Compartilhe
Ir em baixo
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

DIA 1

em 23/8/2015, 19:53
Domingão em família, com cerveja, churrasco e futebol. Passei longe de pornografia, mas ainda bate aquela tristeza por ser apenas o primeiro dia longe do vicio novamente...

Mas é isso, vou deixar de ser um lixo procrastinador e ficar longe dessa merda. Não aconteceu nada demais hoje, mas ao menos começarei mais uma segunda feira com forças renovadas e longe de toda aquela fadiga e pensamentos suicidas.

É isso aí, vamo que vamo.

Forte abraço.


_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
Efraim Sigma
Mensagens : 323
Data de inscrição : 12/08/2015
Idade : 22
Localização : Nordeste

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 23/8/2015, 20:24
Fala McCallister! Bom ver que não desistiu e que continuará firme nesta luta. E realmente, ver as pessoas em quem o vício nos transforma é muito triste. Olha para você, casado e com uma filha pensando em suicídio. Tanto gente por aí que sonha com uma família e não pode ter.

Sua filha tem um pai, não deixe ela fazer parte de uma geração que irá crescer sem um. Pare de ser egoísta. Você quer que um dia sua filha tenha que explicar a alguém o porque do pai ter se matado?
Para e pensa.

Abraz.

_______________________________________
''Feliz o homem que suporta a tentação. Porque, depois de sofrer a provação, receberá a coroa da vida que Deus prometeu aos que o amam''. - Tiago 1:13




avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 24/8/2015, 20:23
Efraim Sigma escreveu: Fala McCallister! Bom ver que não desistiu e que continuará firme nesta luta. E realmente, ver as pessoas em quem o vício nos transforma é muito triste. Olha para você, casado e com uma filha pensando em suicídio. Tanto gente por aí que sonha com uma família e não pode ter.

Sua filha tem um pai, não deixe ela fazer parte de uma geração que irá crescer sem um. Pare de ser egoísta. Você quer que um dia sua filha tenha que explicar a alguém o porque do pai ter se matado?
Para e pensa.

Abraz.

Obrigado pelo apoio, velho...É essa motivação em grupo que eu vejo como CRUCIAL para que alcancemos nossos objetivos.
Eu já tive um iniciozinho de depressão e alguns pensamentos bem perturbadores no auge do meu vício.

Nem imaginava o por quê daquilo, só depois que, durante o reboot eu estava vivendo o mais equilibrado momento emocional da minha vida, é que descobri que a porra da pornografia e as descargas constantes de dopamina me deixavam à beira da insanidade, por isso dos pensamentos suicidas. Eu não quero me entregar à esta merda de vida nunca mais, eu tenho uma família sob minha responsabilidade.

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

DIA 2

em 24/8/2015, 20:30
Hoje minha segunda feira foi estressante pra caralho, Chefe chata, trabalho brotando naquela porra de escritório e o calor excruciante.

A volta pra casa foi pior ainda, Baú lotado e abafado, cheio de velhas gordas falando alto ao celular, malandros de periferia tocando funk e rap alto no celular e novinhas retardadas do ensino médio falando de piroca. Vontade de sair voado daquele busão, mas eu não tinha escolha, estava no meio de uma porra de engarrafamento. Foi terrível hoje puta queo pariu

No meio da viagem ainda tive uma ereção sinistra. Meu pau estava parecendo um alterofilista, cheio de veias e músculos. Latejando e com arritimia. Quase tenho um AVC no pau!

o DIa só não foi tão ruim por um aspecto: passei longe de pornografia e tentei manter meus pensamentos puros longe da fantasia sexual.

Aproveitar agora que minha filha dormiu, fazer uma meditação pra acalmar a mente e ir dormir.

FORTE ABRAÇO.

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

DIA 3

em 25/8/2015, 21:56
Nada como um dia após o outro, hoje foi bem mais agradável e menos estressante o dia, tanto no trampo quanto no transporte publico.

Também tive bastante lucro ao fim do dia na minha atividade paralela, que é o Trading Esportivo, assistindo Goiás x Brasília pela Sulamericana no Sportv.

Mais um dia bem longe da PMO.

É nóis.

FORTE ABRAÇO

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

DIA 4

em 26/8/2015, 20:51
quarto dia, posts pequenos, mas agora tô sentindo consistência na aplicação do reboot. Mais um dia que passei bem distante da putaria online em banda larga. Disposição melhorando, mas humor ainda um pouco oscilante.

Dia produtivo no trabalho e fora dele, e pra fechar com chave de ouro, assistir ao jogo do meu alviverde imponente e ir dormir porque um dia maravilhoso amanhã me espera.

obrigado a todos que tem me acompanhado e dado forças e feedbacks.

FORTE ABRAÇO!

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

DIA 5

em 27/8/2015, 22:34
CONSISTÊNCIA.

Essa é a palavra que não tem saído da minha cabeça desde meu último reset. Novamente estou aqui, firme e forte no quinto de dia de abstinência do vício maldito.

Já estive bem mais disposto hoje do que nos dias anteriores, rendi pra caralho no trampo e ainda tirei algumas horas da noite pra ficar com a família. Mais um dia que se vai. Simbora dormir cedo por que amanhã tem mais.

Vamo que vamo e

FORTE ABRAÇO,

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

24º DIA

em 23/9/2015, 20:56
Depois de algumas recaídas e finalmente criar vergonha na cara e instalar os bloqueadores, estou aqui no meu maior período até agora sem PMO desde que comecei a me masturbar e ver pornô la pelos meus 11 anos.

Cara, nunca senti tanta oscilação emocional em toda minha vida. São tantos altos e baixos que penso que vou enlouquecer. Num dia sou praticamente um super-homem sem ansiedade social, concentração de laser, disposição e energia extremas, voz muito grossa e totalmente extrovertido.

Já no outro estou inseguro, ansioso, timido, voz fraca, deprimido, pensamentos negativos, sem disposição e totalmente desconcentrado.

Fico inclusive com medo dessas oscilações demorarem muito para acabar. Mas o que me deixa feliz e esperançoso é por que a proporção de dias ruins é menos se comparada a de dias bons e se eu comparar com meu antigo eu antes de conhecer tudo isso é porque eu sempre fui como nos dias ruins acima descritos e achava que aquele era meu verdadeiro eu. LEDO engano.

Apesar de todo o sofrimento e incertezas, este também está sendo um período de MUITO, mas MUITO aprendizado mesmo. Bastante auto-conhecimento e felicidade interna por descobrir o meu verdadeiro eu e todo o potencial que existe dentro de mim que foi suprimido todos esses anos por esse vicio nojento que é a masturbação/pornografia. É por isso que eu não vou desistir NUNCA dessa porra, nem que este processo de reboot e limpeza mental dure muito mais tempo do que eu espero.

Abraços guerreiros, fiquem firmes, pois sem voces, irmãos, admito, seria impossivel para mim conseguir.

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
Corvo
Mensagens : 24
Data de inscrição : 13/09/2015
Localização : Goiânia

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 24/9/2015, 00:13
Cara mt obrigado pelo seu relato! é de mt importancia p quem ta começando como eu..Very Happy

Eu tenho uma pergunta mas é um pouco particular se na quiser responder de boa.. Vc ja sentiu alguma melhora em relação ao sexo? a sua sensibilidade aumentou a ponto de ter EP?

_______________________________________
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 24/9/2015, 19:53
Corvo escreveu:Cara mt obrigado pelo seu relato! é de mt importancia p quem ta começando como eu..Very Happy

Eu tenho uma pergunta mas é um pouco particular se na quiser responder de boa.. Vc ja sentiu alguma melhora em relação ao sexo? a sua sensibilidade aumentou a ponto de ter EP?

Olá, Corvo!

A princípio eu queria fazer o Reboot no modo Hard, mas após algumas recomendações, observações pessoais e leitura completa do ebook decidi que o sexo com minha esposa seria vantajoso para "religar" os estimulos sexuais reais saudaveis ao meu cérebro, e cara...tenho que te dizer: FOI BOM PRA CARALHO!!

Recuperei tanta sensibilidade no meu pênis que - eu nem sequer sentia mais prazer com minha mulher no sexo - que realmente tive uma ou outra EP sim de tanto prazer que senti...mas a ereção não sumiu e já engatei a segunda logo em seguida e ela nem se importou muito.

O sexo está sendo novamente uma maravilha e pareço que tenho uns 15 anos novamente. Só estou sofrendo um pouco ainda com as flutuações emocionais, efeito caçador e sintomas de abstinencia que me pegam em momentos bem inesperados...Mas estou firme e forte por enquanto.

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

DIA 0

em 15/11/2015, 14:29
Novamente voltei a estaca zero...e, novidade, me sentindo um lixo por ter jogado tudo pelo ralo novamente.

Recentemente comprei um notebook e o K9 estava instalado apenas no meu PC, resultado: recaída.

Logo após uma sessão intensa de PMO instalei o K9 no note, mas estou novamente com aquela culpa horrível e os efeitos colaterais extremos por ter jogado novamente tanta dopamina nos meus circuitos.

Estou me sentindo burro, preguiçoso, e com raciocínio lento outra vez. Voz fraca, ansiedade social e não estou conseguindo nem sequer escrever direito porque que esta merda consome minha mente. Não consigo nem formular uma frase direito, nem seguir uma linha de raciocínio. Ó meus Deus, voltei ao estado que tanto temia. Me deixei novamente ser escravizado pelo meu vício, pelos meus desejos, meus egos. Esse sofrimento não desejo nem para meu pior inimigo.

Por favor, companheiros, só terei forças para recomeçar minha luta com as palavras de apoio de vocês.

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

DIA 1

em 16/11/2015, 18:33
Dia comum, foi tranquilo no trabalho. Cheguei em casa fui dar uma corrida e alguns exercicios na praça, li um pouco de Nessahan Alita e daqui a pouco irei dormir....

Ainda estou o esboço de mim mesmo pois estou vindo de uma recaída recente, mas agora, juro por Deus que vou fazer o que for possível para não me deixar cair novamente.

Não estou me permitindo mais ficar olhando para os corpos das mulheres, nem deixar minha mente ficar vagueando em pensamentos sobre sexo, estou me policiando muito mais, para não deixar a bola de neve de pensamentos que sempre leva a PMO crescer.

Até amanhã e forte abraço!

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
Blpr
Moderador
Moderador
Mensagens : 5142
Data de inscrição : 30/05/2015

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 16/11/2015, 20:08
Recaídas são ruins, mas a gente, mesmo se sentido fracos, ganhamos mais consciência sobre a mesma fraqueza. Porém, isso também dá muita força e perseverança. No ebook, página 104, há os 3 erros que um rebooteer comete ao recair. Muito interessante porque fala de forças para um recomeço. Ou seja, não há uma fraqueza. Melhor uma fraqueza muito forte que uma força muito fraca. Daí, o lado positivo da fraqueza é a força que ela tem.

_______________________________________
Link do e-book grátis:

https://drive.google.com/open?id=0B_ZBYrwrvOuJTDctSjhvdGQ1V1E


"A dor é temporária. Ela pode durar um minuto, uma hora, um dia, um mês ou talvez um ano. Mas, eventualmente, ela irá sumir e outra coisa ocupará o seu lugar. Porém, se você não lutar e superar essa dor, ela vai durar para sempre". (Lancy Armstrong)


avatar
luiscn1980
Mensagens : 63
Data de inscrição : 28/10/2015
Idade : 35

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 16/11/2015, 20:30
Bola pra frente! Basketball

Gostei do modo que vc toca seu relato, estou torcendo por vc e vou acompanhar diariamente!

_______________________________________



- No 47º dia ocorre a 1ª Polução Noturna!
- No 68º dia acontece a 2ª Polução Noturna!                (21 dias após a primeira...)
- No 85° dia, a 3ª Polução Noturna!                        (17 dias após a segunda)
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

DIA 2

em 17/11/2015, 18:22
Putz, cara... que dia cansativo, longo

Eu sem energia nenhuma, meio depressivo, testosterona baixa, trabalho estressante, casamento em crise, preciso saber de onde vou tirar forças nesse momento, que por si só já é difícil, e ainda por cima tem um vício nojento tentanto me puxar mais ainda para baixo.

Minha única alternativa nesse fim de noite é assistir a alguns videos de motivação e tentar meditar um pouco.

Me desejem forças, companheiros.

Forte abraço

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 17/11/2015, 18:27
Brlp escreveu:Recaídas são ruins, mas a gente, mesmo se sentido fracos, ganhamos mais consciência sobre a mesma fraqueza. Porém, isso também dá muita força e perseverança. No ebook, página 104, há os 3 erros que um rebooteer comete ao recair. Muito interessante porque fala de forças para um recomeço. Ou seja, não há uma fraqueza. Melhor uma fraqueza muito forte que uma força muito fraca. Daí, o lado positivo da fraqueza é  a força que ela tem.

Obrigado pela dica, amigo, vou correndo reler essas paginas.

Hoje, no ônibus voltando para casa, estava escrito uma frase no banco da frente com corretivo que pareceu ter sido feita justamente para o meu momento:

"Não há nada mais belo do que ser quem você realmente é"

E é verdade, já estive mais avançado no reboot do que atualmente e estive bem próximo de conhecer o meu verdadeiro eu, que era muito belo e altruísta, mas uma recaída fatal me fez voltar novamente a ser esta máscara que me esconde há mais de uma década.

Ao menos agora enxergo uma luz ao fim do túnel e sei do meu verdadeiro objetivo, vou correr atrás de me livrar desta escravidão imposta por mim mesmo e libertarei o meu verdadeiro eu que está nesta prisão invisível.

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 17/11/2015, 18:27
luiscn1980 escreveu:Bola pra frente! Basketball

Gostei do modo que vc toca seu relato, estou torcendo por vc e vou acompanhar diariamente!

Obrigado, meu amigo! Pode contar comigo no que precisar!

Abração!

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
Blpr
Moderador
Moderador
Mensagens : 5142
Data de inscrição : 30/05/2015

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 17/11/2015, 18:44
Esta mensagem que você leu no ônibus não foi a toa. A vida tem pequenos milagres que aparecem para a gente em momentos oportunos, geralmente quando estamos em dificuldades. Sucesso na jornada.

_______________________________________
Link do e-book grátis:

https://drive.google.com/open?id=0B_ZBYrwrvOuJTDctSjhvdGQ1V1E


"A dor é temporária. Ela pode durar um minuto, uma hora, um dia, um mês ou talvez um ano. Mas, eventualmente, ela irá sumir e outra coisa ocupará o seu lugar. Porém, se você não lutar e superar essa dor, ela vai durar para sempre". (Lancy Armstrong)


avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

DIA 6

em 28/11/2015, 14:52
Sexto dia... parece tão longe... tão difícil... tão tortuosa a estrada rumo á vida plena...

Cá estou eu me arrastando entre recaídas e pequenos sucessos, não sei se estou ou não saindo do lugar, mas de vez em quando sinto alguns pequenos avanços.

Como, por exemplo, algumas epifanias, lembranças e associações que minha agitada mente faz sobre minha vida antes e após o vício em PMO:

Lembro-me, que até os meus 10 anos de idade eu era uma espécie de líder entre as crianças, o que corria mais rápido e sempre dominava o "pega-pega" (parecia até o Forrest Gump correndo), ótimo goleiro no futebol e sempre era o primeiro a ser escolhido, tinha uma mente afiada, tão bom em português ao ponto de as professoras lerem minhas redações para a sala inteira várias vezes, aos 5 anos lia igual uma criança de 10 e por isso me pularam uma série...cara, tantas qualidades me faziam ter certeza que eu seria bom em alguma coisa em minha vida.

Foi aí que começou a minha derrocada.

Aos 11 anos mais ou menos havia um amigo meu que possuía uma coleção de Playboy's na sua casa, e nos chamava para passar as tardes lá depois da escola. Eram sessões e mais sessões de bronha, cada um pegava sua revista e ia para um cômodo da casa ter alguns instantes de prazer. Acabou que descobri que meu pai também tinha algumas revistas escondidas e acabei migrando a prática para minha própria casa.

Incrível, apenas recentemente é que fui descobrir a resposta para uma dúvida que consumiu minha alma pelos últimos 13 anos pelo menos: Por que meu desempenho geral caiu drasticamente dos meus 11 anos em diante?

De aluno excelente, meus status foi aos poucos indo para ótimo, bom, e enfim mediano, onde estacionei e fiquei flutuando pela vida como um "cara regular" até hoje. Notas medianas - o suficiente para passar de ano -  timidez e fobia social amplas - eu costumava ser o lider das crianças, como já disse - Sem motivação e ânimo pra nada. E o pior: fiquei conhecido entre meus familiares como o cara que sempre começava mas não terminava NADA do que fazia.

Voltando à história, em 2005 meu pai concedeu à nosso lar o acesso à internet banda-larga, e meu ego, já tão promíscuo, foi facilmente levado pela facilidade de encontrar pornografia pela internet.

Impossível é contabilizar quantas punhetas foram socadas nesse meio tempo. Difícil também é saber como meu corpo e alma resistiram a uma década desse sofrimento e exautão auto-inflingidos. E pensar que eu nem imaginava o quão mal isso me fazia.

Ali estava a prática que minou e ocultou minha capacidade enquanto homem e ser humano durante tanto tempo e eu sequer desconfiava.

Desci a buracos tão úmidos e escuros...vocês nem imaginam, companheiros. Não convém escrevê-los nesse post senão ficará muito extenso. Irei relatar mais nos próximos dias.

Isso me torturou e consumiu meu espírito durante anos e a forma como minha auto-estima foi minada me fez acreditar que aquilo era o meu "verdadeiro eu" e que realmente eu estava destinado a ser um "apagado" para o resto da minha vida.

Eis que também me lembrei da minha última tentativa de reboot, da qual alcancei o meu recorde de 28 dias. Pouco, mas o suficiente para me fazer sentir os benefícios de se abdicar deste demônio chamado PMO.

Percebi que não são super-poderes, mas apenas nossa VERDADEIRA CAPACIDADE que é ocultada pela prática maldita vontando à tona.

Estava extremamente falador e liderante no trabalho e em casa, tinha voltado a jogar bola e fazer musculação e corrida, estava sendo muito notado e assediado pelas mulheres, desempenho incrível e muito produtivo no trabalho. Foi o período mais mágico e revelador na minha vida desde a minha infância. Foi bem sabático mesmo.

Mas devido a alguns acontecimentos ruins nesse período não fui forte o suficiente e sucumbi outra vez ao abismo da masturbação. O caos emocional tomou conta de mim novamente de forma tão abrupta que todos meus amigos ficaram me perguntando por que de repente eu havia ficado de novo tão apático e abatido.

Juntei novamente minhas forças e estou aqui novamente no sexto dia. Estou sentindo cada vez mais sólidas minhas crenças positivas, forças espirituais e lógicas para enfrentar o mal dessa vez.

Continuem acompanhando. Vou contar mais detalhes da minha história nos próximos dias.

FORTE ABRAÇO!

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
Soldado Mug
Mensagens : 99
Data de inscrição : 08/11/2015
Idade : 25

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 28/11/2015, 15:14
Grande McCallister. Acompanho sua história a um bom tempo. Aqui estou para fazer o elo de força. Você posta e nós acrescentamos poder ao seu momento, assim, você será sempre renovado. Mas para tal, continue postando sempre.

Vamos lá: me identifique total com seu relato. Sobretudo, nos talentos que eu posso listas aos montes nas quais eu tinha:

- Era auto-didata em tudo (música principalmente. 7 instrumentos)

- Criativo

- Aptidão para desenhos visuais

- Memória instantânea

- Super bem humorado

- Estratégico

- Pensava mais antes de falar

- Sentimental (carinhoso, amável...)

- Forte e vigorado.

- Extremamente disposto

- Tinha o talento de fazer as pessoas rirem

- Bagunceiro, sempre fui. E até isso perdi

- Atraente (hoje pareço um old man, aos 23 anos. Inclusive, já ficando careca)

Entre outros...

Estou em uma constante luta para voltar a ser quem eu um dia já fui. Estou em busca da minha melhor versão. E uma vez alcançada, pretendo melhora-la. Dar um upgrade.

Vamos juntos voltar a sermos quem um dia já nos fez sorrir (de verdade).

Estamos juntos. Forte abraço. Avante!
avatar
luiscn1980
Mensagens : 63
Data de inscrição : 28/10/2015
Idade : 35

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 28/11/2015, 21:52
Comigo esse vício já deixou suas marcar desde cedo tbm!!!!

Imaginem que de aluno brilhante e referência nas relações interpessoais pra já no início do vício virar um aluno que só conseguiu passar com recuperação na 7ª série, na 8ª série, no 1º ano meus pais me fizeram repetir de ano pra não passar na recuperação - o que memso assim ainda precisei pra umas duas matérias, continuando... recuperação no 2º ano e no 3º tbm..... Shocked

Quantas humilhações eu dei pros meus pais nessa época, chegaram a falar, de uma forma bem educada, que eu poderia ser maluco... que vivia num mundo particular

Na faculdade: o curso que era de 4 anos eu precisei de 6 anos pra conseguir me formar Crying or Very sad

_______________________________________



- No 47º dia ocorre a 1ª Polução Noturna!
- No 68º dia acontece a 2ª Polução Noturna!                (21 dias após a primeira...)
- No 85° dia, a 3ª Polução Noturna!                        (17 dias após a segunda)
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 29/11/2015, 19:02
Soldado Mug escreveu:Grande McCallister. Acompanho sua história a um bom tempo. Aqui estou para fazer o elo de força. Você posta e nós acrescentamos poder ao seu momento, assim, você será sempre renovado. Mas para tal, continue postando sempre.

Vamos lá: me identifique total com seu relato. Sobretudo, nos talentos que eu posso listas aos montes nas quais eu tinha:

- Era auto-didata em tudo (música principalmente. 7 instrumentos)

- Criativo

- Aptidão para desenhos visuais

- Memória instantânea

- Super bem humorado

- Estratégico

- Pensava mais antes de falar

- Sentimental (carinhoso, amável...)

- Forte e vigorado.

- Extremamente disposto

- Tinha o talento de fazer as pessoas rirem

- Bagunceiro, sempre fui. E até isso perdi

- Atraente (hoje pareço um old man, aos 23 anos. Inclusive, já ficando careca)

Entre outros...

Estou em uma constante luta para voltar a ser quem eu um dia já fui. Estou em busca da minha melhor versão. E uma vez alcançada, pretendo melhora-la. Dar um upgrade.

Vamos juntos voltar a sermos quem um dia já nos fez sorrir (de verdade).

Estamos juntos. Forte abraço. Avante!

Pois é, soldado, fico muito feliz em saber que não sou o único a ter essa percepção. Então vou acompanhar o seu relato também e juntos vamos nos fortalecer nesse caminho para o reencontro com NÓS mesmos! A vida é bela e sabemos disso. Por mais que esse momento seja difícil nós sabemos que a vida de verdade existe e que vamos recuperá-la!

Forte abraço!

luiscn1980 escreveu:Comigo esse vício já deixou suas marcar desde cedo tbm!!!!

Imaginem que de aluno brilhante e referência nas relações interpessoais pra já no início do vício virar um aluno que só conseguiu passar com recuperação na 7ª série, na 8ª série, no 1º ano meus pais me fizeram repetir de ano pra não passar na recuperação - o que memso assim ainda precisei pra umas duas matérias, continuando... recuperação no 2º ano e no 3º tbm..... Shocked

Quantas humilhações eu dei pros meus pais nessa época, chegaram a falar, de uma forma bem educada, que eu poderia ser maluco... que vivia num mundo particular

Na faculdade: o curso que era de 4 anos eu precisei de 6 anos pra conseguir me formar Crying or Very sad

Então, meu caro, Luís. Como eu já disse, sabemos o tipo de pessoa que esse maldito vício nos torna e sabemos que o que somos agora não é tudo que podemos ser de verdade. Todos sabemos e lembramos que um dia já fomos seres humanos cheios de capacidades e potencial. Vamos juntos em busca do nosso verdadeiro "EU"!

Abração

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

7º DIA

em 29/11/2015, 19:08
Primeira semana completada!

Hoje foi um dia muito importante na caminhada, pois consegui indentificar alguns padrões, como por exemplo: identifiquei os momentos em que fico ansioso, os momentos que fico irritadiço e meio deprê, e tomei consciência do quanto tempo esses padrões de comportamento duram e que são passageiros. Eramo os momentos que me levavam à pratica da PMO.

Tudo por meio da auto-observação. Quando descobri a maneira como esses "egos" agem, parei de alimentá-los e me identificar com eles, então eles não surtiram o efeito de sempre, já que eu estava atento e vigilante.

Acho que foi um bom avanço. Vou me esforçar ao máximo para manter esse estado e tocar minha vida para frente. Amanhã é feriado e vou aproveitar para curtir mais um dia com minha mulher e filha, assim como foi hoje.

Forte abraço e até a próxima. Amanhã contarei mais detalhes relevantes sobre o meu passado.

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

9° DIA

em 1/12/2015, 17:20
Nono dia, companheiros.

Hoje senti uma bela diferença: a ansiedade reduziu drasticamente, digamos que a uns 15% do que ela normalmente me aflige.

Também fui produtivo no trabalho, mas ainda sim senti um pouco de fadiga ao final do expediente, e ainda não sinto disposição suficiente para fazer exercício físico após o trabalho. Quero mudar isso nos próximos dias.

Estava novamente me lembrando do passado recente da PMO, entre meus 12 - 22 anos. O quanto sofri por dentro...

Eu era tão tímido e ansioso socialmente que em situações muito sociais que exigiam traquejo eu lembro como minhas mãos tremiam e suavam, minha voz fraquejava e se retraia como uma tartaruga ameaçada e como eu não conseguia olhar ninguém nos olhos.

Velho, foi foda....parte de mim já acreditava que aquilo era normal, uma outra parte meio que sabia que aquilo tinha conserto. Que eu era muito mais capaz do que aquilo.

Eu não sou um cara feio, era até o mais bonito de um grupo de outros dois caras que andavam comigo, e dado o tempo que eles passavam interagindo socialmente e fazendo coisas, eu tenho certeza que eles deviam se masturbar e passar menos tempo que eu, que passava tardes e tardes, vendo pornografia.

Ou seja, apesar de ser o mais bonito dos três, era o que menos tinha sucesso com as mulheres e  os outros caras, por vezes até era um pouco zuado por causa disso.

Esses caras eram tão canalhas que conseguiam comer mulheres como se comprassem carne no açougue, e certa vez, quando tínhamos 17 anos e eu era o único dos três a não ter perdido a virgindade ainda, então eles "arrumaram" uma garota disposta a tirar o meu cabaço na casa de um deles.

Nem preciso dizer que foi um DESASTRE, né? Àquela época, eu já atolado até o pescoço no vício, demorei quase meia hora para deixar o garoto "meia-bomba", não sei nem como a garota teve paciencia...penetrei-a miseravelmente mal e em menos de 3 minutos já havia perdido a ereção dentro dela. Perdi a virgindade numa experiencia deveras traumatizante para mim e hilariante para aqueles canalhas. Aceitei a zoação porque sei que eles fizeram com a melhor das intenções e não deixaram de andar comigo após isso, até me deram uma força depois

Achava que havia broxado por estar nervoso ou ser a minha primeira vez. LEDO engano, Longe de mim àquela época sequer imaginar a real causa do problema. Hoje sei qual é.

Bom então por hoje é isso. Amanhã contarei um pouco mais do meu passado, isso pra mim tem sido como uma terapia, exorcizar os fantasmas do "passado" kkk...passar meus erros à limpo. Me ajuda na minha recuperação e me faz ter forças para os muitos dias longe do vício que ainda virão!

FORTE ABRAÇO e até mais!

_______________________________________


"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
Blpr
Moderador
Moderador
Mensagens : 5142
Data de inscrição : 30/05/2015

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 1/12/2015, 18:08
Lidar com a sombra do vício é salutar ao reeboot.

_______________________________________
Link do e-book grátis:

https://drive.google.com/open?id=0B_ZBYrwrvOuJTDctSjhvdGQ1V1E


"A dor é temporária. Ela pode durar um minuto, uma hora, um dia, um mês ou talvez um ano. Mas, eventualmente, ela irá sumir e outra coisa ocupará o seu lugar. Porém, se você não lutar e superar essa dor, ela vai durar para sempre". (Lancy Armstrong)


Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum