Ir em baixo
avatar
Anti-Gorbachov
Mensagens : 15
Data de inscrição : 20/04/2019

Eu preciso de um novo recomeço. Empty Eu preciso de um novo recomeço.

24/5/2021, 08:00
É irônico que eu esteja criando esse tópico agora: após uma semana de no-fap, e sintomas do que poderia (certamente está sendo uma flatline), tive uma das recaídas mais decadentes possíveis.

A pandemia vem me deixando atordoado em muitos sentidos, e me fez refletir sobre muitas questões da vida, do mundo. Mudei muito minha leitura de realidade, e até mesmo meu projeto de vida, em alguma medida. Em nenhum desses planos, há espaço para o PMO. Não há espaço para um hábito que, durante todo esse período de isolamento, atingiu parâmetros extremamente perniciosos pra mim. Nos meus limites éticos, pensei que seria "menos pior" procurar P amador, "direto das fontes", nas redes sociais, em contato direto com as SWs e aquela ladainha toda que o feminismo liberal nos vende. Percebo, após meses, que isso criou e potencializou em mim o hábito já existente de PMO.

Ainda que eu não consuma - e realmente nunca me despertou, ainda bem - tão rotineiramente consumos tão "hardcore" como consumia, a ânsia por "sexting" se tornou facilmente uma compulsão. Ao passo em que isso pode ter melhorado um pouco minhas capacidades de sociabilizar, quiçá, isso passou a me tomar excessivamente o tempo. E, quando não era bem sucedido em "investidas", o subterfúgio cabia às SWs, um hábito terrível e que os adianto: é uma ilusão pensar que, desse modo, as coisas poderão se suavizar. Na prática, o fim disso, pra mim, foi ficar "afiando" por muitas horas a fio, alimentando fantasias e dando uma continuidade perigosa, extremamente danosa, aos rumos de hábito que o PMO me fornecia - às vezes mais, às vezes muito pouco, ao ponto de eu ter "resetado" duas vezes na vida, uma pouco antes da pandemia até -, e que sinto estar afetando minha libido, mesmo aos 21.

A moral que deixo é: não há meio-termo para a nova droga, não há "consumo ético", não há "nova forma de sociabilidade" que possa ser saudável interligada no meio desse contexto exploratório e que degrada nossas cabeças. Eu quero que daqui pra frente tudo isso que venho passando se concretize não só em lição, mas em ação, e eu virei aqui todo dia nem que seja uma vez atestar meu sucesso contínuo que não tardará, pois tenho meus objetivos e papel histórico a cumprir, a partir da data que hoje: hei de me parir de novo, ante um novo mundo! Não é possível que eu siga me aguentando sem seriamente tentar derrubar os meus grilhões; não é possível nem a mim, nem ao mundo. Se não luto contra mim, parece que a batalha já nasce perdida.

Ps.: só vou me atrever a chamar isto de "diário" após um completo reset. Minha meta é de que, após o reset, MO seja permitida com um limite de 4 ocorrências mensais (1x por semana), mas sempre almejando 2 ocorrências mensais limítrofes.

Toon e 300Espartanos gostam desta mensagem

avatar
Anti-Gorbachov
Mensagens : 15
Data de inscrição : 20/04/2019

Eu preciso de um novo recomeço. Empty Re: Eu preciso de um novo recomeço.

25/5/2021, 00:05
Bom, ninguém respondeu mas vou dar alguns updates aqui. Já tomei algumas primeiras ações, que julgo fundamentais:


  • Baixei um app de software livre chamado "Loop", disponível na F-Droid, que monitorará o hábito. Foi sugerido que eu não colocasse uma pecha negativa no objetivo, do tipo "não assistir pornografia", mas sim positivar a sentença, algo como "ter um dia livre de pornografia". Estarei usando o app pra tentar me disciplinar noutros sentidos também, quem sabe voltar a fazer exercícios físicos mais ou menos regularmente;
  • Excluí todas as fotos e conteúdos, em geral, que recebi ou comprei por meio de perfis secretos, minha "vida alternativa". Também apaguei os meus próprios conteúdos, claro, o que certamente será de salutar importância; apaguei qualquer um desses perfis.


Hoje foi um dia bacana, saí caminhar com minha amiga e até desabafei um pouco sobre essas questões. Espero agora na madruga poder cumprir algumas obrigações que tenho com projetos e faculdade. Sinto que o PMO surge, normalmente, engatilhado pela procrastinação, ou é meio para a procrastinação, sobretudo. Um escape da ansiedade, em boa medida. Como eu tive aquele background do primeiro post, de buscar um "consumo ético", isso quase sempre desembocava em horas "afiando", enfim... O que pensam de consumir materiais, assistir documentários sobre a realidade da indústria e o consumo em si, também? Pode auxiliar o consumo desse tipo de material ou, pelo contrário, constituir gatilho?

Abraço a todos.

Toon e 300Espartanos gostam desta mensagem

300Espartanos
300Espartanos
Mensagens : 55
Data de inscrição : 19/05/2021
Idade : 24

Eu preciso de um novo recomeço. Empty Re: Eu preciso de um novo recomeço.

25/5/2021, 06:38
bom dia meu amigo, cara um dia quero saber escrever igual a você rsrs, gostei muito das palavras e da forma que você escreveu, bom eu queria te desejar tudo de bom e que de tudo certo no seu reboot, estarei te acompanhando, forte abraço...

_______________________________________
Meu Diário >Aqui!<  study

 
Minhas Metas
P: 30(x), 60( ), 90( ), 180( ), 270( ), 365( ) Dias.
M: 30( ), 60( ), 90( ), 180( ), 270( ), 365( ) Dias.

30 Dias = 2500 Persas Derrotados
30.000 Persas Derrotados em 365 Dias
Progresso
Progresso
Mensagens : 85
Data de inscrição : 10/01/2021
Idade : 24

Eu preciso de um novo recomeço. Empty Consciência e Consistência.

25/5/2021, 08:33
Espero que esteja bem e forticado, focado e tendo consciência da sua responsabilidade. Uma coisa que posso te dizer é, você é seu próprio recomeço. Como ser humano somos aptos a sempre estar em constante mudança.
Por que eu digo da responsabilidade? Porque só depende de você, tanto se recair, quanto conseguir transcender esse vício. Consegue entender que fortificar seus passos e planos futuro te deixa mais preparado para o que vir.

Acho o ideal o que tem feito até agora, buscando formas de conseguir mudar a rotina mental, bloqueando, trocando hábitos...
Espero que esteja bem, fique bem. Esteja fortificado e um bom processo, confia, porque o reboot é real!
avatar
Anti-Gorbachov
Mensagens : 15
Data de inscrição : 20/04/2019

Eu preciso de um novo recomeço. Empty Re: Eu preciso de um novo recomeço.

6/6/2021, 07:37
300Espartanos escreveu:
bom dia meu amigo, cara um dia quero saber escrever igual a você rsrs, gostei muito das palavras e da forma que você escreveu, bom eu queria te desejar tudo de bom e que de tudo certo no seu reboot, estarei te acompanhando, forte abraço...

Bom dia, amigo! Muito obrigado pelo retorno. Até aqui, está tudo indo "certo" sim, valeu mesmo. Não acho que eu escreva tão bem, deve ser só "efeito colateral" da graduação que faço (que exige muita leitura/escrita) kkkkjj. Forte abraço.

Progresso escreveu:
Espero que esteja bem e forticado, focado e tendo consciência da sua responsabilidade. Uma coisa que posso te dizer é, você é seu próprio recomeço. Como ser humano somos aptos a sempre estar em constante mudança.
Por que eu digo da responsabilidade? Porque só depende de você, tanto se recair, quanto conseguir transcender esse vício. Consegue entender que fortificar seus passos e planos futuro te deixa mais preparado para o que vir.

Acho o ideal o que tem feito até agora, buscando formas de conseguir mudar a rotina mental, bloqueando, trocando hábitos...
Espero que esteja bem, fique bem. Esteja fortificado e um bom processo, confia, porque o reboot é real!

Grato de mais pelas palavras! Acredito nisso também, sou parte essencial desse recomeço, e preciso acreditar na minha capacidade de intervir nisso, senão nem tem por que tentar. Estou indo "bem", abaixo vou relatar com mais detalhes... Muito do meu primeiro post não consegui seguir, mas o "núcleo duro" que é não ser mais coagido pelo PMO está de vento em popa. Espero poder prestigiar os resultados assim que me for permitido. Abração!




O relato/escrito abaixo pode conter gatilho a quem está no processo de reboot!

Bom, tendo respondido às mensagens (que já são de data mais ou menos longa)...
Inicialmente, tenho de dizer que apesar de ausente por alguns dias, não me ausentei do processo, felizmente. Admito, de maneira bem honesta - e gostem desse termo/conceito ou não - que vim aqui, mais uma vez, por ter sido "engatilhado" a isso, e meu acesso aqui poderia ter sido tranquilamente uma recaída. Creio que não é um sentimento incomum entre os que fazem essa parada - especialmente os solteiros - a frustração sexual, que acompanha todo esse processo aparentemente compulsivo do PMO.  Pois então, agora na pandemia, como é de se esperar, isso se agravou muito comigo. Percebo uma preguiça social nunca antes sentida por mim, que sempre me considerei relativamente extrovertido, com gosto por expressar. Agora, deixo as pessoas invariavelmente no vácuo em diversas redes sociais, não vejo mais a mesma graça na sociabilização. Essa sociabilização que a rede nos oferta é muito, muito limitada, não me empolga/excita (sem ser no sentido sexual, obviamente) o bastante. Nunca fui de sociabilizar tanto pelas redes, inclusive; dava preferência a fazer "minhas" tarefas de objetivo mais pessoal ou acadêmico-profissional nas redes. Esse contexto bagunçou toda a minha vida. Pra piorar, tive uns meses de ócio exatamente naquele período mais restritivo da pandemia, e sempre aderi fielmente à quarentena (vejo razões para isso também, até hoje, e não pretendo que desenvolvam um debate sobre aqui, é algo meu e que não estou disposto a deixar em disputa nesse espaço específico). Foi quase que "inevitável", o contexto apoiou muito o meu reinício do consumo de P, que, como escrevi ali no começo, se agravou mais que o esperado e "evoluiu" para outras formas de consumo até relativamente mais nocivas.

Mas enfim... O que teria me engatilhado? Como disse no parágrafo acima, atuo hoje em dia em uma área que exige muita leitura e escrita de textos relativamente "pesados", cheios de categorias e que demandam certo rigor etc. Ocorre que resolvi ler algo há uma hora atrás - algo positivo, pois há dias que venho trocando meus antigos mecanismos de procrastinação por outros "menos piores", como xadrez e LoL (os quais ainda quero os combater, também) - e eis que começa um barulho na vizinhança: uma cama rangendo, a um ritmo mais ou menos compassado. Não preciso digitar o que isso simboliza ou significa, pra mente de alguém nesse processo. Não bastasse isso, outros dois elementos de esferas distintas parece que se somaram a isso, na medida em que abri as redes sociais um pouco, pra tentar me distrair após já ter me surpreendido pelos ruídos da vizinhança, que me ativaram a frustração: as "tags" em alta em uma certa rede eram explicitamente promíscuas, e na rede social de bate-papo, notei que algumas antigas amizades se reuniram e não me chamaram. Eu não sei por que isso me atinge, tendo em vista que lá por 2017, realmente me afastei desse grupo de pessoas, e não tem uma explicação muito nítida - ou óbvia, mesmo pra mim - do porquê. Eu simplesmente me afastei, estava focado noutras coisas (processo vestibular e afins), fiz alguns outros amigos, enfim... Ocorre que até hoje fico meio magoado nessas situações, envolvendo especificamente esse antigo grupo. Quanto às palavras na outra rede, simplesmente as silenciei e banda que toca, sem problemas.

Por um lado, realmente não "sou obrigado" a manter vínculos duradouros com ninguém, sendo um ser em constante mudança e que pode mudar de interesses, de círculos, dinamicamente. Não sei realmente o quê me atiça emocionalmente aí, mas já a preguiça social é um problema que vem me afetando. Sei que em partes é decorrência da pandemia, muitas pessoas saíram da cidade, também; mas não só, sinto que pode ter algum elemento a mais, ou será que não? Será que, o que existe de fato, é apenas minha preguiça social e eu apenas projeto essa sensação de "abandono" (pelo menos por parte de amizades, contatos fora da família) pra mim, em justaposição?

Ps.: pra ser justo, há uma pessoa que considero amiga e que ainda me convida pra fazer coisas, mesmo ela infelizmente não estando isenta da minha "preguiça" de responder rápido, de ouvir áudios (às vezes longos), de consumir conteúdos que ela me recomenda. Antes que alguém possa especular, é uma amiga compromissada (risos). Ainda assim, parece que a minha situação nesse aspecto me consterna, por algum motivo. É bem razoável a probabilidade de ser algo que se limita à frustração estritamente sexual, mas enfim...

Fica aí o desabafo e a (não tão) breve atualização no diário (que não é mais um diário). Até outra hora!

Ps. 2: sou burro e não percebi que já tinha citado essa amiga no outro dia.




Eu preciso de um novo recomeço. PqyGaf2

A quem se interessar, esse app da imagem se chama "Loop" e está disponível para Android. É um app, como indica, pra rastreamento/monitoramento de hábitos de qualquer tipo. Recomendo bastante, a interface é muito fluída, o app é leve, te notifica - no período que você definir - questionando se você manteve o hábito ou não. E é um software de licença GPL (livre), não rastreia usuários nem nada.

Toon gosta desta mensagem

Vitoriosa
Vitoriosa
Moderadora
Moderadora
Mensagens : 967
Data de inscrição : 10/12/2018

Eu preciso de um novo recomeço. Empty Re: Eu preciso de um novo recomeço.

7/6/2021, 11:29
Oi, Anti-Gorbachov!

Que bom que você chegou! Seja muito bem-vindo ao Fórum "Vício em Pornografia, Como Parar?". Aqui, ao mesmo tempo em que construímos um novo caminho por meio da reversão do vício, também construímos uma família. Por isso, desejamos que você se sinta bem entre nós, ao mesmo tempo que encontre oportunidades e condições para aprender e crescer.

Confira algumas orientações, caso já esteja adotando algumas delas, parabéns!

  • Conheça a legislação do Fórum: Regras de Participação, Orientações Básicas e Proibições.

  • Veja como gerenciar seu diário em Como criar um diário no Fórum.

  • Conheça o Guia Introdutório e aprenda o básico sobre o processo de reversão do vício ou adquira o Curso Online Programa Revert (Super Recomendado) para ter acesso a informações mais completas.

  • Confira o arsenal tecnológico para te auxiliar na proteção contra o vício: Configuração do Clean Browsing; Bloqueamento via Hosts; Inter App Control Pro (Pago); Blok Supreme (Pago); Download do Qustodio (A versão gratuita já é suficiente). Para maiores informações e/ou encontrar outras opções acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Conheça os navegadores (para smartphone) que já vem com proteção contra o vício e escolha um: Spin, Kids Safe Browser (Pago) e Mobicip. Instale o NetAngel para bloquear a pornografia em seu smartphone, bem como o AppLock que pode ser utilizado para bloquear o serviço de distribuição de aplicativos, as configurações do smarthpone, dentre outras coisas. Para maiores informações e/ou encontrar outras opções para Android, iOS ou Windows Phone acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Dica: Cadastre um e-mail temporário descartável em seus softwares, pois, assim, você evita uma possível recuperação da senha. Utilize também um método de ocultação de senha, para evitar que você desative os bloqueadores em um momento de fissura. Acesse: Método para esconder a senha.

  • Instale um contador de dias: Tutorial Contador de Dias, para te situar em sua jornada.

    Avalie também a necessidade de abandono de outros vícios que podem de alguma forma te atrapalhar no processo, como masturbação, álcool, outras drogas lícitas e ilícitas, games, comidas e outros.

  • Priorize as atividades de religação, tais como: socialização, trabalho voluntário, trabalho manual prazeroso, leitura de livros, mindfulness, meditação, yoga, musculação, natação, ciclismo, pilates, hidroginástica, crossfit, boxe, lutas diversas, dança, caminhada, corrida, zumba, voleibol, futebol e muitas outras. Não foque muito em quantidade, mas na qualidade.

  • Não desperdice o seu tempo em redes sociais, pois muitas delas atuam como verdadeiras "playboys digitais", tais como: facebook, instagram, twitter, pinterest e outras. Evite também a navegação a esmo.

  • Não abandone o fórum, atualize constantemente o seu diário. Certifique-se de ter relatado toda a sua história de envolvimento com a PMO, para que, assim, possamos ajudá-lo(a) da melhor forma. Iremos empenhar todos os nossos esforços para te assistir, e sempre que puder ajude outros aqui também.

Abraços!

_______________________________________
Vitoriosa
Toon
Toon
Mensagens : 584
Data de inscrição : 26/06/2019
Idade : 24

Eu preciso de um novo recomeço. Empty Re: Eu preciso de um novo recomeço.

9/6/2021, 00:50
Fala Anti-Gorbachov, boa noite meu caro!

Me deu uma sensação bem satisfatória ler o seu diário, vc escreve muito bem e tem uma clareza muito grande nas palavras.

Concordo bastante com você na questão de que não existe um consumo aceitável de P, já me enganei muito com isso, essa nova droga colocando nas suas palavras, não é como o tratamento das outras onde você no geral vai parando aos poucos, é praticamente impossível fazer dessa maneira, é um vicio que toma muito o nosso tempo e nossa vontade de viver a vida, é provavelmente o vicio mais solitário que existe.

A procrastinação é realmente um grande vilão do tratamento, tente evitar esses momentos o quanto puder, ler, meditar, praticar exercícios, socializar, etc, ajudam muito.

Continue frequentando o fórum, e escrevendo aqui, mesmo que ninguem responda, o diário é voltado pra você, é muito bom voltar aqui e ler o que você escreveu e aprender sobre o processo.

Eu também uso esse app, mas conheço pelo nome de "habitos", na vdd não sei se é o mesmo, mas o desenho e a ideia são idêntico, o aplicativo é muito bom realmente, eu uso faz mais de 1 ano e apesar de ter esquecido de marcar as coisas algumas vezes, ele tem me ajudado muito a ver como estou me saindo.

_______________________________________


"A persistência é o caminho do êxito."

Meu diário
Voltar ao Topo
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum