Ir para baixo
RodsRJ
RodsRJ
Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/01/2018
Idade : 32
Localização : Hell The Janeiro

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

11/12/2018, 17:38
Olá pessoal, tudo bem?

Bem, eu já postei aqui no forum já tem um bom tempo (início do ano) mas estou sumido.

Tenho 29 anos, sou homosexual e viciado em PMO. Comecei como a maioria, na adolescência e foi só piorando com o passar dos anos. Nunca tive um relacionamento sério duradouro ( o último durou apenas 4 meses, foi mais longo que tive e isso já tem quase 1 ano). Sempre fui uma pessoa tímida, mas foi só piorando devido a PMO e baixa auto estima (que melhorou bastante devido a mudança de postura mas ainda sofro com isso de vez em quando).

Sofro de DE há alguns anos e já passei várias situações chatas com relação a isso, seja com caras que conhecia aleatoriamente, seja com caras que eu realmente gostava.

Assim como uma grande parte de homens com esse problema, eu comecei com vídeos que considerava "inocentes" e a coisa foi subindo a níveis cada vez mais extremos até eu começar a ficar assustado com as coisas que estava assistindo como: orgias, sexo sem proteção, sexo com drogas, abusos físicos e psicológicos, travestis e etc. Eu cheguei a ter na minha pasta vários links salvos daqueles modelos que fazem shows ao vivo em câmeras e passava o dia inteiro se pudesse fazendo MO e edging assistindo o "show" deles.

Meus favoritos tinham pastas com vários sites e vídeos que só aumentava com o tempo. Eu tinha conta em vários sites e apps de sexo e já cheguei a criar fakes no facebook mesmo, onde entrava em grupos de tudo relacionado com isso. Minha rotina era PMO todos os dias: a noite quando chegava do trabalho (prejudicando minha faculdade, por exemplo) e várias vezes por dia quando estava de folga ou férias, até me sentir exausto e com uma culpa que pesava até eu esquecer e recomeçar todo o processo de novo.  

Eu não sou o sonho de princesa de ninguém, mas também não sou a pessoa mais horrivel do mundo. Tenho minha cota de caras interessados, mas a maior parte deles eu simplesmente ignorava porque sempre tive receio do encontro ao vivo. Eu passava o dia nos meus tempos livres usando apps como grindr, scruff e hornet conversando e conversando com gente de todos os tipos, do que queriam somente sexo até as fantasias bizarras que tinham na minha cabeça, mas nunca marcava nada porque eu me excitava com a fantasia, tinha um receio enorme de não "comparecer" ao vivo devido a minha DE e também porque eu mesmo (apesar de tudo isso), sabia que havia alguma coisa muito errada nessa sexualização excessiva de tudo na cultura gay,  eu reconheço isso mesmo fazendo minha própria contribuição para alimentar esse monstro.

Eu já suspeitava que aquilo não era EU de verdade e eu tinha um problema, principalmente quando eu tentava sexo com caras de verdade e eu simplesmente não conseguia. Mas eu não conseguia parar, minha força de vontade estava minada. Eu já estava no nível de considerar pagar garotos de programa, porque achava que poderia escolher um do jeito que eu queria (baseado nas minhas fantasias distorcidas pela PMO) e então eu teria sexo real "de qualidade". Eu tinha sites nos meus favoritos específicos, onde eu ficava na PMO fantasiando com as fotos, vídeos e a crença maluca de ir para cama com aqueles cuja imagem me excitava.

Isso sem falar das vezes em que entrava em contato com aqueles perfis de "zé droguinha" para entrar de vez nesse fantasia pevertida, me matar de PMO e bloquear o cara logo em seguida por causa da culpa.. Eu SABIA que nunca ia realmante fazer nada daquilo e tenho nojo até agora dessa idéia mas estava tão encrustado na minha mente suja que eu não conseguia resistir e ia atrás.

Eu já tentei parar antes, após ver a palestra do Gary Wilson e ler o livro dele e o do Noah Church. Conseguii 10 dias e cheguei a achar que minha DE estava curada(foi nessa epoca que cheguei a comentar aqui no forum), mas então cai na ilusão de que estava tudo bem e voltei para o vício.

Bem,  além de tudo isso, eu também costumava frequentar aqueles "cruising bars". Com tudo isso acontecendo, eu achava que esse tipo de lugar era a unica forma de eu conseguir sexo já que eu sempre fui timido sobre minha sexualidade e no relacionamento com pessoas em geral, porque eu dificilmente saia do virtual com apps. Talvez até conseguir um namorado.

Pura ilusão. Esses lugares são somente para isso: sexo. Sem conversa, sem carinhos, nada, apenas pedaços de carne batendo em pedaços de carne. Onde as pessoas vão para serem animais, gente que transa sem nem perguntar seu nome, sem um pingo de humanização. Você não é uma pessoa ali, não tem nome,  só um corpo e genitais.

Demorou para eu perceber o mal que esse tipo de lugar faz com a alma de alguém. Eu não gostava disso, ia e saia de lá frustado pela forma fria como as pessoas se tratavam, principalmente quando eu não conseguia fazer nada devido a DE. Você não é humano e se nem sexo consegue fazer,  então não é nada, não serve para nada. Próximo.

Então, 16 dias atrás, depois de sair de um lugar desses frustado e me sentindo mais sujo do que uma latrina,  eu finalmente entendi que havia chegado ao fundo do poço. Eu havia jogado completamente meu amor próprio na lixeira, viciado em PMO cada vez mais extrema, sofrendo de DE e frequentando "babilônias", aceitando ser só um pedaço de carne sem nome para ver se me excitava com algo real. Eu poderia pegar uma DST nesse lugar. E não conseguia, devido ao vício em PMO.

Então eu tomei a decisão de que preciso limpar minha mente de vez disso. Eu instalei o bloqueador, me livrei de tudo o que é pornografia. Fiz uma senha que não tem como memorizar e sumi com ela. Também deletei todos os meu cadastros de sites e minhas contas de apps.

Estou há 10 dias no hard mode, na verdade 16 sem P e 10 sem MO. No começo foi difícil mas agora estou bem controlado com relação a vontade. Acredito que agora estou passando pela "flatline", porque minha libido está quase nula, o que não considero ruim pois indica que estou avançando. Além disso, eu preciso de um tempo sozinho, tempo para mim, para eu aprender a me amar mais e me cuidar melhor.

Pensamentos e fantasias são difícieis de aparecer na minha cabeça e quando vem eu me distancio e deixo ir embora.

Eu fiz uma tabela no excel para que eu mesmo marque meu progresso a cada dia, até chegar aos 90 dias do reboot. Não que eu ache que em 90 dias eu vou estar "bem" a ponto de me descuidar (no PMO será definitivo) mas para saber que consegui alcançar esse objetivo e fortalecer minha própria vontade.


Very Happy Obrigado por lerem esse mundo de coisas rs. Vou tentar atualizar diariamente.

Abração!

_______________________________________
"Im not afraid to live my life and take whats mine. I will make my way through the darkes hours of my days." - Stratovarius.
Johnny Wolfren
Johnny Wolfren
Mensagens : 14
Data de inscrição : 29/11/2018

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

12/12/2018, 11:16
Boa Rods.
Interessante sua história, pois vemos os danos da PMO e pra onde essa prática nos leva.
Legal que você já está alguns dias sem PMO, mas por isso mesmo você deve redobrar sua atenção. Não desista por pouco.
Torço pra você melhorar mais cada dia.
Falous.
RodsRJ
RodsRJ
Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/01/2018
Idade : 32
Localização : Hell The Janeiro

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

12/12/2018, 12:16
Johnny Wolfren escreveu:Boa Rods.
Interessante sua história, pois vemos os danos da PMO e pra onde essa prática nos leva.
Legal que você já está alguns dias sem PMO, mas por isso mesmo você deve redobrar sua atenção. Não desista por pouco.
Torço pra você melhorar mais cada dia.
Falous.

Obrigado amigo! Estamos na luta, um dia de cada vez até eu poder dizer com certeza que matei esse dragão!

_______________________________________
"Im not afraid to live my life and take whats mine. I will make my way through the darkes hours of my days." - Stratovarius.
RodsRJ
RodsRJ
Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/01/2018
Idade : 32
Localização : Hell The Janeiro

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

12/12/2018, 12:38
Contados: 17 dias sem P e 11 dias sem MO

Meu dia foi tranquilo. Estou de férias do trabalho e, finalmente, da faculdade também. Eu Li um pouquinho, mas tenho notado que fico MUITO tempo usando facebook. Decidi dar uma parada, reduzir ao máximo, pois isso contribui muito para que eu adie coisas que preciso fazer, principalmente agora que tenho tempo para isso. Redes sociais são como um buraco negro. Preciso focar minha atenção em outras coisas mais saudáveis como resolver as coisas quew me propous (ir ao medico fazer um exame de rotina, ao dentista, resolver perrengues de documentação, etc), escrever (estou escrevendo um livro de fantasia no momento que pretendo realmente publicar de forma independente até o final do ano que vem), ler e voltar a me exercitar (sou um tremendo sedentário por preguiça mesmo e também porque o ambiente de academias é para mim muito chato e até hostil as vezes, com um monte de gente egocêntrica).

Hoje tive um sonho muito bizarro, foi uma versão maluca daquele episódio do Black Mirror, "San Junipero". Eu era o o personagem principal exatamente da forma como é mostrado no episódio. Na cidade virtual eu era jovem e me apaixonava por um rapaz muito bonito, mas na vida real éramos velhinhos já no fim da vida. E assim como na serie eu acabava visitando ele em um asilo na vida real. Não foi um sonho que me deu uma sensação ruim, apenas uma estranheza pela situação bizarra, depois que eu acordei, lembrei e racionalizei. Achei até um pouco engraçado.

Tive uma meia ereção matinal que começou durante o sonho (na cidade eramos jovens e tinhamos um relacionamento amoroso e quente) mas que sumiu rapido depois que eu acordei. Tirando isso, ainda continuo com em flatiline.

Aliás, esse negócio de ter sonhos e lembrar deles quando acordo não é algo novo. Quando comecei o primeiro reboot no início do ano, era bem comum isso acontecer. Lembro até de ter cochilado no sofá da sala de descanso do trabalho uma vez após o almoço e começar a sonhar quase que imediatamente alguma coisa boba. É química do meu cérebro se alterando e não acho isso ruim.

Uma coisa que tem me deixado motivado é ler os depoismentos, tanto os daqui quanto os do Reboot Nation. Inclusive, lá mesmo eu achei um realmente inspirador sobre um homem gay de (na epoca) 42 anos que sofria de PMO e estava preso em um ciclo de casamento (hetero) infeliz com 3 filhos, no armário e ainda tendo que administrar um negócio próprio. Ele está atualmente 4 anos livre de PMO e a vida dele mudou completamente para melhor. Li a história de sucesso e depois achei o diário dele desde o começo e me apaixonei por sua história de vida. Se alguém se interessar em ler(mesmo em inglês) e não for contra as regras do forum, eu posso postar o link aqui. Leio um pouquinho todo o dia para ajudar a me manter motivado.

Bem, por enquanto é isso. Marquei na minha planilha mais um dia de sucesso. E vamos que vamos.

_______________________________________
"Im not afraid to live my life and take whats mine. I will make my way through the darkes hours of my days." - Stratovarius.
RodsRJ
RodsRJ
Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/01/2018
Idade : 32
Localização : Hell The Janeiro

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

13/12/2018, 09:58
Contados: 18 dias sem P e 12 dias sem MO


Dia tranquilo. Estou passando a maior parte das minhas férias em casa mesmo (sem grana para viajar é foda). Conversei com meu primo algumas bobagens (fomos criados praticamente juntos mas vida acontece então tinha bastante tempo que a gente não parava para conversar) e foi bem legal. A noite acompanhei uma live de jogo no Youtube e fui dormir. Vontade bateu mas foi tão insiginificante que não precisei de esforço para me distanciar, ignorar e me distrair com outra coisa.

Meus sonhos continuam, é rotina agora, preciso me acostumar com eles. Sigo em flatline.

Mais um dia marcado bonitinho na planilha! E vamos que vamos!

_______________________________________
"Im not afraid to live my life and take whats mine. I will make my way through the darkes hours of my days." - Stratovarius.
avatar
Rex
Mensagens : 131
Data de inscrição : 21/04/2018

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

13/12/2018, 23:41
Pesada sua história cara, realmente PMO suga o melhor da nossa energia e nos submetemos a situações ridículas. Mas agora é nova vida, bora mudar. Força!!!
RodsRJ
RodsRJ
Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/01/2018
Idade : 32
Localização : Hell The Janeiro

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

13/12/2018, 23:50
hereandnow escreveu:Pesada sua história cara, realmente PMO suga o melhor da nossa energia e nos submetemos a situações ridículas. Mas agora é nova vida, bora mudar. Força!!!

Sim, verdade. Felizmente, a gente chega numa hora em que percebe o extremos e decide aceitar responsabilidade pelas própria vida e começar a mudar. Vida nova, isso mesmo!

_______________________________________
"Im not afraid to live my life and take whats mine. I will make my way through the darkes hours of my days." - Stratovarius.
Willzin
Willzin
Mensagens : 11
Data de inscrição : 10/12/2018
Idade : 32

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

14/12/2018, 00:46
Oi Rods! Me identifiquei com muitíssimos pontos que você destacou, também frequento babilônias e o pior, uma delas é um parque público!!! Também tenho essa coisa do cara perfeito e tal... E poxa, também escrevo, mas nunca tenho energia pra terminar nada!
Foco, força e fé! Pelo seu tom você é uma pessoa bastante autoconsciente e isso já te faz um vencedor, tanta gente por aí na ignorância, sem coragem ou sem condições de olhar para dentro... Sucesso em tudo!!!

_______________________________________
Não se trata mais de agradar a ninguém. Não se trata mais somente de sexualidade. Não envolve espiritualidade, nem moral nem nada. Se trata apenas de ser melhor do que já fui.
David Silva
David Silva
Mensagens : 3067
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 36

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

14/12/2018, 10:02
Olá
Também nunca tive namoros duradouros.
Me chamou a atenção seu caso. Quando diz

"Pura ilusão. Esses lugares são somente para isso: sexo. Sem conversa, sem carinhos, nada, apenas pedaços de carne batendo em pedaços de carne. Onde as pessoas vão para serem animais, gente que transa sem nem perguntar seu nome, sem um pingo de humanização. Você não é uma pessoa ali, não tem nome, só um corpo e genitais".

Eu nunca fui a essas lugares. Ainda bem! Tem um amigo meu que conheci aqui no fórum, ele é casado com homem e eles fazem a 3 as vezes e ele já me aconselhou a ir a uma sauna, mas eu nunca fui. Ainda bem!

Quanto ao sexo é isso que fico pensando. Estou conhecendo um cara e ele é fora dos padrões, mas ele está sendo muito amigo, o papo tá fluindo, então não é só corpo, não é só carne e isso que é o legal. A relação sexual, corporal deve vir como complemento. Seu relato me ajudou a perceber algumas coisas sobre mim.


_______________________________________
Recordes:
Primeiro reboot - 90 dias em 2015
Segundo reboot - 114 dias em 2020
______
Início do meu diário:
1ª parte: https://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
2ª parte: https://www.comoparar.com/t7812-reboot-de-david-silva?highlight=david+silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

RodsRJ
RodsRJ
Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/01/2018
Idade : 32
Localização : Hell The Janeiro

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

14/12/2018, 12:56
Oi Willzin! Oi David! Smile

Eu sei como é isso. Essa cultura da nossa comunidade de frequentar esses espaços se proliferou porque sexo homosexual sempre foi taboo, estigma e "proibido". Ir para lugares assim era o que tinha para tentar ser "você mesmo" numa cultura que sempre nos reprimiu.

Ainda é ruim hoje em dia (por razões políticas, religiosas, culturais etc) mas temos um pouco mais de liberdade do que antes porque muita gente brigou por elas no passado e ainda briga hoje em dia. Mas eu acho que essas "babilônias", como cruising bars, parques públicos, banheirões, saunas, cinemões etc, ainda existem porque nossa comunidade ainda vê sexo como uma das formas mais fortes de expressão, porque tem gente que ganha muito dinheiro rentabilizando nossa cultura de hipersexualização do corpo masculino (assim como isso existe também na mídia em geral e na indústria pornográfica com o corpo feminino principalmente) e porque, no geral, as pessoas (como um todo) estão engolfadas na cultura do "fast food" onde tudo tem que ser para ontem, instântaneo e se adaptando somente a sua rotina. Resultado é esse, muita gente triste, solitária e procurando algo "rápido e real" nesses lugares, num ciclo vicioso.

Eu tenho essa impressão porque me afundei nesse pântano com 19 anos. É tipo ficar preso em um labirinto, assim como PMO. Você sabe que não faz bem para você, tanto física quanto psicologicamente, mas continua voltando.

Enfim, minha opinião quanto a frequentar esses lugares? Se você nunca foi, não vá. E se você já foi, não volte mais. Ninguém quer saber de você nesses lugares, somente do que você tem a oferecer, esquecer que você existe e procurar o próximo pedaço de carne. Você pode pegar uma DST ali. Eu não estou falando das pessoas realmente conscientes e que se cuidam mas que por algum motivo algo ruim aconteceu com elas, não.

Eu estou falando dos muitos caras tão vidrados e engolfados nessa necessidade doentia de ter prazer rápido que não tem um pingo de consideração pelo próprio corpo, imagine pelo seu. Do mesmo jeito que PMO

Tem muita gente assim nesses lugares. Eu não sei como eu consegui ficar tanto tempo frequentando ambientes assim sem pegar nada. Deve ter algo mais cuidando de mim, mas eu não quero mais arriscar minha sorte. E meu conselho é que vocês não teste as suas.

Sexo é muito bom, maravilhos e parte importante da vida sim. Seja com a pessoa que você ama, seja com alguém que lhe atraiu e gerou uma química boa. Tem formas mais saudáveis de conhecer gente, se divertir e fazer sexo de qualidade mas nenhum delas é seguindo essa cultura maluca e auto destrutiva que reina na nossa comunidade.


@Willzin : escrever é maravilhoso. Eu acho que se dedidcar a isso, mesmo que for apenas como um hobbie, um ótimo aliado para superar o vício. Meu conselho é que você planeje um tempo do seu dia, todos os dias, para escrever um pouco. É uma arte e precisa de treino constante, como qualquer coisa na vida que a gente deseje desenvolver. E criar uma rotina fortalece nossa própria força de vontade. Manda ver!

@David : independente da pessoa seguir padrão ou não, eu acho que se a química é boa e a vocês tem conexão além da física, vale a pena deixar rolar sim.

Obrigado pelos apoios pessoal! Vamos que vamos! Smile

_______________________________________
"Im not afraid to live my life and take whats mine. I will make my way through the darkes hours of my days." - Stratovarius.
RodsRJ
RodsRJ
Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/01/2018
Idade : 32
Localização : Hell The Janeiro

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

14/12/2018, 13:12
Contados: 19 dias sem P e 13 dias sem MO

Bem, não tenho lá muuuuitas novidades. Na verdade o dia foi bem parecido com o anterior. Sonho maluco (lembro de apenas algumas partes), dia calmo. Está MUITO QUENTE no Rio de Janeiro (Hell The Janeiro). Eu sou um inimigo declarado do calor dessa cidade, apesar de ter nascido nela e a ter como casa desde sempre :S.
Marque uma consulta com o médico na segunda-feira. Espero que não faça tanto calor assim mas sei que vai ser difícil. Vou arrumar um daqueles protetores solares de fatos 2 milhões rs.

Ainda em flaatiline, sem mudança com relação a isso. Apesar de tudo, quando tomo banho eu tenho notado que minha sensibilidade nessa região aumentou bastante. Vontade de PMO bem pequena e facilmente ignorável.

Eu REALMENTE PRECISO preencher minha rotina com alguma coisa. Passo o dia no facebook, preso naquele buraco negro, assistindo vídeos de gatinhos e cachorrinhos fofos (eu amo animais, principalmente cachorros). Não é PMO mas também se trata de um mecanismo de gratificação instantânea que eu preciso tirar da minha vida, senão vou apenas substituir um vício por outro.

Vou voltar a escrever, estou há umas duas semanas parado. Se eu extender demais, vou perder o hábito e ai corro o risco do meu livro acabar na gaveta. Não, nada disso. Dessa vez vou terminar.  Também preciso aproveitar que ainda estou de férias e começar a me exercitar. Eu tenho um aplicativo no celular que conta um personal trainer que monta uma serie. Tenho um serie pronta há uns 2 meses e nada. O pior que a desculpa das provas de fim de ano não colam mais porque já terminei o período. Questão de vergonha na cara...

Mais um dia marcado na planilha. Mais um prego no caixão da PMO. Burn in hell, motherfucker.

_______________________________________
"Im not afraid to live my life and take whats mine. I will make my way through the darkes hours of my days." - Stratovarius.
RodsRJ
RodsRJ
Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/01/2018
Idade : 32
Localização : Hell The Janeiro

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

15/12/2018, 18:51
Contados: 20 dias sem P e 14 dias sem MO

Tudo bem por aqui, apesar do calor. Vinte dias sem P, isso é uma conquista. Coloquei na planilha o dia 30 como "milestone", pois será 1/3 do meu reboot conquistado.

Ainda em flatline, apesar de uma nova meia ereção pela manhã. Vontaade PMO controlada.


_______________________________________
"Im not afraid to live my life and take whats mine. I will make my way through the darkes hours of my days." - Stratovarius.
RodsRJ
RodsRJ
Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/01/2018
Idade : 32
Localização : Hell The Janeiro

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

16/12/2018, 17:21
Contados: 21 dias sem P e 15 dias sem MO

Tudo bem por aqui. Passei o dia maratonando a série nova da DC, Titans. Gostei bastaante. Fui dormir bem tarde.

Uma ou outra vontade de M. Usando o facebook, eu me deparei com alguns gatilhos, mas estou orgulhoso de mim mesmo pois não cedi, me distancieei, ignorei e deixei para lá.

Ainda sigo em flatline, mas tenho notado um crescimento lento da minha libido. Normal, eu acho, nunca fiquei tanto tempo assim sem PMO ou sexo e focando meu pensamento em outras coisas. Considero que seja algo bom.

Vou passar a postar a noite, pois estou postando no dia seguinte (este diário é refernete ao dia 15 e não ao 16).

Mais uma marcação na planilha. Mais um passo dado. Mais um prego no caixão da PMO. Smile

_______________________________________
"Im not afraid to live my life and take whats mine. I will make my way through the darkes hours of my days." - Stratovarius.
David Silva
David Silva
Mensagens : 3067
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 36

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

16/12/2018, 19:26
Estamos juntos!

_______________________________________
Recordes:
Primeiro reboot - 90 dias em 2015
Segundo reboot - 114 dias em 2020
______
Início do meu diário:
1ª parte: https://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
2ª parte: https://www.comoparar.com/t7812-reboot-de-david-silva?highlight=david+silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

RodsRJ
RodsRJ
Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/01/2018
Idade : 32
Localização : Hell The Janeiro

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

16/12/2018, 23:14
Contados: 22 dias sem P e 16 dias sem MO

Dia tranquilo, beirando ao chato. Ainda muito calor por aqui. Recebi um livro que estava esperando e já comecei a ler.

Ainda flatline, sem fissuras. Então estou de boa.

Mais um dia marcado na planilha. Smile

_______________________________________
"Im not afraid to live my life and take whats mine. I will make my way through the darkes hours of my days." - Stratovarius.
David Silva
David Silva
Mensagens : 3067
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 36

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

17/12/2018, 14:52
RodsRJ escreveu:Contados: 22 dias sem P e 16 dias sem MO

Dia tranquilo, beirando ao chato. Ainda muito calor por aqui. Recebi um livro que estava esperando e já comecei a ler.

Ainda flatline, sem fissuras. Então estou de boa.

Mais um dia marcado na planilha. Smile

Hoje também chegaram 3 livros. Isso pq eu só ia comprar livros em junho do próximo ano, pq a estante está cheia de livros que ainda não li, mas não resisti e porque também minha irmã ia me dar um de presente aí pus mais dois na mesma compra.
Um é um romance gay espírita. mediunico. Vamos ver se é legal.

_______________________________________
Recordes:
Primeiro reboot - 90 dias em 2015
Segundo reboot - 114 dias em 2020
______
Início do meu diário:
1ª parte: https://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
2ª parte: https://www.comoparar.com/t7812-reboot-de-david-silva?highlight=david+silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

RodsRJ
RodsRJ
Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/01/2018
Idade : 32
Localização : Hell The Janeiro

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

19/12/2018, 11:44
Contados: 24 dias sem P e 18 dias sem MO

Bem, nao é justo se eu disser que os últimos dias foram tranquilos. Fiquei numa baita ansiedade, baixei o grindr e fiquei conversando com alguns contatos. Não cai, mas a intenção estava lá. Me sinto mal, pois estou caindo no ciclo vicioso de ficar carente e ir usar apps. Principalmente quando percebi que tudo cotinua a mesma coisa, até arrumei treta com um completo desconhecido sem rosto porque ele quis "lacrar", fazendo um textão maluco quando eu disse que não trocava nudes. No final o fulano me bloqueou. Realmente, como o amigo disse no diário dele o pessoal está realmente dodói nesses apps.

Estou sentindo falta de pessoas de verdade, para beijar, dar uns amassos. Enfim, algo real. Isso é uma consequencia de passar a maior parte das férias em casa também, me sinto um pouco solitário, no sentido afetivo da coisa. Mas acho que no começo é assim mesmo.

Apesar do puta teste eu até que mew saí bem, eu acho. Poderia ter caído mas não caí. Então considero que apesar de tudo, ainda continuo em frente!

_______________________________________
"Im not afraid to live my life and take whats mine. I will make my way through the darkes hours of my days." - Stratovarius.
RodsRJ
RodsRJ
Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/01/2018
Idade : 32
Localização : Hell The Janeiro

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

19/12/2018, 11:46
David Silva escreveu:
RodsRJ escreveu:Contados: 22 dias sem P e 16 dias sem MO

Dia tranquilo, beirando ao chato. Ainda muito calor por aqui. Recebi um livro que estava esperando e já comecei a ler.

Ainda flatline, sem fissuras. Então estou de boa.

Mais um dia marcado na planilha. Smile

Hoje também chegaram 3 livros. Isso pq eu só ia comprar livros em junho do próximo ano, pq a estante está cheia de livros que ainda não li, mas não resisti e porque também minha irmã ia me dar um de presente aí pus mais dois na mesma compra.
Um é um romance gay espírita. mediunico. Vamos ver se  é legal.

Eu já estourei minha cota de livros. Tenho uma pilha tanto no armário quanto no Kindle e uma das minhas metas de 2019 é ler todos eles. kk

_______________________________________
"Im not afraid to live my life and take whats mine. I will make my way through the darkes hours of my days." - Stratovarius.
RodsRJ
RodsRJ
Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/01/2018
Idade : 32
Localização : Hell The Janeiro

Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida Empty Re: Meu Diário - Tomando as rédeas da minha vida

19/12/2018, 19:47
Contados: 25 dias sem P e 0 dias sem MO

Bem, zerei meu contador de MO. Tive um pico muito grande de libido e vontade de fazer sexo e não aguentei. Felizmente fiz da forma que é recomendada, sem fantasias. Foi bem legal, minha sensibilidade aumentou muito.

Bem, vida que segue. Continuamos na luta.

_______________________________________
"Im not afraid to live my life and take whats mine. I will make my way through the darkes hours of my days." - Stratovarius.
Ir para o topo
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos