Ir em baixo
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Diário de um Alecrim - A evolução

em 22/2/2020, 22:20
Bom, lá vamos nós. Antes de prosseguir, informo que já estou na luta e resistência contra tal vício, em meu dia de n. 30. Já li o guia introdutório, não instalei bloqueadores (não senti necessidade por enquanto) e estava acompanhando e lendo alguns tópicos do fórum sem me cadastrar e seguindo as regras do PMO, mas não significa que sei tudo ou sou veterano, apenas um estudante na luta Smile .

Antes de iniciar o reboot e mesmo antes de conhecer o fórum e sobre o reboot, já havia tentado outras vezes sem muito sucesso por conta das fissuras que as vezes surgiam e eu caia na tentação  Crying or Very sad

Tudo começou ( o vicio), aos 15 anos, momento em que conheci a internet e o campo da P junto da M. Posso dizer que tudo começou numa época em que estive em depressão e havia tido uma desilusão amorosa hard (tive esse insight ao começar a escrever aqui), mas depois dessa fase o vício permaneceu e me acompanhou até pouco tempo atrás.

Minha preocupação começou a surgir com o vício por 4 motivos basicamente:

1. Comecei a notar a necessidade de escalonar os níveis de P.
2. Sou meio sensitivo e notava uma energia muito pesada no chakra cardíaco toda vez que eu acessava P.
3. Tive uma DE por duas vezes, mas antes disso, já estava tendo algo que me incomodava muito, a ejaculação retardada, em + de 2 horas não conseguia chegar ao clímax no sexo real e era frustrante para mim e para a parceira.
4. Na M a minha sensibilidade reduziu drasticamente.
5. Fantasias em excesso, objetificação e outros problemas em menor grau, derivados do vício.

Como já havia iniciado, segue os sintomas que já percebi destes 30 primeiros dias:

1. Aumento da energia e disposição;
2. Ereções constantes sem fantasias ou suporte da virtualidade;
3. Maior interesse em mulheres reais e socialização;
4. Aumento da minha espiritualidade e conexão comigo mesmo, a nível emocional principalmente.
5. Maior disposição para metas, estudos e trabalho.
6. Retorno de conexões com chakras, especialmente o cardíaco.

Pontos que estou passando durante esse período:

1. Vontade quase irresistível de cair em tentação (dale banho gelado kkkk)  Shocked
2. Mistura de sentimentos e emoções densas, como se o escudo destas houvesse sido tirado (o vício em si);
3. Minha mente tentando me trair constantemente e levar a fissuras que me levarão ao retorno do vicio e que o contador seja zerado.

Acho que é isso pessoal  Very Happy

Só mais uma coisa, agradeço MUITO MESMO, todos vocês que acrescentam suas experiências e instruções sobre o tema, pois foi graça a vocês que estou conseguindo modificar meu mindset!!!
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 22/2/2020, 22:38
Ponto importante e explicativo, criei o tópico porque para mim as primeiras semanas não foram tão difíceis (talvez porque já tivesse tentado outras vezes), mas agora entre o trigésimo dia em diante está ficando difícil e preciso de um modo para evitar a tentação bom Basketball

_______________________________________
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 23/2/2020, 09:58
Hoje percebi algo que adivinha de ontem, existe uma fissura entre a PMO e jogos em relação a mim, com isso hoje estou tomando uma atitude extrema e deletando quaisquer jogos eletrônicos que eu possuo próximo a mim.

Interessante foi notar que a utilização de jogos também tem vínculo com dopamina e tem como uma das suas consequências, usar o tempo livre para uma vida eletrônica ao invés de socializar com pessoas na vida real. Outro ponto que pude perceber, graças ao insight de ontem de como tudo começou, é que na época de início de tudo, os jogos foram um meio de alívio para as constantes crises de depressão. Ou seja, uma chave está ligada na outra.

Espero conseguir superar essa fase com a ausência de jogos, pois já estou no projeto no hard mode, então isso tenderá a ficar muito mais difícil sem jogos, já que serão dois vícios tentarei combater simultaneamente. Shocked study

_______________________________________
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 24/2/2020, 06:56
Percebi que depois de ter cessado os jogos, a dificuldade de fato foi de um nível hard mode para um insane mode.  A minha vontade de praticar PMO aumentou ao ponto que aparenta estar cada vez mais difícil em resistir. Provavelmente isso deve decorrer em razão dos anos que foram atrelados entre PMO e jogos, em consequência, de algum modo o cérebro deve ter associado ambos como fonte de dopamina. Ao cortar ambos, o cérebro começou a ficar em "desespero" pela fuga de algum meio.  Rolling Eyes

É como se eu estivesse nos primeiros dias de abstinência, mas ao invés de ter sido intensificado nas primeiras semanas, houve uma intensificação imensa após 30 dias.

Consegui canalizar boa parte deste controle para a meditação, que recomendo absurdamente para essas etapas. Outra fonte de canalização é a música, treinando instrumentos musicais percebo que ocorre tanto uma melhor performance do que antigamente, quando uma maior motivação pela prática. Smile

Mas preciso tirar uma dúvida, veja. Estou pensando em sair do hard mode e acrescer relações sexuais conforme as regras do NoFap. No entanto estou com uma dúvida. Vale GP ou não? Motivo: Sou solteiro =/

_______________________________________
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 25/2/2020, 07:08
E lá vamos nós para mais um dia. O que posso dizer até aqui? Que os primeiros 30 dias foram fáceis, mas a partir dos 30 todo dia é uma luta de resistência. Acredito que principalmente isso se dê por eu ter cortado os jogos que devia ser uma válvula de escape para a produção de dopamina como um vício auxiliar o PMO.  Rolling Eyes

Mas lá vamos nós, faltam ainda quase 2 meses para se concluir o objetivo. Arrow

_______________________________________
Elisor
Elisor
Mensagens : 11
Data de inscrição : 06/01/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 25/2/2020, 20:32
Olá, Índigo, seja bem vindo ao Fórum.

Primeiramente meus parabéns pelas 37 vitórias, é uma marca e tanto, cara!

Saiba que me identifiquei com sua história, especialmente em relação a sua luta contra o excesso em jogos e procrastinação durante o reboot.

Durante vários anos nosso cérebro foi (mal) acostumado a receber quantidades E S T R A T O S F É R I C A S de dopamina através da prática de jogos, PMO e consumo de drogas. Sei o quanto é difícil se convencer diariamente de que tanto sacrifício faz sentido, só nós sabemos o tamanho da batalha que enfrentamos cotidianamente. Mas vai por mim, vale a pena se afastar completamente da P. e derivados, pois os benefícios são para a vida toda e para as pessoas que amamos também.

Sobre buscar uma GP, particularmente, eu não recomendaria, não nessa fase do reboot. Seu organismo está cobrando a dopamina que antes era fornecida pela PMO e o sexo pago é uma forma simples e efetiva de atender essa necessidade sem precisar zerar o contador. É exatamente aqui onde está o problema. Como disse acima, nosso organizamos está acostumado a receber o máximo de prazer com o mínimo de esforço, o sexo pago é exatamente isso. Prazer de forma simples e eficiente (em tese), portanto, é preciso tomar cuidado com essa alternativa, pois em determinados contextos ela pode mais atrapalhar que ajudar. É preciso considerar os seguintes riscos:

• Trocar o vício em PMO pelo vício em encontros com GP;
• Após o encontro, você ter suas expectativas frustradas e mergulhar na PMO como forma de compensação; e
• Risco de ter seu reboot sabotado, pois obtendo sexo de forma fácil, haverão menos incentivos à socialização.

Creio que a busca por formas "naturais" de obtenção de dopamina, tais como exercícios físicos, trabalhos voluntários e maior contato com pessoas, sejam mais sustentáveis e produtivas aos nossos objetivos que se encontrar com GP num momento de intenso estresse.

Continue compartilhando conosco as atualizações do seu dia a dia.

Abraço.

_______________________________________
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 26/2/2020, 08:04
Olá, Índigo, seja bem vindo ao Fórum.

Primeiramente meus parabéns pelas 37 vitórias, é uma marca e tanto, cara!

Saiba que me identifiquei com sua história, especialmente em relação a sua luta contra o excesso em jogos e procrastinação durante o reboot.

Durante vários anos nosso cérebro foi (mal) acostumado a receber quantidades E S T R A T O S F É R I C A S de dopamina através da prática de jogos, PMO e consumo de drogas. Sei o quanto é difícil se convencer diariamente de que tanto sacrifício faz sentido, só nós sabemos o tamanho da batalha que enfrentamos cotidianamente. Mas vai por mim, vale a pena se afastar completamente da P. e derivados, pois os benefícios são para a vida toda e para as pessoas que amamos também.

Sobre buscar uma GP, particularmente, eu não recomendaria, não nessa fase do reboot. Seu organismo está cobrando a dopamina que antes era fornecida pela PMO e o sexo pago é uma forma simples e efetiva de atender essa necessidade sem precisar zerar o contador. É exatamente aqui onde está o problema. Como disse acima, nosso organizamos está acostumado a receber o máximo de prazer com o mínimo de esforço, o sexo pago é exatamente isso. Prazer de forma simples e eficiente (em tese), portanto, é preciso tomar cuidado com essa alternativa, pois em determinados contextos ela pode mais atrapalhar que ajudar. É preciso considerar os seguintes riscos:

• Trocar o vício em PMO pelo vício em encontros com GP;
• Após o encontro, você ter suas expectativas frustradas e mergulhar na PMO como forma de compensação; e
• Risco de ter seu reboot sabotado, pois obtendo sexo de forma fácil, haverão menos incentivos à socialização.

Creio que a busca por formas "naturais" de obtenção de dopamina, tais como exercícios físicos, trabalhos voluntários e maior contato com pessoas, sejam mais sustentáveis e produtivas aos nossos objetivos que se encontrar com GP num momento de intenso estresse.

Continue compartilhando conosco as atualizações do seu dia a dia.

Abraço.

Elisor, bom dia! Antes de qualquer coisa, parabéns pela iniciativa do reboot. Percebi pelo seu contador que iniciou recentemente e ainda, no hard mode. Os resultados tenderão a vir com o tempo, então mantenha o foco e não se prenda em prazos fixos, pois cada qual tem seu tempo para surgir e perceber os resultados de retirar a PMO de suas vidas.

Agora, agradeço a vinda a este diário, assim como, as informações que passaram que além de motivadoras, foram essenciais para eu tirar a dúvida que estava sobre GP. Ao ler seu comentário, percebi que de fato tens razão, sendo que nesta fase que estou optar por uma GP em últimos casos pode ser muito perigoso e prejudicial, inclusive pelo insight que me forneceu ao mencionar que ir a uma GP acaba sendo similar a ver P.

_______________________________________
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 26/2/2020, 08:37
Respondido os outros tópicos, por fim, em um outro tópico comentarei a experiência do dia de ontem, com o intuito de não gerar um tópico muito grande.

Ontem eu tive O PICO DE ABSTINÊNCIA DA PMO até o momento, de fato ontem eu percebi e me senti como um dependente e irei relatar o ocorrido.

Como já é sabido, conforme os tópicos anteriores, estou fazendo o reboot no hard mode e desde o dia que cortei os jogos eletrônicos com o intuito de zerar a dopamina virtual da minha vida, comecei a ter muitas dificuldade no reboot.

Algumas delas que andam me acompanhando foram, uma crise de emoções constantes de todos os gêneros, mas em geral, ansiedade, tristeza, pensamentos negativos, e por ai vai. Atrelado a isso, acredito que ali pelo dia 30 do reboot estava no pico de contenção da energia sexual, o que agravou a dificuldade em resistir após cessar os jogos, que também como já mencionei anteriormente, eram parceiros da PMO desde muito tempo.

Estou a mais ou menos uns 4 dias com uma energia sexual muito intensa e muito forte, sendo que sinto uma sensibilidade enorme, além de qualquer mínimo incentivo externo ou pensamento aleatório acabar me excitando. Digo que ontem foi o pico, pois normalmente eu sempre acordava com ereções e essa energia, mas ontem foi o DIA INTEIRO com essa energia, então o simples conversar com uma garota poderia me levar a uma recaída, além de que essa semana tive que começar a trabalhar em casa o que esta dificultando ainda mais, pelo motivo de constantemente estar sozinho em casa.

A parte boa é que consegui resistir e em tese, obtive uma maior resistência a esses picos. Por outro lado, obtive informações e dados que considero muito úteis para mim e talvez até mesmo a outros praticantes do reboot no hard mode.


  • Penso que talvez não tenha mais o vício em P, pois sequer sinto vontade ou qualquer pensamento a ela atrelado (claro que não irei arriscar/descuidar e continuarei a mantê-la bem longe), contudo por outro lado, há um vício evidente em M e jogos, como forma de liberação de energia e geração de dopamina ao cérebro.

  • A meditação é uma chave essencial para controlar esses picos e a própria energia sexual, utilizar ela durante o procedimento de reboot aumenta e muito as chances de sucesso: Na data em específico, eu não tinha meditado igual nos dias anteriores, o que certamente levou a uma ampliação do descontrole energético

  • Socializar com pessoas reais é uma das chaves para o sucesso do reboot. Atrelar o reboot com a socialização real com as pessoas auxilia e muito na reversão dos efeitos da PMO, de tal modo que venho tendo esse resultado durante esse ciclo de reboot. Sempre quando bate aquela vontade de ir para uma rede social, conversar virtualmente com alguém que eu possa simplesmente encontrar pessoalmente, eu ignoro essa vontade e dou um jeito de ir falar com essa pessoa pessoalmente, assim como, venho saindo e conversando mais com amigos e família, coisa que não fazia com tanta frequência antigamente.

  • Comecei a notar nestes últimos dias, uma grande prejuízo dos anos de PMO. Um dos fortes motivos que me levaram a reboot, foi a DE, mas especificamente a ER, no entanto, percebi que eu estou objetificando demais as mulheres (aparentemente enraizado na mente tal pensamento), o que ao menos para mim, é horrível, pois não gosto de tratar uma mulher como objeto, muito pelo contrário, sou contra a isso (é um dos outros motivos que me incentivaram a fazer o reboot), acredito assim como o homem, a mulher é um ser humano senciente e assim deve ser tratado, não como um mero objeto de satisfação sexual.


Exposta esta experiência, apenas finalizo dizendo que eu QUASE achei que havia recaído. Justifico: Eu tive um sonho em que eu cai na tentação da M por 2 segundos, momento que tomei consciência de que eu estava fazendo reboot e já pensei em abrir o fórum, zerar o contador e relatar minha falha, mas por ter sido um sonho e lá ter ficado, acredito que não precisarei tomar tal atitude hahaha lol!

_______________________________________
Rottweiler
Rottweiler
Mensagens : 464
Data de inscrição : 22/07/2019
Idade : 28

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 26/2/2020, 10:44
Olá Índigo,

Vi seu diário ontem, ia responder mas na correria acabei passando. Mas faço minhas as palavras do Elisor, ele disse bem sobre GP. O que me chamou atenção no ultimo post foi "Penso que talvez não tenha mais o vício em P (...)". Cara só tenho experiência aqui no fórum de tempo por aqui, de contador ainda estou iniciando mas cuidado com esse pensamento. 40 dias sem P é algo incrível mas do ponto de vista da sua história, não sei sua idade atual, esse tempo ainda é pouco para afirmar isso. Só cuidado, a mente prega peças e armadilhas.

abraços,
vlw.

_______________________________________
DIÁRIO: www.comoparar.com/t9368-diario-do-rottweiler



Metas de Dias:
01 (X) 02 (X)
03 ( ) 04 ( ) 05 ( )
06 ( ) 07 ( ) 08 ( ) 09 ( ) 10 ( )
11 ( ) 12 ( ) 13 ( ) 14 ( ) 15 ( )
16 ( ) 17 ( ) 18 ( ) 19 ( ) 20 ( )
21 ( ) 22 ( ) 23 ( ) 24 ( ) 25 ( )
26 ( ) 27 ( ) 28 ( ) 29 ( ) 30 ( )
31 ( ) 32 ( ) 33 ( ) 34 ( ) 35 ( )
36 ( ) 37 ( ) 38 ( ) 39 ( ) 40 ( )
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 26/2/2020, 14:02
Grato pelo comentário Rottweiler. De fato, a mente pode enganar, razão pela qual é apenas uma teoria por conta da minima resistência que tenho que exercer para não ir ver P. Contudo, ainda assim, mantenho a resistência e o cuidado, afinal PMO é para a vida Very Happy

_______________________________________
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 28/2/2020, 08:24
Bom, voltei. Ontem não comentei nada pois estava esperando para poder dizer: ENFIM 40 DIAS!!

Claro, isso não é nem a metade da programação, mas já é um grande avanço já que estou parando dois vícios conjuntamente, ou seja, os jogos e a PMO.

Nestes dois últimos dias, não tive tantos problemas, a meditação e o clima frio na região + banho gelado segurou bastante a onda de eventuais fissuras. Acredito que apenas ontem que quase tive um problema, pois numa foto de whatsapp em um grupo, mandaram uma foto de uma mulher linda de biquíni. Ao ver aquilo, automaticamente fechei o chat e mudei as configurações do whatsapp para não carregar de forma automática as imagens, apenas não sai do grupo pois são de amigos dos quais não tenho tanto contato presencialmente. affraid

Ocorre que, ainda que de relance, a imagem tentou dominar minha mente no sentido de criar fantasias. Eu fui obrigado a parar o que estava fazendo, fazer técnica de respiração/meditação para tentar estancar aqueles pensamentos automáticos. Situação interessante é que ao fazer isso, minha cabeça começou a meio que latejar, como se eu estivesse reprimindo/cortando algo que o cérebro/mente queria. pale

Tendo por base nisso, acabei sentindo por necessidade própria me prevenir e não acessar nenhuma rede social por um tempo para fins de evitar quaisquer fissuras (antes não estava tendo tais problemas e quaisquer imagens do gênero eu evitava automaticamente e como uso tão somente para fins de chat com contatos distantes,  sempre houve uma chance mínima de encontrar uma imagem similar por não usar os feeds). Basketball

BENEFÍCIO ALCANÇADO EM 40 DIAS

Acho que já comentei anteriormente que um dos benefícios destes 40 dias e que estou muito feliz, é o meu chakra cardíaco ter voltado a funcionar e sinto a circulação de energias por ele constantemente, o que muito me alegra, pois eu acabei bloqueando ele sem querer devido a um trauma emocional que tive em 2018.   cheers

Para aqueles que não entendem sobre chakras, vou deixar aqui uma breve explicação:

É o chakra do Coração. O chakra Cardíaco é fundamental para nosso sistema de equilíbrio e rege os pulmões e o coração. É o chakra responsável pelos sentimentos de amor puro, assim como sentimentos de gratidão e generosidade.

O sentimento de amor representado neste chakra não é limitado ao amor entre dois parceiros e sim um sentimento mais amplo, que abrange o amor ao ser humano e à vida. Bloqueado pode gerar sentimentos de egoísmo e ressentimentos.

Sua relação com o elemento ar é muito representativa da sua função em nosso equilíbrio. Se estamos ansiosos ou sofremos uma perda emocional é comum a sensação de falta de ar, assim como o gesto de colocar as mãos no coração, em busca de alento. Da mesma forma, o chakra cardíaco equilibrado traz confiança, com uma sensação de que podemos encarar a vida de frente, de peito aberto.

Também é o chakra responsável pela ligação entre os 03 chakras inferiores e os 03 chakras superiores, tendo a importante função de ser uma ponte entre os chakras mais elevados ou espirituais e os chakra da Terra.


Fonte: https://www.terapiareiki.com.br/chacra-cardiaco-ou-quarto-chacra/

Alcancei também diversos benefícios vinculados ao programa do reboot, entre eles um que se destaca é o aumento gritante de energia e atração do sexo oposto, muito embora por estar no Hard mode, para este último benefício não tenho me importado tanto, pois quero combater a DR e a objetificação automática das mulheres neste momento. Este último em especial, sinto raízes tão profundas que não faço ideia de quando vou conseguir retirar tal interpretação automática pelo cérebro.  Rolling Eyes

PROBLEMA ENCONTRADO EM 40 DIAS

Ah, como nem tudo são flores, existe um problema que venho enfrentando e cada vez é mais forte, [b]SÃO AS EMOÇÕES REPRIMIDAS DURANTE ANOS[/b]. sinto como se fossem emoções que por muitos anos ignorei. Eu estou com uma vontade tremenda de namorar (WTF!!!) e talvez até seja pela minha idade, já próximo dos 30 e nunca namorei sério, mas também estou interpretando como uma armadilha do cérebro em busca de dopamina, já que namorando, obteria sexo mais facilmente, assim como outros geradores de dopamina além de que, numa eventual decepção emocional, poderia acabar na PMO de volta e nos jogos como meio de fuga das emoções.  Crying or Very sad

Enfim, vamos em frente, não sei se vou continuar no hard mode por muito tempo, tenho que admitir que está cada vez mais difícil, ainda mais depois que cortei os jogos. No entanto, vou resistir até o limite e se eventualmente não der mais, não pretendo falhar, apenas acabarei alterarando do hard mode para o modo normal do reboot.  sunny

Até a próxima e bom fds!

_______________________________________
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 1/3/2020, 08:21
Dia 42 de 90


Nestes últimos dias, ou melhor, desde o dia 30, venho tendo fortes ondas de emoções de diversos gêneros e muitas alterações de mindset em relação a projetos futuros no âmbito social e profissional, o que considero positivo, pois é como se durante muito tempo eu vivesse em uma caverna e depois de um longo período saísse dela e ampliasse minhas perspectivas.

Por outro lado, venho tendo intensas e constantes ondas de energia sexual, estando sinceramente e a cada dia com uma vontade mais e mais forte de fazer sexo ou cair na M como meio alternativo. Lógico que isso se dá devido a restrição da PMO e o acúmulo de energia sexual, mas sério, embora eu tenha uma lógica formada como já apresentei em tópicos anteriores da possível causa disto ocorrer, preciso saber da opinião dos veteranos no reboot não apenas no hard mode, mas também no normal.

Alguém já passou por essa fase após os 30 dias e saberia me explicar o motivo? Além disto, como solucionou? confused

_______________________________________
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 5/3/2020, 06:43
Dia 46 de 90


Voltei, não decorreu uma semana, mas fiquei ausente durante uns dias daqui. Ocorre que minha rotina tem sido tão intensa nestes últimos dias que nem chances tive para pensar em PMO ou qualquer coisa vinculada. A semana até o momento foi apenas focada em trabalho e estudos.

Por outro lado, sinto que os efeitos de abstinência da PMO reduziram bastante, tomo cuidado é claro e manterei prevenindo. Mas creio que minha tese inicial de que passei por uma espécie de crise durante o dia 30 em diante, foi de fato em razão da ausência de jogos que cortei para trabalhar em conjunto com a PMO. Tenho como base isso, pois a reação psíquica/corporal foi praticamente a mesma de quando antigamente me ausentava da PMO, durante alguns dias.

No mais, tudo certo agora já fechei metade do tempo que programei ausente da PMO. Prossigo no hard mode, sendo que agora esta bem mais tranquilo do que anteriormente.

_______________________________________
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 14/3/2020, 09:40
Dia 55-90


Passei aqui, pensei em comentar esses dias, mas aguardei fechar mais próximo de 60 dias. Ufa chegando próximo de 60 DIAS!!!! sunny  cheers

O que tenho para contar desde meu último post, é que tudo continuou tranquilo. Claro que, fui obrigado a desativar o insta no que tange a ver stories ou ver publicações (risco de cair em tentação é grande, ainda mais com as excessivas fotos/publicações ao estilo verão),  apenas utilizo ele agora se for para responder ou mandar alguma mensagem para alguém via direct, que apenas por lá eventualmente tenho contato.

A única coisa que sinto um pouco de dificuldade as vezes, é quando estou a conversar com alguma garota via whats ou pessoalmente e ela começa a dar brechas para umas conversas mais quentes. Automaticamente sinto uma energia muito intensa que haja resistência para suportar e permanecer firme, mas caso percebo que não conseguirei, seja por não conseguir controlar/eliminar imagens mentais ou acabar dando um reset, eu paro a conversa e acabo indo fazer outra coisa.  affraid

Recentemente sai para viajar e posteriormente acabei indo para uma festa, tudo no mesmo dia, curti muito, bebi muito (mas fiquei bem) e dancei muito. Fiquei com muitas garotas e outras não fiquei porque acabei ficando com uma garota por diversas vezes e optei por não variar depois dela. Ocorre que quase chegamos ao gran finale  Laughing

Mas no fim das contas segurei um pouco a onda (contra minha vontade instintiva), apenas fiquei com o contato dela e estamos conversando ocasionalmente, claro que as vezes rola uma conversa mais quente, surge aquela intensidade energética que mencionei, mas logo que percebo que há uma tendência a quebrar o projeto de 90 dias, eu sumo e volto outra hora.

Tempos atrás até mencionei que talvez eu iria parar o hard mode, um dos motivos é que ocasionalmente acaba surgindo oportunidade de sexo e por muitas vezes venho resistindo, contudo estou pensando em voltar ao modo normal para incluir essa possibilidade no projeto, claro, sexo com pessoas reais, não virtuais (rsrsrs). No entanto, certa vez vi aqui no fórum que sexo pode ser incluso no hard mode, isso procede? Ou caso acabe exercendo atividade sexual durante o projeto sou obrigado a prosseguir no modo normal?  confused

_______________________________________
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 18/3/2020, 21:45
DIA 59 de 90


Iria vir amanhã, ao completar 60 dias, mas precisei vir hoje, pois está FODA. Acordei com uma vontade enorme de sexo o que por ausência desta possibilidade (teria que ser GP), me remete a vontade de dar um reset, estou praticamente o dia inteiro resistindo a isso, já tive que tomar dois banhos gelados. Eu sei que o pico/gatilho veio de dança, comecei a treinar algumas aulas de fitdance, especialmente vinculado a músicas de funk, ai atiçou tudo.  Suspect  Shocked

Agora aqui estou a ler e reler para diminuir essa vontade e logo vou dormir para evitar a tentação, pois já não encontro outra solução. É praticamente meu último mês da meta e fazia tempo que não tinha esses picos. Espero conseguir concluir, faltam 30, bora lá.

_______________________________________
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 20/3/2020, 21:55
Só passando para não esquecer mesmo, é a segunda crise de abstinência que tenho, uma foi após os 30 dias e a outra agora entre o dia 58 até o dia 61. Esta última por muito pouco não acabei caindo num reset, tive que resistir muito desta vez, mas encontrei o gatilho que levou a isso e já controlei de volta, a princípio.

Esta situação nova do Brasil e a impossibilidade de sair de casa está também dificultando um pouco a resistência, mas por sorte tenho os concursos para me voltar e conseguir distrair a mente.

_______________________________________
balboa08
balboa08
Mensagens : 190
Data de inscrição : 04/01/2017
Idade : 25

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 21/3/2020, 09:10
Passando para te acompanhar cara. Parabéns pela grandiosa marca que vens conseguindo. Não se deixe abalar pelas crises, seja forte, bloquei tudo que possa ser brecha para você cair. Te desejo muita força!

Paz e Bem!

_______________________________________
Meu diário:

https://www.comoparar.com/t9825-ninguem-vai-bater-tao-duro-como-a-vida


Guerreiro de longa data
Guerreiro de longa data
Mensagens : 155
Data de inscrição : 21/03/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 21/3/2020, 22:00
Força meu querido! Muita paz!

_______________________________________
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 25/3/2020, 22:53
Dia 66 de 90

Primeiramente, obrigado balboa08  e Guerreiro de longa data, pelo apoio Very Happy

Vim aqui para relatar que enfim, a crise que mencionei na última atualização, sumiu, brincadeiras a parte, fico pensando como vai ser a crise entre o dia 87-90 hahaha

Bom, além disso, em razão da atual situação do Brasil e da quarentena, estou conseguindo ampliar o sistema de religações com hobbies que gostava/gosto de fazer, por outro lado, recentemente pensei em reinstalar um game para ver no que dava, curiosamente eu desinstalei em seguida após jogar apenas alguns minutos. Shocked Laughing

O motivo foi que tive a sensação daquilo ser passado e não integrar mais minha vida, o que considero benéfico, pois quem me acompanha aqui já deve ter visto quando mencionei que percebi a alta ligação entre PMO e games. A minha vontade enquanto por poucos minutos jogava, era de ir curtir meus hobbies (sim, isso mesmo que você leu) e uma levíssima indução inconsciente para PMO, ou seja, tive a impressão que em relação aos games já obtive um bom progresso em relação a religação.

Claro, não irei recair na PMO para testar e ver se também tive religação (risos), mas creio que também já tenha evoluído neste sentido. Já percebo e cada vez mais fica evidente, que muita coisa mudou e vem mudando e muito com o abandono da PMO, tanto a nível social (amigos, interesses amorosos, mindsets, visões, opiniões, etc) quanto a nível pessoal (emocional, bem estar consigo mesmo, família, etc).

Assim, vamos lá continuar, pois do primeiro estágio de meta já estou a alcançar, qual seja, 90 dias!!! Very Happy

_______________________________________
balboa08
balboa08
Mensagens : 190
Data de inscrição : 04/01/2017
Idade : 25

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 26/3/2020, 07:57
excelente cara!! Obrigado pelo relato. Nos motiva em saber que o reboot realmente funciona.

Paz e Bem!

_______________________________________
Meu diário:

https://www.comoparar.com/t9825-ninguem-vai-bater-tao-duro-como-a-vida


Guerreiro de longa data
Guerreiro de longa data
Mensagens : 155
Data de inscrição : 21/03/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 26/3/2020, 09:12
Índigo escreveu:
Dia 66 de 90

Primeiramente, obrigado balboa08  e Guerreiro de longa data, pelo apoio Very Happy

Vim aqui para relatar que enfim, a crise que mencionei na última atualização, sumiu, brincadeiras a parte, fico pensando como vai ser a crise entre o dia 87-90 hahaha

Bom, além disso, em razão da atual situação do Brasil e da quarentena, estou conseguindo ampliar o sistema de religações com hobbies que gostava/gosto de fazer, por outro lado, recentemente pensei em reinstalar um game para ver no que dava, curiosamente eu desinstalei em seguida após jogar apenas alguns minutos. Shocked Laughing

O motivo foi que tive a sensação daquilo ser passado e não integrar mais minha vida, o que considero benéfico, pois quem me acompanha aqui já deve ter visto quando mencionei que percebi a alta ligação entre PMO e games. A minha vontade enquanto por poucos minutos jogava, era de ir curtir meus hobbies (sim, isso mesmo que você leu) e uma levíssima indução inconsciente para PMO, ou seja, tive a impressão que em relação aos games já obtive um bom progresso em relação a religação.

Claro, não irei recair na PMO para testar e ver se também tive religação (risos), mas creio que também já tenha evoluído neste sentido. Já percebo e cada vez mais fica evidente, que muita coisa mudou e vem mudando e muito com o abandono da PMO, tanto a nível social (amigos, interesses amorosos, mindsets, visões, opiniões, etc) quanto a nível pessoal (emocional, bem estar consigo mesmo, família, etc).

Assim, vamos lá continuar, pois do primeiro estágio de meta já estou a alcançar, qual seja, 90 dias!!! Very Happy
Aeeeee, Feliz por vc amigo!
Perseverança e vigilância!
Bora lá, rumo aos 90dias!
Não dê brechas de jeito nenhum. Que bom ver que tô esse processo é libertador, n só dá PMO, mas leva a um amadurecimento pessoal, a um autoconhecimento.
Grande abraço, parceiro!
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 2/4/2020, 07:51
Dia 74 de 90


Bom gente, voltei para relatar e me manter ativo também, não muito distante do fórum para não cair em tentações. Faz alguns dias desde fiz a última publicação e o que tenho a dizer é que de lá para cá não tive tantos problemas, a restrição (quarentena) que achei que seria um problema enorme até o seu fim, se mostrou até certo ponto mais favorável ao cumprimento da meta.

Percebi que ando ficando mais sensível em relação a relacionamentos afetivos com garotas pois significa que a objetificação das mulheres derivadas da PMO está sumindo, o que é de meu agrado, ao mesmo tempo que também percebo que eu estava totalmente enferrujado quanto a isso e venho progredindo mais e mais, me tornando cada vez mais um ser humano melhor ao meu ver.

Ah, para quem leu meu diário, deve ter notado que tive um pico que estava querendo uma namorada, naquela época acredito que era mais pela abstinência que gerava carência/contato consigo mesmo, hoje em dia já não é assim. Me sinto bem comigo mesmo e quero uma mais para aproveitar esse novo eu reciclado pós PMO que está por vir, inclusive venho conversando com diversas garotas com mesmo intuito para quem sabe avançar em algo e poder desenvolver habilidades que para mim antes (PMO + games) não me pareciam tanto agradáveis ou eram motivadas pelo vício/dependência.

_______________________________________
Guerreiro de longa data
Guerreiro de longa data
Mensagens : 155
Data de inscrição : 21/03/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 2/4/2020, 12:52
Índigo escreveu:
Dia 74 de 90


Bom gente, voltei para relatar e me manter ativo também, não muito distante do fórum para não cair em tentações. Faz alguns dias desde fiz a última publicação e o que tenho a dizer é que de lá para cá não tive tantos problemas, a restrição (quarentena) que achei que seria um problema enorme até o seu fim, se mostrou até certo ponto mais favorável ao cumprimento da meta.

Percebi que ando ficando mais sensível em relação a relacionamentos afetivos com garotas pois significa que a objetificação das mulheres derivadas da PMO está sumindo, o que é de meu agrado, ao mesmo tempo que também percebo que eu estava totalmente enferrujado quanto a isso e venho progredindo mais e mais, me tornando cada vez mais um ser humano melhor ao meu ver.

Ah, para quem leu meu diário, deve ter notado que tive um pico que estava querendo uma namorada, naquela época acredito que era mais pela abstinência que gerava carência/contato consigo mesmo, hoje em dia já não é assim. Me sinto bem comigo mesmo e quero uma mais para aproveitar esse novo eu reciclado pós PMO que está por vir, inclusive venho conversando com diversas garotas com mesmo intuito para quem sabe avançar em algo e poder desenvolver habilidades que para mim antes (PMO + games) não me pareciam tanto agradáveis ou eram motivadas pelo vício/dependência.
Parabéns, cara! Excelente marca!
Vc está esses dias todos, sem masturbação, nada? Totalmente limpo?
Abraço, parceiro. Feliz por vc!
Índigo
Índigo
Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/02/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 2/4/2020, 21:14
Guerreiro de longa data, sim, limpo.

Mas tudo isso devido a eu já ter tentado diversas vezes me livrar da PMO antes do fórum, assim já comecei este desafio meio que com uma certa bagagem, se nunca tivesse tentado antigamente, acho para quase certeza, que não chegaria nesse marco porque é muito difícil mesmo retirar esse hábito.

O que me ajuda muito é meditar, me religar com meus hobbies (violão, livros, leituras, espiritualidade, etc). Já teve dias que parei eles e quase tive as recaídas que mencionei aqui no diário, é aquela história, se deixar a mente vaga/livre/ociosa, abre brecha para a PMO.

_______________________________________
Guerreiro de longa data
Guerreiro de longa data
Mensagens : 155
Data de inscrição : 21/03/2020

Diário de um Alecrim - A evolução Empty Re: Diário de um Alecrim - A evolução

em 2/4/2020, 21:47
Índigo escreveu:Guerreiro de longa data, sim, limpo.

Mas tudo isso devido a eu já ter tentado diversas vezes me livrar da PMO antes do fórum, assim já comecei este desafio meio que com uma certa bagagem, se nunca tivesse tentado antigamente, acho para quase certeza, que não chegaria nesse marco porque é muito difícil mesmo retirar esse hábito.

O que me ajuda muito é meditar, me religar com meus hobbies (violão, livros, leituras, espiritualidade, etc). Já teve dias que parei eles e quase tive as recaídas que mencionei aqui no diário, é aquela história, se deixar a mente vaga/livre/ociosa, abre brecha para a PMO.
Excelente! Também já cheguei aqui com uma certa bagagem como vc disse.
O lance agora é dobrar a vigilância. Continuar e melhor os bons hábitos.
Parabéns, e persevere! Logo, logo estarei aqui celebrando essa marca. O legal do fórum é isso, agora estou com uma meta mais definida. Dessa vez adeus PMO, sei que vou passar por algumas tempestades, mas com atenção, meta, planejamento e graça de Deus, superarei.
Abraço!
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum