Ir para baixo
avatar
Uma vida melhor
Mensagens : 1
Data de inscrição : 04/09/2022

Quem sou eu, afinal ? Empty Quem sou eu, afinal ?

4/9/2022, 03:17
Olá eu, e a todas as pessoas que for ler meus depoimentos, me chamo Gustavo (20 anos) e estou na busca (como muitos de nós) de me livrar da masturbação.

SOBRE COMO TUDO COMEÇOU:
Pra ser sincero, eu nem sei quantos anos tinha e nunca cheguei a comentar com ninguém abertamente sobre esse ocorrido. Eu era uma criança que nem sabia ainda como funcionava a reprodução humana...
Aconteceu que certo dia eu estava passando uma tarde na casa de minha madrinha e padrinho como de costume (adorava eles) e aí o Flávio (padrinho) começou a me apresentar pro mundo do pornô. E claro né, eu fazia aquelas perguntas: "pq a mulher ta gemendo de dor?" "oque é isso branco saindo do pipiu dele?" Etc...
Me lembro que enquanto ele me mostrava esses vídeos e fotos ficava se maturbando na minha presença, como se fosse normal fazer isso ao lado de uma criança.
Isso chegou a se repetir durante dias e dias, cheguei a ser estuprado por esse homem. Ele disse "se eu soltar esse negócio branco aqui atrás em vc, também vai sair pelo seu pipiu", eu era novo demais pra sequer sair sêmen durante a ejaculação, e como toda criança é curiosa me masturbei em casa algumas vezes pra saber oque aconteceria (não vou me aprofundar mais nesse assunto de estupro pois não tenho certeza se está de acordo com as regras, apenas achei necessário para esclarecer como tudo começou). Hoje sinto repulsa desse homem, não sei como agir quando estou no mesmo ambiente que ele, e sinceramente, espero que um dia ele sofra de forma brusca as consequências de suas atitudes. Infelizmente eu era criança demais pra saber lidar com a situação e sinto que hoje não há muito oque eu possa fazer a respeito... apenas quero ser uma pessoa melhor a cada dia e perdoar pessoas deste tipo, mesmo que não mereçam (na opinião de maioria) para viver bem comigo mesmo.

Desde então, mesmo com o afastamento desse homem no meu convívio, eu continuei me masturbando... entrei nesse meio prematuramente e de forma inocente. Até que um dia pesquisei sobre mulheres peladas na internet e foi aí que tudo desabou, tinha uns 12/13 anos e estava realmente caindo nos vícios da pornografia e masturbação.
Nunca fiquei um mês inteiro sem me masturbar, e agora nesse Setembro de NoFap resolvi tentar, pois quero minha saúde mental e física o mais saudável que eu conseguir (tirando o fato de que o vício no pornô traz consigo milhares de problemas).

MINHAS METAS:
Quero finalizar esse mês sem ver nenhum conteúdo pornográfico e nem me masturbar (simples a princípio, mas já estou sofrendo de vontade de me tocar novamente).

Haseo e Tomas gostam desta mensagem

avatar
paugozado
Mensagens : 1
Data de inscrição : 04/09/2022

Quem sou eu, afinal ? Empty Re: Quem sou eu, afinal ?

4/9/2022, 03:41
vamos com tudo gustavo vc nao esta sozinho

Haseo gosta desta mensagem

Haseo
Haseo
Mensagens : 21
Data de inscrição : 17/03/2018
Idade : 21
Localização : Knowhere

Quem sou eu, afinal ? Empty Re: Quem sou eu, afinal ?

4/9/2022, 03:44
Oi Gustavo

Sinto muito que você tenha passado por isso, infelizmente sei o que é vivenciar isso.
também estou sofrendo com a vontade de voltar com a PMO, mas traço uma meta parecida com a sua: permanecer sem PMO durante setembro

Boa sorte pra nós!

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t9354-diario-de-haseo


paugozado gosta desta mensagem

Tomas
Tomas
Mensagens : 85
Data de inscrição : 29/08/2022

Quem sou eu, afinal ? Empty Re: Quem sou eu, afinal ?

5/9/2022, 23:22
Uma vida melhor escreveu:Olá eu, e a todas as pessoas que for ler meus depoimentos, me chamo Gustavo (20 anos) e estou na busca (como muitos de nós) de me livrar da masturbação.

SOBRE COMO TUDO COMEÇOU:
Pra ser sincero, eu nem sei quantos anos tinha e nunca cheguei a comentar com ninguém abertamente sobre esse ocorrido. Eu era uma criança que nem sabia ainda como funcionava a reprodução humana...
Aconteceu que certo dia eu estava passando uma tarde na casa de minha madrinha e padrinho como de costume (adorava eles) e aí o Flávio (padrinho) começou a me apresentar pro mundo do pornô. E claro né, eu fazia aquelas perguntas: "pq a mulher ta gemendo de dor?" "oque é isso branco saindo do pipiu dele?" Etc...
Me lembro que enquanto ele me mostrava esses vídeos e fotos ficava se maturbando na minha presença, como se fosse normal fazer isso ao lado de uma criança.
Isso chegou a se repetir durante dias e dias, cheguei a ser estuprado por esse homem. Ele disse "se eu soltar esse negócio branco aqui atrás em vc, também vai sair pelo seu pipiu", eu era novo demais pra sequer sair sêmen durante a ejaculação, e como toda criança é curiosa me masturbei em casa algumas vezes pra saber oque aconteceria (não vou me aprofundar mais nesse assunto de estupro pois não tenho certeza se está de acordo com as regras, apenas achei necessário para esclarecer como tudo começou). Hoje sinto repulsa desse homem, não sei como agir quando estou no mesmo ambiente que ele, e sinceramente, espero que um dia ele sofra de forma brusca as consequências de suas atitudes. Infelizmente eu era criança demais pra saber lidar com a situação e sinto que hoje não há muito oque eu possa fazer a respeito... apenas quero ser uma pessoa melhor a cada dia e perdoar pessoas deste tipo, mesmo que não mereçam (na opinião de maioria) para viver bem comigo mesmo.

Desde então, mesmo com o afastamento desse homem no meu convívio, eu continuei me masturbando... entrei nesse meio prematuramente e de forma inocente. Até que um dia pesquisei sobre mulheres peladas na internet e foi aí que tudo desabou, tinha uns 12/13 anos e estava realmente caindo nos vícios da pornografia e masturbação.
Nunca fiquei um mês inteiro sem me masturbar, e agora nesse Setembro de NoFap resolvi tentar, pois quero minha saúde mental e física o mais saudável que eu conseguir (tirando o fato de que o vício no pornô traz consigo milhares de problemas).

MINHAS METAS:
Quero finalizar esse mês sem ver nenhum conteúdo pornográfico e nem me masturbar (simples a princípio, mas já estou sofrendo de vontade de me tocar novamente).

Olá Gustavo, cara, sinto muito pelo evento traumático que você passou na infância, não deve ser fácil.
Cara, o primeiro passo você já tomou, que é perceber o problema que você tem com a PMO.
Se mantenha firme, tenha fé em você mesmo, saiba que você pode alcançar coisas boas e relações saudáveis sem esse vício.
Uma dica, sugiro que você leia ou veja alguns vídeos sobre o reboot. O lance vai além de ficar somente os 30 dias do NoFapSeptember, você vai poder ver os benefícios e o por que de ficar 90 dias. Trace metas grandes, não se contente com pouco pois sua mente pode tentar barganhar com você.
Confio em ti cara, você consegue guerreiro!!
Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos