Ir para baixo
Augusto Pio
Augusto Pio
Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/12/2018

Diário Augusto Pio  Empty Diário Augusto Pio

Sab 30 Abr - 14:16
Como começou o meu problema com pornografia?
Lembro que muito jovem, cerca de 8 anos ou menos, tive um episódio de abuso infantil com uma menina - ela era minha amiga e frequentava minha casa - onde me pediu para tirar a roupa e mexeu no meu pinto, lembro que - dentro da minha inocência - achei aquilo embaraçoso e senti muita vergonha, pois não sabia o contexto daquilo que estávamos fazendo , a final, era um criança sem nenhum perversidade na cabeça. Depois deste dia, consigo ter várias memórias de coisas que estimularam o meu vício em pornografia, dentre elas: O fato de desde pequeno ser estimulado por meu pai e tios a ver revista de mulher pelada, e a timidez. Acho que desses fatores a timidez é o maior vilão de todo jovem viciado em pornografia.

A timidez sempre foi muito presente em minha vida, era um rapaz que sofria muito bulling na escola e nunca consegui fazer muitas amizades femininas no colégio, muito devido a timidez, então durante a minha adolescência tinha uma enorme dificuldade em expressar meu sentimentos para meninas que eu gostava - e quando conseguia frequentemente era rejeitado - receita infalível para me isolar no mundo do prazer da pornografia e masturbação. E assim vai se desenrolando a minha adolescência, um rapaz frequentemente rejeitado e cada vez mais viciado, até que chega a fase adulta e decido passar um São João - numa dessas cidades pequenas que tem festa o período junino inteiro - lembro que ao chegar na cidade fiquei encantado com uma menina que esteva na mesma casa que a minha, e tomei a coragem de deixar a timidez e investir nela, lembro-me como se fosse hoje, passamos o são joão juntos, dormimos juntos e minha ereções espontâneas eram frequente, mas como era muito tímido, não tinha coragem de tentar nada com ela numa casa cheia de gente. Porém lembro que um dia, pela manhã, enquanto estamos nos beijando ela falou que queria transar comigo e empolgados com essa possibilidade resolvemos colocar nosso colchão na sala para ter mais privacidade - todo mundo da casa dormia em quartos que tinha cerca de 6 pessoas - porém no meio dos beijos quente e preliminares, notei um certo nervoso da parte dela e decidir respeitar. No dia seguinte, infelizmente eu tive que voltar para minha cidade e ela pra dela, o que restou daquela noite foram dois jovens cheios de energia e com vontade de consumar aquela relação, os dias seguintes, foram de diversos ato de loucuras por ambos - era frequente ao final do dia ambos enviarem fotos nus para outro - como uma forma de matar o desejo que tínhamos um pelo outro. E é nesse momento que vem o declínio da minha vida, lembro-me de uma noite em que fizemos uma chamada de vídeo e ambos se masturbando loucamente para de alguma forma suprir todo aquele desejo que estava sendo impedido pela distância.

Tenho a vaga memória que depois daquele dia, comecei a ter acesso a alguns sintomas de DE devido a pornografia, entre eles: Falta sensibilidade na glande, não tinha ereções espontâneas e nem ereções matinais, e comecei a me desesperar, não sabia o que fazer - o sentimento de impotência me levou para uma depressão. Acreditei que minha vida tinha acabado ali, não queria ser um rapaz que dependesse de remédio o uma prótese para ter ralações, o sentimento de desespero tomava conta da minha vida, fui em diversos médico e fazia diversos exames, dava tudo sempre certo com exames e os médico falavam que era psicológico. Num quiz acreditar até que um dia me apaixonei por uma menina e comecei a ficar com ela, no meio desse processo tive alguns episódios de ereção firme - porém na sua maioria das vezes ao me relacionar com ela ou demorava para gozar ou no meio da relação perdia totalmente a ereção, e o sentimento de frustação me matava, não conseguia explicar para ela o que estava acontecendo, e a relação foi se empurrando entre episódios de boa, má e perda ereção, até que um dia ela resolveu terminar comigo. Depois desse dia meu mundo acabou, estou desempregado, sem libido e com poucos sinais de ereção, parece que a vida pra mim não tem mas esperança, que perdeu todo o sentido, mas não quero desistir dela assim, então resolvi me desafiar a acabar com pornografia da minha vida.

Encontrei aqui no forum uma maneira de passar um pouco desse relato, e compartilhar um pouco dos sintomas que irei sentir nesse desafio.

Queria agradecer e incentivar a todos que decidiram tomar coragem de acabar com o vício do século.

Spartacuz, Rottweiler, KKá e The New One 2022 gostam desta mensagem

Augusto Pio
Augusto Pio
Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/12/2018

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Dom 1 Maio - 5:35
Dia 1:
Alguns sintomas que senti após um dia sem P* e M*.

- Durante Madrugado acordei e notei que estava com ereção meia-bomba.
- Hoje pela manhã acordei com mais disposição que ontem.

_______________________________________

Rottweiler, KKá e The New One 2022 gostam desta mensagem

Augusto Pio
Augusto Pio
Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/12/2018

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Dom 1 Maio - 21:56
Domingo de tédio por aqui, passei o dia todo um pouco depressivo e procrastinando muito, a flatline já bateu sem vontade nenhuma de ver P* e M*, não sei dizer se isso por uma lado é bom ou ruim. Com diversos relatos visto, acredito que é uma fase necessária para nós, já consegui fazer diversos bloqueios importantes para o processo de reboot, agora é ter um pouco de paciência e fé que a cura vem durando o processo de tratamento do vício, acredito muito que o processo não é sinônimo do sucesso, mas sim o meu ato de tentar ser um pouco melhor a cada dia e foca minha energias nas pequenas vitórias diárias e não no fracasso.

Hoje durante dias consegui notas alguns sintomas da abstinência, senti uma certa irritabilidade com as pessoas, procrastinação, e respiração prejudicada, o fato de estar consciente me ajudou a perceber esses sintomas e vê que estão relacionados a abstinência. Chego aqui no final do dia escrevendo com a energia um pouco pra baixo, mas com a esperança de dias melhores!

_______________________________________

Spartacuz, Rottweiler, KKá e The New One 2022 gostam desta mensagem

Augusto Pio
Augusto Pio
Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/12/2018

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Seg 2 Maio - 18:53
Fala, Rebooters. Apesar de ontem ter uma noite de pesadelos, acordando direto durante a madruga e com dificuldade para dormir. Consegui acordar cedo, rezei o terço e fiz uma meditação, depois consegui fazer as atividades de estudo e trabalho que me propus a fazer, e estou chegando aqui ao final do dia feliz pelo dia de hoje.

Outra coisa importante é que fiz a leitura de um livro sensacional - Comunicação Não Violenta - tem um capítulo sensacional que mostra como somos moldados com o passar dos anos a não saber expressar verdadeiramente os nossos sentimentos, o livro trás grandes exemplos desse comportamento e fala da importância de saber de fato diferenciar o que estamos sentindo do que estamos avaliando sobre nós mesmo. Vale a leitura para quem se interessar, acredito que ajudará muito no processo de reboot.

Por hoje esse é o meu relato! Com a esperança de dias melhores!

_______________________________________

Spartacuz, Rottweiler e The New One 2022 gostam desta mensagem

The New One 2022
The New One 2022
Mensagens : 15
Data de inscrição : 01/05/2022

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Seg 2 Maio - 20:14
Desejo que você tenha muita força. Estou torcendo pelo teu sucesso.

Augusto Pio gosta desta mensagem

Augusto Pio
Augusto Pio
Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/12/2018

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Ter 3 Maio - 7:08
Valeu pela força, The new One 2022. Sucesso para você também, nessa luta diária!

_______________________________________
avatar
Convidado
Convidado

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Ter 3 Maio - 7:30
Esse começo é muito difícil, mas se esforce. Passado a primeira semana vai ficando mais "fácil". Você verá tudo com mais clareza. Afaste-se das redes sociais, evite ficar sozinho com o celular, PC, tablet, etc.

Se sentir uma fissura, vá dormir ou vá dar uma volta, sai de onde estiver.
No YouTube tem vídeos que falam sobre Nofap, assista como um motivacional. Se puder faça atividades físicas, cuidado com as "gostosas", foque no treino, não fantasie.

Conte os dias, estabeleça metas pequenas, uma semana, 10 dias, 20 dias e vá subindo. Veja como um desafio. A contagem de dias não é a solução, mas serve como estímulo, pra mim é muito útil ver o meu avanço no avanço dos dias.

Sucesso e que o Eterno o abençoe
Augusto Pio
Augusto Pio
Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/12/2018

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Qua 4 Maio - 8:28
Obrigado, pelas dicas, My Hyde. Já anotei algumas, vão ajudar muito no processo. Ontem foi um dia corrido e acredito que o tédio e a falta de que fazer são nosso inimigos nesse processo, por isso já implementei a atividade física e estou indo todos dias, e aos finais de semana procuro está sempre fazendo algo para não cair no tédio.


_______________________________________

Rottweiler gosta desta mensagem

Augusto Pio
Augusto Pio
Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/12/2018

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Qua 4 Maio - 20:56
O tempo e a idade chega, e você percebi que o importa mesmo, são aquele verdadeiros laços afetivos criados. Durante o processo de amadurecimento você percebi que muitas coisas que você fazia lá atrás não tinham nenhum valor para você, é como você tivesse um venda no seus olhos que lhe impedisse de revelar algo realmente esplendoroso. E nessa levada você vai seguindo como as ondas do mar, indo e voltando para a encosta de areia, meio que sem destino.

No meio do processo, você tem acesso a P* e M*, e você tem acesso a sensações que lhe parecem natural, começa a se acostumar com aquela imagem de sexo que lhe vendem - aí o vem o maior perigo - começa a achar aquilo normal. É meus amigos, dentro da normalidade meio que inconsciente do mal que aquilo está lhe fazendo, você vai caindo num poço, e aos pouco sem perceber você está perto do fundo, e nesse momento se depara com o tamanho da besteira que você fez na sua vida.

Aquela escuridão começa a parecer assustadora - até mesmo sem volta - mas ao olhar pra cima você se depara com um pequeno facho de luz, e a beleza dele no meio desse escuridão começa a lhe seduzir, você começa a cair em si e quanto mais vai descobrindo as consequências de viver nessa escuridão, você se esforça para chegar mas perto daquela luz esplendorosa e começa a perceber os verdadeiros sentidos da vida, a encontrar prazer em coisas que a pornografia como todo seu aparato tinha lhe tirado. É nesse momento que pode ser perigoso, ou você caí na cilada de se lamentar e comparar sua vida com de outras pessoas ou luta bravamente para não ser vencido novamente pela distorção.

Um breve relato sobre o dia de hoje, e os benefícios de está mais em si e aos aspectos externos da vida.

Boa Luta, Amigos. A verdadeira vida, só está começando agora, longe desse vício e mas perto da esperança.


_______________________________________

Rottweiler e KKá gostam desta mensagem

KKá
KKá
Mensagens : 121
Data de inscrição : 20/02/2022

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Qui 5 Maio - 7:54

Reflexões necessárias meu amigo Augusto, mas ouso dizer que seguindo a luz que brilha e nos quia, é de grande valia aprender a lidar com a escuridão pois ela sempre estará lá, nos esperando porque faz parte de quem nós somos.

Continue com o excelente trabalho de não parar de caminhar em direção a sua libertação.

Grande abraço!

_______________________________________
Me oferecendo a oportunidade de ser quem eu nunca tive a coragem.
Augusto Pio
Augusto Pio
Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/12/2018

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Qui 5 Maio - 19:22
Hoje foi um dia difícil para mim, comecei num emprego novo hoje, na área de vendas - até aí tudo certo- porém ao começar o trabalho e ligar para um cliente, acabei falhando na técnica de vendas no primeiro momento, e percebi o quanto ficar dependendo da nossas emoções nos escraviza, na mesma hora ao cometer erro fiquei triste por não ter conseguido fazer aquilo que me comprometi e paralisei não conseguir ligar para mas nenhum cliente. Mesmo com essa decepção exagerada, a final, eu sei que é natural nesse início ter dificuldade para aplicar aquilo que lhe é ensinado, não me permitir descontar minhas emoções na P* e M*.

Hoje decidi, que preciso estabelecer uma rotina de trabalho e entender que a dificuldade do início é para testar o quanto eu estou disposto a enfrentar meus medos, vícios e emoções, e que no meio do processo as coisas vão se ajeitando meio que sem jeito pela minha disciplina de realizar aquilo que é necessário.

Não vou mais fugir para o mundo imaginário, vou enfrentar a realidade e lutar com um Gladiador na arena, para derrotar minhas emoções e meus vícios. Eu - somente eu - sou capaz de realizar coisas inimagináveis, só preciso ter mais fé, e acreditar naquilo que não posso ver!



_______________________________________
avatar
Beholder
Mensagens : 18
Data de inscrição : 23/04/2022

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Qui 5 Maio - 20:41
Te entendo perfeitamente, consigo até sentir sua dor, pois sempre passei pelas mesmas coisas: Ser o patinho feio, invisível para as mulheres, sempre o zoado e humilhado, sempre o bv e virjão, e com isso tudo, obviamente a timidez e autoestima zero. Com tantas coisas ruins assim, seria impossível eu não ter caído nessa desgraça da P.
Esse começo de reboot é terrível, mas já está de parabéns por iniciar a guerra e já ter vencido tantos dias. Continue firme e jamais desista, juntos vamos vencer.
Augusto Pio
Augusto Pio
Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/12/2018

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Dom 8 Maio - 14:00
Dias corridos por aqui, não consegui atualizar o fórum por isso, mas por aqui tudo certo, melhorando concentração,  produtividade e até mesmo confiança.
Ontem decidi ir em um bar com amigos, e foi muito bom. Consegui interagir com as pessoas e até mesmo algumas meninas, mas não fiquei com nenhuma, a falta de libido e o medo de falhar me paralisaram, mas num geral foi uma experiência positiva.

O perigo apareceu quando cheguei em casa de madrugada, com vontade de M* , mas acredito que por ter bebido somente água foi crucial para não cair na tentação.

_______________________________________
Augusto Pio
Augusto Pio
Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/12/2018

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Qua 11 Maio - 20:21
3 dias corridos aqui, trampo novo, focado pra dar resultado. Estou tendo um pouco de dificuldade na comunicação,não sei se é pela ansiedade ou consequência da P* e M* tem horas que a palavra foge da minha cabeça e não consigo lembrar, o que é terrível num processo de vendas.

Enfim, esse dias corridos estão sendo bons, pois nem vontade estou tendo, então o processo está sendo mantido.

_______________________________________

luta diária e Vitoriosa gostam desta mensagem

Augusto Pio
Augusto Pio
Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/12/2018

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Sab 14 Maio - 12:58
Dia 14, feliz com a marca mas sei que tenho bom caminho a percorrer, já venho notando algumas melhoras. Tenho acordado madrugada e notado ereções , ontem mesmo tive uma espontânea pela noite, embora não muito firme.
Essa semana tive alguns episódios de fissuras, mas consegui controlar lembrado do meu maior motivo para encerrar esse vício, acredito que para ter sucesso nesse reboog é preciso definir um motivo muito forte e está sempre lembrando dele, pois nos momentos de tentação é ele que vai sustentar o processo.

_______________________________________
The New One 2022
The New One 2022
Mensagens : 15
Data de inscrição : 01/05/2022

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Sab 14 Maio - 17:47
Augusto Pio, essa é uma grande preocupação minha. Lembrar do que estou fazendo a todo tempo. Quando a vontade ataca, parece que a gente fica confuso e corre o risco de esquecermos a importância do nosso objetivo.

Peço a Deus que não nos deixe esquecer de como a P nos prejudicou. De como estávamos vivendo fora do nosso real propósito e como temos vivido bem melhor agora, mesmo com poucos dias sem P.

É preciso muita atenção e humildade, pois o cérebro viciado constrói argumentos ardilosos!

Vamos em frente!

Guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa!!!


_______________________________________
Augusto Pio
Augusto Pio
Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/12/2018

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Ter 17 Maio - 5:50
17 dias... O principal sintoma até aqui é libido baixa, não sei se devido ao reboot, falta de vitaminas ou hormonal, devido a isso resolvi marcar um endocrinologista para fazer um check up geral tanto na parte hormonal como nas vitaminas.

Hoje pela manhã tive uma leve fissura, mas conseguir controlar tranquilamente.

_______________________________________

luta diária gosta desta mensagem

Augusto Pio
Augusto Pio
Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/12/2018

Diário Augusto Pio  Empty Re: Diário Augusto Pio

Qui 19 Maio - 12:52
Ontem quase caí, mas consegui resistir ao 5 minutos finais da prorrogação. Ontem pela tarde senti um forte fissura e quase deixe-me entregar pela aquela velha justificativa do nosso consciente obscuro - "É só uma M* não tem problema nenhum, só pra vê como está sua ereção" - e no meio dessa voz, você vai quase que no automático repetir aquele padrão que tanto fazia ao descobrir M* e P*, mas dessa vez minha voz consciente conseguiu lembrar de bom motivos para não cair.

Lembrei-me que não queria estabelecer meus relacionamentos só pensando no prazer que nem um animal que não consegue controlar seus impulsos, que queria me conectar verdadeiramente com a pessoa sem pensar em sexo e o mesmo ser apenas uma consequência da confiança e admiração que temos um pelo outro.

Acredito que um relacionamento pautado pelos motivos acimas será muito mais prazeroso, e por isso busco deixar esses motivos claros e frequentes na minha mente, para no momento de fissura, eles serem mais fortes que a justificativa do vício.

Outro ponto importante é que ontem percebi quanto o "ficar sozinho" é um dos gatilhos mais perigosos para nós, o tedio vem na hora e a vontade de fazer algo prazeroso vem de uma forma insaciável, por isso é muito importante nesse início reconhecê-los e evitá-los a qualquer maneira.

_______________________________________
Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos