Em busca de uma nova vida

+11
Paulo Jorge
Brit
danielalvares
Broda
JSAN
Spiritus
Governador
DELTADELTA
M.V
Vimes
Vencedor1985
15 participantes
Ir para baixo
avatar
Vencedor1985
Mensagens : 41
Data de inscrição : 30/06/2017
Localização : Brasília

Em busca de uma nova vida Empty Em busca de uma nova vida

30/6/2017, 16:52
Olá, pessoal. Mudei o nome de usuário, pois o anterior era inadequado.
Tenho 31 anos, sou casado e tenho problemas com pornografia há bastante tempo, desde os 11 anos, eu acho. Há um ano, eu iniciei a busca pela libertação desse vício, mas sem tanto sucesso, pois vez ou outro eu caía na tentação de olhar um site pornô ou de ficar fantasiando cenas na minha cabeça.
Há um ano minha esposa sabe desse meu problema, pois tive de contar após ser pego trocando mensagens inapropriadas com outra mulher. Eu tenho certeza que eu entrei nessa situação de infidelidade por causa da pornografia, em busca de estímulos ainda maiores.
Antes de ser pego por minha mulher, eu já estava há dois anos viciado em pornografia de transexuais. Isso me atormentava (e ainda atormenta) e eu achei que, ao entrar nesse caso extraconjugal, isso poderia me ajudar a me libertar. Pensei isso porque eu e minha esposa estávamos em uma fase bem difícil do casamento, então achei que outra mulher pudesse ser o caminho. Não era. Foi a pior coisa que fiz na vida. Minha mulher ficou destroçada e meu casamento quase acabou.
Passei por uma crise no casamento muito grande e revelei para minha mulher o meu problema com pornografia. Mas não tive coragem de revelar a questão das pornografia trans.
Pois bem, venho lutando durante todo esse tempo e, no início de 2017, tive uma melhora significativa quanto a não ver pornografia explícita. Mas ainda via, eventualmente, mulheres trans de lingerie e tinha fantasias. Sempre que caía nessa eu ficava arrasado, mas continuava na luta.
Ontem, no entanto, eu tive de revelar a minha mulher a questão da pornografia trans. Ela estava dormindo no sofá e, do nada, eu senti vontade de pesquisar porque homens héteros tinham interesse em trans. Aquilo foi o gatilho para eu olhar trans de lingerie. Minha mulher acordou e perguntou o que eu estava olhando. Eu desconversei e ela pensou que eu estava trocando mensagens com outra mulher novamente. Foi terrível. Então decidi que aquele era o momento para eu colocar para fora o que me atormentava.
Ela ficou arrasada. Hoje cedo disse que só não me deixaria porque está grávida. Que se sente muito mal por estar grávida de um homem como eu. Eu me senti um lixo e decidi que não tenho mais como ficar tentando vencer esse vício maldito sozinho. Eu preciso de ajuda. Eu estou sendo engolido.
Não quero que minha filha tenha um pai do jeito que sou hoje. Não quero que minha mulher sofra mais por ser casada com um cara como eu. Quero me sentir completo e livre de uma vez. E sei que você poderão me ajudar.

Obrigado por lerem.


Última edição por Vencedor1985 em 6/7/2017, 15:01, editado 1 vez(es)
Vimes
Vimes
Mensagens : 840
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 44
Localização : São Paulo

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

30/6/2017, 19:23
Fala Mano!

Bom, tem uma coisa boa nessa história toda. Não existe mais máscaras entre vocês. Smile

A batalha contra a pornografia não é fácil não. O vício vai preparar várias armadilhas no teu caminho, e vai usar qualquer emoção ruim que te pegar contra você.

Então o lance é segurar as pontas, manter o foco, lembrar sempre, sempre que parar com a pornografia vale a pena.

Quando a fissura começar a te pegar, passe antes aqui no fórum. Leia um ou dois diários. Veja as dificuldades da galera, veja as vantagens de continuar lutando. Isso pode ser a diferença entre o sucesso e uma recaída.

E use o amor da tua esposa ao teu favor.

Beleza, as coisas agora não vão muito bem. Mas agora você não tá mais escondendo nenhuma mentira. Agora você não tem máscaras. Seja absolutamente honesto com ela não apenas em relação à tua dificuldade, mas também em relação à tua determinação em parar.

Conte sobre teus medos, sobre tuas fraquezas, tudo. Quanto mais ela puder te compreender e menos pensar que você continua escondendo algo, melhor. Smile

_______________________________________
Know, of course, your enemy. But in knowing him do not forget above all to know yourself. The commander who embraces this totality of battle shall win, even with the inferior force.

Diário:
https://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

História de Sucesso:
https://www.comoparar.com/t12042-mas-afinal-quem-e-vimes

avatar
Vencedor1985
Mensagens : 41
Data de inscrição : 30/06/2017
Localização : Brasília

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

30/6/2017, 19:50
Obrigado pelas palavras, cara.
Realmente o que deixou ela ainda mais triste foi que, quando eu contei do problema há um ano, ela me pediu para confiar nela, desabafar minhas angústias e medos. Eu não fiz isso, com medo de ter de acabar falando das fantasias que tanto me envergonhavam. Acabou que falei de qualquer jeito. O problema é que não foi porque procurei abrigo nela, mas porque fui pego no pulo de novo. Mas eu acredito que sairei dessa e que reconquistarei o respeito e admiração dela.
E sei que, com a ajuda de vocês do fórum, eu irei vencer "a batalha da minha vida".

Vimes escreveu:Fala Mano!

Bom, tem uma coisa boa nessa história toda. Não existe mais máscaras entre vocês.  Smile

A batalha contra a pornografia não é fácil não. O vício vai preparar várias armadilhas no teu caminho, e vai usar qualquer emoção ruim que te pegar contra você.

Então o lance é segurar as pontas, manter o foco, lembrar sempre, sempre que parar com a pornografia vale a pena.

Quando a fissura começar a te pegar, passe antes aqui no fórum. Leia um ou dois diários. Veja as dificuldades da galera, veja as vantagens de continuar lutando. Isso pode ser a diferença entre o sucesso e uma recaída.

E use o amor da tua esposa ao teu favor.

Beleza, as coisas agora não vão muito bem. Mas agora você não tá mais escondendo nenhuma mentira. Agora você não tem máscaras. Seja absolutamente honesto com ela não apenas em relação à tua dificuldade, mas também em relação à tua determinação em parar.

Conte sobre teus medos, sobre tuas fraquezas, tudo. Quanto mais ela puder te compreender e menos pensar que você continua escondendo algo, melhor. Smile
M.V
M.V
Mensagens : 1799
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 41

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

30/6/2017, 21:35
Olá vencedor

Bem vindo ao fórum

Essa luta não é fácil, mas é possível vencer. Leia o material E-BOOK e assista aos vídeos do Dr. Gary Wilson.

bom reboot

Abçs

Sucesso!!!


_______________________________________
Montanha reboot escalada a partir de  Sab 26 Out /2019 - 11:30:
1 montanha (90 dias)

" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ... (ANTONIO71)

"DESPRESSURIZE SUA MENTE DO PRAZER ENGANOSO DA PMO"

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

avatar
Vencedor1985
Mensagens : 41
Data de inscrição : 30/06/2017
Localização : Brasília

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

1/7/2017, 11:52
Penso que a minha maior dificuldade hoje é controlar o pensamento, as fantasias e as lembranças construídas com a exposição massiva de pornografia ao longo dos anos.
Até que deixar de ver a pornografia explícita tem sido menos difícil do que era há um tempo, mas os chamados substitutos da pornografia são um desafio grande também.
Mais um dia sem P. Em busca do controle do meu pensamento. Essa é a guerra da minha vida.
avatar
DELTADELTA
Mensagens : 16
Data de inscrição : 27/06/2017

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

1/7/2017, 12:19
Olá amigo. Meu problema também passa por P trans e essa fissura começou quando meu casamento deu uma caída. Isso foi há mais de dez anos, porém nunca tive coragem de levar essa fantasia à frente, até que aconteceu, duas vezes. Uma vez, li em um depoimento desses fóruns, que a procura por trans se dá pelo fato de não trair a esposa, namorada com outra mulher, pra aliviar a culpa, mas essa questão cai por terra não é mesmo?!
Tenho usado a estratégia que o amigo aí falou: quando bate a vontade de ir ao xvideos, venho aqui no fórum e leio depoimentos, respostas, isso tem me ajudado muito. Abraço e boa sorte a todos nós!!
avatar
Vencedor1985
Mensagens : 41
Data de inscrição : 30/06/2017
Localização : Brasília

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

3/7/2017, 10:10
Hoje é meu 4º dia desde o início da contagem.
Quanto ao desejo de ver pornografia, as coisas estão relativamente controladas. O meu desafio persiste em controlar minha imaginação. Tenho tido sucesso, mas ainda é muito cedo para ter ideia do que virá ao longo dessa minha jornada.
Estou aplicando a técnica de sempre que me deparar com um gatilho para P, direcionar minha imaginação para algo que me dê prazer em pensar. No caso, tento me imaginar tocando solos de guitarra do Steve Vai. Isso sempre me causa bons sentimentos de libertação e poder.
Continuemos na jornada. Quando houver algum pensamento desordenado em minha mente, virei aqui em busca de força. Obrigado.

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

Spiritus
Spiritus
Mensagens : 574
Data de inscrição : 08/08/2016
Idade : 49

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

3/7/2017, 14:38
Olá, Vencedor!
Seja Bem vindo!

Como disse o Vimes, a parte boa da história é que você já contou pra sua esposa sobre o vício. E aí eu te digo uma coisa que pode ajudar ainda mais: mostra pra ela os vídeos do Gary Wilson no YouTube, mostra pra ela os dramas de quem sofre deste vício, mostra que Terry Crews também sofre deste problema, ou seja, mostra pra ela que não é uma questão de falta de caráter, de "safadeza", é um problema de dependência das descargas de dopamina decorrente da pornografia, da masturbação e das fantasias. Acredito que ela entenderá, mas mostre pra ela que você está empenhado e comprometido em sair deste vício.
Fantasias também são um problema que levam à masturbação. É que o nosso cérebro (nosso "HD") está cheio de imagens e cenas pornográficas ou erótica devido ao uso prolongado que muitas vezes nem precisamos de internet, filmes ou fotos. Por isso, desvie o mais rápido possível o pensamento quando ele vier!
Outra coisa é que você pode usar a sua filha como a melhor motivação pra sair do vício. É o que eu estou fazendo.
Vamos vencer! Conte conosco!
Um forte abraço!

_______________________________________
avatar
Vencedor1985
Mensagens : 41
Data de inscrição : 30/06/2017
Localização : Brasília

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

3/7/2017, 15:18
Olá, Governador. Obrigado pelas dicas.
As coisas se acalmaram um pouco lá em casa. Minha esposa ainda está insegura por causa das minhas revelações. Fomos a uma reunião de casais da igreja de uma amiga no fds passado e um dos temas abordados foi a pornografia. Isso foi importante para que ela falasse da sua insegurança em relação à possível comparação que eu pudesse fazer entre ela e as atrizes pornôs e em relação ao meu desejo estranho por pornô trans. Conversamos bastante e eu expliquei das coisas que tenho aprendido com o e-book, sobre a dopamina e da escalada às profundezas que o vício nos leva.

Respondendo a suas perguntas:

1) Sim, eu acho minha mulher muito atraente. Ela é uma mulher muito bonita e atraente.
2) Na verdade, ela me satisfaz sexualmente. Mas o vício vem de muito tempo, de bem antes do nosso casamento. Passamos por uma fase sexual difícil no início do casamento, que deteriorou bastante as coisas, mas tem melhorado desde o início da crise que falei na primeira mensagem lá em cima.
3) Meu desempenho sexual anda bem, sem disfunção erétil. Mas confesso que há alguns meses eu estava começando a sentir algum reflexo nessa área. Mas cortei o pornô explícito desde fevereiro, o que me ajudou a melhorar muito. O problema se tornaram os pensamentos, as fantasias e imagens eróticas de mulheres de lingerie. O pior mulheres trans de lingerie. Esses se tornaram os substitutos do pornô, que, pelo que eu entendi, usam as mesmas conexões neurais do pornô explícito, impedindo meu reboot.

Meu casamento anda numa fase de melhora, mas, com a minha recaída e o fato de eu não me abrir com ela sobre minhas angústias fez com ela se sentisse traída novamente, retrocedendo muito do esforço que ambos vínhamos fazendo para sermos felizes novamente.

Mas desde o dia em que eu entrei nesse fórum e comecei a ler o e-book, as coisas melhoraram um pouco. Hoje eu compartilhei com ela o e-book direcionado às mulheres dos homens viciados em pornografia, para que ela entendesse um pouco do que dizem as pesquisas recentes sobre o assunto.

E obrigado pela ajuda, pois isso me mostra que estou no caminho certo.


Governador escreveu:Amigo francamente, pelo que deu para perceber você está no fundo do poço e seu casamento está por um fio, mas a boa notícia é que você já se informou sobre seu problema, já está tomando as medidas corretas para solucioná-lo e está entre amigos que enfrentaram ou enfrentam o mesmo problema.

Ainda é muito cedo para saber se você está preparado, as chances de você cair de novo no vício são enormes. O que você precisa fazer é ler este artigo que acabei de publicar e instalar bloqueadores em todos os seus aparelhos, porque dai mesmo que chegue aquela vontade louca de ver porno não vai ter como ver. Veja:
https://www.comoparar.com/t5378-aprenda-a-bloquear-seu-computador-celular-definitivamente#125476

Agora algumas perguntas:
1_Você considera sua mulher atraente?
2_Por que ela não te satisfaz?
3_Como anda seu desempenho sexual, tem disfunção erétil?

Se possível de mais informações, como anda seu casamento etc...

Quando se está assim na boca do lobo que é o seu caso amigo, o melhor a se fazer é ir concertando as coisas aos poucos, em todos os sentidos. Não se preocupe, 4 dias já é um excelente percurso, você já está desintoxicado. Daqui 1, 2 semanas as coisas já vão começar a dar uma diferença. Relaxe, de o seu melhor, lembre-se que "do devagar se vai ao longe"

E faça isso em 1° lugar pelo bem de sua família, pense sempre neles!
Não esqueça de ler as Histórias de Sucesso
Sucesso, abraço!
avatar
Vencedor1985
Mensagens : 41
Data de inscrição : 30/06/2017
Localização : Brasília

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

3/7/2017, 15:21
Obrigado, cara.

Farei isso, lutarei com tudo que tiver para desviar esses pensamentos. E, sim, minha filha será um motivador muito importante para eu vencer esse mal.
Como disse, essa é a guerra da minha vida, e estou determinado a vencê-la, custe o que custar.

Abraço.

Spiritum Novus escreveu:Olá, Vencedor!
Seja Bem vindo!

Como disse o Vimes, a parte boa da história é que você já contou pra sua esposa sobre o vício. E aí eu te digo uma coisa que pode ajudar ainda mais: mostra pra ela os vídeos do Gary Wilson no YouTube, mostra pra ela os dramas de quem sofre deste vício, mostra que Terry Crews também sofre deste problema, ou seja, mostra pra ela que não é uma questão de falta de caráter, de "safadeza", é um problema de dependência das descargas de dopamina decorrente da pornografia, da masturbação e das fantasias. Acredito que ela entenderá, mas mostre pra ela que você está empenhado e comprometido em sair deste vício.
Fantasias também são um problema que levam à masturbação. É que o nosso cérebro (nosso "HD") está cheio de imagens e cenas pornográficas ou erótica devido ao uso prolongado que muitas vezes nem precisamos de internet, filmes ou fotos. Por isso, desvie o mais rápido possível o pensamento quando ele vier!
Outra coisa é que você pode usar a sua filha como a melhor motivação pra sair do vício. É o que eu estou fazendo.
Vamos vencer! Conte conosco!
Um forte abraço!

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

avatar
Vencedor1985
Mensagens : 41
Data de inscrição : 30/06/2017
Localização : Brasília

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

3/7/2017, 16:32
Oi, Governador.

Eu já cheguei a ler sobre esse assunto sim. E concordo com você que nem tudo deveria ser compartilhado, mas agora tenho de superar essa situação. Por mais que seja vergonhoso e extremamente difícil, agora estou completamente nu diante dela. Não há nada escondido, o que, psicologicamente, para mim, já é mais um motivador para que eu enfrente com mais afinco essa merda toda. Mas sei que isso jogou mais um peso em cima dela, o que não é justo, eu sei.
Vou conversar com ela com cuidado sobre esse assunto, mostrando o que de fato isso significa. Ela já me perguntou duas vezes se eu sou realmente resolvido quanto a minha sexualidade, e eu deixei claro que sim, explicando as razões que me levaram a esse submundo, de acordo com as informações aprendidas no e-book e com minha própria experiência e percepção. O que posso dizer é que essas informações têm salvado meu casamento, pois sem elas eu estaria completamente perdido agora, não só sobre o que dizer a ela, mas sobre o que pensar sobre mim mesmo.

Estou quase na metade do e-book agora e já identifiquei várias falhas nas minhas tentativas anteriores de libertação do vício.

Governador escreveu:Não sei se você já chegou na parte do ebook que aborda os gostos diferentes de nossa orientação sexual. Nesse trecho é abordado por que héteros acabam por buscar categorias opostas a sua orientação. Isso responde sua maior dúvida e seu maior tormento. Estude isso lá no ebook quando puder.

Eu particularmente não recomendo que você compartilhe tudo com sua mulher, posso estar enganado, mas acho que o papel do homem em uma relação é solucionar problemas, ser forte, ser uma fortaleza para a mulher. Contudo, agora que você abriu o jogo é importante explicar para sua mulher a origem desse gosto por mulheres trans. Leia o ebook de cabo a rabo e vai entender tudo isso, todo viciado passa por essa situação.

Boa sorte, irei acompanhar sua caminhada !



Vencedor1985 escreveu:Olá, Governador. Obrigado pelas dicas.
As coisas se acalmaram um pouco lá em casa. Minha esposa ainda está insegura por causa das minhas revelações. Fomos a uma reunião de casais da igreja de uma amiga no fds passado e um dos temas abordados foi a pornografia. Isso foi importante para que ela falasse da sua insegurança em relação à possível comparação que eu pudesse fazer entre ela e as atrizes pornôs e em relação ao meu desejo estranho por pornô trans. Conversamos bastante e eu expliquei das coisas que tenho aprendido com o e-book, sobre a dopamina e da escalada às profundezas que o vício nos leva.

Respondendo a suas perguntas:

1) Sim, eu acho minha mulher muito atraente. Ela é uma mulher muito bonita e atraente.
2) Na verdade, ela me satisfaz sexualmente. Mas o vício vem de muito tempo, de bem antes do nosso casamento. Passamos por uma fase sexual difícil no início do casamento, que deteriorou bastante as coisas, mas tem melhorado desde o início da crise que falei na primeira mensagem lá em cima.
3) Meu desempenho sexual anda bem, sem disfunção erétil. Mas confesso que há alguns meses eu estava começando a sentir algum reflexo nessa área. Mas cortei o pornô explícito desde fevereiro, o que me ajudou a melhorar muito. O problema se tornaram os pensamentos, as fantasias e imagens eróticas de mulheres de lingerie. O pior mulheres trans de lingerie. Esses se tornaram os substitutos do pornô, que, pelo que eu entendi, usam as mesmas conexões neurais do pornô explícito, impedindo meu reboot.

Meu casamento anda numa fase de melhora, mas, com a minha recaída e o fato de eu não me abrir com ela sobre minhas angústias fez com ela se sentisse traída novamente, retrocedendo muito do esforço que ambos vínhamos fazendo para sermos felizes novamente.

Mas desde o dia em que eu entrei nesse fórum e comecei a ler o e-book, as coisas melhoraram um pouco. Hoje eu compartilhei com ela o e-book direcionado às mulheres dos homens viciados em pornografia, para que ela entendesse um pouco do que dizem as pesquisas recentes sobre o assunto.

E obrigado pela ajuda, pois isso me mostra que estou no caminho certo.


Governador escreveu:Amigo francamente, pelo que deu para perceber você está no fundo do poço e seu casamento está por um fio, mas a boa notícia é que você já se informou sobre seu problema, já está tomando as medidas corretas para solucioná-lo e está entre amigos que enfrentaram ou enfrentam o mesmo problema.

Ainda é muito cedo para saber se você está preparado, as chances de você cair de novo no vício são enormes. O que você precisa fazer é ler este artigo que acabei de publicar e instalar bloqueadores em todos os seus aparelhos, porque dai mesmo que chegue aquela vontade louca de ver porno não vai ter como ver. Veja:
https://www.comoparar.com/t5378-aprenda-a-bloquear-seu-computador-celular-definitivamente#125476

Agora algumas perguntas:
1_Você considera sua mulher atraente?
2_Por que ela não te satisfaz?
3_Como anda seu desempenho sexual, tem disfunção erétil?

Se possível de mais informações, como anda seu casamento etc...

Quando se está assim na boca do lobo que é o seu caso amigo, o melhor a se fazer é ir concertando as coisas aos poucos, em todos os sentidos. Não se preocupe, 4 dias já é um excelente percurso, você já está desintoxicado. Daqui 1, 2 semanas as coisas já vão começar a dar uma diferença. Relaxe, de o seu melhor, lembre-se que "do devagar se vai ao longe"

E faça isso em 1° lugar pelo bem de sua família, pense sempre neles!
Não esqueça de ler as Histórias de Sucesso
Sucesso, abraço!

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

avatar
Vencedor1985
Mensagens : 41
Data de inscrição : 30/06/2017
Localização : Brasília

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

4/7/2017, 17:32
Hoje é o 5º dia do meu processo de reboot. Vou fazer relatos diários nessas primeiras semanas.

Vem em minha mente imagens pornográficas como que em flashes rápidos. Eu procuro afastá-los de imediato, para não alimentá-los. Não sei ainda qual a melhor tática para afastar esses pensamentos de uma forma natural, acabo tendo de praticamente gritar dentro da minha cabeça para que eles saiam imediatamente, pois não são bem-vindos.

A vontade de ver P ou seus substitutos ainda não veio com força para tentar me derrubar. Mas sei que isso não é permanente no começo. Nas outras vezes que tentei parar, esses pensamentos e desejos repentinamente surgiam, depois de uma ou duas semanas, com força, quando eu me deparava com um gatilho ou outro, ou mesmo quando eu achava que estava bem e baixava a guarda.

Ficarei atento dessa vez em tempo integral, pois sei que não sou como os outros homens que podem ver só um pouquinho de mulheres de lingerie por achar bonito. Em mim isso é o gatilho para o processo de queda total. Não há trégua em relação a um inimigo sorrateiro e indigno de confiança.

Abraço.
avatar
Vencedor1985
Mensagens : 41
Data de inscrição : 30/06/2017
Localização : Brasília

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

5/7/2017, 20:44
6º dia.
As coisas andam melhorando lá em casa desde a minha última crise com minha mulher.
Ela me mandou uma mensagem ontem durante o dia dizendo que me amava muito e pediu perdão pelo que havia dito de estar arrependida por estar grávida de mim. Eu chorei com as palavras dela e agradeci a Deus por ter me dada a melhor mulher do mundo como esposa.
Hoje deu um início de gatilho quando fui ao banheiro do trabalho, mas afastei qualquer pensamento de imediato. Ainda está sendo razoavelmente controlável. Espero que eu esteja pronto quando vier a fissura de verdade, pois sei que ela virá cedo ou tarde. Que Deus me dê forças e sabedoria para enfrentar e vencer.
JSAN
JSAN
Mensagens : 3
Data de inscrição : 06/07/2017
Idade : 38

Em busca de uma nova vida Empty Força irmão.

6/7/2017, 11:23
Estamos juntos nessa luta!
Vamos retomar as rédeas da nossa vida!
Vimes
Vimes
Mensagens : 840
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 44
Localização : São Paulo

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

6/7/2017, 18:48
Aê mano, agora que as emoções se acalmaram, as coisas tão se resolvendo com a sua esposa, não é? Ótimo! Very Happy

Continue firme e forte, e se qualquer fissura começar a aparecer... entre no fórum e releia teu próprio diário. Ouvir tuas próprias palavras e se lembrar dos teus sentimentos ao escrevê-las pode dar uma bela ajuda a voltar à realidade.

Vale a pena mano! Very Happy

_______________________________________
Know, of course, your enemy. But in knowing him do not forget above all to know yourself. The commander who embraces this totality of battle shall win, even with the inferior force.

Diário:
https://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

História de Sucesso:
https://www.comoparar.com/t12042-mas-afinal-quem-e-vimes

avatar
Vencedor1985
Mensagens : 41
Data de inscrição : 30/06/2017
Localização : Brasília

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

7/7/2017, 09:59
Ontem se completou uma semana desde minha última recaída. Sinto-me mais limpo e vivo hoje. É como se a minha vida, enfim, estivesse entrando nos eixos, após anos de descontrole.
Não é o maior tempo que fico sem PM, mas desta vez sinto que será diferente. Não que será mais fácil, mas sei que tenho uma estratégia, algumas táticas e ferramentas que me darão maiores possibilidades de vitória.
Ontem alguns pensamentos quiseram invadir minha mente, mas consegui afastá-los com algum esforço.
Dessa vez não foi tão fácil assim, mas foi mais uma batalha vencida. E de batalha em batalha é que se ganha a guerra.
Força e fé na jornada.

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

avatar
Vencedor1985
Mensagens : 41
Data de inscrição : 30/06/2017
Localização : Brasília

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

7/7/2017, 16:53
Olá, Governador.
Obrigado por acompanhar meu relatos.

Conheci minha mulher durante a adolescência na igreja em que congregávamos à época. Tivemos uma paixão platônica durante essa fase e um curto namoro um tempo depois, o qual não durou por minha culpa. Eu era um cara muito tímido e ansioso naquela época e não sabia como me relacionar amorosamente. Eu não dava a atenção que ela merecia e, para piorar, já estávamos morando em cidades diferentes por causa da faculdade.
Reencontramo-nos já adultos e, por um incrível conjunto de fatos sucessivos e favoráveis, começamos a sair, a ficar, a namorar e, depois de dois anos desse reencontro, veio o casamento.

Ela era virgem quando nos casamos, mas eu não. Por outro lado, eu já era viciado em pornografia e já tentava vencer esse mal. No início consegui ficar três meses sem acessar nada, mas não deixava a M e as fantasias de lado. Ou seja, não estava realmente me livrando do vício. Tanto é que, depois que cai, não consegui ficar mais do que uma semana sem PMO.

Ela não se sentia muito confortável com o sexo no começo e eu não tinha nem maturidade nem paciência para entender o lado dela. Com isso, arrumava mais desculpas para justificar meu vício.
A coisa foi avançando e, depois de uns 10 meses de casamento, tive contato com P trans, o que foi devastador para minha auto-estima e para meu casamento. Eu fui mergulhando cada vez mais no vício e o nosso relacionamento sexual e conjugal só foi piorando.

Hoje vejo que PMO foram as causas de muitas das mudanças para pior da minha personalidade. Eu não era uma pessoa capaz de trair minha mulher. Mas fiz isso. Não cheguei às vias de fato, mas troquei mensagens com outra mulher com essa intenção em mente. Arrependo-me muito de ter feito isso, mas já consegui me perdoar e sei que não sou mais essa pessoa.

As coisas lá em casa estão voltando a ficar bem. Ela voltou a ser doce comigo e eu tenho sido mais companheiro com ela. Eu a amo e a desejo muito. Ela está grávida de 5 meses e fazemos sexos com certa regularidade. Desde a minha queda não fizemos novamente, o que já faz uma semana, mas isso deve ocorrer em breve.

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

avatar
Vencedor1985
Mensagens : 41
Data de inscrição : 30/06/2017
Localização : Brasília

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

10/7/2017, 00:16
Dez dias completos de reboot. As coisas andam razoavelmente controladas, sem PMO. Não tenho tido vontades de acessar o tipo de conteúdo que eu vinha acessando por anos.
Também tenho mantido a vigilância sobre meus pensamentos para que não caia na besteira de dar asas a eles. Eu também tenho tomado consciência de que essa luta é permanente. Não haverá um dia em que eu poderei dizer: vai lá, cara, você está limpo; pode consumir só um pouquinho para provar isso.A verdade é que isso não existe, e é melhor eu aceitar logo e sempre afastar esse tipo de pensamento.
Fiquei um pouco irritado com minha mulher hoje. Ela tem algumas alterações de humor, creio que por causa dos hormônios, e, às vezes, me responde de um jeito não muito amigável. Antes isso seria uma desculpa para eu me aliviar na PMO, mas não dessa vez.
Segurando firme e forte.
Rumo a uma vida livre.
avatar
Vencedor1985
Mensagens : 41
Data de inscrição : 30/06/2017
Localização : Brasília

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

12/7/2017, 23:20
Treze dias longe de qualquer contato com PMO. Os pensamentos têm vindo, mas não tenho dado condições de prosperar. Estou sempre vigilante para não ceder à mais pequena fantasia que possa surgir em minha cabeça, pois esse era e ainda é meu maior desafio: afastar-me da pornografia que está gravada em minha memória.
Entro diariamente no fórum e leio as histórias e angústias dos outros participantes. Identifico-me com muitas delas e fico muito feliz quando muitos dos colegas relatam o quanto estão bem agora, depois de um longo tempo distante desse mal que é a pornografia.
Quase duas semanas. O caminho é longo, mas sinto que chegarei ao final vitorioso.
Broda
Broda
Mensagens : 1972
Data de inscrição : 11/12/2015

Em busca de uma nova vida Empty Re: Em busca de uma nova vida

13/7/2017, 23:13
Boa Bro!

Estamos praticamente juntos em questão de tempo de reboot. Forças que o melhor está por vir!

Abração!
Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos