24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

+56
freedom.ever
Muskel94
Drew
Gracinha
@_Luan
o2Lázaro
parbat
Piccolo
vierkenes
luta diária
Justiceiro do Sertão
Flying
A Simple Man
Porfiri Pietróvich
ampity27
LikeAStone
Bernardo de Claraval
Eddie Red Pill
João Calvino
soumulherviciadaemporn
Mike
Dante Auditore
Peter Parker
balboa08
Broda
Harvey
rlutador
Vitrola
MascaradeFerro
James Bond
DarkSlayer
JovemRenascido
Bolovo
Guerreiro da Evolução
FSgtLima
Toon
5&4
Pallantir
Transporter
Kal-el
Sr. Morais
Soli Deo Gloria
Rottweiler
Leleco
Tiago M
Urso Polar
Mike T.
Seeker
TheMan
coronel
Master
The_Survivor
..Heitor..
Wozel
OImperialismo
Kusmin
60 participantes
Ir para baixo
rlutador
rlutador
Mensagens : 671
Data de inscrição : 17/03/2017
Idade : 28

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

4/12/2021, 12:51
Fala, cara. Super compreensível a sua opção de adiar pelo momento. Continue lutando pelas ferramentas que você dispõe agora. Sei que em algum momento você conseguirá a sua vitória. Abração.

_______________________________________
https://www.comoparar.com/t9879-diario-de-rlutador-34-dias
Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

4/12/2021, 18:39
rlutador escreveu:Fala, cara. Super compreensível a sua opção de adiar pelo momento. Continue lutando pelas ferramentas que você dispõe agora. Sei que em algum momento você conseguirá a sua vitória. Abração.

Obrigado, caro rlutador. Farei tudo isso mesmo. Estou com toda uma estratégia planejada para os próximos tempos, simplificadamente ir ao médico se as poluções noturnas não pararem e ver se consigo, de um modo ou outro, arranjar uma parceira, e que esta não seja GP.

Meu grande abraço.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.
Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

4/12/2021, 18:46
Sábado razoável. Graças a Deus, após duas noites molhadas, acordei limpo. Isso para mim já é um começo de alívio.

O calmante fitoterápico que estou tomando também tem surtido efeito, embora por enquanto seja só um paliativo para problemas mais graves. Apesar disso, todo começo é válido.

No trabalho, dialoguei animadamente com a garota do nosso setor, sobre a qual já falei. Pareceu bem-humorada e disposta a um diálogo pessoal-profissional saudável. De qualquer modo, uma experiência a mais em minha existência.

E foi só isso. Até mais e meus bons votos a todos.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

soumulherviciadaemporn, Gardenzio e Rottweiler gostam desta mensagem

avatar
soumulherviciadaemporn
Mensagens : 944
Data de inscrição : 19/07/2016

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

6/12/2021, 05:32
Justiceiro aos pouco vais conseguindo vencer o mal da pornografia e és um exemplo! Há anos que leio o teu diário e és forte, lutador e com mais de 1000 dias é uma batalha! Um abraço e força não desistas!

_______________________________________
"Enquanto houver vontade de lutar haverá esperança de vencer"   Santo Agostinho
                                                                                     
Diário:  https://www.comoparar.com/t3574p250-diario-de-uma-lutadora-contra-a-pmo#23257
Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

6/12/2021, 20:57
soumulherviciadaemporn escreveu:Justiceiro aos pouco vais conseguindo vencer o mal da pornografia e és um exemplo! Há anos que leio o teu diário e és forte, lutador e com mais de 1000 dias é uma batalha! Um abraço e força não desistas!

Mas muito obrigado, nobre lutadora! É sempre uma honra ter sua presença em meu Diário. Caso me ache assim um exemplo, sinto-me lisonjeado, penso que sou apenas um ser humano atrás de uma vida melhor.

Receba meu grande abraço e sinceros votos de sucesso nessa batalha.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

soumulherviciadaemporn gosta desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

9/12/2021, 21:05
Trabalhando bastante, sigo com a mente bastante inquieta, não porém sem me valer disso para planejar uma estratégia atrás da outra rumo a me libertar de vez desses tão incômodos pensamentos involuntários intrusivos. Se já falei, repito: peço que não queiram que eu detalhe do que esta minha cabeça é capaz. Fico sofrendo só de pensar a respeito.

Minha libido está alta, no entanto sob controle de modo até, digamos, razoável. Venho dormindo bem e por vezes sonhando com garotas, só que sem poluções noturnas, tomara mil vezes que cessem de vez. Outro dia, tive um sonho romântico bastante longo e intenso, com sexo e tudo, só que (felizmente) sem ejaculação e sem pensamentos perturbadores ao longo do dia. Hoje, apareceu no meu trabalho uma garota que me fez ter considerável ereção. Não estava no meu setor, só que a visão dela, muito bem administrada por mim, realmente causava impacto. Muito linda, um estilo que atrai muitos homens e até parecida com umas GPs com as quais andei saindo. Enfim, que vá, com todo o respeito, viver sua vida enquanto eu vivo a minha.

A luta continua.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

soumulherviciadaemporn, Gardenzio e Rottweiler gostam desta mensagem

Soli Deo Gloria
Soli Deo Gloria
Mensagens : 1758
Data de inscrição : 12/06/2015

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

11/12/2021, 16:35
Boa tarde, Justiceiro!

Parabéns pela belíssima caminhada.

Só o fato de você conseguir ter ereções involuntárias já é em si, uma vitória contra o vício. Sabemos o quanto o vício atrapalha até nisso.

Abraço!

_______________________________________
De pé e lutando.
diário: https://www.comoparar.com/t10412p100-soli-deo-gloria-pronto-pra-guerra#301830

soumulherviciadaemporn gosta desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

12/12/2021, 19:56
Soli Deo Gloria escreveu:Boa tarde, Justiceiro!

Parabéns pela belíssima caminhada.

Só o fato de você conseguir ter ereções involuntárias já é em si, uma vitória contra o vício. Sabemos o quanto o vício atrapalha até nisso.

Abraço!

Obrigado, nobre Soli Deo Gloria. Por aqui a coisa não está fácil. Mesmo assim, vou me aguentando enquanto posso. Seja você forte em sua saga.

Receba meu abraço!

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.
Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

12/12/2021, 20:16
Domingo muito movimentado que começou com... peste de polução noturna. Só para variar.

Já parecia que seria mais uma noite seca, já eram cerca de 6:10. Não houve jeito. Após sonhar que assistia P, coisa que jamais me atreverei a fazer enquanto estiver neste mundo, e sonhar que assistia uma P que jamais me atraiu, levantei sujo para o banho no meio de cochichos dos meus pais, que já devem estar acostumados e decepcionados comigo, só esperando a hora de a bomba explodir aqui em casa. Continuo sem saber o que fazer com esse problema horroroso que há mais de 15 anos me tortura, desde que me viciei. Estou há 3 anos longe do vício, porém infelizmente a sequela ficou e não sei quanto tempo leva para desaparecer, se é que desaparece e se é que, caso desapareça, algum homem pode esperar sem tomar providências urgentes a respeito para evitar situações constrangedoras em seu dia a dia. Sei que está repetitivo em relação às minhas postagens, mas estou ainda correndo atrás de uma solução e pedindo a Deus para que me dê sabedoria para encontrá-la. Não quero ir a uma GP, masturbação não me faz bem, essa é uma penitência à qual não posso me submeter. Continuo nos esforços para arrancar isso de meu corpo e de minha mente como se arrancasse do solo uma árvore de trinta metros de altura pela raiz.

Enfim, não dormi mais e fui viver meu domingo. Improvisar uns exercícios físicos, um violão, ouvir música e resolver outras coisas. A agitação mental segue severa, administrada aos trancos e barrancos. As atividades de hoje me ajudaram a dar uma descarregada no estresse, por vezes creio que, conforme alguns colegas já alertaram, teria muita energia acumulada, o que teria a ver tanto com as poluções noturnas quanto com a inquietação mental, entre outros exemplos. Diante disso tudo, sinto que preciso de fato de outras atividades para realizar. Estou vendo, sem ficar correndo atrás, se a pandemia permitirá, nos próximos tempos, uma ou outra interação social, sob a forma de dança, por exemplo. Por vezes imagino que preciso de uma parceira, não por sexo, mas por tudo o que diz respeito a um relacionamento. Verei nos "próximos capítulos" se procede ou não.

E a luta continua.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

soumulherviciadaemporn, Gardenzio, Piccolo e Vencedor disciplinado gostam desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

14/12/2021, 20:23
E mais uma desgraça de polução noturna. Mais uma merda de polução noturna.

Desculpem-me as palavras fortes, mas é que, pelo menos para mim, a ejaculação é a vida e a morte ao mesmo tempo. A guerra continua, mas não desisto.

Hoje, foi por volta de 00:40, após um pesadelo erótico do qual nem me lembro direito e é melhor. Fui tomar banho com meus pais brigando, confusão que foi até de manhã cedo. Ainda bem que dormi um pouco. Novamente minha mãe me ameaçando com médico, novamente aquilo tudo. Mas não desisto.

No mais, dia movimentado como vêm sendo os últimos. A detalhar o convívio com muitas mulheres atraentes, ontem o negócio foi intenso no trabalho.

Apesar de tudo, não desisto.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

soumulherviciadaemporn e Gardenzio gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2080
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Pacaraima

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

15/12/2021, 07:33
Digníssimo Justiceiro!

Mano, de qualquer forma, sei das questões que enfrentas mas admiro muito sua postura de manter-se firme. Confesso que não sei se teria a mesma força. E és um exemplo para nós, pois saiba que mesmo diante de todas essas questões que te incomodam, você não está usando de outros meios (se é que me entendes...) para "diminuir" essa dor. Isso é algo que todos nós devemos fazer, e tu tens feito isso muito bem.

Cada coisa tem seu tempo, mano. Se você está buscando a solução para as suas questões, ela virá, tenha certeza, e você aos poucos irá superando essas coisas.

É uma boa entrar num relacionamento se você sente que gostaria de estar em um. Continue cuidando de si, se valorizando e tranquilo quanto a isso. Apesar de dizerem, com razão, que às vezes é melhor não estar num relacionamento, eu acredito que relacionamento pode sim fazer muito bem. Só não podemos fazer dele o centro das nossas atenções, até porque temos outras coisas na vida que são tão importantes quanto.

Cara, vá em frente na dança e no violão, se tiveres pensando nisso. Faz muito bem para o espírito e para a mente.

Grande abraço, meu bom!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Revelarei aquilo que podes dar a ti próprio: certamente, o único caminho de uma vida tranquila passa pela virtude."



Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

15/12/2021, 19:33
Gardenzio escreveu:Digníssimo Justiceiro!

Mano, de qualquer forma, sei das questões que enfrentas mas admiro muito sua postura de manter-se firme. Confesso que não sei se teria a mesma força. E és um exemplo para nós, pois saiba que mesmo diante de todas essas questões que te incomodam, você não está usando de outros meios (se é que me entendes...) para "diminuir" essa dor. Isso é algo que todos nós devemos fazer, e tu tens feito isso muito bem.

Cada coisa tem seu tempo, mano. Se você está buscando a solução para as suas questões, ela virá, tenha certeza, e você aos poucos irá superando essas coisas.

É uma boa entrar num relacionamento se você sente que gostaria de estar em um. Continue cuidando de si, se valorizando e tranquilo quanto a isso. Apesar de dizerem, com razão, que às vezes é melhor não estar num relacionamento, eu acredito que relacionamento pode sim fazer muito bem. Só não podemos fazer dele o centro das nossas atenções, até porque temos outras coisas na vida que são tão importantes quanto.

Cara, vá em frente na dança e no violão, se tiveres pensando nisso. Faz muito bem para o espírito e para a mente.

Grande abraço, meu bom!

Digníssimo és tu, Gardenzio. Muito obrigado pela presença neste Diário. Sinto-me lisonjeado com tantos elogios, não é para tanto.

Aguento-me como posso e realmente penso que tudo tem seu tempo, sendo como você disse em seu Diário: só não vale ficar esperando. Quanto a um relacionamento, tenho pensado muito em mim mesmo quanto a meus quesitos pessoais e profissionais, no entanto, estou sim aberto a experiências caso alguma garota de conteúdo e alguma beleza surja em meu caminho. Sem que isso tudo me seja o centro das atenções, é claro.

Quanto ao violão, sigo praticando-o na medida do possível. Já sobre a dança, caso haja oportunidades com a pandemia melhor controlada, deverei aproveitá-las. O problema quanto à dança é que até mesmo isso tem me causado desconforto quanto às poluções noturnas. Explico: nas aulas há gente de todo o tipo, entenda-se, e com todo o respeito, não apenas mulheres bonitas. Há tipos de que não gosto, como gordinhas e mulheres mais velhas. Nas últimas vezes em que tomei aulas, como é comum compartilharmos pares, acabava dançando/praticando com todas, e como resultado este meu cérebro de viciado enlouquecia em me fazer ter pesadelos eróticos com as mulheres citadas, acho que me entende. Mas hei de superar tudo isso, tenho fé e estou correndo atrás.

Meu forte abraço, parceiro de lutas!

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

soumulherviciadaemporn, luta diária e Piccolo gostam desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

17/12/2021, 20:19
Na postagem de hoje, tentarei ser sucinto ao máximo. Estou ainda muito, muito cansado devido à correria dos últimos meses. Nem nas férias descansei direito. Apesar de tudo, estou buscando aproveitar os finais de semana e feriados com atividades que relaxem meu cérebro, e estou sentindo que deverá haver resultados. A inquietação mental parece em vias de melhora, só que meu corpo e minha mente imploram por algum descanso. Estou com sono acumulado, passo quase o dia todo bocejando, ando fazendo o máximo para ir dormir cedo sem me esquecer de minhas obrigações diárias. Estou esperançoso de que a empreitada dará certo.

A respeito do Reboot, segue ele firme. Não tenho poluções noturnas há 5 dias, o que considero uma conquista, e estou com a libido até problematicamente (ou não, a depender do ponto de vista) alta. No trabalho, tenho ereções involuntárias e felizmente tenho tido sucesso no esforço em controlá-las. A última semana foi complicada em termos de mulheres bonitas aparecendo: na quarta-feira apareceram umas três que muito me chamavam a atenção, uma delas a primeira do dia. Hoje, voltando para casa, dei de cara com uma jovem muito bela na calçada em frente a uma casa. Parecia arrumar coisas na garagem e, além de bela e elegante, trajava o que parecia um vestido de festa, imagem que me impactou bastante. Trocamos um olhar rápido e polido e precisei desviar-me dela na calçada para seguir caminho. Além de tudo, agradavelmente perfumada. Logo após, admito que tive uma severa ereção, na rua mesmo. Rua cheia de carros, gente na calçada, por sorte ninguém parece ter percebido. Com toda a vergonha do mundo, consegui me conter. Certamente a longa abstinência sexual está me deixando muito sensível nesse aspecto (eu que já o ando em outros), de modo que vultos de longe e aromas cheirosos já me obrigam a algum trabalho de conter a libido. Meu coração chega a acelerar, instinto puro. Mas tenho me controlado.

E eu que sigo recebendo olhares rápidos e até instigantes de garotas aleatórias (e belas), principalmente dentro de carros nas ruas. Não sei se é impressão minha... As cantadas de "coroas", que desde sempre me acompanharam, não têm mais acontecido. Enfim, por hoje é só isso. Preciso dormir para colocar meu corpo, minha mente e minha vida em ordem.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

Rottweiler gosta desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

21/12/2021, 20:43
Comentário rápido para dizer que dia após dia vou combatendo inimigos visíveis e invisíveis para colocar minha mente e minha vida em ordem. Poluções noturnas têm se acalmado, muito embora venha tendo sonhos eróticos muitas vezes românticos, aquela coisa softcore, só que ainda assim algo que demanda cuidados. Sonho que estou namorando, sabem? Hoje, porém, tive um sonho mais pesado, no qual me masturbava fantasiando, de maneira que acordei com forte ereção e quase ejaculando, com certo esforço e sorte tendo conseguido me manter seco. Uma conquista a mais.

No trabalho, nova enxurrada de belas mulheres, com direito a eu atendendo algumas. Meninas bonitas (algumas muito bonitas) me olhando, cheguei a ter princípios de ereção e até coração acelerado. Por vezes penso que seria interessante ter uma namorada, porém sigo naquela toada de ver o que será daqui por diante, não vale a pena ficar correndo atrás. Minha libido está nas alturas e meus sentidos têm se estimulado ferozmente até com perfume. Chego a me sentir virgem de novo, como se houvesse, para usar uma expressão nerd, feito restauração do sistema. Se for assim, ótimo.

Tenho me segurado, apesar de tudo. Vou vivendo minha vida como posso e correndo atrás do que é justo e certo. Abraço a todos.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

Rottweiler gosta desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

22/12/2021, 20:07
E outro dia movimentado no trabalho, graças a Deus acordando seco e seguindo o dia a trabalhar pesado. Gente de todos os tipos no recinto e... novamente mulheres bonitas. Algumas, aliás, muito bonitas. Uma delas, admito que de notável beleza para o meu gosto, calhou de ser atendida por mim. Interação profissional das mais saudáveis, com a maturidade e a decência de um Rebooter falando mais alto do que tudo. E ela deve voltar depois. Em outros tempos, nem sei se aguentaria o atendimento (como certa vez em que, abobalhado pela aparência da cidadã que atendia, cometi uma série de erros que chegaram a prejudicá-la no início e deram grande trabalho para que meu chefe e eu resolvêssemos a questão. Fora o mal-estar. Tempos passados, felizmente, e é satisfeito que fecho estes parênteses).

Fora isso, outros problemas resolvidos e os olhares de garotas continuam... Enfim, vejamos o que será. Tenho uma série de planos para meu futuro e aos poucos vou colocando cada coisa em seu lugar.

Por hoje é só. Meu abraço a todos.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

Gardenzio e Rottweiler gostam desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

24/12/2021, 19:09
No meio da resolução de problemas aqui em casa, de folga de Natal que estou, vim apenas dizer que minha cabeça segue buscando o caminho do sossego e que assim continue. Feliz Natal a todos e que Deus e a luta providenciam dias melhores para todos.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

Gardenzio e Piccolo gostam desta mensagem

avatar
ironmaiden2244
Mensagens : 179
Data de inscrição : 11/05/2021

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

25/12/2021, 16:16
Justiceiro do Sertão escreveu:No meio da resolução de problemas aqui em casa, de folga de Natal que estou, vim apenas dizer que minha cabeça segue buscando o caminho do sossego e que assim continue. Feliz Natal a todos e que Deus e a luta providenciam dias melhores para todos.

Feliz natal fiote.

Use esse resto de ano como combustível para entrar em 2022 ainda mais forte.

Um abração e conte conosco.

Piccolo gosta desta mensagem

Piccolo
Piccolo
Mensagens : 277
Data de inscrição : 24/12/2019
Idade : 20

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

25/12/2021, 21:36
Justiceiro do Sertão escreveu:No meio da resolução de problemas aqui em casa, de folga de Natal que estou, vim apenas dizer que minha cabeça segue buscando o caminho do sossego e que assim continue. Feliz Natal a todos e que Deus e a luta providenciam dias melhores para todos.

Feliz natal Justiceiro

Que siga firme na busca por sossego mental e nas resoluções de seus problemas pessoais. Por dias melhores.

_______________________________________
Há sempre uma chance de vitória, por menor que ela seja nela que eu acredito.




Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

26/12/2021, 11:51
ironmaiden2244 escreveu:
Justiceiro do Sertão escreveu:No meio da resolução de problemas aqui em casa, de folga de Natal que estou, vim apenas dizer que minha cabeça segue buscando o caminho do sossego e que assim continue. Feliz Natal a todos e que Deus e a luta providenciam dias melhores para todos.

Feliz natal fiote.

Use esse resto de ano como combustível para entrar em 2022 ainda mais forte.

Um abração e conte conosco.

Grande ironmaiden2244, obrigado pelo suporte e força em sua luta. Entramos destruídos, sairemos as melhores pessoas que poderíamos nos tornar.

Meu abraço a você.

Rocketman escreveu:
Justiceiro do Sertão escreveu:No meio da resolução de problemas aqui em casa, de folga de Natal que estou, vim apenas dizer que minha cabeça segue buscando o caminho do sossego e que assim continue. Feliz Natal a todos e que Deus e a luta providenciam dias melhores para todos.

Feliz natal Justiceiro

Que siga firme na busca por sossego mental e nas resoluções de seus problemas pessoais. Por dias melhores.

Nobre Rocketman, obrigado e saudações. Meus votos e meu abraço.

Tudo de bom a você.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

soumulherviciadaemporn e ironmaiden2244 gostam desta mensagem

avatar
ironmaiden2244
Mensagens : 179
Data de inscrição : 11/05/2021

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

26/12/2021, 14:50
Justiceiro do Sertão escreveu:
ironmaiden2244 escreveu:
Justiceiro do Sertão escreveu:No meio da resolução de problemas aqui em casa, de folga de Natal que estou, vim apenas dizer que minha cabeça segue buscando o caminho do sossego e que assim continue. Feliz Natal a todos e que Deus e a luta providenciam dias melhores para todos.

Feliz natal fiote.

Use esse resto de ano como combustível para entrar em 2022 ainda mais forte.

Um abração e conte conosco.

Grande ironmaiden2244, obrigado pelo suporte e força em sua luta. Entramos destruídos, sairemos as melhores pessoas que poderíamos nos tornar.

Meu abraço a você.

Rocketman escreveu:
Justiceiro do Sertão escreveu:No meio da resolução de problemas aqui em casa, de folga de Natal que estou, vim apenas dizer que minha cabeça segue buscando o caminho do sossego e que assim continue. Feliz Natal a todos e que Deus e a luta providenciam dias melhores para todos.

Feliz natal Justiceiro

Que siga firme na busca por sossego mental e nas resoluções de seus problemas pessoais. Por dias melhores.

Nobre Rocketman, obrigado e saudações. Meus votos e meu abraço.

Tudo de bom a você.

Bora pra cima, campeão.

Tem tudo para vencer.

Abraços!
Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

28/12/2021, 20:39
Prezados, hoje foi daqueles dias em que tive de tomar uma decisão muito importante. Arrancar da minha vida uma questão problemática. Já vinha planejando há algum tempo e agora houve a oportunidade, após chegar do trabalho e não aguentar mais a situação.

Buscarei ser breve, apesar de ser um tanto difícil. Porque a história é longa e contá-la em maiores detalhes aqui no Fórum seria desnecessário e até perigoso para os gloriosos colegas de Reboot. Enfim, aproveitei a tradicional revisão periódica (entenda-se, exclusões em massa de "amigos") nas redes sociais (que já frequento pouco) para excluir uma garota cuja figura não me faz bem e que agora deu para colocar fotos sugestivas em sua página. Já falei sobre ela neste Diário, sucintamente é alguém que tive como colega de escola há muitos anos e por quem, admito, tinha certo interesse. À época fizemos um princípio de amizade, no entanto ela logo desenvolveria uma personalidade complicada de se lidar, pelo menos para um sujeito como eu. Superficialmente para não prejudicar os nobres colegas, ela se valia de sua beleza para provocar a todos e a mim submeteu a humilhações deprimentes não só para um garoto, mas para qualquer homem.

Ela era hipócrita, sabem? Acho que conseguem ter uma ideia da situação. Ela pensa que me esqueci das vergonhas que ela me fez passar. Éramos jovens, mas já tínhamos maturidade exigida para aquele contexto. Enfim, mantivemos contato protocolar (só não a excluí antes porque o vício não deve ter deixado) e por vezes andamos nos encontrando, agora ela a me fazer charmes e propostas como conhecer o local onde trabalha. Isso porque está casada e com filhos. Não sei quais são suas intenções, mas sei que devo ter amor-próprio e reconhecer tudo o que ela me aprontou. Ainda mais por estar comprometida.

Era na época uma das garotas mais bonitas e cobiçadas da escola, e confesso, sem querer ficar levantando possibilidades, que chegaram a mim informações bastante impactantes acerca do "comportamento" dela, isso já à época. E ela, admito, dava mostras. Não se valorizava, se me entendem. Falo porque era alguém inteligente e com algum potencial intelectual. Quer dizer, aquele tipo de pessoa com quem não vale a pena conviver. Hoje me dou por satisfeito por nunca ter ocorrido nada mais do que uma certa amizade entre nós.

Com todo o respeito, sem querer ser machista (jamais), mas uma mulher que se diz refinada, que busca passar boa imagem (o que ela tenta), não pode ficar se expondo daquele jeito. Quem sai perdendo é ela própria. E aqueles que fazem parte de seu círculo. É algo no mínimo hipócrita. Não é caretice, é questão de caráter mesmo. Cada um faz o que quer da vida, porém certas coisas precisam sim ser sopesadas, pelo bem próprio e daqueles que estão em redor.

Por isso tomei a decisão de excluí-la, junto com outras pessoas, de minhas redes sociais, após dias em que, se é que me entendem, a situação estava ficando perigosa. Por mais que eu me sinta cada dia mais resistente a "coisas" que vejo por aí, reconheço que sou humano e, como tal, sujeito a falhas. Em especial quando se trata de alguém que impactou minha vida de maneira tão problemática. Ela ainda se parece com aquela época, apesar de estar com um ar, admito, envelhecido de rosto e até de corpo. Aparência de pessoa desgastada, apesar de ter a minha idade. Confesso-lhes que era linda, um tipo que só não me atraía de fato porque sou fã de mulheres mais altas. E, no presente, pareceu-me estar até mais baixa. Não sei se é impressão minha, mas as fotos, das quais me desviei como pude, me deram até certo alívio pelo fato de não me parecer alguém que plenamente me atrairia. Entretanto, as lembranças e a própria insinuação das imagens não tiveram como, de um modo ou outro, impactar minha pessoa, ainda que indiretamente. Ainda que só de me lembrar de meu turbulento passado.

Nada disso me tira o foco daquilo que realmente quero para minha existência. Portanto, vejo-me em todos os sentidos aliviado com relação à minha atitude. Se voltar a encontrá-la, tratarei sua pessoa da maneira mais madura que o contexto exigir, entretanto colocando meu brio acima de tudo. Nem se estivesse livre e desimpedida valeria a pena. Não há beleza nessas horas. Por tudo o que me fez passar, nem se fosse fisicamente minha "preferência" (ela que chegava perto naqueles tempos) e/ou tivesse perfeita afinidade intelectual (e pensávamos mais ou menos parecido, tínhamos até gostos musicais semelhantes) comigo. Quem pegou, faça bom proveito.

E sigo na busca por dias melhores.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

soumulherviciadaemporn e Gardenzio gostam desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

30/12/2021, 20:00
Nobres parceiros de luta, mais um dia bastante movimentado. Buscarei ser breve.

No trabalho, interagi com os colegas de setor e também com uma garota de outro com a qual venho estabelecendo certo coleguismo. Nossas conversas vêm sendo relativamente saudáveis e produtivas, até trocamos bilhetes de boas-festas, entretanto acho que é cedo para se falar em algo mais.

Além disso, fui forte e maduro o suficiente para superar uma situação bastante "perigosa" que vivi no expediente com relação ao uma jovem (e bela) cidadã que surgira num setor próximo. Confesso-lhes que não devo detalhar a respeito do caso. O que digo é que me dou por satisfeito em saber que meus esforços como Rebooter andam sendo recompensados; caso contrário, jamais sairia ileso de uma perturbadora surpresa como aquela.

Voltando para casa, ao passar por um endereço conhecido de meu trajeto, recebo gritos de "Oi!" e outras saudações vindos de umas garotas numa sacada. Respondi com um "Oi, acho que conheço vocês", por de fato ter achado que eram umas conhecidas minhas, só que eram umas jovens desconhecidas, que ficaram com uns sorrisos, gracejos e se escondendo. Mesmo assim, com o devido respeito, creio que passei uma boa impressão. Relembrar não custa: é incrível como o Reboot nos transforma por completo. Tornamo-nos, antes de tudo, seres visíveis.

Enfim, recebam todos meus votos de um Ano-Novo de paz e saúde, muito melhor do que este que termina. E que o exemplo do Reboot fique.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

Gardenzio gosta desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

1/1/2022, 15:26
Rapidamente para dizer que tive nova crise noturna na primeira noite do ano, só que estou de tal modo buscando a restauração mental, mediante certa modificação de meus métodos, que prometi a mim mesmo manter a calma. Por mais que pareça meme, vale dizer, adulto que sou: quem fica irritado é adolescente, adulto mesmo encara as coisas e as pessoas como são, a vida como é.

Por hoje é só.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

Gardenzio gosta desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2080
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Pacaraima

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

1/1/2022, 16:13
Grande Justiceiro!

Antes de mais nada, Feliz Ano Novo, meu bom.

Cara, com relação ao relato da exclusão da menina das suas redes, acho que você fez bem, mano. Acho normal de sua parte, e não vejo como machismo, você esperar de uma possível mulher para relacionamento que ela se porte descentemente nas redes sociais, sem muitas fotos chamativas e tals... Mas como você falou, cada um faz o que achar válido... uahsuahshu

Acho interessante numa mulher, ou num perfil qualquer, quando a pessoa expõe a sua vida de maneira saudável (nem tanto nem tão pouco) e não fica só expondo fotos com conteúdo sexual. Para nós do reboot é melhor fugir desses perfis, e passar a seguir aqueles com conteúdos informativos e que agregam algo bom à vida.

No mais, parabéns por seguir sempre firme, mano.

Grande abraço!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Revelarei aquilo que podes dar a ti próprio: certamente, o único caminho de uma vida tranquila passa pela virtude."



Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2312
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 32 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

2/1/2022, 09:45
Grande és tu, Gardenzio. Obrigado pelos cumprimentos.

Teve e tem que ser assim. Além do mais ela está casada e com filhos! Penso que devemos, clichês à parte mas é que é algo verdadeiro, nos afastar de pessoas tóxicas. Se eu não o fizesse, seria ruim para mim mesmo em todos os sentidos. Não soa bem ter alguém assim em seus contatos, em nenhuma circunstância. Seu caráter fica em xeque e, para dar um exemplo bem direto, já imaginou se alguma eventual parceira dá de cara com "aquilo tudo" nas suas redes sociais? Penso em tudo isso.
Decididamente, não vale a pena eu ser besta assim. Nem ninguém. Receba meu abraço e seja forte em seu Reboot.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.
Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos