24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

+64
Allyf_linek
NO FAP FOREVER!!!
Cavaleiro Oculto
Fim de diário
ironmaiden2244
CadeiraMecanica
Gardenzio
Vencedor disciplinado
freedom.ever
Muskel94
Drew
Gracinha
@_Luan
o2Lázaro
parbat
Rocketman
Aliócha
luta diária
Justiceiro do Sertão
Flying
A Simple Man
Porfiri Pietróvich
ampity27
LikeAStone
Bernardo de Claraval
Eddie Red Pill
João Calvino
soumulherviciadaemporn
Mike
Dante Auditore
Peter Parker
balboa08
Broda
Harvey
rlutador
Vitrola
MascaradeFerro
James Bond
DarkSlayer
JovemRenascido
Bolovo
Guerreiro da Evolução
FTenBa
Toon
5&4
Pallantir
Transporter
Kal-el
Sr. Morais
Soli Deo Gloria
Rottweiler
Leleco
Tiago M
Urso Polar
Mike T.
Seeker
TheMan
coronel
Master
The_Survivor
..Heitor..
Wozel
RousseauStrong
Kusmin
68 participantes
Ir para baixo
Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2399
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

8/11/2022, 20:01
Gardenzio escreveu:Salve, ilustre justiceiro!

Cara, meus parabéns pela marca! É um verdadeiro exemplo de motivação para todos nós, e que possamos muito de nós bater marcas semelhantes à essa sua. Continue sempre seguindo, meu bom.

Grande abraço!

Saudações a você, grande Gardenzio. Que você se liberte, possa se ver para sempre livre de qualquer vício e superar marcas cada vez maiores em uma vida plena, repleta de felicidade.

Grande abraço a você!

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

Kobscop gosta desta mensagem

Mike
Mike
Mensagens : 574
Data de inscrição : 04/04/2016
Idade : 29

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

8/11/2022, 22:59
Justiceiro do Sertão escreveu: No presente dia completo exatos 4 anos longe do vício. Uma marca, admito, para ser comemorada. Buscarei ser breve neste relato.

Cada vez mais vou correndo atrás de colocar as coisas em ordem, no entanto admito que estou sendo atingido pelo que parecem ser graves crises de ansiedade. Trata-se de um problema contra o qual já luto há alguns anos, porém só agora resolvi procurar ajuda. A demora deve-se a uma série de questões a respeito das quais não convém falar agora. Todavia, estou muito disposto a buscar tratamento e é isso que farei a partir de amanhã, quando devo procurar uma clínica gratuita aqui na cidade.

Pois é, pessoal. Lembram-se de que eu tanto falava em inquietação mental? Cada vez mais me convenço de que sofro de ansiedade, não duvido de que tal será meu diagnóstico. Agora sei que devo procurar ajuda e estou disposto a me tratar para enfim desfrutar de uma vida plena. Estou esperançoso.

Meu grande abraço e bom Reboot a todos.

Primeiramente, parabéns pela grande marca. Você é um exemplo a ser seguido por todos nós que estamos buscando nos libertar do vício.

E sobre os seus problemas com ansiedade, deixo aqui mais um incentivo para que você busque ajuda. Também tive problemas com isso, perdi inúmeras noites de sono, vários momentos com angústia no coração, mas graças a Deus consegui por tudo em ordem. Você está fazendo a coisa certa em ir buscar ajuda. O mal tem que ser cortado pela raiz. Não tenho dúvidas que tudo vai ser colocado no seu devido lugar e rapidamente você estará liberto disso.

Um forte abraço e bons ganhos.

_______________________________________




MELHORES MARCAS EM 2022

1° - 55 dias [ ]
2° - 30 dias [ ]
3° - 15 dias [ ]

'''Portanto, não recue agora. Conserte às coisas para você ou se arrependerá por não tê-lo feito.''
- Apollo Creed

Justiceiro do Sertão e Kobscop gostam desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2399
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

9/11/2022, 18:23
Mike escreveu:
Justiceiro do Sertão escreveu: No presente dia completo exatos 4 anos longe do vício. Uma marca, admito, para ser comemorada. Buscarei ser breve neste relato.

Cada vez mais vou correndo atrás de colocar as coisas em ordem, no entanto admito que estou sendo atingido pelo que parecem ser graves crises de ansiedade. Trata-se de um problema contra o qual já luto há alguns anos, porém só agora resolvi procurar ajuda. A demora deve-se a uma série de questões a respeito das quais não convém falar agora. Todavia, estou muito disposto a buscar tratamento e é isso que farei a partir de amanhã, quando devo procurar uma clínica gratuita aqui na cidade.

Pois é, pessoal. Lembram-se de que eu tanto falava em inquietação mental? Cada vez mais me convenço de que sofro de ansiedade, não duvido de que tal será meu diagnóstico. Agora sei que devo procurar ajuda e estou disposto a me tratar para enfim desfrutar de uma vida plena. Estou esperançoso.

Meu grande abraço e bom Reboot a todos.

Primeiramente, parabéns pela grande marca. Você é um exemplo a ser seguido por todos nós que estamos buscando nos libertar do vício.

E sobre os seus problemas com ansiedade, deixo aqui mais um incentivo para que você busque ajuda. Também tive problemas com isso, perdi inúmeras noites de sono, vários momentos com angústia no coração, mas graças a Deus consegui por tudo em ordem. Você está fazendo a coisa certa em ir buscar ajuda. O mal tem que ser cortado pela raiz. Não tenho dúvidas que tudo vai ser colocado no seu devido lugar e rapidamente você estará liberto disso.

Um forte abraço e bons ganhos.

Obrigado, grande Mike. Intensas saudações a você.

Seja bem-sucedido em sua luta e grande abraço.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

karkassa e Kobscop gostam desta mensagem

Vitoriosa
Vitoriosa
Moderadora
Moderadora
Mensagens : 1185
Data de inscrição : 10/12/2018

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

11/11/2022, 23:58
Oi boa noite Justiceiro do Sertão, vejo que vc está bem referente ao vício, meu marido foi diagnosticado com TAG, transtorno de ansiedade generalizada, fez tratamento por dois anos tomando paroxetina, esse medicamento tbm foi fundamental no controle da compulsão, ele já teve alta do psiquiatra, está bem graças a Deus, em relação ao vício tbm está livre, agora ele tenta concientizar os amigos, chega a ficar bravo quando não acreditam que a pornografia vicia. Ele continua com os bloqueadores,não usa rede social, só tem o celular para falar comigo e com os filhos, tanto que toda vez que sai deixa o celular em casa, desapego total. Olha desde que ele se conscientizou que era viciado nunca mais voltou a recair, são exatamente 4 anos longe da pornografia e seus afins. Nossa vida sexual é muito boa, nem se lembra mais que um dia já teve D.E, é como se o vício nunca tivesse existido em nossa vida.
Um grande abraço, espero que vc melhore da sua ansiedade. É bom saber que vc procurou ajuda profissional, infelizmente dependendo do grau da ansiedade o psiquiatra vai passar algum medicamento para você!
Abraços fique com Deus 🙏


Última edição por Vitoriosa em 12/11/2022, 01:08, editado 1 vez(es)

Justiceiro do Sertão, karkassa e Kobscop gostam desta mensagem

ForteForte
ForteForte
Mensagens : 31
Data de inscrição : 25/10/2022

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

12/11/2022, 01:00
Vitoriosa escreveu:Oi boa noite Justiceiro do Sertão, vejo que vc está bem referente ao vício, meu marido foi diagnosticado com TAG, transtorno de ansiedade generalizada, fez tratamento por dois anos tomando paroxetina, esse medicamento tbm foi fundamental no controle da compulsão, ele já teve alta do psiquiatra, está bem graças a Deus, em relação ao vício tbm está livre, agora ele tenta concientizar os amigos, chega a ficar bravo quando não acreditam que a pornografia vicia. Ele continua com os bloqueadores,não usa rede social, só tem o celular para falar comigo e com os filhos, tanto que toda vez que sai deixa o celular em casa, desapego total. Olha desde que ele se conscientizou que era viciado nunca mais voltou a recair, são exatamente 4 anos longe da pornografia e seus afins. Nossa vida sexual é muito boa, nem se lembra mais que um dia já teve D.E, é como se o vício nunca tivesse existido em nossa vida.
Um grande abraço, espero que vc melhore da sua ansiedade. É bom saber que vc procurou ajuda profissional, infelizmente dependendo do grau da ansiedade o psiquiatra vai passar algum medicamento para você!
Abraços fique com Deus 🙏

Inspirador!!! Parabéns!!!

Justiceiro do Sertão, Vitoriosa e Kobscop gostam desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2399
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

12/11/2022, 16:23
Vitoriosa escreveu:Oi boa noite Justiceiro do Sertão, vejo que vc está bem referente ao vício, meu marido foi diagnosticado com TAG, transtorno de ansiedade generalizada, fez tratamento por dois anos tomando paroxetina, esse medicamento tbm foi fundamental no controle da compulsão, ele já teve alta do psiquiatra, está bem graças a Deus, em relação ao vício tbm está livre, agora ele tenta concientizar os amigos, chega a ficar bravo quando não acreditam que a pornografia vicia. Ele continua com os bloqueadores,não usa rede social, só tem o celular para falar comigo e com os filhos, tanto que toda vez que sai deixa o celular em casa, desapego total. Olha desde que ele se conscientizou que era viciado nunca mais voltou a recair, são exatamente 4 anos longe da pornografia e seus afins. Nossa vida sexual é muito boa, nem se lembra mais que um dia já teve D.E, é como se o vício nunca tivesse existido em nossa vida.
Um grande abraço, espero que vc melhore da sua ansiedade. É bom saber que vc procurou ajuda profissional, infelizmente dependendo do grau da ansiedade o psiquiatra vai passar algum medicamento para você!
Abraços fique com Deus 🙏

Muitíssimo obrigado, Vitoriosa. É uma honra tê-la neste meu Diário. Agradeço imensamente as orientações.

Deus esteja com você e grande abraço.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

Vitoriosa gosta desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2399
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

12/11/2022, 16:24
ForteForte escreveu:
Vitoriosa escreveu:Oi boa noite Justiceiro do Sertão, vejo que vc está bem referente ao vício, meu marido foi diagnosticado com TAG, transtorno de ansiedade generalizada, fez tratamento por dois anos tomando paroxetina, esse medicamento tbm foi fundamental no controle da compulsão, ele já teve alta do psiquiatra, está bem graças a Deus, em relação ao vício tbm está livre, agora ele tenta concientizar os amigos, chega a ficar bravo quando não acreditam que a pornografia vicia. Ele continua com os bloqueadores,não usa rede social, só tem o celular para falar comigo e com os filhos, tanto que toda vez que sai deixa o celular em casa, desapego total. Olha desde que ele se conscientizou que era viciado nunca mais voltou a recair, são exatamente 4 anos longe da pornografia e seus afins. Nossa vida sexual é muito boa, nem se lembra mais que um dia já teve D.E, é como se o vício nunca tivesse existido em nossa vida.
Um grande abraço, espero que vc melhore da sua ansiedade. É bom saber que vc procurou ajuda profissional, infelizmente dependendo do grau da ansiedade o psiquiatra vai passar algum medicamento para você!
Abraços fique com Deus 🙏

Inspirador!!! Parabéns!!!

Minhas saudações, ForteForte. E meu desejo de que se liberte deste vício.

Grande abraço.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.
Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2399
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

14/11/2022, 19:41
Numa rápida passagem, venho dizer a vocês que fui à neurologista para tratar de minha inquietação mental, o que a profissional, que me pareceu muito competente, considerou como relacionada com ansiedade. Receitou-me um medicamento que devo começar a tomar hoje, e estou esperançoso de que as coisas só devem melhorar.

E sigo.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

karkassa e Rottweiler gostam desta mensagem

ForteForte
ForteForte
Mensagens : 31
Data de inscrição : 25/10/2022

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

14/11/2022, 20:46
Justiceiro do Sertão escreveu:Numa rápida passagem, venho dizer a vocês que fui à neurologista para tratar de minha inquietação mental, o que a profissional, que me pareceu muito competente, considerou como relacionada com ansiedade. Receitou-me um medicamento que devo começar a tomar hoje, e estou esperançoso de que as coisas só devem melhorar.

E sigo.

Ai sim!!
Cara não sei que remédio eles receitaram.. mas se for um meio forte, fica esperto pois esses remédios nos primeiros dias ele da mais ansiedade em você, (Ele piora sua ansiedade) e depois de uns dias começa a melhorar.. Então se tiver uns sintomas meio fortes com certeza é isso..

Ou se for um remédio mais fraco acredito que não vai ter esses sintomas.
No mais desejo que você melhore parceiro! Abraços!

_______________________________________
PMO REBOOT:
1 - NO PMO  (25/10 - 04/12): 40 dias
2 - NO PMO (04/12):  


Like a Star @ heaven  Meu Diário: https://www.comoparar.com/t12914-em-busca-de-uma-vida-digna

Justiceiro do Sertão e karkassa gostam desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2399
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

15/11/2022, 17:01
ForteForte escreveu:
Justiceiro do Sertão escreveu:Numa rápida passagem, venho dizer a vocês que fui à neurologista para tratar de minha inquietação mental, o que a profissional, que me pareceu muito competente, considerou como relacionada com ansiedade. Receitou-me um medicamento que devo começar a tomar hoje, e estou esperançoso de que as coisas só devem melhorar.

E sigo.

Ai sim!!
Cara não sei que remédio eles receitaram.. mas se for um meio forte, fica esperto pois esses remédios nos primeiros dias ele da mais ansiedade em você, (Ele piora sua ansiedade) e depois de uns dias começa a melhorar.. Então se tiver uns sintomas meio fortes com certeza é isso..

Ou se for um remédio mais fraco acredito que não vai ter esses sintomas.
No mais desejo que você melhore parceiro! Abraços!

Caro ForteForte, o que devo dizer é que infelizmente considerei um tanto forte esse remédio, e não sei se continuarei tomando. Ele tem efeitos colaterais violentos, de modo que devo pensar na questão.

De qualquer modo, obrigado e um abraço.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

karkassa gosta desta mensagem

ForteForte
ForteForte
Mensagens : 31
Data de inscrição : 25/10/2022

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

15/11/2022, 22:28
Justiceiro do Sertão escreveu:
ForteForte escreveu:
Justiceiro do Sertão escreveu:Numa rápida passagem, venho dizer a vocês que fui à neurologista para tratar de minha inquietação mental, o que a profissional, que me pareceu muito competente, considerou como relacionada com ansiedade. Receitou-me um medicamento que devo começar a tomar hoje, e estou esperançoso de que as coisas só devem melhorar.

E sigo.

Ai sim!!
Cara não sei que remédio eles receitaram.. mas se for um meio forte, fica esperto pois esses remédios nos primeiros dias ele da mais ansiedade em você, (Ele piora sua ansiedade) e depois de uns dias começa a melhorar.. Então se tiver uns sintomas meio fortes com certeza é isso..

Ou se for um remédio mais fraco acredito que não vai ter esses sintomas.
No mais desejo que você melhore parceiro! Abraços!

Caro ForteForte, o que devo dizer é que infelizmente considerei um tanto forte esse remédio, e não sei se continuarei tomando. Ele tem efeitos colaterais violentos, de modo que devo pensar na questão.

De qualquer modo, obrigado e um abraço.

Imaginei cara! até por isso eu falei aqui..
Então, como experiência própria: Eu ja tomei remédio para ansiedade..
Na época eu tomei um chamado PAMELOR, que não tive efeitos colaterais muito fortes nos primeiros dia com ele..
Porém teve um que uma psiquiatra me receitou chamado VENLAFAXINA, cara esse remédio no primeiro dia q eu tomei ele, eu acordei de madrugada como se um caminhão tivesse me atropelado, sem noção de onde estava (estava na minha cama), e no outro dia fiquei me sentindo mal pra caramba com a boca seca e passando mal.. Tomei somente esse primeiro dia e não continuei nem a pau..

O que os psiquiatras falam é que vc teria que enfrentar os primeiros dias onde a sua ansiedade aumenta mais do que já esta, e depois ela volta a estabilizar...
OBS: o doido é que eles falam que geralmente nas 2 primeira semanas a ansiedade aumenta.. cara isso é sinistro.. porém os primeiros dias são os piores.. esse venlafaxina eu tomei somente um dia e não continuei nem fazendo sexo..

Essa questão é porquê o remédio literalmente modifica tudo suas redes do cérebro.. por isso causa esses efeitos..

Cara como experiência e opinião própria: Se você esta sentindo ansiedade geralmente tem alguma causa.. seja ela algo psicológico seu (seus pensamentos,traumas, etc), ou as vezes pode ser também coisas que vc nem imagina, exemplo: CAFÉ.. vc tomar café todos os dias pode te causar ansiedade e muitas coisas ruins. Então vale muito a pena tentar traçar um panorama e ver o que pode mais estar de causando, e procurar possíveis causas..

O remédio não vai te curar.. porém ele pode te ajudar a melhorar e conforme vc melhora você consegue tirar ele depois.. mas se vc não tratar as causas diretamente provavelmente vc não vai se curar entendeu??
Cara o problema dos médicos é que eles não querem nem saber nada da sua vida, nem te ajudam de verdade e ja sai receitando os remédios entendeu...
Te aconselho muito a olhar como uma forma mais "holística" para sua vida.. e ver no geral o que pode ta te afetando mesmo..
Esses remédios são sinistros.. dependendo do seu grau de ansiedade as vezes nem é bom usar, mas tem pessoas que só com o remédio para melhorar, entende?

É isso irmão, melhoras!! qualquer coisa estamos ae. abraçoss!

_______________________________________
PMO REBOOT:
1 - NO PMO  (25/10 - 04/12): 40 dias
2 - NO PMO (04/12):  


Like a Star @ heaven  Meu Diário: https://www.comoparar.com/t12914-em-busca-de-uma-vida-digna

Justiceiro do Sertão gosta desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2399
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

16/11/2022, 12:16
ForteForte escreveu:
Justiceiro do Sertão escreveu:
ForteForte escreveu:
Justiceiro do Sertão escreveu:Numa rápida passagem, venho dizer a vocês que fui à neurologista para tratar de minha inquietação mental, o que a profissional, que me pareceu muito competente, considerou como relacionada com ansiedade. Receitou-me um medicamento que devo começar a tomar hoje, e estou esperançoso de que as coisas só devem melhorar.

E sigo.

Ai sim!!
Cara não sei que remédio eles receitaram.. mas se for um meio forte, fica esperto pois esses remédios nos primeiros dias ele da mais ansiedade em você, (Ele piora sua ansiedade) e depois de uns dias começa a melhorar.. Então se tiver uns sintomas meio fortes com certeza é isso..

Ou se for um remédio mais fraco acredito que não vai ter esses sintomas.
No mais desejo que você melhore parceiro! Abraços!

Caro ForteForte, o que devo dizer é que infelizmente considerei um tanto forte esse remédio, e não sei se continuarei tomando. Ele tem efeitos colaterais violentos, de modo que devo pensar na questão.

De qualquer modo, obrigado e um abraço.

Imaginei cara! até por isso eu falei aqui..
Então, como experiência própria: Eu ja tomei remédio para ansiedade..
Na época eu tomei um chamado PAMELOR, que não tive efeitos colaterais muito fortes nos primeiros dia com ele..
Porém teve um que uma psiquiatra me receitou chamado VENLAFAXINA, cara esse remédio no primeiro dia q eu tomei ele, eu acordei de madrugada como se um caminhão tivesse me atropelado, sem noção de onde estava (estava na minha cama), e no outro dia fiquei me sentindo mal pra caramba com a boca seca e passando mal.. Tomei somente esse primeiro dia e não continuei nem a pau..

O que os psiquiatras falam é que vc teria que enfrentar os primeiros dias onde a sua ansiedade aumenta mais do que já esta, e depois ela volta a estabilizar...
OBS: o doido é que eles falam que geralmente nas 2 primeira semanas a ansiedade aumenta.. cara isso é sinistro.. porém os primeiros dias são os piores.. esse venlafaxina eu tomei somente um dia e não continuei nem fazendo sexo..

Essa questão é porquê o remédio literalmente modifica tudo suas redes do cérebro.. por isso causa esses efeitos..

Cara como experiência e opinião própria: Se você esta sentindo ansiedade geralmente tem alguma causa.. seja ela algo psicológico seu (seus pensamentos,traumas, etc), ou as vezes pode ser também coisas que vc nem imagina, exemplo: CAFÉ.. vc tomar café todos os dias pode te causar ansiedade e muitas coisas ruins. Então vale muito a pena tentar traçar um panorama e ver o que pode mais estar de causando, e procurar possíveis causas..

O remédio não vai te curar.. porém ele pode te ajudar a melhorar e conforme vc melhora você consegue tirar ele depois.. mas se vc não tratar as causas diretamente provavelmente vc não vai se curar entendeu??
Cara o problema dos médicos é que eles não querem nem saber nada da sua vida, nem te ajudam de verdade e ja sai receitando os remédios entendeu...
Te aconselho muito a olhar como uma forma mais "holística" para sua vida.. e ver no geral o que pode ta te afetando mesmo..
Esses remédios são sinistros.. dependendo do seu grau de ansiedade as vezes nem é bom usar, mas tem pessoas que só com o remédio para melhorar, entende?

É isso irmão, melhoras!! qualquer coisa estamos ae. abraçoss!

Caro ForteForte, muito obrigado pelas orientações e eis o que vou falar para você. Vou tratar essa minha ansiedade, essa inquietação mental, provavelmente na raça mesmo. E já sinto que finalmente serei bem-sucedido.

A médica me receitou um remédio que considerei muito forte, bem naquela toada do que você disse de os médicos por vezes não nos aprofundarem naquilo de que necessitamos. Receitou-me Quet (Hemifumarato de quetiapina 25mg), um tarja vermelha usado até no tratamento da esquizofrenia. Logo no primeiro comprimido, em questão de minutos eu tive uma queda de pressão e desmaiei no corredor de casa, tendo sido colocado na cama por meus pais. Tive tremores nas pernas, nos braços, fôlego falhando, uma sensação muito incômoda. Até agora estou com leves dores de cabeça. Quer saber? Nunca mais!

Sem contar os efeitos colaterais violentos de que a bula fala. E eu até senti alguns deles. Nem vou ficar descrevendo.

Enfim, soou-me como um medicamento pesado demais para o meu caso. Que, embora não seja algo simples, pode sim ser resolvido de outros modos com um custo-benefício maior.

Novo obrigado pelas orientações e prossiga na luta contra seus vícios. Um abraço!

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.
Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2399
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

16/11/2022, 12:46
Perto de completar 1.500 dias de Reboot, sinto que algumas coisas devem ser colocadas em pauta. Lá vamos nós.

Estou enfrentando minha inquietação mental, considerada pela médica neurologista que consultei como ansiedade, da maneira mais competente e ao mesmo tempo mantendo a calma, por paradoxal que possa parecer. Sei que conseguirei, que terei uma vida estável nesse tão importante sentido. Aprendi a me conhecer.

E tudo isso sem tomar remédios. O único que tomei não me fez bem e tive discernimento para interromper o tratamento. Depois, devo explicar o caso para a médica.

No mais, algumas conversas com minha mãe me fizeram encarar o mundo com serenidade e, ao mesmo tempo, leveza. Sinto-me mais disposto a procurar oportunidades inclusive aqui mesmo na cidade do interior onde moro, a qual parece também ser um bom lugar para se viver. Eu que em outros tempos tanto me incomodava com este lugar, tendo inclusive tecido duras críticas neste Fórum, hoje reconheço, como pedido de desculpas e agradecimento aos que me ajudaram (inclusive nativos), que posso sim ser feliz por aqui, a despeito do comportamento por vezes excessivamente crítico de pessoas como meu pai. Em suma, nestes 30 anos e meio, digitando de casa nesta tarde quente de férias, cada vez amadureço mais.

Ótimo Reboot a todos.

P. S.: Gostaria de pedir por favor aos nobres moderadores que transferissem o meu Diário, por conta dos meus 30 anos, para a faixa de Idade de 30 anos ou mais. Desde já obrigado.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

Mike, Rottweiler e alkebulan gostam desta mensagem

avatar
alkebulan
Mensagens : 6
Data de inscrição : 16/11/2022

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

16/11/2022, 14:59
Justiceiro do Sertão escreveu: Perto de completar 1.500 dias de Reboot, sinto que algumas coisas devem ser colocadas em pauta. Lá vamos nós.

Estou enfrentando minha inquietação mental, considerada pela médica neurologista que consultei como ansiedade, da maneira mais competente e ao mesmo tempo mantendo a calma, por paradoxal que possa parecer. Sei que conseguirei, que terei uma vida estável nesse tão importante sentido. Aprendi a me conhecer.

E tudo isso sem tomar remédios. O único que tomei não me fez bem e tive discernimento para interromper o tratamento. Depois, devo explicar o caso para a médica.

No mais, algumas conversas com minha mãe me fizeram encarar o mundo com serenidade e, ao mesmo tempo, leveza. Sinto-me mais disposto a procurar oportunidades inclusive aqui mesmo na cidade do interior onde moro, a qual parece também ser um bom lugar para se viver. Eu que em outros tempos tanto me incomodava com este lugar, tendo inclusive tecido duras críticas neste Fórum, hoje reconheço, como pedido de desculpas e agradecimento aos que me ajudaram (inclusive nativos), que posso sim ser feliz por aqui, a despeito do comportamento por vezes excessivamente crítico de pessoas como meu pai. Em suma, nestes 30 anos e meio, digitando de casa nesta tarde quente de férias, cada vez amadureço mais.

Ótimo Reboot a todos.

P. S.: Gostaria de pedir por favor aos nobres moderadores que transferissem o meu Diário, por conta dos meus 30 anos, para a faixa de Idade de 30 anos ou mais. Desde já obrigado.

Olá, meu caro. Você já está há aproximadamente 1500 dias de reboot? Sei que devem ter acontecido muitas mudanças na sua vida desde o seu dia 1 até o dia atual, mas uma pergunta me veio à cabeça: você ainda não se sente satisfeito? Ainda sente resquícios do vício afetando seu psicológico? Não pensa que já completou o reboot? Como você encara essas situações? Pergunto porque você deve ser um dos poucos que já atingiram uma marca tão grande e ainda assim continua aqui no fórum. Isso é muito interessante.

Justiceiro do Sertão gosta desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2399
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

16/11/2022, 20:49
alkebulan escreveu:
Justiceiro do Sertão escreveu: Perto de completar 1.500 dias de Reboot, sinto que algumas coisas devem ser colocadas em pauta. Lá vamos nós.

Estou enfrentando minha inquietação mental, considerada pela médica neurologista que consultei como ansiedade, da maneira mais competente e ao mesmo tempo mantendo a calma, por paradoxal que possa parecer. Sei que conseguirei, que terei uma vida estável nesse tão importante sentido. Aprendi a me conhecer.

E tudo isso sem tomar remédios. O único que tomei não me fez bem e tive discernimento para interromper o tratamento. Depois, devo explicar o caso para a médica.

No mais, algumas conversas com minha mãe me fizeram encarar o mundo com serenidade e, ao mesmo tempo, leveza. Sinto-me mais disposto a procurar oportunidades inclusive aqui mesmo na cidade do interior onde moro, a qual parece também ser um bom lugar para se viver. Eu que em outros tempos tanto me incomodava com este lugar, tendo inclusive tecido duras críticas neste Fórum, hoje reconheço, como pedido de desculpas e agradecimento aos que me ajudaram (inclusive nativos), que posso sim ser feliz por aqui, a despeito do comportamento por vezes excessivamente crítico de pessoas como meu pai. Em suma, nestes 30 anos e meio, digitando de casa nesta tarde quente de férias, cada vez amadureço mais.

Ótimo Reboot a todos.

P. S.: Gostaria de pedir por favor aos nobres moderadores que transferissem o meu Diário, por conta dos meus 30 anos, para a faixa de Idade de 30 anos ou mais. Desde já obrigado.

Olá, meu caro. Você já está há aproximadamente 1500 dias de reboot? Sei que devem ter acontecido muitas mudanças na sua vida desde o seu dia 1 até o dia atual, mas uma pergunta me veio à cabeça: você ainda não se sente satisfeito? Ainda sente resquícios do vício afetando seu psicológico? Não pensa que já completou o reboot? Como você encara essas situações? Pergunto porque você deve ser um dos poucos que já atingiram uma marca tão grande e ainda assim continua aqui no fórum. Isso é muito interessante.

Primeiramente, caro Alkebulan, obrigado por sua presença em meu Diário. Minhas saudações a você.

Bom, tentando ser objetivo, admito primeiramente que este vício é tão pernicioso que devemos nos policiar em definitivo para evitar recaídas, é uma coisa muito agressiva. Em segundo lugar, tenho uma mente deveras inquieta, coisa que venho há muito buscando controlar, e isso me faz manter uma cautela ainda maior. Várias pessoas dizem que devo me dar por satisfeito, que fico me condenando, é claro que tento não fazer isso, só que ainda gosto de participar razoavelmente para ter certeza de que controlarei minha mente. Espero tê-lo respondido bem.

Grande abraço e força em seu Reboot.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.
Mike
Mike
Mensagens : 574
Data de inscrição : 04/04/2016
Idade : 29

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

16/11/2022, 23:52
Justiceiro do Sertão escreveu: Perto de completar 1.500 dias de Reboot, sinto que algumas coisas devem ser colocadas em pauta. Lá vamos nós.

Estou enfrentando minha inquietação mental, considerada pela médica neurologista que consultei como ansiedade, da maneira mais competente e ao mesmo tempo mantendo a calma, por paradoxal que possa parecer. Sei que conseguirei, que terei uma vida estável nesse tão importante sentido. Aprendi a me conhecer.

E tudo isso sem tomar remédios. O único que tomei não me fez bem e tive discernimento para interromper o tratamento. Depois, devo explicar o caso para a médica.

No mais, algumas conversas com minha mãe me fizeram encarar o mundo com serenidade e, ao mesmo tempo, leveza. Sinto-me mais disposto a procurar oportunidades inclusive aqui mesmo na cidade do interior onde moro, a qual parece também ser um bom lugar para se viver. Eu que em outros tempos tanto me incomodava com este lugar, tendo inclusive tecido duras críticas neste Fórum, hoje reconheço, como pedido de desculpas e agradecimento aos que me ajudaram (inclusive nativos), que posso sim ser feliz por aqui, a despeito do comportamento por vezes excessivamente crítico de pessoas como meu pai. Em suma, nestes 30 anos e meio, digitando de casa nesta tarde quente de férias, cada vez amadureço mais.

Ótimo Reboot a todos.

P. S.: Gostaria de pedir por favor aos nobres moderadores que transferissem o meu Diário, por conta dos meus 30 anos, para a faixa de Idade de 30 anos ou mais. Desde já obrigado.

Grande Justiceiro!

Sobre o desafio de vencer essa inquietação mental, eu pergunto: existe a possibilidade de você praticar alguma atividade física? Confesso que não me recordo se você já citou algo relacionado a isso aqui no fórum, mas caso não, qual é seu ponto de vista sobre o assunto? E se for o caso, tem algo em mente? Pergunto porque como havia dito anteriormente, também tive problemas com ansiedade. Mas recentemente comecei a praticar Boxe e senti uma considerável melhora. Acredito que, puder aplicar alguma atividade similar na sua rotina, vai ajudar muito. Fica aqui minha respeitosa sugestão.

No mais, tudo indo muito bem. 1.500 dias? Uau.

Meus parabéns!

_______________________________________




MELHORES MARCAS EM 2022

1° - 55 dias [ ]
2° - 30 dias [ ]
3° - 15 dias [ ]

'''Portanto, não recue agora. Conserte às coisas para você ou se arrependerá por não tê-lo feito.''
- Apollo Creed

Justiceiro do Sertão e karkassa gostam desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2399
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

17/11/2022, 15:48
Antes de mais nada, obrigado aos colegas moderadores por haverem transferido meu Diário para a "nova" faixa de idade. Bom trabalho a vocês, que continuem bem desempenhando tão nobre missão. Um abraço.

Mike escreveu:
Justiceiro do Sertão escreveu: Perto de completar 1.500 dias de Reboot, sinto que algumas coisas devem ser colocadas em pauta. Lá vamos nós.

Estou enfrentando minha inquietação mental, considerada pela médica neurologista que consultei como ansiedade, da maneira mais competente e ao mesmo tempo mantendo a calma, por paradoxal que possa parecer. Sei que conseguirei, que terei uma vida estável nesse tão importante sentido. Aprendi a me conhecer.

E tudo isso sem tomar remédios. O único que tomei não me fez bem e tive discernimento para interromper o tratamento. Depois, devo explicar o caso para a médica.

No mais, algumas conversas com minha mãe me fizeram encarar o mundo com serenidade e, ao mesmo tempo, leveza. Sinto-me mais disposto a procurar oportunidades inclusive aqui mesmo na cidade do interior onde moro, a qual parece também ser um bom lugar para se viver. Eu que em outros tempos tanto me incomodava com este lugar, tendo inclusive tecido duras críticas neste Fórum, hoje reconheço, como pedido de desculpas e agradecimento aos que me ajudaram (inclusive nativos), que posso sim ser feliz por aqui, a despeito do comportamento por vezes excessivamente crítico de pessoas como meu pai. Em suma, nestes 30 anos e meio, digitando de casa nesta tarde quente de férias, cada vez amadureço mais.

Ótimo Reboot a todos.

P. S.: Gostaria de pedir por favor aos nobres moderadores que transferissem o meu Diário, por conta dos meus 30 anos, para a faixa de Idade de 30 anos ou mais. Desde já obrigado.

Grande Justiceiro!

Sobre o desafio de vencer essa inquietação mental, eu pergunto: existe a possibilidade de você praticar alguma atividade física? Confesso que não me recordo se você já citou algo relacionado a isso aqui no fórum, mas caso não, qual é seu ponto de vista sobre o assunto? E se for o caso, tem algo em mente? Pergunto porque como havia dito anteriormente, também tive problemas com ansiedade. Mas recentemente comecei a praticar Boxe e senti uma considerável melhora. Acredito que, puder aplicar alguma atividade similar na sua rotina, vai ajudar muito. Fica aqui minha respeitosa sugestão.

No mais, tudo indo muito bem. 1.500 dias? Uau.

Meus parabéns!

Caro Mike, obrigado por suas felicitações antes de qualquer coisa.

A respeito de atividades físicas, estou sim procurando por algo a fazer, a exemplo da dança. Deve haver oportunidades nos próximos dias aqui na cidade, e tenho pensado bastante a respeito. É uma coisa que venho praticando há um tempo, havendo uma parada por conta da pandemia, sendo que por ora devo sim procurar.

Grande abraço e novo agradecimento a você.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

euvouvencer e luta diária gostam desta mensagem

parbat
parbat
Mensagens : 705
Data de inscrição : 06/05/2020

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

18/11/2022, 10:18
Grande Justiceiro!

Rapaz, primeiramente parabéns pela cura da relação com os seus pais. Isso é muito importante para a nossa evolução como pessoas, além de sarar inúmeras feridas internas que nos agridem constantemente, levando a cabo a inquietação mental. É tudo um processo, não é de um dia para o outro.

No mais, continue sendo essa pessoa que você, tendo transparência consigo mesmo e com o mundo externo. Você é capaz!

_______________________________________
Conheça minha jornada

Sempre que estiver no fundo poço, observe que a única direção restante, é a subida.

Justiceiro do Sertão gosta desta mensagem

Rottweiler
Rottweiler
Mensagens : 1396
Data de inscrição : 22/07/2019
Idade : 31

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

18/11/2022, 22:59
Bem vindo a seção dos coroas... Ops, dos 30 hehehe

_______________________________________
https://www.comoparar.com/t11634p875-diario-do-rottweiler#386528




01 02 03 04
05 06 07 08 09
10 11 12 13 14 15 16 17 18


Justiceiro do Sertão e ®Paulista® gostam desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2399
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

19/11/2022, 15:55
parbat escreveu:Grande Justiceiro!

Rapaz, primeiramente parabéns pela cura da relação com os seus pais. Isso é muito importante para a nossa evolução como pessoas, além de sarar inúmeras feridas internas que nos agridem constantemente, levando a cabo a inquietação mental. É tudo um processo, não é de um dia para o outro.

No mais, continue sendo essa pessoa que você, tendo transparência consigo mesmo e com o mundo externo. Você é capaz!

Obrigado, grande Parbat! Votos de sucesso em sua luta e um grande abraço.

Vai minha torcida por você.

Rottweiler escreveu:Bem vindo a seção dos coroas... Ops, dos 30 hehehe

Obrigado, ilustre Rottweiler. Para mim às vezes é intrigante pensar que já tenho 30 anos... Porém creio que há muito ainda por ser vivido, nessa faixa somos relativamente jovens, e podemos administrar e ainda conseguir muita coisa.

Sorte e força para todos nós e um abraço a você.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

soumulherviciadaemporn, Rottweiler e ®Paulista® gostam desta mensagem

Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 2399
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 30

24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido  - Página 38 Empty Re: 24 - De volta à guerra: ferido, humilhado, até injustiçado... mas nunca vencido

27/11/2022, 17:14
Nobres, por aqui pouco a declarar senão que permaneço em casa nessas férias a ajustar alguns detalhes relacionados aos próximos tempos. Coisa bem pessoal, que não detalharei.

De resto, devo trazer novidades em breve. Um grande abraço a todos.

_______________________________________
No PMO since November 6th, 2018.
Win or die trying.

soumulherviciadaemporn, Tiago M, Rottweiler e ®Paulista® gostam desta mensagem

Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos