Ir para baixo
empreendedorviciadoenovo
empreendedorviciadoenovo
Mensagens : 16
Data de inscrição : 21/01/2023

Empreendedor Novo e Viciado. Empty Empreendedor Novo e Viciado.

21/1/2023, 21:21
Bom, tenho 21 anos.
Primeiro quero fazer uma linha do tempo sobre meus vícios.

Conheci o PMO com 10 anos de idade (2011)
Conheci a maconha, o álcool e o cigarro aos 13 (2014)
Conheci loló aos 14 (2015)
Conheci a cocaína, LSD e estimulantes aos 16(2017)

Eu fui um adolescente super problemático, briguei na rua, frequentei festas das mais variadas classes sociais - de baile funks em favelas à raves e clubes de música eletrônica mais seletos -

Nunca fui um SUPER viciado em drogas mais pesadas, a não ser maconha e cigarro que fumei TODOS OS DIAS de 2015 até 2019.
Cheguei a vender maconha na escola particular que estudava, buscava kilos disso e repassava, quando era menor de idade.

A verdade é que eu sempre fui um cara intenso em tudo o que fiz, desde coisas erradas até coisas certas, eu não estudava para um seminário do ensino médio, chegava atrasado mas lia um resumo 5 minutos antes de apresentar e fazia uma boa apresentação, meus professores sempre me estimularam e falaram que eu tinha várias habilidades, desde comunicação e articulação, habilidades sociais e criatividade, mas eu sempre acabei decepcionando eles.

Quando você se acha esperto demais a vida te dá rasteiras e você quebra a cara.
Eu sou esse caso, achei que podia fazer diversas merdas e mesmo assim tudo daria certo pra mim.

Acontece que nunca fui bobo, eu sou empírico desde criança e sei aprender com o erro dos outros.
Por isso quando eu me vi metido em um poço de merda, eu comecei a observar o quão lixo era a vida de pessoas que estavam ao meu redor.
Nesse ponto, eu já não tinha mais tantos elogios de professores, na verdade eram conselhos, alertas, pais de amigos antigos queriam que seus filhos se afastassem de mim, eu não estava nada legal.

Eu tive um amigo de infância que acabou morrendo pela polícia após ter virado um bandido desses que você todo dia no Datena.
Outro conhecido foi assassinado por dívida de drogas, e ambos, não eram jovens de periferia, vieram de famílias até que bem estruturadas, nasceram em condomínio.

Bom, após essa introdução...

É aqui que começa minha luta contra vícios -> 2018.

Queria empreender pois sempre mexi em computadores (desde os 8 anos de idade), fazia edição, mexia em fóruns, baixava torrents, lembro até de ver o bitcoin custando meros 1.600 reais, também jogava videogame com outros muleques que anos mais tarde acabaram virando youtubers muito bem sucedidos.

Foi ai que percebi que eu estava me boicotando pelas experiências prazerosas da vida a anos, mas tudo bem, decidi que iria mudar.

Fui em psicólogo, comecei a entender que deveria me desapegar de ambientes, gatilhos, amizades etc etc pra largar a maconha.
De tanto eu querer isso, acredite, comecei a ter uma espécie de paranoia sempre que fumava...

Então até que consegui largar mais de boa... Pra um cara que chegou a ter 400gramas pra uso próprio em cima do guarda-roupa, foi até que fácil.

Beleza, continuei saindo todos os finais de semana (isso em 2019), bebendo, fumando cigarro, as vezes usava cocaína.
Nisso comecei meu primeiro empreendimento (que não deu certo, é claro)

Invés de focar em estudar o mercado e me esforçar pra dar certo, eu me arrumava pra trabalhar numa sexta a noite mas o impulso de sair me levava sem dificuldade pras noites de balada, alcool e drogas.

Fiquei nessa até 2020, quando fiz outro projeto que foi o primeiro projeto bem-sucedido.

Aí comecei a ganhar um dinheiro até que bom pra minha idade, eu tinha apenas 19 anos.
Comecei a ter clientes, mas todo meu dinheiro evaporava em bebidas em postos de gasolina 24horas, em bares com desconhecidos.

A situação ficou tão crítica que nessa época, eu tinha me mudado pro Pernambuco (2 mil kilometros longe da minha casa), com apenas 20 anos, pois meu sócio da época que morava lá me convidou e eu queria ter a experiência de morar sozinho, bom, a coisa ficou tão séria que como eu não tinha amigos pra ir ao bar,  eu saia sozinho de madrugada e bebia com um povo totalmente diferente de mim, e por ser "bom de lábia" eu ficava nessa...

Pura adrenalina e dopamina agindo...

Resultado?

Ressacas, perder toda minha grana... Não crescer... Depressão... Emburrecimento...

Bom, um monte de outras merdas aconteceu, mas vou agilizar pra o relato não ficar uma bíblia.

Durante esse tempo todo eu sempre fui um adicto à pornografia.
Eu tive DIVERSOS vícios. Vício em drogas, cigarro, maconha, sair de noite, pornografia, adrenalina de passar por situações mais perigosas, enfim...

Aquilo estava me levando à ruína.

Quando você começa a combater um vício, outro que você possui se intensifica.
Foi assim que eu comecei a lutar com eles um por um.

Fiquei 1 mês sem beber nem fumar, depois voltava...
Fiz nofap 10 dias, dps 15, dps 40, dps 50...

Entrei em uma depressão profunda pois tive um problema de visão e na minha cabeça era tudo uma grande culpa por ter usado drogas e ter sido um viciado por tanto tempo, desde jovem... Cheguei a ir tão fundo que por um deslize me encontrei num posto de gasolina 5h da manhã ligando pra meu sócio pedindo pra que enviasse
dinheiro da empresa via pix pra que eu comprasse cocaína(claro que eu não disse isso pra ele) de madrugada com uns caras que eu tinha ACABADO DE CONHECER...

Meus clientes me demitiram, minha empresa começou a entrar em prejuízo, voltei pra casa da minha mãe e comecei a pecar lá dentro.
Com apenas 21 anos, eu tinha encontrado o meu fundo do poço.

Não sabia o que fazer, há teve meses que eu ganhava provavelmente + que 90% dos jovens da minha idade, mesmo sem faculdade sem nada, apenas com minha empresa, e mesmo assim me sentia um inútil, pois da mesma maneira que fechava um contrato de 3, 5 mil reais num dia, eu sabia que iria gastar boa parte desse dinheiro com bebidas, eu sabia que demoraria pra entregar o projeto pois ficaria no ciclo da PMO por talvez um dia inteiro, mesmo com várias coisas  pra fazer.

Eu desligava meu celular pra não receber as reclamações dos meus clientes.

É muito doloroso passar por isso quando você sabe que é bom no que faz, sabe que tem uma missão aqui.

( é importante dizer que nesse processo fui diagnosticado com TDAH e comecei tratar com venvanse, isso sem dúvidas foi um divisor de águas )

Mas meuus amigos, DEUS FOI MARAVILHOSO COMIGO.

Eu não sei como consegui passar por tudo isso.

Mas hoje eu estou aqui.

Venho pedido à deus nos últimos 4 meses que me ajudasse a me aproximar dele, então comecei a frequentas as missas de domingo, e aos poucos eu consegui ir me conectando e fortificando minha fé, reforçando meus propósitos e indireitando tudo isso.

Eu me lembro de quando era criança, antes de tudo, há anos atrás, como eu era só um moleque aprendendo as coisas da vida, cheio de energia e amor pra dar.

Tudo isso estava sendo apagado, estava me tornando um pecador ambulante, cuja palavra não valia nada, cujos prazos de trabalho jamais seriam cumpridos, cujos pensamentos eram todos sujos, estava me sentindo um ser humano nojento, não conseguia acreditar.

Mas posso dizer que deus é bom e mesmo não sabendo como ama-lo, mesmo não sabendo como conversar com ele, eu pedi pra que ele me mostrasse como fazer isso, eu disse que eu era um ser vazio e que somente ele poderia fazer com que isso mudasse.

Sinceramente se você não é crente, não tem problema. No meu caso realmente eu havia tentado de tantas maneiras em vão e sem entender o porque eu simplesmente fui tocado no coração.

Bom...

Na véspera de natal de 2022, eu estava tomando cervejas em casa, achando que depois de mais de 30 dias sem beber, eu estava dominando já.
Estava fazendo academia, estava tudo certo.

Até que acabou a cerveja e eu decidi ir buscar mais no posto 24h,- isso era meia noite.

Cheguei lá comecei trocar ideia com uns caras, fumando cigarro, ideia vai ideia vem, quando vi estava pecando, usando cocaína, mas uma vez, essa merda tinha me pegado.

Isso me tocou profundamente pois conversando com o rapaz que conheci, eu vi o quanto a vida dele tinha sido prejudicada, nessa conversa ele chorou, ele me disse que tinha desenvolvido paranóia de tanto usar cocaína, disse que mesmo com 40 anos, dava trabalho para os pais, que havia brigado com a namorada.

Aquilo pra mim foi um basta.

Agora eu realmente sei que tenho problemas graves com bebidas e mesmo que meu problema seja menor que o de outras pessoas, cada vez que ele aparece ele me leva em profundidades maiores, não tem conversa, não tem meio termo, a parada funciona com impulsos.

Bom, chegando ao fim...

Depois do natal eu comecei a trabalhar em um novo produto, pois até então na minha empresa eu vendo serviços e enxerguei uma baita oportunidade.
Ao mesmo tempo em que comecei a trabalhar nisso, estava no ciclo da PMO fortemente.

Há pelo menos 1 ano que comecei a ir fundo nisso também, conteúdos transexuais, parei de me relacionar com mulheres, não conseguia mais olhar nos olhos delas, me tornei esse pecador ambulante.

Enfim...

No dia 28 de dezembro meus amigos, eu cheguei a conclusão de que não quero e não vou lutar contra esses vícios aos 40, decidi que por mais doloroso que fosse, eu iria começar a lutar ali.

De lá pra cá, já fazem uns 23 dias por aí, estou firme.

Sem cigarro, Sem Drogas, Sem bebida, Sem PMO, apenas trabalhando MUITO e me exercitando.
É o terceiro ano novo que passo focado na minha empresa.

Graças a Deus, as coisas estão fluindo.

Decidi que iria investir um valor X no produto mesmo que não me desse retorno, e está dando muito certo.

Sinto que deus conversou comigo, ele me disse que as coisas darão certo pra mim se eu sacrificar esses prazeres carnais.
Claro que isso é puramente FÉ CRISTÃ! e eu acredito nisso.

Mas pra você que não é cristão, basicamente, você já deve ter entendido que os impulsos da carne como PMO, gula, vícios em alcool, vicios no geral, eles são impulsos que destróem tudo aquilo que você quer construir, até que não reste nem mesmo a vontade de construir algo.

Procurem ajuda, pois eu procuro sempre.

Passei por psiquiatra, psicólogo, boxe, jiu jitsu, muay thai, musculação...

Hoje tenho arquitetado um esquema que nunca havia feito antes, para sair vitorioso nessa luta.

Eu não nasci pra ser um escravo dos impulsos.
Eu nasci para fazer o que tem que ser feito, nasci para executar minhas ideias e beneficiar a sociedade através delas.

Deus tem me ajudado com isso.

Minha adolescência com uso de drogas, minhas relações com PMO tudo isso foi uma fase, agora a caneta tá na minha mão e eu sei o que quero escrever.

Chorei por causa da PMO pois senti que enquanto estivesse viciado nela, eu estaria prejudicando a família que ainda nem tenho.
Pois como irei conhecer minha futura esposa se mal consigo olhar nos olhos de mulheres no elevador?

EU defini que não irei censurar a possibilidade de formar uma família no futuro por causa de um vício de merda como esse.

Bom, é isso! Vou trazer mais relatos aqui no geral.
Eu sou solteiro e tenho muitas dificuldades em me relacionar, buscar parceiras, pretendo trabalhar isso também.
Nos últimos 2 anos só tive 2 experiência de sexo, e foi com uma prostituta.(já tive várias experiências no passado, mas nos últimos anos a história tem sido escrita assim)

Enfim! É isso pessoal! Peço que orem por mim, tenho plena convicção que esse reboot será concluído, mas além disso, estou no caminho para me tornar um novo ser.

Deus abeçoe a todos vocês.


Última edição por empreendedorviciadoenovo em 23/1/2023, 23:21, editado 2 vez(es) (Motivo da edição : Inseri o countdown)

Gardenzio, RousseauStrong, Mamute, Bellator e CarlitosWay gostam desta mensagem

empreendedorviciadoenovo
empreendedorviciadoenovo
Mensagens : 16
Data de inscrição : 21/01/2023

Empreendedor Novo e Viciado. Empty Vamos lá! Dia 24 ou 25 por aí.

23/1/2023, 16:53
Vou usar isso como diário, esse é o propósito, certo ? rs

Bom, o reboot é um desafio no geral, e pra cada um esse desafio se da de um jeito diferente.

No meu caso o fato de fazer musculação todos os dias traz alívio de ansiedade, porém traz também um aumento da libido, talvez pelo estímulo e algo relacionado à produção de testosterona, isso da alguns picos de impulso, onde eu tenho que exigir bastante de mim para controlar a situação.

Estou perto de completar um mês de reboot.

Meu reboot envolve, afastamento total de pornografia, masturbação, maconha, cigarro e álcool.(outras drogas nem preciso contabilizar pois somente fazia o uso na presença de álcool)

Eu trabalho com Marketing Digital e desenvolvi um produto voltado à Personal Trainer e muitas mulheres Personal Trainer começaram a me seguir no Instagram por conta dos anúncios, isso tem se mostrado um certo "teste", que tenho me saído muito bem.

É interessante que você nota durante o reboot como a pornografia destróe você e te transforma num cara totalmente sexualizado e carnal, fútil e doente.

No momento em que as Personal Trainers começaram me seguir ou comprar meu produto, me veio o gatilho de tirar um screenshot/print da foto delas e querer enviar para meus amigos, de repente eu até me masturbaria vendo a foto delas, completamente pervertido.

Como alguém consegue ser um bom profissional tendo um cérebro que funciona assim?
Isso explicaria um pouco aquela situação onde o enfermeiro do RJ foi gravado abusando de mulheres, será que ele consumia pornografia?

A pornografia hoje, somado à dinâmica das redes sociais, torna os homens potenciais agressores de mulheres em alguns casos, mas senão, no mínimo, torna-os com cérebros doentes.

Não estou falando que o homem não deva flertar com mulheres que acha atraente ou que você ele tenha que barrar a atração que sente sobre elas, é justamente o contrário...

A pornografia + redes sociais faz você ver as mulheres como prêmios/troféus, e interfere diretamente na conexão que você teria com a mulher, fazendo que a interação invés de ser algo genuíno, espontâneo, saudável, seja muitas vezes até inexistente, sendo substituída por uma sessão de masturbação...

A quantidade de homens que se masturbam com fotos de mulheres com quem trabalham há anos e ao mesmo tempo nem as cumprimentam no elevador deve ser altíssima...

Essas reflexões diariamente tornam tudo mais fácil, pois não quero ficar doente assim.

Eu tenho me esforçado em ser bom para as minhas alunas e consequentemente focar em mim.

Sofro com dificuldade em abordar mulheres (falta de autoestima? talvez)
Também não as vejo muito, pois trabalho home-office, devolvi meu escritório que tinha acabado de reformar pois eu sofri com PMO intensa lá dentro, já que estava totalmente sozinho na sala lá...

Agora estou trabalhando em casa para ajudar na batalha.

Por trabalhar em casa (e trabalhar muito), eu não tenho muitos ambientes sociáveis.
Acabei de me matricular no inglês da CNA presencial no meu bairro que começa em fevereiro, acho que isso irá me ajudar neste ponto.

Porém sei que tudo isso é temporário, pois logo terei me livrado de vez da pornografia e dentro de algum tempo não irei precisar mais trabalhar tantas horas igual agora, talvez até trabalhe, mas com certeza não será trancado em casa e sozinho.

Estou grato por ter compreendido os "demônios" que me impediam de prosperar.
Sou grato por já estar prosperando financeiramente e agora no campo espiritual e físico.

Fazer grana, malhar e me livrar da pornografia, esse é meu compromisso para 2023!
Já estou tendo bons resultados em meu novo negócio e também quase 5 meses de academia já me deram um certo "shape"...

Isso tudo me faz relaxar nos momentos tensos, pois sem daonde eu vim, pra onde estou indo e tenho o mapa claramente escrito na minha frente.

A coisa que mais tenho certeza na vida é que: Não há fruto sem que haja plantação, a semente e a colheita são totalmente dependentes uma da outra.

Se eu colhi o que colhi desde minha adolescência até hoje, compreendo o motivo.
Agora eu escolho a semente de cada dia, todos os dias, sem duvidar nem por um segundo que o resultado virá.

Tudo que importa agora é dedicação.

Se alguém quiser compartilhar algo que possa servir de auxílio, agradeço.


Mamute, Bellator e CarlitosWay gostam desta mensagem

Bellator
Bellator
Mensagens : 146
Data de inscrição : 10/12/2022

Empreendedor Novo e Viciado. Empty Re: Empreendedor Novo e Viciado.

23/1/2023, 20:32
Cara, impressionante, não tem idéia de como me identifiquei com seu relato. Já tive problemas com drogas e comecei muito cedo, luto contra o álcool também. Os vícios em geral também afetaram minha relação com as mulheres, me tornei inseguro, e é algo que preciso melhorar. Parabéns pela iniciativa, você está no caminho certo, estarei te acompanhando!

Mamute gosta desta mensagem

RousseauStrong
RousseauStrong
Mensagens : 2685
Data de inscrição : 16/08/2017
Localização : United Federative

Empreendedor Novo e Viciado. Empty Re: Empreendedor Novo e Viciado.

23/1/2023, 22:37
Li suas duas postagens e foi bem impressionante.

De um cara inteligente, com boas habilidade no empreendedorismo ir para vícios profundos como drogas, álcool e até mesmo a PMO é bem reflexivo. 

O Fórum será uma ferramenta crucial para você alavancar sua vida longe desses vícios. Mesmo a comunidade tendo o foco principal o vício em pornografia, lutar contra outros fatores que te levam a ela também serão fundamentais durante o Reboot.

E como você já passou alguns dias limpo já é uma baita experiência. 

Como nenhum moderador passou as instruções iniciais, adote os procedimentos abaixo para iniciar a jornada.


Empreendedor Novo e Viciado. Como_f17

Like a Star @ heaven https://www.comoparar.com/t7383-como-criar-um-diario-no-forum

Empreendedor Novo e Viciado. Conhez11
Like a Star @ heaven https://vicioempornografiacomoparar.com/programa-revert/

Empreendedor Novo e Viciado. Faza_a11
Like a Star @ heaven http://vicioempornografiacomoparar.com/ebook/ebook-introdutorio/


Empreendedor Novo e Viciado. Leia_a11
Like a Star @ heaven https://www.comoparar.com/t3723-proibicoes
Like a Star @ heaven https://www.comoparar.com/t78-orientacoes-basicas
Like a Star @ heaven https://www.comoparar.com/t1454-regras-de-participacao


Empreendedor Novo e Viciado. 213
Like a Star @ heaven https://play.google.com/store/apps/details?id=com.nationaledtech.spinbrowser&hl=pt_BR

Like a Star @ heaven https://play.google.com/store/apps/details?id=mobicip.com.safeBrowserff&hl=pt_BR

Like a Star @ heaven https://vicioempornografiacomoparar.com/netangel/


Empreendedor Novo e Viciado. 810
Like a Star @ heaven https://www.comoparar.com/t4820-como-instalar-um-contador-de-dias

Empreendedor Novo e Viciado. Partic10
Empreendedor Novo e Viciado. Promov13

empreendedorviciadoenovo gosta desta mensagem

empreendedorviciadoenovo
empreendedorviciadoenovo
Mensagens : 16
Data de inscrição : 21/01/2023

Empreendedor Novo e Viciado. Empty Re: Empreendedor Novo e Viciado.

24/1/2023, 20:16
Acho que hoje é dia 27 do meu reboot. (iniciei dia 28 de dezembro).

Não tenho dúvidas de que estou no caminho certo.
É engraçado eu dizer isso após um BAITA DIA ESTRESSANTE rsrsrs...

Tive que descer pra área descoberta do meu prédio e relaxar um pouco, talvez seja a abstinência de tudo somado a empreitada que estou metido agora que está me deixando assim.
Nesse relaxamento eu tive momentos de reflexão eu pensei em alguns "insights filosóficos" do tipo:

"O ceú azul surge após uma grande tempestade"
"O músculo cresce com o esforço, mas antes disso, forte é a dor muscular que se sente"

Essa "dor muscular" que eu sinto em relação ao processo de reboot é um sinal positivo.

Sem dúvidas esse reforço do ângulo sobre o qual eu enxergo toda a situação, é crucial para o sucesso, pois já falhei anteriormente por querer simplesmente não aceitar essa dor e ai fraquejava e me sabotava.

Se a gente viverá tanto tempo por que não aguentar um pouco a dor né?
Além do mais, a dor é algo totalmente conectado ao ser humano, sem dor não existe vida... rsrsrs

Enfim, o que quero dizer é que.
Nem sempre um dia "alegre e prazeroso" é sinônimo de progresso, e o contrário - um dia de irritação - nem sempre significa algo ruim.

Compreendo que meu cérebro de 21 anos é saudável e está se reestruturando de um longo período em que eu estava danficando-o, portanto, apesar de eu realmente estar bem estressado ultimamente, compreendo que é passageiro, o que torna tudo mais fácil.

Se a vida está estressante, eu procuro relaxar e aceito o que se passa, assim como nos momentos de bonança e de colheita, não há mal nenhum em desfrutar.

Mamute e CarlitosWay gostam desta mensagem

empreendedorviciadoenovo
empreendedorviciadoenovo
Mensagens : 16
Data de inscrição : 21/01/2023

Empreendedor Novo e Viciado. Empty Re: Empreendedor Novo e Viciado.

25/1/2023, 22:38
Estress tem se mantido por aqui, mas acredito que seja normal.
Vou procurar fazer algo para buscar relaxamento amanhã e talvez eu tire o sábado ou domingo para relaxamento completo.
Estou trabalhando algo em torno de 10 à 14 horas por dia no computador, com pausas para almoço e musculação.
De todo modo, estou focado no processo e orgulhoso por tudo isso, uma coisa que não tenho dúvidas é:

Quando tira-se aquilo que faz mal a nós, somos direcionados para o bem.

A partir de segunda-feira começarei a treinar com um amigo de infância que tenho muita consideração, ele é uma boa pessoa e super focado em academia, treina há meses, segue dieta, é um cara 10.

Treinaremos as 6 da manhã todos os dias, então sei que esses dias mais estressantes que estou vivendo ficarão um pouco mais leves por conta disso, afinal será um novo elemento interessante adicionado em minha rotina.

Expresso gratidão por ter um amigo como ele pra poder treinar, já que estou super seleto ultimamente e ele é um cara que tem namorada e não bebe, nem fuma, nem costuma falar sobre pornografia, é aquele famoso amigo tranquilão.

Nos últimos dias eu notifiquei alguns amigos que vieram conversar comigo de que eu não iria mais ve-los(pelo menos por enquanto), ultimamente estou sendo muito direto com minhas relações, evitando totalmente as pessoas que consomem álcool ou outros hábitos dos quais vão contra meu reboot, conheço meus gatilhos e não estou disposto a deixar nada ameaçar meu sucesso.

Bom, é isso.

Einstein, Mamute, Bellator e CarlitosWay gostam desta mensagem

CarlitosWay
CarlitosWay
Mensagens : 9
Data de inscrição : 19/01/2023

Empreendedor Novo e Viciado. Empty Re: Empreendedor Novo e Viciado.

26/1/2023, 00:45
Man, parabéns por relatar tão bem sua historia! Eu vou acompanhar sua historia! Também sou viciado em pmo e agora fé em Deus e na gente iremos vencer esse vicio!
Forte abraço!

Mamute e empreendedorviciadoenovo gostam desta mensagem

empreendedorviciadoenovo
empreendedorviciadoenovo
Mensagens : 16
Data de inscrição : 21/01/2023

Empreendedor Novo e Viciado. Empty Re: Empreendedor Novo e Viciado.

26/1/2023, 21:15
Amanhã completo 1/3 do reboot, 30 dias de 90 dias.

Hoje foi mais tranquilo do que o usual, dei uma descansada e fiz uma caminhada.
Estou animado e focado neste reboot, sem dúvidas o foco é determinante.

Lembro quando fiz nofap por 50 dias uns 3 anos atrás, mas continuei consumindo pornografia e fazendo "edging"(masturbar sem ejacular), basicamente era numa época que eu li algo sobre transmutação e retenção seminal - kkkkkkk, olha isso... - basicamente eu iria ganhar benefícios por não ejacular, e eu nesse caso, podia masturbar e ver pornô desde que eu não ejaculasse.

Resultado? Uma das escaladas de estímulo mais sinistras que já vivi, blue balls(dor no ovo), hipersexualização total... Resultado foi horrível...

Hoje sei que o reboot está indo bem pois durante esses 30 dias eu me policiei muito, sendo sincero, pelo menos uns 95% do tempo.
Rolou no máximo umas 2x em que eu olhei um rosto atraente no instagram e toquei no perfil pra ver + fotos e logo em seguida tomei consciência e voltei o foco.

É por isso que dizem que a recaída acontece bem antes de acessar um site ou começar a masturbar... Inicia na decisão de começar a caçar o estímulo...

Hoje experienciei estar no mercado e ver várias mulheres atraentes com roupas curtas e não sexualiza-las, engraçado até, pois eu não estou sem libido, todo dia acordo com ereção matinal... Talvez meu cérebro já esteja entendendo como as coisas funcionarão a partir de agora...

Mas também sei que a luta ainda não está nem na metade e por eu ser jovem, talvez 90 dias ainda não sejam suficientes.
Enfim, um dia de cada vez.

complemento: ontem eu tive um dia muito estressante e até estava desanimado, tomei uma decisão dura nos negócios, hoje acordei com uma mensagem de um dos pioneiros no segmento do produto que criei e ele me convidou para uma reunião com interesse em vender meu produto para a base de clientes dele, e apesar de todo estress e etc, eu tenho conseguido focar nos negócios e as oportunidades tem surgido constantemente!

Um fato interessante sobre a minha relação de desenvolvimento profissional e o PMO é que eu sempre fui intenso nos negócios, porém a falta de confiança que um viciado (que sabe que é viciado) sente, estraga qualquer negócio.

Ano passado fiz negócios com uma grande infoprodutora do Brasil, uma grande empreendedora com uma história incrível e, apesar de eu saber meu valor, eu limitava minha relação nos negócios com ela pois muitas vezes ia para a PMO após uma reunião, aquilo acabava comigo, nunca consegui ser eu mesmo...

ME sentia sujo, como se eu carregasse segredos sujos... As vezes tinha momentos de eureka em que conseguia estimular minha parceria com ela mas nos momentos que o vício atacava eu mudava, não conseguia atender uma chamada... Só quem já viveu isso sabe o que eu to falando... É uma tremenda síndrome de impostor sinistra e perigosa...

O fato de eu estar vencendo esse vício, tem me devolvido o imenso prazer de ser um negociante confiante e próspero, e claro que o outro lado percebe isso.

Sucesso profissional não é apenas passar em provas, estudar conteúdos ou criar produtos...
Sucesso profissional vem também de relações humanas, e um viciado em PMO não tem relações humanas saudáveis, portanto, sua vida profissional será prejudicada fortemente.

Acho que uma consciência forte sobre tudo isso faz a jornada ser MUITO MAIS FÁCIL... PQ cara, os impulsos da carne parecem mais forte do que são quando não vemos o que temos a perder... Mas se toda hora que você ver uma mina gata no tik tok e der um gatilho pra PMO, pense que seu próximo contrato sofrerá, pense que você está trocando suas chances de realização por uma sessão de PMO.

Conclusao, o vício na PMO estraga seu brio, te adoece, afasta as oportunidades, estraga tudo.

Hoje foi vitória, graças a deus.

Vitoriosa, Mamute e Bellator gostam desta mensagem

empreendedorviciadoenovo
empreendedorviciadoenovo
Mensagens : 16
Data de inscrição : 21/01/2023

Empreendedor Novo e Viciado. Empty Re: Empreendedor Novo e Viciado.

27/1/2023, 19:07
Trigésimo dia alcançado.

Hoje fiz uma reunião de negócios que se mostrou super interessante.
30 dias de reboot da PMO e drogas já estão se mostrando altamente impactantes de maneira positiva na vida profissional.

Incrível, incrível... Não consigo voltar atrás, mas queria ter começado antes.

Gratidão total.
Rumo a vitória.

empreendedornovoeviciado emrecuperação

Bellator e CarlitosWay gostam desta mensagem

empreendedorviciadoenovo
empreendedorviciadoenovo
Mensagens : 16
Data de inscrição : 21/01/2023

Empreendedor Novo e Viciado. Empty Re: Empreendedor Novo e Viciado.

Ontem à(s) 00:08
30.1

Engraçado que acabei de comentar aqui como meu dia foi legal em relação aos negócios.(e realmente foi)

Porém... Nem tudo são flores.

Agora pela noite tomei um café para finalizar um projeto (umas 18h30/19h) e, advinha?
Uma euforia incontrolável se instaurou e eu me senti muito desconfortável...

Palpitação, forte impulso sexual, uma sensibilidade.

Acho que desde o começo essa sensação que tive agora foi a mais intensa, porém a mente blindada nem cogitaria jogar tudo em vão...
Então nesse caso só restou o corpo aceitar e experienciar o momento desconfortável... Cairam umas lágrimas aqui, outras ali... Não da pra fugir disso.

Transformação é isso, as vezes prazeroso as vezes doloroso, hoje experimentei as duas coisas.

Saí pra pegar um ar, caminhei pelo bairro e passei por vários "gatilhos", aqui em meu bairro tem uma comunidade onde acontece baile-funk de sexta e sábado, um verdadeiro inferno que atrapalha o sono do bairro inteiro, e que inclusive eu participei muitas vezes até os 18 anos...

Durante minha caminhada noturna me emocionei bastante, passei por uma praça que costumava encontrar amigos antes de ir ao baile funk uns 7 anos atrás, e hoje lá vi outros jovens trilhando o caminho que eu fiz, me enxerguei ali...

Refleti sobre tudo o que passei de lá pra cá, os danos que causei a mim com PMO e outros vícios, as experiências de ver pessoas que infelizmente não tiveram oportunidade de mudar de vida, enfim... Eu só pude pensar em como eles também vivenciarão diversas coisas e aprenderão muito.

Me emocionei por me sentir um completo deslocado em um ambiente que geralmente era minha vida, minha rotina...
Me emocionei e senti uma alegria em compreender que o desconforto que senti nesse final de trigésimo dia significa mudança e que ele significa sim algo bom.

(Eu falo bastante sobre a questão de bailes-funk, consumo de drogas etc, em relação ao PMO pois considero que estiveram conectados na minha jornada...)

Mamute e CarlitosWay gostam desta mensagem

Bellator
Bellator
Mensagens : 146
Data de inscrição : 10/12/2022

Empreendedor Novo e Viciado. Empty Re: Empreendedor Novo e Viciado.

Ontem à(s) 01:39
Deixe as lágrimas rolarem cara, não guarde isso dentro de si. Chorar faz bem pra alma nesses momentos de aflição.

Muita das vezes um ambiente muda de significado com o passar do tempo, isso significa amadurecimento, mudança. Temos de buscar coisas novas e saudáveis. Abraço!

CarlitosWay e empreendedorviciadoenovo gostam desta mensagem

CarlitosWay
CarlitosWay
Mensagens : 9
Data de inscrição : 19/01/2023

Empreendedor Novo e Viciado. Empty Re: Empreendedor Novo e Viciado.

Ontem à(s) 18:43
empreendedorviciadoenovo escreveu:30.1

Engraçado que acabei de comentar aqui como meu dia foi legal em relação aos negócios.(e realmente foi)

Porém... Nem tudo são flores.

Agora pela noite tomei um café para finalizar um projeto (umas 18h30/19h) e, advinha?
Uma euforia incontrolável se instaurou e eu me senti muito desconfortável...

Palpitação, forte impulso sexual, uma sensibilidade.

Acho que desde o começo essa sensação que tive agora foi a mais intensa, porém a mente blindada nem cogitaria jogar tudo em vão...
Então nesse caso só restou o corpo aceitar e experienciar o momento desconfortável... Cairam umas lágrimas aqui, outras ali... Não da pra fugir disso.

Transformação é isso, as vezes prazeroso as vezes doloroso, hoje experimentei as duas coisas.

Saí pra pegar um ar, caminhei pelo bairro e passei por vários "gatilhos", aqui em meu bairro tem uma comunidade onde acontece baile-funk de sexta e sábado, um verdadeiro inferno que atrapalha o sono do bairro inteiro, e que inclusive eu participei muitas vezes até os 18 anos...

Durante minha caminhada noturna me emocionei bastante, passei por uma praça que costumava encontrar amigos antes de ir ao baile funk uns 7 anos atrás, e hoje lá vi outros jovens trilhando o caminho que eu fiz, me enxerguei ali...

Refleti sobre tudo o que passei de lá pra cá, os danos que causei a mim com PMO e outros vícios, as experiências de ver pessoas que infelizmente não tiveram oportunidade de mudar de vida, enfim... Eu só pude pensar em como eles também vivenciarão diversas coisas e aprenderão muito.

Me emocionei por me sentir um completo deslocado em um ambiente que geralmente era minha vida, minha rotina...
Me emocionei  e senti uma alegria em compreender que o desconforto que senti nesse final de trigésimo dia significa mudança e que ele significa sim algo bom.

(Eu falo bastante sobre a questão de bailes-funk, consumo de drogas etc, em relação ao PMO pois considero que estiveram conectados na minha jornada...)

man, gostaria de saber se vc instalou app de bloqueio!?
empreendedorviciadoenovo
empreendedorviciadoenovo
Mensagens : 16
Data de inscrição : 21/01/2023

Empreendedor Novo e Viciado. Empty Re: Empreendedor Novo e Viciado.

Ontem à(s) 19:16
Fala Carlitos beleza?
Eu instalei há uns meses atrás, era um configurado por DNS, que puxava pelo roteador, mas não faço ideia se está funcionando ou não.
No meu celular eu não tenho bloqueadores.

Vou tirar um tempo pra instalar, sei que pode fazer a diferença.
Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos