Ir em baixo
o2Lázaro
o2Lázaro
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/11/2020

D.E, Somatização e HOCD Empty D.E, Somatização e HOCD

25/3/2021, 22:23
Olá, me chamo Lázaro e tenho 25 anos.
Estou no fórum já tem alguns meses mas só agora estou criando a iniciativa de manter meu diário.
Bom diferente de muitos colegas vou contar a história pelo final, e a minha chegada até o fórum junto com a tomada
de conhecimento de que o hábito que à anos me destruia era PMO.

Em junho do ano passado fui confrontado com uma das piores sensações que creio ser possível alguém sentir: HOCD.
É um estado de confusão mental tão absurdo, com implicações físicas e só consigo qualificar como uma fratura mental.
Com esse aparecimento tinha a sensação de uma libido praticamente negativa e um forte enjoo, não conseguia nem ao menos comer direito.
Por cerca de um mês e meio, oscilei ... não tinha vontade de buscar pornografia, a HOCD diminuia e eu voltava aos sites e sentia a volta da HOCD.
Pensei ... a única coisa que mudou foi o consumo de pornografia. Pesquisei algumas coisas pela internet, assisti uma video do Gary Wilson e minha cabeça explodiu.
Não podia acreditar que tudo que passava quase uma década sentindo era fruto da PMO.

O início

Como muitos, tive situações na infância e adolescência em que acumulei mts sentimentos negativos, problemas de auto estima e rejeição.
Percebo também que meu interesse pelo sexo oposto veio de certa forma muito cedo, antes dos 10 anos, isso só aflorou durante a puberdade.
No colégio em que estudei entre meus 10-14 anos, havia muitas meninas bonitas que me chamavam a atenção, algumas se interessavam em mim tbm mas eu não tinha
confiança de tomar uma iniciativa. A masturbação era minha espécie de desafogo para esse frustração.
Nessa fase ainda que já tivesse aquela internet mais lenta, e rolasse revistas, a masturbação era com base em fantasias com as meninas do meu colégio, a mãe de algum vizinho, uma professora ... coisas relativamente naturais.
Mas cada vez mais fui consumindo P por videos em sites.

Sinal de Alerta

Com 15 anos fui para outro colégio, dentre alguns motivos, já não me via como alguém que conseguia socializar com os colegas da antiga escola.
Nesse havia menos meninas, não que fizesse diferença pra mim ... até tinha alguns namoros pela internet, em que vez ou outra rolava beijos, mas não consigo
me imaginar me destacando dentro do colégio de alguma forma para atrair a atenção de uma menina, e tbm ter confiança de chegar junto. Meninas que conhecia em uma situação específica, ou pela internet, me sentia menos pressionado e vez ou outra acabava rolando.

Foi nessa fase que descobri a musculação, no início meio desajeitado e inspirado por alguns colegas próximos, tentei me enveredar nessa atividade.
Comecei com muita timidez, peguei dicas de suplementação, fui avançando e até que em pouco tempo  percebi que levava jeito naquilo.
Alguns colegas que estavam quase a 2 anos tentando ganhar massa muscular, foram rapidamente superados por mim. Era algo inacreditável, eu jamais havia sentido que era bom em nada na vida.

Eu passara a ser tratado com certa admiração mesmo pelas pessoas que sempre se mantiveram indiferentes a mim. Ainda assim não tinha tanta confiança para sair dando ideia em meninas, mas minha auto estima já era enorme para alguém que nunca soubera o que era isso. Tudo que sabia sobre sexo aprendia com os videos, naquela época eu era um garoto de 16 anos, com o corpo de um cara de 22, ou seja ... o herói de todas as histórias que eles criam.

Fundo do poço

Tudo isso iria mudar pouco depois de eu fazer 17 anos, passei a sentir que as ereções não tinham a mesma força quando assistia P.
E logo despencaram. Como um efeito dominó, pouco mais de um mês depois passei a ter uma perda progressiva de massa muscular e muitas dificuldades na hora de urinar. Essa perda de massa muscular segue até hoje, e é difícil explicar. Durante um período de tempo, pode ser de uma semana, meu corpo adquire uma consistência flácida, mole, e depois retoma uma certa rigidez, mas percebe-se uma diminuição no ''tamanho'' muscular, faz sentido?
Esse lance da perda de massa muscular é algo que nunca vi em relato nenhum, no entanto já vi que alguns dos colegas que superaram os malefícios de PMO, perceberam o ganho de massa magra.

Entrei em depressão, estava no último ano do colégio para fazer concurso militar ou prestar vestibular, mas meu psicológico havia sido destruído.
Ficava uma semana inteira sem ir ao colégio, quando ia chegava atrasado e sem disposição alguma.
Fui ao urologista que me passou remédios mas deixando claro que provavelmente não havia nada de errado. Fiz exames, e meus hormônios estavam normais.
Passei a acreditar que algum suplemento havia desregulado minha produção hormonal e não acreditava nos médicos.
Pode parecer libertador ir ao médico e ele te dizer que você não tem nada, mas para mim era muito frustrante.
Eu não havia ingressado na vida sexual e já havia sido condenado a não entrar por essa condição, de repente, do cara modelo que a pornografia vende, eu passei a ser aquele dos quais eles fazem piada.

Convívio com o sofrimento, Somatização

Consegui apesar de tudo passar no vestibular e adentrar uma boa faculdade.
Claramente devido essas condições não aproveitei a vida social desse período da maneira mais plena, mas comecei a namorar aos 19 anos com uma colega.

Um dia estava na praia com essa minha ex namorada e tive uma reação alérgica ao que parecia ser ao Sol.
Fui ao dermatologista e nada. O dermatologista constatou que a alergia devia ser ao calor e não diretamente ao sol, era algo crônico, sem cura e que na prática significava praticamente zerar atividades ao ar livre durante o dia.

Voltando ao namoro, nossa vida sexual não foi das melhores, oscilava muito, de modo que 4 anos depois quando ela decidiu terminar comigo eu fiquei arrasado.
Muito por conta dos malefícios da PMO, ainda que eu nunca tenha contado sobre meus sintomas, mas ela claramente percebeu que havia algo errado.

A menina com a qual havia ingressado a vida sexual junto comigo havia me deixado, para mim era o fim de qualquer chance de um dia ter um relacionamento pleno com
uma mulher. Vivi uma depressão terrível, nessas época já não tinha aulas na faculdade, e nem trabalhava ... via colegas vivendo sua vidas, trabalhando, saindo com
meninas, e nada daquilo parecia feito pra mim. Passei alguns meses com pensamentos suicidas, para quem sabe como é, qualquer tempo com essas coisas na
cabeça é tempo demais. No entanto tinha um forte sentimento de que minha história não poderia ser dessa forma, que eu não devia ter vindo pra essa vida para sofrer
essas coisas e sair dessa forma.

Nessa fase voltei aos médicos para ver se havia alguma distorção na minha produção hormonal, e o resultado foi o mesmo de antes, tudo bem.
Me convenci de que o que eu tinha era algo da mente, mas era estranho porque pra mim era algo que se manifestou fisicamente e logo vieram problemas
de depressão e etc como consequência.

Evoluindo

Enfim, depois da manifestação da HOCD na metade do ano passado e de eu ter tomado conhecimento do reboot, busquei entrar no processo.
Estou desde 01/08/20 sem assistir Pornografia.
Algumas coisas já mudaram pra melhor.
Tive relações sexuais nesse período
Passei a ter confiança para colocar a camisinha (antes a via como inimiga, que o ato de parar pra colocar poderia cortar a ereção rs)
A ''alergia'' ao calor retrocedeu, ainda não sumiu completamente. Mas de modo que 5 anos depois do surgimento dela, finalmente pude ir a praia de uma forma despreocupada.
HOCD diminuiu muito
Passei a fazer exercícios aeróbicos quase que diariamente
Não me sinto curado da D.E, e tive alguns episódios de E.P mas creio que faz parte do processo
Fiz 4 meses de Hard Mode e percebi de forma leve um engrossamento da voz
Engrossamento mais significativo da barba
Tenho feito acompanhamento psicológico desde então
Não tive muita melhora quanto a procrastinação
Melhora na auto estima

Recentemente fui ao urologista pois apresentei inchaço repentino na virilha devido ao acúmulo seminal e fiz alguns exames hormonais que adivinhem, indicaram estar tudo
normal. Meu palpite é que a D.E causada pela PMO causou uma situação de inibição da testosterona, como se o corpo estivesse normal mas os resultados não fossem
capaz de chegar a superfície, tanto na D.E quanto para o ganho de massa muscular.

Sei que ficou muito longo ainda que sinta que deixei muitas lacunas na história. Espero que alguém possa somar comigo e possamos trocar dicas para superar
os malefícios do vício. Tamo junto.


Última edição por o2Lázaro em 26/3/2021, 00:35, editado 1 vez(es)

Spartacuz, Vitoriosa e guerreirodeluz gostam desta mensagem

Vitoriosa
Vitoriosa
Moderadora
Moderadora
Mensagens : 822
Data de inscrição : 10/12/2018

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

25/3/2021, 23:41
Oi, o2Lázaro!

Que bom que você chegou! Seja muito bem-vindo ao Fórum "Vício em Pornografia, Como Parar?". Aqui, ao mesmo tempo em que construímos um novo caminho por meio da reversão do vício, também construímos uma família. Por isso, desejamos que você se sinta bem entre nós, ao mesmo tempo que encontre oportunidades e condições para aprender e crescer.

Confira algumas orientações, caso já esteja adotando algumas delas, parabéns!

  • Conheça a legislação do Fórum: Regras de Participação, Orientações Básicas e Proibições.

  • Veja como gerenciar seu diário em Como criar um diário no Fórum.

  • Conheça o Guia Introdutório e aprenda o básico sobre o processo de reversão do vício ou adquira o Curso Online Programa Revert (Super Recomendado) para ter acesso a informações mais completas.

  • Confira o arsenal tecnológico para te auxiliar na proteção contra o vício: Configuração do Clean Browsing; Bloqueamento via Hosts; Inter App Control Pro (Pago); Blok Supreme (Pago); Download do Qustodio (A versão gratuita já é suficiente). Para maiores informações e/ou encontrar outras opções acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Conheça os navegadores (para smartphone) que já vem com proteção contra o vício e escolha um: Spin, Kids Safe Browser (Pago) e Mobicip. Instale o NetAngel para bloquear a pornografia em seu smartphone, bem como o AppLock que pode ser utilizado para bloquear o serviço de distribuição de aplicativos, as configurações do smarthpone, dentre outras coisas. Para maiores informações e/ou encontrar outras opções para Android, iOS ou Windows Phone acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Dica: Cadastre um e-mail temporário descartável em seus softwares, pois, assim, você evita uma possível recuperação da senha. Utilize também um método de ocultação de senha, para evitar que você desative os bloqueadores em um momento de fissura. Acesse: Método para esconder a senha.

  • Instale um contador de dias: Tutorial Contador de Dias, para te situar em sua jornada.

    Avalie também a necessidade de abandono de outros vícios que podem de alguma forma te atrapalhar no processo, como masturbação, álcool, outras drogas lícitas e ilícitas, games, comidas e outros.

  • Priorize as atividades de religação, tais como: socialização, trabalho voluntário, trabalho manual prazeroso, leitura de livros, mindfulness, meditação, yoga, musculação, natação, ciclismo, pilates, hidroginástica, crossfit, boxe, lutas diversas, dança, caminhada, corrida, zumba, voleibol, futebol e muitas outras. Não foque muito em quantidade, mas na qualidade.

  • Não desperdice o seu tempo em redes sociais, pois muitas delas atuam como verdadeiras "playboys digitais", tais como: facebook, instagram, twitter, pinterest e outras. Evite também a navegação a esmo.

  • Não abandone o fórum, atualize constantemente o seu diário. Certifique-se de ter relatado toda a sua história de envolvimento com a PMO, para que, assim, possamos ajudá-lo(a) da melhor forma. Iremos empenhar todos os nossos esforços para te assistir, e sempre que puder ajude outros aqui também.

Abraços!

_______________________________________
Vitoriosa
o2Lázaro
o2Lázaro
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/11/2020

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

26/3/2021, 17:05
Dando sequência,

Hoje acordei com uma certa ereção pela manhã, acho que um dos indícios maiores de que se está no caminho correto para vencer a D.E
Ela já não vinha a alguns dias, pois andei me relacionando com uma menina e estávamos em um papo mais quente por uma rede social, acho que isso pode ter ativado
alguns canais do cérebro, como se estivesse consumindo P pois tive ereções durante essa conversa. Apesar disso, não recorri a M nessa ocasião, estou em retenção
seminal desde a última vez que transei no início do mês. Com a situação da covid agravando e o isolamento de forma mais rígida, a tendência é puxar um período agora no hard mode.

No outro dia fiz um cálculo rápido e percebi que o tempo do meu reboot, comparado ao tempo desde que comecei a sentir os malefícios da P, e o reboot significava pouco mais de 7% do tempo praticando PMO. Uma porcentagem absurda. Natural que ainda não esteja colhendo todos os frutos de uma vida plena.
Vamos em frente.

Spartacuz gosta desta mensagem

Spartacuz
Spartacuz
Mensagens : 257
Data de inscrição : 17/10/2016

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

26/3/2021, 18:04
Bem vindo!

_______________________________________


o2Lázaro gosta desta mensagem

o2Lázaro
o2Lázaro
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/11/2020

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

27/3/2021, 11:16
Mais um dia em Hard Mode e mantendo o foco.

Tentando meditar mais vezes ao dia e seguindo com a rotina de exercícios físicos mas tenho dificuldade com a procrastinação nos estudos.

guerreirodeluz gosta desta mensagem

guerreirodeluz
guerreirodeluz
Mensagens : 131
Data de inscrição : 13/12/2020

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

28/3/2021, 05:09
Siga em frente irmão!!
Foco, determinação e consciência em dia

Entenda que já esta obtendo uma grande vitória com estes novos hábitos é um passo incrível, quanto a procastinação com os estudos você irá superar e conseguir dentro da sua rotina e realidade aplicar um hábito de estudos que faça bem pra ti se somando a todos os novos hábitos tornando seus dias novos, produtivos e vencedores como você

Abraço!


Última edição por guerreirodeluz em 28/3/2021, 17:12, editado 1 vez(es)

o2Lázaro gosta desta mensagem

o2Lázaro
o2Lázaro
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/11/2020

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

28/3/2021, 14:07
Obrigado aos amigos Spartacuz e guerreirodeluz!

Essa noite tive alguns sonhos eróticos enquanto dormia, acho que de maneira inconsciente consegui travar e evitar uma possível polução noturna ... uma experiência meio louca parando pra pensar. Talvez por isso hoje pela manhã não tive uma ereção matinal como no dia anterior.
Estou atravessando uma desilusão amorosa o que em alguma medida afetou meu humor, estou um pouco mais irritado e ansioso.
Outra coisa que me afeta imensamente é a procrastinação ... até aqui minha maior inimiga no reboot e na vida no geral, praticamente não fiz progresso nenhum nessa área.
Tenho tarefas de estudos pra fazer que estou evitando já tem mais de 2 anos!!!!!!
Youtube e redes sociais me sugam muito, alguns tempos atrás eu conseguiria passar o dia todo no celular zapeando de uma rede social pra outra com um estoque infinito de conteúdo e entretenimento e que me deixaria plenamente satisfeito ... no entanto, hoje não me sinto assim. Me incomoda muito passar tempo em excesso assistindo conteúdo que cada vez mais percebo não me acrescentar nada. Minha dependência da internet e redes sociais só não é pior do que a procrastinação em si, consigo até me livrar do celular mas sinto que não consigo produzir com o tempo que tenho pra mim, é um estado de prostração e de sensação de incapacidade.
Sinto hoje que estou muito firme no propósito de não voltar a PMO mas penso que se não fizer algo sobre meus projetos pessoais, posso recair por perceber
que minha vida não andou de certa forma e que não teria como usufruir dos benefícios do reboot.

Se alguém tiver dicas de como se disciplinar melhor, eu ficaria muito grato. Tentarei produzir algo no dia de hoje, vamos ver ...

guerreirodeluz gosta desta mensagem

o2Lázaro
o2Lázaro
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/11/2020

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

28/3/2021, 22:45
Dia muito difícil na questão emocional. Talvez um dos mais difíceis desde que iniciei o reboot.

Por conta desse rompimento em uma relação que estava, passei o dia enfurnado em sentimentos de ansiedade e rejeição.
Preciso me fortalecer, organizar e disciplinar uma rotina para mim. Ser produtivo e vencer a procrastinação pode ser um forte antídoto para essas emoções negativas
que tomaram conta.

Espero que nos próximos dias com mais tempo, possa dar uma olhada nos diários de alguns colegas para trocar uma ideia.

guerreirodeluz gosta desta mensagem

o2Lázaro
o2Lázaro
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/11/2020

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

30/3/2021, 18:01
Dia um pouco mais produtivo nos estudos hoje! Já é uma grande vitória

Sem vontade de consumir PMO, essa situação parece bem estabilizada mas sigo vigilante

Vamos em frente

Ubbe gosta desta mensagem

Aldo The Apache
Aldo The Apache
Mensagens : 25
Data de inscrição : 02/03/2021
Idade : 29

D.E, Somatização e HOCD Empty Informações sobre o inchaço

31/3/2021, 17:40

Caro Lázaro, tudo bem?

Queria saber mais sobre o inchaço repentino na virilha devido ao acúmulo seminal. O que o médico lhe disse a respeito? Tenho experimentado VÁRIOS episódios de polução noturna que é uma consequencia também do acúmulo.

Abraço. Fique com Deus





o2Lázaro escreveu:Olá, me chamo Lázaro e tenho 25 anos.
Estou no fórum já tem alguns meses mas só agora estou criando a iniciativa de manter meu diário.
Bom diferente de muitos colegas vou contar a história pelo final, e a minha chegada até o fórum junto com a tomada
de conhecimento de que o hábito que à anos me destruia era PMO.

Em junho do ano passado fui confrontado com uma das piores sensações que creio ser possível alguém sentir: HOCD.
É um estado de confusão mental tão absurdo, com implicações físicas e só consigo qualificar como uma fratura mental.
Com esse aparecimento tinha a sensação de uma libido praticamente negativa e um forte enjoo, não conseguia nem ao menos comer direito.
Por cerca de um mês e meio, oscilei ... não tinha vontade de buscar pornografia, a HOCD diminuia e eu voltava aos sites e sentia a volta da HOCD.
Pensei ... a única coisa que mudou foi o consumo de pornografia. Pesquisei algumas coisas pela internet, assisti uma video do Gary Wilson e minha cabeça explodiu.
Não podia acreditar que tudo que passava quase uma década sentindo era fruto da PMO.

O início

Como muitos, tive situações na infância e adolescência em que acumulei mts sentimentos negativos, problemas de auto estima e rejeição.
Percebo também que meu interesse pelo sexo oposto veio de certa forma muito cedo, antes dos 10 anos, isso só aflorou durante a puberdade.
No colégio em que estudei entre meus 10-14 anos, havia muitas meninas bonitas que me chamavam a atenção, algumas se interessavam em mim tbm mas eu não tinha
confiança de tomar uma iniciativa. A masturbação era minha espécie de desafogo para esse frustração.
Nessa fase ainda que já tivesse aquela internet mais lenta, e rolasse revistas, a masturbação era com base em fantasias com as meninas do meu colégio, a mãe de algum vizinho, uma professora ... coisas relativamente naturais.
Mas cada vez mais fui consumindo P por videos em sites.

Sinal de Alerta

Com 15 anos fui para outro colégio, dentre alguns motivos, já não me via como alguém que conseguia socializar com os colegas da antiga escola.
Nesse havia menos meninas, não que fizesse diferença pra mim ... até tinha alguns namoros pela internet, em que vez ou outra rolava beijos, mas não consigo
me imaginar me destacando dentro do colégio de alguma forma para atrair a atenção de uma menina, e tbm ter confiança de chegar junto. Meninas que conhecia em uma situação específica, ou pela internet, me sentia menos pressionado e vez ou outra acabava rolando.

Foi nessa fase que descobri a musculação, no início meio desajeitado e inspirado por alguns colegas próximos, tentei me enveredar nessa atividade.
Comecei com muita timidez, peguei dicas de suplementação, fui avançando e até que em pouco tempo  percebi que levava jeito naquilo.
Alguns colegas que estavam quase a 2 anos tentando ganhar massa muscular, foram rapidamente superados por mim. Era algo inacreditável, eu jamais havia sentido que era bom em nada na vida.

Eu passara a ser tratado com certa admiração mesmo pelas pessoas que sempre se mantiveram indiferentes a mim. Ainda assim não tinha tanta confiança para sair dando ideia em meninas, mas minha auto estima já era enorme para alguém que nunca soubera o que era isso. Tudo que sabia sobre sexo aprendia com os videos, naquela época eu era um garoto de 16 anos, com o corpo de um cara de 22, ou seja ... o herói de todas as histórias que eles criam.

Fundo do poço

Tudo isso iria mudar pouco depois de eu fazer 17 anos, passei a sentir que as ereções não tinham a mesma força quando assistia P.
E logo despencaram. Como um efeito dominó, pouco mais de um mês depois passei a ter uma perda progressiva de massa muscular e muitas dificuldades na hora de urinar. Essa perda de massa muscular segue até hoje, e é difícil explicar. Durante um período de tempo, pode ser de uma semana, meu corpo adquire uma consistência flácida, mole, e depois retoma uma certa rigidez, mas percebe-se uma diminuição no ''tamanho'' muscular, faz sentido?
Esse lance da perda de massa muscular é algo que nunca vi em relato nenhum, no entanto já vi que alguns dos colegas que superaram os malefícios de PMO, perceberam o ganho de massa magra.

Entrei em depressão, estava no último ano do colégio para fazer concurso militar ou prestar vestibular, mas meu psicológico havia sido destruído.
Ficava uma semana inteira sem ir ao colégio, quando ia chegava atrasado e sem disposição alguma.
Fui ao urologista que me passou remédios mas deixando claro que provavelmente não havia nada de errado. Fiz exames, e meus hormônios estavam normais.
Passei a acreditar que algum suplemento havia desregulado minha produção hormonal e não acreditava nos médicos.
Pode parecer libertador ir ao médico e ele te dizer que você não tem nada, mas para mim era muito frustrante.
Eu não havia ingressado na vida sexual e já havia sido condenado a não entrar por essa condição, de repente, do cara modelo que a pornografia vende, eu passei a ser aquele dos quais eles fazem piada.

Convívio com o sofrimento, Somatização

Consegui apesar de tudo passar no vestibular e adentrar uma boa faculdade.
Claramente devido essas condições não aproveitei a vida social desse período da maneira mais plena, mas comecei a namorar aos 19 anos com uma colega.

Um dia estava na praia com essa minha ex namorada e tive uma reação alérgica ao que parecia ser ao Sol.
Fui ao dermatologista e nada. O dermatologista constatou que a alergia devia ser ao calor e não diretamente ao sol, era algo crônico, sem cura e que na prática significava praticamente zerar atividades ao ar livre durante o dia.

Voltando ao namoro, nossa vida sexual não foi das melhores, oscilava muito, de modo que 4 anos depois quando ela decidiu terminar comigo eu fiquei arrasado.
Muito por conta dos malefícios da PMO, ainda que eu nunca tenha contado sobre meus sintomas, mas ela claramente percebeu que havia algo errado.

A menina com a qual havia ingressado a vida sexual junto comigo havia me deixado, para mim era o fim de qualquer chance de um dia ter um relacionamento pleno com
uma mulher. Vivi uma depressão terrível, nessas época já não tinha aulas na faculdade, e nem trabalhava ... via colegas vivendo sua vidas, trabalhando, saindo com
meninas, e nada daquilo parecia feito pra mim. Passei alguns meses com pensamentos suicidas, para quem sabe como é, qualquer tempo com essas coisas na
cabeça é tempo demais. No entanto tinha um forte sentimento de que minha história não poderia ser dessa forma, que eu não devia ter vindo pra essa vida para sofrer
essas coisas e sair dessa forma.

Nessa fase voltei aos médicos para ver se havia alguma distorção na minha produção hormonal, e o resultado foi o mesmo de antes, tudo bem.
Me convenci de que o que eu tinha era algo da mente, mas era estranho porque pra mim era algo que se manifestou fisicamente e logo vieram problemas
de depressão e etc como consequência.

Evoluindo

Enfim, depois da manifestação da HOCD na metade do ano passado e de eu ter tomado conhecimento do reboot, busquei entrar no processo.
Estou desde 01/08/20 sem assistir Pornografia.
Algumas coisas já mudaram pra melhor.
Tive relações sexuais nesse período
Passei a ter confiança para colocar a camisinha (antes a via como inimiga, que o ato de parar pra colocar poderia cortar a ereção rs)
A ''alergia'' ao calor retrocedeu, ainda não sumiu completamente. Mas de modo que 5 anos depois do surgimento dela, finalmente pude ir a praia de uma forma despreocupada.
HOCD diminuiu muito
Passei a fazer exercícios aeróbicos quase que diariamente
Não me sinto curado da D.E, e tive alguns episódios de E.P mas creio que faz parte do processo
Fiz 4 meses de Hard Mode e percebi de forma leve um engrossamento da voz
Engrossamento mais significativo da barba
Tenho feito acompanhamento psicológico desde então
Não tive muita melhora quanto a procrastinação
Melhora na auto estima

Recentemente fui ao urologista pois apresentei inchaço repentino na virilha devido ao acúmulo seminal e fiz alguns exames hormonais que adivinhem, indicaram estar tudo
normal. Meu palpite é que a D.E causada pela PMO causou uma situação de inibição da testosterona, como se o corpo estivesse normal mas os resultados não fossem
capaz de chegar a superfície, tanto na D.E quanto para o ganho de massa muscular.

Sei que ficou muito longo ainda que sinta que deixei muitas lacunas na história. Espero que alguém possa somar comigo e possamos trocar dicas para superar
os malefícios do vício. Tamo junto.

_______________________________________
o2Lázaro
o2Lázaro
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/11/2020

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

31/3/2021, 23:54
Aldo The Apache escreveu:
Caro Lázaro, tudo bem?

Queria saber mais sobre o  inchaço repentino na virilha devido ao acúmulo seminal. O que o médico lhe disse a respeito? Tenho experimentado VÁRIOS episódios de polução noturna que é uma consequencia também do acúmulo.

Abraço. Fique com Deus





o2Lázaro escreveu:Olá, me chamo Lázaro e tenho 25 anos.
Estou no fórum já tem alguns meses mas só agora estou criando a iniciativa de manter meu diário.
Bom diferente de muitos colegas vou contar a história pelo final, e a minha chegada até o fórum junto com a tomada
de conhecimento de que o hábito que à anos me destruia era PMO.

Em junho do ano passado fui confrontado com uma das piores sensações que creio ser possível alguém sentir: HOCD.
É um estado de confusão mental tão absurdo, com implicações físicas e só consigo qualificar como uma fratura mental.
Com esse aparecimento tinha a sensação de uma libido praticamente negativa e um forte enjoo, não conseguia nem ao menos comer direito.
Por cerca de um mês e meio, oscilei ... não tinha vontade de buscar pornografia, a HOCD diminuia e eu voltava aos sites e sentia a volta da HOCD.
Pensei ... a única coisa que mudou foi o consumo de pornografia. Pesquisei algumas coisas pela internet, assisti uma video do Gary Wilson e minha cabeça explodiu.
Não podia acreditar que tudo que passava quase uma década sentindo era fruto da PMO.

O início

Como muitos, tive situações na infância e adolescência em que acumulei mts sentimentos negativos, problemas de auto estima e rejeição.
Percebo também que meu interesse pelo sexo oposto veio de certa forma muito cedo, antes dos 10 anos, isso só aflorou durante a puberdade.
No colégio em que estudei entre meus 10-14 anos, havia muitas meninas bonitas que me chamavam a atenção, algumas se interessavam em mim tbm mas eu não tinha
confiança de tomar uma iniciativa. A masturbação era minha espécie de desafogo para esse frustração.
Nessa fase ainda que já tivesse aquela internet mais lenta, e rolasse revistas, a masturbação era com base em fantasias com as meninas do meu colégio, a mãe de algum vizinho, uma professora ... coisas relativamente naturais.
Mas cada vez mais fui consumindo P por videos em sites.

Sinal de Alerta

Com 15 anos fui para outro colégio, dentre alguns motivos, já não me via como alguém que conseguia socializar com os colegas da antiga escola.
Nesse havia menos meninas, não que fizesse diferença pra mim ... até tinha alguns namoros pela internet, em que vez ou outra rolava beijos, mas não consigo
me imaginar me destacando dentro do colégio de alguma forma para atrair a atenção de uma menina, e tbm ter confiança de chegar junto. Meninas que conhecia em uma situação específica, ou pela internet, me sentia menos pressionado e vez ou outra acabava rolando.

Foi nessa fase que descobri a musculação, no início meio desajeitado e inspirado por alguns colegas próximos, tentei me enveredar nessa atividade.
Comecei com muita timidez, peguei dicas de suplementação, fui avançando e até que em pouco tempo  percebi que levava jeito naquilo.
Alguns colegas que estavam quase a 2 anos tentando ganhar massa muscular, foram rapidamente superados por mim. Era algo inacreditável, eu jamais havia sentido que era bom em nada na vida.

Eu passara a ser tratado com certa admiração mesmo pelas pessoas que sempre se mantiveram indiferentes a mim. Ainda assim não tinha tanta confiança para sair dando ideia em meninas, mas minha auto estima já era enorme para alguém que nunca soubera o que era isso. Tudo que sabia sobre sexo aprendia com os videos, naquela época eu era um garoto de 16 anos, com o corpo de um cara de 22, ou seja ... o herói de todas as histórias que eles criam.

Fundo do poço

Tudo isso iria mudar pouco depois de eu fazer 17 anos, passei a sentir que as ereções não tinham a mesma força quando assistia P.
E logo despencaram. Como um efeito dominó, pouco mais de um mês depois passei a ter uma perda progressiva de massa muscular e muitas dificuldades na hora de urinar. Essa perda de massa muscular segue até hoje, e é difícil explicar. Durante um período de tempo, pode ser de uma semana, meu corpo adquire uma consistência flácida, mole, e depois retoma uma certa rigidez, mas percebe-se uma diminuição no ''tamanho'' muscular, faz sentido?
Esse lance da perda de massa muscular é algo que nunca vi em relato nenhum, no entanto já vi que alguns dos colegas que superaram os malefícios de PMO, perceberam o ganho de massa magra.

Entrei em depressão, estava no último ano do colégio para fazer concurso militar ou prestar vestibular, mas meu psicológico havia sido destruído.
Ficava uma semana inteira sem ir ao colégio, quando ia chegava atrasado e sem disposição alguma.
Fui ao urologista que me passou remédios mas deixando claro que provavelmente não havia nada de errado. Fiz exames, e meus hormônios estavam normais.
Passei a acreditar que algum suplemento havia desregulado minha produção hormonal e não acreditava nos médicos.
Pode parecer libertador ir ao médico e ele te dizer que você não tem nada, mas para mim era muito frustrante.
Eu não havia ingressado na vida sexual e já havia sido condenado a não entrar por essa condição, de repente, do cara modelo que a pornografia vende, eu passei a ser aquele dos quais eles fazem piada.

Convívio com o sofrimento, Somatização

Consegui apesar de tudo passar no vestibular e adentrar uma boa faculdade.
Claramente devido essas condições não aproveitei a vida social desse período da maneira mais plena, mas comecei a namorar aos 19 anos com uma colega.

Um dia estava na praia com essa minha ex namorada e tive uma reação alérgica ao que parecia ser ao Sol.
Fui ao dermatologista e nada. O dermatologista constatou que a alergia devia ser ao calor e não diretamente ao sol, era algo crônico, sem cura e que na prática significava praticamente zerar atividades ao ar livre durante o dia.

Voltando ao namoro, nossa vida sexual não foi das melhores, oscilava muito, de modo que 4 anos depois quando ela decidiu terminar comigo eu fiquei arrasado.
Muito por conta dos malefícios da PMO, ainda que eu nunca tenha contado sobre meus sintomas, mas ela claramente percebeu que havia algo errado.

A menina com a qual havia ingressado a vida sexual junto comigo havia me deixado, para mim era o fim de qualquer chance de um dia ter um relacionamento pleno com
uma mulher. Vivi uma depressão terrível, nessas época já não tinha aulas na faculdade, e nem trabalhava ... via colegas vivendo sua vidas, trabalhando, saindo com
meninas, e nada daquilo parecia feito pra mim. Passei alguns meses com pensamentos suicidas, para quem sabe como é, qualquer tempo com essas coisas na
cabeça é tempo demais. No entanto tinha um forte sentimento de que minha história não poderia ser dessa forma, que eu não devia ter vindo pra essa vida para sofrer
essas coisas e sair dessa forma.

Nessa fase voltei aos médicos para ver se havia alguma distorção na minha produção hormonal, e o resultado foi o mesmo de antes, tudo bem.
Me convenci de que o que eu tinha era algo da mente, mas era estranho porque pra mim era algo que se manifestou fisicamente e logo vieram problemas
de depressão e etc como consequência.

Evoluindo

Enfim, depois da manifestação da HOCD na metade do ano passado e de eu ter tomado conhecimento do reboot, busquei entrar no processo.
Estou desde 01/08/20 sem assistir Pornografia.
Algumas coisas já mudaram pra melhor.
Tive relações sexuais nesse período
Passei a ter confiança para colocar a camisinha (antes a via como inimiga, que o ato de parar pra colocar poderia cortar a ereção rs)
A ''alergia'' ao calor retrocedeu, ainda não sumiu completamente. Mas de modo que 5 anos depois do surgimento dela, finalmente pude ir a praia de uma forma despreocupada.
HOCD diminuiu muito
Passei a fazer exercícios aeróbicos quase que diariamente
Não me sinto curado da D.E, e tive alguns episódios de E.P mas creio que faz parte do processo
Fiz 4 meses de Hard Mode e percebi de forma leve um engrossamento da voz
Engrossamento mais significativo da barba
Tenho feito acompanhamento psicológico desde então
Não tive muita melhora quanto a procrastinação
Melhora na auto estima

Recentemente fui ao urologista pois apresentei inchaço repentino na virilha devido ao acúmulo seminal e fiz alguns exames hormonais que adivinhem, indicaram estar tudo
normal. Meu palpite é que a D.E causada pela PMO causou uma situação de inibição da testosterona, como se o corpo estivesse normal mas os resultados não fossem
capaz de chegar a superfície, tanto na D.E quanto para o ganho de massa muscular.

Sei que ficou muito longo ainda que sinta que deixei muitas lacunas na história. Espero que alguém possa somar comigo e possamos trocar dicas para superar
os malefícios do vício. Tamo junto.


Fala amigo! Então, fiz alguns exames de imagem que não apontaram nada de anormal. Comentei com ele sobre o reboot e a conclusão nossa foi que estava relacionada com o acúmulo seminal. Das vezes em que fiz sexo nesse período o inchaço sempre diminuia tbm. O inchaço segue leve mas sem provocar dores.

Agora se você está sofrendo de polução noturna e está com algum inchaço, tem que dar uma olhada no médico porque em tese você não tá conseguindor manter a retenção. Até coloquei isso no diário esses dias, evitei uma polução noturna recentemente cortando um sonho que estava tendo mas me parece uma experiência meio difícil de realizar todas as vezes que tiver sonhos eróticos. Vejo o inchaço e a polução como um sinal de que o corpo está/estava acostumado com uma frequência ejaculatória maior

Não sei se consegui ajudar, mas tamos aí ... Tmj
Aldo The Apache
Aldo The Apache
Mensagens : 25
Data de inscrição : 02/03/2021
Idade : 29

D.E, Somatização e HOCD Empty Como vencer também a procrastinação

1/4/2021, 05:57
E ai, Lázaro!

Fiz exames também e aqui também está tudo bem. Porém, como esses eventos de polução noturna são novidades para mim, gostaria de receber mais informações de vocês sobre esse fato, já que não cogito voltar a praticar M.

Certamente é uma reação natural do nosso corpo! No começo ela vinha acompanhada de pesadelos eróticos, baseados em P, mas agora os sonhos são tranquilos (embora seja chato acordar na madrugada para se limpar, trocar de roupa etc).

Pude perceber através dos seus relatos que voce também está empenhado nos estudos. Não sei se o seu foco é concurso ou vestibular, mas tenho uma dica para voce: curso de memorização do professor Renato Alves (comprei também o de leitura dinâmica, mas ainda não iniciei esse módulo).

Cara, ele dá várias dicas para nós superarmos a procrastinação, organizar o estudo e potencializar a memória. Assim como no programa Revert, o método do professor Renato exige disciplina, mas acredito que ele possa te ajudar sim! Voce é plenamente capaz de atingir seus objetivos.

Fique em paz.






o2Lázaro escreveu:
Aldo The Apache escreveu:
Caro Lázaro, tudo bem?

Queria saber mais sobre o  inchaço repentino na virilha devido ao acúmulo seminal. O que o médico lhe disse a respeito? Tenho experimentado VÁRIOS episódios de polução noturna que é uma consequencia também do acúmulo.

Abraço. Fique com Deus





o2Lázaro escreveu:Olá, me chamo Lázaro e tenho 25 anos.
Estou no fórum já tem alguns meses mas só agora estou criando a iniciativa de manter meu diário.
Bom diferente de muitos colegas vou contar a história pelo final, e a minha chegada até o fórum junto com a tomada
de conhecimento de que o hábito que à anos me destruia era PMO.

Em junho do ano passado fui confrontado com uma das piores sensações que creio ser possível alguém sentir: HOCD.
É um estado de confusão mental tão absurdo, com implicações físicas e só consigo qualificar como uma fratura mental.
Com esse aparecimento tinha a sensação de uma libido praticamente negativa e um forte enjoo, não conseguia nem ao menos comer direito.
Por cerca de um mês e meio, oscilei ... não tinha vontade de buscar pornografia, a HOCD diminuia e eu voltava aos sites e sentia a volta da HOCD.
Pensei ... a única coisa que mudou foi o consumo de pornografia. Pesquisei algumas coisas pela internet, assisti uma video do Gary Wilson e minha cabeça explodiu.
Não podia acreditar que tudo que passava quase uma década sentindo era fruto da PMO.

O início

Como muitos, tive situações na infância e adolescência em que acumulei mts sentimentos negativos, problemas de auto estima e rejeição.
Percebo também que meu interesse pelo sexo oposto veio de certa forma muito cedo, antes dos 10 anos, isso só aflorou durante a puberdade.
No colégio em que estudei entre meus 10-14 anos, havia muitas meninas bonitas que me chamavam a atenção, algumas se interessavam em mim tbm mas eu não tinha
confiança de tomar uma iniciativa. A masturbação era minha espécie de desafogo para esse frustração.
Nessa fase ainda que já tivesse aquela internet mais lenta, e rolasse revistas, a masturbação era com base em fantasias com as meninas do meu colégio, a mãe de algum vizinho, uma professora ... coisas relativamente naturais.
Mas cada vez mais fui consumindo P por videos em sites.

Sinal de Alerta

Com 15 anos fui para outro colégio, dentre alguns motivos, já não me via como alguém que conseguia socializar com os colegas da antiga escola.
Nesse havia menos meninas, não que fizesse diferença pra mim ... até tinha alguns namoros pela internet, em que vez ou outra rolava beijos, mas não consigo
me imaginar me destacando dentro do colégio de alguma forma para atrair a atenção de uma menina, e tbm ter confiança de chegar junto. Meninas que conhecia em uma situação específica, ou pela internet, me sentia menos pressionado e vez ou outra acabava rolando.

Foi nessa fase que descobri a musculação, no início meio desajeitado e inspirado por alguns colegas próximos, tentei me enveredar nessa atividade.
Comecei com muita timidez, peguei dicas de suplementação, fui avançando e até que em pouco tempo  percebi que levava jeito naquilo.
Alguns colegas que estavam quase a 2 anos tentando ganhar massa muscular, foram rapidamente superados por mim. Era algo inacreditável, eu jamais havia sentido que era bom em nada na vida.

Eu passara a ser tratado com certa admiração mesmo pelas pessoas que sempre se mantiveram indiferentes a mim. Ainda assim não tinha tanta confiança para sair dando ideia em meninas, mas minha auto estima já era enorme para alguém que nunca soubera o que era isso. Tudo que sabia sobre sexo aprendia com os videos, naquela época eu era um garoto de 16 anos, com o corpo de um cara de 22, ou seja ... o herói de todas as histórias que eles criam.

Fundo do poço

Tudo isso iria mudar pouco depois de eu fazer 17 anos, passei a sentir que as ereções não tinham a mesma força quando assistia P.
E logo despencaram. Como um efeito dominó, pouco mais de um mês depois passei a ter uma perda progressiva de massa muscular e muitas dificuldades na hora de urinar. Essa perda de massa muscular segue até hoje, e é difícil explicar. Durante um período de tempo, pode ser de uma semana, meu corpo adquire uma consistência flácida, mole, e depois retoma uma certa rigidez, mas percebe-se uma diminuição no ''tamanho'' muscular, faz sentido?
Esse lance da perda de massa muscular é algo que nunca vi em relato nenhum, no entanto já vi que alguns dos colegas que superaram os malefícios de PMO, perceberam o ganho de massa magra.

Entrei em depressão, estava no último ano do colégio para fazer concurso militar ou prestar vestibular, mas meu psicológico havia sido destruído.
Ficava uma semana inteira sem ir ao colégio, quando ia chegava atrasado e sem disposição alguma.
Fui ao urologista que me passou remédios mas deixando claro que provavelmente não havia nada de errado. Fiz exames, e meus hormônios estavam normais.
Passei a acreditar que algum suplemento havia desregulado minha produção hormonal e não acreditava nos médicos.
Pode parecer libertador ir ao médico e ele te dizer que você não tem nada, mas para mim era muito frustrante.
Eu não havia ingressado na vida sexual e já havia sido condenado a não entrar por essa condição, de repente, do cara modelo que a pornografia vende, eu passei a ser aquele dos quais eles fazem piada.

Convívio com o sofrimento, Somatização

Consegui apesar de tudo passar no vestibular e adentrar uma boa faculdade.
Claramente devido essas condições não aproveitei a vida social desse período da maneira mais plena, mas comecei a namorar aos 19 anos com uma colega.

Um dia estava na praia com essa minha ex namorada e tive uma reação alérgica ao que parecia ser ao Sol.
Fui ao dermatologista e nada. O dermatologista constatou que a alergia devia ser ao calor e não diretamente ao sol, era algo crônico, sem cura e que na prática significava praticamente zerar atividades ao ar livre durante o dia.

Voltando ao namoro, nossa vida sexual não foi das melhores, oscilava muito, de modo que 4 anos depois quando ela decidiu terminar comigo eu fiquei arrasado.
Muito por conta dos malefícios da PMO, ainda que eu nunca tenha contado sobre meus sintomas, mas ela claramente percebeu que havia algo errado.

A menina com a qual havia ingressado a vida sexual junto comigo havia me deixado, para mim era o fim de qualquer chance de um dia ter um relacionamento pleno com
uma mulher. Vivi uma depressão terrível, nessas época já não tinha aulas na faculdade, e nem trabalhava ... via colegas vivendo sua vidas, trabalhando, saindo com
meninas, e nada daquilo parecia feito pra mim. Passei alguns meses com pensamentos suicidas, para quem sabe como é, qualquer tempo com essas coisas na
cabeça é tempo demais. No entanto tinha um forte sentimento de que minha história não poderia ser dessa forma, que eu não devia ter vindo pra essa vida para sofrer
essas coisas e sair dessa forma.

Nessa fase voltei aos médicos para ver se havia alguma distorção na minha produção hormonal, e o resultado foi o mesmo de antes, tudo bem.
Me convenci de que o que eu tinha era algo da mente, mas era estranho porque pra mim era algo que se manifestou fisicamente e logo vieram problemas
de depressão e etc como consequência.

Evoluindo

Enfim, depois da manifestação da HOCD na metade do ano passado e de eu ter tomado conhecimento do reboot, busquei entrar no processo.
Estou desde 01/08/20 sem assistir Pornografia.
Algumas coisas já mudaram pra melhor.
Tive relações sexuais nesse período
Passei a ter confiança para colocar a camisinha (antes a via como inimiga, que o ato de parar pra colocar poderia cortar a ereção rs)
A ''alergia'' ao calor retrocedeu, ainda não sumiu completamente. Mas de modo que 5 anos depois do surgimento dela, finalmente pude ir a praia de uma forma despreocupada.
HOCD diminuiu muito
Passei a fazer exercícios aeróbicos quase que diariamente
Não me sinto curado da D.E, e tive alguns episódios de E.P mas creio que faz parte do processo
Fiz 4 meses de Hard Mode e percebi de forma leve um engrossamento da voz
Engrossamento mais significativo da barba
Tenho feito acompanhamento psicológico desde então
Não tive muita melhora quanto a procrastinação
Melhora na auto estima

Recentemente fui ao urologista pois apresentei inchaço repentino na virilha devido ao acúmulo seminal e fiz alguns exames hormonais que adivinhem, indicaram estar tudo
normal. Meu palpite é que a D.E causada pela PMO causou uma situação de inibição da testosterona, como se o corpo estivesse normal mas os resultados não fossem
capaz de chegar a superfície, tanto na D.E quanto para o ganho de massa muscular.

Sei que ficou muito longo ainda que sinta que deixei muitas lacunas na história. Espero que alguém possa somar comigo e possamos trocar dicas para superar
os malefícios do vício. Tamo junto.


Fala amigo! Então, fiz alguns exames de imagem que não apontaram nada de anormal. Comentei com ele sobre o reboot e a conclusão nossa foi que estava relacionada com o acúmulo seminal. Das vezes em que fiz sexo nesse período o inchaço sempre diminuia tbm. O inchaço segue leve mas sem provocar dores.

Agora se você está sofrendo de polução noturna e está com algum inchaço, tem que dar uma olhada no médico porque em tese você não tá conseguindor manter a retenção. Até coloquei isso no diário esses dias, evitei uma polução noturna recentemente cortando um sonho que estava tendo mas me parece uma experiência meio difícil de realizar todas as vezes que tiver sonhos eróticos. Vejo o inchaço e a polução como um sinal de que o corpo  está/estava acostumado com uma frequência ejaculatória maior

Não sei se consegui ajudar, mas tamos aí ... Tmj

_______________________________________
o2Lázaro
o2Lázaro
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/11/2020

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

2/4/2021, 00:28
Fala meu amigo!

Importante que você esteja firme nesse propósito de não retomar a M. Não sei se você tem uma parceira fixa, mas uma opção é estabelecer uma relação com alguma parceira para manter relações esporádicas enquanto o corpo vai se habituando com essa nova frequência. Imagino que dentro de algum tempo a polução não vai te incomodar mais.

Sobre os métodos do Professor Renato Alves, vou dar uma pesquisada e depois te dou um feedback mas desde já te agradeço imensamente. Tenho alguns trabalhos por escrever e preciso me concentrar mais. Obrigado por esse apoio, de verdade. No que precisar conte comigo nessa batalha.

Tamo junto!

Aldo The Apache gosta desta mensagem

o2Lázaro
o2Lázaro
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/11/2020

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

2/4/2021, 15:24
Mais um dia tentando estudar e produzir, a luta continua ...

Gostaria de trazer uma reflexão inspirado nesse vídeo do canal Eureka! (Acredito que não estou violando nehuma regra do fórum visto que a intenção com esse conteúdo aqui é ajudar a superar o vício em PMO)

Bom, o vídeo trata de como tentar evitar um pensamento tem o efeito exatamente contrário.
Sendo assim, para nós que adquirimos D.E, E.P, HOCD e todos os tipos de malefícios induzidos pelo consumo em PMO e estamos na luta do reboot, parte de todo processo de cura passa também por distensionar essas situações.
Quanto mais você pensar que está tentando se curar da D.E, mais desconforto. Quanto mais você pensar que está lutando contra HOCD, mais desconforto.
E quanto mais desconforto, mais tensão e sendo assim o seu processo de cura e a qualidade do reboot também cai.
O tempo vai passar de um jeito ou de outro pra gnt mas podemos aumentar a qualidade do reboot com atividades de religação e colocar isso em um estado quase automático. Seria como iniciar o contador de tempo do reboot, e a partir daí se esquecer dele. Viver a vida sem se testar todos os dias e sem aquela ansiedade  de ''será que já estou curado disso?'', ''será que já colhi os benefícios do reboot''. Confiar no processo e deixar fluir. Claro que na prática pode não parecer a coisa mais fácil a se fazer mas pode aumentar muito nossos ganhos.


https://www.youtube.com/watch?v=LyAT1JqhvAA

Aldo The Apache e Jay Gatsby gostam desta mensagem

Jay Gatsby
Jay Gatsby
Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/03/2021

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

2/4/2021, 23:24
o2Lázaro escreveu:Mais um dia tentando estudar e produzir, a luta continua ...

Gostaria de trazer uma reflexão inspirado nesse vídeo do canal Eureka! (Acredito que não estou violando nehuma regra do fórum visto que a intenção com esse conteúdo aqui é ajudar a superar o vício em PMO)

Bom, o vídeo trata de como tentar evitar um pensamento tem o efeito exatamente contrário.
Sendo assim, para nós que adquirimos D.E, E.P, HOCD e todos os tipos de malefícios induzidos pelo consumo em PMO e estamos na luta do reboot, parte de todo processo de cura passa também por distensionar essas situações.
Quanto mais você pensar que está tentando se curar da D.E, mais desconforto. Quanto mais você pensar que está lutando contra HOCD, mais desconforto.
E quanto mais desconforto, mais tensão e sendo assim o seu processo de cura e a qualidade do reboot também cai.
O tempo vai passar de um jeito ou de outro pra gnt mas podemos aumentar a qualidade do reboot com atividades de religação e colocar isso em um estado quase automático. Seria como iniciar o contador de tempo do reboot, e a partir daí se esquecer dele. Viver a vida sem se testar todos os dias e sem aquela ansiedade  de ''será que já estou curado disso?'', ''será que já colhi os benefícios do reboot''. Confiar no processo e deixar fluir. Claro que na prática pode não parecer a coisa mais fácil a se fazer mas pode aumentar muito nossos ganhos.

https://www.youtube.com/watch?v=LyAT1JqhvAA

Lázaro, muito interessante o vídeo! Vai de encontro com a minha experiência por aqui.

Quando tive episódios de DE, nos dias seguintes era só nisso que eu conseguia pensar. Conforme eu fui deixando esses pensamentos de lado e me ocupando com outras atividades, eu fui percebendo que estava mais leve, menos ansioso sobre as melhoras futuras.

Saber um pouco mais sobre isso pode nos ajudar a enfrentar melhor algumas inseguranças.

Obrigado pela recomendação.

Abraço

o2Lázaro e Aldo The Apache gostam desta mensagem

Aldo The Apache
Aldo The Apache
Mensagens : 25
Data de inscrição : 02/03/2021
Idade : 29

D.E, Somatização e HOCD Empty TAMO JUNTO!

5/4/2021, 11:47

Caro Lázaro,

Não estou namorando, mas estou me envolvendo cada vez mais. Porém, a relação está ocorrendo à distancia em razão da pandemia...

Já estou aceitando a polução como algo natural. Muito obrigado por compartilhar conosco sua experiência.

Qualquer coisa estamos aqui.

Abraço.


o2Lázaro escreveu:Fala meu amigo!

Importante que você esteja firme nesse propósito de não retomar a M. Não sei se você tem uma parceira fixa, mas uma opção é estabelecer uma relação com alguma parceira para manter relações esporádicas enquanto o corpo vai se habituando com essa nova frequência. Imagino que dentro de algum tempo a polução não vai te incomodar mais.

Sobre os métodos do Professor Renato Alves, vou dar uma pesquisada e depois te dou um feedback mas desde já te agradeço imensamente. Tenho alguns trabalhos por escrever e preciso me concentrar mais. Obrigado por esse apoio, de verdade. No que precisar conte comigo nessa batalha.

Tamo junto!

_______________________________________

o2Lázaro gosta desta mensagem

Aldo The Apache
Aldo The Apache
Mensagens : 25
Data de inscrição : 02/03/2021
Idade : 29

D.E, Somatização e HOCD Empty Dica de vídeo sensacional

5/4/2021, 11:50
Muito bom, Lázaro!!!

Muito obrigado!




o2Lázaro escreveu:Mais um dia tentando estudar e produzir, a luta continua ...

Gostaria de trazer uma reflexão inspirado nesse vídeo do canal Eureka! (Acredito que não estou violando nehuma regra do fórum visto que a intenção com esse conteúdo aqui é ajudar a superar o vício em PMO)

Bom, o vídeo trata de como tentar evitar um pensamento tem o efeito exatamente contrário.
Sendo assim, para nós que adquirimos D.E, E.P, HOCD e todos os tipos de malefícios induzidos pelo consumo em PMO e estamos na luta do reboot, parte de todo processo de cura passa também por distensionar essas situações.
Quanto mais você pensar que está tentando se curar da D.E, mais desconforto. Quanto mais você pensar que está lutando contra HOCD, mais desconforto.
E quanto mais desconforto, mais tensão e sendo assim o seu processo de cura e a qualidade do reboot também cai.
O tempo vai passar de um jeito ou de outro pra gnt mas podemos aumentar a qualidade do reboot com atividades de religação e colocar isso em um estado quase automático. Seria como iniciar o contador de tempo do reboot, e a partir daí se esquecer dele. Viver a vida sem se testar todos os dias e sem aquela ansiedade  de ''será que já estou curado disso?'', ''será que já colhi os benefícios do reboot''. Confiar no processo e deixar fluir. Claro que na prática pode não parecer a coisa mais fácil a se fazer mas pode aumentar muito nossos ganhos.


https://www.youtube.com/watch?v=LyAT1JqhvAA

_______________________________________

o2Lázaro e guerreirodeluz gostam desta mensagem

o2Lázaro
o2Lázaro
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/11/2020

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

7/4/2021, 15:17
Voltando ao diário após uns dias. Gostaria de agradecer a presença dos amigos Aldo e Gatsby por aqui, fico feliz em contar com vcs nessa jornada.

Amigos, tenho tido dias poucos produtivos mas no geral diria que estou em um viés positivo. A situação caótica que o mundo enfrenta com a pandemia despertou em mim alguns sentimentos ruins, olhando pelo lado do reboot, socializar é uma atividade importante que se encontra muito restrita por essa situação toda. É um olhar um pouco egoísta mas creio que cada um enxergue isso tudo dentro de suas próprias perspectivas, projeções de futuro que se encontram travadas etc ...

Enfim, gostaria de trazer uma reflexão dentro da minha experiência no reboot sobre a D.E, talvez o mal mais comum que aflija os viciados em PMO e o que mais gere desconforto. Bom, creio que o processo do reboot acontece de modo a restaurar os receptores de dopamina em nossos cérebros. Restaurando essa parte, você passa a reagir aos estímulos naturais de sexo. A ideia é essa certo? O que acontece, muitos de nós estamos dessensibilizados por conta de 5,10,15 anos de vício e talvez 90 dias não sejam o suficiente para retomar o estado de antes e restaurar os receptores de dopamina.

Vejo alguns relatos de colegas por aqui que completaram o reboot (90 dias), estavam tendo ereções espontâneas, tentaram retomar uma vida sexual ativa com muita frequência e perderam a ''potência'' novamente. O que eu penso vai na linha do seguinte, depois de 90 dias você muito provavelmente vai ter ereção e o corpo vai responder ao estímulo sexual mas isso se deve mais a retenção seminal do que a restauração dos receptores de dopamina. A D.E só será caso encerrado quando seu cérebro se desacostumar com os níveis absurdos de dopamina que PMO é capaz de trazer, enquanto isso a retenção seminal vai te proporcionar manter relações esporádicas. Considero hoje que minha D.E está controlada pq tento dar intervalos entre uma sessão de sexo e outra, levando em conta que as vezes em uma noite você pode ejacular 3, 4, 5 vezes. Me sinto confortável para uma nova relação em pelo menos duas semanas.

Resumindo, restaurar nosso cérebro do consumo de PMO para que o corpo colha os benefícios, pode demorar.
No entanto, a retenção por si só vai te garantir uma maior sensibilidade que te permitirá ter relações saudáveis durante esse processo, e essas relações serão responsáveis por um enorme ganho de confiança e autoestima. A tendência é na medida que o tempo passa, diminuir esses intervalos entre uma relação e outra e você distensionar da D.E, de modo que antes de você se curar de fato você já vai estar tendo uma vida sexual bem satisfatória.

Espero que essa reflexão possa ajudar alguém, não tem verdade absoluta mas estou falando conforme tenho percebido o reboot. Abraço!

Aldo The Apache gosta desta mensagem

Saplin
Saplin
Mensagens : 89
Data de inscrição : 02/06/2018
Idade : 17
Localização : Brazil

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

7/4/2021, 16:27
Olá Lázaro!

Irei começar a acompanhar seu diário. Continue tentando, sei que realmente é díficil.

E quando o HOCD, como está se sentido atualmente enquanto a ele?

_______________________________________
Very Happy Very Happy Very Happy DESSA VEZ VOU CONSEGUIR!!! Very Happy Very Happy Very Happy

Metas:
(✔️) Reduzir frequência da PMO ao longo dos meses;
(✔️) 1 vez a cada; 15 dias
(✔️) 1 vez a cada; 30 dias
(✔️) 1 vez a cada; 60 dias
(Em andamento...) RUMO A LIBERDADE! Nenhuma vez; 90+ dias



o2Lázaro e Aldo The Apache gostam desta mensagem

Aldo The Apache
Aldo The Apache
Mensagens : 25
Data de inscrição : 02/03/2021
Idade : 29

D.E, Somatização e HOCD Empty Tens razão, Lazaro.

7/4/2021, 17:39
Caro, Lázaro!

Que bom ler novamente o seu relato.

Concordo com você! Acredito que as ereções espontâneas ocorrem como uma consequência da retenção seminal e a DE somente é 100% curada quando nosso cérebro se desacostuma com os níveis estratosféricos que a P nos proporcionava. Certamete leva mais tempo!

Mas, o fato de termos melhores ereções já é algo MUITO positivo, eleva nossa autoestima e gera maior confiança.

Precisamos saber dosar tudo, inclusive as relações sexuais saudáveis.

Abraço





o2Lázaro escreveu:Voltando ao diário após uns dias. Gostaria de agradecer a presença dos amigos Aldo e Gatsby por aqui, fico feliz em contar com vcs nessa jornada.

Amigos, tenho tido dias poucos produtivos mas no geral diria que estou em um viés positivo. A situação caótica que o mundo enfrenta com a pandemia despertou em mim alguns sentimentos ruins, olhando pelo lado do reboot, socializar é uma atividade importante que se encontra muito restrita por essa situação toda. É um olhar um pouco egoísta mas creio que cada um enxergue isso tudo dentro de suas próprias perspectivas, projeções de futuro que se encontram travadas etc ...

Enfim, gostaria de trazer uma reflexão dentro da minha experiência no reboot sobre a D.E, talvez o mal mais comum que aflija os viciados em PMO e o que mais gere desconforto. Bom, creio que o processo do reboot acontece de modo a restaurar os receptores de dopamina em nossos cérebros. Restaurando essa parte, você passa a reagir aos estímulos naturais de sexo. A ideia é essa certo? O que acontece, muitos de nós estamos dessensibilizados por conta de 5,10,15 anos de vício e talvez 90 dias não sejam o suficiente para retomar o estado de antes e restaurar os receptores de dopamina.

Vejo alguns relatos de colegas por aqui que completaram o reboot (90 dias), estavam tendo ereções espontâneas, tentaram retomar uma vida sexual ativa com muita frequência e perderam a ''potência'' novamente. O que eu penso vai na linha do seguinte, depois de 90 dias você muito provavelmente vai ter ereção e o corpo vai responder ao estímulo sexual mas isso se deve mais a retenção seminal do que a restauração dos receptores de dopamina. A D.E só será caso encerrado quando seu cérebro se desacostumar com os níveis absurdos de dopamina que PMO é capaz de trazer, enquanto isso a retenção seminal vai te proporcionar manter relações esporádicas. Considero hoje que minha D.E está controlada pq tento dar intervalos entre uma sessão de sexo e outra, levando em conta que as vezes em uma noite você pode ejacular 3, 4, 5 vezes. Me sinto confortável para uma nova relação em pelo menos duas semanas.

Resumindo, restaurar nosso cérebro do consumo de PMO para que o corpo colha os benefícios, pode demorar.
No entanto, a retenção por si só vai te garantir uma maior sensibilidade que te permitirá ter relações saudáveis durante esse processo, e essas relações serão responsáveis por um enorme ganho de confiança e autoestima. A tendência é na medida que o tempo passa, diminuir esses intervalos entre uma relação e outra e você distensionar da D.E, de modo que antes de você se curar de fato você já vai estar tendo uma vida sexual bem satisfatória.

Espero que essa reflexão possa ajudar alguém, não tem verdade absoluta mas estou falando conforme tenho percebido o reboot. Abraço!

_______________________________________

o2Lázaro gosta desta mensagem

o2Lázaro
o2Lázaro
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/11/2020

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

9/4/2021, 20:39
Saplin escreveu:Olá Lázaro!

Irei começar a acompanhar seu diário. Continue tentando, sei que realmente é díficil.

E quando o HOCD, como está se sentido atualmente enquanto a ele?

Fala amigo!

Então as atividades de religação ajudam muito nesse processo.
Atividades físicas, leitura, se desligar de redes sociais, atividades ao ar livre, meditação ... você sente isso realmente diminuido dia após dia, mas é possível que se você faltar em algumas das atividades que está praticando, você sinta como se a sensação de HOCD estivesse voltando. Não há motivo pra aflição, se mantenha ocupado e isso naturalmente vai cada vez mais para a periferia do pensamento.
o2Lázaro
o2Lázaro
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/11/2020

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

12/4/2021, 13:26
Fala amigos!

Atualizando aqui que no dia 10/04 recaí em M. Mas sinceramente considero algo controlado, recaí pois estava sentindo algum desconforto (até inchaço), já estava 40 dias pelo menos desde a última vez que fiz sexo e desde então em retenção seminal.
Apesar de ter praticado M com esse propósito, não desconsidero a chance do subconsciente de querer praticar pelo vício etc, então estou em estado de alerta nesses dias para permanecer no controle.

Algumas considerações,

alguém tem algo a comentar sobre edging? Já vi pessoas comentando que essa prática é prejudicial pois mantém os canais cerebrais do vício, segue enviando dopamina e os mesmos estímulos e por isso impede e dificulta a regeneração das áreas do cérebro afetadas por PMO. Por outro lado, como muitos aqui já devem ter ouvido de especialistas, mesmo a prática de M ajuda a manter sua libido etc. Enfim, do meu ponto de vista edging parece ajudar com relação E.P mas não observei outro tipo de benefício ou malefício.

Nessa recaída do dia 10/04, algo que pude perceber como em outras raras vezes que pratiquei M desde o início do reboot, é que chegar ao O por M é infinitamente inferior ao O praticando sexo. Talvez eu perceba dessa forma por ter praticado PMO por tanto tempo e agora o corpo não responda tanto e tenha um O fraco com M.
Essa minha percepção de que o O por sexo é muito melhor pode parecer óbvio para quem sempre teve uma vida sexual ativa e saudável, mas tenho certeza que todos aqui que estão superando o vício dia após dia é algo até meio chocante o quanto é diferente. Diria que é no máximo 20% do que é O com sexo real.

Outro ponto, quando comecei a sofrer de D.E lembro que em um dos especialistas que fui me perguntou se eu não tinha ereção ou se tinha perdido o desejo sexual.
Lembro claramente que o desejo parecia elevado mas a ereção não vinha. Acredito que a D.E pode ter surgido inicialmente por uma desssensibilização no pênis e provavelmente em algumas semanas sem PMO tudo voltaria ao normal pois o cérebro não havia sido tão afetado e respondia aos estímulos naturais. Agora percebo que o reboot tem me permitido com a retenção seminal poder transar com certa frequência, o que já representa um ganho de qualidade de vida mas o cérebro terá um pouco mais de demora nesse processo.

Não há razão para desanimar, vamos em frente.

Aldo The Apache gosta desta mensagem

Aldo The Apache
Aldo The Apache
Mensagens : 25
Data de inscrição : 02/03/2021
Idade : 29

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

13/4/2021, 10:41
E aí, Lázaro.

Acredito que o edging é o grande responsável pelo vício em PMO. A rigor, o O não é proibido durante o reboot, mas é aconselhavel àqueles que já experimentaram alguma disfunção sexual (acredito que 99% de nós). Se for praticar M, segundo orientações do ebook, deve-se realizá-la da forma mais rápida possível, sem fantasiar em P.

Porém, já ouvi vários especialistas recomendando a M (sexologas e sexologos). Isso me deixou confuso. Cheguei a conclusão que para quem desenvolveu o vício em é PMO a M é um forte gatilho, ou seja, algo bem perigoso.

Outra coisa: vi alguns vídeos interessantes sobre o fortalecimento do assoalho pélvico. Sem dúvida, isso é algo benéfico para TODOS NÓS.

Você já fez algum exercício "Kegel"? No youtube há vários vídeos. Procure também por pompoarismo masculino.

Comecei recentemente a praticar esses exercícios pois minha fisioterapeuta disse que são excelentes para o controle da ejaculação e fortalecimento da ereção.

Abraço! Aguente firme nesse estado de alerta que voce está vivenciando.



o2Lázaro escreveu:Fala amigos!

Atualizando aqui que no dia 10/04 recaí em M. Mas sinceramente considero algo controlado, recaí pois estava sentindo algum desconforto (até inchaço), já estava 40 dias pelo menos desde a última vez que fiz sexo e desde então em retenção seminal.
Apesar de ter praticado M com esse propósito, não desconsidero a chance do subconsciente de querer praticar pelo vício etc, então estou em estado de alerta nesses dias para permanecer no controle.

Algumas considerações,

alguém tem algo a comentar sobre edging? Já vi pessoas comentando que essa prática é prejudicial pois mantém os canais cerebrais do vício, segue enviando dopamina e os mesmos estímulos e por isso impede e dificulta a regeneração das áreas do cérebro afetadas por PMO. Por outro lado, como muitos aqui já devem ter ouvido de especialistas, mesmo a prática de M ajuda a manter sua libido etc. Enfim, do meu ponto de vista edging parece ajudar com relação E.P mas não observei outro tipo de benefício ou malefício.

Nessa recaída do dia 10/04, algo que pude perceber como em outras raras vezes que pratiquei M desde o início do reboot, é que chegar ao O por M é infinitamente inferior ao O praticando sexo. Talvez eu perceba dessa forma por ter praticado PMO por tanto tempo e agora o corpo não responda tanto e tenha um O fraco com M.
Essa minha percepção de que o O por sexo é muito melhor pode parecer óbvio para quem sempre teve uma vida sexual ativa e saudável, mas tenho certeza que todos aqui que estão superando o vício dia após dia é algo até meio chocante o quanto é diferente. Diria que é no máximo 20% do que é O com sexo real.

Outro ponto, quando comecei a sofrer de D.E lembro que em um dos especialistas que fui me perguntou se eu não tinha ereção ou se tinha perdido o desejo sexual.
Lembro claramente que o desejo parecia elevado mas a ereção não vinha. Acredito que a D.E pode ter surgido inicialmente por uma desssensibilização no pênis e provavelmente em algumas semanas sem PMO tudo voltaria ao normal pois o cérebro não havia sido tão afetado e respondia aos estímulos naturais. Agora percebo que o reboot tem me permitido com a retenção seminal poder transar com certa frequência, o que já representa um ganho de qualidade de vida mas o cérebro terá um pouco mais de demora nesse processo.

Não há razão para desanimar, vamos em frente.

_______________________________________

o2Lázaro gosta desta mensagem

o2Lázaro
o2Lázaro
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/11/2020

D.E, Somatização e HOCD Empty Re: D.E, Somatização e HOCD

13/4/2021, 14:30
Fala Aldo, sempre bom te ver por aqui.

Então, o edging me parece ajudar na E.P. Da vezes que pratiquei edging ou outras que cheguei ao O, sempre foi fantansiando com situações e pessoas reais.
Esse é um ponto interessante, quando estava no vício e na prática de PMO, a M sem P parecia algo muito estranho. A mente parecia um nevoeiro e não conseguia fantasiar com mulheres com quem tinha contato real, apenas com as várias imagens de P que estavam na minha memória.

Acredito que o isolamento e o fato não estar podendo interagir socialmente e consequentemente com mais mulheres, tem sido um fator prejudicial para o reboot, com mais dessa interação, acho que o cérebro estaria cada vez mais desapegado do virtual e estimulado pelo real.

Já ouvi falar dos exercício Kegel sim, é como exercícios de controle desse músculo né ... já pratiquei algumas vezes e senti como se tivesse forçando a próstata, achei estranho e por isso deixei de lado. Como tem sido sua experiência ?

Forte abraço, amigo
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum