Ir para baixo
Sr. Miranha
Sr. Miranha
Mensagens : 9
Data de inscrição : 20/07/2021
Idade : 22
Localização : Paraná, Brasil

UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!! Empty UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!!

21/7/2021, 03:40
Olá, caros amigos desse glorioso fórum, estou aqui a exatas 00 horas e 34 minutos de uma gélida madrugada de quarta feira para começar uma nova jornada. Uma das mais importantes que já tive de viver.[/scroll]
Muito bem, creio que o melhor ponto pelo qual posso iniciar esse diário seja por eu mesmo.
Vocês podem me chamar de Sr. Miranha (codinome adotado em referencia ao nosso querido herói dos quadrinhos e filmes), tenho precoces 22 anos, completados no último Dia dos Namorados (um pouco vergonho isso haha) e bem... Eu nunca tive um diário.
Então essa é a minha oportunidade de ter o meu primeiro contato com esse sentimento de expor minhas reflexões e experiências. O único "problema" é que eu não imaginava que isso se daria assim, através dos meus problemas com a PMO.

Vamos voltar um pouco no tempo, para que vocês possam entender melhor quem eu sou e como eu cheguei até aqui.
Eu moro em uma pequena cidade no Noroeste do Paraná, um lugar do qual nós, moradores, costumamos nomear de "cidade sem muito futuro/ decadente". Moro aqui desde que me conheço por gente, e não posso dizer que tive uma vida ruim devido a isso. Tenho pais que sempre foram presentes e dois irmãos mais velhos dos quais nunca tive atritos. Sempre frequentei escolas publicas (precárias em alguns pontos, mas que me propiciaram o necessário ["somente o necessário"] para completar meus estudos), além de contar com alguns poucos amigos que, por forças do destino, foram se distanciando a medida que crescíamos. Resumindo: sempre tive uma vida comum.
Acredito que a minha aproximação com o Homem-Aranha sempre se dera pelo fato de eu me ver como uma espécie de "Peter Parker" (e acredite, eu não estou me achando e nem nada do tipo haha). Desde que entrei na escola eu fui o garoto que adorava estudar e sempre garantia a nota máxima em tudo. Era elogiado por todos os professores que tive. No fundamental, eu era bem amigável, apesar de ser bem reservado, mas conseguia manter várias amizades. O problema de fato começou quando fui para o sexto ano em uma nova escola.
Perdi alguns amigos ao longo dessa transição, mas por sorte, alguns ainda me acompanharam. Porém, com essa mudança eu senti que meu contato com eles esfriou (em específico com uma garota da qual eu gostava e falava desde o primário). Outras crianças das quais esses meus amigos conheciam de outros grupos fora da escola chegaram e eu... bom, eu perdi meu espaço. Cada vez mais eu me sentia deslocado, afastado dessas pessoas. Felizmente, conseguia desenvolver algumas amizades com alguns garotos que compartilhavam do mesmo gosto que eu, mas que eram afastados do restante da classe, então eu entrei nessa síndrome de Peter Parker. O nerd invisível com seu único melhor amigo, e que não consegue conversar com a garota dos seus sonhos. Mas isso nem era o pior, com o tempo, eu comecei a piorar nos estudos. Passei a não entregar vários trabalhos e tirar notas baixas. Talvez, por uma boa vontade de Deus, eu conseguia passar de ano no limite. Em casa, meu dialogo com meus pais se tornou escasso. O amor pelo qual falava da escola no fundamental já não estava mais presente e minha rotina não passava de chegar em casa após a escola, dizer "olá" e passar o resto da tarde jogando, desenhando, ou ainda pensando naquela garota.
Os anos passaram e entre alguns bons acontecimentos (dentre esses ter a chance de trocar um raro "eae?" com a minha crush) e outros não tão bons (como situações de bullying e etc.) eu cheguei arduamente ao ensino médio, e se vocês pensam que a coisa melhorou a partir daí, meus amigos, vocês estão enganados.
Sem perceber, comecei a desenvolver um princípio de ansiedade. Creio que devido a toda a rotina da escola já citada, além de que a escola era praticamente o único objetivo e sentido de vida que eu tinha. Era da casa para a escola e vice-e-verso. Meus únicos amigos ficavam apenas lá, pois eu não tinha contato com eles fora da escola (com exceção de reuniões para trabalhos) já que tinha uma certa dificuldade em utilizar Whatsapp e conversar com eles. E também  não posso descartar a puberdade, a qual conheci um pouco mais tarde que os outros garotos, pois sempre os via falando sobre como eles estavam mudando e fazendo "aquilo" e eu... eu nada. Devo dizer que nessa época eu já conhecia a P, eu devia ter em torno de 14 anos e passava tardes olhando conteúdo na interwebbs e adorava sentir aquela boa sensação nos países baixos, mas nunca de fato cheguei a me M e nem mesmo O. Não havia chegado o meu momento ainda, como eu disse. E, sinceramente, seria melhor se nunca tivesse chegado.
A vida continuou e depois de várias tentativas mal sucedidas, eu finalmente tive minha primeira PMO bem sucedida. Me lembro até hoje daquele dia e da sensação. Foi uma experiência fantástica para mim, mesmo estando trancado num banheiro, todo desengonçado em cima de uma privada gelada enquanto minha família via Tv do outro lado da parede. A partir daquele momento, a minha jornada direto para o fundo do poço começou.

Posso dizer que eu provavelmente me viciei já nos primeiros dias de prática. Eu tinha um misto de sentimentos bons e ruins ao mesmo tempo, já que, devido a minha crença eu sempre ouvi que praticar M e ver P era errado, mas confesso que nem ligava tanto para isso, já que eu nunca fui muito próximo da minha religião (apesar de acreditar). Meu desgosto mesmo era pensar que eu estava invadindo o íntimo das donzelas para as quais eu fantasiava cada vez que executava o ato. Me  sentia um pouco sujo moralmente falando, mas aos poucos, eu mesmo fui tratando de quebrar essa barreira em prol do prazer. Algumas meninas da escola que achava bonitas, depois algumas professoras bem joviais, e então, o meu interesse romântico (aquela que permaneceu perto de mim por todos aqueles anos sem me notar e a qual eu relutava em fantasia-la em um ato tão vergonhoso). Depois de "vencer" essa barreira, eu nunca mais parei e desenvolvi alguns fetiches.

Já nos anos finais do colégio, eu sentia que estava atingindo o fundo do posso. Minha ansiedade estava bem mais aflorada, mesmo que não me desse conta disso. Minhas notas eram horríveis na maioria das vezes e eu tinha que fazer um grande esforço para estudar, pois não aguentava prestar atenção por mais de 30 minutos seguidos. Eu não tinha um objetivo real a seguir depois que terminasse a escola (se eu conseguisse) apesar de eu sempre ter gostado de desenhar e escrever e ter o sonho de seguir carreira em uma dessas áreas. Isso não parecia muito palpável para mim. Eu via os outros adolescentes tendo uma vida fora da escola, alguns trabalhando, outros indo ao cinema com seus amigos, e por mais que a maioria deles passassem por problemas dos mais variados tipos, eu sentia inveja. Eu tinha vontade de ralar em um trampo, de ter um grupo para sair no final de semana, e até mesmo de ter uma relação mais aberta com meus pais, mas isso parecia tão distante de mim. Eu vivia apenas trancado em um quarto, como um pássaro preso em uma gaiola. Eu sentia que não tinha responsabilidades que um jovem da minha idade (17 anos) já poderia ter, não ajudava meus pais. Meu único grande amigo (do qual mantenho contato até hoje) também era bem introvertido. Tudo isso, lá no fundo do peito, pesava. Eu sentia uma dor profunda a anos, e a PMO só piorou.

Resumidamente meus ultimos meses na escola foram um misto de emoções. Claro, teve momentos bons. Consegui me enturmar um pouco mais com metade da turma, participar de trabalhos em grupos que fizeram me destacar, e até mesmo ter a oportunidade de me aproximar do meu amor platônico. Em contrapartida, minha mente cada vez mais se estilhaçava e cada vez mais eu me afundava na PMO retroalimentando esse vício.
No final, passei de ano, depois de vários apuros, mas não fui a festa de formatura. Desperdicei minha ultima chance com a garota que amava (e me arrependo até hoje disso). Prestei vestibular para Artes Visuais, mas não passei, e... no final... eu estava cansado. Um misto de feliz e triste, pois finalmente aqueles anos dolorosos na escola haviam chegado ao fim e meu melhor amigo ainda permanecia ao meu lado, porém, eu não havia aproveitado quase nada dessa "época de adolescente". Eu não havia vivido nenhuma aventura. Nenhum beijo, um sentimento mútuo, uma viagem entre amigos... nada. E agora eu estava sem rumo, e tudo o que me sobrara era ela, a PMO.

Mas eu ainda me mantinha obstinado, e tinha certeza que pro próximo ano, eu conseguiria mudar. Largar a PMO e dar espaço a um emprego, a novos lazeres e correr atrás dos meus sonhos.

O ano então é 2017, eu completaria 18 anos, e estava pronto para finalmente vivenciar o mundo sem mais indagações. Só que... o pior aconteceu.

Essa foi uma parte muito difícil da minha vida. Devido a todas as conturbações emocionais e psicológicas que eu vim acumulando durante os últimos anos de minha vida, eu desenvolvi um problema de saúde (do qual posteriormente descobri que já havia nascido comigo).
Logo no inicio do ano, eu tive problemas intestinais que levaram a uma enorme caminhada para descobrir a origem do problema. O que parecia ser nada demais, foi piorando com o tempo, e eu não achava respostas. Na metade daquele ano, cheguei a definhar por fim, pesando apenas 18 quilos (sempre tive em torno de 40, oque também não é muita coisa haha) e tive de ser internado por longos e sofríveis 6 meses ( pelo menos eu não estava mais me M haha). Brincadeiras a parte,  minha cabeça esqueceu tudo o que vinha carregando a tanto tempo e só pensava em melhorar, mesmo que o meu caso fosse muito severo.
De fato, esse momento da minha vida foi muito marcante para mim e muita gente que me acompanhou. Eu cheguei a um estado em que era impossível de sair vivo, mas mesmo assim, de alguma maneira, eu me mantinha forte. De algum jeito, em meio a tudo de ruim que eu estava passando, coisas boas começaram a acontecer. O medo e a dor me fizeram me abrir com a minha família, fazer novos amigos durante meu tratamento (esses que hoje já não são tão presentes também) e ter um contato próximo com Deus e, de fato, saber que ele existe e cuidou de mim.
Ao final de 2017, eu enfrentei uma cirurgia arriscada tendo de retirar uma boa parte do intestino devido a doença (descobri ser Doença de Crohn) mas incrivelmente tive uma rápida melhora. Passei o inicio de 2018 me recuperando em casa e pela primeira vez em muito tempo, eu sentia que minha vida havia melhorado. Acredito que foi uma mensagem de Deus para mim, dizendo para que eu não desistisse por que eu tinha um objetivo a cumprir neste mundo. Então, agora, com novos amigos e uma familia mais do que unida eu tinha um nova vida pela frente.

Mas eu... recaí.

Pouco tempo depois de estar totalmente recuperado eu voltei a me M com P. Relutante, mas o voltei a fazer corriqueiramente. Desde que fiquei adoentado, eu não pensava mais na minha antiga chush e nem me M, no entanto, por algum motivo, eu revivi aquela sensação e junto dela as memórias do passado. Devo dizer que por todo 2018 eu não tive problema algum com isso. Comecei a frequentar um grupo de jovens, ao qual eu fui inesperadamente bombardeado por garotas simpáticas que me deram as boas vindas, e claro, elas foram vítimas da minha PMO, mas como eu disse, eu não via problema nisso. Seguia tranquilo com meus novos objetivos e a PMO, até que em dezembro de 2018 eu reencontrei minha antiga crush ao caminhar próximo a casa dela (eu sabia onde era a sua casa). Consegui conversar com ela, e relatar tudo o que aconteceu comigo e saber como a vida dela estava. Tivemos um diálogo bacana e vi que ela notou algo diferente em mim. Eu parecia ter chamado a atenção dela de alguma forma (era o que eu pensava). Saí da casa e subi rua acima em disparada como se eu fosse o próprio Flash encarnado, feliz da vida. Então tudo começou a mudar.
Nos dias seguintes, a antiga ansiedade que estava adormecida a muito tempo começou a aparecer, mais forte do que nunca. Eu não conseguia pensar em outra coisa a não ser na garota dos meus sonhos. Será que agora eu teria chances com ela? Mesmo depois do 2 anos, desde a ultima vez que nos vimos?
Na noite antes da Véspera de Natal, eu não consegui dormir. Varei a noite, sentindo uma energia que nunca havia sentido antes. Uma ansiedade que transbordava do meu peito e um único só pensamento: Eu precisava me declarar pra ela. Tirar todo esse sentimento que eu guardava dentro de mim e dizer pra ela. Eu não conseguia cogitar um possível "não" vindo dela. Na verdade eu nem ligava para isso, o sentimento era muito maior do que eu, toda aquela dor e frustação de ter falhado antes...
Na manha seguinte eu desci na casa dela. Chamei no portão e ela atendeu. Perguntou o que eu queria (não tinhamos nos falado desde o outro dia). E eu, todo confuso, empacado pela ansiedade que parecia que ia me matar do coração, disse todo atropelado, parecendo um louco todo zoado que gostava dela. O dialogo que se seguiu foi totalmente diferente dos inúmeros que eu havia fantasiado. Deve ter durado apenas uns 2 minutos. Eu tremia enquanto ela apenas me dizia que não ia rolar. Meus olhos encheram d'água, mas não chorei. Nos despedimos, e eu saí. Passei na casa do meu melhor amigo e desabafei e então segui para casa. Não dei um "piu" sobre o assunto. Fui desenhar. A cabeça não parava de pensar sobre o que tinha acontecido. Uma inquietação absurda tomava conta do meu peito, uma dor de cabeça se instaurou pelo resto do dia me impedindo de fazer qualquer coisa, e eu tremia descontroladamente. Eu não sabia, mas naquele dia, eu tinha tido minha primeira crise grave de ansiedade.
No dia seguinte, Natal, finalmente conversei com minha mãe e pedi um conselho sobre isso. Minha cabeça estava muito confusa, e eu cheguei a cogitar voltar lá e pedir desculpas pelo acontecido. Foi dito e feito. Voltei. Bati palmas... Demora... Dentro da casa ouço a voz dela sussurrando para alguém algo que me destruiu por dentro, me senti um nada naquela hora. Antes que eu saísse dali, o pai dela veio até mim, disse que ela não estava (o que era mentira). Eu apenas assenti com a cabeça e fui embora. Não tive a oportunidade de me desculpar pela loucura que tinha feito. Parei na esquina um pouco a frente da casa dela. Sentei na calçada e então finalmente me permiti chorar. Deixei toda a frustração sobre isso sair de mim. Acho que fiquei ali por pelo menos 1 hora refletindo sobre o que é o amor e então voltei pra casa. Como eu ainda tinha o grupo de jovens e uma promessa de carreira vindo pela frente, tentei pensar positivo, mas eu só me enganei.

Em 2019, me afundei de vez na PMO. O pior de tudo era que eu me M ainda pensando nela, o que me deixava destruído. Eu me achava um fracassado por fazer isso, mas eu não conseguia tirar aquela garota da cabeça de jeito nenhum. Então, a ansiedade me atingiu com força. Tive crises horrorosas que me fizeram parar no hospital. Continuei com a MPO como uma forma de tentar contornar a ansiedade, pois por míseros 5 segundos depois de "chegar lá"  eu me sentia relaxado e com sono e assim a ansiedade não atacava. Porém isso não durou muito. Logo a MPO começou a me deixar ainda mais ansioso. Comecei a me fechar dentro de mim mesmo novamente. Sentia vergonha de estar em público. Não conseguia olhar para o rosto de ninguém, me sentia só todos os dias. Comecei a me desinteressar pelo grupo de jovens já que eu não conseguia conversar com nenhuma garota e minha minha fé havia esfriado. Saí de lá e comecei a novamente viver dentro do meu quarto. Fazendo minhas atividades de lazer e praticando PMO.
Eu já havia passado da fase do colégio e me sentir o Peter Parker. Viver a espera de uma aventura inesperada começar e eu ser o escolhido de protagoniza-la não fazia mais sentido. Mas por algum motivo, eu sempre voltava para esse mesmo momento.

A pandemia veio e a situação só piorou. Nunca consegui arranjar um emprego fora de casa (trabalhei por um tempo em casa no negócio do meu irmão, mas tive de sair). Tenho que ser sustentando por todo mundo praticamente e sinto que não posso fazer nada para mudar, pois sempre que eu tento mudar eu me M de novo e de novo.
Atualmente eu permaneço no mesmo estado. Cheguei a um ponto de praticar MPO todos os dias. Isso me destrói. Sempre que o faço fico com dor de cabeça e perco o senso de realidade. Parece que não estou aqui. Que a vida não faz sentido. Não parece que esse mundo é real.
Tomei consciência de que isso era definitivamente ruim para mim a um ano atrás e que eu realmente tinha algum tipo de vício em PMO. Tentei praticar o No Fap varias vezes, mas sem sucesso, conseguindo garantir apenas uma ou duas semanas no máximo sem ver ou praticar nada.
Eu permaneço com minhas convicções e sonhos a serem alcançados, mas eu não consigo sair da estaca zero. Sei que tenho outros problemas e a PMO é só mais um deles, mas eu acabei deixando ela se tornar maior do que deveria e alimentar todos os outros. Hoje, para qualquer coisa que me deixe pra baixo, eu penso em me M para me "deixar feliz". Eu acabo com o meu dia ao fazer isso, e deixo meus sonhos cada vez mais distantes. Eu só penso nisso o dia inteiro, retornando para o meu passado e pensando em pessoas que eu deveria esquecer. Isso é um looping que não acaba mais.

Bom, eu não sei mais o que escrever haha. Tentei expressar tudo o que passei durante todos esse anos e como cheguei a onde estou agora. São vários os problemas que tenho, de fato. Mas, sinto que se eu superar a PMO primeiramente, uma grande pedra saíra do meu caminho, eu poderei lidar com as outras coisas. Poderei deixar de alimentar os outros vícios com esse vício infernal que é o pior de todos.
Graças a Deus, eu nunca cheguei a consumir coisas pesadas na PMO, pelo menos sempre consegui me manter em realizar o ato apenas para categorias mais "normais", mas ainda assim não é algo do qual eu me orgulho.
E ao encontrar esse fórum, a exatamente uma semana atrás, logo após recair de novo, tive finamente uma breve luz no fim do túnel, uma esperança, de que eu posso vencer isso  e ser que m eu sempre almejei ser. Aqui, eu finalmente posso tirar tudo o que eu sinto de dentro de mim, e compartilhar com vocês. Sinto que isso vai me ajudar muito, mas também sei que o caminho é dificil. Mas tenho como disse  o Homem-Aranha uma vez:

"Temos que ser maiores do que aquilo que nos faz sofrer."

Tenho certeza que aqui eu vou encontrar minha redenção e um dia, conseguirei ser alguém adimiravel como o meu maior super heroi da ficção. Sem nunca se dar por vencido.

Espero que meu relato não tenha ficado longo, e que vocês o tenham compreendido. Tentarei estar atualizando a cada final de dia este diário.
Bom é isso, muito obrigado, de coração, a quem leu tudo isso hahaha
Espero que esse relato também possa ajudar vocês assim como varias historias que li aqui me ajudaram a seguir com meu objetivo de parar com a PMO para sempre. Agora são 03 horas e 36 minutos da madrugada de quarta feira. Está frio para car*lho hahaha

Até a próxima, pessoal!

_______________________________________
Do seu amigo do Fórum, o Sr. Miranha!

Rottweiler gosta desta mensagem

Rottweiler
Rottweiler
Mensagens : 1067
Data de inscrição : 22/07/2019
Idade : 29

UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!! Empty Re: UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!!

21/7/2021, 10:28
Sr. Miranha, parabéns por começar o reboot. Não é uma batalha fácil. Em relação ao seu período escolar, nem sempre é igual aos filmes americanos onde a turma é toda unida e se reencontra todos os anos por toda a vida. A minha mesmo mantenho contato com 2 ou 3 colegas. Todos mudaram muito e você vai encontrar sua turma de amigos. Sobre a historia da garota. Cara é um aprendizado pra pessoa. Em uma relação futura você terá mais experiência, se ela tivesse dito "sim", vc com certeza seria gado total dela. E isso não é um relacionamento saudável. UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!!, belo título, honre e busque por ele.

Seguindo e acompanhando você.

_______________________________________

Sr. Miranha gosta desta mensagem

Sr. Miranha
Sr. Miranha
Mensagens : 9
Data de inscrição : 20/07/2021
Idade : 22
Localização : Paraná, Brasil

UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!! Empty Re: UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!!

21/7/2021, 13:50
Rottweiler escreveu:Sr. Miranha, parabéns por começar o reboot. Não é uma batalha fácil. Em relação ao seu período escolar, nem sempre é igual aos filmes americanos onde a turma é toda unida e se reencontra todos os anos por toda a vida. A minha mesmo mantenho contato com 2 ou 3 colegas. Todos mudaram muito e você vai encontrar sua turma de amigos. Sobre a historia da garota. Cara é um aprendizado pra pessoa. Em uma relação futura você terá mais experiência, se ela tivesse dito "sim", vc com certeza seria gado total dela. E isso não é um relacionamento saudável. UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!!, belo título, honre e busque por ele.

Seguindo e acompanhando você.

Opa, e aí Rottweiler, tudo certo? Confesso que quando escrevi esse relato não estava muito esperançoso, mas ler seu comentário... eu realmente senti que fez a diferença lá dentro de mim, sabe? Ninguém nunca antes me aconselhou de tal forma sobre esse assunto. Sobre a escola, hoje em dia posso dizer que já me desprendi dessa lembrança quase por completo. Como você disse, nem tudo é igual a um filme de fato. E sobre a garota, bem, ainda me pego pensando nela varias vezes. Mas também concordo com o que você disse, se eu tivesse me relacionado com ela, ou eu seria o Rei do Gado kkkk ou não saberia levar um relacionamento desse porte. O problema é que eu tenho consciência disso, pois eu praticamente converso comigo mesmo e acabo filosofando sobre esses assuntos o tempo todo, mas no final é o mesmo que nada pensar sobre o quão mal isso me faria.

No mais, fico muito agradecido pelas suas palavras. Vamos que vamos rumo a conquista desse grande mundo que nos espera!

Também estarei te acompanhando. Abraço e fique com Deus!

_______________________________________
Do seu amigo do Fórum, o Sr. Miranha!

Rottweiler gosta desta mensagem

avatar
ironmaiden2244
Mensagens : 44
Data de inscrição : 11/05/2021

UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!! Empty Re: UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!!

21/7/2021, 16:34
Fala, nobre. Fmz?

O caminho é simples, mas não é fácil.

Tenha paciência, isso é primordial, e se cair, sem lamentações, recomece.

Invista em atividades de religação - de preferência atividades "outside" - fora de casa.

Esportes de qualquer natureza, caminhadas e trilhas.

Elimine todo e qualquer gatilho p/ seu processo ser mais limpo. E tenha um bom motivo para seguir.

Do mais, foco irmão, e conte conosco.

Um abraço.



_______________________________________
"O homem é aquilo que pensa no decorrer do dia." - Ralph Waldo Emerson

Sr. Miranha gosta desta mensagem

Sr. Miranha
Sr. Miranha
Mensagens : 9
Data de inscrição : 20/07/2021
Idade : 22
Localização : Paraná, Brasil

UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!! Empty Re: UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!!

21/7/2021, 19:05
ironmaiden2244 escreveu:Fala, nobre. Fmz?

O caminho é simples, mas não é fácil.

Tenha paciência, isso é primordial, e se cair, sem lamentações, recomece.

Invista em atividades de religação - de preferência atividades "outside" - fora de casa.

Esportes de qualquer natureza, caminhadas e trilhas.

Elimine todo e qualquer gatilho p/ seu processo ser mais limpo. E tenha um bom motivo para seguir.

Do mais, foco irmão, e conte conosco.

Um abraço.




Salve, Iron!
Obrigado pelas palavras, elas me motivam demais a continuar nesse caminho. Já me vi em muito do que você disse nesse breve comentário e posso dizer que já fiz algumas mudanças (poucas, mas fiz haha) que relatarei no meu diário logo mais.
Creio que os esportes (de qualquer tipo) é um dos nossos mais fortes aliados nessa luta, então não procrastinemos mais haha

Mais uma vez, obrigado pelas dicas!

Tenha uma boa noite e força pra ti também!

_______________________________________
Do seu amigo do Fórum, o Sr. Miranha!
Sr. Miranha
Sr. Miranha
Mensagens : 9
Data de inscrição : 20/07/2021
Idade : 22
Localização : Paraná, Brasil

UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!! Empty UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!!

21/7/2021, 20:35
DIA 1


Salve, salve, meus consagrados!
Tudo bom com vocês?

Bom, está na hora de relatar como foi meu primeiro dia de luta após minha recaída ontem.

Hoje, estarei, definitivamente, selando um comprometimento com o Fórum e com vocês. Então vamos lá.

Acordei muito tarde hoje, por volta das 11 horas da manhã, devido eu ter ido dormir muito tarde na noite passada (pois estava escrevendo meu primeiro relato aqui para o Fórum). Arrisquei fazer isso, pois sentia que se não desce inicio ao meu diário naquele momento eu procrastinaria novamente e perderia minha semana novamente para a PMO.

Pois, bem. Não fiz nada durante o restante da manhã que me faltava até a hora do almoço. Almocei por volta das 13h da tarde, o que é muito tarde para mim, mas tentarei corrigir isso nos próximos dias. Basicamente todo o meu horário está desregulado e eu preciso dar um jeito nisso imediatamente haha. Minha dificuldade em fazer isso é que procrastino demais!

Enfim! Almocei e tratei de ler alguns diários aqui e responder alguns comentários. Durante este período nada relacionado a PMO me veio à cabeça (pelo menos nada que eu pude perceber). No entanto, a situação mudou quando soube que meus pais sairiam as 16h para ir a feira. Foi aí que começou a batalha mental.

Logo, a ideia de que eu estaria sozinho em casa e que poderia aproveitar o resto da tarde praticando PMO se instaurou em minha mente. Eu tive alguns flashs de memória da minha recaída de ontem. Várias das imagens que eu vi durante o ato retornaram à minha mente, e se seguiu assim até que meus pais saíssem.

Abrindo um parênteses aqui: Percebi como o ato e a recaída em si tem efeitos muito fortes no dia seguinte ainda. Você acorda desacreditado da vida, fora do horário e sem saber o que fazer, sentindo que já jogou o seu dia no lixo. E as memórias do que você viu no dia anterior voltam mais forte. Você sente um desejo ainda mais forte em querer revisitar aquele conteúdo que te "satisfez" miseravelmente, chegando ao ponto de sentir um tipo de... saudade? Por ele.
Bem, é isso o que pensei e o que aconteceu comigo e achei importante levantar essa questão aqui.

Seguindo, com minha mente dividia em duas, era como se eu tivesse um diabinho e um anjinho ao meu lado (como nos desenhos) me dizendo para ir lá e jogar todo o meu progresso e compromisso fora/ me encorajando a continuar firme em minha decisão de não resetar no já no meu primeiro dia de reboot e diário. Outra coisa que notei é que por algum motivo o fato de eu ter me comprometido com o Fórum e com vocês me fez ter mais vontade de realizar a PMO. Acredito que isso seja a minha zona de conforto falando, a minha procrastinação. "Talvez, se eu seguir com esse projeto em algum momento eu vou cansar dele, de ter que me esforçar diariamente para interagir aqui de alguma forma" é o que eu sinto internamente. Sei disso, por que já larguei muitas coisas e projetos que eu almejava fazer por preguiça e por que eu não conseguia sair da minha lastimável zona de conforto. Então, de repente, a ideia de apagar minha conta recém criada e esquecer toda a história que posso construir aqui me pareceu tentadora, que se eu continuasse o que eu já vinha fazendo (tentando lidar com isso sozinho e perdendo quase todos os dias) seria melhor e menos "trabalhoso". Mas, com muita força consegui deixar essa ideia de lado e resolvi ir caminhar. Fiquei, ainda, batalhando mentalmente contra a vontade até que eu finalmente me arrastei a força para fora de casa  e consegui finalmente me libertar do enorme desejo. O que me ajudou nesse momento foi pensar todo o mal que a PMO me faria depois do ato. O quão acabado eu ficaria e o fato de ter que esperar o próximo dia novamente para recomeçar do zero como fora nos últimos anos.

Desci em uma pista de caminhada que fica a alguns quarteirões da minha casa (onde é próximo da casa daquela garota que citei anteriormente, mas por sorte, sempre que vou caminhar lá meu auto controle não me deixa ficar pensando nela nem nada do tipo). Fiz mais ou menos meia hora de caminhada. Pensei um pouco sobre o meu dia e meus propósitos e como meu contato com vocês estava me ajudando. Refleti sobre alguns conselhos que já recebi aqui e então voltei para casa. Por sorte, meus pais já haviam chegado então foi mais difícil sustentar a ideia de fazer PMO novamente. Cansado, aproveitei para ir logo tomar uma banho. Não levei celular para ficar olhando redes sociais nem nada. Saí e fui me arrumar no meu quarto. Esse momento final do meu dia é um grande problema para mim. A hora do banho e de me arrumar no meu quarto são meus horários gatilhos para realizar a PMO, mas hoje consegui passar tranquilamente por eles. Então, considerando que o mal do dia já passou, resolvi já escrever esse novo capítulo do meu diário enquanto como uma pera para depois jantar hahahaha. Acredito que eu vá dormir bem hoje, apesar de quase sempre ter alguns problemas de tic que desenvolvi por conta da ansiedade e PMO que custam a noite de sono desejada.

Enfim, por hoje é isso, meus consagrados. Acredito que tive reflexões interessantes. Tive mais algumas ideias do que relatar, mas deixarei para os próximos capítulos dessa jornada, pois acredito que esse já tenha se estendido muito. Vou finalizar a noite jantando e depois jogar algum game no compiuter hehe e tentar dormir cedo para amanhã levantar cedo e disposto e organizar melhor o meu dia.

Obrigado a quem se dispôs a tirar uns minutinhos para ler.

Sigam fortes e determinados, pois amanhã o Sol brilhará mais forte sobre nós!!!

_______________________________________
Do seu amigo do Fórum, o Sr. Miranha!

Rottweiler gosta desta mensagem

vierkenes
vierkenes
Mensagens : 718
Data de inscrição : 25/03/2016

UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!! Empty Re: UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!!

22/7/2021, 02:57
Você fará uma bela história nesse fórum. Dá pra saber disso pelas suas palavras.

Bem vindo, e aproveite essa oportunidade abençoada de se conhecer e de ter uma vida livre.

Abraço, e bom reboot pra você!

_______________________________________
avatar
ironmaiden2244
Mensagens : 44
Data de inscrição : 11/05/2021

UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!! Empty Re: UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!!

22/7/2021, 13:38
Sr. Miranha escreveu:
ironmaiden2244 escreveu:Fala, nobre. Fmz?

O caminho é simples, mas não é fácil.

Tenha paciência, isso é primordial, e se cair, sem lamentações, recomece.

Invista em atividades de religação - de preferência atividades "outside" - fora de casa.

Esportes de qualquer natureza, caminhadas e trilhas.

Elimine todo e qualquer gatilho p/ seu processo ser mais limpo. E tenha um bom motivo para seguir.

Do mais, foco irmão, e conte conosco.

Um abraço.




Salve, Iron!
Obrigado pelas palavras, elas me motivam demais a continuar nesse caminho. Já me vi em muito do que você disse nesse breve comentário e posso dizer que já fiz algumas mudanças (poucas, mas fiz haha) que relatarei no meu diário logo mais.
Creio que os esportes (de qualquer tipo) é um dos nossos mais fortes aliados nessa luta, então não procrastinemos mais haha

Mais uma vez, obrigado pelas dicas!

Tenha uma boa noite e força pra ti também!

Exatamente, jovem.

Foque e construa sua história. Sem dúvidas o esporte é um forte aliado nesse processo.

Leia o diário dos rebooters mais antigos para se manter motivado.

Um abraço brother.

_______________________________________
"O homem é aquilo que pensa no decorrer do dia." - Ralph Waldo Emerson
Drew
Drew
Mensagens : 1159
Data de inscrição : 09/08/2020
Idade : 25
Localização : Brooklyn 1986

UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!! Empty Re: UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!!

29/7/2021, 19:36
Bem-vindo ao fórum, é uma alegria tê-lo aqui.
Sucesso!!!!

_______________________________________


"Não parar, não precipitar, não retroceder."

Próxima meta: 20 dias (Quarta-feira, 04 de agosto, 17h10)

Diário:
https://www.comoparar.com/t10897-diario-da-minha-vitoria
ASANOTURNA
ASANOTURNA
Mensagens : 16
Data de inscrição : 25/07/2021

UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!! Empty Re: UM FUTURO ME ESPERA EM UM BRILHANTE MUNDO DE ESPERANÇA!!!

Hoje à(s) 00:10
Só de estar aqui e compartilhar sua luta conosco já é um grande passo para a vitória!
Fique firme, irmão, estamos aqui para te ajudar!!
Acompanharei seu diário e quero ler suas vitórias e caso venha uma derrota saiba que estaremos aqui para te apoiar!!

_______________________________________
Leia meu diário: https://www.comoparar.com/t12044-to-cheio-disso

Ir para o topo
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos