Sun&Peace - Diário

+10
5&4
Night King
Antônio71
Sheik_
Brit
Chabal
ReestruturaçãoPessol
Ragnar Lothbrok
M.V
sun&peace
14 participantes
Ir para baixo
sun&peace
sun&peace
Mensagens : 31
Data de inscrição : 14/08/2017

Sun&Peace - Diário Empty Sun&Peace - Diário

16/8/2017, 13:51
Primeiramente, faço questão em agradecer aos idealizadores deste forum e a todos que com ele contribuem. Prestam um enorme serviço e apoio a todos aqueles que se deixaram conduzir por este vício terrível. Um vício que dá origem a uma doença que destroi vidas no campo pessoal, profissional, social e sexual. É uma calamidade para a qual a sociedade ainda é muito branda e não tem a real noção da dimensão do problema (atual e futuro). Quando estas gerações mais novas começarem a enfrentar diversos problemas devido á P, o alarme irá soar e forte pois os números serão bastante expressivos. Para agravar, as pessoas que sofrem com esta doença quase não têm a quem recorrer, uma vez que a enorme maioria dos profissionais de saúde mental (psiquiatras, terapeutas etc) estão totalmente despreparados para lidar com o problema. Muitos de nós começaram este vício em criança/adolescente, é uma luta que não é nada fácil. Por tudo isso, este forum é extremamente bem-vindo e uma tábua de salvação para muitos. Muito obrigado!

Já tentei escrever várias vezes a minha apresentação para construir um diário. É algo muito duro para mim, nas outras tentativas me senti aliviado por apagar o texto como se quisesse apagar isso da minha memória....mas vamos lá.

Comecei consumindo porno na pré-adolescência de uma forma intuitiva e sem entender (ainda hoje) o que me fascinou tanto nas primeiras revistas que encontrei. Desenvolvi muito cedo o meu ritual de M com longas e demoradas sessões. Eram o meu refúgio para aliviar também várias questões familiares que não eram fáceis para mim. Assistia os filmes eróticos que passavam na TV e fui locando alguns filmes pornos nas locadoras que não solicitavam o RG (era menor). Quando fui me aproximando da maioridade, eu simplesmente locava todos os P de várias locadoras. Chegava a locar pela segunda ou terceira vez o mesmo filme.

Nessa fase não deixava de ter vida social e de participar em várias atividades. Ficava com garotas pois sempre fiz bastante sucesso, era dos mais disputados da classe e das outras atividades que participava. Contudo, com o tempo, o meu interesse em ficar com garotas reais já era bem menor que o meu interesse pelo PMO. Os meus amigos começavam os primeiros namoros sérios e primeiras transas e eu ficando para trás. Até que, com cerca de 18 ou 19 anos, decidi tirar esse atraso com uma prostituta. Foi a minha primeira DE de muitas - falhei. Achei que seria normal eu não ter conseguido na primeira vez com uma mulher mecânica, bastante usada e com pouca beleza. Criei a primeira desculpa para mim mesmo mas esse acontecimento, de certa maneira, me marcou para o futuro.

Continuei com P em níveis cada vez mais altos e já experimentanto alguns filmes bizarros e de orientação sexual diferente daquela que eu julgava ser a minha. Os filmes de travestis já exerciam sobre mim um enorme fascínio. Hoje entendo que isso se deve a querer subir cada vez mais a adrenalina e dopamina. Fui experimentando alguns namoros e ficanços esporádicos com garotas e, com algumas delas, eu arrisquei transar - falhei com todas! Eu já sofria de DE provocada pelo P mesmo antes de ter a minha primeira transa - o que é algo bem triste.

O PMO passou sendo, cada vez mais, o meu refúgio. Preferia não arriscar com garotas reais e conhecidas para evitar exposição caso eu falhasse. Não queria que descobrissem que aquele cara fodão, afinal era um broxa. Entre arriscar e falhar e o PMO, eu preferia o PMO. Perdi a chance de namorar muitas e belas garotas que queriam namorar comigo, muitas delas estavam apaixonadas por mim. Foi nessa fase que muitos amigos iniciaram longos namoros, que depois resultaram em casamento e família com as mulheres da vida deles. Eu fiquei de fora dessa.

A internet veio aumentar e muito o meu problema. Com a internet de alta velocidade e com o facto de começar morando sozinho, a tempestade perfeita ficou montada. Aquele P mais bizarro que nem sempre estava disponível na locadora, estava agora plenamente disponível e inesgotável. A categoria de travestis continuava se destacando. O passo seguinte foi, talvez, o pior que poderia ter dado. Comecei interagindo com outros apreciadores dessa categoria na internet e comecei conhecendo os "atores/atrizes" na vida real em programas e baladas. Desci ao undergorund dos undergrounds. Passei quase tendo uma vida dupla, saía de ambientes de patricinhas com os amigos para fugir para o submundo. Me arrependia muito e pretendia sempre deixar esse mundo para ter um relacionamento com uma garota e ser feliz.

Com a popularização do viagra e cialis, ganhei mais coragem e arrisquei com algumas garotas. Reparei que de DE passei para ER, algo que ainda hoje me persegue. Fiquei com algumas garotas lindas, me apaixonei por algumas mas não gozava nunca. Em muitos casos simulei orgasmos - o que é bem triste. O que mais queria era ter uma namorada, um relacionamento, amor etc mas não conseguia avançar por incapacidade psicológica e física da minha parte - isso me deixou e deixa muito angustiado.
O PMO continuava sempre forte. Tive também curiosidade para conhecer o mundo do swing e levei algumas ficantes para esse meio. Tomava um cialis ou viagra e tentava colocar em prática os fetshes que eu assistia nos filmes. Hoje está muito claro para mim o que eu buscava quando fui conhecer travestis e clubes de swing na vida real. Foi o passo seguinte de PMO, subir mais a dopamina. Eu continuava gozando na M mas com as cenas ao vivo. Era um filme porno mas na vida real.

Tirando um período curto e específico da minha vida - onde estive mais afastando do PMO (não por acaso) - eu quase nunca tive relações sexuais satisfatórias: ou tive DE ou ER. Os fetishes da vida real eram como PMO. Era isso e hoje está bastante claro na minha mente. Tenho milhares de situações para contar (infelizmente) mas o texto já vai longo e gostaria de passar para o meu momento atual.

Por uma circunstância específica, há cerca de 2 anos eu fiquei sem PMO por uns 30 dias e foram 30 dias muito importantes e prazerosos para mim. Infelizmente caí logo em seguida. Nestes últimos 2 anos mantive o PMO mas reduzi bastante os encontro reais e os fetishes (umas 2 ou 3 vezes).

Agora encontrei este forum, estou saindo com uma garota e quero mudar de vez a minha vida, quero finalmente ter vida depois de todos estes anos na escuridão. Tenho bloqueadores instalados, trabalho muitas vezes de casa mas tenho tudo bloqueado (computador, roteador, celular etc), estou mentalizado que P será para sair da minha vida para sempre. Estou há 21 dias sem PMO, não sinto vontade de P nem de fetishes na vida real. O reboot é a minha última saída, já passei por terapia onde não senti abertura total para expor o meu problema mas também não senti empatia nem capacidade por parte dos médicos. Só Deus sabe o que tenho sofrido e o quanto eu quero mudar. Quero ser forte e conseguir. Hoje espero começar a leitura do E-book.

Agradeço muito este espaço de partilha, espero conseguir motivação para o manter atualizado. E contem também com o meu apoio!









M.V
M.V
Mensagens : 1799
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 41

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

16/8/2017, 20:04
Olá sun&peace

Seja bem vindo ao Fórum.

Nossa recomendação é que você leia o e-book assista aos vídeos do Dr. Gary Wilson e internalize todo o processo do reboot. Ficar livre do vício não é fácil, mas é perfeitamente possível. As histórias são parecidas e sabemos o quanto a pmo é destrutivo, mas mantenha-se focado no reboot que terás vitória, os primeiros dias são os mais difíceis, porém isso vai diminuindo ao longo do reboot. Os resultados vão acontecendo conforme o passar do reboot, isso é variável de pessoa para pessoa conforme seu histórico com o vício em pmo.


Abçs

Sucesso!!!

_______________________________________
Montanha reboot escalada a partir de  Sab 26 Out /2019 - 11:30:
1 montanha (90 dias)

" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ... (ANTONIO71)

"DESPRESSURIZE SUA MENTE DO PRAZER ENGANOSO DA PMO"

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

Ragnar Lothbrok
Ragnar Lothbrok
Mensagens : 20
Data de inscrição : 08/08/2017

Sun&Peace - Diário Empty Re:Sun&Peace

17/8/2017, 09:52
Sun&Peace, me identifico com seu relato em alguns pontos, principalmente com relação à escalada do vício e a fixação em travestis. Nos últimos 4 anos de pornografia só tenho assistido e me excitado com vídeos de travestis, fato contrário a minha orientação sexual.

Como você mesmo disse, já ficou 30 dias longe do vício e experimentou uma melhora de vida considerável. Tal fato deve ser sua maior motivação no processo de reboot. Ainda não consegui um tempo tão longo (meu recorde foram 10 dias), mas pelo seu e diversos outros relatos vejo que o reboot realmente funciona.

Sorte na caminhada

Abraços

.


_______________________________________


Meu diário: https://www.comoparar.com/t5586-diario-de-ragnar-o-deturpado
avatar
ReestruturaçãoPessol
Mensagens : 12
Data de inscrição : 23/07/2017
Idade : 23

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

17/8/2017, 10:35
Parabéns, amigo !
Agora você está no caminho certo para começar o reboot.
sun&peace
sun&peace
Mensagens : 31
Data de inscrição : 14/08/2017

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

17/8/2017, 11:08
Obrigado MV, Ragnar e Reestruturação pelas respostas, conselhos e força!

MV: Queria ter começado ontem o Ebook mas vai ser hoje que vou iniciar com certeza. Na verdade tenho lido muito o forum, tenho investido algumas horas recolhendo experiências e conselhos por aqui. Mas o Ebook será importante e quero começar logo. Este forum será a minha terapia e fico muito, mas muito, grato por todos os conselhos e incentivos.

Ragnar: Um dos pontos que reparei quando comecei lendo as experiêncas de outros parceiros aqui no forum, foi o facto de vários relatarem que se viciaram em vídeos com travestis. Tal como eu. Eu ainda dei um passo maior e trouxe esses fetishes para a minha vida real. Á medida que leio mais o forum e entendo o processo do vício em P, fica clara para mim a explicação para esse vício em travestis: avançar para P mais hard, mais dopamina, mais adrenalina, sensação maior de perigo, curiosidade pelo proibido, perversão maior etc etc Caso me permita um conselho baseado na minha experiência, saia dessa e NUNCA tente trazer esse mundo para a sua vida real. É um meio que não tem uma única coisa boa, só desgraça. É a cave do fundo do poço. Tente, pelo menos e como primeiro passo, anular essa categoria de P.
E muito obrigado pela sua força. Fiquei 30 dias e foram ótimos. Quero agora ficar livre disto para sempre. E tenho a certeza que você também tem todas as condições para se livrar. Força para nós!

Reestruturação: Muito obrigado pela força! Estou há 22 dias sem PMO e espero continuar assim para sempre :-)

_______________________________________



SEM PM desde 06 Outubro de 2017

Primeira Tentativa: 77 dias

DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t5617-sunpeace-diario
sun&peace
sun&peace
Mensagens : 31
Data de inscrição : 14/08/2017

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

17/8/2017, 11:23
Olá,

Gostaria de deixar uma referência e que foi mais uma coisa que me ajudou a entender que eu estava (e ainda estou) com um problema bastante sério. Assisti um filme que, em muitos pontos, parecia a história da minha vida. Foi algo assustador de assistir, uma porrada. É um excelente filme mas pesado e duro....mais ainda para nós que estamos nesta situação. Alguém já assistiu ao filme SHAME com o Michael Fassbender? Possivelmente já referiram esse filme por aqui.

Recomendo a todos que procuram entender a dimensão do problema. Tentei uma vez um terapeuta especializado na parte sexual e, para atalhar a minha história, eu lhe disse "eu sou o cara do filme Shame". O psicologo não conhecia esse filme, o que foi logo o primeiro ponto negativo para ele. Considero esse filme obrigatório para quem trabalha nessa área. E, como esperado, esse psicologo (que era absurdamente caro) não ajudou em absolutamente nada o meu problema.

_______________________________________



SEM PM desde 06 Outubro de 2017

Primeira Tentativa: 77 dias

DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t5617-sunpeace-diario
Chabal
Chabal
Mensagens : 213
Data de inscrição : 19/07/2017
Idade : 48

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

17/8/2017, 11:55
Conheço o filme.
Mas não recomendo ninguém que está aqui no fórum a assistir. A menos que ainda não tenham começado o reboot.
Realmente a estória do filme reflete muitos de nós aqui.
Mas o filme é cheio de gatilhos! Um risco para nós.

_______________________________________
sun&peace
sun&peace
Mensagens : 31
Data de inscrição : 14/08/2017

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

17/8/2017, 15:28
Chabal escreveu:Conheço o filme.
Mas não recomendo ninguém que está aqui no fórum a assistir. A menos que ainda não tenham começado o reboot.
Realmente a estória do filme reflete muitos de nós aqui.
Mas o filme é cheio de gatilhos! Um risco para nós.

Sim, verdade Chabal. Pode funcionar como gatilho para alguns. No meu caso, funcionou exatamente de forma inversa - as cenas, que possam estar associadas a sexo, só me causaram sofrimento e nenhum prazer ou excitação. Eu sabia exatamente o que esse cara estava sofrendo. Esse filme foi um alerta e um reforço importante para eu concluir que estava com um problema muito sério. Foi uma porrada e um incentivo importante para eu buscar um tratamento. Pouco depois de assistir esse filme eu decidi procurar um psicólogo. Que nada me ajudou.....

_______________________________________



SEM PM desde 06 Outubro de 2017

Primeira Tentativa: 77 dias

DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t5617-sunpeace-diario
Brit
Brit
Mensagens : 1059
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

17/8/2017, 16:13
Olá Sun&Peace! Bem vindo brother!

Sei como é difícil expor coisas tão íntimas... obrigado por compartilhar isso tudo com a gente, por confiar em nós. Como vc disse, eu tbém passei por umas dificuldades que não compreendia e jamais achei que outros caras pudessem estar passando pelas mesmas coisas, e foi muito bom encontrar esse espaço.

Reforço as ideias iniciais que o pessoal recomendou...

Eu tbém procrastinava muito as coisas e a leitura do e-book foi demorada, mas é um material muito bom mesmo e que me ajuda demais, pois vi a minha vida escrita ali... ele é feito para caras como nós, então mesmo com preguiça vá lendo um capítulo por dia que isso já é melhor do que nada e leva uns 10 minutos...

Além disso se livre de todo material P que vc possua e instale bloqueadores.

Depois compartilha com a gente como vc tem ocupado o seu tempo... é preciso preencher o espaço que a P tinha em nossas vidas com coisas saudáveis e que gerem dopamina, isso é fundamental.

Um abraço! Força!

_______________________________________
Recomeçar - relato do meu 90º dia de reboot:
https://www.comoparar.com/t4440p525-diario-do-brit#136565
Meu diário:
https://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
sun&peace
sun&peace
Mensagens : 31
Data de inscrição : 14/08/2017

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

17/8/2017, 16:33
Muito obrigado Brit pelo acolhimento! Você sabe o quanto isso é importante para nós. Aqui encontrei, finalmente, gente que entende perfeitamente o meu problema. Finalmente encontrei este espaço.

Vou comerçar o ebook com certeza. Desde que descobri este forum, o tempo que eu passava em PMO foi transferido para a leitura de tantos relatos e conselhos. Tenho investido algumas horas nisso e tem sido muito útil.

Quanto aos bloqueadores, está tudo bloqueado. Parte eu instalei, outra parte foi mesmo um técnico. Computador, roteador e celular com bloqueadores. Por sorte, sou bem ruim em tecnologia e com preguiça para aprender. Não faço ideia de como contornar os bloqueios - o que é ótimo :-)
Não tenho qualquer material de P comigo, tinha um HD com bastante P e não estava conseguindo apagar ou formatar. Foi no martelo mesmo...destruí o hd até ficar sem utilização :-)

Vou começar a postar em forma de diário que também será uma ajuda para mim. Tenho trabalhado e praticado esporte (academia, corrida etc). Gostaria de encontrar uma outra atividade, talvez melhorar uma língua estrangeira. Mas tenho-me também dedicado a uma garota com quem tenho saído, é um dos assuntos sobre os quais sinto necessidade de desabafar. Escreverei sobre isso em breve.

Um abraço!

_______________________________________



SEM PM desde 06 Outubro de 2017

Primeira Tentativa: 77 dias

DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t5617-sunpeace-diario
Brit
Brit
Mensagens : 1059
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

17/8/2017, 16:41
Obrigado pelo retorno positivo mano, sim tem sido mto importante esse apoio pra mim tbém.

Mandou bem, chamou até técnico de TI e mandou o destruiu o HD externo na martelada haha

Sou bem inexperiente com garotas, vou acompanhar teu diário, tenho certeza que aprenderei bastante contigo.

Um abraço!

_______________________________________
Recomeçar - relato do meu 90º dia de reboot:
https://www.comoparar.com/t4440p525-diario-do-brit#136565
Meu diário:
https://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
Sheik_
Sheik_
Mensagens : 125
Data de inscrição : 18/07/2017

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

18/8/2017, 05:45
Cara, me identifiquei bastante com seu relato. Meu vício também me levou a ver vídeos de travestis e eu eu acabei tendo duas experiências reais com travestis, que não foram nada legais. Realmente, esse submundo é desprezível. Parabéns pelo empenho, muitos insistem em não instalar bloqueadores, arrumam desculpas, etc. Você fez algo que quase ninguém aqui pensou: já que não entende de tecnologia, contratou um técnico para fazer os bloqueios. Parabéns e sucesso na jornada.

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t5463-diario-do-sheik

1ª tentativa: 81 dias sem PMO
2ª tentativa: 43 dias sem PMO
3ª tentativa: 98 dias sem PMO
4ª tentativa: 10 dias sem PMO
5ª tentativa: 27 dias sem PMO
6ª tentativa: 26 dias sem PMO
7ª tentativa: 25 dias sem PMO
8ª tentativa: 100 dias sem PMO
9ª tentativa: 14 dias sem PMO (*)
(*) recaída sem MO.

Maior tempo sem sexo: 67 dias
Maior tempo sem orgasmo (hard mode): 50 dias
Maior tempo sem masturbação: 69 dias
Sem PMO desde: 11/04/2018
Sem MO desde: 18/06/2018

sun&peace
sun&peace
Mensagens : 31
Data de inscrição : 14/08/2017

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

18/8/2017, 14:14
Olá Sheik,

Obrigado pelo seu comentário! O seu diário foi dos que mais me chamou a atenção precisamente por essa questão dos travestis. Para mim, é um meio que significa o fim, o mais baixo que se poderá descer. Por isso, recomendo a todos a nunca se fixarem nessa categoria de P. Aqueles que têm ainda dificuldade em deixar o P, pelo menos que não assistam a essa categoria. É o meu conselho.

Vou acompanhar o seu diário sempre, muito obrigado pela força e conte comigo também!

_______________________________________



SEM PM desde 06 Outubro de 2017

Primeira Tentativa: 77 dias

DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t5617-sunpeace-diario
Antônio71
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1141
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 50

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

18/8/2017, 14:33
Parabéns, Sun&Pearce, você já está há 23 dias sem PM O que é um grande marco. Depois dos 15 dias fica tudo muito mais fácil. Agora é só ter um pouquinho mais de persistência e a vitória será certa!

_______________________________________
Night King
Night King
Mensagens : 94
Data de inscrição : 17/08/2017
Idade : 34
Localização : The Lands Of Always Winter

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

18/8/2017, 16:24
Como disse nosso amigo @Antônio71,  persistência que a vitória será certa! Wink

_______________________________________
Abraços,  Night King.

1º Reboot - 276 dias (Sem P e M).

sun&peace
sun&peace
Mensagens : 31
Data de inscrição : 14/08/2017

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

21/8/2017, 12:46
Muito obrigado Antônio e Night King! A vossa força é uma inspiração! Espero poder também transmitir essa motivação. Abraço!

_______________________________________



SEM PM desde 06 Outubro de 2017

Primeira Tentativa: 77 dias

DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t5617-sunpeace-diario
sun&peace
sun&peace
Mensagens : 31
Data de inscrição : 14/08/2017

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

21/8/2017, 22:17
Estou no dia 26 do RB e há uma questão para a qual gostaria de ter a vossa opinião.

Não tenho tido vontade alguma de P, cada vez fico mais consciente do quanto me prejudicou esse lixo e quero muita distância. Pelo menos, ainda não tive alguma fissura ou fiquei desesperado por P. Passam algumas imagens pela minha mente mas tendem a sumir e eu dou pouca importância a elas. Contudo, já fiquei 30 dias antes sem P e caí de novo nesse lixo. Mas não conhecia o forum nem este método, penso que agora estou bem mais sério no assunto e na vontade de tirar o P da minha vida. Estou também sem M e nem tenho sentido necessiade. Ajuda estar num relacionamento, com algumas transas ou tentativas de transa - cialis e ER mas estou tentado que a situação melhore durante o rb. Para já tem sido pouco satisfatório para mim. Mas penso que tem me ajudado bastante no rb.

A minha questão é sobre os gatilhos. Eu penso que a minha mente está ainda tão poluída pelo P mais hard e de generos mais pesados que os gatilhos "soft" não despertam em mim reação. Assistir uma garota em biquini no site do uol ou assitir o Panico pouco ou nada desperta em mim. Poderá parecer um sinal positivo mas, na minha opinião, é algo ainda de negativo. Estou certo que se asistir a uma cena soft mas, relacionada com algum dos meus fetishs, eu aí já começarei fantasiando e construindo cenas mentalmente. Ainda vou precisar de algum tempo para esquecer esses fetishs, limpar eles da minha cabeça. Ainda tenho um gosto sofisticado no que respeita a P e erotismo. O que ainda é algo bastante perigoso. Quando começar ficando preocupado com gatilhos mais soft que possa achar em sites como o uol e parecidos, penso que poderá ser um bom sinal. Estarei caminhando para situações mais simples e menos sofisticadas sexualmente. Espero que a limpeza seja geral mas sei que ainda vai demorar. Estou me dedicando ao máximo para encontrar a minha cura.

Alguém passou ou passa pelo mesmo? Gatilhos soft pouco ou nada despertam? Com o tempo de rb surgem? Ou a tendencia será todos sumirem no mesmo tempo?
5&4
5&4
Admin
Admin
Mensagens : 2989
Data de inscrição : 18/08/2017
Localização : Battlefield - Vencer é uma questão de escolha!

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

22/8/2017, 11:23
sun&peace escreveu:Primeiramente, faço questão em agradecer aos idealizadores deste forum e a todos que com ele contribuem. Prestam um enorme serviço e apoio a todos aqueles que se deixaram conduzir por este vício terrível. Um vício que dá origem a uma doença que destroi vidas no campo pessoal, profissional, social e sexual. É uma calamidade para a qual a sociedade ainda é muito branda e não tem a real noção da dimensão do problema (atual e futuro). Quando estas gerações mais novas começarem a enfrentar diversos problemas devido á P, o alarme irá soar e forte pois os números serão bastante expressivos. Para agravar, as pessoas que sofrem com esta doença quase não têm a quem recorrer, uma vez que a enorme maioria dos profissionais de saúde mental (psiquiatras, terapeutas etc) estão totalmente despreparados para lidar com o problema. Muitos de nós começaram este vício em criança/adolescente, é uma luta que não é nada fácil. Por tudo isso, este forum é extremamente bem-vindo e uma tábua de salvação para muitos. Muito obrigado!

Já tentei escrever várias vezes a minha apresentação para construir um diário. É algo muito duro para mim, nas outras tentativas me senti aliviado por apagar o texto como se quisesse apagar isso da minha memória....mas vamos lá.

Comecei consumindo porno na pré-adolescência de uma forma intuitiva e sem entender (ainda hoje) o que me fascinou tanto nas primeiras revistas que encontrei. Desenvolvi muito cedo o meu ritual de M com longas e demoradas sessões. Eram o meu refúgio para aliviar também várias questões familiares que não eram fáceis para mim. Assistia os filmes eróticos que passavam na TV e fui locando alguns filmes pornos nas locadoras que não solicitavam o RG (era menor). Quando fui me aproximando da maioridade, eu simplesmente locava todos os P de várias locadoras. Chegava a locar pela segunda ou terceira vez o mesmo filme.

Nessa fase não deixava de ter vida social e de participar em várias atividades. Ficava com garotas pois sempre fiz bastante sucesso, era dos mais disputados da classe e das outras atividades que participava. Contudo, com o tempo, o meu interesse em ficar com garotas reais já era bem menor que o meu interesse pelo PMO. Os meus amigos começavam os primeiros namoros sérios e primeiras transas e eu ficando para trás. Até que, com cerca de 18 ou 19 anos, decidi tirar esse atraso com uma prostituta. Foi a minha primeira DE de muitas - falhei. Achei que seria normal eu não ter conseguido na primeira vez com uma mulher mecânica, bastante usada e com pouca beleza. Criei a primeira desculpa para mim mesmo mas esse acontecimento, de certa maneira, me marcou para o futuro.

Continuei com P em níveis cada vez mais altos e já experimentanto alguns filmes bizarros e de orientação sexual diferente daquela que eu julgava ser a minha. Os filmes de travestis já exerciam sobre mim um enorme fascínio. Hoje entendo que isso se deve a querer subir cada vez mais a adrenalina e dopamina. Fui experimentando alguns namoros e ficanços esporádicos com garotas e, com algumas delas, eu arrisquei transar - falhei com todas! Eu já sofria de DE provocada pelo P mesmo antes de ter a minha primeira transa - o que é algo bem triste.

O PMO passou sendo, cada vez mais, o meu refúgio. Preferia não arriscar com garotas reais e conhecidas para evitar exposição caso eu falhasse. Não queria que descobrissem que aquele cara fodão, afinal era um broxa. Entre arriscar e falhar e o PMO, eu preferia o PMO. Perdi a chance de namorar muitas e belas garotas que queriam namorar comigo, muitas delas estavam apaixonadas por mim. Foi nessa fase que muitos amigos iniciaram longos namoros, que depois resultaram em casamento e família com as mulheres da vida deles. Eu fiquei de fora dessa.

A internet veio aumentar e muito o meu problema. Com a internet de alta velocidade e com o facto de começar morando sozinho, a tempestade perfeita ficou montada. Aquele P mais bizarro que nem sempre estava disponível na locadora, estava agora plenamente disponível e inesgotável. A categoria de travestis continuava se destacando. O passo seguinte foi, talvez, o pior que poderia ter dado. Comecei interagindo com outros apreciadores dessa categoria na internet e comecei conhecendo os "atores/atrizes" na vida real em programas e baladas. Desci ao undergorund dos undergrounds. Passei quase tendo uma vida dupla, saía de ambientes de patricinhas com os amigos para fugir para o submundo. Me arrependia muito e pretendia sempre deixar esse mundo para ter um relacionamento com uma garota e ser feliz.

Com a popularização do viagra e cialis, ganhei mais coragem e arrisquei com algumas garotas. Reparei que de DE passei para ER, algo que ainda hoje me persegue. Fiquei com algumas garotas lindas, me apaixonei por algumas mas não gozava nunca. Em muitos casos simulei orgasmos - o que é bem triste. O que mais queria era ter uma namorada, um relacionamento, amor etc mas não conseguia avançar por incapacidade psicológica e física da minha parte - isso me deixou e deixa muito angustiado.
O PMO continuava sempre forte. Tive também curiosidade para conhecer o mundo do swing e levei algumas ficantes para esse meio. Tomava um cialis ou viagra e tentava colocar em prática os fetshes que eu assistia nos filmes. Hoje está muito claro para mim o que eu buscava quando fui conhecer travestis e clubes de swing na vida real. Foi o passo seguinte de PMO, subir mais a dopamina. Eu continuava gozando na M mas com as cenas ao vivo. Era um filme porno mas na vida real.

Tirando um período curto e específico da minha vida - onde estive mais afastando do PMO (não por acaso) - eu quase nunca tive relações sexuais satisfatórias: ou tive DE ou ER. Os fetishes da vida real eram como PMO. Era isso e hoje está bastante claro na minha mente. Tenho milhares de situações para contar (infelizmente) mas o texto já vai longo e gostaria de passar para o meu momento atual.

Por uma circunstância específica, há cerca de 2 anos eu fiquei sem PMO por uns 30 dias e foram 30 dias muito importantes e prazerosos para mim. Infelizmente caí logo em seguida. Nestes últimos 2 anos mantive o PMO mas reduzi bastante os encontro reais e os fetishes (umas 2 ou 3 vezes).

Agora encontrei este forum, estou saindo com uma garota e quero mudar de vez a minha vida, quero finalmente ter vida depois de todos estes anos na escuridão. Tenho bloqueadores instalados, trabalho muitas vezes de casa mas tenho tudo bloqueado (computador, roteador, celular etc), estou mentalizado que P será para sair da minha vida para sempre. Estou há 21 dias sem PMO, não sinto vontade de P nem de fetishes na vida real. O reboot é a minha última saída, já passei por terapia onde não senti abertura total para expor o meu problema mas também não senti empatia nem capacidade por parte dos médicos. Só Deus sabe o que tenho sofrido e o quanto eu quero mudar. Quero ser forte e conseguir. Hoje espero começar a leitura do E-book.

Agradeço muito este espaço de partilha, espero conseguir motivação para o manter atualizado. E contem também com o meu apoio!

Oi amigo,

Só passando aqui para avisar que você não está sozinho nessa batalha. Estamos todos juntos, no mesmo barco, no mesmo propósito. Com o apoio um dos outros vamos vencer esse tormento e adquirir a capacidade de "andar sobre as águas" sem que nos afundemos em nenhum instante. Até mais!
sun&peace
sun&peace
Mensagens : 31
Data de inscrição : 14/08/2017

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

22/8/2017, 16:12
Muito obrigado Rapha Sanz! tenho lido o seu diário e digo o mesmo, conte comigo por favor! Estamos aqui para nos apoiarmos e juntos iremos sair desta! Vamos acreditar!!!

_______________________________________



SEM PM desde 06 Outubro de 2017

Primeira Tentativa: 77 dias

DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t5617-sunpeace-diario
Guy Fawkess
Guy Fawkess
Mensagens : 79
Data de inscrição : 02/08/2017

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

22/8/2017, 16:30
Nao, nao passei por isso. Também tenho um gosto obscuro para pornografia, mas tudo em geral me leva a P. Uma photo de um decote mais generoso, me lembra uma pornstar mais famosa, que lembra outra cena mais hardcore que lembra outro fetiche mais obscuro...

Mas eu tenho lido muitos relatos e estudado bastante os diferentes casos. O que eu entendi é que o reboot é cheio de fases e que cada um reage de uma maneira. Isso que voce está passando, por pouco sensibilidade a gatilhos mais softs pode ser que seja algo que eu venha passar, ou nao. Na minha opiniao isso pode ser algo mais passageiro no seu caso, mas é difícil dizer dada a diversidade desses inúmeros relatos que vemos por aqui.

Conselho: Na dúvida nao se exponha, sei que isso é impossível. Mas tente diminuir a exposicao ao máximo...

sun&peace escreveu:Estou no dia 26 do RB e há uma questão para a qual gostaria de ter a vossa opinião.

Não tenho tido vontade alguma de P, cada vez fico mais consciente do quanto me prejudicou esse lixo e quero muita distância. Pelo menos, ainda não tive alguma fissura ou fiquei desesperado por P. Passam algumas imagens pela minha mente mas tendem a sumir e eu dou pouca importância a elas. Contudo, já fiquei 30 dias antes sem P e caí de novo nesse lixo. Mas não conhecia o forum nem este método, penso que agora estou bem mais sério no assunto e na vontade de tirar o P da minha vida. Estou também sem M e nem tenho sentido necessiade. Ajuda estar num relacionamento, com algumas transas ou tentativas de transa - cialis e ER mas estou tentado que a situação melhore durante o rb. Para já tem sido pouco satisfatório para mim. Mas penso que tem me ajudado bastante no rb.

A minha questão é sobre os gatilhos. Eu penso que a minha mente está ainda tão poluída pelo P mais hard e de generos mais pesados que os gatilhos "soft" não despertam em mim reação. Assistir uma garota em biquini no site do uol ou assitir o Panico pouco ou nada desperta em mim. Poderá parecer um sinal positivo mas, na minha opinião, é algo ainda de negativo. Estou certo que se asistir a uma cena soft mas, relacionada com algum dos meus fetishs, eu aí já começarei fantasiando e construindo cenas mentalmente. Ainda vou precisar de algum tempo para esquecer esses fetishs, limpar eles da minha cabeça. Ainda tenho um gosto sofisticado no que respeita a P e erotismo. O que ainda é algo bastante perigoso. Quando começar ficando preocupado com gatilhos mais soft que possa achar em sites como o uol e parecidos, penso que poderá ser um bom sinal. Estarei caminhando para situações mais simples e menos sofisticadas sexualmente. Espero que a limpeza seja geral mas sei que ainda vai demorar. Estou me dedicando ao máximo para encontrar a minha cura.

Alguém passou ou passa pelo mesmo? Gatilhos soft pouco ou nada despertam? Com o tempo de rb surgem? Ou a tendencia será todos sumirem no mesmo tempo?
sun&peace
sun&peace
Mensagens : 31
Data de inscrição : 14/08/2017

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

23/8/2017, 12:16
Guy Fawkess, muito obrigado pelo seu comentário que me fez pensar no meu caso.

Dada a influência do P na minha vida, eu ficava (e ainda fico) pouco atraído por mulheres convencionais ou que fogem do padrão de "safada" "atriz porno". Por exemplo, quando vejo uma fota da Gisele Bundchen eu aprecio a beleza, acho elegante. Mas não me desperta desejo sexual. Contudo, se vejo uma foto de uma determinada atriz porno eu já fico bem desperto. O mesmo se passa na vida real, se conheço uma menina linda, "gente boa", comportada etc eu posso achar linda mas sentir pouca ou nenhuma atração sexual. Mas se conheço uma garota (que pode até não ser tão linda) mas que sei que é safada, gosta de fetishes como swing etc eu já vou estar bem atraído com certeza.

Penso que o P moldou o meu gosto pelas mulheres na vida real. Ou seja, é mais uma prova das minhas tentativas de trazer o P para a minha vida. Sinto que estou melhorando nesse aspeto também durante o RB. Espero que deixe de fantasiar com mulheres com esse perfil mas sei que o caminho ainda é longo e as recaídas são fáceis.



_______________________________________



SEM PM desde 06 Outubro de 2017

Primeira Tentativa: 77 dias

DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t5617-sunpeace-diario
Brit
Brit
Mensagens : 1059
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

24/8/2017, 09:05
Faala Sun&Peace! Bom dia brother, como vai?
Bem, muito obrigado pelo comentário que deixou em meu diário, me identifico bastante contigo, como vc disse já perdemos muito tempo, não acho que seja possível recuperar o tempo perdido, o tempo que passou, passou, mas podemos fazer diferente hoje! O dia de hoje é tudo que temos! É tudo que realmente importa!

Sobre as suas dúvidas, normal ter esse tipo de pensamento, eu mesmo passei pelas mesmas coisas, tinha até um pouco de medo de se eu não alimentar meu cérebro com estímulos sexuais será que não vou estar virando um monge? Um assexuado? Mas confiei no reboot, e posso dizer que na verdade estou sentindo um desejo sexual muito maior e melhor do que senti a minha vida inteira, um desejo real por mulheres reais, não precisamos de P para ter desejo sexual, é nosso instinto!

Corte esses gatilhos "soft", isso é P disfarçada e dificulta a nossa recuperação. Eu nunca gostei muito desses programas tipo pânico, anos que não vejo, mas durante o reboot houve momentos em que sonhei ou fantasiei com esse tipo de conteúdo. Com o tempo de recuperação adequado os gatilhos mais simples, até uma cena de beijo em um filme por exemplo, podem despertar mais interesse, mas não alimente isso, nem fique preocupado com isso. Não fique se testando!

Espero ter ajudado... abração!

_______________________________________
Recomeçar - relato do meu 90º dia de reboot:
https://www.comoparar.com/t4440p525-diario-do-brit#136565
Meu diário:
https://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
sun&peace
sun&peace
Mensagens : 31
Data de inscrição : 14/08/2017

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

25/8/2017, 14:48
Brit

Muito obrigado pelos seus comentários e pela força. Você é uma pessoa que incentiva bastante! Quanto ao que referiu, a verdade é que eu mal assisto TV. E desde que me recordo que esses gatilhos soft - programas generalistas, revistas eroticas tipo playboy etc - pouco ou nada me excitam. Eu considero isso um problema, não é que eu esteja me testando mas penso que essa é uma consequência clara da minha intoxicação com P. Para eu me entusiasmar tem que existir algo explícito, perverso, hard etc Já para nem falar de gêneros como P com trans e afins.

Confesso que tenho inveja daqueles que se entusiasmam com fotos com modelos convencionais, como as top models. Eu vejo beleza estética e não mais que isso. Mas o que pretendo mesmo, e é para isso que procuro a minha cura, é me entusiasmar e excitar com mulheres reais. Não quero P soft nem hard, isso é para nunca mais. Chega desse lixo, o que quero agora é viver a realidade. Estamos batalhando para isso. Abs!


_______________________________________



SEM PM desde 06 Outubro de 2017

Primeira Tentativa: 77 dias

DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t5617-sunpeace-diario
Conor Mcgregor.
Conor Mcgregor.
Mensagens : 1086
Data de inscrição : 06/05/2017
Idade : 32

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

28/8/2017, 09:07
sun&peace escreveu:Brit

Muito obrigado pelos seus comentários e pela força. Você é uma pessoa que incentiva bastante! Quanto ao que referiu, a verdade é que eu mal assisto TV. E desde que me recordo que esses gatilhos soft - programas generalistas, revistas eroticas tipo playboy etc - pouco ou nada me excitam. Eu considero isso um problema, não é que eu esteja me testando mas penso que essa é uma consequência clara da minha intoxicação com P. Para eu me entusiasmar tem que existir algo explícito, perverso, hard etc Já para nem falar de gêneros como P com trans e afins.

Confesso que tenho inveja daqueles que se entusiasmam com fotos com modelos convencionais, como as top models. Eu vejo beleza estética e não mais que isso. Mas o que pretendo mesmo, e é para isso que procuro a minha cura, é me entusiasmar e excitar com mulheres reais. Não quero P soft nem hard, isso é para nunca mais. Chega desse lixo, o que quero agora é viver a realidade. Estamos batalhando para isso. Abs!


Parabéns sun&peace....Acompanhando..

_______________________________________
DA UMA PASSADA NO MEU DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t5738-diario-do-mcgregor

"NOS VEMOS NO PÓDIO" - TOGURO  ( A LENDA DO FORUMEIROS).

Toguro, entra em contato meu velho!

Brit
Brit
Mensagens : 1059
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Sun&Peace - Diário Empty Re: Sun&Peace - Diário

28/8/2017, 17:10
Fala brother! Que é isso man, tamo junto!

Sei como é isso, passo pela mesma coisa que você de não me empolgar muito com aquilo que os outros caras dizem que os deixa empolgados (pq na realidade não dá pra saber se empolga mesmo ou se só ficam falando bancando os machões), então, ao menos saiba que não é o único que se sente assim.

Aprendi aqui no fórum que esse tipo de sentimento é comum em vários caras na verdade, assim, passei a ter um senso melhor do que é ser homem, pois a minha masculinidade foi forjada com base naquilo que eu via na P, obviamente o resultado não foi bom: baixa autoestima, insegurança, dúvidas, confusão mental etc. Hoje em dia já não me incomoda o fato de eu ser um homem que olha uma capa de revista e não me animar, isso não me faz menos homem, cada um funciona de um jeito. Agora, sem dúvidas, com o reboot os meus desejos estão muito mais claros e vivos, eu já nem me lembrava como era olhar pra uma mulher na rua e ficar excitado, e isso ocorreu comigo algumas vezes já, mas procuro não alimentar esse tipo de comportamento, pois esse é o mesmo comportamento que alimenta as conexões cerebrais relacionadas ao vício em P e quero distância disso o máximo que eu puder. Mas sinceramente, o que é melhor? Se excitar vendo uma mulher de verdade, que nem tem nada demais, mas está na tua frente, ou ficar naquela de tarado babando pra cima de capas de revista que nunca veremos? Eu fico feliz só com a primeira opção.

Me diga o que achou dos meus comentários mano, veja se pra vc fez sentido. Não vou me chatear se discordar, pois estou sempre crescendo aqui, com trocas sinceras e honestas evoluímos juntos.

Grande abraço! Parabéns pelos 33 dias!

_______________________________________
Recomeçar - relato do meu 90º dia de reboot:
https://www.comoparar.com/t4440p525-diario-do-brit#136565
Meu diário:
https://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos