Ir para baixo
avatar
Celtic123
Mensagens : 4
Data de inscrição : 14/07/2022

Eu, contra eu mesmo - Futuro testemunho Empty Eu, contra eu mesmo - Futuro testemunho

26/7/2022, 00:26
Eu nunca usei um fórum. A primeira experiência começou há pouco tempo. Comecei a ler e responder alguns comentários. Mas decidi fazer o meu relato, a minha história.

Não lembro quando começou este vício. Mas sei que foi muito prematuramente. Acho que aos 8 anos, por aí.
Hoje tenho 22 anos, sou casado em um relacionamento, que ao todo, possui 3 anos.
Não faz muito tempo que eu entendi que era viciado, mas faz pouco tempo que aceitei que sou e que tenho que me tratar, de alguma forma. Mas tenho.

Já vi, fiz e quis, muitas coisas que não tenho coragem de contar para ninguém. Muitas vezes, não tenho coragem nem de lembrar.
Falar com alguém sobre pornografia é uma tortura. Só quem é de fato viciado sente. E eu não quero mais sentir.

Não quero mais me sentir um lixo, desmotivado, se sentindo "menos homem", nojento.

O Reboot é um conceito novo pra mim. Já havia ficado um tempo considerável sem masturbação e pornografia, devido a ter me convertido, e sei que é possível vencer este inimigo.

Responder e ler tem me ajudado. Espero que escrever, como um diário, também o faça.

Não me recordo qual foi a última vez em que cai. Por este motivo irei contar no foram de agora, sendo este, o dia 0.

Harvey gosta desta mensagem

avatar
spazzio
Mensagens : 25
Data de inscrição : 22/06/2022

Eu, contra eu mesmo - Futuro testemunho Empty Re: Eu, contra eu mesmo - Futuro testemunho

26/7/2022, 06:39
Força, eu estava a mais de 40 dias sem M, porém recai esses dias, e estou reiniciando o meu reboot novamente.
avatar
jean
Mensagens : 189
Data de inscrição : 29/06/2022
Idade : 27

Eu, contra eu mesmo - Futuro testemunho Empty Re: Eu, contra eu mesmo - Futuro testemunho

26/7/2022, 07:03
Celtic123 escreveu:Eu nunca usei um fórum. A primeira experiência começou há pouco tempo. Comecei a ler e responder alguns comentários. Mas decidi fazer o meu relato, a minha história.

Não lembro quando começou este vício. Mas sei que foi muito prematuramente. Acho que aos 8 anos, por aí.
Hoje tenho 22 anos, sou casado em um relacionamento, que ao todo, possui 3 anos.
Não faz muito tempo que eu entendi que era viciado, mas faz pouco tempo que aceitei que sou e que tenho que me tratar, de alguma forma. Mas tenho.

Já vi, fiz e quis, muitas coisas que não tenho coragem de contar para ninguém. Muitas vezes, não tenho coragem nem de lembrar.
Falar com alguém sobre pornografia é uma tortura. Só quem é de fato viciado sente. E eu não quero mais sentir.

Não quero mais me sentir um lixo, desmotivado, se sentindo "menos homem", nojento.

O Reboot é um conceito novo pra mim. Já havia ficado um tempo considerável sem masturbação e pornografia, devido a ter me convertido, e sei que é possível vencer este inimigo.

Responder e ler tem me ajudado. Espero que escrever, como um diário, também o faça.

Não me recordo qual foi a última vez em que cai. Por este motivo irei contar no foram de agora, sendo este, o dia 0.

É possível sim e nós sabemos que sim, então vamos com toda a força possível
Harvey
Harvey
Moderador
Moderador
Mensagens : 1384
Data de inscrição : 23/10/2019
Localização : New York

Eu, contra eu mesmo - Futuro testemunho Empty Re: Eu, contra eu mesmo - Futuro testemunho

2/8/2022, 01:35
Saudações, meu caro Celtic. Seja bem-vindo ao Fórum “Vício em Pornografia, Como Parar?”. Aqui, ao mesmo tempo em que construímos um novo caminho por meio da reversão do vício, também construímos uma família. Por isso, desejamos que você se sinta bem entre nós, ao mesmo tempo que encontre oportunidades e condições para aprender e crescer.

Confira algumas orientações, caso já esteja adotando algumas delas, parabéns!

  • Conheça a legislação do Fórum: Regras de Participação, Orientações Básicas e Proibições.

  • Veja como gerenciar seu diário em Como criar um diário no Fórum.

  • Conheça o Guia Introdutório e aprenda o básico sobre o processo de reversão do vício ou adquira o Curso Online Programa Revert (Super Recomendado) para ter acesso a informações mais completas.

  • Confira o arsenal tecnológico para te auxiliar na proteção contra o vício: Configuração do Clean Browsing; Bloqueamento via Hosts; Inter App Control Pro (Pago); Blok Supreme (Pago); Download do Qustodio (A versão gratuita já é suficiente). Para maiores informações e/ou encontrar outras opções acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Conheça os navegadores (para smartphone) que já vem com proteção contra o vício e escolha um: Spin, Kids Safe Browser (Pago) e Mobicip. Instale o NetAngel para bloquear a pornografia em seu smartphone, bem como o AppLock que pode ser utilizado para bloquear o serviço de distribuição de aplicativos, as configurações do smarthpone, dentre outras coisas. Para maiores informações e/ou encontrar outras opções para Android, iOS ou Windows Phone acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Dica: Cadastre um e-mail temporário descartável em seus softwares, pois, assim, você evita uma possível recuperação da senha. Utilize também um método de ocultação de senha, para evitar que você desative os bloqueadores em um momento de fissura. Acesse: Método para esconder a senha.

  • Instale um contador de dias: Tutorial Contador de Dias, para te situar em sua jornada.

    Avalie também a necessidade de abandono de outros vícios que podem de alguma forma te atrapalhar no processo, como masturbação, álcool, outras drogas lícitas e ilícitas, games, comidas e outros.

  • Priorize as atividades de religação, tais como: socialização, trabalho voluntário, trabalho manual prazeroso, leitura de livros, mindfulness, meditação, yoga, musculação, natação, ciclismo, pilates, hidroginástica, crossfit, boxe, lutas diversas, dança, caminhada, corrida, zumba, voleibol, futebol e muitas outras. Não foque muito em quantidade, mas na qualidade.

  • Não desperdice o seu tempo em redes sociais, pois muitas delas atuam como verdadeiras "playboys digitais", tais como: facebook, instagram, twitter, pinterest e outras. Evite também a navegação a esmo.

  • Não abandone o fórum, atualize constantemente o seu diário. Certifique-se de ter relatado toda a sua história de envolvimento com a PMO, para que, assim, possamos ajudá-lo(a) da melhor forma. Iremos empenhar todos os nossos esforços para te assistir, e sempre que puder ajude outros aqui também.


Espero que possamos batalhar juntos durante essa jornada, meu nobre. Sinta-se abraçado pelo Harv.

_______________________________________
No PMO since December 4th, 2022.
I have no plan b.
Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos