Ir em baixo
avatar
JSP
Mensagens : 9
Data de inscrição : 10/10/2019
Idade : 45

Alcançando o que parecia impossível Empty Alcançando o que parecia impossível

em 12/10/2019, 16:38
Meu vício em masturbação começou na infância, não me lembro ao certo a idade. A princípio fantasiando com colegas, vizinhas, etc. Depois começou a pornografia leve como Garotas do Fantástico, passando para filmes na TV Aberta como Cine Privê na Band. Na adolescência me masturbava em média de 3 a 5 vezes por dia. Era muito tímido e não tive namoradas nessa fase. Acabei me casando com minha segunda namorada. Foi um namoro tóxico com muitas separações e brigas, e a masturbação sempre presente. No casamento os problemas continuaram, ela sempre me mandava embora e depois pedia pra voltar. Após sete anos de casados e tendo sido mandado embora pela oitava vez decidi não mais voltar. Ela ainda insistiu pra voltar mas me mantive firme na minha decisão. Após essa separação a PMO continuou. Nesse período me apaixonei e fiquei dois meses sem PMO (o maior período até aquele momento) porém fui rejeitado e a PMO voltou com tudo. Após isso conheci minha segunda esposa e levei a PMO para o segundo casamento. Agora com pornografia de forma mais intensa com a internet banda larga. Nesse segundo casamento comecei a sentir os malefícios da PMO de forma mais intensa: comecei a ter disfunção erétil, me tornei uma pessoa mais depressiva e irritadiça, me tornei mais frio afetivamente. Enfim após dez anos de casados minha segunda esposa pediu a separação e acredito que o vício em PMO teve uma participação importante nesse fato. Não foi só por causa disso que a separação aconteceu, tenho consciência que problemas que trouxe da minha família levaram a isso, mas a PMO intensificou esses problemas. Enfim, tenho 44 anos, ou seja, são mais de 30 anos de vício. Conheci o fórum em março deste ano, e iniciei um reboot apenas acompanhando as mensagens do fórum. Esse primeiro reboot durou 102 dias, e caí porque fiquei muito chateado quando soube que minha ex esposa estava se envolvendo com outra pessoa (ainda tenho esperança de reconciliação apesar de já termos 01 ano de separação). Após essa queda fiquei mais 45 dias em PMO e caí novamente por irritação com atitudes da minha ex esposa. No mês de agosto voltei ao vício por 03 semanas e agora reiniciei um novo reboot no dia 20/08/2019, ou seja, estou com quase 60 dias sem PMO. Acho que preciso de um reboot de pelo menos 180 dias pois 30 anos de PMO é muito tempo e decidi abrir um diário porque considero muito mais eficiente interagir no fórum do que apenas acompanhar passivamente os relatos de outros. Posteriormente postarei mais detalhes da minha situação a medida que for me lembrando.
avatar
JSP
Mensagens : 9
Data de inscrição : 10/10/2019
Idade : 45

Alcançando o que parecia impossível Empty Re: Alcançando o que parecia impossível

em 13/10/2019, 15:29
Infelizmente caí ontem a noite depois de 54 dias de reboot. Tive um gatilho imprevisível e inesperado, algo que acontecia na minha adolescência; hoje tenho 44 anos e achava que nunca mais iria passar por esse tipo de sensação. Mas na verdade o que me fez cair mesmo foi o fato de ainda não saber lidar com a separação da minha esposa. Faz 01 ano que ela me pediu a separação. Somos casados na Igreja e como sou católico praticante está bem difícil para mim aceitar essa realidade. Ela pediu o divórcio e está se relacionamento com outra pessoa, e estou me sentindo muito angustiado e frustrado. Tenho resistido à PMO apesar desse turbilhão de emoções negativas, porém ontem não conseguir suportar e desabei.
avatar
Convidado
Convidado

Alcançando o que parecia impossível Empty Re: Alcançando o que parecia impossível

em 14/10/2019, 11:09
JSP escreveu:Infelizmente caí ontem a noite depois de 54 dias de reboot. Tive um gatilho imprevisível e inesperado, algo que acontecia na minha adolescência; hoje tenho 44 anos e achava que nunca mais iria passar por esse tipo de sensação. Mas na verdade o que me fez cair mesmo foi o fato de ainda não saber lidar com a separação da minha esposa. Faz 01 ano que ela me pediu a separação. Somos casados na Igreja e como sou católico praticante está bem difícil para mim aceitar essa realidade. Ela pediu o divórcio e está se relacionamento com outra pessoa, e estou me sentindo muito angustiado e frustrado. Tenho resistido à PMO apesar desse turbilhão de emoções negativas, porém ontem não conseguir suportar e desabei.


Bom dia JSP!
Não deixe que essa queda abale vc, pense nos 54 dias... uma queda em 54 dias, e vc já teve a iniciativa de recomeçar o reboot.
Quanto ao seu relacionamento se me permite, veja de modo racional se tem chance de reconciliação... converse com ela sobre, e se ficar claro que é definitivo pra ela, melhor aceitar a situação.
boa sorte!
avatar
JSP
Mensagens : 9
Data de inscrição : 10/10/2019
Idade : 45

Alcançando o que parecia impossível Empty Re: Alcançando o que parecia impossível

em 14/10/2019, 20:12
Obrigado JIMMY pelos conselhos. Hoje assisti a um vídeo no Youtube do psicólogo Fabiano Góes (link: https://www.youtube.com/watch?v=kr5R4B-Q0_E) onde ele fala sobre o fato de que nosso cérebro tentar invalidar todos os nossos esforços quando tentamos mudar algo em nossa vida e temos uma recaída. Graças a Deus desde que comecei a tentar o reboot em março deste ano tenho conseguido me reerguer imediatamente após as recaídas, com exceção do mês de agosto em que fiquei três semanas sem conseguir me levantar.
High-
High-
Mensagens : 109
Data de inscrição : 05/10/2019

Alcançando o que parecia impossível Empty Re: Alcançando o que parecia impossível

em 14/10/2019, 22:41
JSP escreveu:Obrigado JIMMY pelos conselhos. Hoje assisti a um vídeo no Youtube do psicólogo Fabiano Góes (link: https://www.youtube.com/watch?v=kr5R4B-Q0_E) onde ele fala sobre o fato de que nosso cérebro tentar invalidar todos os nossos esforços quando tentamos mudar algo em nossa vida e temos uma recaída. Graças a Deus desde que comecei a tentar o reboot em março deste ano tenho conseguido me reerguer imediatamente após as recaídas, com exceção do mês de agosto em que fiquei três semanas sem conseguir me levantar.

Opa JSP, sei muito bem como você está se sentido...terminei um relacionamento há um tempo atrás, isso mexeu muito comigo.
O reboot pode ser uma coisa positiva, não deixe de se abalar por ter recaído...acho que você deve dar um tempo, sair com os amigos, viajar se tiver essa possibilidade...No meu caso eu me mudei de cidade, por conta do término do meu relacionamento, foi a melhor coisa que fiz. Então, tente ver algo que posso preencher esse sentimento.

Forte abraço, vou te acompanhar nessa luta.

_______________________________________
Acesse meu diário -> study
avatar
JSP
Mensagens : 9
Data de inscrição : 10/10/2019
Idade : 45

Alcançando o que parecia impossível Empty Re: Alcançando o que parecia impossível

em 17/10/2019, 10:25
Caí de novo ontem. Minha ex-esposa se envolveu em outro relacionamento e percebo que meu sofrimento não é por amor e sim por ego ferido. Estou tentando auto hipnose para me libertar desses sentimento negativos, pois o amor simplesmente deseja a felicidade da pessoa e a deixa em paz para viver a vida que ela acha que deve viver. Preciso me libertar urgentemente, pois isso está me fazendo cair. Estava indo bem, até já tinha completado os 90 dias. Crying or Very sad
nalutadiaria
nalutadiaria
Mensagens : 24
Data de inscrição : 16/10/2019

Alcançando o que parecia impossível Empty Re: Alcançando o que parecia impossível

em 17/10/2019, 13:19
JSP, se agarre ao fato de você conseguir ficar bastante tempo sem PMO! Isso já é uma vitória, vc está conseguindo.
Quanto ao seu sentimento, sim, concordo contigo! Vc está sofrendo pelo apego.
Hipnose é legal, pra mim o que funcionou muito nos momentos de recaída foi a meditação, apenas respire pelo nariz e observe o ar que entra e sai, deixe todos os pensamentos que vem irem embora!
Estamos juntos, irmão. Nunca se culpe!
Grande abraço

_______________________________________
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum