Ir em baixo
Peter Parker
Peter Parker
Moderador
Moderador
Mensagens : 519
Data de inscrição : 27/11/2019

® RESSIGNIFICANDO A VIDA. - Página 33 Empty Re: ® RESSIGNIFICANDO A VIDA.

em 12/10/2020, 10:53
Fala aí magnificentíssimo Harv !!!

Excelente texto meu amigo !! Sempre devemos ter em mente que até os mais fortes uma hora fracassam, e que enquanto não tomarmos nossa própria decisão de vencer, toda a motivação que absorvermos será completamente inútil.

Compartilho da sua indignação, acredito que um grande argumento de autoridade para falar sobre alguma experiência é tê-la vivenciado por completo em algum momento da vida. Se não for isso, é apenas achismo e opiniões a respeito do que outra pessoa viveu. Além disso, vivenciar a experiência e enfrentar suas dificuldades nos torna muito mais empáticos com quem está passando pela mesma situação e conseguimos ser de fato efetivos de alguma forma em apoiar os outros.

Ah, e parabéns por mais um dia limpo !!  Very Happy

Grande abraço !

_______________________________________


"Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. Mateus 11:28  study

"Com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades." - Tio Ben

Diário do Aranha mais querido: https://www.comoparar.com/t9821-diario-de-um-vencedor

LuckyTheWolf gosta desta mensagem

LuckyTheWolf
LuckyTheWolf
Mensagens : 275
Data de inscrição : 11/07/2020
Idade : 22

® RESSIGNIFICANDO A VIDA. - Página 33 Empty Re: ® RESSIGNIFICANDO A VIDA.

em 12/10/2020, 17:10
E aí, Harvey, meu irmão. Primeiramente, parabéns por todo esse tempo longe da PMO, isso é grandioso e cê fez e faz por merecer tudo isso.

Segundamente, te agradeço muito por esta última postagem sua, eu já estava começando a achar que o problema era comigo, pois nos últimos dias, achei que o ambiente do Fórum estava meio tóxico e sobrecarregado, até perdendo um pouco do "tesão" de utilizar, mesmo sabendo que nada deve abalar meu acesso aqui, pois sei a importância do Fórum.

Mas um usuário que entrou fazia umas coisas bem desagradáveis, ofendendo outros usuários e gerando brigas. Agia como se fosse um Messias do Reboot, mas o mesmo nunca obteve sucesso, mesmo sabendo muito da teoria do negócio. Só que a vida é diferente da teoria, meu chapa, eu posso saber tudo sobre pilotagem de avião, ter estudado anos, mas aí joga um avião cheio de gente pra mim pilotar, eu saberia lidar? Bem provável que não. O peso do vento, o peso do avião, a responsa de saber que está transportando várias vidas e muitas outras questões pesariam... Esse foi só um exemplo bobo que pensei aqui, mas que mostra que a prática é bem diferente da teoria. Então, antes de apontar o dedo pras outras pessoas sem ao menos saber o que se passa na vida delas, faz o seu. No sapatinho, na humildade, não sair por aí como um ditador do que os outros devem ou não fazer, do que devem ou não postar nos seus diários pessoais. Como você mesmo disse, nós seres humanos somos todos diferentes, o que pode dar certo pra você, talvez não dê certo pra mim, e vice-versa.

Mesmo assim, não desejo o mal pra o garoto, de jeito nenhum. Desejo que ele abra os olhos, e comece a tratar as pessoas com mais humildade e bom senso. Querendo ou não, uma hora a vida ensina. Isso não se trata de "mimimi" ou lacração, é apenas humanidade e ter bom senso para lidar e conversar com outras pessoas. Cada um terá suas visões e opiniões aqui, e isso é ótimo, mas devemos nos expressar de uma maneira amistosa e compreensível, e não como um babaca.

Eu até tinha criado um texto pra postar no diário do dito cujo, mas não o postei pra justamente não criar inimizade, pois realmente não gosto disso. No outro dia, ele foi removido do Fórum. Nem precisei fazer nada. Enfim, foi só um desabafo aqui, pois pensei que eu era o único que não estava se agradando muito de como estava a situação aqui.

Um abraço, meu caro. Tudo de bom pra você e que continue obtendo mais e mais êxitos!

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t10782-diario-do-luckythewolf

Rottweiler, Rudolf Hansen e Bradock96 gostam desta mensagem

Constantine
Constantine
Mensagens : 73
Data de inscrição : 18/08/2020

® RESSIGNIFICANDO A VIDA. - Página 33 Empty Re: ® RESSIGNIFICANDO A VIDA.

em 13/10/2020, 00:41
Harvey Spectter escreveu:
Saudações, ilustre amigo. Seja bem-vindo(a) ao meu diário. É um prazer imenso compartilhar com você as minhas batalhas contra o vício em PMO.

109º batalha vencida contra a PMO.

Caros amigos, trago aqui uma reflexão a respeito de algumas coisas que tenho visto não só aqui no Fórum, mas também na vida...

Ao longo da minha vida procurei sempre por muitos atalhos, pra tudo eu queria um jeito fácil de conseguir as coisas, até por que durante toda a minha vida tudo foi tranquilo, eu tinha atalhos para conseguir passar de ano, eu tinha atalhos para conversar com mulheres, eu tinha atalhos para não me esforçar tanto e chegar onde eu queria. Ao terminar o ensino médio eu continuei buscando isso, e isso inclui a quantidade de vezes que procurei atalhos para passar no vestibular, sempre via uma dica que parecia incrível, sempre procurava por coisas que iriam mudar a minha vida do nada, como se após aquela certa publicação ou após aquela certa palavra eu me transformasse em outra pessoa e tudo iria começar a andar como sempre sonhei...

Mas até o momento que eu te escrevo aqui, eu não consegui esses atalhos, o que eu consegui foi milhares de frustrações, milhares de vezes eu tentei seguir alguém que parecia ter sucesso, porém lá na frente eu via que isso era só enganação, caso você queira saber mais do que eu tô falando, basta colocar no google "Como passar no vestibular em 1 mês" "Como ficar fico com 3 dicas" "Essa dica vai te fazer mudar de vida" "Os segredos para um reboot de sucesso" hsuahsuahusha... Irmão, se houvesse um segredo ou alguma dica milagrosa, isso com certeza não seria dado de graça... Vou te dar um exemplo, cá estou eu com 109 dias de reboot, isso é incrível né? Sim, mas quem garante que eu não estou fingindo? Quem garante que isso é de verdade? Quem garante que eu não já cai milhares de vezes e estou aqui pagando o fodão? Não há como garantir meu nobre, e é justamente por isso que você não deve querer seguir modelos, não deve querer aceitar regras de alguém... Afinal, somos únicos, somos seres que passamos por traumas diferentes, passamos por situações diferentes, e talvez o que te faça mal, pode não me fazer. Cada um tem a sua trajetória, cada um desperta de uma forma, inclusive há milhares de pessoas que passam por esse plano e não despertam, não se questionam, e eu te pergunto, que mal há nisso? Não há nenhum mal, cada um segue a sua jornada procurando o que é melhor pra si naquele momento, e quem sou eu pra dizer o que é melhor? Você que tem que decidir o que é melhor.

Você não precisa acreditar em tudo que digo aqui, mas aceite uma sugestão... Pare pra analisar como anda a internet, veja a quantidade de mentiras que há: Pessoas colocam efeito em fotos para tentar seguir um padrão, pessoas criam vidas que não existem, pessoas falam de sucesso sem nunca ter tido sucesso (Diga-se coach)... Afinal, todos querem ter sucesso, mas já que não posso ter na vida real, por que não ter na internet? Isso é um grande problema.

Mas e aí Harvey, o que você fez para lidar melhor com isso? Mergulhei dentro de mim, procurei conhecer as minhas inseguranças, procurei conhecer quem eu realmente sou, procurei conhecer o meu perfil de pessoa, e aos poucos eu pude construir a minha própria personalidade, pude construir a minha base, pois assim sei que não preciso ficar pulando de galho em galho (Leia-se ficar mudando de opinião dia após dia), não preciso aceitar conselhos e lições de todos, posso até ouvir, mas se aquilo não me acrescenta irei descartar.

O intuito desse relato foi tentar falar de uma forma leve sobre algumas coisas que vi aqui no Fórum e não concordei... Vejo pessoas querendo ditar o que deve e o que não deve ser feito no reboot, sendo que nem elas conseguiram sucesso ainda, como que pode isso? Como que posso vir aqui e dizer o que funciona se eu nem conseguir chegar no meu objetivo? Aqui não há achismos, até por que se for pra ter achismos o Fórum perde o objetivo...

Além do meu diário sobre os meus dias de luta contra a PMO, gostaria de deixar sempre agradecimentos a momentos que tive no meu dia, pois independente da sua crença, ser grato é uma das maiores dadivas da vida.

Sou grato por:
I. Ter um fone de ouvido.
II. Ter energia em casa.
III. Ter água

Caros amigos, não tive tempo de responder as mensagens que vocês deixaram aqui, mas na próxima postagem farei isso.

Um abraço

Saudações grande Harv.

Rapaz. Cirúrgico, como sempre.

Devo te confessar que esse por muito tempo foi o meu tema de terapia. Fiz sessões durante um ano, no meu primeiro ano de faculdade. Acho que por ter saído de casa e me exposto a um ambiente de socialização, pude perceber, que até então eu não sabia quem eu era. Sim, eu literalmente não sabia. Não sabia do que gostava, do que não gostava, o que era desejo meu ou desejo de outro alguém. Eu realmente não me conhecia (aliás, sinto que até hoje, um pouco). Sinto que sempre estou tentando seguir um "estereótipo". Esse era meu tema da terapia: estereótipo. Qual era o meu? Qual deveria ser? Qual era melhor visto socialmente? Eu acho que eu passei (e as vezes ainda passo) vivendo a vida de alguém, e esse alguém é muito mutável. Sinto que me preocupo muito com o que os outros irão achar, e não o que eu acho.

Na terapia eu meio que tinha uma obsessão por estereótipos. Por exemplo, se eu era o cara que escutava country, eu deveria me vestir como esse cara, não poderia escutar outro estilo, deveria fumar um paieiro, deveria ter minha vida girando em torno do "estereótipo". E nesse período eu segui por tempos (te confesso que não sei se me libertei disso ainda). Pulando em galhos, cada hora desejando algo diferente, e fazendo daquilo o centro da minha vida, entrando "de cabeça". Isso é 0 saudável meu amigo. Sofri, e sinto que ainda sofro um pouco com isso. A constante dúvida entre saber distinguir o que é genuíno, é verdadeiramente meu, e o que é emprestado de outro alguém, para suprir uma expectativa externa.

Como tudo na vida, racionalizar o problema é fácil, difícil é resolvê-lo. Seus textos funcionam como um soco na barriga para mim, são momentos de reflexão intensa, te agradeço por isso. Mas te confesso é difícil, para mim, ser prático no fato de "mergulhar no meu autoconhecimento". Eu realmente não sei como fazer isso. Mas é claro, a sua experiência é única, e eu devo procurar a minha maneira de fazer isso. É difícil, mas espero uma hora encontrar.

Isso dói, isso realmente é doloroso. São inúmeros os momentos em que troquei uma opinião que concordava, por uma que não concordava, para ser "bem visto" pela outra pessoa. E isso era perturbador, porque negando o que eu pensava, eu me negava, e fazia minha autoestima ir pro chão. Hoje não faço isso mais, isso pelo menos não. Mas sinto que ainda tenho dificuldades em me encontrar, em saber quem eu sou, o que concordo, quais minhas inseguranças, o que é desejo genuíno, e o que é pressão social.

Enfim amigo, te agradeço pela reflexão, foi de grande valia para mim. Compartilho do mesmo posicionamento em relação a atalhos fáceis, sinto que é algo que devo encarar também em minha vida. O que vem fácil, que não vai fácil? Coisas valiosas demandam tempo.

Sobre o lance de ditar regras, concordo plenamente. Eu busco compartilhar reflexões em meu diário, mas nunca na intenção de ser pretencioso, e querer ditar regras. Nem mesmo se um dia eu conseguir ter algum sucesso no reboot. A melhor lição de um vencedor, é estar no topo sem esquecer que um dia esteve no fim do poço. É saber entender que a humildade é uma virtude de grandes, e ela tem o poder de auxiliar muitos. Vencedores constroem pontes, perdedores, paredes.

Um grande abraço meu amigo, parabéns por mais uma batalha vencida, você é um exemplo.

Sou grato por:
I. Ter um ventilador.
II. Ter uma mãe que me ama.
III. Ter um computador.

_______________________________________

Meu diário
"Se eu desistir agora, logo estarei aonde eu comecei... E quando eu comecei, estava desesperado para chegar aonde estou agora."
O começo do fim.




Metas:
3 dias ( ) 7 ( ) 11 ( ) 15 ( ) 19 ( ) 21 ( ) 25 ( ) 30 ( ) 35 ( ) 42 ( ) 49 ( ) 56 ( ) 63 ( ) 70 ( ) 77 ( ) 84 ( ) 90 ( )
Harvey Spectter
Harvey Spectter
Moderador
Moderador
Mensagens : 1254
Data de inscrição : 23/10/2019
Localização : New York

® RESSIGNIFICANDO A VIDA. - Página 33 Empty Re: ® RESSIGNIFICANDO A VIDA.

em 13/10/2020, 09:11
ViníciusB escreveu:Fala grande Harvey

Cara, embora já conheça o Fórum há dois anos e ter iniciado um diário há um ano, passei muito tempo fora após uma sequência de recaídas. Mas, nessa volta, vi, em diversos diários, sua interação e como seu exemplo era motivador pra muita gente.

Agora, na primeira visita que faço aqui me deparo justamente com esse relato emocionante dos 100 dias do seu reboot. Cara, muito obrigado por ter escrito isso, do fundo do coração. Você não faz ideia de como as suas palavras, lá daquele último parágrafo, me tocaram em um lugar especial.


"Apesar de eu não saber como você é, não saber o seu nome, mas eu posso te afirmar que você não é um fracasso, você não é a sua mente meu irmão, você pode controlar a sua vida, você pode viver os seus sonhos, sabe aqueles sonhos que você acha que são impossíveis? Eles não são"


Enquanto lia esse trecho aí de cima, fiquei pensando nos vários objetivos da minha vida que eu venho adiando por conta da PMO. Em várias coisas e experiências que eu já poderia estar tendo agora, mas que a P me tirou. Em muitos momentos eu simplesmente acho que essa praga está tão impregnada q não saí mais de mim. Mas, lembrar que cada aqui tem o controle da sua própria vida, e que, apesar dos anos que perdemos, ainda temos uma vida inteira pela frente é simplesmente incrível.

Obrigado, de coração, a me ajudar a enxergar isso. E parabéns por sua vitória!! Tenho certeza que esses 100 dias são apenas os primeiros de uma nova etapa da sua vida.

Estou aqui torcendo por você!

Grande abraço,

Vinícius


Saudações, caro Vinícius.

Agradeço imensamente pela sua participação aqui no meu diário, e espero que possamos batalhar juntos contra a PMO. Além disso, também agradeço por trazer palavras positivas, isso com toda certeza é um grande ânimo para a minha humilde jornada nesse Fórum.

Ao longo da minha jornada eu sempre busquei as coisas de maneira rápida, e isso era sempre um grande problema, pois eu não conseguia construir uma base sólida... Não se precipite quanto ao reboot, só em você estar aqui nesse Fórum procurando se libertar da PMO já é um excelente feito, e aos poucos vamos procurando entender mais sobre a PMO, sobre como ela age na nossa vida, em quais momentos somos mais tentados, e por aí vai. Mas não esqueça de dar um passo de cada vez.

Estamos juntos nessa batalha, campeão.

Um abraço do Harv.

Peter Parker escreveu:Fala aí magnificentíssimo Harvey !!!

O que eu posso dizer sobre esse relato, apenas um "cirúrgico" como sempre haha

Gostaria de parabenizá-lo pela meta de 100 dias !! Que conquista cara, saiba que você é um ponto fora da curva agora, com certeza tem se tornado um homem melhor em todos os aspectos, está aprendendo a controlar seus desejos e emoções, consegue olhar para si e encontrar coisas boas e aquelas que precisam melhor, consegue dar valor as coisas puras e boas como estar com a família, pode perceber que álcool e sexo fácil podem até trazer prazer momentâneo, mas que no final de tudo é apenas vaidade.

Como você disse, o Reboot não faz milagres, gosto da analogia com a energia mecânica. É como se o Reboot nos fornecesse Energia Potencial, ou seja, quanto mais alto vamos, mais energia teremos acumulada, na verdade acho melhor a analogia com a Energia Potencial Elástica num estilingue, quanto mais esticamos nosso Reboot, mais energia acumulada conseguimos, a questão é, o que faremos com toda essa energia? Vamos continuar prendendo o elástico e esticando ele, sem dar um rumo a nossa vida (uma hora o elástico não suporta e arrebenta, isso seria a recaída), diria que nossa vida é a pedrinha no estilingue, o que devemos fazer é converter toda essa energia potencial elástica do estilingue em energia cinética, e lançar a pedrinha para voo hahaha Depois dessa tentativa toda de trazer alguma analogia bacana, digo que o Reboot começa quando a gente começa a fazer essa conversão das energias.

Mais uma vez parabéns pelo seu foco e determinação, e também pelo trabalho aqui de nos ajudar e motivar.

Grande abraço !!

Saudações, meu nobre Peter.

Como sempre a sua visita aqui trás milhares de sentimentos positivos, e eu agradeço imensamente por isso meu amigo. 

Realmente tenho vivido uma vida bem consciente, apesar disso não ser fácil, costumo até dizer que é mais fácil seguir a boiada do que se questionar, é muito complicado isso. Pois ao tentarmos compreender melhor algumas questões, precisamos as vezes seguir um caminho mais solitário e com inúmeras tentações querendo te fazer parar, mas aí cabe a nós tentar se manter sempre consciente de que o mundo realmente é assim... Cabe a nós entender que o mundo é movido por estímulos, por uma busca incessante por prazer (Seja bebida, sexo, drogas etc), e nós fazemos parte desse mundo, então não há nem como se isolar 100%, nós também precisamos de prazer, mas pode ser um prazer consciente né? rs

Estamos juntos nessa batalha meu caro amigo... Você é um excelente guerreiro nesse grande exercito que luta contra a PMO.

Um grande abraço do seu amigo Harv.

Constantine escreveu:Caro Harv.

Eu chorei.

Rapaz, como isso foi inspirador. Aliás, como seus textos são. Que profundidade. Sendo sincero meu amigo, lendo seus textos nem parece que realmente estou falando sobre reboot, parece que estou literalmente ressignificando a vida.

Eu não consigo te explicar o quão fundo isso me tocou, mas caramba, eu estou em choque. Acabei de passar por uma recaída de 12 dias (para mim já era algo e tanto, eu, como você de antigamente, não consigo ficar 2/3 dias sem PMO). Mas como és um exemplo de superação para mim, espero um dia chegar nesses 100 dias também.

Assim como você, estou buscando me reencontrar, me reconstruir, visitar outros lugares, viver a minha vida, genuinamente. Mas confesso que tem sido difícil, talvez até mesmo pelas limitações do vício. Me sinto sem foco, andando em círculos, sempre tentando algo novo, sempre "querendo algo novo". E com esse querendo algo novo eu me refiro realmente a projetos de vida alheio. A minha falta de autoconhecimento me faz sempre querer copiar tudo que aquela pessoa de sucesso fez. Mas eu quero mudar isso, e como eu quero. Eu quero conhecer outras maneiras de olhar a vida, sem ser a do barzinho (já estive nessa - não que haja um problema com ela). Eu quero fazer amizades diferentes das que eu já fiz (no momento, minha única amiga é minha namorada, parece que desaprendi como fazer amizades sólidas, como confiar nas pessoas, enfim). Mas eu quero, eu quero meu caminho de volta. E meu caminho de volta para mim. Me conhecer. Viver a minha vida, sob as minhas expectativas, não na dos outros (também é um problema na minha vida).

Enfim meu caro, fico extremamente feliz pelos seus 100 dias, você é merecedor demais. Te agradeço profundamente pelas palavras, saiba que elas auxiliaram a mover, nem que seja de forma sutil, a minha engrenagem da vida para o caminho certo.

Um grande abraço para você, fica com Deus!

Aliás, sinto muito, mas irei copiar as suas lições de gratidão. É uma cópia objetivando um bem maior, sinto que irão me fazer bem.

Sou grato por:
I. Ter uma cama para dormir.
II. Ter alimentos em casa.
III. Ter uma família que me ama.

Saudações, Constantine

Agradeço imensamente pelas suas nobres palavras aqui no meu diário, elas são um grande combustível para a minha jornada.

Eu tenho tentado colocar as minhas angustias e reflexões aqui no meu diário, pois dessa forma consigo ressignificar algumas questões, e também levantar alguns questionamentos para os colegas que me acompanham... É interessante quando olhamos assim, por que durante muito tempo eu postava sobre como havia sido o meu dia, sobre o que tinha feito pela manhã, pela tarde e pela noite, mas era como se mostrasse só a parte de fora, sabe? Mas e a de dentro? O que me motivou a tomar determinadas decisões? E é isso que tenho tentado fazer, tenho tentado colocar pra fora aqui o interno.

Acredito que a melhor forma de tentarmos olhar para nós mesmos, é somente através do silêncio e da solidão... Falo isso por que sempre estamos colocando máscaras, ao ir na padaria colocamos uma máscara, ao ir no centro comprar algo colocamos uma máscara, ao ir a igreja colocamos outra e por aí vai, não há como sermos nós mesmos todo o tempo, é algo muito difícil, e acredito que a melhor forma de ser real é em silêncio e sozinho, pois ali podemos nos analisar da melhor forma, ali podemos nos compreender da melhor forma... Espero que você possa se conhecer cada vez mais nessa jornada, meu nobre amigo.

Estamos juntos nessa batalha.

Um abraço do Harv.

Vitoriosa escreveu:Texto perfeito, maravilhoso, todos membros desse fórum deveriam ler.
Lindas palavras Harvey Spectter.
Se isso não é uma história de sucesso então não sei o que virá adiante estou no aguardo dela.
Parabéns meu rapaz, vc é digno de aplausos , um homem de verdade.
Um grande abraço
Vitoriosa

Saudações, Vitoriosa.

Agradeço pela visita no meu humilde diário, é uma honra ter você por aqui. Além disso, também agradeço pelas palavras, elas são de grande valia pra minha jornada.

Ainda não postei a história de sucesso rs, quero analisar melhor esses benefícios, e assim tentar comentar sobre eles da melhor maneira possível, mas a ansiedade pra postar está grande rs. Afinal, eu já li quase 100 histórias de sucesso, e sempre ficava pensando no momento em que fosse postar a minha.

Estou lutando diariamente para tentar ser alguém melhor pra esse mundo, e espero que possa atingir o meu propósito.

Um grande abraço do Harv.

_______________________________________


Acesse o meu diário.

Uma jornada de mil milhas começa com um único passo.

Todo prazer vem associado a uma dor. O verdadeiro prazer é aquele no qual a dor vem antes.

Cure o garoto e o homem aparecerá.

Optimus Prime, Vitoriosa, Rottweiler e Constantine gostam desta mensagem

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum