Ir para baixo
Alexreboot83
Alexreboot83
Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/05/2017

Diário de Alexreboot83 Empty Diário de Alexreboot83

17/5/2017, 17:21
Início de preparação para a minha jornada. Ainda lendo e programando o meu ambiente para o sucesso do experimento.

Abraços.
Juan Diego de Guadalupe
Juan Diego de Guadalupe
Mensagens : 117
Data de inscrição : 05/02/2017
Idade : 46

Diário de Alexreboot83 Empty Re: Diário de Alexreboot83

20/5/2017, 06:30
Seja bem vindo, dicas importantes para o seu reboot:


1) Veja os vídeos do Gary Wilson. Te dará uma visão teórico-prática do que você está enfrentando. Os vídeos estão em: http://vicioempornografiacomoparar.com/videos/

2) Leia o ebook do Projeto. É um excelente material de compilação e a base metodológica deste fórum. Leia, decore e verá o quanto seu entendimento sobre este vício irá mudar.


3) Devemos substituir o ´´prazer´´da pornografia ou prostituição  por outros prazeres saudáveis. Assim seu cérebro irá buscar dopamina em outros afazeres. Os preferidos aqui do pessoal são: musculação, leitura, caminhada, socialização, etc.

4) Aqui será o seu diário. Escreva aqui, pelo menos 1 vez ao dia, pelo menos no primeiro mês, para que os rebooters possam te acompanhar e oferecer dicas importantes sobre o método como parar.

5) Escreva no diário dos outros também. Não se acanhe. Ajudará outras pessoas, ao mesmo tempo que será ajudado.

6) Instale um contador de dias na sua assinatura, para medir seu progresso. Orientações a este respeito estão aqui: https://www.comoparar.com/t5-como-instalar-um-contador-de-dias

7 ) Não deixe de ler a página sobre orientações básicas do reboot que está em: https://www.comoparar.com/t78-reboot-de-pornografia-orientacoes-basicas

Cool Sobre o e-book (versão 1-gratuita e a versão 2)podem ser encontrados aqui:

1) Link para baixar o E-book Vício em Pornografia Como Parar?, versão antiga (GRATUITO):
https://drive.google.com/file/d/0B_ZBYrwrvOuJbHozT3Fib0VmMTg/view

2) Link para assistir a apresentação do Novo E-book Vício em Pornografia Como Parar? e também para comprar o livro: http://vicioempornografiacomoparar.com/vls/

3) Link Direto para a compra do Novo E-book Vício em Pornografia Como Parar? (sem a apresentação): http://vicioempornografiacomoparar.com/ebook

Abraços

Juan Diego de Guadalupe

_______________________________________




Meu diário: https://www.comoparar.com/t4609-quero-dar-o-primeiro-passo
Alexreboot83
Alexreboot83
Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/05/2017

Diário de Alexreboot83 Empty Re: Diário de Alexreboot83

20/5/2017, 18:06
Muito obrigado Juan Diego Guadalupe!

Vou ser direto e sintético, ao longo dos dias vou expondo mais minhas questões.

Já havia lido o material antigo e visto os vídeos. Na última quarta, pela manhã foi a última vez que tive PMO. Na mesma manhã voltei a ler o material, o fórum, e tive a convicção que não quero mais isso pra mim. Tenho certeza que perdi chances na vida (pós-graduação,relacionamentos) por causa da pornografia. Desde os 11/12 (tenho 33) que isso me atrapalha.

Apesar de tudo, hoje tenho uma namorada que amo e que me ama. Não vou contar a ela pois não entenderia, mas sei que todo modo, só me ajudará. Meu problema são vários gatilhos oriundos de minha grande "criatividade" em fantasiar: desde a adolescência, fantasio com amigas, cunhadas (esposas/namoradas de irmãos), colegas de trabalho, chefe, sogra, cunhada...enfim, criava histórias, me masturbava vendo fotos e buscando fotos e filmes de imagens sexuais que parecessem com minhas taras. Justamente por isso tenho que tomar cuidado para que coisas comuns, como fotos de família, a presença dessas pessoas, não se tornem gatilhos.

Pretendo substituir todo o tempo e espaço mental reservado à PMO para dedicar a - finalmente - conseguir realizar meus planos: ler literatura, escrever, estudar para concursos e meditar.

Além de todos os bloqueadores, eu também resolvi programar e-mails para que toda manhã eu recebe uma mensagem contendo um depoimento de problema relacionado a PMO e um efeito benéfico do reboot. Assim vou me motivando ao ler as mensagens.

Duvida: já li que é saudável olhar e sentir tesão por mulheres reais do dia a dia. No entanto, tenho dificuldade para separar essa admiração (um sinal do tesão real voltando) da "fantasia" a respeito dessas mulheres. No meu caso, eu nunca deixei de olhar (até com certo exagero) para peitos, bundas, de sentir tesão por mulheres até nem tão atraentes assim. Por exemplo, como sempre fantasiei com minha sogra, vi ela na quinta e olhei com desejo. Do mesmo modo com minha chefe, que é atraente e que ontem dei umas secadas na bunda dela. Nesses momentos, geralmente acabo dando umas contraídas na região genital (como com exercicios k-gel), mas desviei rápido, já dentro dos propósitos do reboot. E então, como classificar essas olhadas e esse tesão por mulheres reais ? Faz parte ? Devo evitar? Como ?

Desde já agradeço a todos pela força.

Rumo ao reboot.

Abraços
Alexreboot83
Alexreboot83
Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/05/2017

Diário de Alexreboot83 Empty Terceiro dia. Superando dificuldades.

20/5/2017, 18:57
Hoje é o meu terceiro dia.

Ontem bebi umas cervejas. Não tive problemas.
Geralmente no dia seguinte a beber cerveja acordo com bastante vontade de PMO. Estava mais tranquilo hoje, mas ao mesmo tempo me achei mais vulnerável.

Cheguei no terminal rodoviário e fiquei secando uma vendedora de perfume que sempre acabo vendo no ônibus, fiz até um caminho diferente pra olhá-la.

Bebi café demais hoje, coisa que não faço há tempos (tenho bebido descafeinado). Uma burrada, a sensação de inquietação e ansiedade é péssima, mais difícil centrar nos objetivos.

Vou pra casa da namorada hoje, não acredito que haverá problemas. Talvez façamos algo, mas se não fizermos, muito bem.

Opiniões e sugestões, serão muito bem vindas.
Vimes
Vimes
Mensagens : 840
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 44
Localização : São Paulo

Diário de Alexreboot83 Empty Re: Diário de Alexreboot83

21/5/2017, 06:03
Fala Alex!

Mano, a sugestão número um é clara: afaste-se de TUDO que é gatilho. Pelo menos no período em que você está se fortalecendo.

Olhar mulher é bom. Mas secar não. Fantasiar não. Seguir não, mudar seu dia pra poder secar não.

Tudo isso vai levar a fantasias, que vão levar à vontade, que vai te colocar no caminho da PMO.

Ser bombardeado por fantasias não significa necessariamente que você vai cair e resetar o teu reboot, pode ser que alguém que seja um prodígio da força de vontade consiga passar dias fantasiando sem cair em PMO.

Eu não consigo. Eu sou viciado. Comigo a coisa começa pequena, se desenvolve com o passar dos dias e termina com horas e horas na frente do computador, com a saúde e a mente zuadas.

Se você tem o mesmo problema, cada fantasia que você alimentar será um passo a mais nesse caminho. O final você já conhece.

Sempre que as fantasias aparecerem, mude o foco. Pense em outras coisas, faça outras coisas, mude de ambiente, converse sobre outras coisas.

Simplesmente não alimente as fantasias. Deixe elas no vácuo.

"Gostosa aquela mina né?" = OK
"Gostosa aquela mina né, nossa imagina ela fazendo aquilo ou então..." = MERDA

Teu reboot vai ficar muito, muito mais fácil se você usar essa estratégia. Very Happy

_______________________________________
Know, of course, your enemy. But in knowing him do not forget above all to know yourself. The commander who embraces this totality of battle shall win, even with the inferior force.

Diário:
https://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

História de Sucesso:
https://www.comoparar.com/t12042-mas-afinal-quem-e-vimes

Alexreboot83
Alexreboot83
Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/05/2017

Diário de Alexreboot83 Empty Re: Diário de Alexreboot83

22/5/2017, 08:49
Muito obrigado Vimes!

Hoje tá foda, estou numa instiga total.
Meu grande problema é que uma fonte grande de gatilhos é minha mente "criativa". Meu outro grande problema e que tenho muito tesão na minha chefe. Daí, entre vê-la e começar a imaginar coisas (ou lembrar de uma ou outra frase ambígua) acaba sendo dois palitos...

Além disso, não costumo utilizar nas minhas fantasias mulheres de porno e etc....são mulheres reais, do meu convívio, numa situação fantasiosa (muitas vezes utilizando elementos de fala e situações que aconteceram), e por isso dá aquela titubeada entre a libido real e a viagem na maionese das fantasias que levam a PMO.

Tenho que me policiar bastante hoje.

De fato, é hoje que vou começar a introduzir novas rotinas de religação, como exercícios, leitura e meditação.

Apesar de difícil, não acredito que vou cair em PMO.

Dúvida: tentei instalar o K9 Browser no celular, mas o único aplicativo que achei pareceu estranho, com frases em língua asiática e nada funcionava. Na dúvida instalei um outro chamado "Safebrowser", mas é bem complicado de usar. Sugerem alguma alternativa ?

Abraço
Alexreboot83
Alexreboot83
Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/05/2017

Diário de Alexreboot83 Empty 7 dias completos.

24/5/2017, 10:07
7 dias sem PMO, me sinto bem.

Tive um sonho molhado, de leve.

Felizmente estou conseguindo me controlar bem, e só o fato de saber que os bloqueadores estão lá e que a senha não está acessível já colabora e muito. Exceto no dia que estava de ressaca, consegui me desviar bem dos gatilhos, e eles não me criaram ansiedade. Apareceram e eu mude de foco. Uma coisa que ajudou muito foi o fato de que meu quarto está sendo pintado, e passei os últimos dois dias limpando e organizando coisas. Como é dito no ebook, organizar e limpar seu ambiente ajuda muito. Completar tarefas também, estar seguindo um plano e realizando coisas, o mesmo efeito.

Segunda feita fui ao médico fazer um check up, pressão estava alta e recomendou fazer todos os exames clínicos e cardiológicos específicos. Esse momento de "se cuidar" também ajuda a desviar de recaídas.

Acredito que o fato de eu ter namorada também ajuda bastante, pois não fico me sentindo isolado e angustiado por perspectivas de relacionamento, ou de estar sozinho.

Infelizmente, pelo motivo já citado (pintura e arrumação da casa), ainda não comecei a prática de meditação e exercícios, mas farei hoje sem falta.

Lendo vários rebooters do fórum, percebo que muitos acabam recaindo por três questões básicas: 1º - não ler o ebook (ou não fazê-lo por completo ou com atenção); 2º - negligenciar a fase de religação (hábitos, metas, projetos e ambições alternativas à PMO) - como dito no ebook, e 3º - negligenciar os bloqueadores (ha casos de profissionais de TI, mas.....se a prioridade é sair dessa fossa, algo tem de ser feito) - antecipado no ebook.

Acho mesmo que ler o ebook, fazer um bom preparo informacional para o processo, preparar-se bem e colocar os bloqueadores é fundamental, dá mais segurança, menos angústia e medo das recaídas. Além disso, a etapa de religação é um eixo fundamental: se o projeto é, ao fim e ao cabo, mudar de vida (pois sair da PMO é mudar de vida, é TER uma vida REAL), então é fundamental ter outra vida, outras metas, outros projetos, desenvolver outros interesses, se abrir para outras possibilidades e, claro, cair de cabeça nisso, com o tempo e dedicação com que, na vida ANTERIOR e FALSA, nos "dedicávamos" à PMO.

Me sinto calmo e tranquilo com relação às tentações do mundo e da minha cabeça. Mas, se ficar aflito, meditarei, ou andarei até ficar exausto.

Desejo sucesso e força a todos. Foquem no NOVO!

_______________________________________
Alexreboot83
Alexreboot83
Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/05/2017

Diário de Alexreboot83 Empty Re: Diário de Alexreboot83

25/5/2017, 08:23
Oitavo dia.
Acordei mais fissurado, nada especial, mas com uma certa inquietação.
Chego no trabalho minha chefe me enche de elogios, cheirosa...negócio é focar e desviar atenção.
Não iniciei meditação e nem os exercícios físicos. Estudos pra concurso muito pouco. Leitura geral e de outros assuntos, também muito pouco, só preparativos. Penso que tenho que focalizar direto nisso, senão aparece um "vazio" que facilita a recaída (embora esteja bem protegido com relação a isso).

Hoje vou pra namorada, talvez role um sexo real. Se não, não há problema.

Força a todos.

_______________________________________
brothers in arms
brothers in arms
Mensagens : 85
Data de inscrição : 18/05/2017
Localização : Sao Paulo

Diário de Alexreboot83 Empty Cuidado com o Cheiro!

25/5/2017, 20:32
Desviar a atenção é bom mesmo meu caro. Nosso olfato tem uma ligação profunda com as áreas de memoria de nosso cérebro, e o cheiro de uma fêmea que nos interessa é um gatilho e tanto ! Também sou novo novo por aqui e acho que temos que tomar todas as atitudes de proteção , principalmente no principio de nosso Reboot.

Sucesso para vc !

_______________________________________



1 tentativa:  163 dias
2 tentativa: 33 dias
Alexreboot83
Alexreboot83
Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/05/2017

Diário de Alexreboot83 Empty Re: Diário de Alexreboot83

26/5/2017, 09:51
Nono dia!

Acordei menos instigado do que o ontem. Deve ser por causa do vinho de ontem com a namorada. Não rolou nada, não insisto, ela não ta bem, então ajuda a ficar mais tempo sem O.

Menos instigado, mas nos 10 primeiro minutos acordado pensei bastante na chefe, nos elogios de ontem. É complicado lidar todo dia com a mulher, ela ser interessante. Tem sido um desafio interessante desviar o foco. Também fiquei meio impressionado com a cobradora do bus. Desviei também...voltava a olhar e desviava. Mas tudo bem, nada que me fizesse ter vontade de P. e M. (pra mim, isso é o mais importante).

Hoje farei uma bela de uma caminhada do trabalho até em casa. E tentarei meditar também. Nova motivação para os estudos para concurso e leituras em geral.

Valeu brotherinarms, sucesso para ti também!

_______________________________________
Alexreboot83
Alexreboot83
Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/05/2017

Diário de Alexreboot83 Empty Cai! Reiniciando!

29/5/2017, 14:33
Infelizmente não segurei a onda!

Não sei exatamente como a bola de neve foi acontecendo. Sei que desde sábado estava na instiga, inquietação lá na área genital, contração e etc. Mexendo no computador, dei de cara com umas propagandas, propagandas de vídeos de clips sensuais. Não vi, mas aquilo ficou ali martelando. Sábado e domingo numa boa. Bebi um pouco de cerveja a mais ontem.  Durante o dia nada de mais. A noite já começou a piorar. Na casa da namorada mesmo comecei a me tocar de leve, não chegou a ser uma masturbação, mas o gatilho já tinha disparado. Não transamos, estávamos cansados. Hoje sonhei com cenas de sexo, acordei de pau duro e comecei a me tocar, masturbar por cima da roupa, fantasiando com uma das minhas fantasias de sempre. Cheguei a interromper e fui fazer uns exames de coração (estou fazendo check up), e mesmo assim, cheguei em casa, cacei os livros com as senhas, entrei em face, falei no celular (papos que são gatilho), etc,etc,...não cheguei a ver P. mas houve fantasia, M. e O...e conversas impróprias e constrangedoras com mulheres com quem fantasio.

Como fazer quando os gatilhos são fantasias na própria mente ? Que tipo de exercícios pra "desviar" o pensamento do assunto?

Sei o que ajudou a cair e o que devo mudar:
- beber (bem) menos cerveja ao menos enquanto fortaleço a mente e me desligo do efeito dopamina;
- cair de cabeça na religação, coisa que aconselhei aqui, mas que eu mesmo não fiz, especialmente meditação, exercícios, leitura, estudos pra concursos;
- usar menos o computador, no geral; ser objetivo e não ficar vagando;

Vamo lá, zerando a contagem e reiniciando.

Aceito sugestões

_______________________________________
brothers in arms
brothers in arms
Mensagens : 85
Data de inscrição : 18/05/2017
Localização : Sao Paulo

Diário de Alexreboot83 Empty Força Alex !

29/5/2017, 14:53
Força Alex ! cabeça levantada e seguir em frente

Uma queda é uma oportunidade de FORTALECIMENTO, para a vitória final. aos poucos o desejo de completar o Reboot, vai ficar mais forte e fazer um contraponto contra as fantasias.

Para vencer a fissura é necessário abraçar o sofrimento que o desejo incontrolável traz ! Siga em frente !

_______________________________________



1 tentativa:  163 dias
2 tentativa: 33 dias
Alexreboot83
Alexreboot83
Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/05/2017

Diário de Alexreboot83 Empty Re: Diário de Alexreboot83

29/5/2017, 15:15
Obrigado brother.

Realmente. Avaliar as estratégias e reagir rápido, seguindo em frente rápido.

_______________________________________
Alexreboot83
Alexreboot83
Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/05/2017

Diário de Alexreboot83 Empty Re: Diário de Alexreboot83

30/5/2017, 20:42
Segundo dia.

Algumas tentações visuais e de memória. Me desvencilhei a tempo.
Armei vários e-mails para serem disparados todo dia. Fala sobre sintomas, do que já me prejudiquei com P.M. e O. e o que posso vir a conseguir (benefícios).

Definitivamente, diminuir o alcool faz parte do processo. Ou ao menos consumir de forma bem controlada e programada.

Definitivamente também, desconectar de computador, ou menos internet em geral, é uma coisa boa. Você acaba notando que também é compulsivo por novidades mesmo que não esteja relacionado a P. Abrir a mesma página várias vezes em poucos minutos, mesmo sabendo que não há atualizações. Vai ficando preso, gasta tempo, depois fica angustiado e ansioso pois não fez nada...e isso é um tiro pra procurar uma dopamina fácil pra aliviar a tensão.

Seguindo em frente.

_______________________________________
brothers in arms
brothers in arms
Mensagens : 85
Data de inscrição : 18/05/2017
Localização : Sao Paulo

Diário de Alexreboot83 Empty Re: Diário de Alexreboot83

30/5/2017, 22:06
Estou seguindo uma resolução sua. Estou num bar para jantar e nada de chopinho. Só na limonada !

_______________________________________



1 tentativa:  163 dias
2 tentativa: 33 dias
Alexreboot83
Alexreboot83
Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/05/2017

Diário de Alexreboot83 Empty Re: Diário de Alexreboot83

1/6/2017, 10:53
É isso brother, acho que atrapalha bastante.

Ontem saí pra jantar com a namorada, acabei tomando uma cerveja.Hoje já acordei com pensamentos fantasiosos. Tive que ter força pra segurar a onda e instalei bloqueadores possíveis no trabalho.

Medita, exercitar, respirar fundo e organizar...vamos em frente!!

_______________________________________
Vimes
Vimes
Mensagens : 840
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 44
Localização : São Paulo

Diário de Alexreboot83 Empty Re: Diário de Alexreboot83

2/6/2017, 06:11
É essa a onda, policiamento forte, pelo menos no início.

O lance é que somos criaturas de hábitos, e tudo aquilo que fazemos continuamente se transforma em um hábito, passa a ser automático. Dirigir um carro a primeira vez é absurdamente complexo e tudo parece ser complicado. Dirigir um carro depois de alguns meses de prática é a coisa mais automática do mundo.

Mas hábitos custam a morrer. Às vezes custam muito.

Qualquer um que receba um flerte feminino e comece a fantasiar, evolua a fantasia, passe da fantasia a se tocar, etc., com o tempo vai formar isso como hábito. Se torna algo automático.

Então o lance é passar um bom tempo sem alimentar tais hábitos, sem dar força a eles. Cada dia que a gente ignora um hábito, ele fica mais fraco. Até que não tenha mais força para coagir.

Minha luta é quebrar o hábito de sentar no computador e acessar os sites de PMO sem nem pensar o que eu estou fazendo. Era automático. Agora já não é mais.

Outra luta é acordar no horário e me forçar a fazer exercícios, pra começar o dia bem. Não gosto de fazer exercícios de manhã, mas faz um bem gigante. Então estou criando e alimentando esse hábito.

O resto é sempre lembrar que vale a pena. Very Happy

_______________________________________
Know, of course, your enemy. But in knowing him do not forget above all to know yourself. The commander who embraces this totality of battle shall win, even with the inferior force.

Diário:
https://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

História de Sucesso:
https://www.comoparar.com/t12042-mas-afinal-quem-e-vimes

Alexreboot83
Alexreboot83
Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/05/2017

Diário de Alexreboot83 Empty Re: Diário de Alexreboot83

2/6/2017, 09:53
É isso Vimes. É impressionante a força do hábito mesmo. Como já disse, muitas vezes o fato de  sentar no computador para fazer "nada" é tão automático que você senta e começa navegar sem rumo, geralmente por assuntos e páginas costumeiras, mas que não há necessidade imediata de acesso...é só ficar olhando pra tela, aí você arruma algo, geralmente ouvir música, outras vezes se lembra de acessar algo que tinha pensado antes...outras vezes é esse "vazio" leva à P.

Por isso, mesmo que não esteja com vontade específica de procurar P., o fato de ficar em frente ao PC a esmo é muito perigoso.

Na minha casa, há um disposição dos móveis que é uma metáfora para a situação: sentado de frente ao computador, com os olhos, ouvidos e mentes grudados no computador fico de costas para a janela (o sol), para o armário com livros, para o instrumento musical, para os livros para concurso...enfim, para a vida extanet!

Crio "desculpas" para permanecer no computador, seja pesquisar notícias sobre temas de interesse, seja outra coisa. A questão é que é uma cilada: existe uma necessidade real, mas não imediata ou urgente, portanto, nada que justifique 2 horas de net e muito menos 2 horas sem fazer outra atividade.  

Por isso, vou batalhar pra deixar computador mais desligado, se possível cabo de rede desconectado e limitar (mais) o número de horas em frente ao PC. Não consigo pensar em reboot sem dar um tempo de hábitos estreitamente ligados à PMO e reconstrução de outros hábitos, especialmente em relação ao computador/internet.

Vamos em frente!

_______________________________________
Antônio71
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1141
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 50

Diário de Alexreboot83 Empty Como se libertar das fantasias

2/6/2017, 15:24
Alexreboot83 escreveu:Infelizmente não segurei a onda!

Não sei exatamente como a bola de neve foi acontecendo. Sei que desde sábado estava na instiga, inquietação lá na área genital, contração e etc. Mexendo no computador, dei de cara com umas propagandas, propagandas de vídeos de clips sensuais. Não vi, mas aquilo ficou ali martelando. Sábado e domingo numa boa. Bebi um pouco de cerveja a mais ontem.  Durante o dia nada de mais. A noite já começou a piorar. Na casa da namorada mesmo comecei a me tocar de leve, não chegou a ser uma masturbação, mas o gatilho já tinha disparado. Não transamos, estávamos cansados. Hoje sonhei com cenas de sexo, acordei de pau duro e comecei a me tocar, masturbar por cima da roupa, fantasiando com uma das minhas fantasias de sempre. Cheguei a interromper e fui fazer uns exames de coração (estou fazendo check up), e mesmo assim, cheguei em casa, cacei os livros com as senhas, entrei em face, falei no celular (papos que são gatilho), etc,etc,...não cheguei a ver P. mas houve fantasia, M. e O...e conversas impróprias e constrangedoras com mulheres com quem fantasio.

Como fazer quando os gatilhos são fantasias na própria mente ? Que tipo de exercícios pra "desviar" o pensamento do assunto?

Sei o que ajudou a cair e o que devo mudar:
- beber (bem) menos cerveja ao menos enquanto fortaleço a mente e me desligo do efeito dopamina;
- cair de cabeça na religação, coisa que aconselhei aqui, mas que eu mesmo não fiz, especialmente meditação, exercícios, leitura, estudos pra concursos;
- usar menos o computador, no geral; ser objetivo e não ficar vagando;

Vamo lá, zerando a contagem e reiniciando.

Aceito sugestões

Alex, eu mandei a mensagem abaixo para Wolve e Spiritum, mas serve para você também. Espero que possa lhe ser útil:

Eu já tive dias de até mesmo ter dificuldade para dormir por causa da fissura. Mas isso passou. Hoje em dia fantasias e fissuras são palavras que sumiram do meu dicionário.

Da mesma forma que aconteceu comigo, acontecerá com você! O segredo é você mudar o foco do pensamento. É focar em alguma atividade, algo que lhe dê prazer! Esse dia que é foda, se você conseguir sobreviver até amanhã, você perceberá que tudo passou. Experimente! Amanhã o dia de hoje será uma grande piada, um pesadelo que se foi.

Você passar de um dia para o outro é muito mais eficaz para se acalmar do que se masturbar, pode ter certeza disso!

Procure descobrir também quais são os sentimentos e sensações desagradáveis que estão por trás da fissura. A fissura nunca vem sozinha, amigo! Ela é um escudo que usamos para fugirmos de sentimentos e sensações desagradáveis.

Seu dia está monótono, está chato? Você tem se divertido?

Eu, certa vez, comecei a ter uma fantasia atrás da outra. Procurava driblá-las, mas o meu cérebro sempre as reproduzia como um disco quebrado. O que fiz então: Perguntei a mim mesmo porque isso estava acontecendo. A resposta que me veio é que sim, pois eu só fazia trabalhar e trabalhar.

O que fiz então?:

Parei o carro à beira mar, caminhei descalço na praia e depois coloquei uma bermuda que tinha na mala do carro e dei um belo mergulho. AS FANTASIAS E A FISSURA SUMIRAM POR COMPLETO.

Outra vez o mesmo episódio se repetiu: fantasias, fantasias e fissura, muita fissura. Orei, pedindo a Jesus de Nazaré que me orientasse. A resposta veio imediata: durma! Foi o que fiz, dormi de tarde mesmo. Á noite eu fui dar plantão e meu cérebro parecia uma tela em branco. Ainda tentei pensar em algo erótico! o só para testar mas... nada! Tudo estava em paz, tudo tranquilo!

É isso amigo! Não pense na masturbação, pense na sensação desagradável que você terá alguns segundo após gozar. Não vale a pena! Ore, medite, caminhe, divirta-se, se exercite, peça orientação a Deus, mas sobreviva, apenas esse dia! Os outros que virão ficarão muito, muito mais fáceis, eu lhe garanto por experiência própria!

_______________________________________
Antônio71
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1141
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 50

Diário de Alexreboot83 Empty Como se libertar das fantasias

2/6/2017, 15:24
Alexreboot83 escreveu:Infelizmente não segurei a onda!

Não sei exatamente como a bola de neve foi acontecendo. Sei que desde sábado estava na instiga, inquietação lá na área genital, contração e etc. Mexendo no computador, dei de cara com umas propagandas, propagandas de vídeos de clips sensuais. Não vi, mas aquilo ficou ali martelando. Sábado e domingo numa boa. Bebi um pouco de cerveja a mais ontem.  Durante o dia nada de mais. A noite já começou a piorar. Na casa da namorada mesmo comecei a me tocar de leve, não chegou a ser uma masturbação, mas o gatilho já tinha disparado. Não transamos, estávamos cansados. Hoje sonhei com cenas de sexo, acordei de pau duro e comecei a me tocar, masturbar por cima da roupa, fantasiando com uma das minhas fantasias de sempre. Cheguei a interromper e fui fazer uns exames de coração (estou fazendo check up), e mesmo assim, cheguei em casa, cacei os livros com as senhas, entrei em face, falei no celular (papos que são gatilho), etc,etc,...não cheguei a ver P. mas houve fantasia, M. e O...e conversas impróprias e constrangedoras com mulheres com quem fantasio.

Como fazer quando os gatilhos são fantasias na própria mente ? Que tipo de exercícios pra "desviar" o pensamento do assunto?

Sei o que ajudou a cair e o que devo mudar:
- beber (bem) menos cerveja ao menos enquanto fortaleço a mente e me desligo do efeito dopamina;
- cair de cabeça na religação, coisa que aconselhei aqui, mas que eu mesmo não fiz, especialmente meditação, exercícios, leitura, estudos pra concursos;
- usar menos o computador, no geral; ser objetivo e não ficar vagando;

Vamo lá, zerando a contagem e reiniciando.

Aceito sugestões

Alex, eu mandei a mensagem abaixo para Wolve e Spiritum, mas serve para você também. Espero que possa lhe ser útil:

Eu já tive dias de até mesmo ter dificuldade para dormir por causa da fissura. Mas isso passou. Hoje em dia fantasias e fissuras são palavras que sumiram do meu dicionário.

Da mesma forma que aconteceu comigo, acontecerá com você! O segredo é você mudar o foco do pensamento. É focar em alguma atividade, algo que lhe dê prazer! Esse dia que é foda, se você conseguir sobreviver até amanhã, você perceberá que tudo passou. Experimente! Amanhã o dia de hoje será uma grande piada, um pesadelo que se foi.

Você passar de um dia para o outro é muito mais eficaz para se acalmar do que se masturbar, pode ter certeza disso!

Procure descobrir também quais são os sentimentos e sensações desagradáveis que estão por trás da fissura. A fissura nunca vem sozinha, amigo! Ela é um escudo que usamos para fugirmos de sentimentos e sensações desagradáveis.

Seu dia está monótono, está chato? Você tem se divertido?

Eu, certa vez, comecei a ter uma fantasia atrás da outra. Procurava driblá-las, mas o meu cérebro sempre as reproduzia como um disco quebrado. O que fiz então: Perguntei a mim mesmo porque isso estava acontecendo. A resposta que me veio é que sim, pois eu só fazia trabalhar e trabalhar.

O que fiz então?:

Parei o carro à beira mar, caminhei descalço na praia e depois coloquei uma bermuda que tinha na mala do carro e dei um belo mergulho. AS FANTASIAS E A FISSURA SUMIRAM POR COMPLETO.

Outra vez o mesmo episódio se repetiu: fantasias, fantasias e fissura, muita fissura. Orei, pedindo a Jesus de Nazaré que me orientasse. A resposta veio imediata: durma! Foi o que fiz, dormi de tarde mesmo. Á noite eu fui dar plantão e meu cérebro parecia uma tela em branco. Ainda tentei pensar em algo erótico! o só para testar mas... nada! Tudo estava em paz, tudo tranquilo!

É isso amigo! Não pense na masturbação, pense na sensação desagradável que você terá alguns segundo após gozar. Não vale a pena! Ore, medite, caminhe, divirta-se, se exercite, peça orientação a Deus, mas sobreviva, apenas esse dia! Os outros que virão ficarão muito, muito mais fáceis, eu lhe garanto por experiência própria!

_______________________________________
Alexreboot83
Alexreboot83
Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/05/2017

Diário de Alexreboot83 Empty Situação gravíssima (a realidade me gritou)

5/6/2017, 09:36
Antes de tudo, obrigado Antonio71.

Vou fazer um desabafo aqui sobre onde o vício em P.M. e O. me levaram e o que está acontecendo.

Como já falei antes, minhas relações com P.M e O. vem desde a adolescência, e também minha fantasias, inclusive com mulheres próximas...digamos, bem próximas...prima, cunhada, etc.

A questão é que antes de começar o reboot, uma semana antes, se não me engano, abordei uma prima minha pelo whatsapp e facebook, disse que tenho desejo por ela, que queria satisfazê-la, etc,etc,etc...aquelas viagens na maionese que acontecem por trás da tela de um computador, mas que eu, na prática, nunca faria, mas que no delírio das fantasias acabam acontecendo. Nunca nem chamei uma mulher de gostosa na rua, imagine fazer algo com outra mulher, próxima, ainda mais namorando. É uma espécie de transe, de delírio que no momento, parece óbvio, mas que depois que a fissura passa, sei que não são vida real, que não é o que faria. Fora isso há alguns anos  fazia isso também, via e-mail e  whats, com minha cunhada. É uma abordagem grave, séria, real, com pessoas próximas. Sempre me sentia mal por fazer isso, e sempre me arrependia e interrompia, mas uma espécie de compulsão por fantasias me fazia voltar abordar de novo.

O marido da minha prima viu, coletou dados dos e-mails que mandei pra minha cunhada também, enfim, tudo, contou pras outras primas, meus tios, enfim.... Ficou completamente puto da vida (lógico), ameaçou mostrar tudo pros meus pais(idosos), me acusar de ser um louco assediador no meu trabalho, mostrar tudo pra minha namorada, enfim, destruir e acabar com a minha vida (inclusive com ameaças diretas a mim - num desabafo).

No último sábado meus irmãos (inclusive o marido da cunhada q abordei, que também sabe de tudo) me chamaram para uma reunião. Eles conseguiram segurar o ímpeto do marido da prima, alegando que não faria sentido destruir minha vida, que isso só acarretaria mais problemas para mim e para várias pessoas à minha volta que nada tem a ver com meus erros (pais, namorada, enteada, etc) e que, é claro, me destruir e me jogar na sarjeta só traria problemas muito maiores para todos, inclusive para ele próprio.

No entanto, claro, me exigiram um compromisso para que isso acontecesse: que eu me afastasse totalmente deles (família da minha prima/tios) e que fosse fazer acompanhamento psiquiátrico/psicológico, supervisionado de perto pelos meus irmãos.

É isso que vou fazer a partir de hoje, buscar o psiquiatra e, provavelmente, fazer acompanhamento psicoterápico e tentar retomar minha vida depois que a realidade me pegou pelo colarinho e gritou na minha cara para eu ter limites.

Acredito seriamente que o vício em PMO que tenho desde adolescente gerou danos  sérios em mim, não dá pra ter duvidas. Vou encarar essa chamada da realidade para mudar de vida totalmente, viver a vida real, a me respeitar e a todos a minha volta.

Vocês não tem ideia do tamanho da vergonha, da culpa, do medo, da angustia que estou hoje (fiquei sabendo sábado disso, que aconteceu há 3 semanas). Ao vir pro trabalho, cada pessoa que me olhava eu tinha a sensação que estava me julgando com o olhar, eu me sentindo envergonhado, e ameaçado, claro.

Olha o que essa merda me causou: a família da minha prima (e tios, enfim) é a mais próxima da minha família, convivíamos, encontros e reuniões de família e tudo.E agora, óbvio, eles não querem me ver nem pintados de ouro, querem que eu me afaste totalmente. Eu ando na rua com receio de encontrar um deles, da vergonha da situação. Meus pais e namorada não sabem, e isso espero que se mantenha. Olha o tanto de mágoa, decepção, raiva que causei!! Olha o tipo de relação que abalei! Por fantasias idiotas, irreais, por vicio em net, em PMO!!  Fico puto de pensar o tanto que isso já atrapalhou a minha vida e o agora é o fundo do poço!

Vou marcar médico hoje, e iniciar tratamento, implantar mais mudanças na minha vida, andar na linha, voltar aos meus objetivos reais de vida: estudar, fazer exercícios, meditar, aprender música, coisas reais e produtivas. Assim que sair do médico vou reiniciar meu contador, pois é o momento que considerarei como meu início de reboot.
Assim, no futuro, espero que possa haver esperança de me perdoarem, de voltar a conviver com eles.E de que eu me recupere totalmente.

Obrigado a todos pelo apoio. Toda ajuda é bem vinda.

_______________________________________
Alexreboot83
Alexreboot83
Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/05/2017

Diário de Alexreboot83 Empty Situação gravíssima. Ajuda!

5/6/2017, 10:33
Estou fazendo novo post de uma postagem do meu diário, pela gravidade da situação. Preciso de ajuda. Eis o relato:

Vou fazer um desabafo aqui sobre onde o vício em P.M. e O. me levaram e o que está acontecendo.

Como já falei antes, minhas relações com P.M e O. vem desde a adolescência, e também minha fantasias, inclusive com mulheres próximas...digamos, bem próximas...prima, cunhada, etc.

A questão é que antes de começar o reboot, uma semana antes, se não me engano, abordei uma prima minha pelo whatsapp e facebook, disse que tenho desejo por ela, que queria satisfazê-la, etc,etc,etc...aquelas viagens na maionese que acontecem por trás da tela de um computador, mas que eu, na prática, nunca faria, mas que no delírio das fantasias acabam acontecendo. Nunca nem chamei uma mulher de gostosa na rua, imagine fazer algo com outra mulher, próxima, ainda mais namorando. É uma espécie de transe, de delírio que no momento, parece óbvio, mas que depois que a fissura passa, sei que não são vida real, que não é o que faria. Fora isso há alguns anos fazia isso também, via e-mail e whats, com minha cunhada. É uma abordagem grave, séria, real, com pessoas próximas. Sempre me sentia mal por fazer isso, e sempre me arrependia e interrompia, mas uma espécie de compulsão por fantasias me fazia voltar abordar de novo.

O marido da minha prima viu, coletou dados dos e-mails que mandei pra minha cunhada também, enfim, tudo, contou pras outras primas, meus tios, enfim.... Ficou completamente puto da vida (lógico), ameaçou mostrar tudo pros meus pais(idosos), me acusar de ser um louco assediador no meu trabalho, mostrar tudo pra minha namorada, enfim, destruir e acabar com a minha vida (inclusive com ameaças diretas a mim - num desabafo).

No último sábado meus irmãos (inclusive o marido da cunhada q abordei, que também sabe de tudo) me chamaram para uma reunião. Eles conseguiram segurar o ímpeto do marido da prima, alegando que não faria sentido destruir minha vida, que isso só acarretaria mais problemas para mim e para várias pessoas à minha volta que nada tem a ver com meus erros (pais, namorada, enteada, etc) e que, é claro, me destruir e me jogar na sarjeta só traria problemas muito maiores para todos, inclusive para ele próprio.

No entanto, claro, me exigiram um compromisso para que isso acontecesse: que eu me afastasse totalmente deles (família da minha prima/tios) e que fosse fazer acompanhamento psiquiátrico/psicológico, supervisionado de perto pelos meus irmãos.

É isso que vou fazer a partir de hoje, buscar o psiquiatra e, provavelmente, fazer acompanhamento psicoterápico e tentar retomar minha vida depois que a realidade me pegou pelo colarinho e gritou na minha cara para eu ter limites.

Acredito seriamente que o vício em PMO que tenho desde adolescente gerou danos sérios em mim, não dá pra ter duvidas. Vou encarar essa chamada da realidade para mudar de vida totalmente, viver a vida real, a me respeitar e a todos a minha volta.

Vocês não tem ideia do tamanho da vergonha, da culpa, do medo, da angustia que estou hoje (fiquei sabendo sábado disso, que aconteceu há 3 semanas). Ao vir pro trabalho, cada pessoa que me olhava eu tinha a sensação que estava me julgando com o olhar, eu me sentindo envergonhado, e ameaçado, claro.

Olha o que essa merda me causou: a família da minha prima (e tios, enfim) é a mais próxima da minha família, convivíamos, encontros e reuniões de família e tudo.E agora, óbvio, eles não querem me ver nem pintados de ouro, querem que eu me afaste totalmente. Eu ando na rua com receio de encontrar um deles, da vergonha da situação. Meus pais e namorada não sabem, e isso espero que se mantenha. Olha o tanto de mágoa, decepção, raiva que causei!! Olha o tipo de relação que abalei! Por fantasias idiotas, irreais, por vicio em net, em PMO!! Fico puto de pensar o tanto que isso já atrapalhou a minha vida e o agora é o fundo do poço!

Vou marcar médico hoje, e iniciar tratamento, implantar mais mudanças na minha vida, andar na linha, voltar aos meus objetivos reais de vida: estudar, fazer exercícios, meditar, aprender música, coisas reais e produtivas. Assim que sair do médico vou reiniciar meu contador, pois é o momento que considerarei como meu início de reboot.
Assim, no futuro, espero que possa haver esperança de me perdoarem, de voltar a conviver com eles.E de que eu me recupere totalmente.

Obrigado a todos pelo apoio. Toda ajuda é bem vinda.

_______________________________________
brothers in arms
brothers in arms
Mensagens : 85
Data de inscrição : 18/05/2017
Localização : Sao Paulo

Diário de Alexreboot83 Empty Situação dificil

5/6/2017, 11:56
É mesmo uma situação difícil Alex......mas parece que já está encaminhada e o pior não aconteceu.

É uma pena ter sido descoberto e ter passado esta vergonha. mas a vergonha muitas vezes é a vacina eficaz que precisamos.

Não tem jeito Alex.... as vezes para tratar um mal tão arraigado em nós, precisamos de um remédio forte e com efeitos colaterais.

Não perca tempo com a vergonha! se concentre novamente no seu Rebbot! Todos nos temos situações vergonhosas que preferiríamos não ter acontecido.

O mais importante é que vc acordou e busca tratamento !

e depois que a poeira baixar, vc pode avaliar se um sincero pedido de desculpas a todos tem lugar!

_______________________________________



1 tentativa:  163 dias
2 tentativa: 33 dias
avatar
Convidado
Convidado

Diário de Alexreboot83 Empty Re: Diário de Alexreboot83

5/6/2017, 14:54
Olá Alexreboot83, li seu relato, e me identifiquei com ele. Já tive problema parecido, com uma tia minha, da minha parte foi uma situação de exibicionismo. Na hora deu o maior rolo, uma briga dos infernos. E depois ela apareceu no meu trabalho, mas chegou la, e não fez nada. Mas tem uma tia minha, sua irmã que meio virou a cara, tenho certeza que para ela, ela deve ter falado. Agora para seu próprio marido, não falou, e nos damos muito bem. Como já faz algum tempo, um ou dois anos, a poeira baixou legal, mas no momento foi foda...Por isso me sensibilizei com seu relato.

O que faz a gente fazer isso? Ou só pensar em fazer? É a tal p. , com seus relatos, com suas fantasias. Eu nunca li em um conto erótico, do tipo de sobrinho com tia, ou qualquer coisa do tipo, que no final tivesse  todos os problemas que eu enfrentei, e que agora  você está enfrentando. Imagina, anos e anos vendo imagens pornográficas, lendo contos eróticos, e na sua maioria eram fantasias que a nossa sociedade não aceita. E nós começamos a acreditar, que esses contos são reais. Então, em um determinado dia achamos que a realidade da fantasia pode nos dar mais dopamina que ficar só lendo o conto...E aí passamos da fantasia para a realidade...e aí quebramos a cara. Tem um post do Antonio, aqui do fórum, ele aí acima, que fala, "nós não somos pervertidos". Eu tenho problemas sérios com a p. e outras situações, como por exemplo voyeurismo. Fico alguns dias recaio. Mas não desisto. A compulsão tem diminuído gradativamente. Fico feliz que tenha procurado um psicoterapeuta. Eu já fiz em um determinado tempo, e me ajudou muito. Só não faço hoje por problemas financeiros. E problemas esse causados por chats eróticos. Então, invista o que puder. Você é uma pessoa maravilhosa, tenho certeza disso, portanto, coloque toda a sua energia pra lutar contra esse mal. Poque se não tratarmos, poderá chegar o dia, e dependendo da fantasia em questão, a prisão será o caminho. Aí será tarde de mais. Falo por mim. Uma oportunidade para uma vida nova agarre-a. Se  esforce no reboot. Agora, me identifiquei muito com você. Não faz uma semana, eu terminei um relacionamento, que era puramente virtual,  que eu tinha com uma amiga. Ela era casada. E se o marido pegasse? Acabei com isso. Não quero mais esse lixo na minha vida. Quero me apaixonar, namorar normalmente, sentir saudades de alguém...

Amigo, força. Sei o que você está passando. Se eu pudesse te daria um abraço, mas fica o recado. Gosto também  de uma coisa que o Antonio postou, ele diz que "a vida só começa depois dos 90". Não completei o reboot, o máximo que consegui foram 11 dias, mas sei que isso é uma verdade. Sinto.

Um grande abraço, e que Deus te ilumine.
Broda
Broda
Mensagens : 1972
Data de inscrição : 11/12/2015

Diário de Alexreboot83 Empty Re: Diário de Alexreboot83

5/6/2017, 18:33
Uni seus tópicos.

Por favor, atente-se às regras do fórum. Independente da gravidade da situação, você deve manter as postagens relativas ao experimento no seu diário. Não é permitido criar mais de um diário.

Sua situação é delicada e extrapola aquilo que temos condições de oferecer aqui no fórum. Fico feliz em saber que já está marcado para você comparecer ao psiquiatra, lá você será capaz de tratar dessa questão com alguém que realmente está capacitado para te ajudar.

Nada nos resta a não ser desejar forças nesse momento difícil, e que você consiga reverter essa situação na sua vida.

Abraços.
Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos