Ir para baixo
Moreno
Moreno
Mensagens : 2
Data de inscrição : 09/03/2018

VIDA DISPERDIÇADA Empty VIDA DISPERDIÇADA

9/3/2018, 19:13
Olá irmãos.  
Estou prestes a começar meu primeiro reboot e espero conseguir de primeira, pois estou ladeira abaixo nesse vício que me acompanha desde tenra idade, e olha que já passei dos 50 anos.
Comecei como a grande maioria na pré adolescência com revistas porno,  passei pela fase dos cinemas porno, fitas VHS, DVDs.
Na época das locadoras de videos, fazia coisas absurdas como dar uma fugida na hora de almoço ou simular algum serviço externo ao trabalho, pegar uns filmes na locadora, correr pra casa com o objetivo de praticar a PMO. Isso acontecia com frequência e mesmo quando eu era recém casado, nas horas de folga, deixava minha ex-mulher em algum lugar, como na casa de minha mãe e dava a desculpa que tinha de resolver algo no trabalho, mas na verdade repetia o mesmo tour (locadora>casa>PMO) com frequência.
Minha sogra morava em Sorocaba e cheguei ao absurdo de armar um jeito de mandá-las (minha mulher/sogra/sogro) ir pra algum lugar só pra eu ficar umas horas sozinho, correr na locadora, pegar uns pornos e voltar rápido pra casa deles pra mais uma seção de PMO. Só que numa das vezes não consegui devolver os filmes e voltamos pra nossa casa (100Km de distância) com eles escondidos na caixa de estepe do meu carro.  Conclusão: no dia seguinte 2ªfeira saí do trabalho por volta das 18:00 e tive de viajar só pra entregar os filmes na locadora e continuar mantendo o sigilo (afinal o fone de cadastro era da casa deles e poderiam ligar cobrando a entrega).
Até que a internet surgiu e aí o tempo gasto com o vício foi gradativamente aumentando.
No inicio não era rápida, mas eu clicava nas imagens e esperava pacientemente cada imagem abrir até aparecer a imagem ideal pra completar a minha dose de PMO do dia. Sim, diferente dos meios de pornografia anterior, comecei a fazer o uso diário, mas ainda não era o pior.....
Com a banda larga e PCs mais rápidos passei a navegar por um numero muito maior de páginas com videos das mais diversas categorias, mas evitava algumas dessas categorias. Entretanto embora  tenha me mantido na procura pelas categorias hetero ou lesbicas, sinto que posso pender pra outros campos pois já andei circulando pela zoofilia.
Confesso que estou aflito com a evolução do vício, que faz minha produtividade cair mais e mais a cada dia, tendo receio de meu futuro profissional, que já ficou bastante comprometido, pois faço uso da PMO a qualquer hora do dia na minha própria mesa de trabalho.
Meu primeiro casamento não terminou por causa da PMO, pois eu realmente não tinha nenhuma admiração por minha ex-esposa, quanto mais amor.  Porém casei de novo e descobri o que é amar de verdade.  Entre namoro e casamento estamos juntos a 10 anos e tenho muito medo de perde-la pois os sinais da DE estão bem evidentes e mesmo sabendo que ela me ama, um sexo ruim pode estragar qualquer relação.  A PMO me deixa mal, meio depressivo e acaba com minha vontade/energia para o sexo real.
Bom amigos, é só um resumo, mas estou a disposição para colaborar com o forúm e peço a ajuda e apoio de vocês pra me livrar desse vicio o mais rápido possível!!!

_______________________________________
Olá irmãos.  
Estou prestes a começar meu primeiro reboot e espero conseguir de primeira, pois estou ladeira abaixo nesse vício que me acompanha desde tenra idade, e olha que já passei dos 50 anos.
Comecei como a grande maioria na pré adolescência com revistas porno,  passei pela fase dos cinemas porno, fitas VHS, DVDs.
Até que a internet surgiu e aí o tempo gasto com o vício foi gradativamente aumentando.
Vimes
Vimes
Mensagens : 840
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 44
Localização : São Paulo

VIDA DISPERDIÇADA Empty Re: VIDA DISPERDIÇADA

9/3/2018, 19:35
Fala Moreno! Bem vindo ao fórum e bem vindo à luta! Very Happy

Você já sentiu as consequências, o vício joga a gente pra baixo e, pra piorar tudo, ficar pra baixo alimenta o vício. É um círculo vicioso que lentamente vai consumindo a gente.

A má notícia, como você sabe, é que é complicado bater esse vício. A boa é que é possível, e vale muito a pena.

O lance agora é você fazer a tua estratégia de combate. Ler o e-book, se informar o máximo possível, atualizar o teu diário sempre que você sentir que rolou algo relevante em relação ao vício, tentar participar ativamente da comunidade, instalar bloqueadores.

Esse é o básico. O avançado é se esforçar pra mudar a tua vida pra melhor.

Exercícios físicos, praticar esportes, começar uma arte marcial, escrever um livro, aprender a tocar harpa, qualquer coisa que ocupe a tua mente e que seja agradável, que te faça apreciar a vida e se sentir bem.

Quanto mais monotonia, quanto mais frustração e ansiedade, mais força o vício tem. Quanto mais você evitar esses três problemas, maiores as tuas chances de se dar bem no reboot. Very Happy

_______________________________________
Know, of course, your enemy. But in knowing him do not forget above all to know yourself. The commander who embraces this totality of battle shall win, even with the inferior force.

Diário:
https://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

História de Sucesso:
https://www.comoparar.com/t12042-mas-afinal-quem-e-vimes

Sócrates
Sócrates
Mensagens : 217
Data de inscrição : 26/08/2017

VIDA DISPERDIÇADA Empty Re: VIDA DISPERDIÇADA

11/3/2018, 13:23
Bem vindo..
Estou acompanhando seu diário..
Força guerreiro.
Moreno
Moreno
Mensagens : 2
Data de inscrição : 09/03/2018

VIDA DISPERDIÇADA Empty Re: VIDA DISPERDIÇADA

13/3/2018, 12:19
Obrigado, instalei os bloqueadores no meu PC, mas vou instalar em outros 3 que ficam a disposição e quero evitar o risco com eles.
Meu celular tem tantos APPs que não sobra espaço pra mais nada (apesar de que só busco a pornografia nos PCs), mas vou dar um jeito de bloquear nele também.
Outro absurdo do vicio é que ao digitar a senha de 15 digitos no K9, varias vezes durante sua configuração, acabei decorando e vou ter de mudá-la.
No mais, espero começar meu rebbot em breve pois ontem fracassei algumas vezes.
Abs

_______________________________________
Olá irmãos.  
Estou prestes a começar meu primeiro reboot e espero conseguir de primeira, pois estou ladeira abaixo nesse vício que me acompanha desde tenra idade, e olha que já passei dos 50 anos.
Comecei como a grande maioria na pré adolescência com revistas porno,  passei pela fase dos cinemas porno, fitas VHS, DVDs.
Até que a internet surgiu e aí o tempo gasto com o vício foi gradativamente aumentando.
Marty McFly
Marty McFly
Mensagens : 58
Data de inscrição : 29/12/2017

VIDA DISPERDIÇADA Empty Re: VIDA DISPERDIÇADA

13/3/2018, 15:20
fala Moreno, li o seu depoimento inicial, realmente, vc esta numa situação dificil, e é impressionante ver do q somos capaz em fazer para manter o vicio, fazemos coisas q se for pensar seria a pior vergonha do mundo se alguem soubesse, ainda bem que aqui ta todo mundo no mesmo barco, e o seu depoimento assim como de outros servem de alerta para os novatos verem ondem podem chegar se continuar, pois pela sua idade e dizer q começou na pre-adolescencia, isso me faz lembrar q eu tbm comecei com uns 7 ou 8 anos e foram uns 40 anos neste maldito vicio que acabou destruindo grande parte da minha vida, sei que se eu tivesse ficado sem isso minha vida seria diferente.
Se tiver um tempo por favor, leia meu diário no incio é longo e vc vai ver q não é só vc que fez coisas absurdas para este maldito vicio, leia la e depois me diz o q achou.
LINK do meu DIÁRIO https://www.comoparar.com/t6635-mulheres-e-bom-d-mas-olhar-desejar-fantasiar-etc-maldito-gatilho
Vamos em frente Moreno, coloca o contador ai que vai te ajudar no compromisso com os primeiros 90 dias.
E acredite resultado é positivo e benéfico, acredite, sua vida vai mudar, mas tenha certeza q NÃO É FÁCIL, não mesmo. Abç

_______________________________________




>>>>>> MEU DIÁRIO <<<<
Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos