Ir em baixo
avatar
Convidado
Convidado

Relatos de Cada Fase: Perdendo o que é bom. Empty Relatos de Cada Fase: Perdendo o que é bom.

8/5/2021, 13:02
Fala, meus queridos, F. S. John falando.


Depois de todo esse tempo, você já perceberam que perderam muito, mas muito mesmo, do que é bom? Tipo, sabe aquela menina que sempre te mandava mensagens, e daí você não via interesse nela, e não sabia porque não tinha esse interesse. Ou aquela que você ficava e depois de um tempo não via mais interesse porque sempre via de uma maneira sexual, e você nunca tava sexualmente contente com ela. Sabe também aquele grupo de amigos, que não fazia sentido para você, aquelas conversas, brincadeiras, momentos bons. Aquela viagem que você não quis ir (porque a casa ia ficar só para você), então, aquela forma de viver sem pressa e aproveitando tudo o que você tem de direito. Eu acho que perdi muito disso, e senti exatamente como está no e-book. Lembro que sempre fui tímido, isolado. Mas agora mais sociável. Sério, eu mal dava palavra com o pessoal da minha rua, agora me sento na calçada e fico feliz de ficar olhando as pessoas por nada. Antes era só o meu quarto e nem mesmo abria a janela. Acho que muitos me entendem. Agora eu mando mensagem para todos, antes eu achava que todos e tudo era desinteressante. Entendo então que não vai ter volta para o tempo perdido, para todas aquelas experiências que a ansiedade social e isolamento me trouxe e que fez eu ser quem verdadeiramente não sou. Agora me vejo numa outra pessoa, autêntico. Sei que muito ainda existe e que vou viver de forma suave, apreciar os pequenos prazeres, as boas coisas que virão. Enfim. Lembro que uma vez uma menina muito linda de um outro curso da faculdade ficou muito tempo me dando sinais, o idiota aqui nem mesmo entendeu, achou que era outra coisa, e me lembro bem de pensar que ela era boba, porque eu sempre era um cara cheio de 'critérios'. Não, era mesmo o hábito diário de me marturbar antes de levantar e antes de dormir sempre. Bem, essa foi a que mais me fez recordar o quanto fui idiota... na faculdade tinha uma menina que sempre tava querendo algo, mesmo que fosse uma caneta, e acho que ela deixava as canetas dela em casa para poder puxar assunto comigo durante a aula, porque a gente tinha matérias cruzadas. Sabe o que eu fiz, num certo dia saí com meus amigos e quando tava voltando para casa ela me ligou, eu mesmo sabendo que não era muito a fim dela, fui lá ver ela. Coloquei ela na minha moto e levei para casa. Transamos no primeiro encontro, no segundo e terceiro e mais algumas vezes. Logo depois, senti que não queria mais ela. Fiquei com uma cara de insensível, mas eu não a queria mais, do nada. Mesmo ela sendo linda, inteligente, sensual, a mulher com que eu com certeza estaria até hoje, se não tivesse sido aquela pessoa idiota. Relembrando o caso, notei que tinha Ejaculação Retardada, que demorava demais para gozar, e sempre achei que fosse ela que não me excitava ao ponto de ter um orgasmo. Pois, então, perdi o que era bom. Perdi o que era muito bom.


Com certeza, relembrando não só esse, mas muitos casos, sei que muito havia de problema na minha vida sexual, que não foi nada legal até esse momento. Bom, meus caros, esse é só mais um relato. Vendo as coisas de perto, sei que tive ambas, EP e ER e apenas vim cair na real quando tive DE. Estou muito bem quando estudando o assunto e vendo o real problema disso tudo. Mas o que é bom também está por vir, e estou rezando que estes 90 dias(mais ou menos) passem e que eu possa voltar a me relacionar com as pessoas, desta vez, de verdade.


Abraços e atenção nesse reboot!
Voltar ao Topo
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum