Ir para baixo
avatar
Helderbs
Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/09/2016

Como me conscientizei Empty Como me conscientizei

19/9/2016, 18:29
Comecei ver pornografia estática aos 13/14 anos. Me masturbava muito. No decorrer desses 32 anos que se seguiram sempre consumia, muitas vezes com intervalos semanais ou até mensais, mas sempre consumia. Não associava certos problemas com isso. De uns anos pra cá com internet rápida no celular meu consumo aumentou muito, mas ainda não admitia que era viciado.
A 19 dias atrás, após praticamente ir ao fundo do poço e quase perder a esposa de um casamento de 25, me conscientizei e admiti que sou viciado em P.
Diferente da maioria, como consumia P. em locais com mais pessoas, adquiri o costume de não me masturbar. Isso gerou um outro problema, pois mesmo vendo algumas vezes não tinha ereção. Hoje vejo que meu cérebro aprendeu isso para "não pagar mico".
Estou a 22 dias "limpo". Meu maior problema está sendo tratar com minha esposa, que não aceitou bem essa situação.
Mas a 2 dias vi os primeiros resultados do reboot. Amei-a duas vezes em menos de 8 horas sem a necessidade de Cialis, e com ereção firme. Nesse momento ela acreditou que realmente estou lutando firme.
Hoje me sinto tentado a ver P. mas estou firme nessa briga. Creio que seja a abstinência.
É uma luta pesada, pois são mais de 30 anos consumindo algum tipo de pornografia.
David Silva
David Silva
Mensagens : 3136
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 36

Como me conscientizei Empty Re: Como me conscientizei

19/9/2016, 18:55
Helderbs escreveu:Comecei ver pornografia estática aos 13/14 anos. Me masturbava muito. No decorrer desses 32 anos que se seguiram sempre consumia, muitas vezes com intervalos semanais ou até mensais, mas sempre consumia. Não associava certos problemas com isso. De uns anos pra cá com internet rápida no celular meu consumo aumentou muito, mas ainda não admitia que era viciado.
A 19 dias atrás, após praticamente ir ao fundo do poço e quase perder a esposa de um casamento de 25, me conscientizei e admiti que sou viciado em P.
Diferente da maioria, como consumia P. em locais com mais pessoas, adquiri o costume de não me masturbar. Isso gerou um outro problema, pois mesmo vendo algumas vezes não tinha ereção. Hoje vejo que meu cérebro aprendeu isso para "não pagar mico".
Estou a 22 dias "limpo". Meu maior problema está sendo tratar com minha esposa, que não aceitou bem essa situação.
Mas a 2 dias vi os primeiros resultados do reboot. Amei-a duas vezes em menos de 8 horas sem a necessidade de Cialis, e com ereção firme. Nesse momento ela acreditou que realmente estou lutando firme.
Hoje me sinto tentado a ver P. mas estou firme nessa briga. Creio que seja a abstinência.
É uma luta pesada, pois são mais de 30 anos consumindo algum tipo de pornografia.


Qual sua idade exatamente?
Você tem filhos?
Acredito que sua vida afetiva e sexual só vai melhorar de agora em diante. Força!
avatar
Helderbs
Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/09/2016

Como me conscientizei Empty Re: Como me conscientizei

19/9/2016, 19:00
Tenho 45 anos e dois filhos já adultos.E muitas esperanças de me livrar desse lixo.
mactox
mactox
Mensagens : 102
Data de inscrição : 23/08/2016
Idade : 36

Como me conscientizei Empty Re: Como me conscientizei

19/9/2016, 20:10
Helderbs escreveu:Comecei ver pornografia estática aos 13/14 anos. Me masturbava muito. No decorrer desses 32 anos que se seguiram sempre consumia, muitas vezes com intervalos semanais ou até mensais, mas sempre consumia. Não associava certos problemas com isso. De uns anos pra cá com internet rápida no celular meu consumo aumentou muito, mas ainda não admitia que era viciado.
A 19 dias atrás, após praticamente ir ao fundo do poço e quase perder a esposa de um casamento de 25, me conscientizei e admiti que sou viciado em P.
Diferente da maioria, como consumia P. em locais com mais pessoas, adquiri o costume de não me masturbar. Isso gerou um outro problema, pois mesmo vendo algumas vezes não tinha ereção. Hoje vejo que meu cérebro aprendeu isso para "não pagar mico".
Estou a 22 dias "limpo". Meu maior problema está sendo tratar com minha esposa, que não aceitou bem essa situação.
Mas a 2 dias vi os primeiros resultados do reboot. Amei-a duas vezes em menos de 8 horas sem a necessidade de Cialis, e com ereção firme. Nesse momento ela acreditou que realmente estou lutando firme.
Hoje me sinto tentado a ver P. mas estou firme nessa briga. Creio que seja a abstinência.
É uma luta pesada, pois são mais de 30 anos consumindo algum tipo de pornografia.

Aconselho que leia o ebook e veja os vídeos do Gary Wilson, caso ainda não o tenha feito.

Isso ajudará bastante no entendimento dos malefícios que o vício em PMO faz.

Grande abraço e Fique com Deus.
M.V
M.V
Mensagens : 1799
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 41

Como me conscientizei Empty Re: Como me conscientizei

19/9/2016, 20:43

Olá Helderbs

Seja bem vindo ao Fórum

Sobre o Experimento Reboot Leia isso:

http://comoparar.forumeiros.com/f1-orientacoes-basicas

Informações adicionais sobre bloqueadores Leia isso:

http://blokporn.blogspot.com.br/2016/07/formatei-o-pc-para-acessar-pornografia.html

http://comoparar.forumeiros.com/t295-as-12-maiores-falacias-que-contamos-a-nos-mesmos-sobre-a-nao-instalacao-de-bloqueadores

Informações adicionais Sobre o Fórum:

http://blokporn.blogspot.com.br/2016/07/qual-e-funcao-do-forum.html

Esteja sempre que possível aqui no Fórum tirando dúvidas, postando nos diários dos outros usuários, pois o sistema de ajuda mútua também é importante para internalizar o processo do Reboot no cérebro. Os primeiros dias de Reboot são mais difíceis porque é uma situação nova e o cérebro detesta sair da zona de conforto, então os sintomas de desconfortos são naturais nesse início, mas o melhor está por vir depois que você internalizar na sua mente que P e M não são mais opções para sua vida, seu cérebro também não vai querer mais sair desse novo sistema, isso só se consegue com o tempo de Reboot, não sabemos ao certo quanto tempo, mas faça o experimento de 90 dias primeiro para fazer uma avaliação melhor do Reboot. Realmente o que vem fácil também tende a ir embora fácil, assim é o prazer originado da pornografia e masturbação, logo devemos obter prazer de forma natural buscar se religar ao sexo real e vivermo o melhor da vida. Nessa guerra você tem que controlar os instintos do sistema natural de recompensas comandados pelo cérebro primitivo que se ilude pela pornografia pensando que aquilo é uma possibilidade de perpetuação da espécie. Coloque seu cérebro inteligente no comando e deixe que ele gerencie sua vida.
Se chegou ao fundo do poço é hora de escalar de volta para o caminho da luz.

Sentimentos de culpa por ser viciado em pornografia não irão lhe ajudar em nada. O Vício em pornografia é um problema biológico, pois nosso sistema de recompensas sexual primitivo pensa que os estímulos artificiais são casos reais para passarmos nossos genes adiantes e então a cada novidade pornográfica esse sistema sexual primitivo fica mais imbecilizado e entra no ciclo vicioso, a teoria do Reboot descrita no E-BOOK explica isso com maiores detalhes. Estamos aqui para lhe ajudar.


Abçs

Sucesso e vitórias na sua Jornada

_______________________________________
Montanha reboot escalada a partir de  Sab 26 Out /2019 - 11:30:
1 montanha (90 dias)

" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ... (ANTONIO71)

"DESPRESSURIZE SUA MENTE DO PRAZER ENGANOSO DA PMO"

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

C. Eduardo
C. Eduardo
Mensagens : 87
Data de inscrição : 06/07/2016
Idade : 48

Como me conscientizei Empty Re: Como me conscientizei

20/9/2016, 08:33
Bom dia, companheiro!

Seja bem vindo ao fórum. Esse contato inicial é importantíssimo para que você seja bem acolhido e se sinta a vontade para contar suas angústias para nós, que sabemos exatamente pelo o que está passando. Também sou casado,assim como vários outros rebooters. Recomendo ler os diários desses rebooters para se sentir familiarizado e se tornar mais forte nessa luta árdua diária. Sua esposa sabe do seu vício? Recomendo contar tudo, jogar limpo, a verdade é a melhor política. Mostre o fórum, o e-book e vontade imensa de parar com esse lixo da PMO. Estamos aqui para te ajudar sempre.

Força para nós!

_______________________________________
Como me conscientizei Img?u=5982296687509504
avatar
Helderbs
Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/09/2016

Como me conscientizei Empty Re: Como me conscientizei

20/9/2016, 09:32
Ela sabe, e assim como eu não queria enxergar que eu tenho um vicio. Quando eu admiti para mim mesmo minha condição e falei pra ela, quase veio tudo abaixo. Mas aos poucos estamos superando. Hoje estou a 23 dias do meu experimento
Thunder01
Thunder01
Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/01/2016

Como me conscientizei Empty Re: Como me conscientizei

21/9/2016, 15:22
Parabéns Camarada! Vejo que você continua firme no teu propósito. Eu to lutando tbm. Reiniciei algumas vezes mas espero dessa vez estar no caminho. Abç!

_______________________________________
avatar
Helderbs
Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/09/2016

Como me conscientizei Empty Continuando na luta.

21/9/2016, 17:43
Hoje, 24 dias de luta. Até agora li 180 páginas do e-book.
Ontem fui ter sexo com minha esposa e na hora tive lembranças de videos de P. Minha ereção quase não ocorreu e minha amada me ajudou. As vezes vem uma angústia, uma vontade de ver mas estou me controlando.
Meu caso é um pouco diferente. Me desloco ao trabalho com ônibus fretado e assistia muito pelo celular dentro do ônibus. Não me masturbava mas em compensação devido a isso eu combatia mentalmente até as ereções, pra não pagar mico. Com a patroa só conseguia com remédios.
Por isso que a lembrança dos videos me fizeram cair.
Não vejo essa particularidade como melhor. Continuo sendo um viciado, e um viciado conscientemente assumido. E lembrando dessa condição constantemente que vou tendo forças para evitar.

Que Deus nos proteja.
Mr. Wayne
Mr. Wayne
Mensagens : 1060
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 37

Como me conscientizei Empty Re: Como me conscientizei

21/9/2016, 18:25
Força nao desista, vai ganhar a luta!

_______________________________________
M.V
M.V
Mensagens : 1799
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 41

Como me conscientizei Empty Re: Como me conscientizei

21/9/2016, 19:53
Helderbs escreveu:Hoje, 24 dias de luta. Até agora li 180 páginas do e-book.
Ontem fui ter sexo com minha esposa e na hora tive lembranças de videos de P. Minha ereção quase não ocorreu e minha amada me ajudou. As vezes vem uma angústia, uma vontade de ver mas estou me controlando.
Meu caso é um pouco diferente. Me desloco ao trabalho com ônibus fretado e assistia muito pelo celular dentro do ônibus. Não me masturbava mas em compensação devido a isso eu combatia mentalmente até as ereções, pra não pagar mico. Com a patroa só conseguia com remédios.
Por isso que a lembrança dos videos me fizeram cair.
Não vejo essa particularidade como melhor. Continuo sendo um viciado, e um viciado conscientemente assumido. E lembrando dessa condição constantemente que vou tendo forças para evitar.

Que Deus nos proteja.

Tópico fundido ao seu diário que é este. Poste somente no seu diário para não criar excesso de tópicos e as informações ficarem desencontradas.

Abçs

Sucesso!!!

_______________________________________
Montanha reboot escalada a partir de  Sab 26 Out /2019 - 11:30:
1 montanha (90 dias)

" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ... (ANTONIO71)

"DESPRESSURIZE SUA MENTE DO PRAZER ENGANOSO DA PMO"

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

avatar
Helderbs
Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/09/2016

Como me conscientizei Empty Re: Como me conscientizei

23/9/2016, 19:28
Hoje fazem 26 dias que estou limpo do lixo da P. Acabei de ler o cap.16 da terceira parte e me identifiquei. Sou religioso da CCB, e é difícil assumir ser viciado nisso, principalmente porque P. vai contra tudo o que é pregado. Mas ao mesmo tempo sentia-me muito errado em ver esses videos. Hoje tenho certeza que minha fé pode ser um pilar a mais para me ajudar a ficar livre disso, sem desmerecer a base científica.
Muito pelo contrário. Ter o conhecimento real do meu problema me deu a certeza de que tenho que lutar bravamente contra isso, para que eu possa ter paz comigo, com a minha esposa e com a minha fé.
Tudo que eu puder usar para me dar força tenho que usar. Primeiro fui a um buraco profundo que parecia sem saída. Surtei e saí andando na rua sem destino e minha filha me viu (por uma coincidência) e me trouxe de volta a racionalidade. Fui procurar e achei o e-book. Não sabendo o que fazer comprei e fui experimentar.
Fiquei surpreso!!! Me identificava com a maioria dos sintomas. Comecei a entender o que acontecia comigo, que sou religioso inclusive músico evangélico.
Ser religioso não me afastou do vício, mas aliado a ciência minha fé pode me ajudar a se libertar.
Evangélicos, não se culpem mas lutem como estou lutando. Usemos Deus como nosso aliado nessa guerra, afinal Ele ganhou todas.
Blpr
Blpr
Mensagens : 4832
Data de inscrição : 30/05/2015

Como me conscientizei Empty Re: Como me conscientizei

23/9/2016, 20:22
Helderbs escreveu:Hoje fazem 26 dias que estou limpo do lixo da P. Acabei de ler o cap.16 da terceira parte e me identifiquei. Sou religioso da CCB, e é difícil assumir ser viciado nisso, principalmente porque P. vai contra tudo o que é pregado. Mas ao mesmo tempo sentia-me muito errado em ver esses videos. Hoje tenho certeza que minha fé pode ser um pilar a mais para me ajudar a ficar livre disso, sem desmerecer a base científica.
Muito pelo contrário. Ter o conhecimento real do meu problema me deu a certeza de que tenho que lutar bravamente contra isso, para que eu possa ter paz comigo, com a minha esposa e com a minha fé.
Tudo que eu puder usar para me dar força tenho que usar. Primeiro fui a um buraco profundo que parecia sem saída. Surtei e saí andando na rua sem destino e minha filha me viu (por uma coincidência) e me trouxe de volta a racionalidade. Fui procurar e achei o e-book. Não sabendo o que fazer comprei e fui experimentar.
Fiquei surpreso!!! Me identificava com a maioria dos sintomas. Comecei a entender o que acontecia comigo, que sou religioso inclusive músico evangélico.
Ser religioso não me afastou do vício, mas aliado a ciência minha fé pode me ajudar a se libertar.
Evangélicos, não se culpem mas lutem como estou lutando. Usemos Deus como nosso aliado nessa guerra, afinal Ele ganhou todas.

O que você já está aplicando no reboot conforme as orientações do e-book?

_______________________________________
Link do e-book grátis:

https://drive.google.com/open?id=0B_ZBYrwrvOuJTDctSjhvdGQ1V1E


"A dor é temporária. Ela pode durar um minuto, uma hora, um dia, um mês ou talvez um ano. Mas, eventualmente, ela irá sumir e outra coisa ocupará o seu lugar. Porém, se você não lutar e superar essa dor, ela vai durar para sempre". (Lancy Armstrong)


avatar
Helderbs
Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/09/2016

Como me conscientizei Empty Re: Como me conscientizei

17/10/2016, 07:03
Desculpe pela demora. Precisava de uma reflexão
Quando fui questionado sabia que o método estava me ajudando mas não sabia exatamente como, então decidi me afastar para que eu pudesse me auto avaliar. Hoje posso responder.
Fazem 50 dias hoje que estou sem ver P. Como o método me ajudou?
Tenho raciocínio lógico e racional apurado. Antes eu lutava com um inimigo conhecido mas não sabia como ele atuava. A primeira grande ajuda foi justamente o conhecimento de como o vício se instala, com o mecanismo de descarga de dopamina. Se agora eu sei como o inimigo age, eu posso começar a me antecipar a ele.
Nessa linha, a próxima ajuda (para mim) foi começar a identificar os meus gatilhos para P. Tentei perceber o que me levava a assistir esses vídeos e comecei a secar a fonte. Esse é um trabalho contínuo. Hoje eu não preciso "caçar" os gatilhos, mas se percebo um eu trato de desarmar ele. É um trabalho contínuo porque hoje vivemos um uma sociedade com uma mídia muito sexualizada.
Como meu casamento quase desmoronou, o próximo passo foi reconquistar minha esposa. E nisso o contador de dias foi útil, além de me ajudar. O contador me mostra que estou conseguindo minha liberdade e isso é uma ajuda psicológica para superar as barreiras. Isso é pouco? Para alguns pode ser, mas no meu caso não. Além do que nesse final de semana minha esposa me perguntou a quantos dias eu estava sem ver, e respondi rapidamente para ela gerando entre nós uma boa sensação.
Estou fazendo amor com ela prazerosamente, e se não consigo desarmar algum gatilho (normalmente um gatilho, digamos, leve) devido a cenas mais quentes existentes em filmes "normais" já trato de procurá-la assim que possível, fazendo no real o que eu via no virtual.
Aumentei meu índice de leitura, sendo recompensador finalizar a leitura de um livro. Estou dormindo melhor também.
Em relação a bloqueador, vou ser sincero. Ainda não consegui aplicar. Sei que isso ajuda e continuo vendo uma maneira de aplicar. Respondo muito e-mail profissional devido a ter um emprego e um negócio junto com minha esposa, e o K9 não permite eu inserir anexos em webmail. Essa é uma questão que eu ainda preciso resolver.
Se o método me ajudou? A resposta é SIM, e hoje, após um período de reflexão estou pontuando como. E essa é e será uma luta contínua, pois inclusive a manutenção do meu casamento depende disso. E estou falando de um relacionamento de 27 anos.
Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos