Ir para baixo
avatar
Convidado
Convidado

Diário do SagaT - É agora ou Nunca - Não posso brincar Empty Diário do SagaT - É agora ou Nunca - Não posso brincar

14/5/2018, 04:15
Olá pessoal,

Vou falar um pouco sobre mim e meu vício, e aqui como vocês, me livrar de uma vez por todas da pornografia.

Tenho 35 anos e tive contato com Pornografia antes dos meus 10 anos, vendo revistas e fitas VHS.
Então tenho pelo menos 25 anos de PMO, porém nos últimos 8 anos + ou -, o vício está muito mais intensificado e prazeroso. Ecstasy total.

Durante estes 25 anos de PMO, eu já tinha tentado parar, não por que eu pensava que isto fosse um vício, mas simplesmente por que eu achava o certo parar com Pornografia, no meu interior eu sabia que isto estava me afetando, mas não tinha levado isto a sério e tratado a questão como um vício propriamente dito. Nas vezes que eu tentei parar com pornografia, meu máximo de dias sem PMO foram 6 dias ou algo assim.

Sinceramente, eu nunca havia procurado saber sobre vícios em pornografia, podem me achar inocente, mas eu não me considerava um viciado em pornografia, na verdade eu nunca tinha pensado nisto, simplesmente sempre foi algo normal.

Eu me toquei ser viciado em Janeiro de 2018, no começo deste ano, e como a maioria, começei o ano com metas, objetivos, e aqueles montes de promessas de ano novo.
E fazendo uma auto-análise, acabei me dando conta que alguns dos meus fracassos pessoais poderiam estar relacionados com dependência da pornografia.
E bingo!!! A pornografia me trouxe muitos problemas, é um vício como outro qualquer, e os prejuízos pessoais são imensos.

Alguns problemas que eu passo e tenho convicção absoluta que a pornografia é a principal fonte:

1.
Falta de concentração, dificuldade nos estudos, falta de atenção
Eu não consigo me concentrar por muito tempo com leituras ou qualquer coisa que precise de atenção, minha mente se perde,
parece que eu entro em um furação de ideias e pensamentos sexuais são constantes.

2. Insônia
Meu sono é totalmente atrapalhado, hora eu durmo meia noite, hora eu durmo 5 da manhã e por aí vai. Muitas vezes a insônia é por necessidade de PMO.

3. Dificuldade em cumprir metas
Tudo que eu começo eu paro no meio do caminho, apenas alguns exemplos:


  • Inglês: Já estudei inglês de diversas formas, mas nunca consegui uma fluência.



  • Corpo: Faço academia por uns 7 anos, mas não consigo desenvolver um corpo legal, é aquele corpo mediano, com aquela miserável barriga.



  • Profissional: Estou estagnado a 5 anos sem conseguir aumentar meu salário, mudo de trabalho, mas continuo fazendo a mesma função/salário.
    Não consigo evoluir profissionalmente, estagnei. E se continuar assim, logo serei ulpassado por pessoas mais novas.



  • Música: Começei a tocar Cavaco, mas como vocês já esperam, não consegui uma evolução legal, cheguei a tocar razoávelmente, tive grupo de samba e etc, mas minha mediocridade prevaleceu e parei de tocar.


E assim para tudo que eu faço, poderia escrever vários outros casos.

4. Impotência sexual (DE)
Impotência sexual induzida por pornografia.
Ainda não li todo material do site, inclusive o E-Book, então por enquanto temo não poder explicar adequadamente o que acontece,
mas tenho uma leve impressão de ter mais prazer sexual com pornografia do que com sexo real, então já me ocorreu casos de fazer sexo
com o pênis meia bomba ou então falhar literalmente. É algo deprimente.

5. Relacionamento interpessoal
Sou um cara com poucas interações sociais, e nos últimos anos isto tem se transformado em um tipo de pânico ou fobia social.
Toda mulher que eu vejo ou converso é com pensamento sexual. Definitivamente não consigo ter um diálogo saúdavel com uma mulher, o pensamento sexual não sai da cabeça.

Bom, para finalizar, eu sou casado a 8 anos (13 no total = namoro + casamento), e para piorar, minha esposa é daquelas com pouco apetite sexual, travada, gelada, sem graça na cama, sempre foi assim desde a época de namoro, no meu interior, com minha esposa eu sempre soube que sexualmente eu me daria mal,
e de fato o sexo é uma merda literalmente, boquete ruim dos infernos, eu não sou Gay, mas com certeza chuparia um pau melhor, mas o amor prevaleceu e consegui me arrastar sexualmente até hoje.  

Eu não culpo ninguém pelos meus fracassos, mas com certeza se eu tivesse uma mulher com mais apetite sexual meu destino teria sido diferente. Sei lá, talvez.

Hoje minha situação é a seguinte:
Cheguei em um ponto crítico na vida, já não sou tão jovem, meu trabalho corre risco caso continue desta forma mediocre.
Minha cabeça está em colapso, é um burbulhão de pensamentos, e meu único escape é a PMO.
Porém a única forma para eu conseguir sucesso em algo nesta vida é me livrar da PMO. É uma sinuca de bico, é praticamente uma questão de sobrevivência. Meu futuro depende disto.

Eu não sei o que faço com meu casamento, pois mesmo que eu tenha sucesso em abandonar a PMO, acho que minha esposa não vai mudar, vou continuar com um sexo miserável. Estou fodido. Mas isto resolvo depois, já aguentei 13 anos, não custa esperar mais 90 dias.

Então segue aqui minha última tentiva de abandonar a pornografia e dar um UP na minha vida.

Neste momento já fazem 4 dias sem PMO e a vontade está muito grande. Mas não estou acessando sites de pornografia e tudo que recebo no whatsapp não estou abrindo.

Estou utilizando um aplicativo para Android que se chama: Reboot. É com este aplicativo que estou fazendo a contagem de dias.

Eu tenho muito mais para contar, mas farei isto no diario.
Me desculpem ter me alongado muito, mas eu precisava desabafar um pouco.

Obrigado gente.


Última edição por SagaT em 24/6/2018, 02:53, editado 2 vez(es)
avatar
Fã de Metal
Mensagens : 224
Data de inscrição : 06/05/2018

Diário do SagaT - É agora ou Nunca - Não posso brincar Empty Re: Diário do SagaT - É agora ou Nunca - Não posso brincar

14/5/2018, 06:18
Cara, a pornografia faz a mente ficar viciada no irreal e achar o real meio desestimulante. Comigo era exatamente assim. Pode parecer besteira, mas é a mais pura verdade. Quando se é viciado em PMO, você saí na rua e não se interessa em nem mesmo olhar para as mulheres. Ou seja, você fica meio que sem atração pelas mulheres. Aquele calor que qualquer homem sente quando uma mulher muito linda chega perto, isso não acontece. O pior de tudo é que a mente viciada fica fantasiando e na maioria das vezes, relacionado com os filmes pornôs assistidos. Talvez você não esteja se sentindo estimulado pelo real e esteja culpando sua mulher. No reboot, apenas o fato de sentir o cheiro de uma​ mulher já me deixava excitado e foi tudo muito natural. Tenho quase a absoluta certeza de que com você não será diferente. Faça o reboot como tem que fazer, sem fantasiar, sem ver redes sociais para apreciar as fotos das mulheres, sem masturbação de jeito nenhum e claro, sem pornografia. Isso de sua mulher não ter apetite sexual não será um problema para você. Peço desculpas pelo atrevimento, mas será que o vício em PMO não está prejudicando vocês​ dois? Tipo, você não senti tesão por sua mulher e sua esposa não se sente agradável por que falta aquela vontade por sua parte? Com o reboot, você sentirá tesão naturalmente. Só tome cuidado, o reboot nos deixa muito tarados e isso pode fazer com que você fique interessado em outras mulheres, o que pode prejudicar o seu relacionamento.

Boa sorte para você.

Enviado pelo Topic'it
avatar
Convidado
Convidado

Diário do SagaT - É agora ou Nunca - Não posso brincar Empty Re: Diário do SagaT - É agora ou Nunca - Não posso brincar

14/5/2018, 21:49
Leonardo:
Fã de Metal beleza cara? Não tem problema opinar sobre qualquer assunto que citei aqui, como meu casamento por exemplo. Estou aqui para trocar experências, então se escolhi expor este ponto da minha vida, é justamente para ter uma opinião diferente da minha.

Só um quesito que acho que não expliquei bem, eu não perdi nenhum pouco a minha atração por mulheres, na verdade é bem o contrário, eu vejo toda mulher com uma visão totalmente sexualizada e de desejo.

O que eu quero reforçar é que, naturalmente, depois de tantos anos de vício, já aconteceu casos de "DE", e o PMO é tão bom quanto o sexo real.

Eu chego a passar horas praticando PMO, mas não perdi nenhum pouco meu desejo por mulheres reais.

Obrigado pela sua opinião.
RIOT
RIOT
Mensagens : 277
Data de inscrição : 10/09/2017

Diário do SagaT - É agora ou Nunca - Não posso brincar Empty Re: Diário do SagaT - É agora ou Nunca - Não posso brincar

16/5/2018, 10:04
Olá SagaT, seja bem vindo ao fórum.
Aqui será seu refúgio de agora em diante em vez dos sites pornográficos.
Se concentre no Reboot primeiro, depois você toma outras decisões, se não fica muita coisa pra mudar de uma vez.
Mas depois talvez você verá que não precisará mudar muita coisa, o Reboot já te dá outra visão de vida.
Alguns precisam de 90, outros 180 e outros anos de Reboot. O importante é que dá certo, até o padre Paulo Ricardo já falou em um vídeo no YouTube que o Reboot dá certo.
Veja também os vídeos do Gary Wilson aqui no site.
Abraços e boa jornada.

_______________________________________


Meu diário: https://www.comoparar.com/t5783-diario-riot

Último reboot: Em Hard Mode 110 dias.
Reboot atual: Mais de 350 dias.
História de sucesso: 365 Dias (03/12/2018  (1 ano de reboot))
avatar
Convidado
Convidado

Diário do SagaT - É agora ou Nunca - Não posso brincar Empty Re: Diário do SagaT - É agora ou Nunca - Não posso brincar

23/5/2018, 09:39
Falhei!!! Estava indo bem, 13 dias sem pornografia. Isto nunca tinha acontecido na minha vida.

Mas dei um vacilo, comecei dar apenas aquela olhadinha em algumas pornografias, juntou mais um monte de conteúdo pornográfico do WhatsApp, e a vontade veio muito forte, tentei resistir, passei a noite em claro me segurando, mas não deu e acabei praticando a PMO.

Eu tentei resistir de várias formas, dormir, ler um livro, fazer flexão, foi foda.

Vacilo total.

Agora volta do zero novamente, é complicado, mas dessa vez serei mais rigoroso, não vou dar brecha desta vez, não vou sequer olhar para qualquer pornografia. O que chegar no whatsapp vou deletar sem mesmo ver ou fazer o download.

Aqui começa novamente meu dia 1.

Obs: Valeu RIOT pela força.
Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos