuma a responsabilidade de sua vida. Nós aqui orientamos, ajudamos, damos força. Mas só você tem acesso ao seu corpo, ao seu computador. O trabalho duro é seu! E isso é bom, pois é uma oportunidade de te deixar forte!

Sim, veja o vício como uma oportunidade. De deixar você forte. É tipo um treino. É parecido com uma academia. No início, levantamos um peso leve, ficamos quebrados com poucas repetições, achamos que não vamos conseguir. Dá vontade de desistir.

Porém, a academia serve EXATAMENTE para isso. Para aumentar a força e a resistência ao estresse. Pra fortalecer nossa mente. Assim, não vamos desistir tão rápido. Reboot é treino pra vida, irmão. Irá te beneficiar em TODOS OS CAMPOS DE SUA VIDA, não só no sexual.

Aproveite a oportunidade abençoada de estar nesse fórum, de ter amigos que te acompanham, e que desejam do fundo do coração que você se liberte desse vício. Sempre iremos te ajudar e te apoiar. Sempre.

No mais, quem quer se curar com tudo que tiver direito, tem que aprender A OLHAR PRA FRENTE!

Meu caro, todos nós já fizemos merdas muito grandes durante a vida. Incluindo por causa do vício em porn.

Vou dar meu exemplo. Eu passei muitos anos reclamando da minha situação familiar. Apontava o dedo para os meus pais e julgava eles de modo cruel. Um verdadeiro general. Mas e a minha parte? O que eu estava fazendo? Estava no computador batendo punheta!

Sabe, não sei se você alcançou marcas maiores, mas eu te digo que com o vício, a gente fica, burro, preguiçoso, egoísta, auto centrado. Nosso amor diminui. Nossa energia diminui. Diminui o foco, a concentração, TUDO. Esse vicio afeta TUDO na vida de uma pessoa.

Logo, eu estava contribuindo enormemente pro mal estar na minha casa. Posteriormente me senti culpado por ter agido de forma tão rígida com meus familiares. Sem em nenhum momento olhar pra o que eu estava efetivamente fazendo pra mudar a situação.

Hoje, me encontro em outra cidade, e estou feliz aqui. Tenho uma ótima relação com meus pais.

Portanto amigo, PERDÃO e OLHAR PRA FRENTE são duas coisas que você vai ter que aprender em algum ponto desse processo.

Acredite, as melhores oportunidades estão por vir!

Eu não falo isso em tom de auto ajuda barata. Falo por ser verdade! Se você tiver 25 anos, pode estar longe de atingir sua maturidade.

Tenha calma!

É vital se perdoar pelos anos de vício. Assim, não ficamos achando que "destruímos" nossa vida. Ao contrário, foi tudo aprendizado. Aliás, cada tentativa de reboot é aprendizado. Mesmo que você caia em algum momento.

Se temos que repetir a lição, é porque ainda não aprendemos tudo o que é necessário. É bem simples na verdade.

Tenho mais algumas coisas pra falar sobre essa questão sexual, já que percebo que é algo que te aflige bastante.

1 - O primeiro ponto (preste atenção nisso, porque é muito importante) é que o consumo de porn aumenta exponencialmente o sentimento de frustração sexual. Sim! Quanto mais gente transando você assistir, mais sua mente vai pensar nisso, mais sua mente vai te jogar pra frustração! Você se sente mal por não transar, e ai o que você vai ver? Caras fortes transando com mulheres atraentes. Homens que muitas vezes tem que tomar viagra pra manter uma ereção anti natural, "transando" com mulheres que sem maquiagem e photoshop são como qualquer mulher que passa na rua. Perceba como tudo é feito para diminuir sua auto estima!

Quer acabar com a frustração sexual na sua vida? Pare de ver porn!

2 - Entenda que na verdade, sabemos pouco o que é sexo de fato. Pois fomos educados pela pornografia, que nos faz pensar que podemos gozar a qualquer hora, que a mulher existe para nos servir sexualmente, etc. Na vida real a coisa não é exatamente assim. Pode levar um bom tempo pra gente conseguir se reconectar com a realidade. Com a verdade das coisas. Mas ai só largando o porn!

3 - Se seu caso de DE for induzido por porn, tenha a certeza absoluta de que tem solução. Aliás, além de resolver sua DE, você terá MUITO MAIS PRAZER. Isso é verdade! Cortando a pornografia de sua vida, o prazer com o sexo aumenta de uma forma absurda.

4 - Percebo que você tem problemas pra arranjar uma parceira. Veja bem, na minha visão particular da coisa, ter problemas emocionais ou psicológicos que atrapalham a capacidade de arranjar uma parceira interferem muito negativamente no combate ao vício em porn.

Eu posso falar muito bem sobre isso, porque perdi a virgindade com 28 anos.

Essa é uma questão complexa, a qual você deve dedicar algum tempo de reflexão honesta afim de resolver.

Não crie falsas expectativas com o reboot, no sentido de que com 100 dias de reboot, você vai virar o garanhão que vai pegar todas. Isso é falso. Inclusive, você pode perfeitamente continuar com os mesmos bloqueios, com a auto estima baixa, etc. Isso aí tudo. Lá no início do reboot eu achava que era só largar a pornografia. Já atingi mais de 90 dias umas 4 vezes, e nem por isso fiquei com ninguém. É preciso não misturar alhos com bugalhos.

Você deve refletir a fundo sobre os motivos e razões que te levam a não se expressar bem sexualmente pra uma mulher.

Já digo alguns possíveis motivos: 1 - auto estima muito baixa 2 - timidez, medo 3 - conceitos equivocados do que seja sexo 4 - traumas, memórias negativas em relação a isso. Etc,

Se você puder buscar algum tipo de terapia, isso ajudaria DEMAIS. Pois a meu ver, se trata de uma questão de certa complexidade, a qual você pode levar muito tempo pra resolver sozinho. Contando com o apoio de técnicas, e de um terapeuta, a coisa pode progredir bem melhor. Peço que considere isso.

Acho que já falei o suficiente.

Pode olhar meu diário, se quiser.

Estamos aqui pra nos fortalecer, amigo.

Te desejo um ótimo reboot, e espero realmente ter uma influência positiva sobre você. Diminuir um pouco sua aflição e te dar ânimo pra lugar.

Sucesso!

Jay gosta desta mensagem

Jay
Jay
Mensagens : 130
Data de inscrição : 13/03/2021

Diário do Gatsby - Página 4 Empty Re: Diário do Gatsby

8/8/2021, 22:49
vierkenes escreveu:Meu caro Jay, me identifiquei um pouco com sua situação, e achei que poderia te falar algo de útil. Só li a primeira e a última página de seu diário. Eu nem sei exatamente por onde começar, pois poderia te falar muitas coisas...mas vamos lá.

Começo dizendo que tenho uma história parecida com a sua nesse sentido sexual. Eu digo isso até pra te confortar. Você está LONGE de ser o único cara que não tem uma vida sexual ativa, prazerosa, natural e saudável. Longe mesmo! Uma coisa interessante é que há muitos homens que gostam de contar vantagens (conheço vários assim). Muitas vezes mentem mesmo, veja que coisa. Enquanto por outro lado, quem tem problemas nessa área não costuma partilhar com os amigos. De qualquer modo, perceba que os problemas nessa área são GERAIS, pois temos UMA QUANTIDADE GRANDE DE PESSOAS VICIADAS EM PORNOGRAFIA. E aqui não conta se a pessoa é casada, namora, ou o que for. Veja, ter sexo com frequência pode não significar NADA. A pessoa pode transar mil vezes, e ser uma bosta em 99% das vezes. E muito disso por conta do vício em porn, não se engane! E as pessoas casadas? Pare pra pensar o quanto isso é triste. As vezes pode bater uma inveja, como você disse, de um cara que namora, é casado, etc. Mas e se esse cara for viciado em porn? Sabe, ele pode até ter uma parceira muito bonita, pode transar as vezes, mas tenha a certeza meu amigo, de que esse é outro desafio muito grande. Talvez seja até pior, porque envolve diretamente uma outra pessoa. Imagine como não deve ser, você namorando, viciado em porn, ai vai e falha com a mulher que diz que ama. É pesado, amigo!

Meu caro, preste atenção nisso. Cada um é um. Você não tem como saber os problemas que cada um passa. Você não deve se comparar com os outros, pois CADA PERCUSSO É ÚNICO. Você nunca vai saber com detalhes a vida dos outros. As vezes a pessoa parece feliz, porque tem um excelente emprego, porque tem uma família, um relacionamento estável, mas o que se passa por trás, nunca sabemos. Até mesmo porque o vício em pornografia se dá nas sombras. Aqui no fórum falamos sobre isso, mas sabemos que é um vício "secreto", e que dificilmente as pessoas falam sobre isso abertamente.

Bom, eu te digo que tenho 32 anos, perdi minha virgindade com 28, e depois de ter um relacionamento de 6 meses, passei 4 anos até tocar uma mulher de novo.

Eu te digo: continue se esforçando ao máximo pra acabar com o vício em porn. É o melhor conselho que posso te dar.

O caminho é fácil? Não! Vai ser rápido? Não! Vai resolver todos os seus problemas? Não! É preciso ser realista!

Estou querendo te desmotivar ao falar isso? JAMAIS! Ao contrário. As coisas boas levam tempo. Dedicação. Cultivo. Treino. Isso é assim com tudo na vida. As coisas levam tempo pra crescer, meu amigo! Nós mesmos estamos crescendo, mesmo depois de 20 ou 30 anos após nosso nascimento.

Acho que o grande problema é que por causa do vício, acostumamos nossos cérebros ao esforço zero. A ter tudo na hora que ele quer. Como uma criança pequena, sabe? Mas a vida real não funciona assim. Não existe isso de "quero gozar, agora". A não ser que você pague uma prostituta - definitivamente, não recomendo essa prática. Falo da prostituição por também ser algo imediatista. Enfim, somos adultos! Vão acontecer várias coisas que não gostaríamos que acontecesse. Até mesmo nesse campo afetivo/sexual. Mas para nosso bem e nosso crescimento, convém se afastar dessa lógica de esforço zero. De "quero gozar agora". De certo modo, é um lado infantil e imaturo nosso, que ainda resiste a lógica do esforço, da perseverança, do trabalho. Isso é normal, hein. Não se sinta culpado, de jeito nenhum. Ao contrário, se livre da culpa. E não se julgue em excesso!

Amigo, não confie em resultados rápidos para problemas complexos que vem de muito tempo. Não existe isso!

Contudo, não fique desmotivado pelo tamanho do percurso!

Quanto tempo você passou viciado em porn? Muitos e muitos anos, certo? É justo e natural levar alguns anos pra recuperar totalmente a saúde.

Na verdade, você pode conseguir até em menos tempo, mas isso depende diretamente do seu esforço e força de vontade. Está em suas mãos, apenas!

Assuma a responsabilidade de sua vida. Nós aqui orientamos, ajudamos, damos força. Mas só você tem acesso ao seu corpo, ao seu computador. O trabalho duro é seu! E isso é bom, pois é uma oportunidade de te deixar forte!

Sim, veja o vício como uma oportunidade. De deixar você forte. É tipo um treino. É parecido com uma academia. No início, levantamos um peso leve, ficamos quebrados com poucas repetições, achamos que não vamos conseguir. Dá vontade de desistir.

Porém, a academia serve EXATAMENTE para isso. Para aumentar a força e a resistência ao estresse. Pra fortalecer nossa mente. Assim, não vamos desistir tão rápido. Reboot é treino pra vida, irmão. Irá te beneficiar em TODOS OS CAMPOS DE SUA VIDA, não só no sexual.

Aproveite a oportunidade abençoada de estar nesse fórum, de ter amigos que te acompanham, e que desejam do fundo do coração que você se liberte desse vício. Sempre iremos te ajudar e te apoiar. Sempre.

No mais, quem quer se curar com tudo que tiver direito, tem que aprender  A OLHAR PRA FRENTE!

Meu caro, todos nós já fizemos merdas muito grandes durante a vida. Incluindo por causa do vício em porn.

Vou dar meu exemplo. Eu passei muitos anos reclamando da minha situação familiar. Apontava o dedo para os meus pais e julgava eles de modo cruel. Um verdadeiro general. Mas e a minha parte? O que eu estava fazendo? Estava no computador batendo punheta!

Sabe, não sei se você alcançou marcas maiores, mas eu te digo que com o vício, a gente fica, burro, preguiçoso, egoísta, auto centrado. Nosso amor diminui. Nossa energia diminui. Diminui o foco, a concentração, TUDO. Esse vicio afeta TUDO na vida de uma pessoa.

Logo, eu estava contribuindo enormemente pro mal estar na minha casa. Posteriormente me senti culpado por ter agido de forma tão rígida com meus familiares. Sem em nenhum momento olhar pra o que eu estava efetivamente fazendo pra mudar a situação.

Hoje, me encontro em outra cidade, e estou feliz aqui. Tenho uma ótima relação com meus pais.

Portanto amigo, PERDÃO e OLHAR PRA FRENTE são duas coisas que você vai ter que aprender em algum ponto desse processo.

Acredite, as melhores oportunidades estão por vir!

Eu não falo isso em tom de auto ajuda barata. Falo por ser verdade! Se você tiver 25 anos, pode estar longe de atingir sua maturidade.

Tenha calma!

É vital se perdoar pelos anos de vício. Assim, não ficamos achando que "destruímos" nossa vida. Ao contrário, foi tudo aprendizado. Aliás, cada tentativa de reboot é aprendizado. Mesmo que você caia em algum momento.

Se temos que repetir a lição, é porque ainda não aprendemos tudo o que é necessário. É bem simples na verdade.

Tenho mais algumas coisas pra falar sobre essa questão sexual, já que percebo que é algo que te aflige bastante.

1 - O primeiro ponto (preste atenção nisso, porque é muito importante) é que o consumo de porn aumenta exponencialmente o sentimento de frustração sexual. Sim! Quanto mais gente transando você assistir, mais sua mente vai pensar nisso, mais sua mente vai te jogar pra frustração! Você se sente mal por não transar, e ai o que você vai ver? Caras fortes transando com mulheres atraentes. Homens que muitas vezes tem que tomar viagra pra manter uma ereção anti natural, "transando" com mulheres que sem maquiagem e photoshop são como qualquer mulher que passa na rua. Perceba como tudo é feito para diminuir sua auto estima!

Quer acabar com a frustração sexual na sua vida? Pare de ver porn!

2 - Entenda que na verdade, sabemos pouco o que é sexo de fato. Pois fomos educados pela pornografia, que nos faz pensar que podemos gozar a qualquer hora, que a mulher existe para nos servir sexualmente, etc. Na vida real a coisa não é exatamente assim. Pode levar um bom tempo pra gente conseguir se reconectar com a realidade. Com a verdade das coisas. Mas ai só largando o porn!

3 - Se seu caso de DE for induzido por porn, tenha a certeza absoluta de que tem solução. Aliás, além de resolver sua DE, você terá MUITO MAIS PRAZER. Isso é verdade! Cortando a pornografia de sua vida, o prazer com o sexo aumenta de uma forma absurda.

4 - Percebo que você tem problemas pra arranjar uma parceira. Veja bem, na minha visão particular da coisa, ter problemas emocionais ou psicológicos que atrapalham a capacidade de arranjar uma parceira interferem muito negativamente no combate ao vício em porn.

Eu posso falar muito bem sobre isso, porque perdi a virgindade com 28 anos.

Essa é uma questão complexa, a qual você deve dedicar algum tempo de reflexão honesta afim de resolver.

Não crie falsas expectativas com o reboot, no sentido de que com 100 dias de reboot, você vai virar o garanhão que vai pegar todas. Isso é falso. Inclusive, você pode perfeitamente continuar com os mesmos bloqueios, com a auto estima baixa, etc. Isso aí tudo. Lá no início do reboot eu achava que era só largar a pornografia. Já atingi mais de 90 dias umas 4 vezes, e nem por isso fiquei com ninguém. É preciso não misturar alhos com bugalhos.

Você deve refletir a fundo sobre os motivos e razões que te levam a não se expressar bem sexualmente pra uma mulher.

Já digo alguns possíveis motivos: 1 - auto estima muito baixa  2 - timidez, medo  3 - conceitos equivocados do que seja sexo  4 - traumas, memórias negativas em relação a isso. Etc,

Se você puder buscar algum tipo de terapia, isso ajudaria DEMAIS. Pois a meu ver, se trata de uma questão de certa complexidade, a qual você pode levar muito tempo pra resolver sozinho. Contando com o apoio de técnicas, e de um terapeuta, a coisa pode progredir bem melhor. Peço que considere isso.

Acho que já falei o suficiente.

Pode olhar meu diário, se quiser.

Estamos aqui pra nos fortalecer, amigo.

Te desejo um ótimo reboot, e espero realmente ter uma influência positiva sobre você. Diminuir um pouco sua aflição e te dar ânimo pra lugar.

Sucesso!

E aí, vierkenes! Dei uma olhada no seu diário e acho que temos algumas coisas em comum. Aliás, se estamos todos aqui é pq algo em comum nós temos hahahah

Agradeço pela atenção aqui e pelos conselhos. Uma coisa que tenho para mim é justamente o que vc falou de não criar expectativas irreais com o reboot. Tem gente por aí achando que, por simplesmente deixar de consumir P, vai se transformar num super homem e ter todos os problemas resolvidos. E não é assim que as coisas funcionam. Por isso mesmo é necessário trabalhar outras questões juntamente, mudar o estilo de vida, buscar meios de progredir. E eu sei que é um longo caminho. Porém, mesmo assim, as vezes vejo esse contador e penso que são só poucos dias e logo me vem aquela vontade de largar e voltar à minha zona de conforto, no meu quarto com PMO várias vezes ao dia. Essa saída é muito fácil, e a pior de todas. Mas vamos continuando, lutando a cada dia. E como vc colocou, olhar pra frente, se perdoar pelas merdas que fizemos.

Mas é isso. Novamente, obrigado pela moral aqui.

Até mais e boa sorte na sua caminhada.
Ir para o topo
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos