Ir para baixo
avatar
Antonio Borrel
Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/03/2017
Idade : 51

DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS Empty DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS

3/4/2017, 13:12
Olá pessoal.

Me chamo Antonio, tenho 46 anos, casado, tenho um casal de filhos. Sou mecânico industrial e a 6 anos trabalho para uma empresa na área de petróleo e gás.

Tive meu primeiro contato com o fórum e com o livro, que aliás já comprei, foi a alguns dias atrás quando, por causa da eminência do término do meu casamento, resolvi buscar ajuda para meu problema.

Vou relatar um pouco do meu histórico, mas antes, depois de ter lido a metade do livro, e vou terminar de lê-lo, e me informado a respeito do que se trata o vicio, suas características fisiológicas, o que o vício provoca no seu cérebro e o torna um viciado, os sintomas e as consequências, cheguei a conclusão que meu vício não é a pornografia em si, mas eu a utilizo como muleta complementar para o vício da masturbação. E como cheguei a essa conclusão? Exatamente baseado no entendimento da causa fisiológica, ou seja, do que acontece no seu cérebro, onde o condicionamento acontece da mesma forma para ambos os vícios e principalmente no que tange os sintomas. Não tenho digamos 95% dos sintomas relatados, a não ser uma certa dificuldade de manutenção da ereção por muito tempo, ficar fantasiando pornografia com minha esposa e acho que meu esperma menos consistente do que o normal. Eventualmente, me pego imaginando alguma cena porno que vi na internet. Qdo estou em casa, algumas vezes por estar com muita vontade de transar com minha esposa mas não poder pelos filho em casa ou pq simplesmente ela não tá afim, me masturbo no chuveiro ou qdo ela está dormindo, e estando em casa, não utilizo do recurso da pornografia, somente a imaginação. Mas qdo estou embarcado, sempre me masturbo vendo filmes, mas tb me masturbo sem estar vendo os videos. O que eu gosto muito e acho q isso me fez um viciado em masturbação é claro a sensação, que sempre que possível quero estar sentindo. Acontece que minha esposa não aceita isso, e eu tb não quero mais ficar dependendo disso para ter um prazer saudável e normal. O ápice de tudo foi eu ter estado em conversas pela internet com uma mulher casada só para ter uma sensação maior e diferente com uma pessoa interagindo ali direto com vc. Minha esposa descobriu e existe a possibilidade real de nos separarmos. Isso me motivou a buscar ajuda por pensar estar viciado em pornografia. De uma certa forma estou, mas para saciar meu vício em masturbação. Mas acho válido estar aqui no fórum compartilhando com vcs, pois o caminho para me livrar do vicio da masturbação segue o mesmo princípio para se livrar do vício da pornografia, por isso tentarei utilizar o método. Espero poder estar ajudando alguém que esteja aqui e que observou a mesma coisa que eu qto ao seu vício. Segue meu histórico

Desde minha juventude sempre fui da noite, muitas festas, drogas, mulheres e muito sexo. Sendo jovem achava o máximo, tudo normal. Desde os 13-14 anos me masturbei. Qdo jovem de forma digamos normal, algumas vezes na semana e nada mais. A medida que fui envelhecendo notei que essa atividade se intensificara, mas continuava achando normal para uma pessoa que tinha uma vida sexual ativa e que sempre gostou de muita putaria. Ao me casar aos 28 anos, essa atividade continuava, haviam outros pormenores como o fato de ter transado com outras mulheres, mas o fato de sempre me masturbar continuava. Piorou muito depois que ela faleceu e eu voltei a antiga vida de muito sexo drogas e rock and roll. Me casei novamente e no início desse novo relacionamento a atividade havia diminuído a medida que tínhamos uma vida sexual muito ativa. Com a mudança nessa atividade e frequência, talvez pela propria rotina do casamento onde relaxamos no sentido de vermos que tanto, tanto sexo já não era mais necessário, minha atividade de masturbação se intensificou e não precisava necessáriamente ver porno para me excitar e tal. Sempre que nos procurávamos para transar eu não tinha nenhum problema em ter ereção nem nada, mas ficava pensando em estar fazendo pornografia com minha esposa ou eventualmente me lembrando de alguma cena dos videos que já havia assistido. Por esse motivo, é que cheguei a conclusão que a pornografia no meu caso, é usada como um complemento para meu vício em masturbação, considerando que nem sempre preciso ver videos para me excitar e ejacular.

Mas eu tomei uma decisão de que não quero mais esse vício, pois por causa dele posso perder minha família, e preciso recuperar a confiança de minha esposa pra isso. Outro motivo que resolvi fazer o experimento é que já tentei muitas outras vezes parar sem sucesso, pois não entendia que qdo se torna um vício, tudo está no seu cérebro e não em uma questão ideológica, de caráter, orientação sexual ou religiosa.

Hj é o quinto dia acho, desde que realmente iniciei o experimento. Resolvi inciar o diário hj (03/04/17) pq somente hj cheguei na parte do livro que fala sobre isso.

Eis meu primeiro relato de como tem sido esses dias.

Não é muito fácil se abster, parar por completo. Tive uma recaida anteontem, sem videos e isso acaba comigo. Fico me cobrando, me arrependo e penso caraca, não é possível isso me dominar assim. Eu preciso resistir a isso, preciso ter auto-controle. Coloquei na mente que preciso parar, mudar, vencer isso e me libertar desse problema. Não vou desistir. Todos os dias repito o que minha esposa me disse uns dias atrás. Dizer não pode ser libertador. O não, cura, o não transforma, o Não te liberta. Vou continuar seguindo, e aos poucos vou relatando minhas experiências com o experimento. Obrigado a todos pela atenção
avatar
Lutando_pela_vitoria
Mensagens : 278
Data de inscrição : 11/01/2017

DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS Empty Re: DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS

3/4/2017, 14:26
Antônio, bem vindo ao Fórum.
Acho que você já deu o primeiro passo na luta contra o vício: admitir-se viciado.
Também tive a mesma sensação que você. No meu caso, a masturbação (M) é que me atraía, aliada, é claro à pornografia (P). Quando tinha vontade de algo, só parava quando caía na M e, posteriormente, no O. A sensação de culpa é terrível. É aquela coisa: o antes incita, o durante excita e o depois entristece.
Como você, não tenho muitos dos sintomas que fazem muitos parar. O principal objetivo é realmente estar de bem comigo mesmo, ter paz de espírito e poder interagir com os demais com serenidade.
Recomendo a leitura de histórias de sucesso, em especial a de Antonio71. Foi a que mais me ajudou e me motivou a sair desse vício.
Pode até ser que seu vício seja primordialmente em M, mas cortando a P vai cortar tudo.
As duas primeiras semanas são as mais difíceis, mas depois a tendência é de ficar mais "fácil".
Desejo-lhe sorte e força nessa luta, que não é fácil, mas que recompensa muito.
avatar
Antonio Borrel
Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/03/2017
Idade : 51

DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS Empty Re: Renovatio

3/4/2017, 14:49
Obrigado Renovatio. É bom saber que alguém se identificou com meu relato. Ver os resultados positivos tb são muito bons e animadore. Estou decidido e quero continuar até me cura total.
Mr. Wayne
Mr. Wayne
Mensagens : 1060
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 37

DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS Empty Re: DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS

3/4/2017, 17:00
Esta no lugar certo Antonio Borrel. Siga as instruçoes do ebook,desative tudo quanto é rede social(se tiver)instale os bloqueadores e foque nas atividades extranet(qualquer q seja,academia,correr,caminhar,luta etc..) Vi q é casado então foque tambem nas atençoes na sua esposa,isso vai lhe fazer muito bem. Bem vindo e bom reboot

_______________________________________
avatar
Antonio Borrel
Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/03/2017
Idade : 51

DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS Empty Re: Libano

3/4/2017, 17:17
Muito obrigado Libano. Estou me esforçando pra largar esse vicio de MO usando o P. Estou focado. Inda bem que estou embarcado trabalhando, assim posso fazer outras atividades. Como estou em um país islamico, nao vou ter problemas com porno, não entra nada aqui. Só via qdo estava no hotel. Na plataforma não tem como. Vou colocar os bloqueadores pra qdo estiver no hotel.

Um grande abraço e obrigado mais uma vez.
avatar
Antonio Borrel
Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/03/2017
Idade : 51

DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS Empty MAIS UM DIA DE VITORIA

5/4/2017, 08:19
Olá pessoal.

Mais um dia sem MO. Cada dia mais confiante e certo que vou conseguir me livrar desse vício. Firme até o final. Quero discondicionar meu cérebro e poder fazê-lo de forma normal e junto com minha esposa somente.

Um grande abraço a todos.
barryallen
barryallen
Mensagens : 83
Data de inscrição : 08/03/2017
Idade : 35
Localização : BH

DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS Empty Re: DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS

5/4/2017, 09:14
Cara você criou seu diário? Vá em responder e não criar novo tópico assim fica tudo concentrado lá.

_______________________________________
Buda
Buda
Membro Ilustre
Mensagens : 1438
Data de inscrição : 16/06/2016

DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS Empty Re: DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS

5/4/2017, 12:50
Olá!

Sua última mensagem foi fundida ao seu diário. Sempre clique em "Responder" para dar continuidade ao diário, ou "Citação" para responder uma mensagem específica, mas isto é comum de acontecer com quem inicia no fórum.

Abs.
skullandbones
skullandbones
Mensagens : 136
Data de inscrição : 14/12/2016

DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS Empty Re: DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS

5/4/2017, 14:04
Olá Antonio, seja bem vindo ao fórum ! A melhor decisão que fazemos é fazer nosso cadastro aqui e começar a combater o vício. Use esse diário para desabafar, falar das fissuras, dificuldades e estratégias que tem tido no período de reconfiguração do seu cérebro.

Instale os bloqueadores e coloque o contador de dias no sua assinatura aqui do fórum, assim vamos acompanhando seu progresso Smile

Boa sorte, e vamos vencer isso !!!

Abraço, Skull !

_______________________________________
Quem dá desculpas não dá resultados.
Vamos vencer !
#VamoVamoChapeee !

"Plante qualquer semente de pensamento na sua mente e ela florescerá, se ramificará e dará frutos. Alguns muito amargos e irreparáveis. O reboot é uma questão de podar essa árvore e ir arrancando cada vez mais esses galhos até chegar na raiz"

Acompanhe meu diário aqui


avatar
Antonio Borrel
Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/03/2017
Idade : 51

DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS Empty PERSEGUINDO O OBJETIVO

11/4/2017, 11:49
Oi pessoal.

Esses dias não tenho podido fazer o diário pois onde trabalho a rede não me liberava o site.

Mas estou alegre em dizer que continuo na busca do meu objetivo que é me livrar do vicio de MO. Tenho conseguido me manter bem, cada dia melhor. Me pego tentado a M de vez em qdo mas insisto em não fazê-lo até que o rebbot esteja terminado e eu esteja certo de estar livre e poder fazê-lo de maneira normal, como sempre deveria ter sido. Confesso que não é fácil as vezes, pois foram muitos anos nessa condição, mas estou firme no meu propósito. Um grande abraço a todos.
avatar
Lutando_pela_vitoria
Mensagens : 278
Data de inscrição : 11/01/2017

DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS Empty Re: DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS

11/4/2017, 12:03
Antônio, parabéns pelo seu progresso, dia após dia. É assim que se consegue um bom reboot.
Apesar de você querer, num futuro, voltar à M "de maneira normal", sugiro que você a retire de vez de sua vida. Pessoalmente, após esses dias longe de PMO, eu não cogito de forma alguma a M por si só, porque sei que, no meu caso, seria uma porta de entrada para voltar ao fundo do poço outra vez. Mas você se conhece e sabe de suas necessidades, sabe o que é melhor para si.
Desejo-lhe sinceramente sorte e muita força de vontade para continuar nessa luta, pois vale muito a pena e a sensação de liberdade interior é ímpar.
avatar
Antonio Borrel
Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/03/2017
Idade : 51

DIÁRIO ANTONIO BORREL - PRIMEIROS CONTATOS Empty A CAMINHADA CONTINUA

20/4/2017, 08:01
Oi pessoal.

Não tenho sido muito assiduo no meu diário porque como trabalho em um país islâmico, dependendo da conexão que eu esteja usando não consigo acessar o site. Mas tudo bem.

O importante é dizer que minha caminhada continua. Meu primeiro post foi dia 03/04, portanto tem 17 dias que considero realmente o inicio do meu reboot. Estou bem satisfeito com o resultado. Como todos sabem, existem dias que são difíceis, a tentação bate a porta e vc precisa se esforçar. Mas digo a vcs. Cada dia menos ela tem batido. Tenho direcionado meus pensamentos para outras coisas e assim cada dia mais vou emergindo dessa lama, até sair por completo ao final dos 90 dias. Então, vamos lá pessoal, força na piruca e vamos que vamos. Vamos nos esforçar pra largar essa praga e termos uma vida sadia e normal. Fiquem todos com Deus e muito obrigado pelo apoio e pelos conselhos. Um abraço.
Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos