Ir para baixo
Mago Cinza
Mago Cinza
Mensagens : 16
Data de inscrição : 11/07/2022

Diario do Mago Cinza Empty Diario do Mago Cinza

Seg 11 Jul - 18:46
Boa tarde caros amigos, quem vos fala é o Mago Cinza. A intenção deste diário é trazer pra mim mesmo algum tipo de inspiração ou insights que me ajudarão ( de novo ) a superar esse zumbido chato e insistente em minha mente que é a louca vontade de acessar conteúdos pornográficos. Antes de iniciar, gostaria de deixar registrado a minha impressão de como é insano escrever essas palavras em um fórum de pessoas que desejam deixar de acessar a pornografia. Em um instante sou apenas uma bacuri despretensioso na rua da minha casa jogando bola e contrabandeando algumas revistas pornográficas e no outro já sou uma sujeito de mais de 30 anos compartilhando uma faceta da minha vida um tanto quanto espinhosa.

Bem, hoje entramos no dia 19 do meu NOFAP sem PMO. Já havia feito por outras vezes. Em algumas fiquei exatos 90 dias " pra cumprir o compromisso " em outras já fiquei até por mais de 6 meses. Mas invariavelmente acabo retornando ao acesso frequente da pornografia. O que eu procuro é o desligamento definitivo. Ser um adicto da filosofia Nofap.

O início do meu problema, imagino eu que se deu quando passai a ter acesso a um celular estilo smartfone com internet a disposição. Imagino eu que isso estava na casa dos 20 anos. Desde então, venho consumindo esse conteúdo que se torna sempre cada vez mais específico e mais pontual. Não que eu não me masturbava na adolescência, mas sem conteúdo explicito. Era mais algo na fantasia mesmo. Mas desde a adolescência, deixei-me levar por esses comportamentos, masturbação e só depois pornografia. Devo admitir que é incrível o poder que a desinformação causa na vida de uma pessoa. Diria que é melhor ser ignorante do que mal informado. No auge dos meus 12 anos, o cara que mais batia punheta era visto como o mais fodão, pois se aguentava 5 punhetas numa noite, também aguentaria 5 transas com uma mulher de verdade. E foi sobre esses raciocínios malucos que se adquire geralmente nas rodas de moleques em que eu cresci. Bonitinho ver como a ingenuidade brota até mesmo da podridão. Enfim, voltando aos dias atuais a gota d'agua foi quando a um tempo atrás estava assistindo um vídeo pesado de gangbang e uns 5 caras transavam com uma mulher, e no fim do vídeo os caras faziam uma fila para gozar na boca dela. Me lembro de ter ejaculado, e continuado a assistir ao vídeo e vi os caras, vi a garota com a boca cheia de porra de 5 caras diferentes, me vi (figurativamente) e me lembro de ter pensado: Mas que Caralhos eu estou fazendo? Quem estiver me lendo, não me leve a mal, eu mais que ninguém sou simpatizante da filosofia do "Fazes o que tu queres, há de ser tudo da lei", a garota faz o que quer da vida dela e se pra você que está lendo, esse tipo de sexo é natural, nada contra. Mas o que eu pretendo dizer é que pra MIM, e exclusivamente e individualmente pra mim aquilo que eles estava fazendo não era sexo. Pelo contrário, aquela parada era qualquer coisa menos sexo. Se eu não considerava aquilo sexo, o que é então que eu estava assistindo? e o principal, por que eu estava assistindo aquilo? Daquele jeito, naquele contexto? Se fosse uma mera fantasia sexual, faria mais sentido assistir 5 mulheres e um cara só. Senti pena da mulher do vídeo. Senti culpa, pois são caras como eu, ( que não conseguem controlar seus instintos) que financiam esse mercado. Senti raiva por está realizando um comportamento que não agrega nada pra mim nem pra ninguém próximo, ao contrário, prejudica tantas pessoas. Então meus amigos, é nesse ponto do relato que vocês imaginariam que eu pego o teu telefone e jogo contra a parede saio do recinto e vou-me inscrever na primeira obra de caridade que eu vejo, saio renovado e prometo lutar contra todas as mazelas do mundo. Mas não! Ah humano, demasiadamente humano ! em menos de uma semana estava me masturbando de novo pra conteúdos tão infames ou piores que este que relatei.

Por que então, depois desse relato e dessa epifania eu não fui abarcado pra um estilo de vida superior? Por um simples e singelo fato, meu maior inimigo não é a pornografia em si, meu maior inimigo, mora no espelho juntamente com meu melhor amigo. O motivo pelo fato de que eu não ter conseguido naquela ocasião, foi por ter dado mais ouvidos ao inimigo do que ao amigo. Sejamos sinceros, já adquiri maturidade para saber distinguir o que é bom e o que é ruim. Se ainda assim eu optar por realizar  as ações más, preciso estar disposto a aceitar o efeito acarretado por essa causa. Sartre chamou isso de consequência da liberdade os orientais chamam de Karma. Seja como for os dados foram rolados quando eu ESCOLHI ficar viciado em pornografia e agora novamente estão sendo rolados esperando minha escolha entre me manter inerte em uma posição totalmente desconfortável sendo peão dos meus instintos ou fazer alguma coisa que será tão desconfortável e penosa quanto, mas que pelo menos me dará orgulho, glória e brilho de uma vitória.

KratosFerrigno gosta desta mensagem

avatar
jean
Mensagens : 189
Data de inscrição : 29/06/2022
Idade : 27

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Seg 11 Jul - 19:21
Bem vindo e vamos a luta

_______________________________________
avatar
resist
Mensagens : 94
Data de inscrição : 05/02/2022

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Seg 11 Jul - 22:08
Eu sinceramente acho que você não é um viciado por escolha sua, na maioria vezes entramos nesse mar de merda por ingenuidade, eu mesmo passei anos viciado sem se quer saber que era um viciado, entao quando nos damos conta já estamos viciados.
Nos vemos no meio de uma batalha contra nossa própria mente, contra nossos impulsos, da qual muitas vezes não somos capazes de vencer. Então não acho que seja uma questão de escolha é bem mais complexo. Pq muitas vezes por mais que a gente queira recair, não resistimos aos nossos impulsos e acabamos recaindo...
Mas sim você pode escolher lutar contra o vicio ou simplesmente se entregar a ele. Mas escolher lutar não significa que vai vencer...por isso digo que não é questão de escolha.
Mas só vence quem luta... Então não se entregue tenha força, e lute você merece mais para sua vida do que ficar refém deste vício, se entregar ao vício não te trará nada produtivo nem positivo, então se entregar não é uma opção...
Boa semana, conte conosco.

_______________________________________
Tempo sem masturbação


--------------------------







Meu diário: https://www.comoparar.com/t12434-
diario-do-resit
Mago Cinza
Mago Cinza
Mensagens : 16
Data de inscrição : 11/07/2022

Diario do Mago Cinza Empty Efeito Caçador

Ter 12 Jul - 18:08
Entrei hoje no 20º dia do meu ciclo de não realização de PM. Gostaria de tentar o PMO para experimentar os " super poderes" que uma retenção seminal ocasiona, mas como estou em um relacionamento, essa tarefa vai ser impossível. Tudo bem, somente de não praticar masturbação e pornografia já está de ótimo tamanho. Tenho que esclarecer também que meus orgasmos daqui pra frente só serão os que forem ocasionados por outra pessoa.

Como mencionei antes este não é o meu primeiro reset, e como é da experiência que se vem a sabedoria, já sei exatamente o que me aguarda. Aquela montanha russa de sensassões e sentimentos que me leve do céu ao inferno em segundos. Não serei hipócrita, pois sei que a reciproca também é verdadeira, é excelente sair de um período de baixa auto estima e receber todo aquele up de confiança que invariavelmente vem em picos nos reboots. Hoje vou falar um pouco da minha experiência com o efeito caçador que é onde estou no reboot, mas pra isso tenho que voltar somente alguns dias no tempo pra explicar como meu reboot funciona do primeiro ao último dia. Primeira semana geralmente infernal. Sábio foi aquele quem disse que o primeiro passo é o mais difícil. Realmente pra mim a primeira semana é geralmente uma das mais tensas no sentido de ansiedade e de pensamentos circulares voltados a PMO ( mas ainda sim não fica nem próximo da flatline ) outro ponto que gostaria de falar é que a primeira semana foi totalmente diferente de quando fiz o reboot da primeira vez e de quando tentei posteriormente, o da primeira foi mais fácil, imagino que seja por conta da motivação de tentar algo novo e tals, geralmente quando se tenta de segunda vez pra frente é por saber dos benefícios acarretados mas a motivação ( pelo menos pra mim) não foi a mesma . Da segunda semana pra frente diria que até romper o primeiro mês é mais tranquilo geralmente nesse período é que tenho mais confiança e mais energia nos afazeres do dia a dia (( Deixando claro que isso não é uma regra geral, é só a minha e somente minha fisiologia que se comporta assim, baseado em auto observação, não sou estudioso de NOFAP, pra quem estiver lendo pode ser que esses períodos dos picos não façam o menor sentido ou sejam diferentes)). Do fim do primeiro mês até o fim do terceiro mês, há oscilações e geralmente nas duas últimas semanas é que aquela vontade violenta de retorno ao PMO costuma voltar ( acho que por ansiedade de saber que o período dos 90 dias está acabando). É nesse período também que ocorre uma das piores sensações que um homem pode experimentar em sua existência que é a disfunção erétil causada pela flatline. Da última vez que fiz reboot, acredito que tenha iniciado um quadro de depressão por conta disso. Me solidarizo com todos os irmãos que encaram esse problema, alguns até por anos. Realmente a barra é pesada.

Voltando a temática do efeito caçador, aqui mora uma enorme armadilha. Daquelas que tenho que admitir que o criador ou demiurgo que projetou a fisiologia humana caprichou. Vejamos como meu organismo se comporta perante ela: Inicio uma jornada onde eu, um indivíduo que acessa sites de garotas de programa cerca de 3 a 4 vezes por dia (mesmo sendo comprometido), e acessava conteúdo explícito pelo menos 2 vezes por dia e que se masturbava entre 1 a 2 vezes por dia ( menos fim de semana) decide cortar totalmente e de uma vez essa prática. Na primeira semana ele fica alucinado, não consegue conter em olhar outras mulheres na rua, seu pensamento em cada momento se volta a sexo, costuma vir " pulsões" de vontade de acessar o conteúdo, por vezes a destravar o celular abre a guia anônima automaticamente de forma inconsciente. Já na segunda semana como que por um milagre diminui aquele frenesi, consigo ficar mais calmo, consigo me conter. O sexo com minha parceira melhora consideravelmente, minha atenção durante o sexo melhora, meu "estar presente" com ela melhora. Consigo curtir o momento e não fantasiar outras mulheres ( geralmente as dos vídeos). Um orgasmo acontece.Mas algo estranho o acompanha, uma vontade, uma necessidade e uma urgência quase que imediata de ter outro orgasmo logo em seguida. De repente surge uma sensação nova, um novo frenesi uma vontade forte, um impulso físico e dentro de poucos minutos uma nova ereção e uma vontade louca e descontrolada de transar de novo semelhante a de assistir porno. Esse sentimento perdura durante o próximo dia e o dia após este. Foi aí que eu descobri o perigo. Nisso devo minha gratidão a esse site, pois foi nele que li sobre o efeito caçador. Inicialmente, como o sexo é feito com uma parceira de verdade e em um contexto em que " não há perigo, pois não envolve pornografia" e como estou cheio de energia, minha parceira irá gostar de tal atitude, certo? Errado! Meu entendimento foi que esse é mais um ardil do corpo uma tentativa desesperada dele pra usar os mesma vias de liberação de dopamina. Caralho, tenho que admitir, é genial. Penso que é nesse momento onde a galera principalmente quem está em um relacionamento, cairia. Esse é o momento ideal para dar a desculpas a nós mesmo no seguinte sentido " Se eu me masturbar sem pornografia não tem problemas" e se ainda sim sucumbir a esse impulso acredito ser um pulo para o raciocínio de " Ah, já que me masturbei, acho que já perdi o reboot, como está no comecinho, vou bater umazinha com pornô e amanhã reinicio o contador". Cara, é meio imbecil, mas já aconteceu comigo e se eu não tivesse descoberto o artigo que trata desse efeito, provavelmente eu cairia de novo. A boa notícia é que provavelmente isso vai passar mas enquanto isso ""Manter-vos vigilantes"". Estou preocupado mesmo é com a próxima etapa que seria o flatline, pra mim é o período mais punk. Espero minimizar o máximo possível e se os efeitos forem fortes como os da última vez, que Deus me ajude que pelo menos sejam rápidos.

resist e KratosFerrigno gostam desta mensagem

Mago Cinza
Mago Cinza
Mensagens : 16
Data de inscrição : 11/07/2022

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Qui 14 Jul - 13:46
Dia 22 do reboot. A definição de força  da Wikipédia é: " uma grandeza que tem a capacidade de vencer a inércia de um corpo". Tanto a masturbação quanto o ato de pegar um celular e acessar uma página de conteúdo pornográfico, são ações. Portanto são literalmente atos que acontecem no plano de fenômenos físicos.

Mas o que ocasiona a ação? O que faz com que eu faça ou não um ato? O que faz com que eu coloque uma pedaço de chocolate na boca ao invés de brócolis? Ou o que faz com que eu gaste meu tempo livre sendo ocioso no sofá ao invés de praticar uma atividade física? Ou o que faz com que eu cometa um ato de me masturbar ou assistir pornô ao invés de fazer qualquer uma das milhões de atividades que o mundo, a razão ou a emoção me permite? A resposta é a VONTADE.

Eu acredito que a vontade possa ser classificada em duas categorias. A vontade física e a vontade espiritual.

A vontade fisiológica é aquela que governa as funções do nosso sistema nervoso autônomo, aquela que nos diz que estamos com vontade de comer, de beber, de dormir de transar. Essa vontade é mais ou menos inconsciente e submissa ao nosso conceito de temporalidade. Essa vontade se dá como um "pulso", um impulso algo que por vezes nem nos damos conta que estamos fazendo, até propriamente fazer. Isso tem a ver com um mecanismo de preservação de energia do cérebro ou algo assim. é estranho se parar pra pensar, que por vezes sinto vontade de comer pizza e beber refri ( pode ser qualquer outra comida junkfood), mas quando efetivamente estou comendo aquilo, nem se quer presto atenção no paladar que aquele alimento tem ( óbvio que eu sinto o gosto, mas não dou atenção ao ato de comer em si). O sentimento de urgência de atender a vontade, só dura até o momento em que a vontade começa a ser satisfeita ( estranho)... Pra mim a masturbação e a pornografia se encaixa nesse aspecto da vontade fisiológica. Uma ação que por um pulsão, visa atender uma necessidade (quase sempre inconsciente) minha. Afinal, se eu observar meu padrão de gatilho pras ações de P.M, sempre serão situações onde eu estava entediado, frustrado, desmotivado, confuso e quando eu me dava por mim, já estava com o telefone acessando um vídeo pornô ou com o pau na mão)

Na contra mão, existe a vontade espiritual ou divina, aquilo que me torna humano, o conhecimento da dualidade e a possibilidade da escolha através da razão. Esse conceito de vontade jamais pode ser confundido com o conceito de desejo. ( Pois o desejo implica em querer alguma coisa, já esse tipo de vontade divina, implica em SER como se é (e o que é, é. Não pode ser modificado) ). Essa vontade se dá pelo fato de sermos seres conscientes e seres que conseguem projetar nosso "vir a ser em busca do ser no mundo". Essa vontade se dá pelo entendimento que através da razão, conseguimos superar os pulsões das vontades fisiologias em detrimento de um bem maior.

Tomamos um exemplo, digamos que se eu estiver cansado ou estressado e me masturbar, meu CORPO vai ter aquele prazer de alguns segundo mas no futuro, próximo ou não, quando a situação se repetir, seu comandos serão novamente para atender aos anseios do corpo (vontade fisiológica). Na contra parte, digamos que eu seja uma pessoa que sempre sonhou ter uma bela casa ( pode ser qualquer coisa, material ou não, pode ser aprender um instrumento ou alimentar aos pobres) e através da minha vontade e faça ações para conquistar. No final da empreitada, eu vou obter a casa, mas mais importante que isso, eu me tornei uma pessoa capaz de SER alguém que concretiza ações que me elevam enquanto indivíduo.Vontade divida é aquela que me direciona ao SER.

Por fim, não acredito que a vontade física seja má em si, ela só não pode ser mais forte (qualidade de vencer a inércia) que a vontade divina. Afinal de contas, acho que é por esse motivo que a cabeça fica em cima e o pau embaixo.

luta diária, Moita e resist gostam desta mensagem

Mago Cinza
Mago Cinza
Mensagens : 16
Data de inscrição : 11/07/2022

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Sex 15 Jul - 12:34
Dia 23 do reboot. Um nó na garganta, um aperto no estômago, ansiedade a mil, queria estar em qualquer outro lugar. Mas eis o problema, é justamente aqui que eu tenho de estar e mesmo se pudesse estar em outro lugar, agora não teria pra onde ir. Talvez pra um campo, trabalhar a terra, ou fazer um pouco de musculação, sei lá. Qualquer coisa que me tirasse da mente e me colocasse no mundo. Minha manhã apenas começou e já prevejo um dia infernal. Sei exatamente quais sintomas são estes. Abstinência.
Mago Cinza
Mago Cinza
Mensagens : 16
Data de inscrição : 11/07/2022

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Seg 18 Jul - 12:19
Dia 26 do reboot. Serão dois pontos a se considerar no diário de hoje.

1º Passei o fim de semana na casa dos avós da minha esposa. Chegamos sexta a noite e partimos no domingo. Um ponto interessante a ser observado. Quanto mais estímulos externos sociais e quanto mais trabalho braçal é realizado, menos os pulsões do desejo de assistir P se manifestaram. Pra quem lê, isso parece ser lógico, mas consegui extrair uma verdade daí. Como eu trabalho em escritório por diversas vezes os pensamentos em P. me assombram durante o dia, justamente por ter fácil acesso ao conteúdo e por conseguir ficar sozinho. Mas tem algo nos trabalhos físicos que minimizam isso. Pode ser o fato de a atenção ter que se focar em estímulos diferentes, provavelmente grande parte do meu problema se dê por tédio. Em resumo, uma atividade física e diferente do que eu estou acostumado, foi de grande ajuda pra mim.

2º Estou realizando o reboot de P.M integral, e as ejaculações em dias escolhidos ( mas somente com sexo de verdade). Estou fazendo uma espécie de retenção seminal. A primeira foi de 7 dia. Uma observação sobre a retenção seminal, é que ela realmente melhora a performance da vida num geral. Se tem mais disposição, mais foco e se fica mais presente. Entretanto, a quantidade de stress acumulado, também aumenta, fiquei terrivelmente irritado no 6º e 7º dia. E no dia que houve a ejaculação, tanto minha tensão quanto meu humor melhoraram consideravelmente. Para meu próximo passo, será uma retenção de 10 dias, preciso descobrir meios de contrabalancear os efeitos do stress e do mau humor que o não ejacular proporcionam.

resist gosta desta mensagem

Mago Cinza
Mago Cinza
Mensagens : 16
Data de inscrição : 11/07/2022

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Qui 21 Jul - 16:19
Dia 29. Lembrar de correlacionar o estresse e o cansaço ao impulso da masturbação (diminuir o máximo possível qualquer gatinho nesses períodos). O principio de realidade as vezes acaba comigo. Esse conflito em querer duas coisas que são conflitantes é um dos meus maiores problemas em relação a sexualidade num contexto geral. Pra mim, vencer o vício é entender o vício para que possa integrar essa faceta da minha personalidade de maneira consciente e portanto mais saudável.
eduxx
eduxx
Mensagens : 382
Data de inscrição : 21/07/2022
Idade : 28
Localização : Brasil

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Qui 21 Jul - 16:30
Mago Cinza escreveu:Boa tarde caros amigos, quem vos fala é o Mago Cinza. A intenção deste diário é trazer pra mim mesmo algum tipo de inspiração ou insights que me ajudarão ( de novo ) a superar esse zumbido chato e insistente em minha mente que é a louca vontade de acessar conteúdos pornográficos. Antes de iniciar, gostaria de deixar registrado a minha impressão de como é insano escrever essas palavras em um fórum de pessoas que desejam deixar de acessar a pornografia. Em um instante sou apenas uma bacuri despretensioso na rua da minha casa jogando bola e contrabandeando algumas revistas pornográficas e no outro já sou uma sujeito de mais de 30 anos compartilhando uma faceta da minha vida um tanto quanto espinhosa.

Bem, hoje entramos no dia 19 do meu NOFAP sem PMO. Já havia feito por outras vezes. Em algumas fiquei exatos 90 dias " pra cumprir o compromisso " em outras já fiquei até por mais de 6 meses. Mas invariavelmente acabo retornando ao acesso frequente da pornografia. O que eu procuro é o desligamento definitivo. Ser um adicto da filosofia Nofap.

O início do meu problema, imagino eu que se deu quando passai a ter acesso a um celular estilo smartfone com internet a disposição. Imagino eu que isso estava na casa dos 20 anos. Desde então, venho consumindo esse conteúdo que se torna sempre cada vez mais específico e mais pontual. Não que eu não me masturbava na adolescência, mas sem conteúdo explicito. Era mais algo na fantasia mesmo. Mas desde a adolescência, deixei-me levar por esses comportamentos, masturbação e só depois pornografia. Devo admitir que é incrível o poder que a desinformação causa na vida de uma pessoa. Diria que é melhor ser ignorante do que mal informado. No auge dos meus 12 anos, o cara que mais batia punheta era visto como o mais fodão, pois se aguentava 5 punhetas numa noite, também aguentaria 5 transas com uma mulher de verdade. E foi sobre esses raciocínios malucos que se adquire geralmente nas rodas de moleques em que eu cresci. Bonitinho ver como a ingenuidade brota até mesmo da podridão. Enfim, voltando aos dias atuais a gota d'agua foi quando a um tempo atrás estava assistindo um vídeo pesado de gangbang e uns 5 caras transavam com uma mulher, e no fim do vídeo os caras faziam uma fila para gozar na boca dela. Me lembro de ter ejaculado, e continuado a assistir ao vídeo e vi os caras, vi a garota com a boca cheia de porra de 5 caras diferentes, me vi (figurativamente) e me lembro de ter pensado: Mas que Caralhos eu estou fazendo? Quem estiver me lendo, não me leve a mal, eu mais que ninguém sou simpatizante da filosofia do "Fazes o que tu queres, há de ser tudo da lei", a garota faz o que quer da vida dela e se pra você que está lendo, esse tipo de sexo é natural, nada contra. Mas o que eu pretendo dizer é que pra MIM, e exclusivamente e individualmente pra mim aquilo que eles estava fazendo não era sexo. Pelo contrário, aquela parada era qualquer coisa menos sexo. Se eu não considerava aquilo sexo, o que é então que eu estava assistindo? e o principal, por que eu estava assistindo aquilo? Daquele jeito, naquele contexto? Se fosse uma mera fantasia sexual, faria mais sentido assistir 5 mulheres e um cara só. Senti pena da mulher do vídeo. Senti culpa, pois são caras como eu, ( que não conseguem controlar seus instintos) que financiam esse mercado. Senti raiva por está realizando um comportamento que não agrega nada pra mim nem pra ninguém próximo, ao contrário, prejudica tantas pessoas. Então meus amigos, é nesse ponto do relato que vocês imaginariam que eu pego o teu telefone e jogo contra a parede saio do recinto e vou-me inscrever na primeira obra de caridade que eu vejo, saio renovado e prometo lutar contra todas as mazelas do mundo. Mas não! Ah humano, demasiadamente humano ! em menos de uma semana estava me masturbando de novo pra conteúdos tão infames ou piores que este que relatei.

Por que então, depois desse relato e dessa epifania eu não fui abarcado pra um estilo de vida superior? Por um simples e singelo fato, meu maior inimigo não é a pornografia em si, meu maior inimigo, mora no espelho juntamente com meu melhor amigo. O motivo pelo fato de que eu não ter conseguido naquela ocasião, foi por ter dado mais ouvidos ao inimigo do que ao amigo. Sejamos sinceros, já adquiri maturidade para saber distinguir o que é bom e o que é ruim. Se ainda assim eu optar por realizar  as ações más, preciso estar disposto a aceitar o efeito acarretado por essa causa. Sartre chamou isso de consequência da liberdade os orientais chamam de Karma. Seja como for os dados foram rolados quando eu ESCOLHI ficar viciado em pornografia e agora novamente estão sendo rolados esperando minha escolha entre me manter inerte em uma posição totalmente desconfortável sendo peão dos meus instintos ou fazer alguma coisa que será tão desconfortável e penosa quanto, mas que pelo menos me dará orgulho, glória e brilho de uma vitória.



Boa Tarde Mago Cinza, saudações, li essa primeira parte do seu diário e também já partilhei da mesma situação, como sempre após a MO, simplesmente nós perguntamos, o que eu estou fazendo aqui/da minha vida?


Irei ler o restante do seu diário hoje a noite, e fazer novas observações, hoje completo meu 7º dia longe desse vício maldito, e confesso que o fórum tem me ajudado bastante a ter forças pra seguir;


Grande abraço e precisamos ser fortes!!!

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t12707-depoimento-de-um-viciado-diario-eduxx


Mago Cinza gosta desta mensagem

Mago Cinza
Mago Cinza
Mensagens : 16
Data de inscrição : 11/07/2022

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Sex 22 Jul - 19:15
Dia 30 ! 1 Mês! Transformar minha vida (ou a sua) em algo melhor, demanda na minha opinião, mais de vários pequenos ajustes do que de uma grande e súbita transformação ( Por quantas epifanias já passei, pra depois de um tempo retornar aos velhos hábitos viciosos). Hoje completei um mês sem PM. Admito que cortar isso da minha vida, teria que ser o primeiro ato da melhoria que eu procuro. Sigo o seguinte pensamento, primeiro é necessário DEIXAR de fazer aquilo o que te faz mal, e só depois começar a fazer aquilo que te faz bem.

É ridiculamente simples o entendimento daquilo que me faz bem (conclusão que tirei para a minha pessoa, isso não reflete uma receita de bolo que daria certo pra todo mundo), mas o início da jornada seria parar com PMO, me alimentar direito, tomar a quantidade certa de agua por dia, me exercitar e meditar. Muito simples. A conclusão de que estas são boas ações podem ser tomadas quase que instintivamente por 99,99% das pessoas. Mas se a conclusão é fácil, como eu aos 30 anos não realizei? É porque a EXECUÇÃO é difícil pra cacete.

Amanhã dia 23/07, pretendo incluir como pratica diária a meditação e a ingestão de água.

Me desejem sorte.
avatar
jean
Mensagens : 189
Data de inscrição : 29/06/2022
Idade : 27

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Sex 22 Jul - 19:43
boa sorte e parabens pela meta alcançada

_______________________________________
eduxx
eduxx
Mensagens : 382
Data de inscrição : 21/07/2022
Idade : 28
Localização : Brasil

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Sex 22 Jul - 20:39
Mago Cinza escreveu:Dia 30 ! 1 Mês! Transformar minha vida (ou a sua) em algo melhor, demanda na minha opinião, mais de vários pequenos ajustes do que de uma grande e súbita transformação ( Por quantas epifanias já passei, pra depois de um tempo retornar aos velhos hábitos viciosos). Hoje completei um mês sem PM. Admito que cortar isso da minha vida, teria que ser o primeiro ato da melhoria que eu procuro. Sigo o seguinte pensamento, primeiro é necessário DEIXAR de fazer aquilo o que te faz mal, e só depois começar a fazer aquilo que te faz bem.

É ridiculamente simples o entendimento daquilo que me faz bem (conclusão  que tirei para a minha pessoa, isso não reflete uma receita de bolo que daria certo pra todo mundo), mas o início da jornada seria parar com PMO, me alimentar direito, tomar a quantidade certa de agua por dia, me exercitar e meditar. Muito simples. A conclusão de que estas são boas ações podem ser tomadas quase que instintivamente por 99,99% das pessoas. Mas se a conclusão é fácil, como eu aos 30 anos não realizei? É porque a EXECUÇÃO é difícil pra cacete.

Amanhã dia 23/07, pretendo incluir como pratica diária a meditação e a ingestão de água.

Me desejem sorte.


Boa tarde meu amigo, tudo bem? Espero que sim!!!


Meus parabéns pela marca, sempre precisamos inclusive disso, festejar as pequenas/grandes conquistas também, ajuda deixar a vida mais leve, grande abraço!

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t12707-depoimento-de-um-viciado-diario-eduxx


Mago Cinza
Mago Cinza
Mensagens : 16
Data de inscrição : 11/07/2022

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Seg 25 Jul - 15:45
Uma vontade enorme hoje de PMO, provavelmente pra aliviar o stress do fim de semana. Já passei por isso antes. rompido o primeiro mês, me vem aquela vontade absurda de novo. Não posso perder. Não vou perder. Meu eu de ontem não perdeu. Não posso dar esse desgosto para o meu eu de amanhã.

_______________________________________
Mago Cinza
Mago Cinza
Mensagens : 16
Data de inscrição : 11/07/2022

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Ter 26 Jul - 12:16
Essa noite sonhei que estava prestes a perder. Interessante. Não sonhei que havia perdido. Sonhei que estava na eminencia. Na aquela fase antes de praticar a PMO em que você se justifica a si mesmo. Aquele momento onde você sabe que se fazer aquilo que está preste a fazer terá que reiniciar o contador. Senti que não seria nada de mais. Senti que trinta e poucos dias era uma boa marca e " na próxima" eu iria mais longe. Estou bem mau emocionalmente. Ah como queria grana pra pagar um tratamento psicológico.

_______________________________________
eduxx
eduxx
Mensagens : 382
Data de inscrição : 21/07/2022
Idade : 28
Localização : Brasil

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Ter 26 Jul - 13:11
Mago Cinza escreveu:Essa noite sonhei que estava prestes a perder. Interessante. Não sonhei que havia perdido. Sonhei que estava na eminencia. Na aquela fase antes de praticar a PMO em que você se justifica a si mesmo. Aquele momento onde você sabe que se fazer aquilo que está preste a fazer terá que reiniciar o contador. Senti que não seria nada de mais. Senti que trinta e poucos dias era uma boa marca e " na próxima" eu iria mais longe. Estou bem mau emocionalmente. Ah como queria grana pra pagar um tratamento psicológico.


Bom dia meu amigo, tudo bem?
Como estão as coisas, tenho visto frequentemente, que os problemas da maioria das pessoas com vício em PMO, inclusive eu, são relacionadas a ansiedade, aprovação, de fato, precisamos pensar mais acerca disso, e refletir em relação a nossos problemas.
Uma frase que gosto bastante “tudo começa e termina dentro da sua própria mente”, ou seja, alguns problemas de fato só cabem a nós, não tenta relevância como damos.
Tentar enxergar por essa óptica, deixa uma pouco mais leve, irei seguir acompanhando, grande abraço!!!

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t12707-depoimento-de-um-viciado-diario-eduxx


Mago Cinza gosta desta mensagem

Mago Cinza
Mago Cinza
Mensagens : 16
Data de inscrição : 11/07/2022

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Qua 27 Jul - 17:02
O dia hoje está especialmente difícil em relação ao controle de pensamentos relacionados a PMO. Estive pensando, como será minha vida depois dos 90 dias de reboot? Não pretendo voltar a esse vício, mas hoje se não fosse pela "meta" de 90 dias, hoje provavelmente eu não teria resistido. Fico me perguntando, depois dos 90 dias essa sensação será aplacada os efeitos serão mais brandos ou será do mesmo jeito que está sendo hoje? Brutais! Sinceramente, não vejo sentido em uma vida onde em um dia se vive plenamente e no outro se sofre tanto, pois hoje pelo menos 1 a cada 3 pensamentos estão voltados a PMO ou algo relacionado. E se depois dos 90 dias continuar exatamente como está hoje, como está agora? É uma merda estar sentindo o que estou sentindo nesse momento ( uma mulher vontade de PMO ), saber o que eu preciso fazer, ter o celular em mãos uma idazinha no banheiro e essa vontade vai embora, nem que seja momentaneamente. Ter os meios necessários pra aplacar ela e ainda sim precisar ser " forte". Hoje o diário ficou meio niilista. Mas é como estou me sentindo.

_______________________________________

eduxx gosta desta mensagem

eduxx
eduxx
Mensagens : 382
Data de inscrição : 21/07/2022
Idade : 28
Localização : Brasil

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Qua 27 Jul - 17:59
Mago Cinza escreveu:O dia hoje está especialmente difícil em relação ao controle de pensamentos relacionados a PMO. Estive pensando, como será minha vida depois dos 90 dias de reboot? Não pretendo voltar a esse vício, mas hoje se não fosse pela "meta" de 90 dias, hoje provavelmente eu não teria resistido. Fico me perguntando, depois dos 90 dias essa sensação será aplacada os efeitos serão mais brandos ou será do mesmo jeito que está sendo hoje? Brutais! Sinceramente, não vejo sentido em uma vida onde em um dia se vive plenamente e no outro se sofre tanto, pois hoje pelo menos 1 a cada 3 pensamentos estão voltados a PMO ou algo relacionado. E se depois dos 90 dias continuar exatamente como está hoje, como está agora? É uma merda estar sentindo o que estou sentindo nesse momento ( uma mulher vontade de PMO ), saber o que eu preciso fazer, ter o celular em mãos uma idazinha no banheiro e essa vontade vai embora, nem que seja momentaneamente. Ter os meios necessários pra aplacar ela e ainda sim precisar ser " forte". Hoje o diário ficou meio niilista. Mas é como estou me sentindo.


Boa Tarde meu amigo Mago, tudo bem?

Como estão as coisas?


Fico feliz por você estar firme no seu proposito, hoje também completo meu 13º dia longe de PMO, e te falo que também bate essa vontade que você está falando, mais entenda: nada mais é que seu próprio corpo/mente, tentando de toda forma a te sabotar, afinal, sabemos o prazer momentâneo que isso nós trás, e também sabemos o quanto ele nos LEVA...

Não se apegue somente aos 90 dias, pq após eles ficaria como se você tivesse cumprido seu dever, coloque NO FAP, ou abandono de PMO, como estilo de vida, e lembre-se, com o tempo esses efeitos irão passando, nosso corpo demora a concluir essa desintoxicação, depois vá até histórias do sucesso, e veja, vários e vários que eram viciados assim como nós, hoje vivem outro estilo/ritmo de vida;


Siga firme, meu irmão, grande abraço!

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t12707-depoimento-de-um-viciado-diario-eduxx


Mago Cinza
Mago Cinza
Mensagens : 16
Data de inscrição : 11/07/2022

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Qui 4 Ago - 13:48
Reboot dia 43. Realmente, o foco e a percepção aumentam quando se realiza nofap, não somente o nofap via pornografia em si, mas quando se deixa de ter compulsão por sexo/masturbação/pensamentos sexuais. Outro dia percebi como deixei de "esquecer" coisas de curtíssimo prazo. Por exemplo, não era incomum pegar uma chave, solta-la em algum lugar ( em cima da mesa ou sofá), e se quer me dar conta disso e depois ficar procurando como um idiota. Percebi que tenho feito menos isso e justamente quando parei com a PM e inclui praticas de atenção plena. Ontem antes de dormi fiquei fantasiando com sexo com outras mulheres, algo que me incomodou um pouco. Estou muito bem esses dias, mas sinto que em bem pouco tempo passarei por um turbilhão, entrei no dia 43 e não tive nada de Flatline ( da primeira vez eu fiquei um mês com 0 de libido), isso é algo que me preocupa.

_______________________________________
NO FAP FOREVER!!!
NO FAP FOREVER!!!
Mensagens : 42
Data de inscrição : 08/08/2022
Idade : 31

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Qua 10 Ago - 16:10
Olá, colega. Quais bloqueadores vc usa no computador?
Mago Cinza
Mago Cinza
Mensagens : 16
Data de inscrição : 11/07/2022

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Qui 11 Ago - 17:48
NO FAP FOREVER!!! escreveu:Olá, colega. Quais bloqueadores vc usa no computador?

Sem bloqueadores. Só na força do ódio mesmo. O que vejo da galera, eu graças a Deus tenho um nível de compulsão controlado quando me disponho a empreender essa tarefa. Mas ainda sim é foda. Outro dia, me forcei a fazer um jejum, fiquei 24 horas sem comer nada. Meditação também ajuda. Essas práticas fortalecem a mente para ajudar a resistir quando me vem um impulso muito forte.

_______________________________________
NO FAP FOREVER!!!
NO FAP FOREVER!!!
Mensagens : 42
Data de inscrição : 08/08/2022
Idade : 31

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Qui 18 Ago - 18:18
Mago Cinza escreveu:
NO FAP FOREVER!!! escreveu:Olá, colega. Quais bloqueadores vc usa no computador?

Sem bloqueadores. Só na força do ódio mesmo. O que vejo da galera, eu graças a Deus tenho um nível de compulsão controlado quando me disponho a empreender essa tarefa. Mas ainda sim é foda. Outro dia, me forcei a fazer um jejum, fiquei 24 horas sem comer nada. Meditação também ajuda. Essas práticas fortalecem a mente para ajudar a resistir quando me vem um impulso muito forte.

Meu nível de compulsão já foi absurdo, hoje em dia é mais controlado. O kaspersky deu problema, fodeu. Tô me virando sem bloqueador.

_______________________________________
DIÁRIO:
https://www.comoparar.com/t12747-de-volta-outra-vez
Mago Cinza
Mago Cinza
Mensagens : 16
Data de inscrição : 11/07/2022

Diario do Mago Cinza Empty 2 Meses

Seg 22 Ago - 11:10
2 Meses. 60 Dias. Queria escrever algo mais extenso, mas meu tempo hoje não me permite. Altos e baixos nessa aventura de não me masturbar e consumir pornografia. Não gosto da constatação do " não ter domínio sobre mim mesmo", observei também como minhas válvulas de escape migraram ( estou comendo mais, ficando mais tempo no celular e tv). Seguirei firme, sei que não vou cair.

_______________________________________

eduxx gosta desta mensagem

eduxx
eduxx
Mensagens : 382
Data de inscrição : 21/07/2022
Idade : 28
Localização : Brasil

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Seg 22 Ago - 13:01
Mago Cinza escreveu:2 Meses. 60 Dias. Queria escrever algo mais extenso, mas meu tempo hoje não me permite. Altos e baixos nessa aventura de não me masturbar e consumir pornografia. Não gosto da constatação do " não ter domínio sobre mim mesmo", observei também como minhas válvulas de escape migraram ( estou comendo mais, ficando mais tempo no celular e tv). Seguirei firme, sei que não vou cair.

Bom dia meu amigo, meus parabéns pela MARCA!!!

Siga firme com sua sequência, conte pra nós em outro momento sobre os benefícios, disso!!!


A luta é diária, e a GLÓRIA é ETERNA!


Grande abraço;

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t12707-depoimento-de-um-viciado-diario-eduxx


Mago Cinza
Mago Cinza
Mensagens : 16
Data de inscrição : 11/07/2022

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Ter 30 Ago - 17:00
eduxx escreveu:
Mago Cinza escreveu:2 Meses. 60 Dias. Queria escrever algo mais extenso, mas meu tempo hoje não me permite. Altos e baixos nessa aventura de não me masturbar e consumir pornografia. Não gosto da constatação do " não ter domínio sobre mim mesmo", observei também como minhas válvulas de escape migraram ( estou comendo mais, ficando mais tempo no celular e tv). Seguirei firme, sei que não vou cair.

Bom dia meu amigo, meus parabéns pela MARCA!!!

Siga firme com sua sequência, conte pra nós em outro momento sobre os benefícios, disso!!!


A luta é diária, e a GLÓRIA é ETERNA!


Grande abraço;

Chegando a marca de 60 e tantos dias, é brabo ver as reações que uma abstinência de pornô causa na vida de uma pessoa.

Como já havia feito nofap antes, digamos que descobri seus benefícios há uns 3 anos. Desde então, nunca mais voltei a me masturbar como quando antes de eu descobrir que podia ser mais produtivo e feliz simplesmente não praticando a PM.

Antes de começar essa empreitada atual, minha rotina de masturbação era 1 vez a cada dois ou três dias, mas sempre com pornografia ( então bem menos severa do que acompanho o pessoal aqui do forum). O tipo de pornografia que eu consumia era variado, e muitas vezes diferentes da minha orientação sexual. Meu maior problema sempre foi o acesso aos sites de garotas de programa, esses sim eu acessava todo santo dia, as vezes até por horas em um mesmo dia, e todas as vezes que eu me masturbava esse era o gatilho.

Depois que se faz o nofap uma vez e se volta a rotina de masturbação, a culpa é maior ainda, pois eu sabia quais benefícios eu teria se não me masturbasse, e quando eu fazia, sentia um vazio terrível ( no sentido literal da palavra, era como se meu corpo na região do meu penis e escroto ficassem ocos).

Os benefícios que eu observei em mim:
1º Nos primeiros dias, o aumento da energia é uma coisa quase que ridícula, tanto em força física quando disposição ( isso não dura pra sempre, mas vale mencionar)
2º Maior poder de estar no presente, como sou do tipo de pessoa que " viaja", as vezes prestar atenção em uma conversa era praticamente impossível, fazendo nofap isso tende a diminuir ou até mesmo a desaparecer
3º Quando estou numa rotina de masturbação regular, as vezes principalmente no período da tarde me invade uma sensação de "saco cheio do mundo", não é bem cansaço ou esgotamento, é mais um sentimento de tédio e procrastinação, é só querer que seu dia acabe para passar esse enfado e talvez amanhã eu esteja mais motivado.

Se for parar para prestar atenção, não tive benefícios, eu simplesmente parei foi de ter os malefícios. É como se eu me alimentasse com um veneno, ao parar, não é que eu ganhe uma super saúde, o que ocorre, é que a saúde que é inerente a mim, consegue se manifestar sem entrave.

_______________________________________

eduxx gosta desta mensagem

Mago Cinza
Mago Cinza
Mensagens : 16
Data de inscrição : 11/07/2022

Diario do Mago Cinza Empty Re: Diario do Mago Cinza

Ter 30 Ago - 17:54
O motivo de ter entrado no fórum hoje para escrever, é mais um desabafo. Pelo menos uma vez na vida, vou me permitir a agir como uma criança mimada e praguejar contra os céus. As vezes eu gosto de blasfemar (de brincadeira é claro), do porquê Deus esconde os prazeres e delícias da vida atrás de pequenas ironias. O chocolate e o pastel são uma delícia, mas te fazem mal, já o brócolis e o espinafre tem gosto ruim, mas são bons pra sua saúde ( vai entender ). A mesmissima coisa se dá com a pornografia, como uma coisa tão gostosa pode ser tão destrutiva. Seria pedir muito que pornografia e masturbação fizessem bem a saúde? (Essa frase contém alto nível de ironia).

Uma vez eu li um estudo, de como os receptores dopaminégicos e endorfínicos , reagem diferentemente a estímulos viciantes de pessoa pra pessoa. Por exemplo, uma pessoa pode entrar no mundo das drogas, usar o que quer que seja por um tempo e depois sair como se nada tivesse acontecido, sem se viciar. Essa mesma pessoa, pode se viciar consideravelmente em jogos de azar ou jogos eletrônicos. O tipo de vício varia de pessoa pra pessoa.

Eu me considero um psconalta (embora bem menos do que eu gostaria). Sou um tipo de pessoa que gosta de perceber estados de consciência alterados a fim de ver como são as percepções nesses estados. Já usei todos os tipo de drogas que uma pessoa possa imaginar, desde as entorpecentes até as estimulantes, esteroides anabolizantes e pscodelicos, estimulantes de apetite e beta bloqueadores de ansiedade... Já experimentei situações de risco e alta adrenalina. Já jejuei por 72 horas e já forcei privação de sono. Já fumei tabaco e meditei. Nada disso me prendeu. Nada disso me fez viciar. Só existe uma única coisa que me prendeu. Sexo e as situações sexuais, como a pornografia e a masturbação, falar sacanagem com estranhas na internet, tinder e afins ou qualquer coisa que me faça pensar ou estar em uma situação sexual.

Mas sabe o que eu fico puto? Mesmo sabendo que é uma situação que me prende, eu não quero abrir mão dela (nesse sentido que me vejo mimado e egoísta). Quando vejo uma mulher na rua que me atraí, não quero fingir que não estou a fim, como se isso fosse algo errado. Não quero fingir que se eu tivesse a possibilidade de transar com 100 ou 1000 eu não faria isso. Não me entenda mal, não sou um mau caráter ( ou talvez nesse sentido até seja mesmo), eu não quero dar prejuízo físico a ninguém, nem financeiro, não quero que ninguém se machuque nem que qualquer pessoa no mundo sofra. Eu só queria sentir um orgasmo, com varias parceiras diferentes, com vários tipos de corpos diferentes e em várias situações diferentes. Por isso a pornografia se torna tão atrativa pra mim. É como se você conseguisse essa variedade sexual, varia mulheres, mas ao mesmo tempo não ferir os princípios de ética e moralidade social, você pode fazer isso no conforto da sua casa e ninguém nem ficar sabendo.

Posso chocar algumas pessoas que estão lendo, mas no meu caso em especial, meu consumo de pornografia e essa necessidade absurda por diversidade sexual se dá por uma causa mais profunda. É algo talvez ocasionado por um trauma na infância ou adolescência. Algo relacionado com inferioridade. Talvez seja orgânico, porem não muito bem aceito na sociedade de hoje. Demanda reflexão. Gostaria de fazer um acompanhamento psicológico, mas quando me sobra R$ 200,00, prefiro alimentar meu vício, gastar com alguma prostituta, do que com uma sessão de psicologia. Nesse sentido sou escravo do dinheiro. como seria bom ter a grana pra fazer as duas coisas

_______________________________________

eduxx gosta desta mensagem

Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos