Ir em baixo
Ligris
Ligris
Mensagens : 196
Data de inscrição : 06/12/2019
Localização : Marte

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 24/3/2020, 10:44
Opa Fnata

Parabéns por ter se mantido forte  contra essa tentação, fique firme no seu caminho não caia, pois não vale a pena !

_______________________________________
Provérbios 4:27 NTLH
Evite o mal e caminhe sempre em frente; não se desvie nem um só passo do caminho certo



20/11/2020 14:30




Metas: 0 dias ( pirat ) 3 dias( Wink ) 7 dias( )15 dias ()21dias()30 dias()40 dias()50 dias ()60 dias()70 dias()80 dias()90 dias()120 dias() 150 dias() 180 dias()
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 25/3/2020, 07:29
Ligris escreveu:Opa Fnata

Parabéns por ter se mantido forte  contra essa tentação, fique firme no seu caminho não caia, pois não vale a pena !

Obrigado companheiro Ligris,a luta realmente não é fácil,porém temos que persistir.
Bom reboot para nós. Um grande abraço!
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 25/3/2020, 07:40
Ontem,após ter estudado umas duas horas de inglês,me sentindo que necessitava de uma atividade mais ''prazerosa'', procurara por jogos e fiquei por muito tempo no mundo virtual,me estressei um pouco,confesso que a vontade de assistir P. ainda estava lá,porém não cedi. Já apaguei os dados do jogo e voltei com o contador de dias sem tais. O ruim mesmo é quando chegamos à um etapa do dia em que não sabemos o que fazer,parece ser um pouco de tédio acompanhado de preguiça;percebo que quando fico assim,não importa o livro que leia,a série que assista,a matéria que estude;isso é horrível e o cabeça dura aqui até hoje não adotou uma rotina.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Tarefa pendente: Criar um rotina  em que consiga realizar metas e cumprir objetivos de curto e longo prazo.[ ]
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 25/3/2020, 13:48
Fnata escreveu:Ontem,após ter estudado umas duas horas de inglês,me sentindo que necessitava de uma atividade mais ''prazerosa'', procurara por jogos e fiquei por muito tempo no mundo virtual,me estressei um pouco,confesso que a vontade de assistir P. ainda estava lá,porém não cedi. Já apaguei os dados do jogo e voltei com o contador de dias sem tais. O ruim mesmo é quando chegamos à um etapa do dia em que não sabemos o que fazer,parece ser um pouco de tédio acompanhado de preguiça;percebo que quando fico assim,não importa o livro que leia,a série que assista,a matéria que estude;isso é horrível e o cabeça dura aqui até hoje não adotou uma rotina.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Tarefa pendente: Criar um rotina  em que consiga realizar metas e cumprir objetivos de curto e longo prazo.[  ]

Boa tarde Fnata, pois é, parecia que ia ser mais simples me livrar dos jogos mas somando o vício e a quarentena em que não temos muito o que fazer as coisas se tornam mais difíceis. Mas permaneça firme, tenho certeza que dias melhores virão, um forte abraço!.
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 25/3/2020, 20:15
Renji escreveu:
Fnata escreveu:Ontem,após ter estudado umas duas horas de inglês,me sentindo que necessitava de uma atividade mais ''prazerosa'', procurara por jogos e fiquei por muito tempo no mundo virtual,me estressei um pouco,confesso que a vontade de assistir P. ainda estava lá,porém não cedi. Já apaguei os dados do jogo e voltei com o contador de dias sem tais. O ruim mesmo é quando chegamos à um etapa do dia em que não sabemos o que fazer,parece ser um pouco de tédio acompanhado de preguiça;percebo que quando fico assim,não importa o livro que leia,a série que assista,a matéria que estude;isso é horrível e o cabeça dura aqui até hoje não adotou uma rotina.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Tarefa pendente: Criar um rotina  em que consiga realizar metas e cumprir objetivos de curto e longo prazo.[  ]

Boa tarde Fnata, pois é, parecia que ia ser mais simples me livrar dos jogos mas somando o vício e a quarentena em que não temos muito o que fazer as coisas se tornam mais difíceis. Mas permaneça firme, tenho certeza que dias melhores virão, um forte abraço!.

Realmente irmão,o ruim dessa quarentena é que não podemos ficar saindo muito,logo ficamos em casa e temos que procurar algo depois do essencial para,como rebooters, não cairmos na cilada da Pmo, a vontade de jogar aparece só de saber que teremos tempo,mas mesmo assim já voltei a me recompor,pois a sensação de ir para a cama e deitar e ficar pensando no que poderia ter feito é assombrosa. Sei que já está passando e que quando as coisas voltarem/ e se; ao normal é melhor estarmos preparados,por isso é bom utilizar tais oportunidades para fazer tudo o que estava pendente e necessário.
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 26/3/2020, 10:36
Fnata escreveu:
Renji escreveu:
Fnata escreveu:Ontem,após ter estudado umas duas horas de inglês,me sentindo que necessitava de uma atividade mais ''prazerosa'', procurara por jogos e fiquei por muito tempo no mundo virtual,me estressei um pouco,confesso que a vontade de assistir P. ainda estava lá,porém não cedi. Já apaguei os dados do jogo e voltei com o contador de dias sem tais. O ruim mesmo é quando chegamos à um etapa do dia em que não sabemos o que fazer,parece ser um pouco de tédio acompanhado de preguiça;percebo que quando fico assim,não importa o livro que leia,a série que assista,a matéria que estude;isso é horrível e o cabeça dura aqui até hoje não adotou uma rotina.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Tarefa pendente: Criar um rotina  em que consiga realizar metas e cumprir objetivos de curto e longo prazo.[  ]

Boa tarde Fnata, pois é, parecia que ia ser mais simples me livrar dos jogos mas somando o vício e a quarentena em que não temos muito o que fazer as coisas se tornam mais difíceis. Mas permaneça firme, tenho certeza que dias melhores virão, um forte abraço!.

Realmente irmão,o ruim dessa quarentena é que não podemos ficar saindo muito,logo ficamos em casa e temos que procurar algo depois do essencial para,como rebooters, não cairmos na cilada da Pmo, a vontade de jogar aparece só de saber que teremos tempo,mas mesmo assim já voltei a me recompor,pois a sensação de ir para a cama e deitar e ficar pensando no que poderia ter feito é assombrosa. Sei que já está passando e que quando as coisas voltarem/ e se; ao normal é melhor estarmos preparados,por isso é bom utilizar tais oportunidades para fazer tudo o que estava pendente e necessário.

Bom dia Fnata, com certeza, acredito que as coisas vão se normalizar sim, pelo menos temos que ter fé que irão.

Quanto ao vício em jogos, já estou me sentindo melhor, acredito que os primeiros dias, talvez a primeira semana seja a pior, mas nada comparado aos sintomas de abstinência da pmo ou a consciência pesada de ter feito algo que não deveria.

Enfim, só nos resta prosseguir na caminhada, tenho certeza que nossos objetivos irão se realizar, um forte abraço.
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 29/3/2020, 13:43
Dia 62: As poluções noturnas acompanhadas dos sonhos molhados, estão aparecendo com uma frequência menor.

Terminei um jogo no celular e foi muito emocionante,me aventurei com Kratos em busca de vingança. Foi o último jogo que joguei da franquia,pois não resta mais nenhum disponível para celular e não quero comprar um console pois sei que agiria seguindo o vício. A trilha sonora é bem envolvente, é maravilhosa.

Tive vontade de assistir pornografia novamente uns dias atrás e quase cedi porque meu celular estava sem bloqueadores. O clima estava tenso,meu corpo parecia dizer: vamos lá,faz tanto tempo sem assistir,que tal só por hoje?Só dessa vez? Porém assisti um vídeo sobre a pornografia e persisti.

Mesmo afastado do vício,sei que se fosse para ceder eu iria fazer uma maratona. Vi tantos vídeos de sexo que por querer mais novidade acabei,a uns meses atrás,tendo que optar por vídeos de mulheres dançando funk,pois embora eu não tenho nenhuma preferência pelo ritmo,o que me excitava era ver elas dançarem,essa foi minha mudança drástica de gênero.

Nós últimos dias só jogando, procrastinando meus pais me ralharam, dizendo muitas coisas a meu respeito, porém os ouvi e mesmo sabendo que sou um adolescente, não me comporto como a maioria. Fui repreendido por passar horas e horas com o celular,minha mãe inclusive indagou com o pessoal daqui de casa o que é que eu devo estar vendo na telinha portátil.

Posso concluir que procrastinei devido à pressa que tive de querer fazer tudo,e consequentemente não fiz nada.

Em relação à pandemia atual,me surpreendi comigo mesmo ao ter ficado cético em relação à uma melhoria para este mundo, não creio muito em relação ao que o governo pode fazer, porém a confiança em Deus é necessária; ter fé,mesmo que o mundo continue sem uma solução encontrada.Sei que é pela fé que tudo se renovará,sendo um dever os invés de ficar imaginando loucuras.
Também aprendi com esta situação atual do mundo que devo viver um dia de cada vez, não estou imaginando o futuro pensando em um emprego,esposa,filhos,pois percebo que isso é uma utopia para mim nesses tempos pois a situação está grave.
Essa foi a mensagem que captei,devemos ter fé,acreditar mesmo que o mundo não encontre uma rápida e eficaz solução para esta pedra que está impedindo muitos a trilharem seus caminhos.
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 29/3/2020, 22:29
Recaí.
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 29/3/2020, 23:26
Quando estava na sala,assistindo tevê como raramente,fora tomado por um desejo forte de praticar a masturbação e sem muito o que pensar na hora,fora ao banheiro com o celular e pesquisando rapidamente,entrara em um site bem conhecido o qual não vale citar e,pela primeira vez sem ter que ficar escolhendo o vídeo,afinal estava no banheiro e não estaria disposto a demorar muito tempo lá, pratiquei o ato. Recordo me, que ficara bem excitado com o que vira,ainda como de antigo costume,pulara partes do vídeo indo diretamente para a "melhor".

O ato fora difícil para mim pois havia pela primeira vez praticado com a glande "desencapada", porém mesmo assim não senti praticamente nada durante o orgasmo,fora bem superficial, apesar de que quando se assiste e masturba parece que a ejaculação surge mais rápida. Depois novamente pratiquei o ato apenas por assistir umas danças, porém com a glande "encapada" e concluí que a diferença não fora muita.

Não fiquei frustrado em momento algum, não me veio o sentimento de culpa nem algo do gênero.
Acredito seriamente que ter jogado jogos eletrônicos ativaram o circuito de dopamina do meu cérebro que parecia ter voltado à quando eu fazia uma maratona de jogos acompanhados de pornografia.

Agora é seguir em frente e colocar as coisas em prática e não voltar à antiga zona de conforto que acabei pecando por ter retornado e por ter se descomprometido com meus afazeres.

Pretendo seguir sem um contador pois os dias que passaram já se foram,sendo meu dever seguir um dia de cada vez.
Vitoriosa
Vitoriosa
Moderadora
Moderadora
Mensagens : 437
Data de inscrição : 10/12/2018
Idade : 46

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 30/3/2020, 01:05
Oi boa noite, queria entender sobre os jogos. Em que isso afeta o Reboot?meu filho tem vídeo game e já faz muito tempo que meu marido não jogava e hoje ele jogou por uma hora mais ou menos e depois disso estava muito excitado, mais do que o normal. Eu estranhei , mais deduzi que tenha sido por causa do jogo. Será que foi isso mesmo? Pq depois que ele terminava alguma partida e ganhava ele ficava com as mãos trêmulas. O jogo é teken on LINE do PS 4. Se vc poder me explicar , se é bom ou ruim. Pensei que seria uma distração pra ele já que ele sempre gostou muito de jogos.
Obrigada e boa noite

_______________________________________
Vitoriosa
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 30/3/2020, 07:04
Vitoriosa escreveu:Oi boa noite, queria entender sobre os jogos. Em que isso afeta o Reboot?meu filho tem vídeo game e já faz muito tempo que meu marido não jogava e hoje ele jogou por uma hora mais ou menos e depois disso estava muito excitado, mais do que o normal. Eu estranhei , mais deduzi que tenha sido por causa do jogo. Será que foi isso mesmo? Pq depois que ele terminava alguma partida e ganhava ele ficava com as mãos trêmulas. O jogo é teken on LINE do PS 4. Se vc poder me explicar , se é bom ou ruim. Pensei que seria uma distração pra ele já que ele sempre gostou muito de jogos.
Obrigada e boa noite

Olá Vitoriosa! Os jogos eletrônicos,tanto como de cassinos,tem um esquema de que para ganhar é necessário jogar e por jogar a pessoa vai em busca da recompensa, e é o  justamente que faz a pessoa continuar a jogar pois ganhar algo estimula a dopamina que é um neurotransmissor que é essencial para a saúde do cérebro, porém quando a pessoa se envolve muito com atividades como assistir pornografia praticando masturbação,jogando jogos ela está vulnerável ao vício que é justamente a busca obsessiva por dopamina. Porém pode ser que seu marido mão jogue muito ou só por diversão sem a busca desenfreada pelas premiações, vitórias com os games. Eu não tive uma experiência boa com tais por isso estou querendo parar com eles, e uma vez entendido como o circuito funcionava,eu sabia que estava viciado e não fiz nada que pudesse ter impedido.

Se quiser saber mais eu recomendo a leitura do ebook o poder do hábito,pois ele fala justamente desse circuito,deixarei aqui o link onde você pode o encontrar disponível sem nenhum custo:

http://lelivros.love/book/download-o-poder-do-habito-charles-duhigg-em-epub-mobi-pdf/
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 30/3/2020, 07:35
Novamente persisti no vício.
Vitoriosa
Vitoriosa
Moderadora
Moderadora
Mensagens : 437
Data de inscrição : 10/12/2018
Idade : 46

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 30/3/2020, 10:47
Obrigada por sua ajuda, foi muito esclarecedora. Já li o ebook e vou ler novamente. Abraços fique com Deus.

_______________________________________
Vitoriosa
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 30/3/2020, 18:18
Vitoriosa escreveu:Obrigada por sua ajuda, foi muito esclarecedora. Já li o ebook e vou ler novamente. Abraços fique com Deus.
Estou contente com sua disposição à entender sobre o assunto.
Um grande abraço!
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 30/3/2020, 18:25
Dia 0:

Acordara hoje cedo,sem nenhuma polução noturna e novamente praticara o ato no banheiro com o celular em mãos e por consequência do vício não tivera um orgasmo sequer profundo,fora tão superficial que durante a ejaculação refletia sobre o caso e um pouco abalado,concluira que não vale mais a pena portar tal comportamento. O sexo que vira era diferente, parecia ser sem cor,sem virtude,como se a finalidade  do ato fosse ejacular,sem ter conexão com o parceiro,apenas um culto prazeroso. Fiquei com pena das pessoas que fazem isso por trabalho e não por amor. Fora tão dificultoso desejar as mulheres que acabei por não assistir por completo, pois um pouco de vergonha me repreendia. Fora muito superficial,algo imensa e gritantemente diferente de quando eu  estava sem praticar o ato, até porque eu havia começado a reparar nas mulheres reais e,as mulheres que estavam na tela, por mais belas que fossem,não me excitaram, não me despertaram nenhum sentimento digno de paixão. Eu parecia não ter alma,possuir um  coração de pedra, sem sentimentos pois recorrera ao  meu instinto animal seguindo cegamente o vício tão enraizado em minha cabeça.

Ficara surpreso comigo por não ter demonstrado nenhum remorso e por tal atitude,mereço uma pena por ter buscado um prazer que por ser barato, não me proporcionara nem um quarto do que inocentemente me tornou e, pela falta de vergonha na cara,um viciado.

Após ir me banhar, pois estava com uma ardência no pênis que sempre aparece desde os tempos passados acompanhado de uma dor após a prática do ato, resolvera ler as escrituras e logo em seguida sem muita enrolação,querendo colocar em prática uma dúvida que tivera,fora de imediato à rua pedalar. Não tive medo de julgamentos pois havia passado por um momento um pouco diferente em que uma senhora,por possuir uma mania, creio ser um problema,falava coisas aleatórias,estranhas,parecia me amaldiçoar, porém não me importei com isso pois sabia da situação dela,ou seja,desculpem a expressão,liguei o f*dasse para a véia!Subi morros,desci,adentrei ruas,contemplei paisagens verdes das montanhas desde à vista da cidade;saudei conhecidos e me senti plenamente feliz.Percebo que parte do bairro onde moro não mudou muito,pois as pessoas continuam sendo as mesmas a habitar e com seus hábitos também,como conversar em bares nos fins de semana,ir à missa todas as noites de sábado,ou aos cultos, todas os dias ao som da bateria e vozes dos pastores excitados na fé; ficar na rua até tarde conversando com os vizinhos,coisas assim que para mim,me faz crer que a parte onde moro no bairro e transito, é bem unida,apesar de vez ou outra passar por problemas como roubos, que são um alerta à toda comunidade.
Resolvera sair de casa e respirar o ar, pois li muito a respeito sobre a timidez pós masturbação e pelas evidências isso é um mito para mim.

Não me culpei por ter recaído, não tivera nenhum abalo emocional,apenas tivera compaixão e sabia que deveria continuar com o processo de restauração e dar uma chance a mim mesmo. Não culpei meu vício, vou deixá-lo desaparecer de minha vida. Assim como eu acessava pornografia por querer me aliviar dos problemas,a culpava sempre que consumia e por ter tido essas quedas ,não resolvi fazer isso, pois estou de saco cheio de culpar o vício,ficar como um menino desesperado choramingando por ter praticado o ato e ter tido um remorso. Não mais vou me vitimizar e vou seguir os próximos dias e experiências como um homem que sabe que o está errado e não se desespera. O mais impactante fora saber que eu não acreditara ser um viciado após ter resetado o contador e até mesmo durante a prática do ato.
Peter Parker
Peter Parker
Moderador
Moderador
Mensagens : 532
Data de inscrição : 27/11/2019

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 30/3/2020, 19:41
Fala aí ilustríssimo Fnata !!!

É com muita alegria que comento no seu diário Very Happy , espero poder fazer ponderações úteis para você !! Vamos juntos vencer tudo isso !!

Sua reflexão inicial sobre a recaída é essencial, eu posso ver o meu "eu" do ano passado no que você escreveu. Esses sentimentos de frieza e indiferença que nos tomam quando vemos algum conteúdo P são terríveis, a gente percebe que nem prazer conseguimos sentir mais, parece que aquilo é mais por sobrevivência, mais para não ficar louco do que para ter algum prazer. Eu percebi que a coisa era séria quando mesmo doente de cama eu arranjava um cheio de praticar PMO, ali eu percebi que eu era um viciado. Não tinha mais prazer, apenas TINHA que fazer. Mas graças a Deus por esse tratamento chamado Reboot. Não perca as esperanças meu caro, como sempre digo, é possível sim viver longe desse vício, ninguém nasceu para ficar preso nele. Apesar de tudo, há esperança !! Siga firme e levante-se sempre, torço por você e espero poder lhe impulsionar nesta jornada.

Excelente atitude de sair para pedalar, certeza que foi bom respirar ar fresco e ter contato com o mundo real.

Está certíssimo em não querer se afundar mais na culpa, isso não vai trazer nenhum benefício a não ser tristeza (do ponto de vista ruim), timidez e baixa autoestima. Vamos juntos nessa luta meu amigo, você vai vencer isso porque é um vencedor !!!

Grande abraço.


_______________________________________


"Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. Mateus 11:28  study

"Com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades." - Tio Ben

Diário do Aranha mais querido: https://www.comoparar.com/t9821-diario-de-um-vencedor
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 1/4/2020, 08:19
Peter Parker escreveu:Fala aí ilustríssimo Fnata !!!

É com muita alegria que comento no seu diário Very Happy , espero poder fazer ponderações úteis para você !! Vamos juntos vencer tudo isso !!

Sua reflexão inicial sobre a recaída é essencial, eu posso ver o meu "eu" do ano passado no que você escreveu. Esses sentimentos de frieza e indiferença que nos tomam quando vemos algum conteúdo P são terríveis, a gente percebe que nem prazer conseguimos sentir mais, parece que aquilo é mais por sobrevivência, mais para não ficar louco do que para ter algum prazer. Eu percebi que a coisa era séria quando mesmo doente de cama eu arranjava um cheio de praticar PMO, ali eu percebi que eu era um viciado. Não tinha mais prazer, apenas TINHA que fazer. Mas graças a Deus por esse tratamento chamado Reboot. Não perca as esperanças meu caro, como sempre digo, é possível sim viver longe desse vício, ninguém nasceu para ficar preso nele. Apesar de tudo, há esperança !! Siga firme e levante-se sempre, torço por você e espero poder lhe impulsionar nesta jornada.

Excelente atitude de sair para pedalar, certeza que foi bom respirar ar fresco e ter contato com o mundo real.

Está certíssimo em não querer se afundar mais na culpa, isso não vai trazer nenhum benefício a não ser tristeza (do ponto de vista ruim), timidez e baixa autoestima. Vamos juntos nessa luta meu amigo, você vai vencer isso porque é um vencedor !!!

Grande abraço.



Bem vindo Peter! Também vivenciei essas coisas que você descreveu e já cheguei até a usar pornografia para satisfazer o vício mesmo doete e isso foi meu ápice.
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 1/4/2020, 08:21
Pela experiência que tive, ter acessado pornografia e praticado masturbação, não fizeram as coisas piorarem. É de costume dizerem que se a pessoa ceder, tudo só irá piorar, porém descobri que não é bem assim. As pessoas que evitam por esta causa,parecem  deixar o vício atingir o emocional delas e,quando passam por uma desventura e não encontram nada mais para se fazer,acabam cedendo ao vício por justamente saber que isso a prejudicará emocionalmente e se for acompanhado do pensamento de que tudo está pior, então recorrerá ao vício para ter segundos de prazer com uma decisão rápida. Eu,por experiência própria não senti nada de emocional, justamente com o orgasmo que não fora nem sequer médio. O ponto importante é não se apegar emocionalmente ao vício e evitar pensar que se tudo está ruim, então recorrer ao vicio, estará sujeito a pena de se prejudicar e "só piorar as coisas".
Simplesmente por você ter pensado que as coisas irão piorar, pode acontecer isso contigo,pode até ser uma energia negativa que quando você a alimenta, terá potencial para lhe destruir.
Além do mais, não me senti tímido após ter visto pornografia e praticado o ato indo para a rua pedalar. Não é porque você se descomprometeu consigo que tudo só irá piorar e, rapidamente se tornará tímido. E,esse papo de que as mulheres ou homens estão olhando mais para você é tremenda maluquice, pois você simplesmente parou de ver e desejar pessoas e mais pessoas na telinha de seu eletrônico,e migrado de volta para o mundo real, cujo passou a observar mais as pessoas reais. Imaginem uma pessoa que enxerga, tapar os olhos e após abri-los,dizer que está vendo as pessoas e tudo ao seu redor,assim também é com o vício.
A mensagem que quis passar aqui é para você não se vitimizar com o vício, pensar que tudo está ruim,acreditar em mitos como o falado anteriormente.
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 1/4/2020, 10:18
Carta de um viciado

Vício,lhe escrevo esta carta à pedido de separação permanente.

Lhe conheci em um período em que tu me fizera, em pouco tempo, sentir ser seu paciente,sempre recorrendo a ti para me aliviar. Me sentia um culpado,uma besta fera toda vez que lhe despedia,embora ficava seduzido com seu corpo sensual que me enganara, onde encontrava em ti,seu sorriso  que sequer fazia cócegas durante nosso deleite.
Toda vez que nos deleitavámos,era surpreendido pela frustração quando pensara em minha realidade na qual tu não me deixava enxergar,sempre me cegando a cada deslize que dava em uma página resultante em um orgasmo ferido e fraco que não era maior que nosso gozo durante sua vista.
De várias formas tentei lhe deixar,mas tu sempre sussurrava em meus ouvidos me chamando para deleitar. Doía me o peito só de pensar em ser pego contigo, ninguém poderia saber de nosso segredo tão bem guardado que me tornara seu amante.Adulteramos inúmeras vezes, traí  minha vida normal por preferir você,que tanto me deixava louco,sempre querendo mais às custas de nossa conturbada relação.
Arranjei problemas ao lhe defender das esperanças que brotavam em mim toda vez que tu sorrindo,me deixava sozinho com meus desatinos que me tornaram mais apaixonado por ti.
Com essas lembranças de nossa relação,quero agora me despedir,pois não dá mais para continuarmos.Também já não sinto mais o que só você sabe que nós tivemos e agora estou voltando para a minha vida normal,que inclusive já comprei uma aliança para ela carregar como comprometimento de nossa união em seu dedo.
Lhe deixo e pode se aliviar que não precisará de divórcio,pois nossa união nunca fora verdadeira. Não posso agradecer o que me dera pois nunca aquilo fora digno. Só te dou um aviso, não corra atrás de outro,pois ele também irá te deixar.


Ass.: Seu ex amante
A+
A+
Mensagens : 49
Data de inscrição : 01/03/2020
Idade : 19
Localização : Nárnia

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 1/4/2020, 14:38
Força Irmão! Que esse seja o começo para um sucesso. E é para isso que servem os reboots, sempre aprendendo com os nossos erros.
E que belo texto mano, saiu até suor do olho aqui hahaha. Um abraço, fique bem brother!!

_______________________________________
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 2/4/2020, 09:44
A+ escreveu:Força Irmão! Que esse seja o começo para um sucesso. E é para isso que servem os reboots, sempre aprendendo com os nossos erros.
E que belo texto mano, saiu até suor do olho aqui hahaha. Um abraço, fique bem brother!!

Isso aí!
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 2/4/2020, 09:51
Mais uma queda,só que dessa vez acontecera por não ter aceitado o primeiro dia de Abril no contador,pois é um dia bem conhecido pelo senso comum,relacionado à mentira e por este motivo acabei por rezetar e ter praticado masturbação acompanhada da pornografia.No momento estou sozinho em casa.
Peter Parker
Peter Parker
Moderador
Moderador
Mensagens : 532
Data de inscrição : 27/11/2019

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 3/4/2020, 15:46
Fala aí magnificentíssimo Fnata !!!

Não desista mano !!! Levante-se, anime-se e fuja de todos os gatilhos nesses primeiros dias por conta do efeito caçador. Se necessário, afaste-se das redes sociais por um período, facilita muito.

Grande abraço.

_______________________________________


"Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. Mateus 11:28  study

"Com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades." - Tio Ben

Diário do Aranha mais querido: https://www.comoparar.com/t9821-diario-de-um-vencedor
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 3/4/2020, 17:09
Peter Parker escreveu:Fala aí magnificentíssimo Fnata !!!

Não desista mano !!! Levante-se, anime-se e fuja de todos os gatilhos nesses primeiros dias por conta do efeito caçador. Se necessário, afaste-se das redes sociais por um período, facilita muito.

Grande abraço.

Obrigado pela sugestão amigo,farei isso sempre quando precisar.
avatar
Convidado
Convidado

Diário Fnata: Caminhada sem fuga - Página 6 Empty Re: Diário Fnata: Caminhada sem fuga

em 3/4/2020, 17:09
Ontem,por estar sozinho em casa,executei um plano que todo viciado planeja quando sabe que terá uma oportunidade:
Fazer uma maratona de pornografia e praticar o ato até não poder mais.
Fiz isso antes das pessoas daqui de casa chegarem, e após um curto tempo após a primeira fase da maratona,resolvera pedalar. Fui às ruas novamente, não me senti tímido,e por estar muito quente na região,resolvera parar, ficando só meia hora nas ruas.
Ao voltar,estava pronto para mais uma seção,conseguira até que executar o planejado, porém,as pessoas chegaram, e resolvi ir para o quarto praticar. Fiquei horas no quarto,praticara tanto o ato que sequer lembro o número de vezes.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum