Ir para baixo
Lurker
Lurker
Mensagens : 2
Data de inscrição : 28/12/2022

Vencendo o vício em PMO - LURKER Empty Vencendo o vício em PMO - LURKER

28/12/2022, 12:30
Inicio aqui o meu diário. Já acompanhava esse fórum há pouco mais de um ano, mas ainda não havia feito o meu.

Sou homem, aos 22 anos de idade (já quase aos 23), e viciado em pornografia, por incrível que pareça, há pelo menos uns 12 anos. Esse número pode ser até maior se considerar maiores detalhes sobre minha segunda infância, dos 6 até aos 12 anos.

Meus primeiros contatos com a pornografia foram pelos 6 ou 7 anos, na casa do vizinho, através de revistas que mostravam cenas explícitas. Eu costumava ir brincar com o meu amigo de mesma idade que morava lá e em algumas dessas vezes nos deparávamos com essas revistas. Eram do irmão mais velho dele. Eu era muitíssimo curioso e gostava de ficar vendo, apesar de não entender tudo. Obviamente as imagens passaram a se infiltrar na minha mente e me causaram danos que reverberam nesse diário que escrevo.

Passei a me tocar muito cedo, lá por aquelas idades, mesmo. Fui deixando a minha inocência muito rapidamente. Mesmo sendo muito novo e sem nenhum adulto ter me aconselhado sobre essas coisas, eu já tinha uma certa noção de que o que eu fazia era reprovável, porque eu fazia tudo secretamente. Não só sabia que era reprovável, mas também que era pecado. Lembro-me de ter falado para o meu amiguinho que Deus não gostava daquelas coisas. Apesar disso, continuei.

O meu contato mais intenso com a pornografia foi a partir dos 11 anos, quando já tinha internet em casa. Nessa idade eu gostava de conversar em bate-papos na internet, mas não eram bate-papos de sites duvidosos. Eram em sites de animes, séries, jogos, informática etc. Porém, lendo o nick de um dos usuários desses chats, fiquei curioso para saber o seu significado e pesquisei no Google. Era um site pornográfico. Daí foi por ladeira abaixo: costumei a assistir aos vídeos e viciei nos estímulos cada vez mais.

Aos 13 anos eu já sabia que eu era viciado em PMO mesmo sem ter tido compreensão científica disso. Mas era muito claro, porque eu via o vício como um mal e ao mesmo tempo não parava nunca. Cheguei até a voltar para a igreja para pedir a Deus que me ajudasse. O problema é que não lutei muito.

Vou cessar de dar muitos detalhes agora porque, além de não ser muito necessário, também tenho de fazer outras coisas, mas tenho de dizer que atualmente o meu desejo em satisfazer o vício está bem menor. Acredito que já cheguei naquele ponto em que a vida grita naturalmente: "Chega! Chega! Já é hora de parar com isso e o que você faz não tem sentido nenhum!". E como essa afirmação poderia estar errada? Como pode alguém ficar na frente de uma tela se iludindo com imagens degradantes enquanto tem toda uma vida passando? Mesmo eu sendo um viciado, nem eu sei como responder direito.

Enfim, inicio hoje a exclusão desse vício ilusório, degradante e inútil.

Pretendo escrever mais.


Última edição por Lurker em 28/12/2022, 17:50, editado 2 vez(es) (Motivo da edição : Correção de ortografia)

Bellator gosta desta mensagem

Bellator
Bellator
Mensagens : 152
Data de inscrição : 10/12/2022

Vencendo o vício em PMO - LURKER Empty Re: Vencendo o vício em PMO - LURKER

28/12/2022, 12:40
Parabéns pela iniciativa, desejo sucesso e estarei te acompanhando nessa jornada para que vençamos juntos!

Lurker gosta desta mensagem

Lurker
Lurker
Mensagens : 2
Data de inscrição : 28/12/2022

Vencendo o vício em PMO - LURKER Empty Re: Vencendo o vício em PMO - LURKER

28/12/2022, 12:42
Bellator escreveu:Parabéns pela iniciativa, desejo sucesso e estarei te acompanhando nessa jornada para que vençamos juntos!

Obrigado, Bellator. Desejo o mesmo para você!
Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos