Ir em baixo
avatar
ChristoferSR
Mensagens : 4
Data de inscrição : 13/04/2021
Idade : 29

Meu diário por ChristoferSR Empty Meu diário por ChristoferSR

13/4/2021, 03:51
Olá, meu nome é Christofer, este ano completo 30 anos. Conheci o fórum ontem, após mais uma noite sem sono, sofrendo repensando o porque continuo
tendo uma vida de merd*. Pois bem, eu descobri da forma mais difícil o motivo após um soco no estômago, uma indireta que veio com tudo em cima de mim, durante
uma aula de um curso de filosofia eu escutei a seguinte frase que resume exatamente o que eu sou: "Um adolescente de 30 anos viciado em video game e pornografia".
Venho compartilhar com vocês como cheguei à situação de vida atual e tudo culpa da pornografia. Comecei a me masturbar lá pelos 12 anos, eu nem gozava e já sentia
prazer. Estava descobrindo meu corpo e achei essa coisa deliciosa, mas não sabia que poderia ser perigosa. Foi indo assim, não tinha nenhum estímulo visual, nem revistas e nem muito menos internet. Foi após alguns anos que descobri que na madrugava passavam filmes eróticos na TV. Não deu outra, sempre dava uma 'fugidinha' na madrugada para ver esses filmes. Era bom sentir a adrenalina no meio na noite, escondido dos pais, foi então a primeira vez que eu vi uma mulher nua e fazendo sexo. Eu pensava muito em como poderia ser essa sensação, sensação essa que experimentei tão poucas vezes. E assim foi se seguindo até meus 18 anos quando (acreditava ser um milagre) conheci uma garota no último ano do ensino médio. Com ela eu fiz tudo pela primeira vez, era maravilhoso, me sentia apaixonado e com super poderes, sempre que podíamos transávamos...  mas nem tudo é infinito! O fim do relacionamento chegou e a coisa desandou de vez. Segui minha vida muito triste, meu único amigo e companheiro era meu computador,  mas era um amigo muito infortuno para mim, pois foi com ele que descobri os sites pornôs, não deu outra, encontrei meu lugar ao sol. Eram tantos conteúdos, tudo que eu pesquisava de curioso eu encontrava, experimentei vários estímulos visuais, cada um mais estranho e novo para mim. Aquilo foi meu consolo por anos e anos e anos. Eu nunca me estabilizei em um emprego nem encontrei um novo relacionamento, pois eu tinha prazer rápido e na hora que eu quisesse, tudo isso aliado a depressão resultou nisso que sou hoje. Aí começou a minha ruína emocional e de destruição do meu corpo, da minha carteira e da minha vida, eu só durmo com medicamentos, tenho depressão e déficit  de atenção, eu não consigo conversar com ninguém e nem mesmo olho nos olhos dos meus pais, pois sinto vergonha do que eu me transformei, eu poderia ter tido um futuro brilhante, mas acebei por morar na dispensa da casa dos meus pais. Acabei descobrindo aplicativos de lives onde garotas sensuais bailavam, perdi muito dinheiro só para apreciar alguns minutos de vídeo chamada com uma bela garota. Eu nunca suspeitei que esse vício era o vilão da minha história pessoal, até que, como mencionei no começo, recebi aquele soco no estômago. Não vou mentir, meus olhos verdes atraem alguns olhares, mas eu ajo como uma pedra, desinteressado e algumas vezes até grosseiro. Já tentei usar apps de namoro para encontrar uma garota não só para me satisfazer, mas talvez resgatar aquele sentimento gostoso de se estar apaixonado, mas sempre acabava mau, eu não conversava, não mostrava interesse e por vezes fui ofendido com duras diretas que eu era um apenas um moleque sem atitude. Eu passei a noite em claro pensando: EU NÃO SOU UM HOMEM, PARECE UM GAROTO ENTRANDO NA PUBERDADE! Meu deus, é esse o problema de toda a dor e sofrimento emocional dos últimos 18 anos! Eu passo o dia todo de boa, realizo minhas tarefas, sou normal, mas a noite que tudo começa quando me deito e começo a pensar porque eu não tive sucesso na vida, porque aquele menino gênio campeão das olimpíadas de matemática foi se transformar em um cabeça oca e ferrado, como meus amigos conseguiram um bom emprego, uma bela esposa e uma vida feiz, começo a chorar por conta da depressão e meu único consolo é um video estimulante e uma punheta, gozo, relaxo e durmo... Foi ontem que comecei a largar esse vício banal, 48 horas sem me tocar, sem desejar um belo corpo feminino apenas virtualmente. O que não deveria ser problema para mim, pois já há quase  uma década que eu não toco uma mulher. Não tenho redes sociais, isso não faz falta para o meu novo jeito de viver e isso me deixa
longe de ver coisas me que atraiam para uma recaída. Tenho certeza que serão dias difíceis e novos para mim, darei meu máximo para mudar isso e sair da vida de
merd* que eu conquistei. Isto é tudo CULPA MINHA! ! ! Eu me sinto vazio, gelado e com vergonha do que sou.

Foi bom desabafar aqui. Um grande abraço


Última edição por ChristoferSR em 13/4/2021, 23:14, editado 1 vez(es)

Rottweiler, Guerreiro73 e guerreirodeluz gostam desta mensagem

avatar
Guerreiro73
Mensagens : 123
Data de inscrição : 07/02/2020

Meu diário por ChristoferSR Empty Re: Meu diário por ChristoferSR

13/4/2021, 07:59
ChristoferSR escreveu:Olá, meu nome é Christofer, este ano completo 30 anos. Conheci o fórum ontem, após mais uma noite sem sono, sofrendo repensando o porque continuo
tendo uma vida de merd*. Pois bem, eu descobri da forma mais difícil o motivo após um soco no estômago, uma indireta que veio com tudo em cima de mim, durante
uma aula de um curso de filosofia eu escutei a seguinte frase que resume exatamente o que eu sou: "Um adolescente de 30 anos viciado em video game e pornografia".
Venho compartilhar com vocês como cheguei à situação de vida atual e tudo culpa da pornografia. Comecei a me masturbar lá pelos 12 anos, eu nem gozava e já sentia
prazer. Estava descobrindo meu corpo e achei essa coisa deliciosa, mas não sabia que poderia ser perigosa. Foi indo assim, não tinha nenhum estímulo visual, nem revistas e nem muito menos internet. Foi após alguns anos que descobri que na madrugava passavam filmes eróticos na TV. Não deu outra, sempre dava uma 'fugidinha' na madrugada para ver esses filmes. Era bom sentir a adrenalina no meio na noite, escondido dos pais, foi então a primeira vez que eu vi uma mulher nua e fazendo sexo. Eu pensava muito em como poderia ser essa sensação, sensação essa que experimentei tão poucas vezes. E assim foi se seguindo até meus 18 anos quando (acreditava ser um milagre) conheci uma garota no último ano do ensino médio. Com ela eu fiz tudo pela primeira vez, era maravilhoso, me sentia apaixonado e com super poderes, sempre que podíamos transávamos...  mas nem tudo é infinito! O fim do relacionamento chegou e a coisa desandou de vez. Segui minha vida muito triste, meu único amigo e companheiro era meu computador,  mas era um amigo muito infortuno para mim, pois foi com ele que descobri os sites pornôs, não deu outra, encontrei meu lugar ao sol. Eram tantos conteúdos, tudo que eu pesquisava de curioso eu encontrava, experimentei vários estímulos visuais, cada um mais estranho e novo para mim. Aquilo foi meu consolo por anos e anos e anos. Eu nunca me estabilizei em um emprego nem encontrei um novo relacionamento, pois eu tinha prazer rápido e na hora que eu quisesse, tudo isso aliado a depressão resultou nisso que sou hoje. Aí começou a minha ruína emocional e de destruição do meu corpo, da minha carteira e da minha vida, eu só durmo com medicamentos, tenho depressão e déficit  de atenção, eu não consigo conversar com ninguém e nem mesmo olho nos olhos dos meus pais, pois sinto vergonha do que eu me transformei, eu poderia ter tido um futuro brilhante, mas acebei por morar na dispensa da casa dos meus pais. Acabei descobrindo aplicativos de lives onde garotas sensuais bailavam, perdi muito dinheiro só para apreciar alguns minutos de vídeo chamada com uma bela garota. Eu nunca suspeitei que esse vício era o vilão da minha história pessoal, até que, como mencionei no começo, recebi aquele soco no estômago. Não vou mentir, meus olhos verdes atraem alguns olhares, mas eu ajo como uma pedra, desinteressado e algumas vezes até grosseiro. Já tentei usar apps de namoro para encontrar uma garota não só para me satisfazer, mas talvez resgatar aquele sentimento gostoso de se estar apaixonado, mas sempre acabava mau, eu não conversava, não mostrava interesse e por vezes fui ofendido com duras diretas que eu era um apenas um moleque sem atitude. Eu passei a noite em claro pensando: EU NÃO SOU UM HOMEM, PARECE UM GAROTO ENTRANDO NA PUBERDADE! Meu deus, é esse o problema de toda a dor e sofrimento emocional dos últimos 18 anos! Eu passo o dia todo de boa, realizo minhas tarefas, sou normal, mas a noite que tudo começa quando me deito e começo a pensar porque eu não tive sucesso na vida, porque aquele menino gênio campeão das olimpíadas de matemática foi se transformar em um cabeça oca e ferrado, como meus amigos conseguiram um bom emprego, uma bela esposa e uma vida feiz, começo a chorar por conta da depressão e meu único consolo é um video estimulante e uma punheta, gozo, relaxo e durmo... Foi ontem que comecei a largar esse vício banal, 48 horas sem me tocar, sem desejar um belo corpo feminino apenas virtualmente. O que não deveria ser problema para mim, pois já há quase  uma década que eu não toco uma mulher. Não tenho redes sociais, isso não faz falta para o meu novo jeito de viver e isso me deixa
longe de ver coisas me que atraiam para uma recaída. Tenho certeza que serão dias difíceis e novos para mim, darei meu máximo para mudar isso e sair da vida de
merd* que eu conquistei. Isto é tudo CULPA MINHA! ! ! Eu me sinto vazio, gelado e com vergonha do que sou.

Foi bom desabafar aqui. Um grande abraço

Irmão, vc não está sozinho. Levanta a cabeça e vamo que vamo!!! Tenho certeza que vc vivendo um dia de cada vez e mantendo a rotina de vir aqui contar pra gente no seu diário, as coisas vão mudar pra melhor. Eu me vi na sua História. Acredito que a maioria passa pela mesma coisa. Esrou3 a 2 anos limpo e não sou diferente de vc. Apenas agarrei o reboot como se fosse a única opção pra minha vida. O primeiro passo É reconhecer. O segundo passo É se ver como ja curado. Se veja como vc quer ser. E viva um dia de cada vez vigiando. Indico vc dar uma passada nas Histórias de sucesso, vai te dar um gás. A de seu Antonio msm é mt motivadora. Fica na paz e bola pra frente que a vida começa AGORA!
avatar
Zeca
Mensagens : 167
Data de inscrição : 07/11/2020

Meu diário por ChristoferSR Empty Re: Meu diário por ChristoferSR

13/4/2021, 08:55
[quote="ChristoferSR"]Olá, meu nome é Christofer, este ano completo 30 anos. Conheci o fórum ontem, após mais uma noite sem sono, sofrendo repensando o porque continuo
tendo uma vida de merd*. Pois bem, eu descobri da forma mais difícil o motivo após um soco no estômago, uma indireta que veio com tudo em cima de mim, durante
uma aula de um curso de filosofia eu escutei a seguinte frase que resume exatamente o que eu sou: "Um adolescente de 30 anos viciado em video game e pornografia".
Venho compartilhar com vocês como cheguei à situação de vida atual e tudo culpa da pornografia. Comecei a me masturbar lá pelos 12 anos, eu nem gozava e já sentia
prazer. Estava descobrindo meu corpo e achei essa coisa deliciosa, mas não sabia que poderia ser perigosa. Foi indo assim, não tinha nenhum estímulo visual, nem revistas e nem muito menos internet. Foi após alguns anos que descobri que na madrugava passavam filmes eróticos na TV. Não deu outra, sempre dava uma 'fugidinha' na madrugada para ver esses filmes. Era bom sentir a adrenalina no meio na noite, escondido dos pais, foi então a primeira vez que eu vi uma mulher nua e fazendo sexo. Eu pensava muito em como poderia ser essa sensação, sensação essa que experimentei tão poucas vezes. E assim foi se seguindo até meus 18 anos quando (acreditava ser um milagre) conheci uma garota no último ano do ensino médio. Com ela eu fiz tudo pela primeira vez, era maravilhoso, me sentia apaixonado e com super poderes, sempre que podíamos transávamos...  mas nem tudo é infinito! O fim do relacionamento chegou e a coisa desandou de vez. Segui minha vida muito triste, meu único amigo e companheiro era meu computador,  mas era um amigo muito infortuno para mim, pois foi com ele que descobri os sites pornôs, não deu outra, encontrei meu lugar ao sol. Eram tantos conteúdos, tudo que eu pesquisava de curioso eu encontrava, experimentei vários estímulos visuais, cada um mais estranho e novo para mim. Aquilo foi meu consolo por anos e anos e anos. Eu nunca me estabilizei em um emprego nem encontrei um novo relacionamento, pois eu tinha prazer rápido e na hora que eu quisesse, tudo isso aliado a depressão resultou nisso que sou hoje. Aí começou a minha ruína emocional e de destruição do meu corpo, da minha carteira e da minha vida, eu só durmo com medicamentos, tenho depressão e déficit  de atenção, eu não consigo conversar com ninguém e nem mesmo olho nos olhos dos meus pais, pois sinto vergonha do que eu me transformei, eu poderia ter tido um futuro brilhante, mas acebei por morar na dispensa da casa dos meus pais. Acabei descobrindo aplicativos de lives onde garotas sensuais bailavam, perdi muito dinheiro só para apreciar alguns minutos de vídeo chamada com uma bela garota. Eu nunca suspeitei que esse vício era o vilão da minha história pessoal, até que, como mencionei no começo, recebi aquele soco no estômago. Não vou mentir, meus olhos verdes atraem alguns olhares, mas eu ajo como uma pedra, desinteressado e algumas vezes até grosseiro. Já tentei usar apps de namoro para encontrar uma garota não só para me satisfazer, mas talvez resgatar aquele sentimento gostoso de se estar apaixonado, mas sempre acabava mau, eu não conversava, não mostrava interesse e por vezes fui ofendido com duras diretas que eu era um apenas um moleque sem atitude. Eu passei a noite em claro pensando: EU NÃO SOU UM HOMEM, PARECE UM GAROTO ENTRANDO NA PUBERDADE! Meu deus, é esse o problema de toda a dor e sofrimento emocional dos últimos 18 anos! Eu passo o dia todo de boa, realizo minhas tarefas, sou normal, mas a noite que tudo começa quando me deito e começo a pensar porque eu não tive sucesso na vida, porque aquele menino gênio campeão das olimpíadas de matemática foi se transformar em um cabeça oca e ferrado, como meus amigos conseguiram um bom emprego, uma bela esposa e uma vida feiz, começo a chorar por conta da depressão e meu único consolo é um video estimulante e uma punheta, gozo, relaxo e durmo... Foi ontem que comecei a largar esse vício banal, 48 horas sem me tocar, sem desejar um belo corpo feminino apenas virtualmente. O que não deveria ser problema para mim, pois já há quase  uma década que eu não toco uma mulher. Não tenho redes sociais, isso não faz falta para o meu novo jeito de viver e isso me deixa
longe de ver coisas me que atraiam para uma recaída. Tenho certeza que serão dias difíceis e novos para mim, darei meu máximo para mudar isso e sair da vida de
merd* que eu conquistei. Isto é tudo CULPA MINHA! ! ! Eu me sinto vazio, gelado e com vergonha do que sou.

Foi bom desabafar aqui. Um grande abraço[/quote

Bom dia amigo. Bem vindo ao grupo.

Li seu relato em seu diário. Como tantos outros relatos, o seu não é diferente, da forma como iniciou, como foi a trajetória, enfim são poucas as variações. Todos estão afundados no fundo do poço. Uns mais, bem mais, outros menos, mas todos sofrem as consequências desastrosas deste vício. Pode ter certeza de que vc vai encontrar casos bem mais graves que o seu. Eu cheguei aqui a 180 dias em uma situação bem pior que a sua. Mas não importa, o seu caso para vc é grave, pois é a sua vida, o que vc sente, então cada caso é um caso. Mas a boa notícia é que é possível se livrar deste vício malditos. Eu vivi 37 anos neste vício, dos 11 aos 47 anos. Hj não vivo mais na dependência deste vício, recuperei minha vida em todas os sentidos e em todas as áreas. Para mim a pornografia e masturbação deixou de ser prioridade na minha vida. Sou outro homem.
Será fácil? Não! Vc mesmo já deu a resposta. Vai depender exclusivamente de vc. Vc já deu um grande passo. Chegou até aqui. Veio para lugar certo. Aqui vc pode se desabafar a vontade, abrir seu coração, afinal o anonimato coopera para isso e falar é uma terapia. Um grande passo é o que vc fez, admitiu totalmente que toda a culpa é sua de ter cavado seu próprio poço de lama e afundado nele. Se vc cavou, então só vc pode sair. Vamos te estender as mãos em direção ao poço, mas as nossas mãos vai até um limite e aí depende de vc, se vc não ficar na ponta dos pés e esticar seus braços para alcançar nossas mãos , agir como menino empurrado de braços cruzados, se lamentando de estar no fundo do poço, vc vai continuar lá. Estenda as suas mãos e alcance as nossas e vc sairá aos poucos do lamaçal.
Tbem não vai adiantar depois que vc sair do fundo do poço, se lavar, ficar limpo da lama, sentir saudades e voltar a olhar para o fundo do poço achando que lá vc era feliz.

Cara. Vc é novinho ainda. Tenho 3 filhos e maus velho tem 27 anos, quase sua idade. Vamos crescer? Desenvolver? Vc será outro homem.
Será um homem feliz e realizado. Na vida tudo tem um limite. È necessário dar um basta. E vc resolveu dar este basta pelo seu primeiro passo. Parabéns. Vamos juntos nesta caminhada. Conte comigo. Deus o abençoe. Abraço

Rottweiler gosta desta mensagem

euvouvencer
euvouvencer
Mensagens : 1130
Data de inscrição : 16/04/2016

Meu diário por ChristoferSR Empty Re: Meu diário por ChristoferSR

13/4/2021, 09:47
Seja bem vindo ao fórum amigo.

Sábias palavras Zeca, gostei da história do poço, rsrs, bastante elucidativa.

Fique firme amigo, fuja dos gatilhos, procure se socializar e praticar atividades físicas. Como o Zeca falou, vigie sempre e não baixe a guarda.

Busque a Deus, e procure exercitar a sua fé.

Forte abraço.

_______________________________________
"NÃO POREI COISA MÁ DIANTE DOS MEUS OLHOS". (Salmos 101:3)






Visite meu diário:
[size=16]https://www.comoparar.com/t4630-diario-do-euvouvencer[/size]
avatar
ChristoferSR
Mensagens : 4
Data de inscrição : 13/04/2021
Idade : 29

Meu diário por ChristoferSR Empty Re: Meu diário por ChristoferSR

13/4/2021, 12:52
Obrigado pelo apoio. Comecei o Monk Mode e estou decidido a tirar essa porcaria da minha vida.
avatar
ChristoferSR
Mensagens : 4
Data de inscrição : 13/04/2021
Idade : 29

Meu diário por ChristoferSR Empty Update 2

15/4/2021, 19:35
Quinto dia seguindo o Monk Mode. Sinta leve melhora no sono e alimentação. Estou com menos ansiedade e mais concentrado nas leituras.

Guerreiro73 e Zeca gostam desta mensagem

Vitoriosa
Vitoriosa
Moderadora
Moderadora
Mensagens : 865
Data de inscrição : 10/12/2018

Meu diário por ChristoferSR Empty Re: Meu diário por ChristoferSR

17/4/2021, 00:25
Oi, CristoferSr!

Que bom que você chegou! Seja muito bem-vindo ao Fórum "Vício em Pornografia, Como Parar?". Aqui, ao mesmo tempo em que construímos um novo caminho por meio da reversão do vício, também construímos uma família. Por isso, desejamos que você se sinta bem entre nós, ao mesmo tempo que encontre oportunidades e condições para aprender e crescer.

Confira algumas orientações, caso já esteja adotando algumas delas, parabéns!

  • Conheça a legislação do Fórum: Regras de Participação, Orientações Básicas e Proibições.

  • Veja como gerenciar seu diário em Como criar um diário no Fórum.

  • Conheça o Guia Introdutório e aprenda o básico sobre o processo de reversão do vício ou adquira o Curso Online Programa Revert (Super Recomendado) para ter acesso a informações mais completas.

  • Confira o arsenal tecnológico para te auxiliar na proteção contra o vício: Configuração do Clean Browsing; Bloqueamento via Hosts; Inter App Control Pro (Pago); Blok Supreme (Pago); Download do Qustodio (A versão gratuita já é suficiente). Para maiores informações e/ou encontrar outras opções acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Conheça os navegadores (para smartphone) que já vem com proteção contra o vício e escolha um: Spin, Kids Safe Browser (Pago) e Mobicip. Instale o NetAngel para bloquear a pornografia em seu smartphone, bem como o AppLock que pode ser utilizado para bloquear o serviço de distribuição de aplicativos, as configurações do smarthpone, dentre outras coisas. Para maiores informações e/ou encontrar outras opções para Android, iOS ou Windows Phone acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Dica: Cadastre um e-mail temporário descartável em seus softwares, pois, assim, você evita uma possível recuperação da senha. Utilize também um método de ocultação de senha, para evitar que você desative os bloqueadores em um momento de fissura. Acesse: Método para esconder a senha.

  • Instale um contador de dias: Tutorial Contador de Dias, para te situar em sua jornada.

    Avalie também a necessidade de abandono de outros vícios que podem de alguma forma te atrapalhar no processo, como masturbação, álcool, outras drogas lícitas e ilícitas, games, comidas e outros.

  • Priorize as atividades de religação, tais como: socialização, trabalho voluntário, trabalho manual prazeroso, leitura de livros, mindfulness, meditação, yoga, musculação, natação, ciclismo, pilates, hidroginástica, crossfit, boxe, lutas diversas, dança, caminhada, corrida, zumba, voleibol, futebol e muitas outras. Não foque muito em quantidade, mas na qualidade.

  • Não desperdice o seu tempo em redes sociais, pois muitas delas atuam como verdadeiras "playboys digitais", tais como: facebook, instagram, twitter, pinterest e outras. Evite também a navegação a esmo.

  • Não abandone o fórum, atualize constantemente o seu diário. Certifique-se de ter relatado toda a sua história de envolvimento com a PMO, para que, assim, possamos ajudá-lo(a) da melhor forma. Iremos empenhar todos os nossos esforços para te assistir, e sempre que puder ajude outros aqui também.

Abraços!

_______________________________________
Vitoriosa

ChristoferSR gosta desta mensagem

avatar
ChristoferSR
Mensagens : 4
Data de inscrição : 13/04/2021
Idade : 29

Meu diário por ChristoferSR Empty Re: Meu diário por ChristoferSR

2/5/2021, 16:55
Passando para atualizar o post. Hoje completa 20 dias dd nofap e sem pornografia. Fiquei tempo sem atualizar o post porque me esqueci --'. É o mais longe que consegui chegar, já não perco energia com coisas supérfluas, comecei aulas de violino (algo que desejei desde adolescente). Me sinto um pouco vergonhoso por tudo isso que perdi na vida, mas tudo está indo melhor. Nada de redes sociais e nem estímulos. Nem penso mais nisso, agora é seguir até o final do primeiro tempo.

Grande abraço

Rottweiler gosta desta mensagem

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum