Ir para baixo
avatar
Convidado
Convidado

Minha Jornada. Empty Minha Jornada.

22/6/2021, 12:26
Olá, bom dia, boa tarde, boa noite ou boa madrugada, a depender do horário em que tu, caro(a) leitor(a), estás a ler este texto.

Com o 'pseudônimo' de Kamado_Tanjirou, ponho-me a começar a escrever um diário sobre minha jornada sem PMO. Tive meus primeiros contatos com a P na faixa dos 11-13 anos, e às vezes eu via, sem (pasmem) M. Só conheci de fato a M e o O no final de 2018, vendo P. Desde então, eu consumia PMO com relativa frequência. Às vezes até semanalmente, lá uma ou duas vezes. Hoje tenho 21 anos, não me considero viciado tal como muitos aqui eram, mas posso dizer que a PMO deturpou ou distorceu bastante a noção do sexo, de uma forma que não é natural nem benéfica. Confesso que me dá um peso enorme na consciência o simples fato de consumir PMO, porque é como se faltasse algo que não conseguiria talvez 'preencher' sozinho.

Há pelo menos uma semana atrás, conheci o Método Como Parar, li o Guia Introdutório e percebi que se eu continuasse com esse consumo de PMO, seria bastante provável que em algum momento o vício começasse a me afetar de maneira cada vez mais forte, me pondo em um ciclo vicioso que com certeza acarretaria muitos prejuízos em muitos aspectos da minha vida. Por isso, há exatamente uma semana comecei a ler o Fórum, as Histórias de Sucesso (e fico bastante feliz por cada história lida!), o Guia Introdutório, e decidi que gostaria também de criar um diário, bem como instalar um contador. Como muitos aqui, talvez eu não precise usar bloqueadores, uma vez que o problema começa dentro da pessoa, e não fora dela. Eu não tenho redes sociais (excluí todas ou parei de entrar nelas, deixando as contas inativas); não uso muito o celular a não ser exclusivamente para coisas produtivas, como ler um texto ou usar afinador/metrônomo, fora isso ele permanece quase o tempo todo desligado. Estou há pelo menos uma semana sem consumir PMO, e decidi que começaria a escrever assim que completasse essa semana.

Como muitos aqui, estarei de olho em mim mesmo, me policiando, tomando cuidado para não sucumbir ao vício, bem como relatando o progresso, as melhoras, os benefícios, conforme o passar do tempo. Pretendo também escrever breves reflexões a respeito do consumo e da prática de PMO, e assim por diante. Qualquer ajuda ou orientação é bem-vinda, aceito de bom grado!

Enfim, minha jornada começou. Lutarei para que essa seja uma jornada eterna, sem PMO pelo resto da vida, sem vícios, e fazendo o melhor para crescer e limpar minha mente de tanto conteúdo nocivo. Começarei no Hard Mode (uma vez que não tenho namorada ou parceira), lerei o máximo de histórias e diários, refletirei sobre cada um e buscarei aprender sobre. Toda jornada começa com um único passo, e tendo eu dado meu primeiro passo, é hora de prosseguir: um passo de cada vez, sem se desviar do caminho.
avatar
Convidado
Convidado

Minha Jornada. Empty Primeira semana

23/6/2021, 08:41
Bom dia, boa tarde, boa noite ou boa madrugada, a depender do horário em que tu, caro(a) leitor(a), estás a ler.

Como postei mais em cima, optei por criar este diário assim que completasse uma semana sem PMO.

Por eu ter começado recentemente, ainda não consigo notar benefícios de uma forma mais evidente, mas posso dizer que, ao menos, houve uma relativa melhora em comparação a como estava antes do reboot: menos procrastinação, menos cansaço, uma vontade levemente maior para fazer outras coisas e permanecer ocupado. E, claro, a mente começa a ficar cada vez mais limpa, e vejo as coisas de maneira mais clara, porém ainda assim às vezes me pego fantasiando com outras mulheres da mesma forma que a P "ensinou". Às vezes tem surgido a vontade de me masturbar e em outras me surgem na mente "imagens" pornográficas, mas estou conseguindo evitar isso e faço outras coisas.

E eis uma breve reflexão que fiz sobre esses assuntos: toda escolha, toda ação, é uma negação de alguma outra coisa. Para você estudar, precisa evitar distrações. Para se exercitar, precisa sair da 'zona de conforto' e se dispor a isso, e assim por diante. Somos seres sociais: nossa vida tende a ser tanto mais vívida quanto mais plena quando há uma boa companhia, um componente social. Ao consumir PMO, não se está usufruindo de uma boa companhia humana, de um convívio social saudável: está-se isolando para assistir a uns vídeos de pessoas nuas que nunca vai ver na vida. E achar que isso não vai afetar em outros aspectos da vida é um erro: a PMO induz, consciente ou inconscientemente, à objetificação sexual da pessoa; e se considerar toda a 'explosão' de dopamina liberada pelo cérebro após um O, é como se se estivesse dizendo a si mesmo(a), mesmo que indiretamente, que o prazer, a conquista, a felicidade do esforço para conseguir algo que tanto buscamos, não é tão prazeroso quanto um O (o que inclui o componente social também): em outras palavras, sabota-se a autodisciplina e paciência.  Junta tudo isso e você começa a perceber que, no aspecto social, a PMO é prejudicial porque o(a) isola do convívio social e, por consequência, tira de nós uma parte do nosso ser: o ser social. Digam-me: PMO é tão importante que a vida social, a autodisciplina, o nosso ser, tudo isso tem de ser sacrificado em prol de um prazer momentâneo? Ou... Nós realmente precisamos 'sacrificar' os componentes mais essenciais de nossas vidas para nos trancarmos no quarto fazendo algo que não gera nenhum retorno positivo?
Vitoriosa
Vitoriosa
Moderadora
Moderadora
Mensagens : 1066
Data de inscrição : 10/12/2018

Minha Jornada. Empty Re: Minha Jornada.

23/6/2021, 22:12
Oi, Kamado_Tanjirou !

Que bom que você chegou! Seja muito bem-vindo ao Fórum "Vício em Pornografia, Como Parar?". Aqui, ao mesmo tempo em que construímos um novo caminho por meio da reversão do vício, também construímos uma família. Por isso, desejamos que você se sinta bem entre nós, ao mesmo tempo que encontre oportunidades e condições para aprender e crescer.

Confira algumas orientações, caso já esteja adotando algumas delas, parabéns!

  • Conheça a legislação do Fórum: Regras de Participação, Orientações Básicas e Proibições.

  • Veja como gerenciar seu diário em Como criar um diário no Fórum.

  • Conheça o Guia Introdutório e aprenda o básico sobre o processo de reversão do vício ou adquira o Curso Online Programa Revert (Super Recomendado) para ter acesso a informações mais completas.

  • Confira o arsenal tecnológico para te auxiliar na proteção contra o vício: Configuração do Clean Browsing; Bloqueamento via Hosts; Inter App Control Pro (Pago); Blok Supreme (Pago); Download do Qustodio (A versão gratuita já é suficiente). Para maiores informações e/ou encontrar outras opções acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Conheça os navegadores (para smartphone) que já vem com proteção contra o vício e escolha um: Spin, Kids Safe Browser (Pago) e Mobicip. Instale o NetAngel para bloquear a pornografia em seu smartphone, bem como o AppLock que pode ser utilizado para bloquear o serviço de distribuição de aplicativos, as configurações do smarthpone, dentre outras coisas. Para maiores informações e/ou encontrar outras opções para Android, iOS ou Windows Phone acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Dica: Cadastre um e-mail temporário descartável em seus softwares, pois, assim, você evita uma possível recuperação da senha. Utilize também um método de ocultação de senha, para evitar que você desative os bloqueadores em um momento de fissura. Acesse: Método para esconder a senha.

  • Instale um contador de dias: Tutorial Contador de Dias, para te situar em sua jornada.

    Avalie também a necessidade de abandono de outros vícios que podem de alguma forma te atrapalhar no processo, como masturbação, álcool, outras drogas lícitas e ilícitas, games, comidas e outros.

  • Priorize as atividades de religação, tais como: socialização, trabalho voluntário, trabalho manual prazeroso, leitura de livros, mindfulness, meditação, yoga, musculação, natação, ciclismo, pilates, hidroginástica, crossfit, boxe, lutas diversas, dança, caminhada, corrida, zumba, voleibol, futebol e muitas outras. Não foque muito em quantidade, mas na qualidade.

  • Não desperdice o seu tempo em redes sociais, pois muitas delas atuam como verdadeiras "playboys digitais", tais como: facebook, instagram, twitter, pinterest e outras. Evite também a navegação a esmo.

  • Não abandone o fórum, atualize constantemente o seu diário. Certifique-se de ter relatado toda a sua história de envolvimento com a PMO, para que, assim, possamos ajudá-lo(a) da melhor forma. Iremos empenhar todos os nossos esforços para te assistir, e sempre que puder ajude outros aqui também.

Abraços!

_______________________________________
Vitoriosa
avatar
Convidado
Convidado

Minha Jornada. Empty Nono e Décimo dias

25/6/2021, 09:24
Bom dia!

Ontem não pude escrever porque não tive tempo. Porém não tive recaída, sigo firme, e quando dá vontade (de pelo menos consumir MO), sempre lembro dos relatos de sucesso aqui, bem como não esqueço que vou me arrepender se eu fizer isso (já que também pode acabar me levando a procurar P).

Não noto muitos benefícios ainda, uma vez que comecei com o reboot recentemente, mas posso dizer que estou bem menos estressado, mais focado, sinto uma confiança maior, e comecei também a notar que o desejo por socializar parece ter aumentado... e ah, comecei a correr também! Corrida e violão têm sido minhas atividades de religação, fora da vida acadêmica. Celular continua por uma boa parte do tempo desligado e o computador só uso exclusivamente para meus deveres acadêmicos ou na busca por material para estudar violão ou algo de interesse. Sinceramente, apesar de não ter notado muito, estou achando isso muito bom!

Por ora, creio que é só isso que tenho a dizer. Até mais!
Gabriel TMP
Gabriel TMP
Mensagens : 40
Data de inscrição : 09/06/2021
Idade : 21
Localização : Florianópolis- SC

Minha Jornada. Empty Re: Minha Jornada.

25/6/2021, 10:00
Bom dia Brother...Sim, é importante cortar ou ficar o maior tempo possível sem MO, pois após o "O" foi constatado que entramos no efeito caçador(a busca pela mesma sensação novamente)...o que então é de 75% de chance que irá resetar de verdade com substitutos ou a própria PMO.

Parabéns por estar fazendo a diferença lutando para ter uma vida livre desse vício sexual, nos momentos de dúvidas ou racionalizações, lembre se disso! Boa sorte e foco sempre pois o vício aparece quando relaxamos!

_______________________________________







Diário:
https://www.comoparar.com/t11955p25-warrior
avatar
Convidado
Convidado

Minha Jornada. Empty Re: Minha Jornada.

25/6/2021, 11:01
Gabriel TMP escreveu:Bom dia Brother...Sim, é importante cortar ou ficar o maior tempo possível sem MO, pois após o "O" foi constatado que entramos no efeito caçador(a busca pela mesma sensação novamente)...o que então é de 75% de chance que irá resetar de verdade com substitutos ou a própria PMO.

Parabéns por estar fazendo a diferença lutando para ter uma vida livre desse vício sexual, nos momentos de dúvidas ou racionalizações, lembre se disso! Boa sorte e foco sempre pois o vício aparece quando relaxamos!

Obrigado, amigo! Farei meu melhor! Very Happy
Guerreiro JD
Guerreiro JD
Mensagens : 382
Data de inscrição : 05/07/2015
Idade : 32

Minha Jornada. Empty Re: Minha Jornada.

25/6/2021, 14:38
Fala ai Kamado,

Parabéns pela iniciativa e reflexão. É provável que no geral você já tenha entendido o problema que enfrentamos e já tem em mãos boas ferramentas para lutar. Agora acredito que somente o fator tempo para testar, ou melhor, para por em prática a teoria.

Quero te encorajar a realmente abandonar esse lixo. Lendo tuas mensagens me vi há 10 anos atrás, com 21 anos, e confesso que gostaria de ter já ter saído deste ciclo maldito, eu também achava que não era viciado, até que tentei parar realmente. Quanto antes você interromper ele, maior a plenitude de aproveitar a vida você terá. Te digo que mudar as fases da vida, namorar, casar, viver muito estresse, a ausência ou equilíbrio dele, mudar de cidade ou qualquer outra mudança que você possa imaginar, nada disso será suficiente para barrar o vício.

Te desejo sucesso camarada,

Abraço

_______________________________________
"esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo"





Meu diário, passa lá...
https://www.comoparar.com/t10786-diario-de-guerra-uma-vida-de-batahas-parte-2#297101
avatar
Convidado
Convidado

Minha Jornada. Empty Re: Minha Jornada.

25/6/2021, 22:50
Guerreiro JD escreveu:Fala ai Kamado,

Parabéns pela iniciativa e reflexão. É provável que no geral você já tenha entendido o problema que enfrentamos e já tem em mãos boas ferramentas para lutar. Agora acredito que somente o fator tempo para testar, ou melhor, para por em prática a teoria.

Quero te encorajar a realmente abandonar esse lixo. Lendo tuas mensagens me vi há 10 anos atrás, com 21 anos, e confesso que gostaria de ter já ter saído deste ciclo maldito, eu também achava que não era viciado, até que tentei parar realmente. Quanto antes você interromper ele, maior a plenitude de aproveitar a vida você terá. Te digo que mudar as fases da vida, namorar, casar, viver muito estresse, a ausência ou equilíbrio dele, mudar de cidade ou qualquer outra mudança que você possa imaginar, nada disso será suficiente para barrar o vício.

Te desejo sucesso camarada,

Abraço


Obrigado pelas palavras, amigo! Concordo realmente contigo... o vício, pelo que eu havia lido com os relatos, parece ser algo que se enraíza de forma sutil e prende sem que a pessoa perceba, por mais que pareça uma sensação maravilhosa. Quando pensar que não, já estará precisando de mais e mais doses, como se fosse uma busca constante por novidades que levam a novos gêneros e tal. A pessoa parece tender a pensar que seu vício é algo normal (até que ele a afeta de alguma forma, e mesmo assim raramente o viciado vai atribuir esse infortúnio ao objeto de seu vício). Então o mais ideal é sair o quanto antes e persistir nessa saída...

Sei muito bem que o vício começa sempre pela 'sensação' maravilhosa que, de início, parece apenas isso: 'uma sensação maravilhosa', como se fosse algo, por assim dizer, 'pequeno'. Quase como se a pessoa estivesse 'se iniciando' nessas coisas e, se não causou problema na primeira vez e foi 'prazeroso'... o resto da história todos já devem saber...

"qualquer outra mudança que você possa imaginar, nada disso será suficiente para barrar o vício": todas essas mudanças de fase que você citou parecem ser apenas mudanças externas. Se for isso, creio que quis dizer que não adianta mudar externamente se não mudou internamente: o problema está dentro de nós, não fora.

Em todo caso, fico grato pelas suas palavras. Farei meu melhor para que o vício não me atinja! Very Happy Abraços!
avatar
Convidado
Convidado

Minha Jornada. Empty 11° e 12° Dias

27/6/2021, 21:44
Boa noite!

Novamente, ontem não consegui escrever.

Porém em comparação com os últimos posts, ainda não notei uma melhora significativa, mas só conseguir superar mais um dia sem que o vício me atinja é uma vitória.

Estou fazendo meu melhor. Abraços!
avatar
Convidado
Convidado

Minha Jornada. Empty Duas Semanas OK!

29/6/2021, 16:45
Boa tarde a todos!

Atingi a marca 'simbólica' de duas semanas sem consumir PMO! Parece coisa pequena, mas cada dia livre de consumir isso é sempre trazer para si mesmo um progresso sutil, mas real.

Além da corrida/caminhada e do violão, passei a escrever e a estudar mais, bem mais, e é quase como se eu já estivesse sendo outra pessoa. O que antes parecia cansativo agora parece tornar-se cada vez mais interessante, e a produtividade e criatividade parecem ser maiores (ao menos em relação a antes, mas com certeza poderá isso ser mais intensificado conforme o tempo passar; ao menos foi o que notei lendo os relatos de sucesso). Eu realmente fico feliz  porque estou a me sentir alguém melhor, vendo as coisas de maneira mais clara e parece até que passei a compreendê-las com maior facilidade.

O desejo de viver, conviver e aprender também aumentou, e isso tornou a interação interpessoal, a observação, e tudo o mais, mais interessante. É um sentimento bem diferente e com certeza é algo inspirador, porque passo a apreciar coisas simples da vida sem o menor desinteresse...

E eu notei que ficar sem fazer nada, ou procrastinar, me deixa bastante relaxado e, naquela situação de tédio, parece que bate a vontade de ao menos ver P (o que pode induzir à MO), com o cérebro dizendo 'não vai dar nada cara, vê só uma vez', eu consegui resistir, mas não foi me ocupando com outras coisas, como que simplesmente esperando isso passar. Nunca mais pretendo passar por isso, e (espero eu) torço para que com o tempo esse desejo de consumir PMO se reduza drasticamente até não ser algo sequer cogitado 'do nada' ou 'inconscientemente'. Sempre que bater o tédio, o melhor para mim é sair do PC (o celular eu quase não uso, como já dissera antes, a não ser o estritamente necessário), ir tomar um pouco de ar, ou fazer alguns exercícios, escrever algo ou alguma outra coisa que me mantenha ocupado. Aproveito para dizer que o tédio é também um momento em que podemos ser mais criativos, então digo, pela minha experiência, que se se vou fazer determinada atividade estando entediado, naturalmente eu vou buscar fazer aquilo mais interessante. Colocarei isto em mente e lembrarei disto todos os dias.

Por ora, é isso. Continuarei dando meu melhor buscarei vir aqui sempre que possível. Tenho me ocupado um cadinho mais e por isso estou escrevendo quase que em dias alternados! haha. Abraços!
Ir para o topo
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos