Ir em baixo
David Silva
David Silva
Mensagens : 2779
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 35

Diario psico - Página 33 Empty Re: Diario psico

em 21/3/2020, 11:20
Oi Psico
Entendi seu pensamento. Desculpa por qq coisa.
Bom, esse coronavírus é o inferno na Terra.
Sobre arranjar desculpa, ah como sei, vai lá no meu diário ver o q aconteceu.
Abraços.

_______________________________________
Recordes:
Primeiro reboot - 90 dias em 2015
______
Início do meu diário: https://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

psico
psico
Mensagens : 643
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 33 Empty Dia 34

em 21/3/2020, 20:42
Como diz aquela musica do racionais mc's "mato o tempo pra ele não me matar". O dia foi de certa forma tranquilo. De manhã ao acordar, dei uma limpada no meu quarto, na parte tarde assisti uns episódios de um anime e dormi. Acordei, lanchei e fiquei me atualizando sobre o coronavírus até agora.

Como eu disse, o dia foi tranquilo, mas a noite foi um verdadeiro inferno. Procurei ir dormir logo após ter atualizado o diário pra não começar a pensar besteira e tive um sonho meio erótico. Acordei por volta da meia noite e acabou... Não consegui dormir direito e até cheguei a pegar meu celular (erro meu) pra ver se ouvia alguma musica pra me acalmar. Nem preciso dizer que senti uma fissura ferrada em pegar o celular pra ver P. Comecei até a me masturbar, mas parei no meio do ato e procurei relaxar, respirar fundo e depois de um tempo peguei no sono.

Mesmo em meio a essa dificuldade, tou tentando avançar, apesar das coisas estarem ficando difíceis. Força pra todos nós!

_______________________________________
psico
psico
Mensagens : 643
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 33 Empty O máximo que eu consegui.

em 22/3/2020, 18:49
Bom galera. Depois de 34 dias de muita luta e muito esforço eu não consegui segurar a onda e recai.

Eu não estou me sentindo mal. Na realidade, em meio à toda essa situação que estamos vivendo, eu já sabia que não iria conseguir suportar. Acho que reconhecer os limites é algo sensato a se fazer, pois o processo de reboot, na minha visão, não pode ser um fardo e sim algo que precisa acontecer de forma natural, dia após dia. Eu pude aprender bastante coisas nesse tempo em que consegui avançar e fiquei muito feliz com a marca que consegui alcançar, pois nem achei que seria capaz de chegar aos 30 e consegui ultrapassar um pouco.

De qualquer forma, eu sei exatamente os motivos que me ajudaram a avançar e sei os motivos que me levaram à queda. Vou tentar de novo, não se preocupem.

Agradeço à todos que me apoiaram nesse tempo e desejo força à vocês. Muito obrigado por tudo!
David Silva
David Silva
Mensagens : 2779
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 35

Diario psico - Página 33 Empty Re: Diario psico

em 23/3/2020, 09:54
Olá Psico
Fico triste, mas estamos aqui para unir às mãos.
Realmente, essa quarentena é a pior coisa que podia existir para o reboot. Porque quando não havia ela, a gente ia pro trabalho, dissipava um pouco das energias sexuais. Dentro de casa computador desprotegido aí já viu né. Eu quero encontrar uma forma de proteger meus aparelhos mas ainda não encontrei a melhor. Estou estudando um jeito.
Vamos unir nossas mãos. Todas às vezes que tivermos vontade de P, vamos vir aqui no fórum deixar uma mensagem. Vamos usar esse momento drástico ao nosso favor.
Abraços de paz a distancia, na solitude e na esperança de dias melhores para o mundo. Um beijo no seu coração.

_______________________________________
Recordes:
Primeiro reboot - 90 dias em 2015
______
Início do meu diário: https://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

Rene.Gade
Rene.Gade
Moderador
Moderador
Mensagens : 1289
Data de inscrição : 06/08/2019

Diario psico - Página 33 Empty Re: Diario psico

em 26/3/2020, 00:31
Psico!!

Fico muito feliz por você ter se superado por todo esse tempo. Estou passando para te desejar forças após esse momento difícil e te escrever que você é incrível. Sua última mensagem no meu diário me ajudou muito, infelizmente não tive tempo de respondê-la com calma, mas estou voltando aos poucos para o fórum e em breve atualizo lá.

Que bom que apesar da queda você já analisou toda a situação, está voltando firme e conseguiu mostrar para si mesmo que você pode tudo isso e muito mais, eliminando aquela nossa velha voz autossabotadora que nos diz que não vamos conseguir. Você consegue, amigo!

Abracinhosss virtuaiss! I love you

_______________________________________



RECORDE SEM M.O: 51 DIAS
MEU DIÁRIO DE PRINCESA  
psico
psico
Mensagens : 643
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 33 Empty Um mês de vitórias, um mês de derrotas, o balanço geral, e o futuro.

em 24/4/2020, 18:35
Me desculpem pelo título longo, mas como eu havia dito no meu ultimo post, eu não desistiria e cá estou de novo.

O ultimo mês foi de quedas rotineiras ocorrendo praticamente todos os dias. O mais engraçado de tudo, é que foi um tempo que passou rápido. Tão rápido, que a impressão que eu tenho é que a minha ultima queda foi à duas semanas atrás apenas, e não à mais de um mês.

Iniciei minha ultima tentativa com o pensamento de que iria suportar sem masturbação absolutamente toda a fissura e acabei cedendo no dia 30 por conta do perigo e medo que vinha crescendo quando o surto do corona começou por aqui, e que me "impossibilitava" de ir atrás de sexo real com mais tranquilidade digamos assim. O fato é que semana após semana, vendo os dias passando e sentindo o peso de cada um deles, mais o controle aumentava e meu costume com uma rotina definitiva sem PMO ia parecendo real. Talvez o meu erro fatal foi ter optado por praticar MO. O prazer fácil que veio realmente me tirou muito da energia que eu tinha pra suportar mais 30 dias e com isso, a queda usando P acabou acontecendo fatidicamente.

Com isso, a sucessão de quedas ininterruptas começou e, desde então, tenho ido dormir me sentindo sujo de alma e de mente, como se estivesse de ressaca (eu nunca tive uma já que não bebo) mas, pelo que dizem, é algo horrível. Já a alguns dias estava querendo voltar e hoje foi o dia.

Fiz um espécie de balanço para decidir o que fazer e cheguei à algumas conclusões:

1 - Sem masturbação... pra sempre.
Se eu realmente quero avançar, não tem desculpa, não tem atalhos, não tem argumentos. O hard mode vai ter que ser definitivo durante a minha vida toda se eu não quiser recair.

2 - Sexo vai ter que acontecer.
Eu não estou me colocando de forma alguma pra baixo e dizendo que eu não tenho capacidade pra aguentar uma vida em celibato. Mas acho que essa escolha é algo que transcende o reboot. Precisa ser algo mais espiritual do que físico ao meu ver. É necessário que haja um motivo MUITO especial pra ter uma vida assim, e eu simplesmente não tenho esse motivo. Além disso, a busca pelo sexo real me joga naquilo que venho repetindo à muito tempo, ou seja, a vida real. E eu preciso usar isso ao meu favor.

3 - Sem bloqueadores.
No meu caso, o bloqueio mental e o auto controle durante os 34 dias, fizeram com eu me sentisse de fato no volante do que estava acontecendo. Lógico que esse é o MEU caso, torno a repetir, e eu recomendo sim o uso de bloqueadores.

Vai ser uma tentativa difícil? Sim. Digamos que esses 34 dias passados foram um ensaio para o que está por vir. Não existe números de dias a serem contados, atingidos e é isso ai. O que existe um estilo de vida diferente.

Esse é ainda o primeiro dia. Em breve colocarei o contador.




Rene.Gade
Rene.Gade
Moderador
Moderador
Mensagens : 1289
Data de inscrição : 06/08/2019

Diario psico - Página 33 Empty Re: Diario psico

em 24/4/2020, 22:56
Psicoo!!

Fico feliz que você voltou, você conseguiu 30 dias e pode conseguir muito mais. Gostei dos pontos que você elencou, bem sensatos, principalmente sobre ser um estilo de vida que mais é adequado a nós, e não apenas uma contagem de dias.

Eu espero que você alcance seus objetivos nessa nova etapa, continuo te acompanhando!

Até maaaisss!!

_______________________________________



RECORDE SEM M.O: 51 DIAS
MEU DIÁRIO DE PRINCESA  
psico
psico
Mensagens : 643
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 33 Empty Dia 1

em 25/4/2020, 21:30
René muito obrigado pelo apoio.

Na realidade, eu venho tentando à alguns dias ficar sem, mas tem sido extremamente difícil. O primeiro dia é muito complicado de se vencer porque parece que todas as fibras do seu corpo te empurram em direção à queda. Não é algo tão simples.

Meu primeiro dia ainda não se encerrou, mas farei o possível pra conseguir suportar.

_______________________________________
ANDRÉ-
ANDRÉ-
Mensagens : 131
Data de inscrição : 06/04/2020
Localização : Belo Horizonte

Diario psico - Página 33 Empty Re: Diario psico

em 26/4/2020, 17:55
[quote="psico"]Me desculpem pelo título longo, mas como eu havia dito no meu ultimo post, eu não desistiria e cá estou de novo.



BOM LER ISSO...SERVIU PARA MIM COMO ALERTA !! PROVAVELMENTE PRA MIM SERÁ ASSIM. SEM M, SE NÃO VIRÁ A P DE CARONA. P DE PORRA , DE PORCARIA, DE PHODA.
VÍCIO FUDIDO QUE ACABA COM A GENTE Crying or Very sad No Crying or Very sad No

OBRIGADO, MEU CARO
ABS

_______________________________________
psico
psico
Mensagens : 643
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 33 Empty Dia 2

em 27/4/2020, 21:40
Ontem depois de um bom tempo eu consegui dormir sem praticar PMO e hoje eu farei o possível pra permanecer assim. Os primeiros dias (geralmente os primeiros 7 dias) são sempre sombrios e vazios de esperança de sucesso. O negócio é tentar ser o mais teimoso possível e focar o máximo naquilo que se quer alcançar com o reboot.

Revi novamente o vídeo do Gary Wilson falando do vício e de toda a complexidade que envolve abandonar esse hábito. Me lembrei de quão importante é ter consciência plena e total de que nossos comportamentos são puramente influenciados por todos os processos neuroquímicos que ocorrem no nosso cérebro, e que vão nos fazer considerar o consumo nocivo de P a coisa certa a se fazer, mesmo que racionalmente nós saibamos que não.

Ei André muito obrigado pelo apoio e parabéns pelo avanço.  Cara, eu afirmo e reafirmo que fazer o reboot em modo hard foi o que me fez avançar e aguentar mais de um mês sem cair. O nível de controle mental que nós desenvolvemos suportando tanto a vontade de ver uma imagem ou vídeo qualquer, como também segurando a vontade de se aliviar de forma "limpa" como dizem, é muito maior e nos faz sentir de fato os resultados do processo de forma integral. Se está pensando em fazer o reboot em modo hard, recomendo muito que o faça assim.

Eu espero conseguir não só chegar aos 34 dias de novo, como passá-los. Só que dessa vêz, MO pra mim, nunca mais. Se eu fizer isso é certo que vou recair de novo do mesmo jeito.
Rene.Gade
Rene.Gade
Moderador
Moderador
Mensagens : 1289
Data de inscrição : 06/08/2019

Diario psico - Página 33 Empty Re: Diario psico

em 28/4/2020, 12:34
Psico:

psico escreveu:René muito obrigado pelo apoio.

Na realidade, eu venho tentando à alguns dias ficar sem, mas tem sido extremamente difícil. O primeiro dia é muito complicado de se vencer porque parece que todas as fibras do seu corpo te empurram em direção à queda. Não é algo tão simples.

Meu primeiro dia ainda não se encerrou, mas farei o possível pra conseguir suportar.

Eu entendo, Psico, de fato não é simples. Espero que continue firme!

Psico:

psico escreveu:Ontem depois de um bom tempo eu consegui dormir sem praticar PMO e hoje eu farei o possível pra permanecer assim. Os primeiros dias (geralmente os primeiros 7 dias) são sempre sombrios e vazios de esperança de sucesso. O negócio é tentar ser o mais teimoso possível e focar o máximo naquilo que se quer alcançar com o reboot.

Revi novamente o vídeo do Gary Wilson falando do vício e de toda a complexidade que envolve abandonar esse hábito. Me lembrei de quão importante é ter consciência plena e total de que nossos comportamentos são puramente influenciados por todos os processos neuroquímicos que ocorrem no nosso cérebro, e que vão nos fazer considerar o consumo nocivo de P a coisa certa a se fazer, mesmo que racionalmente nós saibamos que não.

Ei André muito obrigado pelo apoio e parabéns pelo avanço.  Cara, eu afirmo e reafirmo que fazer o reboot em modo hard foi o que me fez avançar e aguentar mais de um mês sem cair. O nível de controle mental que nós desenvolvemos suportando tanto a vontade de ver uma imagem ou vídeo qualquer, como também segurando a vontade de se aliviar de forma "limpa" como dizem, é muito maior e nos faz sentir de fato os resultados do processo de forma integral. Se está pensando em fazer o reboot em modo hard, recomendo muito que o faça assim.

Eu espero conseguir não só chegar aos 34 dias de novo, como passá-los. Só que dessa vêz, MO pra mim, nunca mais. Se eu fizer isso é certo que vou recair de novo do mesmo jeito.

Grande conquista, amigo! Os primeiros dias são bem tensos, mas como sempre eles passam, e vamos no acostumando. No meu caso as coisas foram sempre cheias de altos e baixos, eu sentia que meu reboot fluía quando eu passava dos 15 dias, mas mesmo assim nunca sabia quando teria mais impulsos, ou menos. Logo, é importante ficarmos sempre alertas com todo o processo.

Continuo te acompanhando!
Até maaais!

_______________________________________



RECORDE SEM M.O: 51 DIAS
MEU DIÁRIO DE PRINCESA  
psico
psico
Mensagens : 643
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 33 Empty Dia 3

em 28/4/2020, 22:12
O dia correu normalmente. Na empresa onde trabalho estamos funcionando no sistema de rodízio por conta do corona. Trabalho um dia e folgo o outro. Esses dias em casa  irei tentar usar para colocar em dia minha bagunçada vida acadêmica. Meu TCC deve estar cheio de teias de aranha por conta dos meses e meses sem tocar nele e pra complicar, a dupla com quem eu faço o trabalho não me responde. Preciso concluí-lo em tempo recorde, mas na realidade, venho sentido um grande desânimo que não sei se é por conta do vício, ou se é uma neura da minha mente já que, ano passado, quando decidi concluir o trabalho, fui até o fim e consegui, mesmo não conseguindo a aprovação.

Quanto ao reboot em si, as coisas tem sido bem complicadas nessa nova tentativa. Com essa coisa de folga a mente começa a pipocar (você vai ter a madrugada toda pra "aproveitar" e vai poder dormir tranquilamente quando acabar) É bastante tentadora essa proposta, mas irei me impor como sempre fiz e sempre funcionou, um horário pra dormir e, mesmo que eu acorde mais cedo do que eu queira, só vejo essa opção pra não recair.

René, muito obrigado pelo apoio cara. Nesse começo eu realmente venho sentido um grande desânimo, mas sei que o certo a se fazer é continuar tentando. Valeu mesmo!

_______________________________________
Rene.Gade
Rene.Gade
Moderador
Moderador
Mensagens : 1289
Data de inscrição : 06/08/2019

Diario psico - Página 33 Empty Re: Diario psico

em 29/4/2020, 17:39
Psicoo, também sinto esse desânimo, porém percebi que muito vem de mim mesmo que me saboto. Essa semana comecei com algumas novas técnicas para cumprir minhas tarefas, incluindo uma da faculdade que eu já havia pegado um certo ranço. Nos dois dias que eu me propus a fazê-la eu pensei a mesma coisa: " é muita coisa, não vou conseguir", ou "é muito chato, vou fazer apenas uma parte", porém resolvi apenas ir seguindo e ignorando pensamentos desse tipo, estou fazendo apenas algo que eu sei que consigo fazer por dia, e mesmo assim vem pensamentos negativos. Em poucos minutos após os pensamentos, eu percebo que eu já me entretenho e depois consigo cumprir com o pouco daquele dia, o que também me motiva a continuar nos próximos dias.

Eu sei que sua situação é bem mais complexa, mas tente perceber se não são esses pensamentos que podem estar te limitando ou autossabotando.

Espero que dê tudo certo com sua rotina, continuo te acompanhandoo!!

Até maaaiss!!

_______________________________________



RECORDE SEM M.O: 51 DIAS
MEU DIÁRIO DE PRINCESA  
psico
psico
Mensagens : 643
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 33 Empty Desânimo total, mas tentando de novo.

em 30/4/2020, 22:45
Ainda não conseguir achar a "veia" digamos assim, pra conseguir engrenar no reboot dessa vez. Consegui vencer a noite de terça, mas recaí ontem de tarde quando estava em casa sozinho.

Fiz o possível pra aguentar e não voltar a praticar PMO ontem de noite e e assim estou até o momento em que eu escrevo. Decidi passar aqui mais pra ver como estão as coisas e pra dizer que mesmo aos trancos e barrancos, dando um passo pra frente,. voltando dois pra trás, tropeçando e indo mais longe, escorregando e ficando no chão, eu ainda não desisti totalmente e confesso que ao longo dessa minha saga eu tive alguns períodos assim de grande desanimo e decepção comigo mesmo. Talvez atualmente por conta de toda essa comoção mundial acerca da covid-19 eu esteja um pouco mais sensível, mas não menos consciente.

Ainda estou tentando. Não vou desistir.
Rene.Gade
Rene.Gade
Moderador
Moderador
Mensagens : 1289
Data de inscrição : 06/08/2019

Diario psico - Página 33 Empty Re: Diario psico

em 1/5/2020, 23:35
Forçaaa Psicoo, você consegue e arrasa, amigoo!!

Nosso caminho é sempre cheio de altos e baixos, não? Espero que consiga continuar firme e ir aprendendo mais sobre você a cada dia, se tornando a pessoa que você é de verdade, longe do vício.

Que você tenha um ótimo processo.
Continuo acompanhando sua história!!

Abracinhoss de luzz!!

_______________________________________



RECORDE SEM M.O: 51 DIAS
MEU DIÁRIO DE PRINCESA  
David Silva
David Silva
Mensagens : 2779
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 35

Diario psico - Página 33 Empty Re: Diario psico

em 2/5/2020, 09:18
O importante é não desistir. Veja só o meu exemplo.
O Momento com a quarentena é mesmo muito difícil.
Mas iremos superar.
Abraços! Paz!

_______________________________________
Recordes:
Primeiro reboot - 90 dias em 2015
______
Início do meu diário: https://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

psico
psico
Mensagens : 643
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 33 Empty O único lugar que restou.

em 4/5/2020, 22:42
Eu tenho estado esses dias extremamente pra baixo e bem desanimado de várias coisas e, mesmo assim, o maldito hábito de praticar PMO todas as noites antes de dormir persiste.

Parece que perdi de vez o foco e a vontade de lutar mesmo com o sentimento de vazio e perda de tempo que vem no momento da queda. Além disso, pra piorar a situação, aqui em casa a coisa tem sido extremamente complicada entre eu e minha mãe. A cada dia que passa mais eu a vejo mais ansiosa e estressada, o resultado é que quem acaba servindo de para raio pra toda essa tensão no fim das contas acaba sendo eu, já que meus irmãos convivem com suas famílias e eu, sozinho, acabo tendo que ouvir todos os dias a mesma coisa. "Não aguento mais" "queria mesmo é morrer pra não ver nada disso" "vou acabar enlouquecendo dentro dessa casa". Tem sido difícil.

Resolvi vim aqui mais pra tentar jogar pra fora, mesmo que seja na forma de escrita, como eu venho me sentindo, já que esse é o único lugar que restou pra isso. É triste chegar à conclusão de que talvez 70% do stress e pertubação desse período quem tem me trazido é a minha própria mãe. Estou me sentindo uma verdadeira panela de pressão à ponto de explodir, mas já previa que isso iria acontecer.

Depois que toda essa loucura passar, realmente, as coisas não serão mais como antes. Não sei se serão melhores ou piores, mas com certeza, serão diferentes.

Obrigado pelo apoio de todos vocês.

ANDRÉ-
ANDRÉ-
Mensagens : 131
Data de inscrição : 06/04/2020
Localização : Belo Horizonte

Diario psico - Página 33 Empty Re: Diario psico

em 4/5/2020, 23:15
psico escreveu:Eu tenho estado esses dias extremamente pra baixo e bem desanimado de várias coisas e, mesmo assim, o maldito hábito de praticar PMO todas as noites antes de dormir persiste.

Parece que perdi de vez o foco e a vontade de lutar mesmo com o sentimento de vazio e perda de tempo que vem no momento da queda. Além disso, pra piorar a situação, aqui em casa a coisa tem sido extremamente complicada entre eu e minha mãe. A cada dia que passa mais eu a vejo mais ansiosa e estressada, o resultado é que quem acaba servindo de para raio pra toda essa tensão no fim das contas acaba sendo eu, já que meus irmãos convivem com suas famílias e eu, sozinho, acabo tendo que ouvir todos os dias a mesma coisa. "Não aguento mais" "queria mesmo é morrer pra não ver nada disso" "vou acabar enlouquecendo dentro dessa casa". Tem sido difícil.

Resolvi vim aqui mais pra tentar jogar pra fora, mesmo que seja na forma de escrita, como eu venho me sentindo, já que esse é o único lugar que restou pra isso. É triste chegar à conclusão de que talvez 70% do stress e pertubação desse período quem tem me trazido é a minha própria mãe. Estou me sentindo uma verdadeira panela de pressão à ponto de explodir, mas já previa que isso iria acontecer.

Depois que toda essa loucura passar, realmente, as coisas não serão mais como antes. Não sei se serão melhores ou piores, mas com certeza, serão diferentes.

Obrigado pelo apoio de todos vocês.


PSICO. ESTOU PASSANDO PELO MESMO. MINHA IRMÃ É CASADA E EU SOU SOLTEIRO ( ADIVINHA POR QUE?...HAHAH). MINHA MÃE ESTÁ SUPERESTRESSADA POIS CUIDA DO MEU PAI COM ALZHEIMER E AGORA A MINHA AVÓ ESTÁ INICIANDO SINAIS DO PROBLEMA TB. ELA MORA NO MESMO PRÉDIO QUE ELES , PORÉM EM OUTRO AP. EU MORO PERTO DELES E TB FUNCIONO DE PARA-RÁIO , PARA MINHA MÃE DESABAFAR SEU ESTRESSE E CANSAÇO.
DEPENDENDO DO QUADRO E DA INTENSIDADE, PROCURAR UM APOIO PSICOLÓGICO É IMPORTANTE OU MESMO MÉDICO PARA RECEITAR UM ANSIOLÍTICO PARA ESSES MOMENTOS MAIS DIFÍCEIS... O ISOLAMENTO PELO CORONAVÍRUS SÓ PIORA A SITUAÇÃO DE TODOS... E PREJUDICA SEU REBOOT. JÁ PENSOU EM MEDITAÇÃO??
FORÇA AÍ.

_______________________________________
Rene.Gade
Rene.Gade
Moderador
Moderador
Mensagens : 1289
Data de inscrição : 06/08/2019

Diario psico - Página 33 Empty Re: Diario psico

em 5/5/2020, 00:03
Psicoo!!

Amigo, eu imagino como seja difícil. Eu considero a casa dos meus pais um ambiente bem complicado também, sempre sugou minhas energias e me estressou, e eu só percebi isso quando saí pela primeira vez.  Muitas vezes não é nada feito propositalmente, mas de qualquer forma nos afeta muito, e ter que voltar para cá quando tive que estudar para ingressar em um novo curso, e agora na quarentena foram grandes provas. O que sempre me ajudou, e que o amiguinho André recomendou, é a meditação e esse foco em nós mesmos, tirar um tempo para cuidar de si mesmo, até mesmo aqui onde eu não tenho privacidade quase alguma foi possível.

Também não sei muito bem como agir quando jogam uma bomba de estresse em mim, às vezes eu acabo cedendo para o estresse também, mas muitas vezes minha paz não se abala e eu consigo ignorar, respirando, saindo do local, agindo com calma, e também com amor para com aquela pessoa, pois mais estresse só geraria mais estresse, porém sei o quanto é algo difícil de se por em prática, ainda mais quando já estamos um pouco estressados com nossos próprios problemas.

Tente sempre se expressar de alguma forma amigo, não deixe essa pressão te machucar, venha aqui no fórum, se distraia com uma música, ou atividade que você goste.

Sobre a questão de ser nossa própria mãe é realmente algo que nos marca. No meu período em que me aceitei a ponto de falar sobre minha própria orientação sexual para amigos e família, com apenas 15 aninhos, eu vi minha figura materna, que até então era quase um ser divino, haha, falar coisas bem pesadas e causar muitas brigas e discussões sem eu ter feito nada, jogando em mim apenas resultados de suas próprias frustrações. E apesar de levar o "[email protected]" comigo, não pude deixar de me afetar com aquilo e até hoje algumas lembranças me marcam. Porém em pouco tempo eu passei a não me julgar por aquilo, visto que não era minha culpa, eu parei de me afetar, e de deixar que jogassem em mim uma culpa que nunca foi minha, quando ela me falava alguma coisa às vezes eu até ria. Com o tempo ela foi percebendo que o problema estava nela e que era algo para ela trabalhar com si mesma, e foi o que ela fez. Hoje ela vive me falando o quanto me aceita da maneira que sou e que só quer minha felicidade, o clichê da mãe, haha.

Bom, tente também não aceitar uma culpa que não é sua, e não trazer esses sentimentos para dentro de você, em coisas que não são sua responsabilidade de lidar. Eu entendo que algumas pessoas acabam por não mudar, até hoje em casa há questões que não mudam, mas eu tento sempre focar em mim mesmo, o que eu puder ajudar eu ajudo, mas sem carregar mais do que eu posso por algo que não diz respeito a mim.

Expresse-se aqui sempre que precisar, amigo. Espero que dê tudo certo e que as coisas possam fluir melhor para você nesse período difícil.
Até maaaiss!!

_______________________________________



RECORDE SEM M.O: 51 DIAS
MEU DIÁRIO DE PRINCESA  
will_broots
will_broots
Mensagens : 681
Data de inscrição : 08/06/2016

Diario psico - Página 33 Empty Re: Diario psico

em 5/5/2020, 08:16
psico escreveu:Eu tenho estado esses dias extremamente pra baixo e bem desanimado de várias coisas e, mesmo assim, o maldito hábito de praticar PMO todas as noites antes de dormir persiste.

Parece que perdi de vez o foco e a vontade de lutar mesmo com o sentimento de vazio e perda de tempo que vem no momento da queda. Além disso, pra piorar a situação, aqui em casa a coisa tem sido extremamente complicada entre eu e minha mãe. A cada dia que passa mais eu a vejo mais ansiosa e estressada, o resultado é que quem acaba servindo de para raio pra toda essa tensão no fim das contas acaba sendo eu, já que meus irmãos convivem com suas famílias e eu, sozinho, acabo tendo que ouvir todos os dias a mesma coisa. "Não aguento mais" "queria mesmo é morrer pra não ver nada disso" "vou acabar enlouquecendo dentro dessa casa". Tem sido difícil.

Resolvi vim aqui mais pra tentar jogar pra fora, mesmo que seja na forma de escrita, como eu venho me sentindo, já que esse é o único lugar que restou pra isso. É triste chegar à conclusão de que talvez 70% do stress e pertubação desse período quem tem me trazido é a minha própria mãe. Estou me sentindo uma verdadeira panela de pressão à ponto de explodir, mas já previa que isso iria acontecer.

Depois que toda essa loucura passar, realmente, as coisas não serão mais como antes. Não sei se serão melhores ou piores, mas com certeza, serão diferentes.

Obrigado pelo apoio de todos vocês.


Oi, Psico. Entendo perfeitamente o que vc tá passando. Graças a Deus, na minha casa, as coisas nunca chegaram a esse ponto, porém depois que vc volta pra casa após o período de faculdade em que morava sozinho, como no meu caso, vc nunca mais consegue ter paciência com sua família. Minha mãe faz conversinha por causa de quase tudo e isso me irrita muito. Assim como os olegas, tb pratico meditação, pois ajuda no controle das emoções e na privacidade, de certa forma.
Desejo forças pra vc e que tudo se resolva logo aí! Bjo

_______________________________________



''All good things to those who wait'' (Mother Gothel, Enrolados)
psico
psico
Mensagens : 643
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 33 Empty Começando do zero.

em 5/5/2020, 22:47
Novamente, eu agradeço bastante pelo apoio de todos vocês. Acho que ao longo de todos esses anos de luta contra o vício eu realmente cheguei a conclusão de que sozinho é muito difícil suportar a pressão.

André muito obrigado pelos conselhos amigo. Na realidade, eu faço acompanhamento psicológico já tem 2 anos tanto por conta de várias coisas que me aconteceram e ainda acontecem ao longo da minha vida, como também pelo fato de fazer psicologia. Eu me formo este ano se tudo der certo, mas com toda essa energia que tem sido drenada e mesmo sabendo do meu potencial como futuro profissional, eu me sinto no meio de um furacão sem perspectiva de rumo. Sobre o uso de medicamentos, não acho que ainda seja o caso até por que, muito do meu desânimo é alimentado pelo vício.

René, a questão da casa dos pais é realmente muito complicado. Absolutamente todos aqueles que falam pra mim que saíram de casa e foram morar sozinhos, dizem que a sensação é de um peso saindo das costas e de mais liberdade. Eu estou à procura de uma casa pequena próximo de onde eu trabalho desde o comecinho do mês passado quando eu e minha mãe discutimos de forma mais séria. Já era algo que eu estava querendo fazer depois de terminar a faculdade, mas com tudo isso ocorrendo, a vontade só aumenta. É provável até mesmo que eu já tenha a casa nas mãos, só basta um conhecido meu desocupar, mas ambos estamos esperando a intensidade de contágio por covid-19 amenizar. Até lá, ainda vai demorar mais um pouco. A meditação é algo que realmente ajuda e muito, mas eu preciso usar todo o meu foco pra poder, digamos, viver o momento com os dois pés na realidade, e não nas várias imagens mentais que surgem na minha mente e me levam de encontro à queda. É de fato uma reestruturação mental.

Will, eu sinceramente, depois que sair, espero ter todas as condições necessárias pra continuar morando sozinho. Eu já conversei sobre isso com minha mãe, e apesar de muito choro da parte dela, eu fui firme e forte na minha decisão e fui direto ao expor os porquês. Ela "compreendeu" e já pensa em ir morar sozinha também, não aqui onde eu moro (ela diz com todas as letras que odeia esse lugar) mas em outro estado. O estado de onde eu vim.

O mais interessante de tudo é que essa decisão de ir morar sozinho veio exatamente no período que eu estava progredindo no reboot. Nesse tempo que eu criei coragem pra amadurecer essa ideia e é exatamente por isso que eu cheguei a conclusão de que minha vida só anda pra frente quando eu estou limpo de fato. Esse vício vai ter que morrer de vez aqui nessa casa e não vai poder me acompanhar. Na realidade, eu não tenho tanta certeza se alimentando esse vício eu vou conseguir ter forças pra encarar essa nova etapa de independência e sendo bem sincero, é bem provável que não.

Vai ser um preço alto a se pagar, mas se eu consegui chegar aonde eu cheguei, eu consigo de novo e mais, eu consigo viver limpo e com esse vício engavetado pra todo o sempre.

Dia: Zero.

psico
psico
Mensagens : 643
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 33 Empty Primeiras 24 horas.

em 6/5/2020, 23:31
Como sempre, o primeiro dia foi tranquilo. Eu fiquei lendo algumas histórias de sucesso na tentativa de sei lá... Ter mais inspiração pra avançar nessa nova tentativa.

As vezes eu fico pensando em como seria minha vida atualmente se eu tivesse largado esse vício à anos atrás. Será que meu contexto seria totalmente diferente do que o que eu vivo hoje? Será que teria conhecido pessoas novas? Ido à lugares novos? Experimentado coisas novas?

É como se eu olhasse a minha vida atual e tudo o que aconteceu até agora, e imaginasse um espectro dela sem o vício e chegasse a conclusão de que deixei de viver tantas experiencias de fato muito boas.

Só me resta recuperar o tempo perdido.

_______________________________________
Davi51
Davi51
Mensagens : 133
Data de inscrição : 06/03/2017

Diario psico - Página 33 Empty Re: Diario psico

em 7/5/2020, 02:11
Eaii grande !! Como você está ?  Que bom te ver aqui... muitas coisas aconteceram desde o último dia que entrei no fórum, passe no meu relato para saber mais. Mas estou aqui justamente para te motivar, a entrarmos juntos nessa. Sermos libertos, vivermos uma nova vida... Lembro de todo apoio que voce me deu, e quero poder voltar com essa relação. Tamo junto irmão!!!

_______________________________________


Meu diário:
https://www.comoparar.com/t4765-outra-vez
psico
psico
Mensagens : 643
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 33 Empty Dia 2

em 7/5/2020, 21:49
Estou me reerguendo aos poucos, como deve ser.

O frio bateu por aqui hoje do nada e por sorte, pude chegar em casa mais cedo, tirar uma boa soneca no fim da tarde e recuperar a noite de sono mal dormida. Esses dias de rodízio tem me feito ir dormir alguns dias bem tarde e por causa disso quando chega a noite anterior ao dia do trabalho eu demoro muito pra pegar no sono. Resultado, acordo pregado.

Em relação a vontades, a coisa tem estado neutra desde ontem. Nenhuma.

Prossigamos!

_______________________________________
psico
psico
Mensagens : 643
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 33 Empty Dia 3

em 8/5/2020, 21:37
Já faz um tempinho que não ultrapasso a marca de três dias e cá estou eu de novo.

Não tenho muito o que relatar, já que hoje fiquei em casa o dia todo aproveitando o friozinho vendo uns episódios de um anime. Amanhã é provável que a dose se repita.

Mas, como sempre acontece, tive uns momentos em que fiquei refletindo sobre algumas questões existenciais e hoje foram coisas que nós desejamos ter ou alcançar, e ainda não alcançamos simplesmente por não estarmos ainda preparados para tê-las. Lógico que tomei como referencia a minha própria vida e as várias coisas que ocorreram. Hoje eu percebo que existem muitas coisas que eu de fato desejo ter, mas não me encontro pronto para isso e que existe sempre um processo pra que você se prepare. É como fazer uma prova. Logico que lá no fundo desejamos tirar um 10, mas o quanto nos preparamos para isso? Fiz um link então com o reboot e com o que eu pretendo alcançar fazendo ele e agora mais do que nunca cheguei a conclusão de que ele realmente não tem fim. 90 dias é verdadeiramente algo simbólico.

Enfim... Mais um dia vencido.

_______________________________________
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum