Ir em baixo
avatar
ampity27
Mensagens : 23
Data de inscrição : 10/04/2020

Diário do Ampity Empty Diário do Ampity

em 10/4/2020, 15:11
Fala, galera.

Meu nome de guerra aqui no fórum é Ampity. Eu tenho 27 anos e comecei a ter acesso a pornografia aos 10 ou 11. Lembro que na casa onde morava, a pornografia era uma constante, algo absolutamente normalizado. Aos 4 anos, tive minha primeira "experiência" com pornô ao colocar uma fita VHS de uma paródia de contos de fadas no aparelho, pela inocência de achar que era para crianças.

Meu pai, nesta época, tinha 32 anos e, ao meu ver, é um grande usuário de pornografia. Apesar do grande poder ser colocado como ironia, já que uma vez descobri que ele gosta de vídeos de zoofilia.

Bom, voltando a mim, estou considerando este post de agora como dia 0, já que é um prólogo ao reboot que começa propriamente amanhã - não-oficialmente no momento em que eu enviar isto.

Nunca pensei que a pornografia pudesse ser a culpada por vários problemas que adquiri durante a minha vida. Desde impulsividade até outras compulsões, o pior da pornografia está na minha falta de capacidade de socializar e ter uma rotina organizada e saudável. Já cheguei a me masturbar mais de 10 vezes por dia e nunca parei para compreender o que eu estava vendo. Às vezes, parece que tudo na tela é muito melhor do que realmente é. E não sei se existe algo de bom em pornografia, sinceramente.

Preciso desse reboot porque, só agora entendo o que há de tão ruim nesse hábito horrível. Pretendo postar antes de dormir, quem sabe todos os dias, sem muitos filtros para expressar como estarei me sentindo. Às vezes, me sinto uma criança e sei que isso pode ser uma oportunidade de crescer.

Bora nessa.

Dia 0 de 90 - fase #1
LikeAStone
LikeAStone
Mensagens : 20
Data de inscrição : 09/04/2020

Diário do Ampity Empty Firme no propósito

em 10/4/2020, 15:37
ampity27 escreveu:Fala, galera.

Meu nome de guerra aqui no fórum é Ampity. Eu tenho 27 anos e comecei a ter acesso a pornografia aos 10 ou 11. Lembro que na casa onde morava, a pornografia era uma constante, algo absolutamente normalizado. Aos 4 anos, tive minha primeira "experiência" com pornô ao colocar uma fita VHS de uma paródia de contos de fadas no aparelho, pela inocência de achar que era para crianças.

Meu pai, nesta época, tinha 32 anos e, ao meu ver, é um grande usuário de pornografia. Apesar do grande poder ser colocado como ironia, já que uma vez descobri que ele gosta de vídeos de zoofilia.

Bom, voltando a mim, estou considerando este post de agora como dia 0, já que é um prólogo ao reboot que começa propriamente amanhã - não-oficialmente no momento em que eu enviar isto.

Nunca pensei que a pornografia pudesse ser a culpada por vários problemas que adquiri durante a minha vida. Desde impulsividade até outras compulsões, o pior da pornografia está na minha falta de capacidade de socializar e ter uma rotina organizada e saudável. Já cheguei a me masturbar mais de 10 vezes por dia e nunca parei para compreender o que eu estava vendo. Às vezes, parece que tudo na tela é muito melhor do que realmente é. E não sei se existe algo de bom em pornografia, sinceramente.

Preciso desse reboot porque, só agora entendo o que há de tão ruim nesse hábito horrível. Pretendo postar antes de dormir, quem sabe todos os dias, sem muitos filtros para expressar como estarei me sentindo. Às vezes, me sinto uma criança e sei que isso pode ser uma oportunidade de crescer.

Bora nessa.

Dia 0 de 90 - fase #1



Boa, camarada!

Estou prestes a completar minhas primeiras 24 horas longe da pornografia.

Já estou me sentindo bem melhor e mais descansado do que nos dias anteriores.

A maior dificuldade é negar as sugestões do subconsciente, tem que ter força de vontade e apoio.

Estamos juntos nesse desafio.

Abraços

#DisciplinaEspartana
#KeepFighting

_______________________________________
avatar
led new
Mensagens : 116
Data de inscrição : 17/10/2016

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 10/4/2020, 16:17
Bem vindo, não temos como recuperar o tempo perdido porém podemos mudar nosso futuro através do momento presente, desejo sucesso na sua caminhada.

_______________________________________


Guerreiro de longa data
Guerreiro de longa data
Mensagens : 149
Data de inscrição : 21/03/2020

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 10/4/2020, 17:26
Saudações, Ampity! Vi seu e-mail, meu brother! Ficarei feliz em poder acompanhá-lo e dividir forças. Juntos venceremos! Esteja convicto e determinado...vamos sair dessa, tomando mão das estratégias necessárias, evidente.
Abraço!
avatar
ampity27
Mensagens : 23
Data de inscrição : 10/04/2020

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 11/4/2020, 23:28
Valeu pelas boas vindas, pessoal. Acredito que somos um grupo que pode se fortalecer e poder desabafar, até por que sei da vergonha deste vício e seria massa ter apoio. Quem quiser conversar, seja bem-vindo a mandar um e-mail: [email protected]

Então, eu tava pensando em criar todo um roteiro pra as postagens diárias, mas preferi ser o mais transparente possível por aqui. Sem nada preparado, pra que não seja meio robótico.

Hoje foi normal. Eu até vi alguns filmes que tinham uma temática mais adulta, nada de pornografia, mas tava buscando entender o que havia de humano nas histórias, sem uma visão adolescente e tarada. Comecei a prestar atenção até mesmo na forma doentia com a qual eu costumava olhar para as pessoas, sempre com o cunho sexual em primeiro lugar. Como se cada ser humano pudesse ser um objeto. É a primeira vez na minha vida que realmente compreendo a seriedade do que está na minha frente. Muitas vezes, anteriormente, quis parar, mas por parar e não entendendo a tamanha seriedade. É foda! Parece que eu to entrando num mundo totalmente diferente, o olhar se torna diferente.

Eu comecei a fazer substituições por vídeos mais educativos sobre a pornografia e o sexo. Vou compartilhar dois links com vocês.

Num deles, um debate entre uma ex-atriz pornô engajada na anti-pornografia e uma atual, a última disse:

"O pornô não vai acabar. As pessoas não vão deixar de ver pornô. Não vão, é impossível."

O nome dela é Dread Hot. Concordo com ela, mas durante a fala cheguei a conclusão de que pornô não é para mim. Porque ele, de uma certa forma, representa uma grande ignorância sexual em mim. E eu, sinceramente, não quero carregar um prazer ignorante.

Antes fosse só isso, mas agora entendendo os males que a pornografia traz, além de ser simplesmente um passatempo... eu sinceramente to escrevendo aqui e ainda acho bem pouco.

Não sei se vai ser fácil, nem se vai ser difícil. Mas, quero ter uma vida real. Sabendo distinguir o falso do verdadeiro. A gente é um conjunto dos nossos hábitos e práticas.

O vício à pornografia meu está ligado ao vício da comida, infelizmente. Então, tenho um tranalho ainda mais complicado, mudar a minha mente de várias formas. Sinceramente, as sensações de vazio e superficialidade estão em cada vício.

Sei que se educar, compreender, mudar a visão é o caminho. Até por que, cada vez mais, estamos sendo bombardeados de informações que contém malícia. Cabe compreender o que está por trás disso.

Feliz por estar aqui. Hoje não foi um dia ruim.

Dia 1 de 90 - Fase #1

Links de vídeos:

https://youtu.be/xhskbF86Z8I (Uma sexóloga, uma feminista e um praticante de NoFap visitam uma gravação de pornô - ATENÇÃO: algumas cenas podem ser mais pesadas)

https://youtu.be/FI7108KoK6o (mude minha ideia com uma ex-atriz pornô defendendo o fim da pornografia.)

Até a próxima, bora ficando mais fortes.

_______________________________________
Quiser alguém pra conversar, manda um e-mail:
[email protected]

Guerreiro de longa data
Guerreiro de longa data
Mensagens : 149
Data de inscrição : 21/03/2020

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 11/4/2020, 23:48
Fala Ampity!
Força e honra!!! Estarei sempre aqui acompanhando suas postagens. Deus abençoe!
Rottweiler
Rottweiler
Mensagens : 462
Data de inscrição : 22/07/2019
Idade : 28

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 12/4/2020, 00:34
Blz Ampity,

Reconheci muito da minha história na sua história. Duas coisas que você postou me chamou a atenção. A primeira "Nunca pensei que a pornografia pudesse ser a culpada por vários problemas que adquiri durante a minha vida." e a segunda foi os links que vc passou.

A compulsão em PMO e comida estar mais para um sintoma, algo que nos falta e tentamos preencher com essa dose de prazer. Sei que o vicio em PMO trás DE,ER, fobia social, etc... Mas tente ver o vício em PMO como um sintoma de algo que nos falta. Não tem conhecimento de psicologia mas vejo assim. Sobre os links vi que algo relacionado a indústria da P e o no FAP. Não compre essa briga! Nesse momento. Foco em você, nas suas questões que te levam a consumir PMO, comer...

Desculpas se ofendi em algo.
Acompanhando.

_______________________________________
DIÁRIO: www.comoparar.com/t9368-diario-do-rottweiler



Metas de Dias:
01 (X)
02 ( ) 03 ( ) 04 ( ) 05 ( )
06 ( ) 07 ( ) 08 ( ) 09 ( ) 10 ( )
11 ( ) 12 ( ) 13 ( ) 14 ( ) 15 ( )
16 ( ) 17 ( ) 18 ( ) 19 ( ) 20 ( )
21 ( ) 22 ( ) 23 ( ) 24 ( ) 25 ( )
26 ( ) 27 ( ) 28 ( ) 29 ( ) 30 ( )
31 ( ) 32 ( ) 33 ( ) 34 ( ) 35 ( )
36 ( ) 37 ( ) 38 ( ) 39 ( ) 40 ( )
avatar
ampity27
Mensagens : 23
Data de inscrição : 10/04/2020

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 13/4/2020, 00:48
Fala, Guerreiro. Força pra gente.

Não me ofendi, Rottweiler. Agradeço. Eu acredito que o que me falta é educação. Nem precisei assistir o vídeo buscando tomar um partido, até porque costumo, e isso me irrita um pouco, buscar ouvir todos os lados no início de uma experiência para que tome as minhas próprias conclusões.

Eu vejo essa fase como uma oportunidade de ter estratégias para transformar essa experiência como inesquecível, um divisor de águas na minha vida.

Hoje não pensei bastante em pornografia e nem senti falta. Tive lembranças que não pareciam desejos tão intensos. Pensei muito como consigo enxergar as pessoas pelo seu apelo sexual - que pode ser inexistente em relação a mim - e vejo que adquiri uma visão irracional, um olhar de predador. É um ponto-de-vista completamente novo para mim. Parece que a pornografia me fez parar no tempo e hoje enxergo o quanto abri mão de coisas legais pela pornografia. E o quanto isso, além de outras experiências na minha má-criação, me trouxe uma ideia completamente errônea do que é viver a vida. Pela primeira vez, estou sabendo o que é ter gratidão por entender algo e me entregar a um processo que ajuda a superar coisas importantes.

Ainda está um pouco nebuloso aqui dentro. To com muita informação na minha cabeça e é a primeira vez que busco meios para sistematizar cada mudança.

To narrando aqui o dia 2, mas já começamos o dia 3. E, este, para mim, é um dia pesado pois sempre acordo cabisbaixo, me isolo do mundo, da vida, das pessoas e me entrego a um vício muito facilmente. Agora, escrevendo aqui no fórum, levo para minha cama muito mais pensamentos iluminados sobre o quanto a pornografia é uma brincadeira de uma criança curiosa que, infelizmente, teve uma educação complicada. Foi muito mais mimada e teve muito mais liberdade de encontrar, compreender a pornografia como uma diversão. Pornô é mais do que um alívio sexual para mim, é uma diversão que tomou lugares importantes na minha vida, como a escola, o trabalho, o sono e tanto mais.

Eu costumo ser muito chato com textos, visando muito uma forma que eu nem entendo, mas to escrevendo hoje sem me preocupar muito com pontos, espaços, ainda incorporando pequenos filtros, usando palavras mais amplas, porque este vício me traz uma grande vergonha. Eu sinto como se eu tivesse uma porta enorme, aberta, cheia de coisas para descobrir. Também, redescobrindo quem eu sou. Não quero mais estar tão preso ao que não importa, tanto quanto não quero mais enxergar os seres humanos como meros pedaços de carne. A pornografia é um exercício fácil e diário à falta de empatia. E parece que hoje eu sei como estimulá-la.

Dia 2 de 90 - Fase #1

_______________________________________
Quiser alguém pra conversar, manda um e-mail:
[email protected]

avatar
ampity27
Mensagens : 23
Data de inscrição : 10/04/2020

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 13/4/2020, 23:12
Mais um dia que foi menos difícil do que eu achava que seria. Sigo o processo acreditando muito na minha capacidade de conseguir expurgar a pornografia da minha mente, ao mesmo tempo passando por um processo de autoconhecimento e maturidade que considero inéditos.

Não tenho muito o que falar hoje. Sei que a malícia da pornografia, a bastante citada por mim objetificação perdura e notei que a associação sexual faz com que minhas mãos automaticamente toquem a minha genitália por razão nenhuma. Sinto os sinais da minha falta de educação sexual, mas to meio ansioso com a experiência que isso vai me trazer.

Quero terminar falando sobre dois momentos da minha vida que me fizeram acordar para a subversão sexual que existe no mundo.

Uma vez um site que mostrava crianças sendo abusadas foi veiculado na internet "mainstream". Lembro que fiquei bem mal e comentei com uma amiga, que disse que clicou play em um dos vídeos. Uns tempos depois, e isso me leva ao segundo momento, o irmão dela foi detido por compartilhar conteúdo sexual infantil.

Me lembro também quando era bastante jovem e enviaram mais um site que iniciava com fotos de caminhões e terminava com fotos de crianças. Apesar de eu ter denunciado, me pergunto o porquê de, tão novo, ter tanta liberdade de acesso a este tipo de conteúdo; e a minha mente naquela época não associava essas perversões à pornografia. Hoje, você facilmente encontra vídeos pornôs que glamourizam o incesto. Se com 27 anos ainda me choco com a presença disso, imagina crianças mais novas, que têm a internet como uma segunda casa.

Firme e forte aqui. Até então, estou tranquilo.

Dia 3 de 90 - fase #1

_______________________________________
Quiser alguém pra conversar, manda um e-mail:
[email protected]

rb1994
rb1994
Mensagens : 24
Data de inscrição : 09/04/2020

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 14/4/2020, 01:11
E aí Ampity! Primeiro, parabéns por ter chegado ao terceiro dia e também por estar compartilhando a tua história conosco. Sobre o que tu falou na última postagem, eu também percebi, nesses tempos, que involuntariamente acabo tocando meu pênis durante o dia sem conscientemente ter a intenção de me masturbar. Isso às vezes acaba me estimulando, mas de fato é uma "memória" corporal que não tem propósito nenhum, vou me atentar a evitar isso.
E sobre essa situação de subversão sexual associada a pornografia, eu acho que é simplista generalizar falando que as pessoas que consomem pornografia vão inevitavelmente evoluir pra alguma parafilia (como pedofilia, zoo, etc), mas eu tenho certeza que a dimensão que a pornografia tomou na nossa sociedade, tornou o trabalho (e a 'maturação') do indivíduo que tenha alguma propensão a isso muito mais fácil. E estatisticamente falando, 1 a cada 100 homens tem tendências para Pedofilia, ou seja, todos nós temos um no nosso networking.
Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 1923
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 28

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 14/4/2020, 19:11
Pois é, Ampity27. Não é fácil. Estamos num mundo que só falta impor este comportamento depravado como condição para acesso a muitos meios. Nossa luta é diária e insana para fazer diferente, se destacar. Que possamos nos superar com toda nossa luta.

Saudações.

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t2940-24-de-volta-a-guerra-ferido-humilhado-ate-injusticado-mas-nunca-vencido



Win or die trying.
avatar
ampity27
Mensagens : 23
Data de inscrição : 10/04/2020

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 15/4/2020, 00:03
rb1994, talvez associe um pouco mais porque tenho exemplos que acabaram me marcando.

Justiceiro, se a gente não conseguir mudar ao mundo, que ao menos mudemos.

Dia meio merda, mas firme e forte no objetivo. Pensei em pornografia, veio a ideia de assistir e até mesmo já pensando em recomeçar. Sabe aquela ideia: "ah, uma última vez"? - paro no meio do raciocínio porque o vizinho tá transando e até isso tira o foco e eu não deveria ligar tanto pra uma coisa normal, né? Pra mim, a pornografia dificultou muito a minha ideia de sexo. Parece algo tão... diferente. Sei não ainda. - Só que, do mesmo jeito que a ideia veio, ela foi.

A indústria pornográfica é foda. Ainda bem que eu acordei tarde do que nunca. Ah, não sei se é algum efeito da excitação com este reboot, mas me sinto mais confiante e focado. Não quero cansar na próxima semana, então tenho que pegar leve. Continuo crendo na mudança da minha vida e da mente.

Dia 4 de 90 - Fase #1

_______________________________________
Quiser alguém pra conversar, manda um e-mail:
[email protected]

SCANOR
SCANOR
Mensagens : 22
Data de inscrição : 14/04/2020
Idade : 29
Localização : Minas Gerais

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 15/4/2020, 18:33
ampity27 escreveu:Fala, galera.

Meu nome de guerra aqui no fórum é Ampity. Eu tenho 27 anos e comecei a ter acesso a pornografia aos 10 ou 11. Lembro que na casa onde morava, a pornografia era uma constante, algo absolutamente normalizado. Aos 4 anos, tive minha primeira "experiência" com pornô ao colocar uma fita VHS de uma paródia de contos de fadas no aparelho, pela inocência de achar que era para crianças.

Meu pai, nesta época, tinha 32 anos e, ao meu ver, é um grande usuário de pornografia. Apesar do grande poder ser colocado como ironia, já que uma vez descobri que ele gosta de vídeos de zoofilia.

Bom, voltando a mim, estou considerando este post de agora como dia 0, já que é um prólogo ao reboot que começa propriamente amanhã - não-oficialmente no momento em que eu enviar isto.

Nunca pensei que a pornografia pudesse ser a culpada por vários problemas que adquiri durante a minha vida. Desde impulsividade até outras compulsões, o pior da pornografia está na minha falta de capacidade de socializar e ter uma rotina organizada e saudável. Já cheguei a me masturbar mais de 10 vezes por dia e nunca parei para compreender o que eu estava vendo. Às vezes, parece que tudo na tela é muito melhor do que realmente é. E não sei se existe algo de bom em pornografia, sinceramente.

Preciso desse reboot porque, só agora entendo o que há de tão ruim nesse hábito horrível. Pretendo postar antes de dormir, quem sabe todos os dias, sem muitos filtros para expressar como estarei me sentindo. Às vezes, me sinto uma criança e sei que isso pode ser uma oportunidade de crescer.

Bora nessa.

Dia 0 de 90 - fase #1


BOA NOITE AMPITY27 TE DESEJO BOA SORTE NESSA CAMINHADA VC COMEÇOU BEM MAIS CEDO QUE EU KKKKK EU COMECEI A "PMO" AOS 13/14 ANOS MAS ENFIM, OS EFEITOS SÃO CATASTRÓFICOS AO LONGO DO TEMPO. PARABÉNS PELO INICIO DO REBOOT NUNCA É TARDE PRA COMEÇAR.
MANTENHA-SE FIRME, E AQUELE ABRAÇO.

_______________________________________
avatar
ampity27
Mensagens : 23
Data de inscrição : 10/04/2020

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 15/4/2020, 23:57
Valeu, Scanor! Bora nessa. E parabéns pelos 35 dias, uma inspiração pra quem começou agora.

Sinceramente, acordei hoje com o tesão dos tesões e me veio a agonia e a vontade de PMO. Na moral, aguentei, mas foi fodaaaaaa. O desejo se tornou mais intenso e eu ainda quero fugir dessa objetificação tão extrema de pessoas. É preciso se educar para enxergar um ser humano como tal.

O que eu fiz hoje quando a ansiedade bateu valendo e se tornou agonia foi pedalar. Foi massa. Socializei hoje também e tive certa ansiedade, mas me sinto mais aberto. Continuo lidando com o assunto pornografia com uma visão mais saudável, entendendo as armadilhas da indústria e os males que a exposição traz à nossa mente. E sou grato por isso.

Dia 5 de 90 - Fase #1

Edit: é importante colocar aqui que minha ansiedade social é tão grande que eu começo a suar ao redor de pessoas. Antes, eu fugiria da situação. Hoje é diferente. Goste ou não goste de mim.


Última edição por ampity27 em 16/4/2020, 04:06, editado 1 vez(es)

_______________________________________
Quiser alguém pra conversar, manda um e-mail:
[email protected]

Rottweiler
Rottweiler
Mensagens : 462
Data de inscrição : 22/07/2019
Idade : 28

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 16/4/2020, 00:04
É isso aí ampity27, mais um dia vencido!

\o/

_______________________________________
DIÁRIO: www.comoparar.com/t9368-diario-do-rottweiler



Metas de Dias:
01 (X)
02 ( ) 03 ( ) 04 ( ) 05 ( )
06 ( ) 07 ( ) 08 ( ) 09 ( ) 10 ( )
11 ( ) 12 ( ) 13 ( ) 14 ( ) 15 ( )
16 ( ) 17 ( ) 18 ( ) 19 ( ) 20 ( )
21 ( ) 22 ( ) 23 ( ) 24 ( ) 25 ( )
26 ( ) 27 ( ) 28 ( ) 29 ( ) 30 ( )
31 ( ) 32 ( ) 33 ( ) 34 ( ) 35 ( )
36 ( ) 37 ( ) 38 ( ) 39 ( ) 40 ( )
avatar
ampity27
Mensagens : 23
Data de inscrição : 10/04/2020

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 16/4/2020, 04:06
Por nós, Rottweiler. Smile

_______________________________________
Quiser alguém pra conversar, manda um e-mail:
[email protected]

avatar
led new
Mensagens : 116
Data de inscrição : 17/10/2016

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 16/4/2020, 13:23
Parabéns pelos 5 dias livre, autocontrole é fundamental, podemos facilmente burlar os bloqueadores.
Tenho ansiedade social também, quando se trata em falar em público, vish faço de tudo pra fugir... Não sei como tratar isso,

_______________________________________


avatar
ampity27
Mensagens : 23
Data de inscrição : 10/04/2020

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 17/4/2020, 00:04
Valeu, led new. Originalmente, eu não tinha ansiedade social. Nunca tive problemas para falar em público, aliás, gostava bastante. Ainda gosto e também to aqui procurando resgatar a coragem que eu tinha quando era mais novo. Sei que tá aqui.

O dia de hoje teve pesquisa, tesão desgovernado e tentação. Pouca de P, bastante de MO. Me controlei, pedalei, assisti séries e filmes. Por sinal, noite passada tive um sonho interessante.

Toda vez que acordo, sinto vontade quase involuntária de roçar no colchão. Meu corpo tá precisando da explosão que a pornografia trazia. Lembro que eu sentia felicidade em assistir cenas, filmes e tal. Aqui dentro existia um filtro que amenizava as cenas como algo supernormal. Posso até acreditar que existam pessoas que gostam de consumir e vivem de boa, mas eu não. E por mais que haja vontade, não dá. Chega hoje em dia a ser nojento pra mim.

Dia 5 de 90 - Fase #1

_______________________________________
Quiser alguém pra conversar, manda um e-mail:
[email protected]

SCANOR
SCANOR
Mensagens : 22
Data de inscrição : 14/04/2020
Idade : 29
Localização : Minas Gerais

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 17/4/2020, 05:57
Com o tempo essa vontade de roçar no colchão diminuirá, meu vício chegou num ponto que eu só de entrar no banheiro já me excitava, sinto vergonha disso pois sempre demorava meia hora as vezes até mais e não importava se era na minha casa ou no trabalho ou em casa de parentes, hj percebo o quanto esses vicios nos tiram a noção do que estamos fazendo. Continue firme Ampity. Bom dia e parabéns pelos 6 dias.

_______________________________________
avatar
ampity27
Mensagens : 23
Data de inscrição : 10/04/2020

Diário do Ampity Empty Re: Diário do Ampity

em 17/4/2020, 23:18
Valeu, Scanor. Acredito que vai passar sim. Ao menos, me mantive forte, mesmo com o mau humor que isso traz.

Galera, vou ter que mudar o meu tópico para a seção Homossexuais, visto que sou LGBT e acredito que será melhor para mim. Apesar de todos sermos homens.

_______________________________________
Quiser alguém pra conversar, manda um e-mail:
[email protected]

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum